07/08/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Policial, Política

CORRUPÇÃO: Extratos bancários de Queiroz provam depósitos de 21 cheques à Michelle Bolsonaro

Extratos bancários do ex-assessor parlamentar Fabrício Queiroz anexados à investigação sobre suposto esquema de rachadinha no gabinete de Flávio Boslonaro enquanto deputado estadual no Rio revelam que o ex-PM depositou 21 cheques em nome da primeira-dama Michelle Bolsonaro.

As movimentações datam de outubro de 2011 a dezembro de 2016, em valores de R$ 3 mil e R$ 4 mil que somados chegam a R$ 72 mil.

O detalhamento dos depósitos de Queiroz em nome de Michelle foi revelado pela Revista Crusoé nesta sexta, 7, e confirmado pelo Estadão.Em 2018, quando o caso Queiroz veio à tona, relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) anexado aos autos da Operação Furna da Onça já havia citado um cheque de R$ 24 mil depositado pelo PM em favor da mulher do presidente Jair Bolsonaro.

Logo em seguida, o presidente apresentou sua versão dizendo que o valor seria referente a parcela do pagamento de um débito antigo de Queiroz com ele. Além disso, apontou que o montante depositado em favor de Michelle seria ainda maior: R$ 40 mil.

Os extratos bancários de Queiroz são um novo capítulo da história e apontam que os depósitos do ex-assessor para Michelle chegam a R$ 72 mil e foram realizados da seguinte maneira:

  • 2011 – três cheques de R$ 3 mil compensados em outubro, novembro e dezembro
  • 2012 – três cheques de R$ 3 mil compensados em janeiro, fevereiro e julho
  • 2013 – dois cheques de R$ 3 mil compensados em fevereiro e abril
  • 2016 – sete cheques de R$ 4 mil compensados em abril, maio (2), junho, julho, novembro e dezembro

Segundo a reportagem da Crusoé, nos extratos bancários de Queiroz não há depósitos feitos por Bolsonaro na conta do ex-PM. A publicação diz ainda que entre 2007 e 2018 foram registrados créditos de R$ 6,2 milhões na conta do ex-assessor – R$ 1,6 milhão identificado como salários, R$ 2 milhões atrelados a depósitos do gabinete de Flávio na Alerj e R$ 900 mil em espécie sem identificação.

Queiroz é apontado como suposto operador financeiro de esquema de ‘rachadinha’ instalado no gabinete do senador Flávio Bolsonaro à época em que era deputado estadual no Rio.

Ele foi preso preventivamente em junho, mas hoje está em domiciliar por ordem do ministro João Otávio de Noronha, presidente do Superior Tribunal de Justiça. A Procuradoria-Geral da República tenta restabelecer a prisão do ex-PM e de sua mulher, Márcia Oliveira de Aguiar.

COM A PALAVRA, MICHELE BOLSONARO

A reportagem do Estadão entrou em contato por e-mail com a Assessoria de Imprensa da Presidência da República e ainda não havia recebido uma resposta.

ESTADÃO CONTEÚDO


30/07/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Saúde

Brasil libera entrada de turistas estrangeiros por via aérea

A Portaria assinada em conjunto pelos Ministérios da Casa Civil, Infraestrutura, Justiça e Segurança Pública e Saúde, e publicada em seção extra do Diário Oficial da União na noite desta quarta-feira (29/07), libera a entrada de turistas estrangeiros por via aérea. Na portaria anterior, apenas viagens de negócios estavam autorizadas.

A nova portaria tira a obrigatoriedade do teste de Covid-19, mas cria a exigência do seguro-saúde para a entrada. “Essa é uma forma de se precaver contra a lotação do sistema público de saúde, mas seria interessante manter o exame ou algum outro tipo de controle sanitário na entrada”, afirma Diana Quintas, diretora da Abemmi (Associação de Especialistas em Migração e Mobilidade Internacional) e sócia da Fragomen, maior e mais antiga empresa de migração do mundo. Diana lembra que é a primeira vez que o Brasil obriga a contratação de seguro-saúde para turistas estrangeiros.

Na portaria de trinta dias atrás, apenas aeroportos de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília estavam liberados para voos com visitantes estrangeiros. Agora, quase todos os estados podem receber turistas, com exceção da Paraíba, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Rio Grande do Sul e Tocantins.

Em relação às vias marítimas e terrestres, os estrangeiros podem entrar para atividades de negócios e trabalho, mas as viagens turísticas continuam proibidas.


29/07/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Religião

Santuário Nacional de Aparecida retoma missas com presença de fiéis após quatro meses

O Santuário Nacional de Aparecida retomou nesta terça-feira (28) a realização de missas com a presença de fiéis. A basílica, que recebe anualmente 12 milhões de peregrinos, estava há quatro meses sem celebrações com público após determinação da Justiça por prevenção à Covid-19.

O retorno da presença dos fiéis às missas no Santuário Nacional segue regras de higienização e controle de acesso, com número máximo de mil pessoas por celebração – a lotação máxima do espaço é de 35 mil pessoas.

Na missa das 6h45, cerca de 100 pessoas acompanharam a primeira celebração com público nesse retorno. Apenas uma das alas da Basílica foi preenchida, com distanciamento entre os fiéis nos bancos.

Além da retomada das missas, também está aberto no Santuário a visitação à Imagem de Nossa Senhora, a Capela das Velas e a Sala das Promessas, além de uma loja para venda de velas. Os demais espaços, turísticos e comerciais, permanecem sem funcionamento.


22/07/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Política, Saúde

Presidente Jair Bolsonaro testa positivo para coronavírus pela terceira vez

O presidente Jair Bolsonaro voltou a testar positivo para Covid-19. É o terceiro teste que ele fez nas últimas semanas e que apontou que o chefe do Executivo ainda está com coronavírus. O procedimento teria sido feito na terça-feira (21), conforme informação dada em primeira mão pelo canal de TV CNN Brasil.

Desde que foi confirmado a sua infecção por coronavírus, no dia 7 de julho, o presidente Bolsonaro tem se mantido isolado no Palácio da Alvorada. Ele é monitorado por médicos constantemente e não estaria mais com os sintomas. No último domingo (19), ele chegou a ir até a frente do Palácio para acenar a apoiadores.


21/07/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Saúde

Menina com suspeita de coronavírus cola bilhete na sacola de lixo para alertar garis

Uma menina de 10 anos com suspeita de coronavírus  decidiu escrever um recado no saco de  lixo como forma de alertar os garis que fossem manusear o material. Moradora de São José, cidade próxima à Florianópolis, Santa Catarina, Renata Gaspar Kunh contou com a ajuda da mãe para colar o aviso e, assim, evitar possível contaminação dos profissionais por meio do material descartado. O gesto viralizou nas redes sociais.

A mensagem colada diz: “Cuidado — lixo possivelmente contaminado. Bom trabalho!”. Ao NSC Total a mãe, Jaqueline Joice Gaspar, contou que a filha Renata começou a sentir dor de cabeça, de garganta e no abdômen na última terça-feira (14). De acordo com os médicos, há grandes chances de que o caso seja covid-19. Ela fez o teste e aguarda o resultado.

Diante da possibilidade da doença, a menina chegou a ficar internada e recebeu medicações para aliviar as dores que estava sentindo. Desde então, mãe e filha seguem o isolamento social, orientação dada pelos médicos.

No momento em que a mãe preparava o lixo para descarte, que já havia sido higienizado com álcool 70%, a menina a questionou.

— Ela me disse “mas, mãe, os garis que vão mexer no nosso lixo não sabem que a gente pode estar contaminado com covid. Como é que a gente vai fazer?”. Eu ainda a questionei, “não, filha, eles usam luva”. Mas ela disse “não, mãe, mas a gente precisa avisá-los. Eles são também o amor de alguém” — conta.


20/07/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Policial

TODO PODEROSO desembargador que humilhou guarda acumula processos

O desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo Eduardo Almeida Prado Rocha Siqueira, que humilhou um agente da Guarda Civil de Santos por se recusar a usar máscara facial, acumula um histórico de abusos de autoridade.

Siqueira foi flagrado nesse fim de semana sem máscara e, ao ser abordado pelo agente que o multou, o chamou de analfabeto. Segundo a desembargadora Maria Lúcia Pizzoti, que teve contato próximo com Siqueira, ele é uma figura “desprezível”.

“É o tipo de pessoa que teve ‘bola dividida’ com muita gente. É importante falar sobre o comportamento dele porque a sociedade não tolera mais essas coisas. Hoje em dia tudo é filmado e gravado. Ele, infelizmente, fez muita coisa que não foi filmada nem gravada”, disse ao site Conjur.

Em entrevista, a magistrada contou que o desembargador se ofereceu como testemunha contra ela em processo de vitaliciedade, sem nenhuma denúncia contra a ex-colega. “Ele tinha uma postura bastante desagradável no trato pessoal, e eu fui obrigada a ser firme desde o começo da minha relação com ele. Tive que processá-lo por difamação e injúria”, comentou.

Esta não foi a única acusação da desembargadora contra Siqueira. Em outra ocasião, o nome do magistrado virou notícia nos bastidores do Tribunal de Justiça por gritar com uma copeira por não ter o sabor do suco do qual ele gostava.

“Ele mandou o motorista parar o carro e veio para cima de mim para tirar satisfação. Eu solicitei a gravação da garagem e fiz uma representação contra ele. Infelizmente, o presidente do TJSP na época, Ivan Sartori, decidiu arquivar o caso. Acredito que se houvesse uma postura firme do tribunal anteriormente ele não chegaria nesse ponto de destratar o guarda e sujar a praia”, descreveu, o ocorrido.

Para Lúcia, a postura de Siqueira justifica a exoneração do cargo. “Ele cometeu o crime de abuso de autoridade, de tráfico de influência ao tentar ligar para outra autoridade e tem o caso de não usar a máscara e sujar a praia. Aposentadoria — como a própria mídia costuma dizer — é prêmio, né?”, comentou.

De acordo com o site Conjur, há também o registro em que o desembargador questionou o estado de saúde de uma ascensorista grávida sob a alegação de que isso “rebaixaria a classe dos magistrados”. O Conselho Nacional de Justiça apura a postura do magistrado contra o agente da Guarda Civil.

METRÓPOLE / CONJUR


20/07/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Policial

Abuso de autoridade: “A dupla de agentes municipais agigantou-se pelo contraste”

É preciso aplaudir os guardas que não se intimidaram com a carteirada do desembargador Eduardo Almeida Prado Rocha de Siqueira e o multaram por não usar máscara.

Diz Josias de Souza:

“A arrogância caricatural do desembargador produziu uma boa notícia. O elogio é algo raro no noticiário. Pois o caso de Santos subverteu a ordem natural das coisas. Chamado de analfabeto no instante em que multava o doutor por não usar máscara, o guarda Cícero Hilário Roza Neto exibiu comportamento de mostruário. Cícero reagiu à arrogância com moderação. Autor da filmagem, o guarda Roberto Guilhermino também se manteve dentro das fronteiras do manual. Ao contracenar com uma pequena criatura, a dupla de agentes municipais agigantou-se pelo contraste. Impossível não elogiar.”


20/07/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Policial

Corregedor Nacional de Justiça intima desembargador que humilhou guardas em SP a prestar esclarecimentos sobre conduta

O ministro Humberto Martins, da Corregedoria Nacional de Justiça, determinou a abertura de pedido de providências para apurar a conduta do desembargador Eduardo Almeida Prado Rocha de Siqueira, do Tribunal de Justiça de São Paulo, contra um guarda municipal de Santos, no litoral paulista.

Nos vídeos, publicados pelo G1 neste domingo (19), o magistrado aparece humilhando agentes da GCM ao ser multado por descumprir um decreto municipal sobre uso obrigatório de máscaras faciais.

Para o ministro, o vídeo divulgado demonstra indícios de possível violação aos preceitos da Lei Orgânica da Magistratura Nacional (Loman) e ao Código de Ética da Magistratura, o que impõem a necessidade de averiguação pela Corregedoria Nacional de Justiça.


17/07/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Religião

Brasil: Igreja sofre assalto e padre pede ajuda em live de missa: ‘Manda a polícia’

Jornal NH – A igreja da Paróquia São José Operário, no bairro Fião, em São Leopoldo, foi assaltada durante missa transmitida ao vivo pela internet na noite desta quarta-feira (15). Ao perceber o ataque de dois jovens com máscaras de proteção do coronavírus, o padre Ramiro Mincato pediu para acionar o alarme e chamar a Polícia. Ele ainda reagiu com um pedestal para evitar que a dupla roubasse o notebook pessoal que usava para a transmissão. Depois, prosseguiu com a cerimônia. “É algo inesperado. Foi a primeira vez em 36 anos de sacerdócio”, comentou o padre à reportagem.

O assalto foi no início da missa, por volta das 19 horas. “Estava eu, a secretária da paróquia e três fiéis na igreja. Vi que chegaram duas pessoas com máscaras, e uma fez sinal para eu calar a boca, mas custei a me dar conta, pensando que eram pedintes querendo constranger para pedir alguma coisa. Daí, com a as mãos na cintura para indicar que estavam armados, roubaram o celular da funcionária e de uma paroquiana, além das chaves do carro de um paroquiano”, relata o padre. Foi quando ele foi à tela do computador para avisar do assalto e pedir para o alarme ser acionado. “Chama a Polícia que estamos sendo assaltados durante a missa.”

Fiéis atônitos

Os dois foram então em direção ao pároco. “Um chegou a fechar o notebook, tirei a mão dele, peguei um pedestal para me defender e consegui evitar que o levassem.” A dupla foi embora. Ficou a reação atônita das pessoas na igreja e dos fiéis conectados. “Já pensou a que ponto chegamos? Vou ter que rezar a missa com o pedestal mais perto”, comenta Mincato.

Missa Memória São Boaventura – 15 de julho de 2020

"Tudo me foi entregue por meu Pai" Evangelho.

Publicado por Ramiro Mincato em Quarta-feira, 15 de julho de 2020


15/07/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Saúde

Brasil registra 1.300 novas mortes por Covid-19 em 24h; casos são 1.926.824

O Ministério da Saúde divulgou na noite desta terça-feira (14) os dados sobre o novo coronavírus no Brasil. De acordo com o balanço, atualizado às 18h40, o país chegou a 74.133 óbitos por Covid-19 e 1.926.824 casos confirmados da doença.

Ainda de acordo com o ministério, também foram registrados 41.857 casos novos da doença em um dia. Além disso, foram 1.300 novas mortes por Covid-19. A taxa de letalidade está em 3,8%.


13/07/2020
Por Edilson Silva em Brasil

Prefeito de Salvador propõe adiar Carnaval para maio ou junho com RJ e SP

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), irá propor um adiamento conjunto do Carnaval 2021 para São Paulo, Rio de Janeiro e outras grandes cidades que recebem a festa caso a pandemia do novo coronavírus ainda impacte a livre circulação de pessoas nas ruas.

ACM Neto afirmou que é uma possibilidade realizar o Carnaval entre maio e junho do ano que vem para que a festa não seja cancelada por completo.

“Todo mundo sabe que além de prefeito, eu sou um carnavalesco nato. Eu amo Carnaval e toda vez que lembro que até novembro iremos tomar uma decisão nesse assunto, me aperta o coração”, disse o prefeito neste domingo (12).

Segundo Neto, são duas as possibilidades a serem encaradas sobre o Carnaval do próximo ano. “Primeiro, aguardar pra ver se teremos uma vacina que possa assegurar a imunidade. (…) Se não der pra fazer com segurança, irei propor para os prefeitos das principais cidades que fazem o Carnaval no Brasil, inclusive os prefeitos de São Paulo e Rio de Janeiro, e outros colegas prefeitos, para que a gente pense talvez num adiamento conjunto do Carnaval no ano que vem”, completou.


06/07/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Saúde

Mulher que humilhou fiscal da Prefeitura em bar do Rio é demitida

A mulher que apareceu em uma reportagem do Fantástico, da TV Globo, ofendendo um fiscal da Prefeitura do Rio de Janeiro durante ação em um bar da capital fluminense foi demitida da empresa em que trabalhava, nesta segunda-feira (6/7).

A reportagem mostrava o descumprimento às medidas de distanciamento social, bem como ao decreto municipal que autorizou, com regras, a reabertura de bares na cidade do Rio de Janeiro. Ao ser abordada, a mulher, que estava ao lado do companheiro, humilhou o fiscal da Prefeitura. “A gente paga você, filho. O seu salário sai do meu bolso” e “Cidadão não. Engenheiro civil, formado. Melhor do que você”, foram algumas das frases proferidas contra o servidor. Em nota, a Taesa — uma empresa privada de transmissão de energia elétrica — informou que demitiu a mulher, que integrava seu quadro de funcionários.

Nota da Taesa

A TAESA é uma companhia comprometida com a segurança e a saúde não apenas de seus empregados, mas também com o bem-estar de toda a sociedade. Desde o início da pandemia da Covid-19, a Taesa implementou inúmeras iniciativas para proteger a saúde de seus profissionais e seus familiares, como o home-office para 100% do seu quadro administrativo, e a adoção de diversas outras medidas de proteção para as equipes que operam em campo. A companhia não compactua com qualquer comportamento que coloque em risco a saúde de outras pessoas ou com atitudes que desrespeitem o trabalho e a dignidade de profissionais que atuam na prevenção e no controle da pandemia. A TAESA tomou conhecimento do envolvimento de uma de suas empregadas em um caso de desrespeito às leis que visam reduzir o risco de contágio pelo novo coronavírus e compartilha a indignação da sociedade em relação a este lamentável episódio, sobretudo em um momento no qual o número de casos da doença segue em alta no Brasil e no mundo. A TAESA ressalta que segue respeitando o isolamento e as mais rigorosas regras de prevenção ao coronavírus e que a empregada em questão desrespeitou a política vigente na empresa. Diante dos fatos expostos, a TAESA decidiu por sua imediata demissão.”


05/07/2020
Por Edilson Silva em Brasil, RN

Detran retoma serviço de emissão e renovação de CNH

Os serviços de renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e abertura de processo da primeira Habilitação voltam a ser oferecidos pelo Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) a partir de terça-feira (7), nas cidades de Natal e Mossoró.

Para o usuário que deseja renovar a CNH, o procedimento deve ser iniciado por meio do acesso ao site do Detran. No ícone “CNH” (no centro da página do site), o interessado clica e logo é direcionado para uma nova aba onde são solicitados os números do CPF e do Registro da CNH. Após preencher os dados, é necessário marcar a opção “não sou robô” e clicar em seguida no botão “consultar”. Na sequência, o usuário estará na página de acesso as suas informações, onde é possível escolher a opção “Renovação de CNH”.

Após consultar as taxas de renovação, o usuário é direcionado a uma clínica médica para o agendamento da captura de imagem e das impressões digitais do condutor, digitalização dos documentos pessoais, como também o exame clínico. Sendo aprovado e quitada as taxas, o condutor recebe a CNH no endereço residencial cadastrado no sistema do Detran.


05/07/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Saúde

‘É meu dever’, diz 1ª brasileira a testar vacina contra Covid-19

No dia 20 de junho, a coordenadora de odontologia do Hospital São Paulo Denise Abranches deixou seu trabalho e foi direto para o Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais, mais conhecido como CRIE, localizado no 770 da Borges Lagoa.

Lá, ela inseriu seu nome entre os 2 mil voluntários entre São Paulo e Rio de Janeiro para a testagem da vacina de Oxford contra a covid-19. Quarenta e sete anos, profissional da área da saúde e sem anticorpos para a doença, estava dentro do perfil buscado. Dez dias depois, seu nome entrou para a história como a primeira voluntária brasileira a receber a possível imunização contra a pandemia.

“É meu dever como profissional de saúde contribuir com a ciência e trazer essa segurança para a população”, explica a cirurgiã-dentista, que atua na UTI do Hospital São Paulo na redução de patógenos durante a intubação de pacientes. O contato direto com a saliva infectada a expõe diariamente ao risco de contrair o coronavírus.

A vacina de Oxford foi produzida com a junção de proteínas do Sars-Cov-2 e o adenovírus inativado. Na terceira e última fase de testes, a ideia é descobrir se a vacina produz uma resposta de memória imunológica nos pacientes testados. Em outras palavras, no organismo da cirurgiã pode estar circulando uma das possíveis saídas para a maior pandemia do século. Por se tratar de um estudo randômico, Denise não sabe se está de fato imunizada ou se recebeu um placebo. O sorteio e o senso de responsabilidade não lhe rendem preocupações.

“Confio plenamente no trabalho da Prof. Dra. Lily Yin Weckx, médica e referência internacional em imunizações. O estudo de Oxford veio muito por ela. Sei o quanto ela representa na pesquisa e no mundo universitário. Antes de tudo, sou uma admiradora”, relata Denise, que possui um diário eletrônico para alimentar informações sobre temperatura e sintomas corporais, além da equipe do Hospital à disposição. Por ora, nenhuma reação adversa. Já nas batalhas rotineiras, Denise se define como “apenas um instrumento em uma orquestra”.

“A luta contra a pandemia tem proporcionado momentos difíceis não só para os profissionais da saúde. É uma doação de todas as categorias: os profissionais administrativos, secretárias, diretores, profissionais da limpeza, cozinheiros. Não temos escolha senão cuidar do paciente dentro de todas as circunstâncias. Estamos falando de um vírus que não bateu na porta, arrombou”, desabafa a cirurgiã, que há meses não tem contato direto com a família, em especial a mãe, que também atuou na área da saúde como enfermeira por 32 anos. De acordo com Denise, o apoio da família para a testagem também foi incondicional.

“Tem 4 meses que não a vejo , mas vivi minha vida inteira com minha mãe dentro de um hospital. Minha família sempre teve uma consciência social imensa e muito alinhada comigo.”

Enquanto os resultados das testagens não se confirmam, a vida vai seguindo dentro do novo normal. “Temos que manter as mesmas disciplinas de biossegurança”, explica ela. “Usar a máscara e lavar as mãos, por exemplo, continuam sendo um atos de amor e um símbolo da guerra contra o vírus.


03/07/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Policial, Política

CORRUPÇÃO: Senador José Serra (PSDB) e filha são denunciados por lavagem de dinheiro

A Operação Lava Jato em São Paulo denunciou, nesta sexta-feira (3), o senador José Serra (PSDB) e a filha dele, Verônica Allende Serra, por corrupção. A Polícia Federal cumpre oito mandados de busca e apreensão em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Segundo informações do Ministério Público Federal (MPF), a Operação Revoada apura o funcionamento de um esquema de lavagem de dinheiro no exterior, em favor de agentes políticos e outros operadores.

A denúncia indica que, entre 2006 e 2007, José Serra se aproveitou de seu cargo e influência política para receber, da Odebrecht, pagamentos indevidos em troca de benefícios relacionados às obras do Rodoanel Sul. Milhões de reais foram pagos pela empreiteira por meio de uma sofisticada rede de offshores no exterior.

As investigações mostram que o empresário José Amaro Pinto Ramos e Verônica Serra constituíram empresas no exterior, ocultando seus nomes. Por meio delas, os dois receberam os pagamentos que a Odebrecht destinou ao então governador de São Paulo.

Segundo o colunista da CNN Igor Gadelha, os advogados de José Serra ainda tentam ter acesso ao inquérito que baseou a denúncia. Segundo interlocutores do parlamentar, por causa da pandemia do novo coronavírus, o documento estaria na casa do delegado que comandou a investigação.

Eles realizaram diversas transferêcias para dissimular a origem do dinheiro e o manteve em uma conta de offshore controlada, de maneira oculta, por Verônica até o fim de 2014, quando foram transferidos para outra conta de titularidade também oculta, na Suíça.

Até agora, a força-tarefa já detectou que podem ter sido lavados dezenas de milhões de reais ao longo dos últimos anos. Com as provas colhidas até o momento, o MPF obteve autorização na Justiça Federal para o bloqueio de cerca de R$ 40 milhoes em uma conta na Suíça. As investigações seguem em sigilo.

Em nota, a Odebrecht disse que “está comprometida com atuação ética, íntegra e transparente, colabora com a Justiça de forma permanente e eficaz para esclarecer fatos do passado”.

O PSDB afirmou em sua conta no Twitter que “acredita no sistema judicial do país e defende as apurações na utilização de recursos públicos”, mas destacou “que confia na história do senador José Serra e nos devidos esclarecimentos dos fatos”.

Serra não está em sua residência na capital paulista. Ao colunista da CNN Igor Gadelha, interlocutores do senador informaram que o tucano se isolou com a família em uma casa no interior Bahia desde o início da pandemia de Covid-19.

Um dos mandados é cumprido nesta sexta em um endereço na Vila Nova Conceição, bairro nobre da capital paulista. No RJ, os policiais estão no bairro do Leblon, zona sul da capital fluminense. Até o momento, não há informações sobre mandados de prisão sendo cumpridos.

CNN Brasil


02/07/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Eleições

No Brasil, Congresso Nacional adia as eleições para novembro

O Congresso Nacional aprovou uma proposta de emenda à Constituição (PEC) que altera as datas do calendário eleitoral deste ano em razão da pandemia do novo coronavírus. O calendário inicial, definido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em dezembro do ano passado, previa o primeiro turno em 4 de outubro, e o segundo, em 25 de outubro. A PEC aprovada pelo Congresso adia o primeiro turno para 15 de novembro, e o segundo, para 29 de novembro.

O adiamento foi debatido pelo Congresso em audiências com especialistas e integrantes do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Veja abaixo as datas do calendário eleitoral deste ano:

  • a partir de 11 de agosto: emissoras ficam proibidas de transmitir programa apresentado ou comentado por pré-candidato, sob pena de cancelamento do registro do beneficiário;
  • 31 de agosto a 16 de setembro: período destinado às convenções partidárias e à definição sobre coligações;
  • 26 de setembro: prazo para registro das candidaturas;
  • a partir de 26 de setembro: prazo para que a Justiça Eleitoral convoque partidos e representação das emissoras de rádio e TV para elaborarem plano de mídia;
  • após 26 de setembro: início da propaganda eleitoral, também na internet;
  • 27 de outubro: prazo para partidos políticos, coligações e candidatos divulgarem relatório discriminando as transferências do Fundo Partidário e do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (Fundo Eleitoral), os recursos em dinheiro e os estimáveis em dinheiro recebidos, bem como os gastos realizados;
  • 15 de novembro: primeiro turno da eleição;
  • 29 de novembro: segundo turno da eleição;
  • até 15 de dezembro: para o encaminhamento à Justiça Eleitoral do conjunto das prestações de contas de campanha dos candidatos e dos partidos políticos, relativamente ao primeiro turno e, onde houver, ao segundo turno das eleições;
  • até 18 de dezembro: será realizada a diplomação dos candidatos eleitos em todo país, salvo nos casos em que as eleições ainda não tiverem sido realizadas.


02/07/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Educação

MEC divulga diretrizes para volta às aulas presenciais, mas não estabelece data para o retorno

O Ministério da Educação (MEC) anunciou nessa quarta-feira (1°) diretrizes para a volta às aulas presenciais. Entre elas, estão uso de máscaras, distanciamento social de 1,5 metro, estímulo a reuniões on-line e afastamento de profissionais que estejam em grupos de risco (veja mais abaixo).

Apesar da divulgação do documento, ainda não há uma data prevista para a volta às aulas presenciais em todo o país – essas atividades estão suspensas desde março. Segundo o balanço do MEC, entre as 69 universidades federais, 54 estão com atividades suspensas, 5 com atividades parciais e 10 com atividades remotas. O monitoramento pode ser visto no site http://portal.mec.gov.br/coronavirus/


01/07/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Tempo

No Rio Grande do Sul, ciclone deixa cidades sem luz e destelha casas

chuva e o vento forte, provocados pelo ciclone bomba, deixaram estragos e moradores sem luz no Rio Grande do Sul. Às 8h desta quarta-feira (1), quase 900 mil residências estavam sem energia no estado.

Pela RGE, são 145 mil clientes com o fornecimento prejudicado em toda a área de concessão.

Pela CEEE, o número de clientes sem energia subiu para 750 mil. As regiões mais afetadas são o Litoral Norte (310 mil clientes sem fornecimento) e Metropolitana (303 mil, incluindo a Capital).

Estão sendo registradas rajadas de vento fortes, próximo dos 100km/h.

Leia mais : https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2020/07/01/chuva-e-vento-forte-provocam-estragos-e-falta-de-luz-em-cidades-do-rs.ghtml


01/07/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Tempo

O que é um ‘ciclone bomba’, que está causando estragos no Sul do país

Um fenômeno chamado “ciclone bomba” causou diversos estragos no Sul do país na noite dessa terça-feira (30), além de matar ao menos dez pessoas. Ainda nesta quarta (1º), os efeitos dele podem atingir estados do Sudeste e chegar até mesmo na Bahia, segundo a Marinha.

Ciclone é um termo genérico usado para descrever o fenômeno que se forma a partir de um sistema de baixa pressão (quando há muitas nuvens e chuvas), em regiões tropicais e subtropicais.

Já o “ciclone bomba” é formado quando há uma queda expressiva da pressão atmosférica em um intervalo de 24 horas. De acordo com o Climatempo, o fenômeno causa ventos muito fortes e acaba deixando o mar mais agitado, já que nessa situação há menos força do ar sobre a superfície da água, elevando a altura das ondas e o risco de ressaca.

Apesar de assustar a população com a força dos ventos, a ocorrência é “relativamente comum” para esta época, segundo o meteorologista do Climatempo André Madeira. “São relativamente comuns nesta época do ano, e ocorrem aqui, no litoral do país, na região Sul, principalmente entre maio e setembro. São áreas de baixa pressão que, geralmente, se formam associados à uma frente fria”, disse ele.

Segundo o Climatempo, a previsão para esta quarta (1º) é que a pressão do ar caia ainda mais e os ventos cheguem a 80 km/h na região Sul, e até 100 km/h em algumas cidades do sul e do leste do Rio Grande do Sul.

Em Santa Catarina, a Defesa Civil informou que ainda deve haver fortes rajadas de vento, de mais de 100 km/h durante a tarde. O mar continua agitado e pode ter ondas que superem quatro metros de altura. Após passagem do ciclone, uma onda de frio vai derrubar as temperaturas máximas e mínimas no estado até sábado (4).

A cidade de São Paulo amanheceu com temperaturas amenas nesta quarta e o dia deve seguir nublado, de acordo com informações do Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas da Prefeitura de SP. Na quinta, o ar seco de origem polar ganha força e os termômetros podem cair a 8ºC durante a manhã.

CNN Brasil


28/06/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Educação, Política

“Mentira acima de tudo”: Reitor de universidade da Argentina nega que Decotelli tenha doutorado na instituição

Nesta sexta-feira (26), o reitor da Universidade Nacional de Rosário, na Argentina, Franco Bartolacci, negou, em postagem no Twitter, que o professor Carlos Alberto Decotelli da Silva, recém-nomeado ministro da Educação no Governo Bolsonaro, tenha doutorado na instituição.

“Precisamos esclarecer que Carlos Alberto Decotelli da Silva não obteve na Universidade Nacional de Rosário o título de doutor mencionado neste comunicado”, escreveu Bartolacci, compartilhando, ao mesmo tempo, o anúncio que o presidente Jair Bonsonaro fez na quinta-feira (25), em seu Twitter, informando a nomeação do novo ministro.

“Decotelli é bacharel em Ciências Econômicas pela UERJ, Mestre pela FGV, Doutor pela Universidade de Rosário, Argentina e Pós-Doutor pela Universidade de Wuppertal, na Alemanha”, escreveu Bolsonaro.




Facebook


Twitter