Esporte

Brasil mantém liderança do hexagonal final do Sul-Americano sub-20

 

O Brasil derrotou a Venezuela por 3 a 0, na noite desta sexta-feira (3) no Estádio Monumental de Techo, em Bogotá (Colômbia), para manter a liderança no hexagonal final do Sul-Americano sub-20 de futebol.

 

Após este triunfo, a equipe comandada pelo técnico Ramon Menezes chegou aos seis pontos, mesma pontuação do Uruguai, que está na segunda posição da classificação por ter um saldo de gols menor do que o da seleção brasileira (5 a 2).

 

Após a partida, o meio-campista Marlon Gomes celebrou a vitória da equipe canarinho. “Feliz pela vitória e pela partida que o Brasil fez. Sabíamos que seria muito difícil, mas viemos preparados. Saímos com os três pontos. Agora é descansar e pensar na próxima partida”, declarou em entrevista à CBF.

 

Agora, a equipe brasileira volta a entrar em campo pela competição a partir das 19h30 (horário de Brasília) da próxima segunda-feira (6), contra o Paraguai no estádio El Campín, em Bogotá. Uma vitória é de vital importância para o Brasil garantir uma das quatro primeiras posições da competição, que garantem vaga na Copa do Mundo sub-20, que será disputada na Indonésia entre 20 de maio e 11 de junho de 2023.

 

Agência Brasil

 

Compartilhe aqui:

Palmeiras vence Flamengo em grande jogo e leva Supercopa do Brasil

 

Quatro dias após o bicampeonato da Copa São Paulo de Futebol Júnior, o torcedor do Palmeiras voltou a celebrar um título, desta vez no profissional. Neste sábado (28), o Verdão bateu o Flamengo por 4 a 3, em grande jogo disputado no Mané Garrincha, em Brasília, levando a Supercopa do Brasil pela primeira vez.

 

Foi a sétima conquista de Abel Ferreira à frente do Palmeiras, igualando-o a Ventura Cambon como terceiro técnico com mais títulos no clube. O português já havia conduzido o time alviverde às taças do Campeonato Brasileiro (2022), da Libertadores (2020 e 2021), da Copa do Brasil (2020), da Recopa Sul-Americana (2022) e do Campeonato Paulista (2022). Ele terminou o jogo expulso, após chutar um microfone.

 

A vitória teve gosto de revanche para os paulistas, que haviam perdido a Supercopa de 2021 justamente para o Rubro-Negro, neste mesmo estádio. Os cariocas seguem como maiores vencedores do torneio, com dois títulos (2020 e 2021).

 

Homenagens a Pelé

 

A cerimônia que antecedeu a partida teve homenagens a Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, que faleceu há um mês. Kely e Flávia Nascimento, filhas do Rei do Futebol, entraram no campo acompanhadas pelo presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ednaldo Rodrigues, trazendo as taças das três Copas do Mundo conquistadas pelo Atleta do Século (1958, 1962 e 1970).

 

Os jogadores das duas equipes alinharam para o hino nacional vestindo camisas com o número 10 às costas. Por fim, um grande bandeira com o rosto de Pelé foi levantado em uma das arquibancadas do estádio.

 

Agência Brasil

 

Compartilhe aqui:

Chegou a hora! Palmeiras e Flamengo fazem decisão da Supercopa com estádio lotado no DF

 

Neste sábado (28/1), às 16h30, na Arena BRB Mané Garrincha, Palmeiras e Flamengo vão disputar a Supercopa do Brasil, o esperado confronto entre o campeão brasileiro de 2022 e o da Copa do Brasil da edição passada. O duelo é um oferecimento do Metrópoles Sports. Para o confronto, o Palmeiras chega de maneira invicta. São quatro jogos em 2023, sendo duas vitórias (Botafogo-SP e Ituano) e dois empates (São Bento e São Paulo). Além disso, são quatro gols marcados e apenas um sofrido.

 

Assim como o Alviverde, o Flamengo chega para a partida de forma invicta, sendo três vitórias (Audax, Portuguesa e Nova Iguaçu) e dois empates (Madureira e Bangu). O Rubro-Negro tem 11 gols anotados contra apenas dois sofridos no ano.

 

Além da Supercopa do Brasil, o Flamengo vive a expectativa da disputa do Mundial de Clubes, no Marrocos. A primeira partida será no dia 7/2, contra Wydad Casablanca ou Al-Hilal. Caso avance, jogará a final no dia 11/2.

Novidades

A disputa também ficará marcada por novidades. Além de uma homenagem prevista para Pelé, que faleceu no fim do ano passado, a CBF promete exibir os lances em revisão do VAR nos telões do estádio Mané Garrincha (DF) e em tempo real para os torcedores.

Supercopa

 

A partida é um reencontro entre as equipes pela competição. Flamengo e Palmeiras também decidiram a Supercopa em 2021. Após empate em 2 x 2 no tempo normal, o Rubro-Negro terminou campeão em disputa emocionante de pênaltis.

 

“No jogo da Supercopa, a ideia é que o VAR seja exibido no telão. E com essa análise a gente possa ter argumentos para chegar à Fifa e pedir a autorização dela para que nossas competições possam ter essa transparência. Fica melhor para quem está assistindo”, assinalou o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues.

 

O confronto 

 

Recentemente, Palmeiras e Flamengo são considerados os maiores rivais do país, pelo poder financeiro das equipes que estão dominando o futebol brasileiro.

 

Dos 12 jogos disputados entre o Alviverde e o Rubro-Negro desde 2018 até aqui, o Flamengo leva larga vantagem. São cinco vitórias do clube carioca, seis empates e apenas uma vitória dos paulistas.

 

Já em termos históricos, a vantagem é do Palmeiras. São 104 jogos, com 38 triunfos do Alviverde, 31 empates e 35 vitórias do Rubro-Negro.

 

Quando o assunto é final, foram quatro decisões de títulos entre as equipes. O Flamengo levou a melhor em duas, a Copa Mercosul em 1999 e a Supercopa do Brasil em 2021. Já o Alviverde conquistou a Taça dos Campeões em 1942 e a Libertadores de 2021.

 

Ingressos

 

Ainda dá tempo de garantir o seu ingresso para a decisão entre o campeão do Brasileirão e o vencedor da Copa do Brasil. Você pode adquirir as entradas para o jogo deste sábado pela internet, no site da Bilheteria Digital.

 

Compartilhe aqui:

América goleia Potyguar de Currais Novos por 4 a 0. Wallace Pernambucano marca dois

 

A quarta-feira (11) teve goleada no Campeonato Potyguar. O América-RN estreou com vitória de 4 a 0 contra o Potyguar de Currais Novos, na Arena América, em Parnamirim. O jogador Wallace Pernambucano brilhou na partida marcado dois gols. Os outros dois foram de Wemerson e Frank.

 

Com a vitória, o América assume a liderança do Grupo B, com três pontos. E no próximo domingo tem clássico contra o ABC no Frasqueirão.

 

As duas outras partidas do Campeonato Estadual da quarta-feira terminaram no 0 a 0 para Globo FC x Alecrim e Santa Cruz de Natal x Potiguar.

 

Ponta Negra News

 

Compartilhe aqui:

ABC e América anunciam plataformas via streaming para temporada 2023

 

Uma nova forma para acompanhar o futebol do clube de coração e com um jeito muito prático, pela internet. ABC e América anunciam na próxima terça-feira (10) as plataformas digitais para a transmissão dos jogos na temporada 2023. A TV ABC+ e a TV Mecão+ chegam como uma nova ferramenta digital para aproximar a torcida do dia a dia dos times.

 

Os novos canais terão transmissões dos jogos, entrevistas exclusivas, programas especiais, reprises de partidas históricas, produções originais e conteúdos dedicados para a paixão de cada torcedor.

 

O torcedor terá toda a comodidade para acompanhar os conteúdos em smartphones, tablets, computadores e Smart TV’s. Os canais serão desenvolvidos em parceria com as empresas Ott Pro e BRADO Media.

 

Compartilhe aqui:

Em homenagem, imagem do Rei Pelé é projetada na Arena das Dunas

 

Em homenagem ao Rei Pelé – que morreu nesta quinta-feira (29) – a Arena das Dunas, palco de jogos da Copa de 2014 em Natal, projetou o rosto e assinatura do atleta do século em sua área externa.

 

A projeção acontece das 18h às 22h desta sexta (30) na pétala voltada para a Avenida Prudente de Morais.

 

Toda a iluminação externa do estádio foi desligada e foi estampado o rosto e a assinatura do rei do futebol, Edson Arantes do Nascimento.

 

Morte

 

Pelé morreu nesta quinta (29), aos 82 anos. Ele estava internado desde o dia 29 de novembro no Hospital Albert Einstein, na Zona Sul de São Paulo para reavaliação da quimioterapia contra o tumor de cólon e o tratamento de uma infecção respiratória.

 

Pelé foi diagnosticado com câncer em setembro de 2021. Já em fevereiro deste ano, o ex-jogador se internou no Albert Einstein para dar continuidade à quimioterapia.

 

Um boletim médico divulgado na tarde desta quinta-feira informou que a morte aconteceu às 15h27, “em decorrência da falência de múltiplos órgãos, resultado da progressão do câncer de cólon associado à sua condição clínica prévia”.

 

Compartilhe aqui:

Argentina vence a França nos pênaltis e é tricampeã da Copa do Mundo

 

Argentina venceu a França nos pênaltis neste domingo (18), após empate por 3 a 3 no tempo normal, e se tornou campeã da Copa do Mundo do Catar. Os argentinos não ganhavam um mundial desde 1986, há 36 anos, quando bateram a Alemanha na final por 3 a 2 na Copa do México.

 

O triunfo diante da França levou a Argentina ao terceiro título em Copas do Mundo. Agora, “os hermanos” ultrapassam França e Uruguai, que têm dois troféus cada, e ficam atrás apenas de Brasil, com cinco, e de Alemanha e Itália, ambas com quatro conquistas.

 

O título da Argentina também marca a volta da taça para a América do Sul. O último campeão do continente havia sido o Brasil, quando ganhou o penta em 2002. Desde então, os europeus emplacaram cinco Copas do Mundo seguidas – a última em 2018, com a França.

O jogo

 

A final da Copa deste domingo começou com um roteiro parecido com a dos outros jogos da seleção argentina na competição.

 

O time comandado por Lionel Scaloni abriu 2 a 0 no placar contra o rival assim como em todas as partidas anteriores desde a abertura do torneio, quando perdeu da Arábia Saudita de virada por 2 a 1.

 

Os argentinos dominaram o jogo logo no início. Com passes rápidos em busca do ataque, o atacante Ángel Di María fez bela jogada e foi derrubado dentro da área após passar por Dembelé. Penâlti para a Argentina e gol de Lionel Messi.

 

As condições da partida pouco mudaram após o primeiro gol. A França continuou recuada, sem apresentar perigo ao goleiro Martínez, que viu um contra-ataque com toques de primeira terminar no segundo tento argentino.

 

Lionel Messi colocou Mac Allister na cara do gol, que só rolou para Ángel Di María estufar a bola dentro das redes do goleiro francês Hugo Lloris.

 

Na segunda etapa, as condições pareciam continuar desfavoráveis para os franceses. A Argentina ditava o ritmo da partida até os 30 minutos do segundo tempo, quando Otamendi derrubou Kolo Muani dentro da área e cometeu pênalti. Mbappé converteu a cobrança e diminuiu o placar.

 

Um minuto depois do gol, o camisa 10 da França fez uma linda tabela e chutou de primeira no canto esquerdo do goleiro Martínez para deixar tudo igual.

Prorrogação e pênaltis

 

A Argentina estava sem fôlego no fim do tempo regulamentar da partida. Depois do segundo gol da França, os jogadores argentinos começaram a errar passes e não conseguiram mais avançar ao ataque, mas se seguraram na defesa até o jogo ir para a prorrogação.

 

Nos minutos adicionais, a Argentina voltou renovada e voltou a ficar na frente do placar, com gol de Messi de perna direita. No entanto, assim como no tempo normal, a seleção de Lionel Scaloni levou o empate após mais um pênalti marcado por Mbappé, que terminou o torneio como artilheiro, com 8 gols marcados.

 

Com a partida nos minutos finais, o goleiro Emiliano Martínez começou a escrever sua história como herói argentino. Ele defendeu um chute cara a cara de Kolo Muani, que daria números finais ao jogo e o título ficaria na França.

 

Nos pênaltis, Martínez defendeu a cobrança de Coman e viu Tchouaméni chutar para fora do gol. Mbappé e Kolo Muani converteram suas cobranças, mas não adiantou. Todos os jogadores argentinos colocaram a bola nas redes de Lloris. Messi foi o primeiro, seguido de Dybala, Paredes e Montiel, que marcou o gol do título.

O “fator Messi”

 

A conquista do tricampeonato passou pelos pés e pela liderança daquele que é considerado por alguns torcedores e especialista como o maior jogador de todos os tempos: Lionel Messi.

 

O craque argentino fez 7 gols e deu 3 assistências durante o torneio, além de liderar seus companheiros dentro de campo com sua experiência de ter disputado cinco Copas do Mundo, aos 35 anos de idade.

 

Messi conquistou títulos por clubes ainda cedo, sendo considerado ídolo do Barcelona poucos jogos após estrear com a camisa catalã. Ele venceu a primeira bola de ouro em 2009, aos 22 anos – a primeira de quatro consecutivas que viria a ganhar.

 

No entanto, apesar do sucesso no Barcelona, conquistando quatro Champions League e dez La Liga (nome dado ao campeonato espanhol), o argentino não conseguia ter a mesma felicidade pela seleção.

 

Lionel Messi perdeu as finais da Copa do Mundo de 2014 para a Alemanha e da Copa América de 2015 e de 2016 para o Chile, as duas na disputa de pênaltis. Após as derrotas, ele chegou até a dizer que se aposentadoria da seleção.

 

Em 2021, Messi venceu a Copa América contra o Brasil, no Maracanã, quebrando o jejum de títulos da Argentina, que perdurava desde 1993. Mas este ano, o craque argentino conseguiu a glória máxima ao vencer uma Copa do Mundo como protagonista, naquela que é provavelmente a sua última a ser disputada como jogador da Albiceleste.

 

CNN

 

Compartilhe aqui:

França vence o Marrocos e está na final da Copa do Mundo

 

Uma boa semifinal de Copa do Mundo! A vitória da França por 2 a 0 em cima do Marrocos foi merecida para a equipe que foi melhor em campo. Os franceses abriram o placar com Theo Hernández aos cinco minutos do primeiro tempo, criou outras chances e até acertou a trave de Bono.

 

Mas o Marrocos não deixou por isso, não. Primeiros africanos a chegarem numa semifinal, os marroquinos foram para cima e também levaram perigo – até chegaram a acertar a trave com uma bicicleta de um zagueiro.

 

No segundo tempo, Marrocos ainda continuou com o ímpeto de ir para cima, principalmente pelo lado forte com Ziyech e Hakimi. Mas a defesa francesa melhorou depois da entrada da Thuram. Por fim, a França fechou o placar com o gol marcado por Kolo Muani, que estava em campo por 42 segundos. No fim das contas, resultado justo.

 

Compartilhe aqui:

ABC também vai lucrar com venda do seridoense Ayrton Lucas; veja quanto o clube pode receber

 

O Flamengo chegou a um acordo com os russos do Spartak Moscou e pagará 7 milhões de euros (cerca de R$ 39 milhões) por 100% dos direitos econômicos de Ayrton Lucas. Ainda em dezembro de 2022 o clube oficializará a contratação do atleta. Quem fica satisfeito com mais uma negociação de Ayrton é o ABC.

 

Por ser o clube formador do atleta, o mecanismo de solidariedade da FIFA permite ao ABC lucrar pelo menos R$ 195 mil com a ida do atleta para o rubro-negro carioca.

 

Contratado por empréstimo em março, Ayrton, de 25 anos, foi muito bem avaliado pelo departamento de futebol e assinará contrato válido por quatro temporadas.

 

As negociações sempre caminharam bem desde o fim das competições disputadas pelo Flamengo em 2022, e a diretoria rubro-negra sempre manteve confiança de que até dezembro chegaria ao desejado acordo pela permanência do atleta.

 

Rubro-negro de coração, o potiguar de Carnaúba dos Dantas fez 41 partidas e marcou dois gols. Titular da posição, Filipe Luís fez inúmeros elogios públicos a Ayrton. Jogador de características ofensivas nos tempos de Fluminense, chamou atenção por ter aparecido bem no combate, com muitos desarmes.

 

Com informações do Portal 96 FM

 

Compartilhe aqui:

Argentina vence a Croácia e está na final da Copa do Mundo

 

A  Argentina se classificou nesta terça-feira (13), para a grande final da Copa do Mundo do Catar. A Croácia, atual vice-campeã, ficou pelo caminho com a derrota por 3 a 0 sofrida no estádio Lusail, em Doha.

 

A  Argentina saiu na frente e tratou de resolver logo o jogo aos 33 e aos 38 minutos do primeiro tempo.  Na primeira chance, Julián Álvarez recebeu lançamento em profundidade e só foi parado pelo goleiro Dominik Livakovic. O juiz marcou pênalti para a Argentina e na cobrança, Messi bateu firme no canto esquerdo do goleiro e fez o seu quinto gol no Catar, empatado na artilharia com Mbappé. Cinco minutos depois, Julián ganhou na corrida de novo e, na pequena área, só desviou para ampliar.

 

Já no egundo tempo, os 23 minutos, Messi fez outra grande jogada pela ponta direita, driblou Gvardiol e tocou para Julián marcar o seu segundo, o terceiro da Argentina.

 

O rival da Argentina na decisão de domingo (18), sai do vencedor da partida entre França e Marrocos. As duas seleções se enfrentarão nesta quarta, às 16 horas (de Brasília), no Al Bayt. Já o terceiro lugar será disputado no sábado (17), no Internacional Khalifa.

 

Foto: DYLAN MARTINEZ/REUTERS

 

Compartilhe aqui:

Brasil eliminado da Copa do Mundo, após perder para Croácia nos pênaltis

 

Brasil eliminado da Copa nesta sexta-feira 9. Após empate sem gols no tempo normal, Brasil e Croácia encerraram a prorrogação com placar igual, em 1 a 1. O jogo foi decidido em disputa de pênaltis, com vitória da Croácia por 4 a 2.

 

A partida, no estádio Cidade da Educação, definiu a seleção croata como semifinalista da Copa do Mundo do Qatar.

 

O Brasil abriu o placar com Neymar já no fim da primeira etapa da prorrogação.

 

Em contra-ataque da seleção croata, aos nove minutos do segundo tempo da prorrogação, Petkovic empatou o jogo, com chute desviado em Marquinhos.

 

O jogo foi bastante truncado, com a Croácia marcando forte e se segurando na defesa. O goleiro Livakovic é o nome do jogo até o momento.

 

A Croácia agora pega o vencedor de Argentina e Holanda, que se enfrentam nesta sexta-feira 9, ás 16h.

 

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS)

 

Compartilhe aqui:

Seleção Brasileira encara a Croácia nesta sexta (9) pelas quartas de final

 

Todo jogo de Copa do Mundo FIFA parece ser especial para Luka Modric. Conhecido por suas grandes atuações no torneio, o croata terá mais um grande desafio diante do Brasil, pelas quartas de final, nesta sexta-feira (9). Mas este jogo será ainda mais especial para ele. Dentro de campo, defendendo o adversário, estarão vários de seus amigos de Real Madrid, como Vinícius Júnior, Rodrygo e o ex-?companheiro Casemiro.

 

No clube espanhol desde 2012, Modric faz parte de uma das mais vitoriosas gerações da história do Real. Por lá, conquistou cinco vezes a Liga dos Campeões da Europa, quatro vezes a Copa do Mundo de Clubes da FIFA e outros três edições do Campeonato Espanhol, entre outros títulos. Em várias dessas conquistas, Luka atuou ao lado de brasileiros.

 

O mais importante deles talvez tenha sido Casemiro. Ao lado de Toni Kroos, os dois formaram um meio de campo que ficou conhecido como “Triângulo das Bermudas”, por sua capacidade de esconder a bola de seus adversários. Em agosto deste ano, o brasileiro deixou o clube para se transferir ao Manchester United, da Inglaterra, e Modric não escondeu sua tristeza.

 

“Fizemos história com ele, foi uma peça fundamental para nós. Sentiremos muita falta, como pessoa e jogador. Isso é parte do futebol. Estou triste de vê-lo ir,” disse o croata à época.

 

Mesmo meses após deixar o Real, Casemiro não esquece da boa parceria que fez com Kroos e Modric. Ao ser perguntado, durante a Copa, sobre quem preferiria que Tite escalasse ao seu lado na Seleção Brasileira, o volante recorreu aos amigos para deixar a decisão para o técnico. “Modric e Kroos”, brincou, arrancando risos de toda a sala de coletiva.

 

Além de ter passado anos dividindo o meio de campo com Casemiro, Modric também exerce uma função de líder dentro do elenco do Real. Para os jovens brasileiros, esta liderança vai além, em uma relação de quase paternidade com os recém chegados.? Foi o caso de Rodrygo, que descobriu no croata uma base para sua sequência no Real.

 

“É um garoto muito bom, especial. Temos uma grande relação. Quando fala de ‘pai e filho’ é porque descobri que o pai dele tem a minha idade. Está jogando bem, é um garoto muito humilde e com os pés no chão. Fico feliz por ele e tem que seguir assim,” contou Modric.

 

Assim que o confronto entre Brasil e Croácia foi definido, Rodrygo foi às redes sociais para mandar um recado especial para seu “papa”.

 

Além das dicas de comportamento, Modric também ensina alguns de seus melhores truques aos seus pupilos. Uma de suas jogadas mais famosas é o passe de trivela, usando o lado de fora do pé para dar efeito contrário na bola. De tanto ver o craque fazer, Vinícius Junior começou a aprender – e já acertou várias vezes durante o jogo.?

 

A última delas foi justamente na estreia da Seleção Brasileira. Foi com a “trivela do Modric” que Vini encontrou Richarlison no lance do segundo gol do Brasil sobre a Sérvia.

 

Em entrevista ao FIFA+ após a partida, Vini Jr. creditou Modric pela jogada e revelou que gostou tanto de fazê-la que até mesmo Neymar pediu para ele maneirar na frequência.

 

“É que eu aprendi muito com o Modric e acabo fazendo muitas vezes nos jogos. Venho treinando bastante. O Ney até reclama às vezes que eu tenho dado bastante três dedos,” confessou.

 

Diante de tantos rostos familiares, Luka Modric tentará recolocar a Croácia na semifinal da Copa do Mundo após quatro anos.

 

Dani Alves fica perto de realizar “sonho maluco”

 

O sonho maluco de Daniel Alves se realizou, pelo menos em grande parte, quando ele pisou no gramado do Estádio Lusail para a partida entre Brasil e Camarões, na sexta-feira passada, fechando a fase de grupos da Copa do Mundo FIFA.

 

“Sempre passa um flashback. Em 2018, acabei me lesionando a uma semana da de convocação. Depois desse dia eu coloquei como meta que todos os dias ia ter de fazer um pouquinho para estar aqui nessa competição”, disse ao FIFA+.

 

Poder se recuperar de uma decepção dessas e jogar o Mundial aos 39 anos é uma façanha, fato. Mas, considerando o personagem em questão, simplesmente participar de um jogo de futebol não seja o bastante. No fim, Dani Alves está habituado, mesmo, a vencer. A ser campeão. Depois da vitória sobre a Coreia do Sul, pelas oitavas de final da Copa do Mundo FIFA, em Doha, agora restam três partidas em suas contas.

 

Se a estreia não correu da forma como ele e seus companheiros de Seleção, por conta de uma cabeçada perfeita de Vincent Aboubakar no finalzinho, o veterano ao menos tem a vivência de futebol para por as coisas sob perspectiva. Esse é um dos fatores que o levou a ser convocado. Seu currículo e sua jornada desde a Rússia lhe conferem peso. Para poder tirar das adversidades algo que possa impulsionar o time.

 

“Chegar aqui na Seleção para fazer essa última viagem, com uma idade avançada, mostra o respeito que foi construído nessa trajetória. Significa que a resiliência durante todo esse processo foi muito bem feita. Mostra também o comprometimento com esse objetivo, é um pouco do que trago. E aí entra a experiência”, afirmou o lateral.

 

 

Tribuna do Norte

 

Compartilhe aqui:

Potiguar traz medalha de ouro para o Brasil

 

A ginasta potiguar Júlia Moreno de Lima Bessa, 14 anos, conquistou três medalhas para o Brasil no Campeonato Sul-Americano de Ginástica Rítmica, realizado na última semana na cidade de Paipa, na Colômbia.

 

Júlia Moreno, que é aluna do Complexo Educacional Contemporâneo, em Natal, participou da competição representando a Seleção Brasileira na modalidade individual. A atleta conquistou medalhas de ouro nas provas de bola, por equipe e no geral individual e conjunto.

 

Além disso, Júlia se destacou na categoria AC4, de 13 a 14 anos, conquistando para o Brasil o título de terceiro lugar. Sob o comando da treinadora Gilmara dos Santos Lira, a esportista também foi destaque nos Jogos da Juventude e no Campeonato Brasileiro de 2022.

 

“Essa é a minha primeira conquista em solo internacional. Meu coração está transbordando de tanta alegria, por ter a oportunidade de representar a Seleção Brasileira no Campeonato Sul-Americano. Essas conquistas são resultado de muito treino e de muita disciplina. Todo o esforço e dedicação valeram a pena”, comentou a atleta.

 

Segundo a diretora do Contemporâneo, Marianny Andrade Arcanjo, a conquista de Júlia representa um marco para a ginástica e para o esporte potiguar. “Júlia fez história e esse é só o início de uma trajetória de muitas outras vitórias. Ela já inspirava outras atletas dentro da escola, mas agora vai ser uma referência também em todo o Estado”, disse a diretora.

 

Júlia Moreno já retornou para o Brasil e deve chegar à capital potiguar ainda no dia (16).

 

Tribuna do Norte

 

Compartilhe aqui:

Brasil goleia a Coreia do Sul e avança para as quartas de final

 

O Brasil venceu a Coreia do Sul  por 3×0 em jogo válido pelas oitavas de final, na tarde desta segunda-feira (5), no Estádio 974, na Copa do Catar.

 

Com o resultado, a seleção brasileira avança para as quartas de final e vai enfrentar a Croácia, que derrotou o Japão durante disputa de pênaltis.

 

O primeiro gol da partida foi marcado por Vinicius Jr. Em seguida, foi a vez de Neymar, de pênalti. Richarlison marcou o terceiro. Ao 35 minutos, Paquetá ampliou a vitória para o Brasil. Mas viria outro gol, ainda no primeiro tempo.

 

No segundo tempo a Coreia cresceu por conta do jogo decidido. E Alisson ainda fez duas ótimas defesas, mas aos 30 minutos, a bola caiu nos pés de Sheung-Ho, que bateu forte. Ela desviou em Thiago Silva e não deu para o goleiro Alisson, que ficou sem defesa. Final da partida, Brasil 4 x 1 Coreia do Sul.

 

Foto: REUTERS/Kim Hong-Ji

 

Compartilhe aqui:

Brasil encara a Coreia do Sul nesta segunda (5) pelas oitavas de final da Copa

 

Passado o susto, é hora de voltar ao plano original. Nesta segunda-feira (5/12), a Seleção Brasileira entra em campo no estádio 974, em Doha, no Catar, para a partida de oitavas de final da Copa do Mundo 2022 contra a Coreia do Sul. Quem vencer, passa para as quartas e mantém vivo o sonho do título.

 

Para o jogo desta segunda, Tite voltará a utilizar a equipe que iniciou as partidas contra Sérvia e Suíça. No último compromisso, diante de Camarões, o treinador optou por uma equipe de reservas e o resultado foi amargo: derrota por 1 x 0.

 

A principal notícia para o jogo dessa segunda é o possível retorno de Neymar, após sair mancando logo na estreia diante da Suíça com uma lesão no tornozelo. Em entrevista coletiva, o treinador do Brasil condicionou a volta do jogador em caso de boa apresentação no treino realizado nesse domingo (4/12).

 

As laterais são hoje o setor que mais causam dores de cabeça ao treinador brasileiro. Dos quatro convocados para a função, dois estão no departamento médico. Alex Sandro e Alex Telles se contundiram e não entrarão em campo. Danilo foi confirmado de volta ao time e deve começar como titular após sentir o tornozelo durante o jogo contra a Sérvia.

 

Metrópoles

 

Compartilhe aqui:

Brasil enfrenta Camarões tentando manter 100% de aproveitamento

 

A seleção brasileira encerra sua participação na primeira da Copa do Catar, a partir das 16h (horário de Brasília) desta sexta-feira (2) no Estádio de Lusail, em partida contra Camarões. Após vitórias sobre a Sérvia e a Suíça nas rodadas anteriores, a expectativa é de que o Brasil some mais três pontos de forma a encerrar sua participação no Grupo G com 100% de aproveitamento.

 

Com a classificação para as oitavas de final já assegurada, o técnico Tite decidiu poupar os jogadores considerados titulares, o que também lhe permitirá observar atletas que tiveram poucas oportunidades de mostrar serviço.

 

“Só posso mensurar quantos atletas posso utilizar em sequência com eles produzindo em campo. É uma oportunidade de alto nível de eles competirem. É um risco? Sim, mas uma oportunidade para mostrarem toda sua qualidade”, declarou o treinador em entrevista coletiva na última quinta-feira (1).

 

Compartilhe aqui:

Seleção Brasileira tem problemas em série contra Camarões

 

A seleção brasileira ganhou um novo desfalque por lesão para o último jogo da primeira fase da Copa do Mundo do Catar. O lateral-esquerdo Alex Sandro, que saíra de campo mais cedo na partida diante da Suíça reclamando de dores, passou por exame de imagem na manhã desta terça-feira que apontou para uma lesão muscular no quadril esquerdo. Com isso, ele está vetado para a partida diante de Camarões.

 

O médico da seleção, Rodrigo Lasmar, não informou o prazo de recuperação previsto para o atleta. Segundo Lasmar, Alex Sandro “segue em tratamento para que nós possamos recuperá-lo o quanto antes”.

 

Com a lesão de Alex Sandro, o Brasil fica sem seus dois alas titulares para a próxima partida. Danilo, que sofreu entorse no jogo de estreia na Copa do Mundo, diante da Sérvia, permanece realizando fisioterapia para se recuperar de uma lesão no ligamento medial do tornozelo esquerdo. Nesta terça, ele esteve no CT da seleção brasileira em Doha e ficou apenas aos cuidados dos médicos.

 

Para a partida diante de Camarões, Alex Telles deverá assumir a vaga pela esquerda. No lado direito, Tite poderá manter Éder Militão improvisado, ou então promover a estreia de Daniel Alves.

 

Além deles, o atacante Neymar é outro que está entregue à equipe médica. O jogador nem sequer tem ido ao CT – nesta terça, ele ficou no hotel realizando trabalho de fisioterapia. Nenhum dos três jogadores têm previsão de retorno.

 

Tite


O técnico Tite afirmou que, mesmo com a vitória sobre a Suíça, a seleção sentiu a ausência do atacante Neymar (desfalque por causa de uma lesão no tornozelo direito). Porém, o treinador destacou o fato de a equipe ter outras opções para continuar triunfando na competição, como nesta segunda-feira (28) no Estádio 974, pelo Grupo G da Copa do Catar.

 

“Claro que o Neymar tem atributos diferentes. Ele, em um momento mágico, dribla e clareia. Ele tem essa qualidade”, declarou o comandante da seleção em entrevista coletiva. “Então [a seleção] sente sim a ausência do Neymar. O poderio da equipe sente. Porém, temos atletas que podem dar conta do recado”.

 

Segundo Tite, as opções que existem para substituir ausências importantes, como a de Neymar, são fruto do trabalho realizado nos últimos quatro anos na equipe canarinho: “Há um leque de opções porque há um processo de quatro anos de construção. Quem venceu hoje foi o processo, foi o tempo de quatro anos de uso de atletas para que eles possam desenvolver, ter a naturalidade, mesmo jovens, aproveitando em seus clubes e dando oportunidade”.

 

Outro assunto abordado na entrevista foi a opção por escalar o zagueiro Éder Militão como titular da lateral direita. O jogador do Real Madrid (Espanha) venceu a disputa com Daniel Alves pela vaga de Danilo, que desfalcou o Brasil por lesão. “Você tem dois jogadores com diferentes características. Um de imposição [Militão], eu digo que ele tem turbo, consegue chegar na frente com uma consistência de marcação muito forte. O outro um articulador, um exímio construtor, que é o Dani”, afirmou. “Essa foi a ideia, de ter um jogador para conter os jogadores de lado [da Suíça]”.

 

Tribuna do Norte

 

Compartilhe aqui:

Com gol de Casemiro, Brasil vence e garante vaga nas oitavas

 

CNN – A Seleção Brasileira venceu a Suíça por 1 a 0 nesta segunda-feira (28), em jogo válido pela segunda rodada da fase de grupos da Copa do Mundo no Catar. Com a vitória, a Canarinho garantiu uma das vagas para as oitavas de final do Mundial.

 

O gol da classificação veio no segundo tempo, aos 37 minutos. Vinícius Júnior veio da esquerda para o meio e tocou para Rodrygo, que deu o passe para Casemiro na área. De primeira, o volante chutou e o goleiro suíço nem foi na bola, marcando 1 a 0 para o Brasil.

 

O primeiro tempo foi travado, com tanto o Brasil como a Suíça tendo dificuldades para chegar ao gol. A primeira grande chance do jogo veio só aos 27 minutos do primeiro tempo, com Vinícius Júnior escorregando na hora de chutar um lançamento na área feito Raphinha, deixando fácil para Yann Sommer mandar para escanteio.

 

Na volta para o segundo tempo, o técnico Tite resolveu sacar Lucas Paquetá – que chegou a ser dúvida por problemas de saúde – e colocar Rodrygo, que também entrou ocupando a mesma faixa de campo que Neymar e era um dos cotados para substituir o atacante após a lesão no tornozelo.

 

O jogo seguiu travado e, pouco antes dos 15 minutos do segundo tempo, mudou-se mais uma vez o meio-campo da Canarinho: Fred saiu e Bruno Guimarães entrou, sinalizando uma postura mais ofensiva da Seleção Brasileira.

 

E se Tite queria mais ofensividade, deu certo: o Brasil teve um gol de Vinícius Júnior anulado pelo árbitro de vídeo (VAR) – Richarlison, que participou do lance, estava em posição irregular – aos 20 minutos e passou a dominar os suíços, até que o gol de Casemiro veio e selou a vitória.

 

Sem precisar mais se preocupar com a classificação, o Brasil enfrenta Camarões na terceira e última rodada da fase de grupos, enquanto a Suíça duela contra a Sérvia. Ambos os jogos acontecem na sexta-feira (2), às 16h (horário de Brasília).

 

Com a classificação para as oitavas de final garantida, a Seleção Brasileira ainda briga pela liderança do grupo G. Para garanti-la, basta ao Brasil ao menos empatar contra Camarões.

 

Até o momento, apenas Brasil e França garantiram vaga nas oitavas da Copa no Catar. Ainda nesta segunda-feira, Portugal pode se juntar às duas seleções caso vença o Uruguai, às 16h (horário de Brasília), em jogo válido pelo grupo H.

 

 

Compartilhe aqui:

Brasil e Suíça disputam liderança do Grupo G na Copa do Mundo nesta segunda (28)

 

Velhos conhecidos: rivais também na fase de grupos de 2018 na Rússia, Brasil e Suíça voltam a se enfrentar. O confronto, válido pela 2ª rodada da Copa do Mundo do Catar ocorre nesta segunda-feira (28/11), às 13h (horário de Brasília), e vale a liderança do Grupo G.

 

As duas seleções venceram na estreia e somam três pontos. O Brasil lidera pelo saldo de gols, já que marcou duas vezes contra a Sérvia e não sofreu nenhum. A Suíça derrotou Camarões por 1 x 0. Ambas partidas foram realizadas na quinta-feira (24/11).

 

Confronto em 2018

 

Na Copa da Rússia, Brasil e Suíça se enfrentaram na estreia do Mundial de 2018 e o jogo ficou empatado em 1 x 1 (17/6/2022). Os gols foram marcados por Zuber e Phillipe Coutinho, ambos são ausência chamativas nesta edição do torneio que acontece no Catar.

 

Todo cuidado é pouco

 

Os suíços representam o maior perigo ao Brasil no Grupo G. A seleção europeia garantiu a vaga ao mundial em um grupo com a Itália, garantindo o primeiro lugar da chave, sem perder nenhum jogo sequer.

 

 

Compartilhe aqui: