Dedim Gouveia, forrozeiro cearense, morre de Covid-19 nesta segunda-feira (19)

 

O forrozeiro Dedim Gouveia, de 61 anos, morreu por complicações da Covid-19 nesta segunda-feira (19). Ele estava internado no Hospital de Messejana, em Fortaleza, desde o dia 11 de abril.

 

Amigos forrozeiros do artista, como Taty Girl, comentaram a morte e prestaram homenagem nas redes sociais.

 

Última atualização da equipe do cantor, na sexta-feira (16), apontava chances de recuperação. Ele chegou a utilizar oxigênio no tratamento e também a ser transferido para um leito semi-intensivo.

 

O cantor Batista Lima, ex-Limão com Mel, informou ao Diário do Nordeste que recebeu a informação da morte de Dedim por meio do filho do forrozeiro, Iago Gouveia. “Infelizmente nosso amigo Dedim Gouveia se foi. Uma pena. Uma tristeza”, disse Batista Lima.

 

Diário do Nordeste

 

Compartilhe aqui:

19 de Abril — Dia do Índio

 

Todo dia 19 de abril comemora-se no Brasil e em vários outros países do continente americano o Dia do Índio ou o Dia dos Povos Indígenas. Há outra data destinada à mesma finalidade, mas a nível internacional, que foi convencionalmente determinada pela ONU em 1995: trata-se do dia 09 de agosto. Entretanto, este texto tem o objetivo de esclarecer os motivos da escolha do dia 19 de abril como o Dia do Índio.

Por que 19 de abril é o Dia do Índio?

 

O 19 de abril remete ao dia em que delegados indígenas, representantes de várias etnias de países como o Chile e o México, reuniram-se, em 1940, no Primeiro Congresso Indigenista Interamericano. Essa reunião tinha o propósito de discutir várias pautas a respeito da situação dos povos indígenas após séculos de colonização e da construção dos Estados Nacionais nas Américas.

 

No início do século XX, havia um interesse muito grande por essas etnias, sobretudo com o desenvolvimento da etnologia, isto é, o ramo da antropologia que se dedica aos estudos das chamadas “culturas primitivas”. O esforço pela compreensão dos hábitos e da importância dos povos indígenas para história despertou a atenção também para o âmbito das políticas públicas que visassem à salvaguarda desses hábitos e costumes.

 

O Primeiro Congresso Indigenista Interamericano serviu como agenda programática para essas políticas públicas. Uma das decisões tomadas foi a escolha do dia em que ocorreu o congresso como o Dia do Índio. A partir do ano seguinte, vários países do continente americano passaram a incluir em seus calendários o 19 de abril como dia de homenagem aos povos nativos ou indígenas.

Por que celebrar o Dia do Índio?

 

celebração do Dia do Índio tem como propósito também a preservação da memória e a reflexão crítica nas universidades, escolas e demais instituições semelhantes sobre o passado da relação de dominação e conquista das civilizações europeias no continente americano.

Instituição do Dia do Índio no Brasil

 

No caso do Brasil, o Dia do Índio foi instituído via decreto-lei, em 1943, pelo então presidente Getúlio Vargas, que exercia o poder de forma autoritária no chamado Estado Novo. Veja o texto do decreto-lei:

 

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, usando da atribuição que lhe confere o artigo 180 da Constituição, e tendo em vista que o Primeira Congresso Indigenista Interamericano, reunido no México, em 1940, propôs aos países da América a adoção da data de 19 de abril para o “Dia do Índio”,

 

DECRETA:

 

Art. 1º É considerada – “Dia do Índio” – a data de 19 de abril.


Art. 2º Revogam-se as disposições em contrário.

 

Rio de Janeiro, 2 de junho de 1943, 122º da Independência e 55º da República.”

 

GETÚLIO VARGAS

 

Vê-se que Vargas, bem como seu corpo de ministros, orientou-se diretamente pela resolução do Congresso Indigenista Interamericano. Havia também, no contexto do Estado Novo, a forte influência de sertanistas e estudiosos de comunidades indígenas, como o Marechal Cândido Rondon, que era também entusiasta do governo de Getúlio.

 

Por Me. Cláudio Fernandes

 

Compartilhe aqui:

Segurança Pública: Governo do RN chega à marca de 1.000 vidas salvas

 

O Governo do Rio Grande do Norte atingiu neste domingo (18) a expressiva marca de 1.000 vidas salvas na área da segurança pública. O número é referente à diferença do total de pessoas que foram assassinadas ao longo da administração anterior, comparando com o mesmo período da gestão da professora Fátima Bezerra.

 

No período de 1º de janeiro de 2015 a 18 de abril de 2017, a diferença das Condutas Violentas Letais Intencionais, os chamados CVLIs, atingiu e ultrapassou a marca de 1.000 vidas salvas. Naquele momento, a administração passada somava 4.407 mortes violentas, contra 3.402 mortes ocorridas entre 1º de janeiro de 2019 a 18 de abril deste ano – totalizando, assim, uma diferença de 1.005 mortes a menos.

 

“É resultado de muito trabalho, de todas as forças de segurança, no Estado, e com contribuições da sociedade. Evitamos, com esse brilhante trabalho, a dor de muitas centenas de famílias. Esses números, devemos ver exatamente como vidas que não foram interrompidas e, portanto, sofrimento que não chegou aos lares de muitas famílias. Há muito trabalho a ser feito, e esse resultado mostra que estamos no caminho correto — a busca pela preservação de vidas, pois cada vida que salvamos justifica o esforço”, disse a governadora, professora Fátima Bezerra.

 

Já nesta segunda-feira (19), ao se fazer a mesma comparação de dias de administração entre as duas gestões (840 dias de trabalho), o total já é de 1.009 vidas salvas.

 

“É uma marca histórica. Não é todo dia que alcançamos 1.000 vidas salvas. E isto, em menos de dois anos e meio de gestão da professora Fátima Bezerra”, enfatizou o titular da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED), coronel Francisco Araújo Silva.

 

“É importante também enaltecer a abnegação de todos os agentes de segurança pública que laboram diuturnamente no território potiguar. Graças ao empenho e compromisso de homens e mulheres que compõem a Polícia Militar, a Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Instituto Técnico-Científico de Perícia, estamos podendo melhorar a segurança pública em nosso estado, sem esquecer, também, de exaltar o apoio da Secretaria Estadual da Administração Penitenciária (SEAP), as Guardas Municipais, a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal, a Polícia Penal Federal, as Forças Armadas e o Ministério Público Estadual (GAECO). Juntas, todas as forças de segurança pública que atuam no Estado colaboram para a segurança de todos os potiguares”, acrescentou.

 

Como fatores estratégicos e de atuação que ajudaram o atual governo a atingir a marca de 1.000 vidas salvas, o coronel Araújo listou várias ações, como a integração entre as forças de segurança, mais investimento na área de inteligência (com atuação mais forte na repressão qualificada de delitos), maior resolutividade dos crimes de homicídio, melhor análise das áreas mais críticas de violência e melhor distribuição do efetivo, recomposição dos efetivos com a realização de concursos públicos, melhor planejamento e emprego destas forças, reaparelhamento das frotas e de unidades de enfrentamento da criminalidade, aquisição (por meio de convênios e emendas parlamentares individuais e coletivas) de equipamentos de proteção e armas de fogo e munições e a inclusão do RN em convênios firmados com o Ministério da Justiça e da Segurança Pública (MJSP) que possibilitam ações integradas de enfrentamento da criminalidade e violência.

 

Compartilhe aqui:

Fluminense vence Botafogo e se garante na semifinal do Carioca

 

Com gol de Nino, o Fluminense derrotou o Botafogo por 1 a 0, na tarde deste sábado (17), no Maracanã, e garantiu classificação para a semifinal do Campeonato Carioca. Com o resultado, o Tricolor chegou a 19 pontos, com 6 vitórias. O Glorioso permaneceu com 12 pontos e não tem mais chances de passar para a próxima fase.

 

Agência Brasil

 

Compartilhe aqui:

Caridade: Partido dos Trabalhadores realizou distribuição de cestas básicas em Caicó neste domingo, 18

 

O Partido do Trabalhadores PT distribuiu neste domingo, 18, as cestas básicas que foram arrecadadas em sua campanha nacional, PT Solidário, cujo objetivo é combater a fome em decorrência da pandemia, e, no caso do Brasil, agravado ainda mais pelo governo Bolsonaro.

 

Em Caicó também foi feita a distribuição do que foi arrecadado. Para a Presidenta do PT Caicó, Dany Guedes, essa campanha é fundamental no momento. “O povo brasileiro estar desamparado, pelo governo genocida de Bolsonaro, que não tem nenhuma ação visando políticas públicas que
permita garantir as condições básicas de vida. Obrigada a todos que doaram”
, diz.

 

Dany informa que no dia primeiro de maio haverá uma nova distribuição para a população.

 

www.glaucialima.com

 

Compartilhe aqui:

Silvanilson: do Lixão para o CERES da UFRN

 

Morador do bairro Frei Damiao, um dos mais carentes de políticas públicas de Caicó, Silvanilson dos Santos viu seu nome na lista dos aprovados pelo Sisu para o Curso de Geografia da UFRN, Ceres de Caicó.

 

Aos 30 anos Silvanilson confirmou ao Blog do Marcos Dantas ter feito o ENEM pela primeira vez, e foi selecionado entre os candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas.

 

A história de vida de Silvanilson, por si só já é sinônimo de superação. Logo cedo, a exemplo de quase todos os seus amigos de infância do bairro Frei Damião o destino lhe colocou no lixão municipal. Lá, dos 9 aos 18 anos de idade, ao lado de outros familiares teve a missão de separar materiais recicláveis em um ambiente sem quaisquer condições de dignidade, e tirar dali o sustento da família.

 

Atualmente trabalha, também como catador de materiais recicláveis, porem em uma fábrica da cidade e com condições bem diferentes da oferecida pelo lixão.

 

Sua vida começou a ter uma reviravolta depois que conheceu a professora Lucinete Costa (saudosa memória), uma das maiores entusiastas da Educação de Jovens e Adultos do Seridó. Lucinete, de acordo com Silvanilson foi uma grande incentivadora para que ele voltasse a estudar.

 

“Eu terminei o ensino fundamental em 2012 e só voltei a estudar em 2019 no Senador Guerra. Foi graças aos professores do EJA que vou cursar o ensino superior, nunca desista de seus sonhos! Eu trabalho o dia todo como catador de material reciclável, mas mesmo com todas as dificuldades eu não desisti e agora com ajudar dos meus professores eu voltei a sonhar”, comemorou.

 

Marcos Dantas

 

Compartilhe aqui:

Moto-taxista caicoense morre com Covid-19 neste domingo (18)

 

O moto-taxista e motorista de carro de som, José Roberto Guedes da Silva, de 57 anos, morreu na manhã deste domingo (18), no Hospital Regional do Seridó, em Caicó/RN, por complicações da Covid-19.

 

O caicoense, estava internado há algumas semanas na Unidade de Terapia Intensiva – UTI do referido hospital.

 

José Roberto, residia na Rua Alberto Mário, no Bairro Acampamento, em Caicó.

 

Sidney Silva

 

Compartilhe aqui:

Preço do botijão atinge recorde histórico e Congresso analisa programa social

 

A escalada do preço do gás de botijão em meio à crise econômica gerada pela pandemia reacendeu no Congresso o debate sobre políticas sociais para subsidiar o combustível à população de baixa renda, que vem apelando a lenha ou carvão para cozinhar suas refeições.

 

Em meados de fevereiro, o preço médio do botijão no país atingiu o maior valor desde que a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis) começou a compilar os dados, em 2004. E, mesmo com a isenção de impostos anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro em março, o preço do produto não parou de subir.

 

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), 14 milhões de domicílios brasileiros usavam lenha ou carvão para preparar alimentos em 2019, número equivalente ao do ano anterior e a cerca de 20% do total de domicílios do país.

 

A EPE (Empresa de Pesquisa Energética) estima que, já em 2018, combustíveis como lenha e carvão ultrapassaram a fatia do gás de cozinha na matriz energética residencial brasileira, tendência que, segundo especialistas, pode ter se acentuado na pandemia.

 

A estimativa é feita em toneladas de petróleo equivalente. Como lenha ou carvão têm poder calorífico bem menor ao do gás, é necessária uma quantidade bem maior desses combustíveis para obter o mesmo resultado na cozinha.

 

Além de poluidor e menos eficiente, o consumo de lenha ou carvão é prejudicial à saúde dos moradores da residência. Mas tem sido a única alternativa para famílias como a da estudante de serviço social Nadjane dos Santos, 27, de Salvador.

 

“Com três crianças, mais despesas com aluguel, água, energia, medicações para minhas filhas, internet móvel para estudar e manter contato com clientes, não tenho condições de comprar gás, senão a gente não come”, diz ela.

 

Nadjane trabalha como trançadeira de cabelos e vendedora ambulante de salgados, atividades que são parte do setor mais afetado pela pandemia, o de Serviços. Hoje, sobrevive com cerca de R$ 800 por mês, dos quais R$ 123 vêm do programa Bolsa Família.

 

Sem condições de gastar de R$ 80 a R$ 100 em um botijão de gás, ela improvisou um fogão com tijolos no quintal de casa e recolhe lenha nas redondezas, uma região pobre com cerca de 50 mil habitantes. Quando chove, apela para um fogareiro com álcool.

 

A escalada do preço do botijão ganhou força no fim de 2019, após o fim do subsídio cruzado dado pela Petrobras desde 2003, quando o governo Luiz Inácio Lula da Silva determinou que a empresa vendesse mais barato o gás envasado em botijões de 13 quilos.

 

A desvalorização cambial acrescentou outro ingrediente ao problema, pressionando ainda mais os preços nas refinarias, que seguem as cotações internacionais do petróleo e as variações do dólar.

 

Há dois meses, o preço médio do botijão ultrapassou pela primeira vez a barreira dos R$ 81. Na última semana, segundo a ANP, o produto era vendido a R$ 84, alta de 22% em relação ao valor vigente na semana em que o subsídio foi extinto, em 2019.
O cenário provocou uma enxurrada de projetos de lei sobre o tema no Congresso. Dos 28 textos hoje em tramitação, 12 foram apresentados e 2020 e 8, em 2021.

 

“A demanda da população de baixa renda é muito sensível a preço e a sua renda”, diz o pesquisador do Grupo de Economia da Energia da UFRJ, Marcelo Colomer. “Isso não só justifica como legitima a definição de políticas públicas”.

 

Os projetos no Congresso discutem três soluções principais: a criação de um programa social, a inclusão do botijão de gás na cesta básica e o tabelamento de preços, alternativa que enfrenta resistência do governo, da Petrobras e das empresas do setor.
Autor de um dos projetos, o deputado federal Christino Áureo (PP-RJ) avalia que a isenção concedida pelo governo em março é insuficiente e acaba subsidiando famílias que têm condições de comprar o botijão.

 

O desconto é de R$ 2,18 por botijão, o que representa uma renúncia fiscal de R$ 1,2 bilhão por ano. “Se destinarmos essa renúncia totalmente para o Bolsa Família, daria um desconto de até R$ 30 por botijão”, defende.

 

Seu projeto prevê o uso do cartão do Bolsa Família para direcionar o subsídio. O valor destinado ao botijão de gás só poderia ser usado em estabelecimentos que vendem o combustível.

 

Áureo defende que a estratégia adotada pelo governo, de dar um pequeno desconto para todos, “não é política pública”. “É desoneração sem capacidade de mensuração de resultados, que é o pior tipo de política pública que se pode ter”.

 

Ao dar o desconto para cadastrados no Bolsa Família, diz, é possível saber se o beneficiário migrou da lenha para o gás ou se melhorou padrão nutricional.

 

As propostas para incluir o botijão na cesta básica também têm efeitos no preço, ainda que menores, pela redução da carga tributária estadual, hoje responsável por cerca de 14%, em média, do preço final do produto.

 

Estudo da LCA Consultores estima que a medida provocaria corte de 9,1% a 17,3% no preço do botijão, dependendo do estado. A menor variação se daria em São paulo e a maior, em Pernambuco.

 

Os responsáveis pelo estudo afirmam que os maiores valores de ICMS são cobrados justamente nos estados de renda mais baixa e de maior consumo de lenha e carvão, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

 

A mudança na tributação, porém, depende da disposição de governos estaduais a perder arrecadação.

 

A posição do governo Bolsonaro sobre as propostas não é consensual. Segundo fontes, o Ministério da Economia tem uma posição mais refratária à adoção de subsídios, enquanto o Ministério de Minas e Energia vem estudando soluções para suavizar as variações de preços dos combustíveis.

 

A reportagem procurou as duas pastas e o Ministério da Cidadania, responsável pela gestão do programa Bolsa Família, mas nenhum deles quis dar entrevistas sobre o tema.

 

“Estamos vendo o empobrecimento da população e o aumento do consumo de lenha. É efetivamente uma questão social”, diz Sérgio Bandeira de Mello, que preside o Sindigás, que reúne os distribuidores do produto. “Não é o setor privado que vai resolver.”

 

“À medida em que a dificuldade aumenta, seja pelo preço, seja pelo desemprego, mais pessoas vão correr atrás da lenha para cozinhar os alimentos, mesmo com o risco de problemas de saúde”, conclui o presidente da Abragás (associação que representa a revenda do produto), José Luiz Rocha.

 

Compartilhe aqui:

América-RN derrota o ABC no primeiro clássico de 2021

 

O América-RN levou a melhor sobre o ABC no primeiro Clássico Rei de 2021. Na Arena das Dunas, o Alvirrubro só precisou de uma bola para matar o jogo deste domingo. Wallace Pernambucano marcou logo aos três minutos e garantiu a vitória por 1 a 0. Com o resultado, a equipe de Evaristo Piza igualou o líder Globo FC na tabela do primeiro turno.

 

Com 13 pontos, o América ocupa a segunda posição, atrás do Globo no saldo de gols (7 a 4). O ABC, que conheceu a primeira derrota no estadual, está na terceira colocação, com sete pontos, mas com dois jogos a menos que o rival.

 

O ABC enfrenta o Potiguar na quarta-feira, e o Santa Cruz de Natal no próximo domingo. Os dois jogos serão realizados no Frasqueirão. Se vencer os dois confrontos, a depender do saldo de gols, poderá assumir a liderança ou, pelo menos, a segunda posição. Hoje, o Alvinegro tem dois gols de saldo. O América agora aguarda a última rodada do turno, prevista para o dia 28, quando recebe o Potiguar, novamente na Arena das Dunas.

 

(Veja mais aqui)

 

Compartilhe aqui:

Cantor Vicente Neri é extubado e deixa UTI. “Nasci de novo”

 

O irmão do cantor Vicente Nery, Gildo Nery, divulgou na manhã deste domingo (18), a notícia de que o cantor foi extubado e seu estado de saúde é estável.

 

De acordo com Gildo Nery, o cantor falou, com a voz baixa e fraca, que está feliz, que nasceu de novo e que sabia que Deus não iria o abandonar. Gildo disse ainda, que o cantor vai permanecer com cateter e recebendo oxigênio para o processo de desmame.

 

Vicente Nery testou positivo para a Covid-19 e precisou ser internado para dar continuidade ao tratamento da doença. Sua esposa, Carol Rabelo, usou as redes sociais no último dia 12 de março, para comunicar o estado de saúde de seu esposo e pedir orações aos fãs e amigos pela sua recuperação.

 

Compartilhe aqui:

RN inicia os preparativos para o Primeiro Rally de Kitesurf de longa distância

 

Primeira equipe técnica do Sertões Kitesurf desembarcou no Rio Grande do Norte nessa sexta-feira (16). A equipe está realizando visitas de reconhecimento nas cidades que farão parte do circuito do I Rally de Kitesurfe do Mundo, que ocorrerá de 8 a 14 de outubro deste ano. Os velejadores irão percorrer cerca de 500 Km para desbravar as águas do litoral de São Miguel do Gostoso/RN até Preá/CE. Nessa sexta-feira, a secretária de Turismo do RN, Aninha Costa, participou da primeira reunião realizada com os seis municípios potiguares que integram o percurso.

 

“O kitesurfe é um dos esportes que mais cresce no mundo e o Rio Grande do Norte possui as condições perfeitas para a prática durante ano inteiro. Essa é uma importante ação de promoção do Governo do RN que conseguiu trazer a largada do Rally dos Sertões e o protagonismo de sediar o 1º Sertões Kitesurf”, disse Aninha Costa.

 

“Nosso objetivo aqui é unir forças e fazer um grande evento, e divulgar as belezas naturais desse estado. Um dos propósitos dos Sertões é mostrar um Brasil que é pouco conhecido, desbravando lugares antes nunca explorados. Agora com o novo desafio de desbravar os mares”, disse Fernando Garcia, Gerente de Produção do Sertões.

 

Participaram desta primeira reunião os representantes dos municípios de São Miguel do Gostoso, Pedra Grande, São Bento do Norte, Macau e Areia Branca. O Sertões Kitesurf é uma competição inédita em formato de travessia de longa distância de 500 km, com características de um rally de endurance.

 

 

Compartilhe aqui:

ABC e América fazem primeiro clássico-rei da temporada neste domingo

 

O domingo (18) é de clássico-rei do futebol potiguar. ABC e América se enfrentam às 16h, na Arena das Dunas, em partida válida pela quinta rodada da Copa Cidade do Natal, o primeiro turno do Campeonato Potiguar.

 

Na classificação, o Alvirrubro, mandante do confronto, está melhor. Com 10 pontos, a equipe americana está na segunda colocação. O Alvinegro aparece em quarto, com sete pontos, mas tem dois jogos a menos do que o rival e três a menos que o líder Globo.

 

Na última quarta-feira (14), as duas equipes entraram em campo pela Copa do Brasil. Melhor para o ABC, que superou o Botafogo/RJ nos pênaltis e avançou na competição jogando no Frasqueirão. Por outro lado, o América perdeu por 1 a 0, na Arena das Dunas, e acabou eliminado pelo Cruzeiro.

 

Compartilhe aqui:

Diocese de Caicó de luto: morre o Diácono Manoel Cassiano

.

Morreu nesta madrugada de domingo (18) em Caicó o diácono permanente da Diocese de Caicó, Manoel Cassiano de Figueirêdo Rocha. Ele estava internado há dias no Hospital Regional do Seridó com diagnóstico positivo de Covid-19.

.

O sepultamento será restrito no Cemitério do Distrito Palma, comunidade onde Manoel Cassiano nasceu. Antes, as 08:30h Dom Antônio Carlos celebrará missa na Igreja do Rosário, com transmissão pelos meios de comunicação do Sistema Rural, Kurtição e Redes sociais. A família decidiu que sairá em cortejo as 09 horas com o corpo, passando em  frente a Capela de São Judas Tadeu no bairro Samanaú (onde o diácono morava) com destino a Palma, chegando lá o corpo ficará em frente a Capela de Santo Antônio e será feito a encomendação por nosso bispo Dom Antônio e, em seguida segue para sepultamento no cemitério daquela comunidade que ele tanto amou.

.

Manoel Cassiano tinha 67 anos de idade e era servidor civil aposentado do Exército Brasileiro. De 1972 a 1978 serviu na Unidade de São Gabriel da Cachoeira (AM). De 78 a 1983 vendeu cereais em um ponto no Mercado Público de Caicó, e depois voltou a trabalhar como civil no 1º BEC de Caicó se aposentando. Diácono Cassiano deixa esposa e três filhos e pertencia a Paróquia Nossa Senhora de Fátima e Paróquia São José, ambas em Caicó.

.

Fonte: Marcos Dantas

.

Compartilhe aqui:

Prefeitura de Campo Redondo – RN oferta novas vagas em Processo Seletivo

 

No município de Campo Redondo, no estado do Rio Grande do Norte, a Prefeitura tornou público nesta sexta-feira (16), por meio do Diário Oficial dos Municípios, a abertura do Processo Seletivo que tem por objetivo contratação temporária de bolsista educador, na área rural e urbana em caráter temporário, para atender Secretaria Municipal de Educação, na modalidade de Educação De Jovens e Adultos (EJA).

 

As escolas da zona urbana são: Escola Municipal Aida Ramalho Cortez, Escola Municipal José Marcílio Furtado, Escola Municipal Angelina Aurina da Silva.

 

Já as escolas na zona rural são: Escola Municipal Manoel Martiniano de Medeiros, Escola Municipal Sebastião Cosme de Assunção, Unidade Escolar V João Victor de Oliveira, Unidade Escolar Vi Pte Artur da Costa e Silva, Unidade Escolar VIII Avelina Tereza de Jesus, Unidade Escolar IX Antônio Sales Martins, Unidade Escolar X Higino Reinaldo, Unidade Escolar Xi José Amâncio Reinaldo, Unidade Escolar XII José Ivo de Souza, Escola Municipal Antônio Pedro Batista, Unidade Escolar XIV Fco de Assis Campêlo e Unidade Escolar XVII Theodorico Bezerra.

 

Para se candidatar, é necessário ter formação em nível superior em pedagogia ou licenciatura, ou ter nível médio completo, preferencialmente, formação em magistério, ou ainda estar matriculado em instituição de ensino superior em cursos de pedagogia ou licenciatura. O profissional contratado será beneficiado com salário de R$ 1.100,00.

 

Procedimento de Participação

 

De forma presencial, as inscrições serão recebidas a partir do dia 19 de abril de 2021, até o dia 20 do mesmo ano, das 8h às 13h, no Centro Administrativo José Alberany de Souza, na Secretaria Municipal de Administração em Campo Redondo.

 

O Processo Seletivo ocorrerá mediante análise curricular. O resultado parcial será divulgado no dia 26 de abril de 2020, na sede da Secretaria Municipal de Administração, localizada no Centro Administrativo “José Alberany de Souza”, nº 04, Centro, Campo Redondo e publicado no Diário Oficial dos Municípios, por ordem de classificação.

 

Validade

 

O contrato a ser assinado terá duração máxima de oito meses com, no mínimo, 800 horas de aula, incluindo as horas com atividades complementares, admitindo-se uma única prorrogação, de acordo com a Lei nº 396, de 26 de Agosto de 2013.

 

Este Processo Seletivo Simplificado tem prazo de validade de um ano, a contar da data de publicação de sua homologação, podendo ser prorrogado por igual período no interesse da administração.

 

Compartilhe aqui:

Campanha MP Solidário distribui mais de 600 cestas básicas a instituições potiguares

 

Nesta semana, a campanha MP Solidário fez as primeiras distribuições de cestas básicas a sete instituições beneficentes e sindicais do Rio Grande do Norte. Foram entregues 635 cestas, no valor de quase R$ 30 mil, arrecadados por meio de doações recebidas desde o final de março. A campanha segue aceitando contribuições para amparar os setores sociais em maior vulnerabilidade durante a pandemia da covid-19.

 

As primeiras distribuições contemplaram as entidades Toca de Assis, Centro Sócio Pastoral de Mãe Luiza, Central Única de Favelas no RN (Cufa), Fórum Vila em Movimento e Comunidade das Campinas. Também receberam cestas básicas os sindicatos dos músicos e dos trabalhadores em hotelaria.

 

A campanha é uma iniciativa do MPRN, do MPF/RN e do MPT-RN e conta com o apoio da Associação do Ministério Público do RN (Ampern), do Sindicato dos Servidores do Ministério Público do Rio Grande do Norte (Sindsemp) e da seccional RN do Sindicato Nacional dos Servidores do Ministério Público da União, Conselho Nacional do Ministério Público e Escola Superior do MPU (SindMPU).

 

Como ajudar

 

A campanha é aberta para participação do público em geral. Os valores em dinheiro devem ser transferidos para a conta da Ampern (Agência 1588-1, Conta 70023-1, CNPJ 09.390.006/0001-97, Banco do Brasil). Não existem valores pré-determinados. Cada cidadão pode contribuir com a quantia que puder. Todas as doações ajudam. O MPRN disponibiliza o telefone (84) 99972-3633 para esclarecimento de dúvidas.

 

Compartilhe aqui:

Barragem de Oiticica: Governo desapropria área de Jardim de Piranhas e São Fernando

 

O Governo do RN publicou no Diário Oficial, dessa sexta-feira (16), dois decretos com os termos de desapropriações das áreas de terra, situadas nos municípios de Jardim de Piranhas e São Fernando, que serão destinadas à instalação de agrovilas para realocar as famílias de trabalhadores rurais sem terra desapropriados pela construção da Barragem Oiticica.

 

No total, 112 famílias serão beneficiadas, incluindo as da agrovila de Jucurutu, que já teve terreno desapropriado por decreto da governadora Fátima Bezerra, em agosto de 2020.

 

O secretário de estado do meio ambiente e dos recursos hídricos, João Maria Cavalcanti, explica que esse decreto é a garantia de implantação desses espaços e que cada uma das três agrovilas vai permitir, além da moradia, a área de produção dos trabalhadores rurais. “O projeto é pautado na agricultura familiar e no desenvolvimento sustentável. Lá eles vão poder obter sua renda através do que produzir, além de terem acesso a todos os equipamentos sociais como escola, uma sede para a associação dos assentados e posto de saúde” destaca o titular da Semarh ressaltando que os locais onde serão implantadas as três agrovilas foram escolhidos pelo próprio Movimento dos Atingidos.

 

Um terceiro decreto também foi publicado hoje para fins de desapropriação, nesse caso, declarando de utilidade pública áreas de terra nos municípios de Jucurutu/RN, São Fernando/RN e Jardim de Piranhas/RN para a ampliação da poligonal de contorno da respectiva bacia hidráulica.

 

A poligonal de contorno é a delimitação da área da bacia hidráulica que será desapropriada para implantação da Barragem de Oiticica. Esse novo decreto amplia o de 2016 e vai promover a desapropriação de imóveis que não foram contemplados anteriormente, detectados por meio de levantamento topográfico mais detalhado. “Esse novo decreto amplia a área em quase mil hectares a mais e está atendendo as demandas dos moradores circunvizinhos da barragem, uma vez que, muitos teriam propriedades e benfeitorias atingidas pela água e não estavam contemplados com indenizações” explica o secretário.

 

“A Governadora Fátima Bezerra tem dado prioridade nas ações relacionadas às obras sociais ligadas ao complexo e esse é mais um passo rumo a finalização dessa obra tão esperada que vai trazer redenção hídrica para a região do Seridó. Vamos continuar nesse trabalho com afinco pra garantir agilidade nas ações envolvidas” finaliza João Maria.

 

Sobre Oiticica

 

A Barragem de Oiticica e´ a maior obra de infraestrutura hídrica em andamento no RN, a quinta maior do Brasil e sera´ o terceiro maior reservato´rio do estado. Quando concluída, beneficiara´ 800 mil pessoas, de 43 munici´pios do Rio Grande do Norte. Com capacidade para 556 milho~es de metros cu´bicos, vai receber as a´guas do Eixo Norte do Projeto de Integrac¸a~o do rio Sa~o Francisco e ofertara´ a´gua para as regio~es do Serido´, Vale do Ac¸u e regia~o Central. As obras fi´sicas da parede do reservato´rio já estão com 90% executadas e da Nova Barra de Santana 87%.

 

Compartilhe aqui:

Filho de lavadeira passa em 1º lugar no curso de Medicina da UFRN em Caicó: ‘É por você, mainha’

 

O primeiro sinal de um aprovado no Sisu é a cabeça raspada e a testa riscada com o nome do curso. O de Luiz Gustavo de Oliveira, de 19 anos, é Medicina. E, no caso dele, representa muita superação. Além de toda a adaptação necessária em um ano de pandemia, ele contou com uma ajuda especial: a dedicação da mãe, dona Francileide Marques, que trabalha como lavadeira e também como boleira.

 

São cerca de 14 horas de trabalho por dia para conseguir ajudar nos estudos do filho. “Eu acordava muito cedo para lavar roupa. Lavava, passava. Quando dava umas 5h30, já soltava as roupas para ir para os bolos. Minha casa é pequena. Eu carregava a batedeira para dentro do meu quarto, cobria com um pano de prato e fechava as portas para ele não ouvir”, conta a mãe.

 

Por causa da dificuldade financeira dos pais, Luiz Gustavo contou com a ajuda de uma tia, que financiava os estudos dele. Em 2019, concluiu o Ensino Médio, concorreu também ao curso de Medicina, mas não passou.

 

No ano passado, conseguiu uma bolsa de estudos em um cursinho da cidade. Foram várias noites de sono perdidas, mas a recompensa veio. O jovem fez o Enem e atingiu 940 pontos. Com apenas 19 anos, foi aprovado em primeiro lugar no curso de Medicina da UFRN em Caicó.

 

“Eu encontrava as vezes com Luiz indo de bicicleta para a escola. Eu passava de carro para ir trabalhar e achava ele no caminho”, relata o professor Rhodriggo Mendes

 

“Sábados, domingos, que ficava ali fazendo simulados, algo extremamente cansativo. E agora, estou colhendo os frutos. Isso é o que vem na minha mente”, diz o rapaz.

 

A história de Luiz Gustavo é praticamente a mesma de milhares de potiguares que tentam, através dos estudos, dar uma vida melhor aos pais.

 

“Minha mãe e meu pai acordam às 4h da manhã para começar a trabalhar em um trabalho que às vezes vai acabar umas 22h, 22h30. Isso é muito cansativo para ela. O mais rápido que eu conseguir tirar minha mãe dali, eu vou tirar. Essa era minha motivação. Era ver meus pais, saber que o que eles estavam fazendo era muito mais difícil do que eu estava fazendo, que era estudar”, afirma o jovem.

 

“É por você mainha, por você pai, vocês que trabalham muito por mim e estão orgulhosos de mim. Isso tudo é por vocês”, declarou Luiz.

 

“É muita felicidade, muita gratidão. Eu sabia que esse dia ia chegar”, disse Francileide. “Estou me sentindo feliz”, resumiu o pai do novo universitário, José Procópio.

 

Compartilhe aqui:

Mais de 370 vagas são anunciadas pela Prefeitura de Caicó – RN por meio de Processo Seletivo

 

No município de Caicó, no estado do Rio Grande do Norte, a Prefeitura torna público o edital do Processo Seletivo Simplificado, com objetivo de selecionar 374 candidatos aos cargos ofertados a fim de compor o quadro de funcionários em diversas secretarias. A empresa responsável pela organização e execução da seleção é a Fundação de Apoio à Educação e ao Desenvolvimento Tecnológico do Rio Grande do Norte (Funcern).

 

Há vagas para profissionais de níveis fundamental, médio e superior, distribuídas entre as seguintes secretarias:

 

  • Secretaria Municipal de Administração: Vigia (4), Auxiliar Administrativo (4), Operador de Sistema (2), Auxiliar de Serviços Gerais (10);
  • Secretaria de Educação, Cultura e Esportes: Professor Polivalente Educação Infantil (25), Professor Polivalente Ensino Fundamental Anos Iniciais (12), Professor de Língua Portuguesa (2), Professor de Língua Inglesa (3), Professor de Ensino Religioso Teologia, Professor de Ciências (5), Professor de História (1), Professor de Geografia (1), Professor de Matemática, Professor de Educação Física, Nutricionista (1), Psicólogo (1), Assistente Social (1), Orientador de Formação Profissional de Pintura Tecida e Tela (1), Orientador de Formação Profissional de Corte e Costura Tecido e Malha (1), Auxiliar de Serviços Gerais Incluindo as Lavadeiras (32), Merendeiro (13), Vigia (5), Pintor (1), Pedreiro (1), Servente de Pedreiro (1), Eletricista (1), Motorista (5);
  • Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento: Operador de Máquinas Pesadas (8), Vigia (4), Auxiliar Administrativo (3), Auxiliar de Serviços Gerais (5);
  • Secretaria Municipal de Meio Ambiente: Auxiliar de Serviços Gerais (1), Podador (10);
  • Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Urbanos: Gari (22), Motorista AD (4), Servente de Pedreiro (4), Pedreiro (2), Eletricista (4), Calceteiro (2), Operador de Máquinas Pesadas (2), Arquiteto (1), Operador de Sistema de Saneamento (1);
  • Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo: Auxiliar Administrativo (2), Auxiliar de Serviços Gerais (2);
  • Gabinete do Prefeito: Auxiliar de Serviços Gerais (1), Motorista (1), Auxiliar Administrativo (1), Cozinheiro (1);
  • Procuradoria Geral do Município: Auxiliar Administrativo (2), Auxiliar de Serrviços Gerais (2), Agente de Endemias CCZ (2), Arte Educador (1), Assistente Social SMS-FUS (1), Assistente Social Caps Ad e Caps III (1), Auxiliar Administrativo (2), Auxiliar de Serviços Gerais (3), Cozinheiro (2), Cuidador de Residência Terapêutica (2), Educador Físico Saúde na Praça, Eletricista (1), Enfermeiro FUS/SMS (1), Enfermeiro Samu (1), Enfermeiro ESF (1),Enfermeiro CER III (1), Enfermeiro Caps III e Caps AD (1), Enfermeiro Cerest (1), Enfermeiro Residência Terapêutica (1), Farmacêutico Caps III (1), Farmacêutico FUS/SMS Farmácias Distritais (2), Farmacêutico / Bioquímico / Biomédico (1), Fiscal Sanitário, Fiscal Sanitário Odontólogo, Fiscal Sanitário Enfermeiro, Fiscal Sanitário Farmacêutico, Fisioterapeuta CER III (1), Fisioterapeuta CRI / CRA (1), Fonoaudiólogo C. C. G. A. F. (1), Fonoaudiólogo Cer III (1), Médico Psiquiatra Caps III E Ad (1), Médico Psiquiatra C. C. G. A. F. (1), Médico Psiquiatra Cer III (2), Médico ESF (4), Médico do Trabalho Cerest (1), Médico Neurologista Cer III (1), Médico Oftalmologista CER III, Médico Ortopedista CER III (2), Motorista (3), Nutricionista (1), Odontólogo Esf (2), Odontólogo P.A, Operador de Sistema (1), Pedagogo Caps III e Ad (1), Pedreiro, Pintor, Psicólogo CER III (2), Psicólogo Caps III e Ad (1), Psicólogo Cerest (1), Psicólogo C. C. G. A. F (3), Servente de Pedreiro, Técnico de Enfermagem CER III (1), Técnico de Enfermagem ESF (2), Técnico de Enfermagem Samu (1), Técnico de Enfermagem FU (4), Auxiliar de Consultório Odontológico (2), Terapeuta Ocupacional CER III (1), Terapeuta Ocupacional Caps III e Ad (1), Vigia (2);
  • Hospital do Seridó: Enfermeiro Urgência Pediátrica (6), Enfermeiro (1), Enfermeiro Obstetra (2), Técnico de Enfermagem Urgência Pediátrica (12), Técnico de Enfermagem (1), Técnico em Radiologia (6), Auxiliar Administrativo (1), Auxiliar de Serviços Gerais (2), Cozinheiro (2);
  • Secretaria Municipal de Trabalho, Habitação e Assistência: Auxiliar de Serviços Gerais (4), Motorista (1), Cozinheiro (4), Vigia (5), Auxiliar Administrativo (7), Orientador Socioeducacional (8), Assistente Social (8), Pedagogo (4), Psicólogo (5) e Arquiteto Urbanista (1);
  • Secretaria Municipal de Tributação e Finanças: Auxiliar de Serviços Gerais (2);
  • Secretaria Municipal de Planejamento: Auxiliar Administrativo (2) e Arquiteto e Urbanista (1).

 

O vencimento estipulado ao contratado é de R$ 1.100,00 a R$ 10.045,41, correspondente a jornada de trabalho que alterna de 20 a 40 horas semanais.

 

De forma eletrônica as inscrições podem ser realizadas no site da Funcern, a partir do dia 16 de abril de 2021 e serão concluídas no dia 28 do mesmo mês. Na ocasião das inscrições, online, após o preenchimento do formulário de inscrição, o candidato deve apresentar toda a documentação necessária para avaliação.

 

Vale ressaltar que será cobrada uma taxa de inscrição no valor de R$ 60,00 para os cargos de nível superior e de R$ 40,00 para os cargos de nível médio e nível fundamental.

 

Visto que o Processo Seletivo tem caráter temporário, a seleção do candidato será realizada em uma única etapa sendo constituída da prova de títulos relativos à formação acadêmica e experiência profissional, com caráter classificatório.

 

Validade

 

O prazo de validade deste Processo Seletivo Simplificado será de 12 meses contados a partir da data de publicação da homologação do Resultado Final, podendo ser prorrogado uma única vez, por mais 12 meses.

 

Compartilhe aqui:

CNBB divulga mensagem ao povo brasileiro aprovada pelos bispos reunidos em Assembleia

 

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulga nesta sexta-feira, 16 de abril, a mensagem do episcopado brasileiro que reunido, de modo online, na 58ª Assembleia Geral da CNBB, se dirigiu ao povo neste grave momento.

 

No texto, os bispos afirmam que diante da atual situação pela qual passa o Brasil, sobretudo em tempos de pandemia, não podem se calar quando a vida é “ameaçada, os direitos desrespeitados, a justiça corrompida e a violência instaurada”. Os bispos asseguram que são pastores e que têm a missão de cuidar. “Nosso coração sofre com a restrita participação do Povo de Deus nos templos. Contudo, a sacralidade da vida humana exige de nós sensatez e responsabilidade”, dizem.

 

Na mensagem, os bispos reiteram que no atual momento precisam continuar a observar as medidas sanitárias que dizem respeito às celebrações presenciais. Reconhecem agradecidos que as famílias têm sido espaço privilegiado da vivência da fé e da solidariedade. “Elas têm encontrado nas iniciativas de nossas comunidades, através de subsídios e celebrações online, a possibilidade de vivenciarem intensamente a Igreja doméstica. Unidos na oração e no cuidado pela vida, superaremos esse momento”.

 

Os bispos afirmam que os três poderes da República têm, cada um na sua especificidade, a missão de conduzir o Brasil nos ditames da Constituição Federal, que preconiza a saúde como “direito de todos e dever do Estado” e que o momento exige competência e lucidez. “São inaceitáveis discursos e atitudes que negam a realidade da pandemia, desprezam as medidas sanitárias e ameaçam o Estado Democrático de Direito”, afirmam.

 

Fazem, ainda, um forte apelo à unidade das Igrejas, entidades, movimentos sociais e todas as pessoas de boa vontade, em torno do Pacto pela Vida e pelo Brasil: “Assumamos, com renovado compromisso, iniciativas concretas para a promoção da solidariedade e da partilha. A travessia rumo a um novo tempo é desafiadora, contudo, temos a oportunidade privilegiada de reconstrução da sociedade brasileira sobre os alicerces da justiça e da paz, trilhando o caminho da fraternidade e do diálogo. Como nos animou o Papa Francisco: “o anúncio Pascal é um anúncio que renova a esperança nos nossos corações: não podemos dar-nos por vencidos!”.

 

Confira o texto na íntegra:

 

MENSAGEM DA 58ª ASSEMBLEIA GERAL DA CNBB AO POVO BRASILEIRO

 

Esperamos novos céus e uma nova terra, onde habitará a justiça. (2Pd 3,13)

 

Movidos pela esperança que brota do Evangelho, nós, Bispos do Brasil, reunidos, de modo online, na 58ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil-CNBB, de 12 a 16 de abril de 2021, neste grave momento, dirigimos nossa mensagem ao povo brasileiro.

 

Expressamos a nossa oração e a nossa solidariedade aos enfermos, às famílias que perderam seus entes queridos e a todos os que mais sofrem as consequências da Covid-19. Na certeza da Ressurreição, trazemos em nossas preces, particularmente, os falecidos. Ao mesmo tempo, manifestamos a nossa profunda gratidão aos profissionais de saúde e a todas as pessoas que têm doado a sua vida em favor dos doentes, prestado serviços essenciais e contribuído para enfrentar a pandemia.

 

O Brasil experimenta o aprofundamento de uma grave crise sanitária, econômica, ética, social e política, intensificada pela pandemia, que nos desafia, expondo a desigualdade estrutural enraizada na sociedade brasileira. Embora todos sofram com a pandemia, suas consequências são mais devastadoras na vida dos pobres e fragilizados.

 

Essa realidade de sofrimento deve encontrar eco no coração dos discípulos de Cristo[1]. Tudo o que promove ou ameaça a vida diz respeito à nossa missão de cristãos. Sempre que assumimos posicionamentos em questões sociais, econômicas e políticas, nós o fazemos por exigência do Evangelho. Não podemos nos calar quando a vida é ameaçada, os direitos desrespeitados, a justiça corrompida e a violência instaurada[2].

 

Louvamos o testemunho de nossas comunidades na incansável e anônima busca por amenizar as consequências da pandemia. Muitos irmãos e irmãs, bispos, padres, diáconos, religiosos, religiosas, cristãos leigos e leigas, movidos pelo autêntico espírito cristão, expõem suas vidas no socorro aos mais vulneráveis. Com o Papa Francisco, afirmamos que “são inseparáveis a oração a Deus e a solidariedade com os pobres e os enfermos”[3]. As iniciativas comunitárias de partilha e solidariedade devem ser sempre mais incentivadas. É Tempo de Cuidar!

 

Somos pastores e nossa missão é cuidar. Nosso coração sofre com a restrita participação do Povo de Deus nos templos. Contudo, a sacralidade da vida humana exige de nós sensatez e responsabilidade. Por isso, nesse momento, precisamos continuar a observar as medidas sanitárias que dizem respeito às celebrações presenciais. Reconhecemos agradecidos que nossas famílias têm sido espaço privilegiado da vivência da fé e da solidariedade. Elas têm encontrado nas iniciativas de nossas comunidades, através de subsídios e celebrações online, a possibilidade de vivenciarem intensamente a Igreja doméstica. Unidos na oração e no cuidado pela vida, superaremos esse momento.

 

Na sociedade civil, os três poderes da República têm, cada um na sua especificidade, a missão de conduzir o Brasil nos ditames da Constituição Federal, que preconiza a saúde como “direito de todos e dever do Estado”[4]. Isso exige competência e lucidez. São inaceitáveis discursos e atitudes que negam a realidade da pandemia, desprezam as medidas sanitárias e ameaçam o Estado Democrático de Direito. É necessária atenção à ciência, incentivar o uso de máscara, o distanciamento social e garantir a vacinação para todos, o mais breve possível. O auxílio emergencial, digno e pelo tempo que for necessário, é imprescindível para salvar vidas e dinamizar a economia[5], com especial atenção aos pobres e desempregados.

 

É preciso assegurar maiores investimentos em saúde pública e a devida assistência aos enfermos, preservando e fortalecendo o Sistema Único de Saúde – SUS. São inadmissíveis as tentativas sistemáticas de desmonte da estrutura de proteção social no país. Rejeitamos energicamente qualquer iniciativa que intente desobrigar os governantes da aplicação do mínimo constitucional do orçamento na saúde e na educação.

 

A educação, fragilizada há anos pela ausência de um eficiente projeto educativo nacional, sofre ainda mais no contexto da pandemia, com sérias consequências para o futuro do país. Além de eficazes políticas públicas de Estado, é fundamental o engajamento no Pacto Educativo Global, proposto pelo Papa Francisco[6].

 

Preocupa-nos também o grave problema das múltiplas formas de violência disseminada na sociedade, favorecida pelo fácil acesso às armas. A desinformação e o discurso de ódio, principalmente nas redes sociais, geram uma agressividade sem limites. Constatamos, com pesar, o uso da religião como instrumento de disputa política, justificando a violência e gerando confusão entres os fiéis e na sociedade.

 

Merece atenção constante o cuidado com a casa comum, submetida à lógica voraz da “exploração e degradação”[7]. É urgente compreender que um bioma preservado cumpre sua função produtiva de manutenção e geração da vida no planeta, respeitando-se o justo equilíbrio entre produção e preservação. A desertificação da terra nasce da desertificação do coração humano. Acreditamos que “a liberdade humana é capaz de limitar a técnica, orientá-la e colocá-la ao serviço de outro tipo de progresso, mais saudável, mais humano, mais social, mais integral”[8].

 

É cada vez mais necessário superar a desigualdade social no país. Para tanto, devemos promover a melhor política[9], que não se submete aos interesses econômicos, e seja pautada pela fraternidade e pela amizade social, que implica não só a aproximação entre grupos sociais distantes, mas também a busca de um renovado encontro com os setores mais pobres e vulneráveis[10].

 

Fazemos um forte apelo à unidade da sociedade civil, Igrejas, entidades, movimentos sociais e todas as pessoas de boa vontade, em torno do Pacto pela Vida e pelo Brasil. Assumamos, com renovado compromisso, iniciativas concretas para a promoção da solidariedade e da partilha. A travessia rumo a um novo tempo é desafiadora, contudo, temos a oportunidade privilegiada de reconstrução da sociedade brasileira sobre os alicerces da justiça e da paz, trilhando o caminho da fraternidade e do diálogo. Como nos animou o Papa Francisco: “o anúncio Pascal é um anúncio que renova a esperança nos nossos corações: não podemos dar-nos por vencidos!”[11]

 

Com a fé em Cristo Ressuscitado, fonte de nossa esperança, invocamos a benção de Deus sobre o povo brasileiro, pela intercessão de São José e de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil.

 

Brasília, 16 de abril de 2021.

 

Dom Walmor Oliveira de Azevedo
Arcebispo de Belo Horizonte – MG
Presidente da CNBB

 

Dom Jaime Spengler, OFM
Arcebispo de Porto Alegre – RS
1º Vice-Presidente  

 

Dom Mário Antônio da Silva
Bispo de Roraima – RR
2º Vice-Presidente

 

Dom Joel Portella Amado
Bispo Auxiliar do Rio de Janeiro – RJ
Secretário-Geral da CNBB

 

Compartilhe aqui:

Ceasa-RN adere à campanha nacional de arrecadação de alimentos

 

Com o objetivo de levar segurança alimentar para famílias em vulnerabilidade social de Natal e amenizar os efeitos da pandemia da Covid-19, a administração das Centrais de Abastecimento do Rio Grande do Norte (Ceasa-RN) aderiu à campanha nacional de arrecadação de alimentos promovida da Associação Brasileira das Centrais de Abastecimento (Abracen) intitulada “Projeto Ceasa Amiga”.

 

A campanha foi lançada pela Associação no último dia 09 e incentiva as Ceasas de todo o Brasil a arrecadarem doações de alimentos não perecíveis para montagem de cestas básicas que serão distribuídas para famílias em vulnerabilidade social. Além disso, a Abracen vai disponibilizar R$ 200 mil que serão divididos entre as Ceasas para aquisição de cestas básicas.

 

A Ceasa-RN iniciará a sua campanha na segunda-feira (19) e disponibilizará pontos em locais estratégicos para que clientes, permissionários e colaboradores possam depositar suas doações. A campanha seguirá até o dia 29 e contará com apoio da Associação e do Sindicato de permissionários da Ceasa-RN. No dia 30, a Administração fará o ato simbólico de doação e anunciará as comunidades que serão contempladas com as doações.

 

“Estamos dando as mãos nessa campanha nacional para levar alimento para as famílias que estão sofrendo com as consequências da pandemia. É uma ação social importante no contexto que estamos vivenciando e que irá garantir comida no prato dessas famílias”, pontua o diretor-presidente, Flávio Morais.

 

A Ceasa-RN já executa um programa de segurança alimentar intitulado de “Cesta Solidária” que distribui kits de hortifrutis doados pelos permissionários. Esses kits são montados com verduras, legumes, frutas e hortaliças que são separadas, higienizadas e organizadas em sacolões que são distribuídos para famílias em situação de vulnerabilidade social da Grande Natal e Instituições Filantrópicas e sem fins lucrativos. As entregas são feitas de segunda a sexta-feira para moradores de bairros como: Bom Pastor, Felipe Camarão, Favela do Fio, Favela do Detran e instituições como Lar da Vovozinha, Instituto Juvino Barreto,  Lar do Idoso, entre outras.

 

Compartilhe aqui: