22/02/2018
Por Edilson Silva em Tempo

Meteorologistas anunciam que o semiárido nordestino vai ter chuvas acima do normal

O semiárido da região Nordeste, vai tem um inverno com chuvas de normal a acima do normal, nos meses de março, abril e maio. Essa foi a conclusão da II Reunião de Análise Climática para o Semiárido do Nordeste Brasileiro, que foi realizada pela Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN).

Meteorologistas dos centros de previsão climática do Nordeste e de centros nacionais como o Centro de Pesquisa Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC/INPE) e o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) se reuniram nos dias 20,21 e 22 de fevereiro, para analisar e discutir as informações geradas pelos modelos meteorológicos, assim como, as condições climáticas e qual a influência delas na geração chuvas. Esse resultado da reunião, é semelhante a conclusão do encontro realizado em janeiro, pela Funceme, no Ceará.

Mas desta vez segundo o meteorologista da Emparn, Gilmar Bristot, as condições climáticas estão ainda mais favoráveis para que ocorra chuvas no semiárido “a temperatura do Oceano Atlântico Sul que está mais quente e o resfriamento no Atlântico Norte que favorecem a permanência da Zona de Convergência Intertropical sobre a região Nordeste”. A Zona de Convergência Intertropical é o principal sistema causador de chuva no semiárido nordestino

A análise dos campos atmosféricos e oceânicos de grande escala (vento em superfície e em altitude, pressão ao nível do mar, temperatura da superfície do mar, entre outros), e dos resultados de modelos numéricos globais e regionais e de modelos estatísticos de diversas instituições de meteorologia do Brasil (FUNCEME, INMET, CPTEC/INPE) e do exterior indicou que há uma maior probabilidade de chuvas acima do normal, na faixa do Nordeste, que engloba todo o semiárido potiguar.

No Oceano Pacífico equatorial, observou-se a continuidade do Fenômeno La Niña com intensidade fraca, mas ocupando uma grande área na superfície desse oceano. A permanência dessa condição vem ocorrendo de acordo com os resultados dos modelos de previsão de anomalia de TSM, e projetam que essa condição permanecerá nos próximos meses.

No Rio Grande do Norte, 92% do seu território é semiárido, engloba as regiões Central, Oeste e quase toda região Agreste. No semiárido o período de inverno vai de fevereiro a maio, com exceção da região agreste onde o período chuvoso se estende até o mês de agosto.

Média anual de chuva por região, do semiárido:

* Central- 630.4 mm (74.9% da chuva ocorre no período de fevereiro a maio)

* Oeste- 778.4 mm (75.6% da chuva ocorre de fevereiro a maio)

* Agreste- 639.1 mm (83% da chuva ocorre no período de fevereiro a agosto)

Lembrando que a variabilidade espacial é intrínseca à distribuição de chuvas no setor norte do Nordeste do Brasil, devido a fatores diversos como efeitos topográficos, proximidade em relação ao oceano, cobertura vegetal, etc. Especialmente em localidades com menores valores de precipitação climatológica, a variabilidade temporal das chuvas pode provocar uma maior frequência de veranicos. Os modelos de previsão de TSM estão indicando uma probabilidade de 50% de permanência do fenômeno La Niña no período do prognóstico.

Este prognóstico é resultado das discussões entre os representantes da EMPARN (Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte), FUNCEME (Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos), APAC (Agência Pernambucana de Águas e Clima), SEMARH-SE (Secretaria do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos de Sergipe), AESA (Agência Executiva de Águas do Estado da Paraíba), INEMA (Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia), Labmet/NUGEO/UEMA (Laboratório de Meteorologia do Estado do Maranhão), CPTEC/INPE (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), INMET (Instituto Nacional de Meteorologia), ANA (Agência Nacional de Águas) e UFERSA (Universidade Federal Rural do Semiárido).

Em março de 2018, a reunião Climática será realizada pela APAC, em Pernambuco, quando será divulgado o prognóstico climático para o trimestre abril, maio e junho no Litoral Leste da região Nordeste.

Encerrando a II Reunião Climática para o Semiárido do Nordeste, o pesquisador da Emparn, Josemir Araújo Neves, fez uma palestra sobre a “Ampliação e Modernização do Monitoramento Hidrometeorológico, Climático e Agrometeorológico do Rio Grande do Norte”. Esse é um dos mais importantes investimentos que a Emparn vem executando por meio do Governo Cidadão, com recursos do Banco Mundial. O projeto vai informatizar o setor de meteorologia, que a partir da execução desse projeto vai disponibilizar informações em tempo real, de clima, volume de chuva, umidade, entre outras informações que vão auxiliar de forma direta o homem do campo e a população em geral. Esse projeto também contempla a aquisição de melhores modelos de previsão de tempo e clima o que vais dar mais precisão e credibilidade ao trabalho realizado pela meteorologia da Emparn.


22/02/2018
Por Edilson Silva em Barra de Santana, Jucurutu

Vídeo: Moradores registram chegada das águas em Barra de Santana

Em vídeo, moradores do Distrito de Barra de Santana fazem registro da chegada das águas no Rio Piranhas, após chuvas que caíram nos últimos dias na região.

A presença do líquido precioso é motivo de festejos e comemorações entre os residentes na localidade.

Veja:


22/02/2018
Por Edilson Silva em Barra de Santana, Jucurutu

Rio Piranhas em Barra de Santana recebe águas das últimas chuvas

As águas das chuvas que caíram nos últimos dias no Rio Grande do Norte e no estado vizinho da Paraíba, já estão abastecendo o Rio Piranhas no Distrito de Barra de Santana no município de Jucurutu.

As precipitações provocaram consideravelmente o aumento do volume de água no local, motivo de alegria para população residente na localidade que convivia com o leito do Rio muito seco em virtude da forte estiagem.

Veja nas imagens registradas por Fábio, morador da comunidade.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


22/02/2018
Por Edilson Silva em Currais Novos

Celular conectado ao carregador explode e causa susto em Currais Novos

Um aparelho celular simplesmente explodiu nesta quarta-feira (21) na cidade de Currais Novos, no seridó Potiguar, no momento do incidente o aparelho era carregado e por pouco não causou um incêndio na residência.

Segundo informações, o aparelho estava sendo carregado na cabeceira da cama quando começou a provocar chamas e explodiu. havia moradores na casa que conseguiram apagar o fogo que por pouco não atingiu a cama do casal.

Apesar de não ser muito comum, esse tipo de incidente acaba ocorrendo principalmente em dias de chuva e serve de alerta para que as pessoas evitem dormir com o celular ao lado da cama, conectado ao carregador, ou embaixo do travesseiro.

Por Adailson Carlos


21/02/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu, Saúde

Prefeitura de Jucurutu intensifica ações de combate à Dengue, Zika Vírus e Chikungunya

Em reunião realizada nesta segunda-feira, dia 19 de fevereiro, a Secretaria de Saúde de Jucurutu definiu estratégias de enfretamento das endemias: Dengue, Zika Vírus e Chikungunya.

O encontro de alinhamento contou com presença de médicos, enfermeiros, agentes comunitários de saúde, agentes de endemias, equipes da Estratégia Saúde da Família, profissionais do hospital e do laboratório.

Ficou definida a realização de mutirões toda sexta-feira em cada bairro da cidade e nas comunidades Barra de Santana e Boi Selado, intensificação das visitas de vistorias dos agentes comunitários e de endemias e aquisição de larvicidas para serem utilizados no controle dos vetores.

“A força tarefa se faz necessária tendo em vista que o mosquito transmissor é caseiro e por isso a importância de todos na colaboração com ações de combate e prevenção”, destacou a secretária de Saúde, Marjorie Ovídio.

Assecom – Prefeitura de Jucurutu/RN


21/02/2018
Por Edilson Silva em RN

Detran prorroga pagamento do licenciamento de veículos de placas finais 1 e 2

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) prorrogou para os dias 26 e 27 de março os vencimentos da taxa de licenciamento dos veículos com placas de finais 1 e 2, respectivamente. A decisão foi determinada pela portaria 105/2018 publicada ontem (20) no Diário Oficial do Estado (DOE). O motivo da mudança foi à dificuldade do envio dos carnês para as residências dos proprietários em tempo hábil.

Até o dia 31 de março o valor do licenciamento é de R$ 60,00 independente do ano ou categoria do enquadramento do transporte. Já a partir do dia 1º de abril a taxa sofrerá reajuste ficando em R$ 90,00. Mesmo assim, o  valor do licenciamento de veículos do RN continua sendo o menor do país, ficando abaixo da média entre os estados nordestinos, que é cerca de R$ 110,00, e bem menor de que estados vizinhos como a Paraíba (R$ 140,22) e o Ceará (R$ 118,33).

Além do carnê, para efetuar o pagamento o cliente também dispõe da opção de emitir a segunda via do boleto de pagamento diretamente na página eletrônica do Detran (www.detran.rn.gov.br). O processo de emissão do boleto é simples, basta clicar no ícone “Consulta de Veículos” na página principal, e logo após, digitar a placa e o Renavam do automóvel que deseja efetivar a verificação. Feito isso, o condutor alcança a listagem dos débitos referentes ao licenciamento e IPVA do veículo. Em seguida, é só clicar na taxa que deseja efetuar o pagamento, e imediatamente é aberta uma nova tela com as opções de emissão de boleto bancário direcionado ao Banco do Brasil ou as demais instituições bancárias.

No caso do proprietário do veículo ser correntista do Banco do Brasil, o pagamento poderá ser realizado diretamente no caixa eletrônico, sem necessidade do boleto bancário. A taxa de licenciamento é o único tributo referente aos veículos cuja arrecadação é de responsabilidade do Detran, e os valores angariados são utilizados na manutenção física das instalações do Órgão e nas ações empreendidas pela Instituição em todo o estado.

De acordo com o setor de Estatística do Detran, o RN conta atualmente com quase 246 mil veículos cadastrados com placas finais 1 e 2. O número é referente a 19,79% de toda a frota relacionada no Estado. A validade do Certificado de Registro de Licenciamento de Veículos (CRLV) 2017 desses automóveis tem validade até o último dia do mês de setembro deste ano.

Somente após a comprovação da quitação da taxa de licenciamento, IPVA e Seguro Obrigatório é que o proprietário recebe o CRLV em sua residência, desde que não exista ainda nenhum outro débito referente a infração de trânsito ou outros.


21/02/2018
Por Edilson Silva em Policial, Política

STJ nega mais uma tentativa de soltura de Henrique Eduardo Alves (PMDB)

Com um placar de 4 a 1, a 6ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou, na tarde desta terça-feira, o pedido de liberdade impetrado pela defesa do ex-ministro Henrique Eduardo Alves. O único voto pela liberdade do peemedebista potiguar foi do ministro Sebastião Reis Júnior.

A decisão frustra mais uma tentativa de soltura, através do advogado do ex-ministro investigado na Operação Lava Jato, que deverá continuar preso na Academia de Polícia Militar, Coronel Milton Freire, em Barro Vermelho. Enquanto isso, a defesa pretende recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF).

O ex-ministro foi preso preventivamente na Operação Sepsis, que apura o pagamento de propina para suposta liberação de dinheiro do FIFGTS beneficiando a empresa Carioca Engenharia. O dinheiro seria usado nas obras do Porto Maravilha, no Rio de Janeiro.

O Ministério Público apontou que Alves teria feito várias movimentações em contas na Suíça durante as investigações do caso, o que traria um risco para o resultado das apurações. A maioria da turma acatou os argumentos, vencendo o ministro Sebastião Reis Júnior.


20/02/2018
Por Edilson Silva em Serra Negra do Norte

Barragem da Dinamarca começa a sangrar

Com capacidade de 5 milhões de metros cúbicos, a Barragem da Dinamarca começou a transbordar na tarde desta terça-feira (20).

Localizada em Serra Negra do Norte, a cheia da Dinamarca é para os Seridoenses um sinal de bom inverno. A perspetiva é que mais reservatórios encham com a intensificação das chuvas.


20/02/2018
Por Edilson Silva em Cerro Corá

Acumulado de chuvas em Cerro Corá chega a 144mm

A pluviometria até que está favorável neste inicio deste ano no município de Cerro Corá, levando em conta, o mesmo período ano de 2017, que somando-se janeiro e fevereiro tivemos 101,9 mm.

Embora ainda não seja satisfatório para o acumulo de água nos reservatórios, este ano de 2018, no mês de janeiro choveu 20 mm e em fevereiro até o momento 121 mm, total acumulado dos dois meses 141 mm.

Nosso principal reservatório responsável pelo abastecimento da zona urbana o açude Pinga conseguiu armazenar apenas 2,22 metros.


20/02/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu, Política

Prefeito Valdir destaca prioridades da gestão de Jucurutu para 2018

Ampliação da rede de abastecimento do Município; promoção e ampliação de programas que contemplem os jovens, os idosos e pessoas que são portadoras de necessidades especiais; empenho em buscar os recursos necessários para continuar executando as obras públicas do município; e acompanhamento das obras da construção do complexo Barragem de Oiticica.

Essas foram algumas das metas apresentadas pelo prefeito Valdir Medeiros, nesta terça-feira (20), durante a leitura da sua mensagem anual na Câmara Municipal de Vereadores, por ocasião da abertura dos trabalhos do ano legislativo para 2018. O prefeito enfatizou a prestação de contas do seu primeiro ano à frente do executivo, fez um breve relato das ações durante o ano de 2017 e uma reflexão sobre ética na política brasileira.

Devo reafirmar que vim, com simplicidade, para servir, sendo atento aos anseios do povo e tendo a responsabilidade de entender que a Prefeitura é para todos os Jucurutuenses”, destacou o prefeito Valdir. A sessão teve início às 16h, no Plenário Vereador Augusto Queiroz, e contou com presença de vereadores, secretários municipais, autoridades e populares.


20/02/2018
Por Edilson Silva em Classificados, Jucurutu

Supermercado Floraci – Encarte, ofertas e promoções

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


20/02/2018
Por Edilson Silva em Tecnologia

8 razões que mostram que o Facebook atingiu seu auge e pode começar a perder influência

Na superfície, o Facebook é uma das propostas comerciais mais bem-sucedidas na história dos negócios. Sua capitalização de mercado está hoje em mais de meio trilhão de dólares. As ações são seis vezes mais rentáveis atualmente do que há cinco anos.

O retrato geral é de crescimento e prosperidade, como o editor de mercado de capitais do Financial Times, Miles Johnson, escreveu esta semana: “A rede social… está aumentando seus lucros em mais de 50% por trimestre e os ganhos por ação em mais de 70%, fazendo com que sua rentabilidade e crescimento estejam a anos-luz da média de uma empresa nos Estados Unidos”.

Mas a imagem que se tem a médio e longo prazo da companhia é muito diferente.

O Facebook está acumulando inimigos e desafios a tal velocidade que seus horizontes ficaram, de repente, nublados.

A empresa tem enfrentado turbulências na relação com anunciantes poderosos, como a Unilever, e com a mídia. Neste último caso, decorrentes de sua decisão de diminuir a visibilidade do jornalismo profissional nas páginas dos usuários para privilegiar outros tipos de interação – a medida levou, por exemplo, o jornal brasileiro Folha de S.Paulo a anunciar que iria parar de atualizar suas páginas na rede.

“As desvantagens em utilizar o Facebook como um caminho para essa distribuição (de conteúdo) ficaram mais evidentes após a decisão da rede social de diminuir a visibilidade do jornalismo profissional nas páginas de seus usuários. O algoritmo da rede passou a privilegiar conteúdos de interação pessoal, em detrimento dos distribuídos por empresas, como as que produzem jornalismo profissional”, escreveu a Folha em texto em que anuncia a decisão.

Pode parecer loucura, ou contradição, argumentar que o poder do Facebook está diminuindo. Mas aqui há oito razões para pensar que, em termos de influência, se não riqueza, a rede social certamente já alcançou seu ponto máximo.

1. Usuários em queda

Em seu último relatório de lucros, o Facebook revelou que, pela primeira vez, o número de usuários diários ativos caiu nos Estados Unidos e no Canadá, seu maior mercado.

A redução foi pequena, de 185 milhões para 184 milhões, mas trata-se de um fato importante. Primeiro porque foi a primeira queda e, além disso, porque ela precede as mudanças que Mark Zuckerberg anunciou no feed (página inicial) dos usuários para priorizar “interações significativas” em vez de notícias.

2. Menos engajamento

Mas talvez a queda no número absoluto de usuários não seja o fator mais preocupante para o gigante das redes sociais. Também houve um recuo no tempo que eles passam na plataforma ou, em outras palavras, no engajamento.

O Facebook informou que a quantidade de tempo gasta pelos usuários na rede social caiu em 50 milhões de horas por dia. Isso representa uma queda enorme, e sugere que a experiência do seu feed de notícias se tornou menos viciante – o que também o torna menos atrativo para os anunciantes.

3. Turbulências com anunciantes

Falando neles, a maior vulnerabilidade do Facebook poderia ser uma retirada massiva de anunciantes.

Há alguns dias, o diretor de marketing da Unilever, Keith Weed, disse que a confiança dos consumidores nas redes sociais despencou. Ele ameaçou tirar dinheiro não só do Facebook, mas também do Google. E o que aconteceria se outros grandes anunciantes o seguissem?

Já existe uma inimizade notável entre alguns anunciantes e grandes empresas de tecnologia por causa do alegado sigilo sobre os usuários que são alvo dos anúncios. Importantes agentes do mundo publicitário reclamam do que veem como uma falta de transparência de companhias como o Facebook nesse sentido.

Para além de tudo isso, a empresa foi obrigada a admitir no passado que superestimou extremamente a quantidade de tempo que os espectadores passavam assistindo vídeos na plataforma. Tudo isso colabora para uma potencial fuga de anunciantes, que pode eventualmente ser terrível para seu modelo de negócios.

4. Desinformação e notícias falsas

Justificando sua posição, Keith Weed, da Unilever, disse que “as pessoas estão cada vez mais preocupadas preocupadas com o impacto do digital no mundo bem-estar, na democracia e na verdade propriamente dita”.

Está muito claro que a investigação em curso sobre a suposta participação da Rússia na eleição de Donald Trump como presidente dos EUA analisará o uso que aqueles que cercam o Kremlin fizeram da plataforma. Além disso, Hillary Clinton afirmou no ano passado que o Facebook havia sido a causa fundamental da derrota apertada que sofreu.

E se o Facebook, que se define como uma empresa cuja missão social é tornar o mundo mais aberto e conectado, passa a ser conhecido como aquele cara mau cuja desinformação minou a vontade do povo americano, isso certamente afetará sua reputação.

5. Ataques de seus ex-executivos

Outra coisa terrível para a reputação da companhia são os ataques que chegam de ex-alto executivos.

Chamath Palihapitaya, ex-vice-presidente de crescimento de usuários, disse alguns meses atrás que as ferramentas de interação criadas pela rede social “estão destruindo como a sociedade funciona”. E acrescentou: “Não há discurso civil nem cooperação, há desinformação, mentira”.

Outros ex-executivos fizeram o mesmo, incluindo Sean Parker, cofundador do Facebook.

A razão pela qual isso importa não é apenas o fato de gerar manchetes negativas. É que se a reputação do Facebook no Vale do Silício cair, isso pode ser uma barreira às suas aquisições (Instagram, WhatsApp, etc.), que podem promover o crescimento futuro da companhia.

6. Regulações mais duras

Tanto na Europa como nos Estados Unidos, entidades reguladoras estão travando uma espécie de guerra de desgaste mútuo contra o Facebook, que poderia se tornar rapidamente muito mais explosiva.

Em Bruxelas, a comissária responsável pela concorrência, Margrethe Vestager, está com as empresas de tecnologia na mira. Na Alemanha, leis que penalizam a incitação ao ódio estão sendo usadas para impor multas pesadas ao Facebook.

O clima está ficando pesado em todos os lados, e isso nos leva a entrar no assunto dos dados…

7. Regulação de proteção de dados

As novas superpotências no mundo dos negócios são um tipo recente de gigante da tecnologia: o que lucra com o uso de dados pessoais.

Mas com a evolução da economia de dados vem a evolução da regulação de dados.

O Regulamento Geral de Proteção de Dados da União Europeia (GDPR, na sigla em inglês) entrará em vigor no dia 25 de maio e terá um enorme impacto sobre empresas como o Facebook, que poderiam enfrentar grandes multas por infrações.

A diretora de operações do Facebook, Sheryl Sandberg, disse que a empresa ajustou suas configurações de privacidade com antecedência.

No sua teleconferência mais recente para divulgação de resultados financeiros, o Facebook alertou especificamente que o GDPR poderia ser um obstáculo ao seu crescimento futuro.

8. Antagonismo com a indústria de notícias

A indústria de notícias tem se voltado contra a rede social há algum tempo, em parte devido à velocidade com que o Facebook e o Google engolem os recursos publicitários.

O domínio dessas duas empresas limita a capacidade das empresas de notícias tradicionais de ganhar dinheiro na internet e, como tal, poderia ser fatal para suas perspectivas.

Mas, para muitas figuras importantes no mundo das notícias, as mudanças recentes do Facebook poderiam reduzir drasticamente o tráfego de usuários para suas páginas na internet. O Buzzfeed, que depende fortemente das notícias compartilhadas nas redes sociais, anunciou recentemente cortes de empregos, por exemplo.

Este duplo golpe para o setor de notícias – o fato de o Facebook engolir o dinheiro de publicidade por um lado e, em seguida, apertar as torneiras do tráfego para os sites restringindo os conteúdos que chegam ao feed de notícias dos usuários – garante um relacionamento antagônico com o segmento em todo o mundo.

As ameaças não param por aí

Além de tudo isso, existem outras preocupações para o Facebook: a possibilidade de estar atingindo o limite de sua capacidade de crescimento no mundo de língua inglesa; se a sua plataforma móvel está equipada bem o bastante para aproveitar a próxima duplicação da população da internet; se os gigantes tecnológicos chineses vão vencê-lo nos mercados em crescimento da África; e se a cultura da empresa é saudável o suficiente para suportar todas essas pressões.

Mas essas são ameaças futuras ou emergentes – as citadas anteriormente já estão tendo um impacto muito sério na empresa agora.

Sem querer fazer deste texto um passeio pela cidade das ressalvas, convém lembrar que o Facebook é uma das empresas mais inovadoras de toda a história, que acumulou uma riqueza impressionante por meio de um imenso trabalho duro e que oferece um serviço agradável e gratuito (se você descontar que paga com seus dados pessoais).

No entanto, ganham força as suspeitas de que Mark Zuckerberg e sua equipe desencadearam algo que não podem controlar. E que, depois de um crescimento vertiginoso de 14 anos, sua influência em nosso domínio público global pode ter atingido o auge.


20/02/2018
Por Edilson Silva em Paraíba

Açude Coremas está com mais de 26 milhões de metros cúbicos d’água, e Mãe D’água com 15 milhões

De acordo com informações da AESA, o atual volume do Açude Estevam Marinho, na cidade de Coremas é de 26 milhões, 027 mil e 276 metros cúbicos d’água, o equivalente a 4,40% de sua capacidade total, que é de 591 milhões, 646 mil, 222 m3. O reservatório aumentou 68 cm de lamina d’água nas últimas 24 horas, significando quase 03 milhões de metros cúbicos. Os dados são desta terça (20).

Com relação a Mãe D’água, também localizado e Coremas, o atual volume é de 15 milhões, 399 mil e 930 metros cúbicos, o que corresponde a 2,71% de sua capacidade total, que é de 567 milhões, 999 mil, 13 metros cúbicos. Os dois açudes estão na Bacia Hidrográfica do Piancó-Piranhas-Açu.


20/02/2018
Por Edilson Silva em Concursos, Saúde

Processo seletivo da Sesap entra na fase de análise de currículos

Foram iniciados nesta terça-feira (20) os trabalhos de avaliação de títulos e experiência profissional do Processo Seletivo Simplificado para contratação temporária de 553 profissionais para a Secretaria de Estado da Saúde Pública do Rio Grande do Norte (SESAP – RN). A comissão responsável é composta por servidores de cargo efetivo e fará a análise dos currículos até sexta-feira, dia 23, no Centro de Formação de Pessoal para os Serviços de Saúde (Cefope).

O resultado final está agendado para 10 de março, conforme o cronograma do edital nº 001/2018/GS/SESAP/RN. O processo seletivo recebeu mais de três mil inscrições.

A contratação será pelo período de 12 meses, podendo ser prorrogado por igual período, e deverá amenizar o déficit de pessoal, de modo a suprir a necessidade de hospitais da capital e região metropolitana, preferencialmente. Serão contratados técnicos em radiologia, em biodiagnóstico, e em enfermagem, fisioterapeutas, enfermeiros, farmacêuticos/bioquímicos e médicos. Foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) de hoje (20) a relação dos candidatos declarantes de necessidades especiais que tiveram a inscrição deferida.


20/02/2018
Por Edilson Silva em Educação

UFRN convoca aprovados na segunda chamada do Sisu para cadastramento

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) publicou no último dia 19 a segunda chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que inclui aprovados e suplentes para preenchimento das vagas remanescentes da instituição.

Os candidatos devem consultar a lista de convocação no endereço www.sisu.ufrn.br, no qual também está disponível o edital com a documentação necessária para cadastramento e matrícula, que acontecem a partir desta quarta-feira, 21.

Em Natal, o cadastramento dos aprovados na segunda chamada acontece de 21 a 24 de fevereiro na Escola de Ciência e Tecnologia (ECT) da UFRN, localizada no campus central, onde serão atendidos os aprovados em Natal e Macaíba. Os demais devem comparecer aos respectivos campi onde foram aprovados, nas seguintes datas: de 21 a 23 em Caicó e de 22 a 23 em Currais Novos e Santa Cruz.

O horário de cadastramento é o mesmo em todos os locais, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h, sendo as datas e os períodos de atendimento divididos por curso, conforme o quadro disponibilizado no edital.


20/02/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu, Política

Prefeito Valdir Medeiros fará leitura da mensagem anual à Câmara Municipal de Jucurutu nesta terça

A abertura dos trabalhos legislativos da Câmara de Jucurutu contará com a presença do prefeito Valdir Medeiros que fará a leitura da mensagem anual. Será nesta terça-feira, dia 20 de fevereiro, na Câmara Municipal. A sessão ordinária inicia as 16h e a população é convidada a participar.

A mensagem do chefe do Executivo municipal trará um resumo das ações e programas executados no ano anterior, em diversas áreas da gestão municipal. Na mensagem também é comum apresentar as metas para o ano de 2018.


20/02/2018
Por Edilson Silva em Educação

ProUni: selecionados em primeira chamada têm até dia 23 para comprovar dados

Termina nesta sexta-feira (23) o prazo para comprovação dos dados dos candidatos pré-aprovados na primeira chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni). A confirmação das informações é requisito para garantir a vaga e deve ser feita na universidade onde o candidato vai estudar.

Os dados que devem ser comprovadas dizem respeito ao cadastro e à renda, tanto do candidato quanto de seu grupo familiar e prova de residência, entre outros. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), os candidatos devem ficar atentos e se informar nas instituições de ensino sobre os documentos, pois informações complementares poderão ser solicitadas.

O ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação de instituições privadas de educação superior. Nesta edição, foram ofertadas aproximadamente 243 mil bolsas, sendo 113.863 integrais e 129.124 parciais.

De acordo com o MEC, as bolsas integrais foram destinadas a estudantes com renda per capita de até 1,5 salário mínimo. As bolsas parciais são para os candidatos cuja renda familiar per capita vai até três salários mínimos. Podem concorrer às bolsas do ProUni brasileiros sem diploma de curso superior e que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017, com nota superior a 450 pontos e que não tenham zerado a prova.

O estudante também deve ter cursado o ensino médio completo em escola pública, ou em instituição privada como bolsista integral, ter alguma deficiência, ser professor da rede pública ou estar enquadrado no perfil de renda exigido pelo programa.

O processo seletivo do ProUni é composto por duas chamadas sucessivas. A segunda chamada está prevista para 2 de março. No mesmo dia tem início o prazo para comprovação de informações da segunda chamada, que vai até 9 de março. Em caso de não aprovação, o prazo para manifestar interesse na lista de espera é de 16 a 19 de março.


20/02/2018
Por Edilson Silva em RN, Tempo

Emparn sedia reunião de análise climática para o semiárido a partir de hoje

A Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte, sedia nos dias 20, 21 e 22 de fevereiro a II Reunião de Análise Climática para o Semiárido do Nordeste Brasileiro e o I Workshop de Validação e Autoria do Monitor da Seca do Nordeste.

Participarão dos dois eventos cerca de 20 meteorologistas dos centros de pesquisa da região Nordeste, do Centro de Pesquisa Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC/INPE), Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) e da Fundação Cearense de Meteorologia (Funceme) e da UFRN, além de técnicos em áreas ligadas ao monitoramento de chuvas e da seca.

Essa é a última reunião que vai definir como vai ser a quadra chuvosa no semiárido do Nordeste. Durante o encontro, os meteorologistas vão analisar e discutir o comportamento das condições oceânico-atmosféricas e qual a influência delas na ocorrência de chuva no semiárido, no período de março a maio, inverno na região.

Na reunião anterior, realizada em janeiro pela Funceme, em Fortaleza/CE, a conclusão foi de que teríamos chuvas de normal a acima do normal para o período de fevereiro a abril de 2018.

O Monitor de Seca do Nordeste – MSNE (http://monitordesecas.ana.gov.br) é um método de monitoramento de seca através de um processo que consolida informações de diferentes indicadores de seca em sua dimensão (meteorológica, hidrológica e agrícola), impacto e intensidade em um único mapa visando a identificação do estado de severidade desse fenômeno.

O Monitor é gerado mensalmente por um consórcio de instituições (ANA, Funceme, Inema, Apac, entre outras) e tem em sua essência a combinação de fontes de dados, produtos e informações de quem vivencia a seca, garantindo um consenso do desenvolvimento dos estágios, evitando a discordância nos critérios utilizados para implementar ou descontinuar ações e políticas de apoio ligadas a seca, a partir da indicação da severidade e tendência de duração.

No Rio Grande do Norte, 92% do seu território é semiárido, engloba as regiões Central, Oeste e quase toda região Agreste. No semiárido o período de inverno vai de fevereiro a maio, com exceção da região agreste onde o período chuvoso se estende até o mês de agosto.

Média anual de chuva por região do semiárido:

* Central – 630.4 mm (74.9% da chuva ocorre no período de fevereiro a maio) * Oeste – 778.4 mm (75.6% da chuva ocorre de fevereiro a maio) * Agreste – 639.1 mm (83% da chuva ocorre no período de fevereiro a agosto)

A reunião será realizada no auditório Governador Iberê Ferreira de Souza, localizado na sede da Emparn, na Av. Eliza Pereira dos Santos, s/n, Parque das Nações- Parnamirim/RN. O encerramento da Reunião Climática, será no dia 22 de fevereiro às 11h, ocasião em que será feita a divulgação da previsão climática para os meses de março, abril e maio do corrente ano para semiárido do Nordeste brasileiro.


20/02/2018
Por Edilson Silva em Economia

Mais de 16 mil MEIs tiveram registro cancelado por inadimplência no RN

A inadimplência ou falta de parcelamento dos débitos fiscais junto à Receita Federal levaram quase 16,7 mil Microempreendedores Individuais (MEI) do Rio Grande do Norte a ter o número do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) cancelado. A informação é do Sebrae. No ranking de exclusão, o estado potiguar está entre os estados com o menor índice de cancelamento em números absolutos, ocupando a 18ª posição entre todas as unidades da federação. Em todo o país, 1,3 milhão de MEIs foram excluídos dessa categoria jurídica.

Em outubro, o Comitê para Gestão da Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (CGSIM) divulgou a lista de CNPJ suspensos e alertou sobre o prazo para regularização, que terminou no dia 26 de janeiro. Foram cancelados os CNPJs de MEIs que não pagaram nenhuma guia mensal (DAS) referente aos períodos de apuração de 2015, 2016 e 2017 e não entregaram nenhuma declaração anual (DASN-SIMEI) referentes aos anos de 2015 e 2016.

Ainda de acordo com o Sebrae, o cancelamento dos CNPJs faz parte das estratégias do governo federal de atender melhor os negócios formalizados como MEI, no sentido de elaborar políticas públicas que ajudem no desenvolvimento dessas empresas. Os empreendedores irregulares foram notificados pela Receita Federal em outubro do ano passado para regularização dos débitos. Foram notificados aqueles MEIs que não fizeram nenhum pagamento do boleto mensal nos três últimos anos e que estavam com as Declarações Anuais do Simples Nacional (DASN-SIMEI) atrasadas.

O cancelamento é previsto na Lei Geral da Microempresa e Empresa de Pequeno Porte e regulamentado pela Resolução n.º 36/2016, do CGSIM.

Com a baixa de quase 17%, o Brasil passou de 7,8 milhões de MEIs para 6,42 milhões de empreendedores inscritos nessa figura jurídica. Com a redução, o Rio Grande do Norte, que contabilizava 103.794 microempreendedores, agora conta com 87.119 negócios formalizados como MEI.

Na avaliação da coordenadora do MEI no Sebrae-RN, Ruth Maia, esse percentual de MEI que estava inadimplente provavelmente já estava com o negócio fora de operação e, por isso, não impactava na arrecadação de impostos nem influenciava no atendimento do Sebrae a esse público.

É considerado MEI aqueles profissionais que trabalham por conta própria e que ganham até R$ 81mil por ano. Para ser enquadrado como MEI, o empreendedor precisa exercer uma das mais de 400 atividades regulamentadas para essa categoria de negócio, não deve ter participação em outra empresa, podendo ter até um empregado.

Segundo o Sebrae, um dos principais atrativos do programa do MEI é a tributação diferenciada. O empreendedor pagar um valor mensal fixo que corresponde a 5% do salário mínimo. A maior parte desse recolhimento vai a cobertura previdenciárias, e R$ 5 de ISS para o município, se a atividade for serviço, ou R$ 1 de ICMS para o estado, se for comércio ou indústria.

Com o registro, o trabalhador passa a ter CNPJ e a emitir notas fiscais, atuando como uma empresa, o que também facilita financiamentos e aluguel de máquinas de cartão de débito e crédito. Além disso, o MEI tem garantias de benefícios previdenciários, como auxílio-doença, salário-maternidade e aposentadoria por idade, mediante pagamento mensal de no máximo R$ 53,70.7

G1RN


19/02/2018
Por Edilson Silva em RN

Governo inicia distribuição de 730 toneladas de sementes nesta terça-feira

O Governo do RN, por intermédio da Secretaria Estadual da Agricultura, da Pecuária e da Pesca – Sape, inicia nesta terça-feira, dia 20, a distribuição de 729,9 toneladas de sementes pelo Programa Banco de Sementes – BS. A entrega das sementes ocorrerá nas 10 regionais da Emater/RN, localizadas nos municípios de Pau dos Ferros, Umarizal, Mossoró, Assú, Caicó, Currais Novos, João Câmara, Santa Cruz, São Paulo do Potengi e São José de Mipibu.

Para implementar a ação, o Governo do Estado investiu R$ 9,17 milhões na aquisição das sementes. Serão beneficiados mais de 51 mil agricultores familiares cadastrados no sistema Ceres da Emater/RN, em 157 municípios do RN. “Um Programa de extrema importância para o agricultor familiar potiguar, fundamental a sua subsistência. Mesmo diante da crise financeira que o estado enfrenta, o governador Robinson Faria reuniu esforços para garantir os investimentos no setor. Com boas previsões meteorológicas, indicando uma boa quadra chuvosa, essas sementes, certamente, renderão boas colheitas para o produtor rural”, enfatiza o secretário Guilherme Saldanha.

O Programa Banco de Sementes disponibiliza para o plantio de subsistência e forragem animal, sementes de milho, feijão, sorgo Ponta Negra e arroz. As variedades distribuídas são adaptadas às condições do semiárido do nosso Estado, permitindo precocidade e produção com baixo índice pluviométrico. São resultantes de um longo trabalho de pesquisas da Emparn/Embrapa.

Por variedade serão entregues um total de 233,2 toneladas de feijão; 278,2 toneladas de milho; 188,4 toneladas de sorgo Ponta Negra; e 30 toneladas de arroz. Este ano cada produtor vai receber cinco quilos de feijão, cinco quilos de milho e outros três de sorgo ponta negra, utilizado como ração para animais. Especificamente nas cidades de Felipe Guerra e Apodi, também serão distribuídas 30 toneladas de arroz, em virtude de associações nesses lugares trabalharem na produção desses grãos.

A reposição dos estoques de cada banco é aferida pelos técnicos da Emater/RN no final de cada safra que, devido à persistência da seca severa que tem abatido sobre todo o RN, estes estavam totalmente comprometidos, implicando em estoques remanescentes dos BS praticamente zerados. A filosofia do Programa requer que os agricultores realimentem os bancos com as sementes produzidas, entretanto, a dificuldade em virtude da seca tem exigido que o Governo reponha plenamente esses estoques.

Para participar do Programa, o interessado deve ser agricultor familiar de baixa renda, procurar um dos escritórios locais da Emater/RN, no seu devido município. As próximas inscrições, para safra 2019, deverão ocorrer entre os meses de julho e setembro próximos.

CALENDÁRIO DE ENTREGA 2018:

De 20 a 23 de fevereiro: Pau dos Ferros, Umarizal, Mossoró e Assú;

De 26 a 27 de fevereiro: Caicó e Currais Novos;

Dia 28 de fevereiro: João Câmara e Santa Cruz;

De 01 a 02 de março: São Paulo do Potengi e São José de Mipibu.


Página 1 de 54912345...102030...Última »


Facebook


Twitter