27/11/2018
Por Edilson Silva em RN, Tempo

Chuvas e altas temperaturas devem continuar nos próximos dias, diz Emparn

A Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) divulgou balanço informando que, nos últimos dias, tem ocorrido sobre o estado potiguar pancadas de chuvas decorrentes de instabilidades ocasionadas pela presença de um sistema frontal (Frente Fria), sobre o estado da Bahia.

De acordo com Emparn, esse sistema meteorológico deverá manter seu deslocamento em direção à faixa equatorial, bem como as condições de chuvas para o final de novembro e início de dezembro em todas as regiões potiguares.

Com relação às temperaturas, como o início da estação do verão está se aproximando (21 de dezembro), elas deverão apresentar valores ligeiramente acima do normal, com máximas variando entre 31 a 32ºC no início da estação para a Grande Natal.

Devido à aproximação da capital à região oceânica, com umidade do ar acima de 75%, a sensação térmica será de mais calor, e esse valor poderá chegar a 3oºC. Segundo a Emparn, ainda não é possível determinar como será o comportamento das chuvas para o período chuvoso de 2019 (fevereiro a maio), pois as variáveis atmosféricas e oceânicas ainda não determinaram seu comportamento.


27/11/2018
Por Edilson Silva em RN

Municípios do RN se reúnem nesta terça para discutir programas e Mapa do Turismo

O Encontro dos Municípios do RN acontece nesta terça-feira (27) a partir das 8h na Escola de Governo (Centro Administrativo do Estado). O seminário, organizado pela secretaria estadual de Turismo, apresentará e discutirá, entre outros assuntos, o Programa de Regionalização do setor, o Programa + Turismo (programa de financiamento aberto ao setor público e privado) e os novos critérios para ingressar no Mapa do Turismo Brasileiro.

“São assuntos de extrema importância para a política de investimentos do turismo nos próximos anos. Programas que priorizam a análise de financiamentos, de projetos e de convênios. Se temos a certeza do nosso potencial no setor, precisamos estar capacitados a receber esses investimentos que podem mudar a economia e, consequentemente, a qualidade de vida em qualquer município”, frisou o secretário estadual de Turismo, Manuel Gaspar.

A coordenadora do Ministério do Turismo, Ana Carla Moura fará a apresentação dos programas e estará disponível para responder os questionamentos dos representantes e secretários de turismo dos municípios. Além do Programa de Regionalização, do Prodetur + Turismo e do Mapa do Turismo Brasileiro, a coordenadora irá palestrar sobre o Fundo Geral de Turismo, mais um instrumento de política de investimento, voltado à infraestrutura turística.

A subsecretária estadual de Turismo, Solange Portela, ressalta que mesmo os municípios com pouca vocação turística podem se beneficiar do turismo sendo fornecedor de mão de obra e de insumos para o setor. “Esse é o princípio do Programa de Regionalização: desenvolver não apenas a oferta principal, mas a oferta complementar e de apoio. Então são muitos os caminhos que o turismo oferece para produzir receita ao município, que precisam estar inseridos nesses programas e esse Encontro é uma ótima oportunidade para saber como”, concluiu.

O Seminário terá início às 8h com o credenciamento e apresentação de abertura pelo secretário Manuel Gaspar às 8h30. Às 9h a coordenadora do MTur Ana Carla Moura dá início à palestra, com previsão de uma hora e meia de duração. Na sequência tem início o debate aberto para discutir os assuntos apresentados. O Encontro é aberto à imprensa e aos empresários do setor, além do poder público e privado.


26/11/2018
Por Edilson Silva em RN

Estado do RN fará projeto para recuperar rio Pitimbu

O Governo do Estado irá providenciar um projeto e orçamento específico de recuperação do leito do rio Pitimbu e das áreas de preservação permanente (APPs) em seu entorno. Esse foi o acordo feito pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) com o Instituto de Defesa do Meio Ambiente (Idema) e o Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn), perante o Juízo da 2ª Vara da Fazenda Pública da comarca de Natal nesta semana, no âmbito da ação civil pública para a recuperação do rio ajuizada pelo MPRN em 2014.

O projeto deverá contemplar, entre outros aspectos, a delimitação da área a ser recuperada, a metodologia, o cronograma, a quantidade de mudas, tipos, espécies, identificação dos proprietários, guia de execução e de monitoramento.

Com cerca de 35 quilômetros de extensão, o Rio Pitimbu é um dos principais mananciais aquíferos que abastecem a população de Natal. O compromisso do Estado é a apresentação do acordado em duas etapas. A primeira, em seis meses, deverá ser o projeto executivo de recuperação da mata ciliar e das nascentes. A segunda, em 12 meses, dirá respeito ao projeto de desassoreamento, que inclui os estudos hidrológicos mais detalhados, inclusive com topografia do leito do rio.


22/11/2018
Por Edilson Silva em Paraíba, RN, Tempo

Meteorologista prevê que 2019 será um ano de boas chuvas para a PB e RN

Com quase meio século de experiência em estudos do clima no planeta, o meteorologista Luiz Carlos Molion, aposentado pela Universidade Federal de Alagoas, afirma que, de acordo com o método de previsão por similaridade, 2019 será um ano de inverno favorável na Paraíba, embora o Sertão do Estado ainda possa sofrer com uma redução nas precipitações, de 15 a 20% abaixo da média histórica.

“Tenho notado que as frentes frias estão chegando até a região equatorial e, nessas circunstâncias, há tendências de se ter na Paraíba e no Rio Grande do Norte chuvas na média ou até acima do normal. Eu diria que 2019 não deve ser um ano muito crítico, nada parecido com o que já passamos em 2015, 2016 e 2017, que foi o período mais seco dos últimos 20 anos”, afirma Molion.

O meteorologista prevê ainda que 2020 seja o ano de “salvação da lavoura”, pois embora 2018 e 2019 sejam anos chuvosos, a seca que perdurou por mais de seis anos deixou resquícios na maior parte dos reservatórios do Estado.


20/11/2018
Por Edilson Silva em RN

Detran do RN deixa de emitir boletos impressos de licenciamento, IPVA e DPVAT em 2019

Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Norte (Detran) não vai mais emitir o carnê impresso com as taxas de licenciamento, IPVA e seguro DPVAT. A medida começa a vigorar no ano de 2019 e, de acordo com o Detran, acompanha o modelo de gestão sustentável que preza pela redução do consumo de papel, além de diminuir custos institucionais relacionados a emissão de material impresso e postagem de correspondência.

O Detran afirma que a medida não impacta em nada para o usuário, já que todos os boletos estarão disponíveis 24h no site do Departamento, podendo o usuário emitir os documentos em qualquer hora do dia ou da noite.

Com a página do Detran aberta, clica no ícone “Consulta de veículos e boletos”. Logo em seguida é mostrada uma página em que é possível digitar a numeração da placa e do Renavam do veículo a ser consultado. Dessa forma é possível ter acesso ao ambiente online em que ficam disponíveis os boletos referentes a taxa de licenciamento, IPVA, DPVAT, além de possíveis débitos de infrações de trânsito relacionadas ao veículo consultado.

O diretor-geral do Detran, Eduardo Machado, lembrou que é possível realizar a quitação do débito até mesmo sem a necessidade de imprimir o boleto. “O proprietário do veículo pode optar por quitar em uma agência do Pagfácil fornecendo a placa do veículo, dessa forma o débito será localizado, ou mesmo pode pagar pelo aplicativo do Banco do Brasil digitando a numeração do boleto exposto na tela do computador”, explicou.

Um outro ponto positivo é a possibilidade do proprietário pagas as taxas no banco de sua escolha, ainda segundo o Departamento de Trânsito. A medida implantada pelo Detran funciona para os débitos referentes ao licenciamento e IPVA do veículo. É só clicar no imposto que deseja efetuar o pagamento, e imediatamente é aberta uma nova tela com as opções de emissão de boleto direcionado ao Banco do Brasil ou as demais instituições bancárias.

O cancelamento da emissão do carnê físico já vigora na maioria do Detrans do país.

G 1 (RN)


19/11/2018
Por Edilson Silva em RN

Reservas hídricas do Rio Grande do Norte só vão até setembro de 2019

O diretor-presidente do Instituto de Gestão das Águas do Estado do Rio Grande do Norte (IGARN), Josivan Cardoso, afirmou que a Barragem Armando Ribeiro Gonçalves não corre risco de entrar em volume morto ainda neste ano ou mesmo antes do período chuvoso do próximo ano. Segundo ele, mesmo que não ocorra qualquer recarga no inverno de 2019, a barragem ainda conseguirá chegar ao mês de setembro de 2019 antes de entrar em volume morto.

Josivan Cardoso disse também que não se pode prever um eventual colapso no abastecimento do RN. Ele esclarece que no período anterior à quadra invernosa deste ano, o estado chegou ter apenas 12% do total das reservas hídricas estaduais superficiais, nos grandes reservatórios, que são monitorados pelo Igarn. Consequentemente, isso prejudicou os abastecimentos de diversas cidades potiguares, além dos usos diversos e produções, porque realmente não havia água em quantidade e qualidade para manter os abastecimentos dentro de uma regularidade.

“Neste ano, estamos com 24% do total das nossas reservas hídricas, estamos mantendo todo o controle realizando o monitoramento cotidiano dos volumes, fiscalizações para coibir usos indevidos, realizando rodízios em cidades com maior dificuldade de abastecimento e algumas cidades com o uso dos carros-pipa, devido à já entrada em colapso, pois a situação hídrica é regionalizada. Não se pode estimar um colapso de uma maneira geral porque em algumas regiões os reservatórios tiveram melhor recarga e poderão manter os abastecimentos”, disse.

Para o diretor-presidente do Igarn, o plano emergencial de segurança hídrica também prevê abastecimentos de forma alternativa por adutoras emergenciais que foram construídas, além da implantação de poços onde isso foi possível. Com isso, foi possível uma melhoria, pelo menos, para mitigar a situação de abastecimento quando da redução dessas reservas hídricas como está havendo em algumas cidades.


15/11/2018
Por Edilson Silva em Política, RN

Fátima Bezerra reafirma a total disposição em dialogar com Bolsonaro; governador do Piauí representará estados do nordeste em encontro com presidente eleito

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Os governadores eleitos e reeleitos do Nordeste decidiram, em fórum próprio, que o governador do Piauí, Wellington Dias, representará os estados da região durante a reunião que ocorrerá nesta quarta-feira (13) com o presidente eleito, Jair Bolsonaro, e o futuro ministro da Fazenda, Paulo Guedes. O chefe do executivo piauiense solicitará, na ocasião, uma nova audiência para que os representantes dos estados nordestinos possam tratar e apresentar as demandas e defender os interesses da região.

A governadora eleita do Rio Grande do Norte, senadora Fátima Bezerra, participará na próxima semana do Fórum dos Governadores eleitos e reeleitos do Nordeste, ocasião em que se desenhará uma pauta em comum a ser apresentada ao presidente da República eleito e equipe.

Fátima Bezerra reafirma a total disposição em dialogar com o futuro Governo da República e defender, como sempre fez, os interesses do povo potiguar.

Veja nota dos governadores do NE:

Governadores do Nordeste Unidos e prontos para trabalhar pelo Brasil.

“Quando os governadores eleitos pelo DF, SP e RJ tiveram a importante iniciativa deste encontro, nós do Norseste, conforme fazemos desde 2004, tínhamos agendado para 21/11 agenda preparatória da região e pedido agenda ao Presidente Eleito para pauta comum. Até 20/11 os governadores organizaram suas agendas de transição e missões internacionais. Por isto é que coube a mim apresentar neste encontro e ao Presidente eleito Jair Bolsonaro a memória da pauta do Fórum dos Governadores e pedido de agenda sobre Pauta, priorizando no primeiro encontro Fomento ao Crescimento Econômico para Geração de Emprego e também a prioridade para Plano Nacional de Segurança”.


14/11/2018
Por Edilson Silva em Política, RN

Prefeitos potiguares se reúnem e debatem pautas municipalistas

Dezenas de prefeitos municipais do RN se reuniram na manhã desta terça-feira, 13 de novembro, em Natal, para participar do evento Conexões Municipalistas, promovido pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) e pela Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (FEMURN). O encontro aconteceu na sede da Federação, e orientou os gestores potiguares sobre as principais pautas municipalistas da atualidade, abordando temas nacionais como a representação da CNM; Marcha dos Municípios a Brasília; Gestão Técnica; e conquistas federais. Já na pauta estadual, foram discutidos temas como a retirada dos programas federais da Lei de Responsabilidade Fiscal, com apresentação da conquista obtida pelos municípios do estado da Bahia; reconhecimento de multas aplicadas aos gestores; e ação judicial do pagamento das dívidas do programa Farmácia Básica pelo Governo do Estado às cidades potiguares.

O Presidente da FEMURN e Prefeito de São Paulo do Potengi, José Leonardo (Naldinho) falou sobre a atuação da Federação: “Precisamos intensificar nossas lutas. A FEMURN está atenta às reivindicações dos gestores municipais do RN, realizando audiências e reuniões com órgãos das mais diversas esferas, no sentido de garantir avanços as gestões municipais”, afirma Naldinho.

Ainda segundo o Presidente da Federação, a união dos gestores é importante para as conquistas das Prefeituras: “As pautas que discutimos hoje são de extrema importância para as cidades potiguares e brasileiras. A construção e discussão dos projetos que debatemos formulam a atuação do movimento municipalista, que só serão conquistadas com união dos gestores. A CNM e a FEMURN promovem o Conexões Municipalista para ouvirmos os prefeitos, e construirmos conjuntamente as ações, resultando em avanços para os municípios e contribuindo com a atuação dos gestores municipais do RN”, afirmou.

O evento contou com presença de prefeitos e representantes de todas as regiões do Estado, e teve as discussões lideradas pelo 2º Secretário da CNM, Eduardo Tabosa, ao lado do 1º secretário da CNM e Prefeito de Santana do Seridó, Hudson Brito, e do Presidente da FEMURN, Naldinho.


13/11/2018
Por Edilson Silva em RN

Municípios do RN firmam acordo para adequação de lixões

Mais cinco municípios potiguares participaram de sessão de negociação que busca promover adequações nos lixões. Dessa vez, firmaram acordo dentro do projeto Lixo Negociado, as administrações de Coronel Ezequiel, São Beto do Trairi, Campo Grande, Jaçanã e Japi.

A iniciativa é do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), mediada pelo Núcleo Permanente de Incentivo à Autocomposição (Nupa) e pelo Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Defesa do Meio Ambiente (Caop Meio Ambiente), em conjunto com o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema), a Procuradoria-Geral do Estado e o Ministério Público do Trabalho. A sessão foi realizada na sexta-feira (9).

O projeto em tela atua de forma integrada e objetiva uma solução consensual para recuperação ou remediação de áreas degradadas, decorrentes do acúmulo irregular de lixo. Assim, busca-se atender a Política Nacional de Resíduos Sólidos de forma provisória e enquanto não são efetivados os aterros sanitários regionais.

Até alcançar a meta de erradicar os lixões, a proposta dos acordos é implantar aterros controlados em valas, como medida transitória de destinação final de resíduos sólidos e melhorar a situação dos catadores. O propósito do Ministério Público em obter os acordos é conseguir efetivar ações que tragam resultados a curto prazo e que, em seguida, sejam implantados os aterros sanitários, para se alcançar o fim definitivo dos lixões no Rio Grande do Norte.

Antes de Coronel Ezequiel, São Beto do Trairi, Campo Grande, Jaçanã e Japi, outros 42 municípios já firmaram acordos dentro do projeto Lixo Negociado.


12/11/2018
Por Edilson Silva em Política, RN

Corrupção no RN – O Fantasma da Dama de Espadas já assombra Robinson Faria

A partir do dia primeiro de janeiro sem foro privilegiado, o governador Robinson Faria (PSD), principal réu da operação Dama de Espadas, que investiga o desvio de milhões da Assembleia, começa a se ver assombrado. Ele corre o risco de prisão, assim como o deputado estadual Ricardo Motta(PSB), que perdeu a eleição.


07/11/2018
Por Edilson Silva em RN

Água transforma vidas de famílias no Oeste potiguar

Foram 64 anos indo buscar água longe de casa. Algumas vezes em cima de um jumento, debaixo do sol forte do Oeste potiguar. Assim foi a vida do agricultor Braz José da Silva, de 86 anos, morador do Sítio Caroba, em São Francisco do Oeste. “Era uma água sofrida, cansada. Só soltavam pra gente quando queriam”, conta, se referindo ao poço da comunidade próxima, que pertencia ao seu irmão, mas ainda assim não era liberada de maneira farta para os familiares.

Quando Braz já não acreditava em uma mudança de vida, a comunidade foi beneficiada pelo Governo do Estado via projeto Governo Cidadão e Banco Mundial com um sistema simplificado de abastecimento de água que inclui um poço próprio, reservatório e rede de adução e distribuição para todas as casas. “Isso aqui foi uma benção mandada por Deus. O nosso sofrimento acabou e eu não achava que fosse viver pra ver isso”, conta emocionado, ao lado da esposa Maria de Queiroz, 84, que também jamais imaginou um dia lavar louça com água do poço da própria comunidade.

Realidades como a do Sítio Caroba estão sendo transformadas ao redor do Rio Grande do Norte. O Governo do Estado por meio do Governo Cidadão tem hoje 160 projetos de acesso à água em execução ou próximos de ser concluídos em 72 municípios, beneficiando mais de sete mil famílias potiguares e totalizando um investimento de R$ 48 milhões. Nesta comunidade em específico, foram investidos R$ 180 mil no sistema simplificado de abastecimento e mais quintais produtivos, o que também ajudou a mudar a vida dos moradores.

“As pessoas aqui antes não plantavam, porque não tinha água para cuidar das plantas. Hoje não tem ninguém mais feliz do que eu com meu quintal cheio de pimenta, cebola, coentro, cidreira, mamão, limão, hortelã, coco e macaxeira”, conta Fátima Maria, 62, que implantou, com recursos do projeto, um sistema de reuso de águas cinzas para manter o quintal funcionando.

Para o secretário e coordenador do projeto Governo Cidadão, Vagner Araújo, as ações têm levado não só água, mas também dignidade a milhares de pessoas. “Ter acesso a água de qualidade é um direito básico e o Governo do Estado junto ao Banco Mundial colocou isso como prioridade entre os projetos a serem financiados. A prova do acerto dessa decisão é que as famílias estão tendo suas vidas transformadas e podendo permanecer no campo, seu lugar de origem”, destaca.

Água chega a todos os moradores de Terra Boa, em Encanto

Distante 30km de São Francisco do Oeste, o assentamento Terra Boa, em Encanto, também comemora a ampliação do sistema de abastecimento de água, que agora atende todas as 64 famílias do local. Selecionados em um dos editais de acesso à água do projeto Governo Cidadão, receberam 20 cisternas para as casas daqueles que ainda não tinham reservatório e mais três cisternas calçadão, bomba para puxar água do açude, adutora, estação de tratamento, recuperação do reservatório de água da comunidade e ampliação da rede de distribuição, totalizando um investimento de R$ 219 mil. “Ter água tratada em casa é outro nível”, celebra a dona de casa Maria Marciele, 30.


01/11/2018
Por Edilson Silva em Política, RN

Fátima defende continuação do financiamento do Banco Mundial ao estado

A governadora eleita do Rio Grande do Norte, senadora Fátima Bezerra, e seu suplente Jean-Paul Prates participaram, nesta terça-feira e quarta-feira, de duas reuniões na sede do Banco Mundial em Brasília, para tratar do Projeto Integrado de Desenvolvimento Sustentável do Rio Grande do Norte (“Governo Cidadão”).

No encontro, Fátima expressou seu interesse na continuidade e expansão da atual parceria com o Banco Mundial. “Esse projeto é muito importante para assegurar recursos complementares ao orçamento regular do Estado que viabilizam ações de cidadania e desenvolvimento sustentável. Por isso, quisemos vir, logo nestes primeiros dias após as eleições, garantir a prorrogação dos acordos e metas”, destacou.

O projeto “Governo Cidadão” prevê recursos da ordem de R$ 1,3 bilhões (em cotação do dólar de hoje) para uma série de investimentos e benfeitorias nas áreas de segurança e saúde públicas, educação, gestão do estado, inclusão social, turismo e cultura.

Os executivos do Banco Mundial asseguraram à governadora eleita que encaminharão os pedidos de extensão do prazo e realocação parcial de recursos ainda durante esta semana. Fátima irá incorporar os novos termos ao seu plano de governo e poderá posteriormente solicitar novas adequações.

Além de Fátima e Jean-Paul, participaram do encontro o diretor do Banco Mundial no Brasil, Martin Raise; o coordenador do projeto no Banco, Paul Procee, e a especialista sênior em desenvolvimento rural e gerente do projeto, Fátima Amazonas. Já na reunião desta quarta-feira, participou também, através de videoconferência, o secretário extraordinário para Gestão de Projetos, Francisco Vagner Gutemberg de Araújo, e sua equipe, devidamente autorizados pelo atual governador Robinson Faria.


30/10/2018
Por Edilson Silva em Política, RN

Confira entrevista com Fátima Bezerra (PT) governadora eleita do RN

Diógenes Dantas entrevista a governadora eleita pelo RN, Fátima Bezerra.

Acompanhe no vídeo:


18/10/2018
Por Edilson Silva em RN

União reconhece situação de emergência pela seca em 147 municípios do RN; em Acari, Gargalheiras está totalmente vazio

O Ministério da Integração Nacional, por meio de Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, reconheceu, em decorrência da seca, a situação de emergência em 147 municípios do Rio Grande do Norte – o que representa 88% dos municípios potiguares. No estado, faz 7 anos que as chuvas estão abaixo da média histórica.

O reconhecimento foi formalizado por meio de portaria publicada na edição desta quarta-feira (17) do Diário Oficial da União.

Reservatórios secos
Dos 47 reservatórios monitorados pelo Instituto de Gestão das Águas do Rio Grande do Norte (Igarn), 13 encontram-se atualmente abaixo de 5% de suas capacidades de armazenamento.

Entre os reservatórios completamente secos está a Barragem Marechal Dutra, em Acari, na região Seridó, um dos maiores do estado. Mais conhecido como Gargalheiras, ele tem capacidade para mais de 44 milhões de metros cúbicos de água. Contudo, de acordo com monitoramento feito nesta terça (16), o nível atual é 0% do volume total.

O Gargalheiras foi inaugurado em 1959. E, segundo o Igarn, esta é a primeira vez, às vésperas de completar 60 anos, que a barragem seca completamente.


18/10/2018
Por Edilson Silva em Política, RN

Futuro de Agripino, Garibaldi e Henrique depende da vitória de Carlos Eduardo

Sem mandato a partir de 2019 e com influência reduzida no governo federal, o ex-ministro Henrique Eduardo Alves (MDB) e os senadores Garibaldi Alves Filho (MDB) e José Agripino Maia (DEM), além dos deputados federais Felipe Maia (DEM) e Walter Alves (MDB), contam com a eleição de Carlos Eduardo Alves (PDT) para o Governo do Rio Grande do Norte para ganhar uma espécie de sobrevida na política potiguar.

Primo de Henrique e Garibaldi e aliado político de Agripino, Carlos Eduardo está no segundo turno contra Fátima Bezerra (PT). As pesquisas apontam favoritismo para a petista, que já encerrou o primeiro turno na frente, com 46,17% dos votos válidos, ante 32,45% obtidos pelo adversário.

Seus aliados não tiveram êxito na eleição deste ano. Exceto Walter Alves, que conseguiu ser reeleito para a Câmara Federal, Garibaldi perdeu para o Senado; Agripino não conseguiu ser eleito deputado federal; e Henrique, preso até o meio do ano, não concorreu a nenhum cargo. Felipe Maia também não concorreu para dar lugar ao pai, Agripino, que não teve sucesso.

Embora Carlos Eduardo não reconheça oficialmente, a expectativa entre os aliados do pedetista é de que sua chegada ao Governo do Estado possa levar para dentro da administração estadual indicados de Agripino, Garibaldi e Henrique – que, sem mandato, teriam apenas órgãos do governo estadual para “comandar”.

Em 2017, ao ser empossado para o quarto mandato à frente da Prefeitura do Natal, Carlos Eduardo montou uma equipe de auxiliares levando em conta indicações dos três aliados. O secretário de Habitação, Regularização Fundiária e Projetos Estruturantes, Carlson Gomes, por exemplo, foi indicação de José Agripino. Na gestão da ex-governadora Rosalba Ciarlini, ele já tinha sido indicado pelo senador para o Ipem.

O MDB de Garibaldi e Henrique, por sua vez, sugeriu a Carlos Eduardo – que acatou – os nomes de Fred Queiroz para a Secretaria de Obras, Cristiane Alecrim para o Turismo e Cláudio Porpino para a Urbana. Além disso, o partido indicou o vice-prefeito, Álvaro Dias, que assumiu definitivamente o cargo em abril, com a renúncia de Carlos Eduardo para disputar o Governo do Estado.

Questionada sobre o assunto, a assessoria de Carlos Eduardo classificou a informação como uma “provocação” e aproveitou para alfinetar a adversária no segundo turno, perguntando qual seria a participação do ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares e do ex-ministro dos governos petistas José Dirceu, condenados por corrupção, em uma eventual gestão de Fátima Bezerra.


15/10/2018
Por Edilson Silva em RN

FIERN/Certus Espontânea: Fátima tem 39,22% e Carlos Eduardo tem 34,40%

A Fiern publicou no início da manhã desta segunda-feira a 1º pesquisa de intenção realizada para o 2º turno para as eleições do RN.

A pesquisa foi realizada pelo instituto CERTUS e foi registrada na Justiça Eleitoral sob os números BR – 00385/2018 e RN – 02146/2018. Ela foi realizada de 10 a 13 de outubro, com 1410 entrevistas, 7 regiões do RN, margem de erro 3%

GOVERNO DO RN – Se a eleição fosse hoje no cenário ESPONTÂNEO para governador: Fátima Bezerra 39,22% Carlos Eduardo 34,40% Não Sabe 15,67% Nenhum 9,65%% Outro 0,35%


14/10/2018
Por Edilson Silva em RN

Festa do Boi espera reunir mais de 300 mil pessoas em Parnamirim

A 56º edição da Festa do Boi espera receber mais de 2,5 mil animais e um público médio de 330 mil pessoas durante os 10 dias de programação no Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim. As atividades foram iniciadas na noite da última sexta-feira, 12, e seguem até o dia 20.

Realizada pela Associação Norte Rio-Grandense de Criadores (Anorc), o evento faz parte do calendário de exposições. A expectativa é que a Festa do Boi movimente mais de 50 milhões de reais beneficiando a economia de todo o Rio Grande do Norte.

O Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do RN (IDIARN), estará presente durante toda a Festa do Boi com equipes promovendo a recepção e inspeção para garantir a sanidade dos animais, além da verificação dos atestados de vacinações e exames físicos.

O IDIARN contará também com estande para distribuição de panfletos e atendimento aos produtores rurais, musica ao vivo durante todo o fim de semana e com o tradicional teatro ‘Xô Aftosa’ para as crianças.

Contando com uma programação diversificada, a Festa do boi retorna com a Feira de Aquarismo do Rio Grande do Norte, Exposição Nacional de Peixes Ornamentais, Mostra Nacional de Queijos Artesanais, exposição e comercialização de produtos locais, além dos tradicionais leilões, julgamentos e desfiles de raças de bovinos, equinos, caprinos e ovinos.

O acesso ao parque é feito com o pagamento de uma taxa única de R$ 5 (valor inteiro), e R$ 2,50 para estudantes e maiores de 60 anos.


26/09/2018
Por Edilson Silva em RN

RN ainda tem 9 açudes em volume morto, diz Igarn

O Relatório da Situação Volumétrica dos Principais Reservatórios do Estado, divulgado pelo Instituto de Gestão das Águas do RN (IGARN) nesta terça-feira (25), indica que, passada a quadra invernosa, as bacias hidrográficas estaduais acumulam 1.171.962.105 metros cúbicos de água, o correspondente a 26,56% do total que conseguem acumular, que é 4.411.787.259 m³.

Dos 47 reservatórios, com capacidade superior a 5 milhões de metros cúbicos, monitorados pelo Igarn, 9 estão em volume morto, o que corresponde a 19,14% dos mananciais potiguares monitorados. Já os açudes atualmente secos são 4, que correspondem, percentualmente, a 8,51% do total de mananciais monitorados.

Maior reservatório do estado, com capacidade para 2,4 bilhões de metros cúbicos, a barragem Armando Ribeiro Gonçalves atualmente acumula 609,7 milhões de metros cúbicos, correspondentes a 25,4% da sua capacidade total.

Já a barragem Santa Cruz do Apodi, que possui capacidade para 599,712 milhões de metros cúbicos e é atualmente o segundo maior reservatório estadual, está com 153,482 milhões de m³, que correspondem a 25,59% da sua capacidade total.

O reservatório Umari, com capacidade para 292,813 milhões de m³, está com 120,062 milhões de metros cúbicos, ou 41% da sua capacidade total de acumulação de água.

Entre os reservatórios que estão na classificação de alerta, com volumes inferiores a 25% das suas capacidades, mas que estão acima do volume morto, os números dos aportes hídricos são os seguintes: Boqueirão de Angicos, que está com 1,655 milhão de metros cúbicos, percentualmente, 10,33% de sua capacidade; e Passagem das Traíras, com 1,309 milhão de m³, ou 2,62% da capacidade do reservatório. O açude Itans, que estava incluído nesta classificação, atualmente está com 5,322 milhões m³, ou 651% da sua capacidade total e já entrou em volume morto.

Dos oito reservatórios que atingiram 100% da capacidade de acumulação de água durante do inverno deste ano, Riacho da Cruz II está com 85,43% de reservas; Apanha Peixe está com 87,5%; Santo Antônio de Caraúbas está com 66,44%; Encanto está com 80,6%; Brejo está com 77,73%; Beldroega está com 70,71%; Pataxó está com 74,9% e Mendubim está com 78,56%.

Apesar de o primeiro semestre ter sido de inverno normal, chuvoso ou muito chuvoso em 84 municípios do estado, de acordo com a Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), os efeitos da seca seguem firmes no estado. Tanto que já em setembro, o Estado renovou a situação de emergência em 152 dos 167 municípios potiguares.


17/09/2018
Por Edilson Silva em RN

Acariense conquista 5º lugar feminino geral na Meia do Sol em Natal

A advogada acariense Danúbia Lima, de 42 anos, foi a quinta mais rápida na categoria geral feminino da Meia Maratona do Sol em Natal neste sábado, 15. “Treinando com amigos e comendo batata doce”, afirma a advogada.

O tempo dela foi 23 minutos e 21 segundos, quando do primeiro lugar foi de 21 minutos e 01 segundos. Danúbia conta que há três anos atrás chegou aos 90kg e decidiu caminhar para perder peso e ter mais saúde: “Tracei uma meta para perder 33kg em dois anos, mas em um ano perdi todo o sobrepeso”.

Com a Meia do Sol, Danúbia soma a participação em 33 corridas com essa de ontem: “eu almejava fazer um tempo melhor, mas mesmo assim cheguei no quinto lugar e fiquei muito feliz. Eu não esperava”, afirma a atleta.


17/09/2018
Por Edilson Silva em RN

Produção de petróleo no RN despenca. Queda de 40% nos últimos 10 anos e de 55% nos últimos 18 anos

A produção de petróleo em terras potiguares que já chegou a 90 mil barris por dia no início dos anos 2000 atingiu seu pior desempenho este ano.

No ano de 2000 produzimos aqui no estado quase 33 milhões de barris. Em 2008 a produção já vinha despencando e foram extraídos 23 milhões de barris já representando uma queda de 30% em relação a 2000.

No primeiro semestre de 2018 o que já era ruim ficou dramático, a produção diária foi de apenas 41 mil barris, representando uma queda de 16% em relação a 2017, de quase 40% em relação a 2008 e de impressionantes 55% ao início do século 21.




Facebook


Twitter