20/06/2019
Por Edilson Silva em RN

Segurança hídrica: Governo discute Programa Água Doce

A governadora Fátima Bezerra discutiu, no início da tarde desta quarta-feira (19), o andamento do Programa Água Doce (PAD) no Estado com o diretor de Recursos Hídricos e Revitalização de Bacias Hidrográficas do Ministério de Desenvolvimento Regional (MDR) e coordenador nacional do Programa Água Doce (PAD), Renato Saraiva.

“No contexto das obras de convivência com a seca, este programa tem se revelado muito inteligente e viável, pois as tecnologias implantadas tem um ótimo custo benefício”, afirmou Fátima Bezerra.

O secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), João Maria Cavalcanti, frisou que o RN se destaca na gestão dos dessalinizadores pelos moradores das comunidades beneficiadas pelos equipamentos implantados por meio do Programa. “Em paralelo às grandes obras hídricas, essas tecnologias garantem mais infraestrutura aos municípios do semiárido”, disse.

O convênio com o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) é de R$ 24 milhões com o objetivo de estabelecer o acesso à água de boa qualidade para o consumo humano, por meio da implantação/recuperação de sistemas de dessalinização para municípios do semiárido, os quais possuem baixo Índice de Condição de Acesso à Água (ICAA). Ao todo, o convênio contempla 103 dessalinizadores, 68 já instalados, beneficiando mais de 30 mil pessoas.

Atualmente, 11 obras estão em andamento nos municípios Pureza, Macau, João Câmara, Pedro Avelino, Pendências, Governador Dix-Sept-Rosado, Janduís, São Miguel do Gostoso e Parazinho.

Para Renato Saraiva, a reunião foi um “momento de nova gestão, de afirmação da parceria”. Ele aproveitou a oportunidade para convidar o Governo do RN a participar do Encontro Nacional do Programa Água Doce que será realizado no próximo dia 27 de novembro. O evento reunirá as comunidades beneficiadas em todo o Nordeste e os principais operadores, apresentando os índices econômicos e sociais sob a abordagem da segurança hídrica.

Antes do encontro nacional já estão sendo realizados os estaduais. No RN, o VI Encontro Estadual do PAD acontecerá no dia 27 de junho de 2019, às 9h no auditório da Escola de Governo. Com o foco na saúde e educação, ele traz como tema “O Papel dos Estados, Municípios e Comunidades na Gestão Compartilhada dos Sistemas de Dessalinização”.

Também participaram da reunião o secretário de Gestão de Projetos e Metas, Fernando Mineiro; a consultora do MDR, Solange Santos; representantes do Igarn e da Caern.


12/06/2019
Por Edilson Silva em RN

Comunidades rurais do RN recebem capacitação do Banco Mundial em gestão de recursos hídricos

Os potiguares beneficiados com investimentos de acesso à água do Governo do Estado estão sendo capacitados em gestão de recursos hídricos. Nesta semana é a vez dos municípios de João Câmara, Assu e Jaçanã receberem a visita do consultor especialista em gestão de saneamento básico do Banco Mundial, Wilson dos Santos Rocha, que vem trabalhando na orientação dos moradores desde que os projetos de abastecimento de água foram implantados.

A consultoria nos projetos de acesso à água começa desde o seu planejamento. A primeira parte se constituiu na avaliação dos planos de trabalho e apontamento de melhoras; a segunda termina esta semana, com o encerramento das capacitações em gestão de água por Wilson; a terceira é a implementação do Projeto Piloto de Saneamento Rural, que foi apresentado nesta terça-feira (11) ao secretário de Gestão de Projetos e Metas, Fernando Mineiro; e a quarta é a avaliação dos sistemas de abastecimentos implantados, posteriormente.


05/06/2019
Por Edilson Silva em RN, Tempo

Junho será seco e sem chuvas em algumas regiões do RN

O período seco no interior do Rio Grande do Norte – e, em grande parte do Nordeste – começa agora em junho, de acordo com a Gerência de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN).

“O mês de junho, climatologicamente, marca o início do período sem chuvas nas regiões Oeste e Central do RN, isso por que a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), responsável pelas chuvas na região semiárida no período de fevereiro a maio, se afasta da região Nordeste. Ao mesmo tempo é o mês com maior índice pluviométrico no litoral leste do Estado”, diz o meteorologista Gilmar Bristot.


02/06/2019
Por Edilson Silva em Concursos, RN

Salários de até R$ 3 mil: Governo do estado lança edital de processo seletivo

A edição deste sábado (1º) do Diário Oficial do Estado da Paraíba publicou o edital para processo seletivo de contratação da equipe estadual do programa “Criança Feliz”. As inscrições para as nove vagas com salários de até R$ 3 mil já estão abertas e vão até a próxima terça-feira (04).C

De acordo com a publicação, as vagas são para oito ‘multiplicadores’ e um coordenador, para prestarem serviço na Gerência Executiva de Proteção Social Básica, na Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (SEDH).

Os requisitos são: para a vaga de multiplicador, o candidato deve ter nível superior, preferencialmente em Serviço Social ou Psicologia, com experiência na área de desenvolvimento infantil, saúde, educação ou assistência social. Para ser coordenador também é preciso nível superior e é necessário que a graduação seja em Serviço Social.

O processo seletivo terá duração de 12 meses e a classificação irá acontecer em duas etapas, sendo a primeira de análise curricular/provas de títulos, carta de intenções e a segunda parte, entrevista oral. Todos os detalhes do processo podem ser conferidos a partir da página 15 do DOE.


31/05/2019
Por Edilson Silva em Jucurutu, RN

Governo retoma obras de importantes estradas no RN

Obras de importantes estradas que estavam paralisadas devido às chuvas e pela necessidade de readequações em seus projetos de engenharia serão retomadas pelo Governo do RN neste mês de junho.

São 154 km de vias que promoverão melhorias na trafegabilidade e no escoamento das produções dos agricultores, fomentando o turismo e possibilitando crescimento de investimentos ao longo do RN.

“Esse é o resultado do trabalho que estamos empenhados desde quando assumimos a pasta. Seguindo orientação da governadora Fátima Bezerra, estamos na busca de soluções para destravar as obras, de maneira que as execuções fluam sem problemas”, disse o secretário de Gestão de Metas e Projetos, Fernando Mineiro. Ele lembrou que a retomada das obras nas RNs 011, 016, 118, em 03 de junho próximo, e da Estrada do Melão III, em 20 de junho, faz parte do plano de interiorização da economia, na busca pelo desenvolvimento regional.

Conhecida como Estrada da Castanha, a RN 011 – no trecho que liga a BR 110 até à RN 016 –, é uma dessas vias que, a partir do investimento de R$ 22 milhões, será revitalizada em 31km, facilitando o acesso às regiões de Areia Branca, Serra do Mel e Carnaubais.  A construção já está 83% concluída e, a contar deste reinício, tem previsão de entrega para setembro de 2019.

Com este mesmo prazo para finalização da obra está a RN 016 que, ligando a BR 304 a Carnaubais, soma 57 km de reestruturação e vai impactar diretamente os produtores da região, com a expectativa de gerar um incremento acima de 15% na área produtiva de Carnaubais, Serra do Mel e Mossoró, e de triplicar, por exemplo, a demanda de exportação de melão. Nesta revitalização estão sendo aplicados R$ 35 milhões.

Ainda no território Açu-Mossoró, a Estrada do Melão III será recuperada.  A via, que tem uma extensão de 19 km, vai complementar importantes roteiros econômicos no escoamento dos produtos locais, que vão desde a exploração do sal até a cadeia produtiva do caju, já que liga Baraúna à BR 437, no trecho identificado como Estrada do Cajueiro. A intervenção conta com investimento de R$ 20 milhões e deve ser entregue em janeiro de 2020.

No Seridó, a retomada acontecerá em um trecho da RN 118, via importante para o transporte da produção do Estado, como a fruticultura, a indústria do sal, os minérios e confecções. Ligando Jucurutu a Caicó, a estrada será revitalizada em 47,5 km de extensão, facilitando o deslocamento desses produtos e influenciando diretamente na economia regional.  A obra deve ser entregue em agosto deste ano.

Todas essas intervenções são financiadas pelo Governo Cidadão, via acordo de empréstimo com o Banco Mundial, abrangendo desde o revestimento asfáltico, com reforço de características estruturais que suportam o tráfego da rodovia, até a implantação de acostamentos e sinalizações horizontais e verticais.


30/05/2019
Por Edilson Silva em Brasil, Educação, RN

MPF processa ministro da Educação por sugerir a universidades federais do RN substituir terceirizados por alunos

O Ministério Público Federal (MPF) ingressou com uma Ação Civil Pública (ACP) na Justiça Federal do Rio Grande do Norte buscando a condenação do ministro da Educação, Abraham Weintraub, e também da União por danos morais coletivos decorrentes de condutas praticadas desde que o primeiro assumiu a pasta, em abril deste ano. O MPF pede uma indenização de R$ 5 milhões.

Dentre as condutas em questão, está a declaração – em entrevista concedida em 30 de abril – de que “universidades que, em vez de procurar melhorar o desempenho acadêmico, estiverem fazendo balbúrdia, terão verbas reduzidas”. Para o MPF, a fala demonstra “clara vontade discriminatória por parte do réu.

Outra declaração dada pelo ministro, e que também está sendo apontada pelos autores da ação como ofensiva e discriminatória, aconteceu no dia 20 de maio durante reunião com reitores e membros da bancada parlamentar do Rio Grande do Norte. Ao ser questionado sobre a falta de recursos para o pagamento do serviço de limpeza na Ufersa, UFRN e IFRN, o ministro propôs que “se chamasse o CA e o DCE” para fazer os serviços.


16/05/2019
Por Edilson Silva em Política, RN

Governo vai trabalhar em parceria com prefeituras para recuperação de estradas

Com o objetivo de recuperar estradas em todo o estado de forma emergencial, o Governo do Estado vai criar grupos de trabalho dentro do Departamento de Estradas de Rodagem do Rio Grande do Norte (DER-RN) para trabalhar em parceria com prefeituras.

O modelo de parcerias e convênios entre o Governo e os entes municipais etá sendo desenhado pela equipe técnica do DER-RN. “Temos desafios diários nessa área de infraestrutura rodoviária e, segundo as previsões da Emparn, a temporada de chuvas ainda não encerrou, mas mesmo assim estamos trabalhando de forma antecipada”, afirmou a governadora Fátima Bezerra.

A medida foi bem recebida pelos prefeitos presentes na reunião. “Nós já fizemos parcerias antes e estamos totalmente à disposição para ampliar esse trabalho, de forma legal, contribuindo para a melhoria das estradas e beneficiando a população”, completou o prefeito de Serra Negra do Norte, Sérgio Fernandes.

De acordo com o diretor geral do DER-RN, Manoel Marques, o planejamento de ação ainda inclui a formação de equipes para atuar em casos emergenciais. “A nossa ação na região Central foi rápida e bem sucedida. Queremos repetir esse modelo”, disse Marques.

Ainda durante a reunião, representantes do Associação dos Municípios do Seridó (AMS), em conjunto com o presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira, também apresentaram a demanda para a continuidade do convênio com o Governo que cede uma motoniveladora que trabalha na região. “Esse trabalho é muito importante para os produtores da nossa região e estamos dispostos a manter essa parceria, até dentro da programação do DER para os trabalhos de recuperação”, apontou o prefeito de São Fernando, Polion Maia.

A governadora Fátima Bezerra determinou a formação de um grupo, com a participação da Federação dos Municípios do RN (Femurn), do DER-RN e da AMS para acertar o modelo de utilização da máquina na recuperação das estradas do estado.


15/05/2019
Por Edilson Silva em Educação, RN

Fátima Bezerra vai repor corte de emendas federais para a UERN

O Governo do Estado vai repassar R$ 3,6 milhões para garantir investimentos na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), sendo R$ 3 milhões referentes a contingenciamentos realizados pelo Governo Federal nas emendas inseridas no Orçamento Geral da União que foram destinadas à instituição de ensino superior pela bancada federal potiguar. Os R$ 600 mil restantes são contrapartidas para o recebimento de mais R$ 6 milhões em emendas dos anos anteriores.

A decisão foi anunciada pela governadora Fátima Bezerra em reunião com a diretoria da Associação dos Docentes da UERN (Aduern). O repasse será formalizado na próxima semana, em Mossoró. “Nosso trabalho é totalmente voltado à valorização da UERN e isso passa pelos investimentos, pela valorização do profissional que trabalha na instituição, ainda mais nesse momento muito sério que passa a educação do país”, ressaltou a governadora.

Ainda durante a reunião, a chefe do executivo determinou a criação de grupos de trabalho para discutir e avaliar demandas dos professores da UERN, em especial a criação do plano de cargos, carreiras e salários para os 823 professores efetivos da instituição. “A pauta é totalmente legítima e justa, por isso vamos criar uma comissão para discutir o plano, tudo à luz da realidade do Estado. Nosso planejamento é começar, mesmo que de forma modesta, do jeito que nos é permitido, a fazer uma reposição salarial para a educação, a saúde e a segurança”, completou Fátima Bezerra.

Os professores da UERN discutem a formatação do plano da categoria há vários anos, tendo aprovado ainda no início de 2016 a minuta que foi entregue ao Governo do RN nesta reunião, e o último aumento salarial foi escalonado de 2012 a 2014. “Estamos com um déficit salarial acumulado de 138% em uma década. É preciso atualizar o plano para evitar a saída de professores da instituição”, afirmou a professora Rivânia Moura, presidente da Aduern.

A comissão de avaliação será formada por representantes das secretarias de Estado da Administração (Sead) e do Planejamento e das Finanças (Seplan), da reitoria da UERN e da Aduern.

Os professores ainda apresentaram demandas para discussão na comissão, como a abertura de espaços de diálogo entre a gestão estadual e a direção da UERN, além da atualização do auxílio-saúde para técnicos e professores e o projeto de lei para regularização a cessão de docentes da universidade para outros órgãos.

A reunião contou com a participação dos secretários Aldemir Freire (Seplan), Getúlio Marques (SEEC) Virgínia Ferreira (Sead) e Alexandre Lima (Sedraf), além do diretor-presidente da Fundação de Apoio à Pesquisa do RN (Fapern), Gilton Sampaio, a diretora da Escola de Governo, Ana Lúcia Gomes, e a diretora do Instituto de Educação Superior Presidente Kennedy, Márcia Maria Alves de Assis. Os últimos quatro citados, além de gestores do Governo, são também professores da UERN.


15/05/2019
Por Edilson Silva em Educação, RN

Servidores públicos podem se inscrever em Curso Superior de Gestão Pública até 31 de maio

Seguem abertas, até 31 de maio, as inscrições para o Processo Seletivo Especial do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Pública, cujo objetivo é formar profissionais com visão crítica, estratégica e inovadora para o setor público, qualificando-os a atuarem na área de gestão das organizações públicas, aliando a teoria e a prática para uma formação crítica, reflexiva e sustentável. A seleção é exclusiva para servidores públicos efetivos do Governo do Rio Grande do Norte que estejam ativos no exercício do cargo.

Os interessados devem acessar o Portal do Candidato, no site do Sistema Gestor de Concursos do IFRN (http://processoseletivo.ifrn.edu.br) e clicar na opção “EDITAL N° 01/2019-PROEN/IFRN – CURSO SUPERIOR EM GESTÃO PÚBLICA – ESCOLA DO GOVERNO”. São oferecidas 45 vagas.

Vale lembrar que o candidato só terá a inscrição homologada se todas as etapas do processo forem completadas. Conforme o Edital, é necessário preencher o formulário e também anexar no campo específico cópias dos seguintes documentos: 1) documento de identificação com foto e 2) informações profissionais e justificativa da seleção (Anexo 2 do Edital). Ambos os documentos devem ser anexados em formato pdf. O Anexo 2 está disponível para download no sitewww.escoladegoverno.rn.gov.br.

“Muitos servidores já preencheram a ficha de inscrição, mas ainda não anexaram esses documentos. Ressaltamos que, sem finalizar esse processo, o candidato não terá sua inscrição homologada”, alerta a diretora da Escola de Governo, Ana Lúcia Gomes.

A seleção dos candidatos terá caráter eliminatório e classificatório, constando de três etapas: análise dos pré-requisitos, provas escrita e entrevista presencial. De acordo com o cronograma do edital, o resultado da homologação das inscrições, referente à primeira fase, está previsto para ser divulgado no dia 06 de junho, enquanto as provas serão aplicadas no dia 15 de junho de 2019. O resultado final será anunciado no dia 10 de julho e a aula inaugural tem previsão para acontecer no dia 29 de julho deste ano.

A Graduação de Tecnólogo em Gestão Pública é uma promoção da Escola de Governo, da Secretaria de Estado da Administração e dos Recursos Humanos, por meio de convênio com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), responsável pela execução do curso. As aulas serão iniciadas no segundo semestre de 2019 no turno vespertino. A matriz curricular compreende um total de 2.174 horas/aula, distribuídas em seis semestres letivos sequenciais, totalizando três anos.


09/05/2019
Por Edilson Silva em RN

Curso de cortes especiais ensina produtores a quadruplicar valor de carneiro vendido no interior do RN

Um carneiro de 14kg que hoje é vendido entre R$ 120 e R$ 170 no interior do Rio Grande do Norte pode valer até mais de R$ 450 quando é completamente aproveitado. Esta foi a maior lição que os 24 alunos do curso de cortes especiais realizado pelo Sebrae e Senai, em parceria com o Governo do Estado, aprenderam no último final de semana em Currais Novos, durante a 22ª Exponovos. A ideia do Governo do RN é levar o curso a todas as exposições do Circuito Estadual Agropecuário.

Por meio da carreta do Senai e do curso ministrado pelos consultores do Sebrae Hélio Andrade e Ana Patrícia, foi possível ensinar aos pequenos criadores como aproveitar todos os cortes de caprinos e ovinos e agregar valor a eles. “Hoje eles comercializam cortes simples em supermercados, feiras livres e açougues, mas quando aprendem os cortes especiais têm como embalar e agregar valor às peças de carne. A rentabilidade quase quadruplica”, diz Andrade.

O consultor ensinou a fazer cortes especiais aproveitando duas peças de filé mignon, dois carrés franceses, dois pernis, duas paletas, dois lombos traseiros, um pescoço fatiado, duas costelas, quase dois quilos de carne moída, quatro garrões e duas picanhas. Todas somaram R$ 453,90, ao passo que o carneiro cortado de maneira simples e vendido nas feiras está saindo por até R$ 170.

Ao término de cada minicurso, o chef Raoni Carbogim, com apoio de Suzeneide, preparou iguarias para serem degustadas pelos participantes. “É bom porque eles aprendem o corte especial e o preparo da carne, a harmonização e podem dar dicas aos próprios clientes”, diz Raoni.

Entre as delícias postas à mesa, filé de cordeiro recheado com queijo mussarela, acompanhado de creme de queijo de cabra com hortelã; lombo de cordeiro marinado na cerveja preta e ervas, acompanhado com purê de banana da terra com leite de cabra e flor de sal; carré francês marinado no vinho tinto seco e ervas, acompanhado com arroz da terra preparado com cachaça, fundo de carne de cordeiro e iogurte de leite de cabra, harmonizado com redução de umbu, rapadura e vinho tinto seco.

A ideia surgiu depois que o secretário de Gestão de Projetos, Fernando Mineiro, se reuniu com o Senai e o Sebrae e propôs levar a carreta-cozinha e os consultores para a Exponovos, numa espécie de piloto que, dando certo, seria replicado nas demais exposições. Foi um verdadeiro sucesso. A experiência será repetida em todas as feitas agropecuárias do Estado e se tornará uma ação permanente a partir do próximo ano, capacitando os produtores rurais e criando condições para acesso ao mercado local.

“Seguindo a orientação da governadora Fátima estamos trabalhando para desenvolver a economia do RN, mostrando que podemos enfrentar a crise com criatividade e integração entre os órgãos do Governo e a sociedade”, pontuou Mineiro. Além do Senai, Sebrae e Governo Cidadão, a iniciativa contou com a parceria da Secretaria Estadual de Agricultura, de Assuntos Fundiários, Secretaria de Agricultura de Currais Novos, Emater, Idiarn e Emparn.

Marizânia Sena foi uma das alunas do minicurso. Professora do curso de Tecnologia de Alimentos do IFRN de Currais Novos, ela quis aprender as técnicas para aplicar em sala de aula. “Nos livros temos pouca coisa sobre o abate de caprinos e ovinos é algo que aqui no Seridó existe uma demanda. O curso foi muito importante porque vou poder levar essas informações do mercado para os alunos”, finalizou.


07/05/2019
Por Edilson Silva em Educação, RN

Parceria entre IFRN e Governo do Estado capacita produtores de queijo do Seridó

O estudante William Guedes tem só 17 anos, mas já está buscando aprender como melhorar o processo de fabricação de queijo artesanal da família. A avó começou o negócio, que passou para sua mãe, que inseriu seu pai e agora chegou até ele. No último final de semana, William foi um dos 50 participantes do primeiro curso de fabricação de queijo minas padrão e doce de leite ministrado pelo Centro de Tecnologia do Queijo do IFRN em parceria com o Governo do Estado em Currais Novos, durante a 22ª Exponovos.

“Nossa família tem essa tradição no queijo artesanal, produzido em casa mesmo. Vim participar para aprender mais sobre boas práticas, a questão da higiene. Quando nossa queijeira estiver pronta, o cliente vai ter confiança de comprar da gente porque sabe que trabalhamos de maneira correta e seguindo todas as normas legais”, diz. A queijeira da família, na zona rural de Currais Novos, é uma das beneficiadas pelo Governo do Estado no Edital de Leite e Derivados e será construída com recursos do acordo de empréstimo com o Banco Mundial.

A iniciativa é uma parceria do Governo Cidadão, IFRN e Secretaria de Agricultura de Currais Novos e deverá se estender às 39 queijeiras beneficiadas com os investimentos. “Essa integração é importante, porque unimos a expertise do IFRN com a necessidade dos beneficiários. Em breve eles estarão com as queijeiras prontas para produzir e precisam de iniciativas como essa para aperfeiçoar as boas práticas”, destaca o secretário de Gestão de Projetos, Fernando Mineiro.

A química Katiane Batista, de Jucurutu, também participou do curso e aprendeu um bocado. A queijeira da família foi uma das selecionadas para receber investimentos e ela optou por fazer o curso para aprender as técnicas de produção. Atualmente desempregada, o objetivo é trabalhar no lugar quando a pequena fábrica estiver pronta. “Meu avô fazia queijo, mas ele morreu e meu primo quer resgatar a tradição da família e envolver todo mundo. É uma oportunidade de emprego e segurança para mim”, diz.

Terezinha Galvão também se inscreveu no curso para aprender como produzir não só o queijo, mas também o doce. Ela costuma fazer este último para os familiares e amigos e há um tempo alimenta o desejo e voltar a produzir queijo. “Meu esposo produz leite de vaca e de cabra e pediu que eu viesse aprender. Quem sabe a gente não volta a produzir?”, disse.

A coordenadora de extensão do IFRN, Isandra de França, explica que durante as três horas de curso os participantes puderam aprender normas de higiene, fluxograma de produção e boas práticas de manejo, tanto para o queijo minas padrão quanto para o doce de leite.


04/05/2019
Por Edilson Silva em Política, RN

Bolsonaro corta: UFRN, IFRN e Ufersa têm cortes de R$ 101 milhões no orçamento

As universidades e o instituto federal do Rio Grande do Norte terão cortes orçamentários de aproximadamente R$ 101,8 milhões, em custeio e investimentos, após anúncio feito pelo Ministério da Educação, de que irá cortar 30% do orçamento de todas as instituições no país.Em algumas das instituições, há risco de suspensão de serviços e inviabilização das atividades, segundo os representantes.

Na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), o corte será de cerca de R$ 59 milhões, de acordo com o pró-reitor adjunto de Planejamento, Jorge Dantas. O valor contingenciado atinge principalmente as áreas de custeio e investimento da instituição e representa cerca de 25% de um orçamento total de aproximadamente R$ 250 milhões.

“Mas isso não reflete exatamente a situação, porque esse valor total do orçamento engloba, por exemplo, as autorizações de receita de arrecadação da instituições, através das especializações, por exemplo, a assistência estudantil, que não sofreu cortes e os benefícios previstos em lei para os servidores”, ressalta.


02/05/2019
Por Edilson Silva em RN

Começa vacinação contra a febre aftosa no RN

O Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do RN (IDIARN) inicia nesta quarta-feira (01), a primeira etapa da campanha de vacinação contra febre aftosa no Rio Grande do Norte. Neste primeiro momento, durante todo o mês de maio, a vacinação é obrigatória para todo o rebanho.

De acordo com os técnicos do IDIARN, além da vacinação, os criadores devem fazer também a declaração dos seus animais.

“O produtor, cadastrado junto ao IDIARN, deverá adquirir sua vacina em uma das lojas autorizadas a comercialização e, após isso, vacinar seus animais e declarar o rebanho em um dos nossos escritórios, na EMATER ou nas Secretarias Municipais de Agricultura”, explicou o diretor do setor de inspeção e sanidade animal do IDIARN, Renato Dias.

Renato acrescenta ainda que este ano a dosagem da vacina contra a Febre Aftosa será diminuída de 5 para 2ml. A expectativa é que com a redução da dosagem ocorram menos reações nos animais vacinados.

O RN tem hoje um rebanho bovino em torno de 900 mil animais. Na segunda etapa da ação, em novembro de 2018, o Estado imunizou mais de 94,52% do rebanho, dando sequência aos bons índices de vacinação que vendo sendo obtidos com o trabalho do Instituto. Além disso, esses números permitem que o Estado mantenha o status livre de febre aftosa com vacinação e continue com as ações para a retirada da obrigatoriedade da vacina no RN.

A febre aftosa é uma doença causada por vírus que provoca febre e aftas, principalmente na boca e entre os cascos dos animais, causando enorme perda na produção de leite e carnes.

O RN foi reconhecido internacionalmente livre de aftosa com vacinação pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), em maio de 2014. Desde que conseguiu a classificação, sonhada há décadas pelos criadores potiguares, o Estado passou a estar apto a exportar seus animais para qualquer país do mundo.


25/04/2019
Por Edilson Silva em RN, Tempo

Se prepara RN que previsão é de chuva até o fim de semana

A Gerência de Metereologia da Emparn prevê a ocorrência de chuvas de intensidade moderada a forte desta quinta-feira (25) até o sábado (27), em todas as regiões do Estado, principalmente nas regiões Leste e Agreste, inclusive para a região aonde está ocorrendo a operação de contenção da Barragem São Miguel II, no município de Fernando Pedrosa, coordenada pela Defesa Civil Estadual.

As chuvas são em decorrência da perda de força da condição de bloqueio atmosférico, presente desde a última terça-feira (23), o que ocasionou a liberação da atuação da Zona de Convergência Intertropical que está sobre o RN, influenciada anda pelo aumento da temperatura das águas superficiais do oceano Atlântico próximo do litoral potiguar, que registram temperaturas acima de 30º C, quase 2ºC acima da média esperada.

“Lembrando que estamos no período chuvoso com a atuação da Zona de Convergência Intertropical, podendo ocorrem também distúrbios atmosféricos como descargas elétricas e ventanias em regiões com influência do relevo”, completou o Gerente de Metereologia, Gilmar Bristot.


24/04/2019
Por Edilson Silva em RN

Fátima solicita apoio para situação de emergência do RN

A governadora Fátima Bezerra entregou, nesta terça-feira (23) em Brasília, um ofício ao gabinete da Presidência da República solicitando apoio ao enfrentamento da situação de emergência do Rio Grande do Norte devido a enxurrada causada pela forte incidência de chuvas que vem afetando o Estado, sobretudo na região central.

O Governo publicou o Decreto Nº 28.803, de 22 de abril de 2019, declarando a situação de emergência nas áreas dos municípios de Santana do Matos, Fernando Pedroza, Angicos e Ipanguaçu, afetados por desastre tecnológico, provocado por rompimentos de reservatórios.

No interior do Estado, a força-tarefa montada pelo Governo do RN operava em duas frentes na manhã desta terça-feira. Na RN-041, as máquinas trabalhavam na recuperação da cabeceira da ponte que foi levada pela água dos dois açudes de propriedade privada, construídos no leito do rio São Miguel, que se romperam no último sábado (20). A previsão é que em até 48h uma faixa da estrada seja liberada para o tráfego no sistema pare-siga.

Na outra frente, técnicos da Defesa Civil Nacional e da secretaria estadual de infraestrutura faziam inspeção no açude São Miguel 2 a fim de evitar seu rompimento. Pois, além da cabeceira da ponte na RN-041, a enchente danificou um trecho do acostamento da BR-304 perto de Fernando Pedroza e jogou no Açude São Miguel 2 uma quantidade de água acima da cota de segurança, o que caracteriza risco de rompimento caso as chuvas persistam na região.


22/04/2019
Por Edilson Silva em RN

Governo do RN anuncia retomadas das obras da reconstrução da rodovia RN-118, entre Jucurutu e Caicó

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte anunciou que a partir de maio serão retomadas as obras da reconstrução da rodovia RN-118, entre Jucurutu e Caicó. O anúncio foi feito na última segunda-feira (15) pelo secretário de Gestão de Projetos, Fernando Mineiro.


21/04/2019
Por Edilson Silva em RN

Defesa Civil e outros órgãos do RN atua em rompimento de ponte

Equipe da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil se deslocou na noite deste sábado (20) para atender ocorrência de rompimento da barragem privada São Miguel 1, no município de Fernando Pedroza, devido às intensas chuvas que ocorreram na localidade.  Houve o rompimento da RN-041, que liga Santana do Matos à BR-304.

Ainda na noite de ontem foi realizado o resgate de duas pessoas que estavam em um veículo que foi arrastado pelas águas. Segundo o coordenador estadual de Defesa Civil, tenente-coronel BM Marcos de Carvalho, em virtude do rompimento que provocou dano na ponte, o veículo caiu e foi levado pela enxurrada. Os ocupantes do carro conseguiram sair e foram resgatados pela equipe da Defesa Civil.

Juntamente às coordenadorias municipais de Defesa Civil, está sendo realizada neste momento vistoria nas barragens que receberam as águas do rompimento do São Miguel 1 nos municípios de Fernando Pedrosa, Angicos e Ipanguaçu, no açude Pataxó. Equipes do Corpo de Bombeiros estão presentes em apoio às ações da Defesa Civil Estadual.

Todos os órgãos envolvidos estão em ação conjunta, sob a coordenação da governadora Fátima Bezerra, com o objetivo de minimizar os problemas causados pelo rompimento. Estão com equipes no local, além da Defesa Civil e Corpo de Bombeiros, o DER, Caern e Igarn.


16/04/2019
Por Edilson Silva em RN

Governo inicia segunda etapa do “Água Doce” com meta de atender 9 mil famílias

Para promover o acesso à água de qualidade de forma perene a nove mil famílias que vivem em localidades com escassez hídrica no semiárido potiguar, O Governo do RN, através da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), iniciou a segunda etapa Programa Água Doce (PAD).

Por meio de um convênio com Ministério do Desenvolvimento Rural (MDR), serão investidos 10 milhões na implantação de 35 sistemas dessalinização em 24 municípios do Estado. O primeiro lote vai contemplar seis municípios: Pureza, Macau, João Câmara, Pedro Avelino e Pendências.

Durante essa semana, a equipe de mobilização social e sustentabilidade ambiental do PAD/RN realizaram reuniões de capacitação com as comunidades a serem beneficiadas e para a elaboração do acordo de gestão, um documento que define as regras de uso dos sistemas. Nesses acordos, a comunidade escolhe quem vai operar o dessalinizador, o horário e a quantidade de água a ser retirada por cada família, por exemplo.

Esse trabalho é realizado antes das obras físicas, como explica a consultora do PAD na Semarh, Marcia Egina: “O modelo adotado pelo programa requer a participação dos usuários, eles são treinados para manusear as tecnologias e fazer gestão compartilhada do benefício. Nossa intenção é estimular a autonomia das comunidades e frisar a importância dos cuidados técnicos, sociais e ambientais, visando garantir o funcionamento, a longo prazo, dos sistemas de abastecimento que receberão”.

Seu José Cícero Gomes, agricultor de Sebastião Andrade II, em Macau, disse, durante o treinamento, que todos da comunidade estão muito felizes e empolgados com a benfeitoria: “Todo mundo prometeu que vai cuidar muito bem da máquina, pois a felicidade é enorme de não depender mais de carro pipa” comemorou.

Entre os 35 sistemas que serão implantados nessa fase, dois serão movidos à energia solar e dois funcionarão como unidades demonstrativas (UD), onde a água do rejeito é aproveitada para a criação de tilápias e produção de erva-sal (atriplex), utilizada na produção de feno para a alimentação de ovinos e caprinos da região. A UD de Caatinga Grande, em São José do Seridó, também será revitalizada.

As comunidades que receberão os equipamentos foram escolhidas de acordo com o critério adotado pelo MMA que é o Índice de Condições de Acesso à Água (ICCA). Este índice leva em consideração os seguintes fatores: pluviometria, intensidade de pobreza, taxa de mortalidade infantil e o índice de desenvolvimento Humano (IDH).

Dilma Lucas, Coordenadora do PAD/RN, explica que as comunidades são indicadas por esse índice, porém para receberem o sistema existem outros requisitos. “A comunidade deve contar com no mínimo 20 famílias, já deve ter um poço perfurado com uma vazão em torno de 1000l/h, a salinidade da água desse poço tem que ser superior a 1000mg/l de sólidos totais dissolvidos e o terreno onde o dessalinizador será implantado deve ter decreto de domínio público emitido pela prefeitura”.

As obras civis de implantação dos sistemas iniciam na próxima segunda-feira (22). A empresa vencedora da licitação foi a EDS Energia e Desenvolvimento Sustentável LTDA.


09/04/2019
Por Edilson Silva em RN, Tempo

Boas chuvas foram registradas no fim de semana no RN; confira o boletim pluviométrico

Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) destaca os municípios que tiveram registro de chuvas durante o fim de semana, em todas as regiões do estado.

Como nas semanas anteriores,  as regiões Oeste e Central tiveram o maior volume de chuvas. Destaque para Riacho da Cruz, Martins, Umarizal, São João do Sabugi e Parelhas. Confira abaixo boletim pluviométrico em outras cidades.

OESTE POTIGUAR

Riacho Da Cruz(Emater) 73,8
Martins(Particular) 73,0
Umarizal(Fazenda Camponesa(partic)) 60,2
Jose Da Penha(Emater) 48,4
Francisco Dantas(Emater) 42,0
Olho D’agua Dos Borges(Particular) 40,7
Paraná(Emater) 40,0
Tenente Ananias(Emater-st Mororo) 39,7
Caraúbas(Particular) 32,9
São Francisco Do Oeste(Prefeitura) 31,1
Pendencias(Ana) 29,7
Serrinha Dos Pintos(Prefeitura) 28,0
Apodi(Prefeitura) 25,0
Mossoró(Prefeitura) 25,0
Major Sales(Prefeitura) 21,1
Jucurutu(Emater-pedra do Navio) 20,5
Pilões(Prefeitura) 20,0
Severiano Melo(Prefeitura) 19,0
Messias Targino(Prefeitura) 16,3
Rodolfo Fernandes(Prefeitura) 16,2
Pau Dos Ferros(Particular) 15,0
Apodi(Base Fisica Emparn) 12,5
Venha Ver(Emater) 12,0
João Dias(Emater) 11,0
Encanto(Prefeitura) 10,0
Lucrécia(Emater) 9,5
Baraúna(Emater) 4,9
Upanema(Prefeitura) 4,6
Janduís(Emater) 3,6
Patu(Particular) 2,4
Areia Branca(Emater) 2,0
Campo Grande(Particular 2) 1,4
Assu(Emater/st. Casa Forte) 1,2
Coronel João Pessoa(Emater) 0,3

CENTRAL POTIGUAR

São João Do Sabugi(Emater) 62,0
Parelhas(Emater) 45,0
Angicos(Prefeitura) 37,4
Guamaré(Lagoa Doce) 20,0
Fernando Pedroza(Emater) 19,4
Florânia(Sitio Jucuri) 18,4
Lajes(Olho Dagua Dois Irmaos) 15,7
Equador(Particular) 14,4
Carnaúba Dos Dantas(Emater) 8,7
São Jose Do Seridó(Fz Caatinga Grande) 7,6
Jardim Do Serido(Emater/passagem) 6,8
Pedro Avelino(Particular) 6,7
São José Do Seridó(Associação Usuários Água) 6,5
Timbaúba Dos Batistas(Prefeitura-fz. Timbauba) 5,0
Acari(Particular) 4,7
Pedro Avelino(Base Fisica Da Emparn) 4,6
Cerro Cora(Emater) 2,6
São Vicente(Emater(ex-particular)) 1,3
Santana Do Matos(Emater) 1,0
São Fernando(Emater) 0,5

AGRESTE POTIGUAR

Santa Maria(Sind.trab.rurais) 35,0
São Bento Do Trairi(Prefeitura) 24,0
Monte Das Gameleiras(Emater) 22,5
Jacana(Emater) 19,4
Sitio Novo(Prefeitura) 18,5
Parazinho(Emater – Ex-particular) 17,5
Serrinha(Emater) 16,6
Rui Barbosa(Emater) 13,4
João Câmara(Centro Saúde) 8,0
Boa Saúde(Emater) 5,7
Bento Fernandes(Riacho Dos Paus-part.) 5,0
Tangara(Emater) 2,3
Monte Alegre(Emater) 2,0

LESTE POTIGUAR

Pedra Grande(Emater) 16,5
São Gonçalo Do Amarante(Base Fisica Da Emparn) 2,3
Montanhas(Prefeitura) 2,2
Natal 0,3


02/04/2019
Por Edilson Silva em RN

Reservatórios do RN estão com 24,5% da capacidade

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio do Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn), monitora 47 reservatórios com capacidade superior a 5 milhões de metros cúbicos de água. Segundo o Relatório de Situação Volumétrica, divulgado nesta segunda-feira (1º), as reservas hídricas totais superficiais acumulam 1.081.453.341m³, o correspondente a 24,51% do total que as bacias hidrográficas potiguares conseguem acumular, que é de 4.411.787.259m³.

Em termos comparativos, no mesmo dia 1º de abril em 2018, as reservas hídricas totais superficiais do estado somavam 520.292.353m³, correspondentes a 11,79% do máximo que conseguem acumular. Entre os reservatórios monitorados, quatro já atingiram 100% das suas capacidades, ou seja, “sangraram”, são eles: Beldroega, em Paraú; Pataxó, em Ipanguaçu; Encanto, localizado em Encanto; e Riacho da Cruz II, em Riacho da Cruz.

Outros reservatórios já se encontram com mais de 70%, casos de Mendubim, em Assú, com 93,09% do seu volume total; Marcelino Vieira, com 81,31%; Rodeador, em Umarizal, com 79,59%; e Apanha Peixe, em Caraúbas em 71,83%.




Facebook


Twitter