14/04/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Saúde

Segundo dados do Ministério da Saúde, Brasil tem 1,3 mil mortes e 23,4 mil casos confirmados de Covid-19

O número de mortes decorrentes do novo coronavírus (covid-19) subiu para 1.328, um acréscimo de 105 óbitos nas últimas 24 horas. A nova totalização foi divulgada pelo Ministério da Saúde hoje (13). O resultado marca um aumento de 9% em relação a ontem.

São Paulo concentra o maior número de casos (8.895) e de mortes (608), com mais da metade do total contabilizado na atualização. Em seguida, os estados com os maiores números de mortes são Rio de Janeiro (188), Pernambuco (102), Ceará (91) e Amazonas (71).

Além disso, foram registradas mortes no Paraná (31), Maranhão (27), Santa Catarina (24), Minas Gerais (23), Bahia (22), Rio Grande do Norte (17), Rio Grande do Sul (16), Distrito Federal (15), Pará (15), Espírito Santo (14), Goiás (15), Paraíba (13), Piauí (8), Amapá (5), Sergipe (4), Mato Grosso do Sul (4), Mato Grosso (4), Alagoas (3), Acre (3), e Roraima (3) Rondônia (2). Tocantins é o único estado onde ainda não houve morte.

Já o número de casos no país somou 23.430. O número representa um crescimento de 6% em relação a ontem, quando o balanço do Ministério da Saúde marcou 22.169. A taxa de letalidade do país ficou em 5,7%.


14/04/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Saúde

Morre o primeiro funcionário de TV vítima do novo coronavírus

O editor de vídeo do SBT José Augusto Nascimento Silva, de 57 anos, morreu nesta segunda-feira (13) vítima do novo coronavírus, de acordo com informações do ‘NaTelinha’.

Segundo a reportagem, ele estava internado há mais de duas semanas em estado grave no Hospital Badim, na Tijuca, no Rio de Janeiro.

Na última sexta-feira (10) a vítima teve uma parada cardiorrespiratória e foi levado para a UTI. Ele estava com suspeita de coronavírus e o exame realizado deu positivo para a Covid-19, colocando-o no grupo de pessoas que morreram com a doença.

Com mais de 30 anos de SBT, ele é o primeiro profissional da imprensa brasileira a falecer.


14/04/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Economia

Receita explica como pedir regularização de CPF por e-mail

Mais de 430 servidores da Receita Federal participaram, entre os dias 10 e 12 de abril, de um mutirão de regularização de CPF no estado de São Paulo. Juntos, eles responderam a mais de 36 mil mensagens enviadas por contribuintes para uma caixa postal eletrônica criada exclusivamente para atender a demandas relacionadas ao CPF, informou a Receita Federal.

O e-mail corporativo começou a funcionar no dia 19 de março para evitar que os contribuintes saíssem de casa durante a pandemia da covid-19. A procura pelo serviço aumentou nos últimos dias por conta do cadastro para o Auxílio Emergencial oferecido pelo governo federal em decorrência da crise causada pela situação de emergência. Um dos requisitos para o recebimento do benefício é a regularidade cadastral no CPF.

Além do mutirão, a Receita Federal finalizou, no sábado, o processamento dos CPFs com pendências de natureza eleitoral nas bases administradas pela Instituição.

Após a regularização na Receita Federal, o usuário deve aguardar a atualização do CPF na base de dados do aplicativo da Caixa Econômica Federal.

Para o contribuinte que ainda estiver com problemas relativos ao CPF no cadastro do Auxílio Emergencial, a Receita Federal orienta que, preliminarmente, o cidadão acesse novamente o aplicativo da Caixa, em diferentes períodos do dia, buscando seu cadastramento, pois a habilitação pode não ser possível na primeira tentativa.

Persistindo a impossibilidade na habilitação por pendência no CPF no aplicativo da Caixa, verifique se o seu CPF encontra-se na situação “Regular” por meio da consulta no site da Receita Federal na Internet.

Se o CPF estiver regular, qualquer restrição apresentada pelo aplicativo Caixa – Auxílio Emergencial não deve estar relacionada a uma pendência com a Receita Federal.

A Receita diz ainda que é importante que o cidadão verifique, no ato do preenchimento do aplicativo Caixa – Auxílio Emergencial, se o seu nome, o de sua mãe e sua data de nascimento coincidem com os dados constantes na base da Receita Federal.

Caso o cidadão confirme que tenha a necessidade de regularizar dados do CPF, isso poderá ser feito gratuitamente pelo site da Receita Federal na Internet pelas seguintes opções:

– preferencialmente pelo formulário eletrônico “Alteração de Dados Cadastrais no CPF”;

– Pelo chat RFB.

Para os casos em que não for possível regularizar pelo site, o atendimento poderá ser efetuado via e-mail corporativo da Receita Federal ou presencialmente em uma das unidades da Receita.

No caso do e-mail corporativo, o cidadão deve enviar a mensagem com o pedido de regularização com documentos anexados (a lista está no site da Receita).

Jurisdição por estado e respectivos e-mails corporativos:

1ª Região Fiscal (DF, GO, MT, MS e TO) – atendimentorfb.01@rfb.gov.br

2ª Região Fiscal (AC, AM, AP, PA, RO e RR) – atendimentorfb.02@rfb.gov.br

3ª Região Fiscal (CE, MA e PI) – atendimentorfb.03@rfb.gov.br

4ª Região Fiscal (AL, PB, PE e RN) – atendimentorfb.04@rfb.gov.br

5ª Região Fiscal (BA e SE) – atendimentorfb.05@rfb.gov.br

6ª Região Fiscal (MG) – atendimentorfb.06@rfb.gov.br

7ª Região Fiscal (ES e RJ) – atendimentorfb.07@rfb.gov.br

8ª Região Fiscal (SP) – atendimentorfb.08@rfb.gov.br

9ª Região Fiscal (PR e SC) – atendimentorfb.09@rfb.gov.br

10ª Região Fiscal (RS) – atendimentorfb.10@rfb.gov.br


13/04/2020
Por Edilson Silva em Brasil

Morre aos 72 anos cantor baiano Moraes Moreira

O cantor baiano Moraes Moreira morreu nesta segunda-feira (13) no Rio de Janeiro. Segundo o Blog do Marromque informou em primeira mão a notícia, o também cantor e compositor Paulinho Boca de Cantor confirmou a informação. Muito emocionado, Paulinho mal conseguia falar e contou que ele faleceu durante o sono.

A causa da morte de Moraes ainda não foi informada. Também não há informação sobre quando e onde será o sepultamento. Ele estava em sua casa, na Gávea, ao falecer – ele vivia sozinho e já foi encontrado morto. O cantor deixa dois filhos, o também músico Davi Moraes e Maria Cecília, e dois netos, Alice e Francisco.

Em janeiro, o cantor fez um show no Pelourinho, ao lado do filho. Sentado durante a apresentação, já parecia estar debilitado. Em fevereiro, no Carnaval, voltou a se apresentar no Pelô. “Eu já passei por tantos carnavais aqui na Bahia e o povo no chão  pedia para a gente cantar. E hoje em dia o  trio elétrico é essa loucura toda”, disse. “Aqui, no Pelourinho, se forma. Viva o Pelourinho!”.


13/04/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Saúde

Brasil tem 22,1 mil casos de covid-19; mortes chegam a 1,2 mil, números são do Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde divulgou, na tarde de hoje (12), os números atualizados do novo coronavírus. De acordo com a pasta, o número de infectados é de 22.169. Isso representa um aumento de 1.442 casos em relação ao balanço divulgado ontem (11).

O número de mortes chegou a 1.223. A taxa de letalidade do vírus vem crescendo no Brasil e chegou a 5,5%.

O estado de São Paulo ainda concentra o maior número tanto de casos (8.755) quanto de mortes (588). O Rio de Janeiro continua sendo o segundo estado com mais registros de contaminação. São 2.855 casos e 170 mortes. Na Região Norte, o Amazonas concentra o maior número de casos, com 1.206 e 62 mortes.

Na Região nordeste, o Ceará se destaca, com 1.676 casos e 74 mortes. No Centro-Oeste, o Distrito Federal tem o maior número de casos, muito à frente dos demais, com 614 casos e 14 mortes. Os estados do Sul do Brasil apresentam um número de casos mais parelho. Santa Catarina é o estado da região com mais casos, 768, e o Rio Grande do Sul é estado com menos, 653. O Paraná tem o maior número de mortes do estado, 30, e 738 casos.

A evolução no número de casos notificados, bem como de mortes, oscila. Da última sexta-feira (10) para ontem (11), 68 novas mortes foram confirmadas.

Do sábado (11) para o domingo (12), foram 99 novas mortes. O pico de evolução de mortes de um dia para o outro foi no dia 9 de abril, que registrou 141 novas mortes em relação ao dia anterior. Em relação aos casos notificados, o pico foi no dia 8 de abril, quando 2.210 novos casos foram confirmados.


13/04/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Saúde

Tenente Ananias registra 2ª morte por Covid-19; RN tem 16 óbitos

A Prefeitura de Tenente Ananias divulgou na tarde deste domingo (12) o registro da segunda morte por Covid-19 no município. Não foram divulgados detalhes sobre a vítima.

O primeiro registro no município aconteceu no dia 29 de março. O caso é o de uma idosa de 93 anos.

Com o novo registro, sobe para 16 o número de mortes causadas por coronavírus em território potiguar.

O Rio Grande do Norte tem 304 casos confirmados da infecção provocada pelo novo coronavírus (Covid-19), segundo boletim da Secretaria de saúde Pública do Estado (Sesap), divulgado na tarde deste domingo (12).

 MORTES

Até o momento, o RN registra 16 mortes por coronavírus. Neste sábado, a Sesap anunciou dois novos óbitos por causa da infecção, dentre eles, o de uma criança, de um ano e sete meses, em Cerro Corá.

As mortes registradas aconteceram nos seguintes municípios:

  • Mossoró: 6 óbitos
  • Natal: 4 óbitos
  • São Gonçalo do Amarante: 1 óbito
  • Taipu: 1 óbito
  • Tenente Ananias: 2 óbitos
  • Apodi: 1 óbito
  • Cerro Corá: 1 óbito
  • Total: 16 óbitos

 Fonte: Agora RN


13/04/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Saúde

Cristo Redentor ‘veste’ jaleco para homenagear profissionais da saúde

O Cristo Redentor se ‘vestiu’ de médico durante uma celebração neste domingo de Páscoa (12), no Rio de Janeiro. Na cerimônia, além do jaleco, foram projetadas fotos de profissionais da saúde, para homenagear os trabalhadores que têm se dedicado tanto no combate à pandemia de COVID-19.

No local, foi celebrada também a Consagração do Brasil pelo arcebispo do Rio de Janeiro, cardeal Orani João Tempesta. O evento só havia sido realizado uma vez, em 1931, durante a inauguração do Cristo Redentor.

O Brasil já registra 22.169 casos confirmados de coronavírus, com 1.223 mortes.


13/04/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Pernambuco, Saúde

Presidente da Câmara de São Lourenço da Mata tem morte confirmada por Covid-19

O vereador Cícero Pinheiro (PTB), presidente da Câmara Municipal de São Lourenço da Mata, no Grande Recife, teve a morte confirmada pelo novo coronavírus no boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde neste domingo (12). Além de Pinheiro, outras 12 mortes foram confirmadas e Pernambuco chegou a 85 óbitos por Covid-19 e 960 casos confirmados.

O político morreu na sexta-feira (10), após três dias internado no Hospital da Polícia Militar. Na nota divulgada no sábado (11), a Polícia Militar já havia informado que ele tinha “quadro clínico compatível com Covid-19”, mas que ainda era aguardado o resultado do exame.

O vereador foi para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na quinta-feira (9). Pinheiro, que era policial militar da reserva, tinha 42 anos e deixou esposa e três filhos. Segundo a assessoria do político, ele era diabético e hipertenso.

O prefeito de São Lourenço da Mata, Bruno Pereira (PTB), decretou luto de sete dias na cidade, contando a partir do sábado (11).

Waldiney Passos


12/04/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Economia

Tarifa Social de Energia da Cosern poderá ser solicitada pelo Whatsapp

Ficará mais fácil solicitar o benefício da Tarifa Social de Energia junto à Cosern a partir da próxima segunda-feira (13). As famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, com renda mensal por pessoa menor ou igual a meio salário mínimo nacional, poderão fazer o credenciamento no WhatsApp da Cosern (84) 3215-6001 a partir da próxima segunda-feira (13).

Será muito simples: bastará informar, no aplicativo de mensagens, o número da conta contrato da Cosern, o Número de Identificação Social (NIS), RG e CPF. A distribuidora de energia fará a confirmação no banco de dados do Governo Federal.

Após a confirmação dos dados, o prazo para inclusão na Tarifa Social de Energia é de até cinco dias úteis e o cliente passa a ter o benefício, de acordo com o próximo ciclo de leitura.

Para o beneficiário que não é o titular da conta contrato da Cosern será necessário a inclusão do CPF e do RG do portador do NIS. Nesse caso, é necessário fotografar a documentação e enviar pelo WhatsApp, juntamente com o número do NIS.

O que é Tarifa Social de Energia Elétrica?

Benefício criado pelo Governo Federal para as residências de famílias com baixa renda. Consiste na redução da tarifa de consumo de energia elétrica em até 65% e para indígenas e quilombolas em até 100%. O benefício é regulamentado pela Lei 12.212, de 20 de janeiro de 2010.

Quem tem o direito à Tarifa Social de Energia?

Toda Unidade Consumidora Residencial com família inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. É necessário possuir NIS – Número de Identificação Social, e ter renda familiar mensal por pessoa menor ou igual a meio salário mínimo nacional, independentemente de possuir ou não o benefício do Bolsa Família.


12/04/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Saúde

Brasil chega a 1.140 mortes por coronavírus e tem quase 21 mil casos confirmados

As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até as 19h40 deste sábado (11), 20.962 casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil, com 1.140 mortes pela Covid-19. O balanço mais recente do Ministério da Saúde, divulgado neste sábado (11), aponta 20.727 casos confirmados e 1.124 mortes. Um novo balanço deve ser informado pelo ministério na tarde deste sábado (11).

São Paulo e Rio de Janeiro são os estados com maior número de casos confirmados e mortes provocadas pela doença. O primeiro tem 8.419 casos e 560 mortos e, o segundo, 2.607 e 155. Amazonas chegou a 1.050 infectados e 53 mortos. Pernambuco tem 72 mortes e 816 casos confirmados do novo coronavírus. O Ceará registrou, ao todo, 1.582 casos de Covid-19. Em Minas, o número de casos confirmados da doença subiu de 698 para 750. E em Mato Grosso do Sul, de 97 para 100. A Bahia tem 21 mortes e 635 infectados.

O Espírito Santo registrou a nona morte pela doença. Trata-se de um homem de 82 anos, morador da Serra, com comorbidade, e que estava internado no Hospital Jayme Santos Neves. Goiás chegou a 209 casos e 10 mortes. O Rio Grande do Norte registra 289 casos e 13 fatalidades e o Paraná já conta 27 mortes. O Amapá confirmou a terceira morte em decorrência da Covid-19, um homem de 57 anos. A Bahia registrou a 21ª morte.


11/04/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Saúde

Embaixador pede que alemães deixem o Brasil

O embaixador da Alemanha no Brasil, Georg Witschel, pediu que os cidadãos do país europeu que estejam em viagem pelo Brasil voltem o mais rapidamente possível para a casa. Em uma carta publicada na quinta-feira (9) no site da Embaixada, o diplomata pede urgência no retorno. “É sua responsabilidade deixar o país agora e voltar para a Alemanha”, escreveu Witschel.

No comunicado, o representante alemão cita a escalada de casos graves e de mortes, e o temor de que a situação se agrave rapidamente. O texto diz ainda que, em alguns estados brasileiros, os sistemas de saúde já estão sobrecarregados.


11/04/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Saúde

Índio yanomami de 15 anos morre em Roraima após 6 dias na UTI

O adolescente da etnia Yanomami, de 15 anos, que estava infectado pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2) em Roraima, morreu na noite de quinta-feira (9). Esta é a terceira morte confirmada no estado pela Covid-19. A informação foi divulgada pelo Distrito Sanitário Especial Yanomani (Dsei-Y) e confirmada pela secretaria de Comunicação do governo estadual.

O garoto se chamava Alvanei Xirixana e estava internado na UTI do Hospital Geral de Roraima (HGR), em Boa Vista, desde o dia 3 de abril. O primeiro exame deu negativo e doença só foi confirmada com contraprova. Ele chegou ao hospital com falta de ar, dor no peito, febre e dor de garganta. O primeiro exame coletado do adolescente deu negativo para a doença. A confirmação, no entanto, saiu após a contraprova.


11/04/2020
Por Edilson Silva em Brasil

Empresário que deu tapa na cara de mendigo é tesoureiro do PSL; Partido expulsa

O empresário Adonias Correia de Santana, 43 anos, conhecido como ‘Tiririca’, atua como tesoureiro do Partido Social Liberal (PSL) na cidade de Tabaporã (674 km de Cuiabá) e teve a expulsão encaminhada pela legenda após aparecer agredindo um morador de rua em Sinop (a 500 km de Cuiabá).

Adonias atua no ramo madeireiro. Ele atraiu o pedinte com dinheiro de dentro de uma Hilux e o agrediu com um tapa na cara. O amigo que conduzia a caminhonete, identificado como Hildebrando José Paes dos Santos, filmou toda a ação e o vídeo viralizou na internet.

Aécio Rodrigues, presidente do PSL em Mato Grosso, disse ao  que a atitude de Adonias foi covarde.

“Assim que ficou sabendo, a Executiva Municipal tomou providências em relação a esse ato covarde”.

Adonias era ‘militante fiel’ e ostentava várias fotos com lideranças partidárias da região Norte do Estado, como o deputado federal Nelson Barbudo (PSL). Tais fotos vêm sendo compartilhadas junto ao vídeo em que ele aparece agredindo o morador de rua.

Para Aécio, a ação repercute de forma negativa no partido, mas não foi um ato “partidário”.

“Pode ser que repercuta de maneira ruim, mas não é um ato que venha a ser partidário ou uma questão de política. Foi covarde e não aceitamos esse tipo de atitude. Se não fosse pela Executiva Municipal nós tomariamos essa medida”.

Conforme noticiado pelo , um boletim de ocorrência foi registrado na delegacia de Sinop e o caso é investigado pela Polícia Civil.

O empresário atraiu o morador de rua, que pedia comida, com dinheiro e o agrediu, mandando ele ir trabalhar.


11/04/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Política

Bolsonaro é denunciado por superfaturamento de combustível

O Supremo Tribunal Federal recebeu nesta quarta-feira (8/4) pedido de admissão de notícia-crime contra o presidente Jair Bolsonaro por superfaturamento em reembolsos da verba de combustível a que tinha direito enquanto deputado federal. O documento foi enviado pelo advogado criminalista Sidney Duran Gonçalez.

A notícia-crime é baseada em denúncia feita pelo jornalista Lúcio de Castro e publicada no site Agência Sportilight. Segundo a reportagem, o então deputado federal gastou em média R$ 4,1 mil em 11 idas a dois postos de gasolina do Rio de Janeiro entre janeiro de 2009 e fevereiro de 2011.

O cruzamento de dados públicos do Congresso e as notas fiscais de abastecimento enviadas por Bolsonaro à Câmara dos Deputados, segundo a reportagem, mostra que Bolsonaro abasteceu em dois postos diferentes no mesmo dia, apesar dos muitos litros comprados, e que abasteceu no Rio de Janeiro mesmo quando registrou presença em Brasília.

A verba indenizatória para combustível foi instituída em 2001, mas desde 2009 não está previsto o reembolso para assessores parlamentares. Por conta disso, o pedido para que o Supremo aceite a notícia-crime e consequentemente intime a procuradoria-geral da República a promover o oferecimento da denúncia.

Conjur


11/04/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Saúde

Brasil tem 1.057 mortes por coronavírus; casos chegam a 19.638

Chegou a 1.057 o número de pessoas que morreram por Covid-19 no país, informa o boletim do Ministério da Saúde desta sexta (10). Ontem, eram 941 óbitos.

Os casos confirmados da doença somam 19.638, um aumento de 1.781 registros em 24 horas.

O primeiro caso identificado de Covid-19 no país ocorreu em 26 de fevereiro; o primeiro óbito foi em 17 de março.

Veja o número de casos confirmados e de mortes por unidade da federação: 

São Paulo: 8.216 casos (540 mortes)
Rio de Janeiro: 2.464 casos (147 mortes)
Ceará: 1.478 casos (55 mortes)
Amazonas: 981 casos (58 mortes)
Minas Gerais: 698 casos (17 mortes)
Santa Catarina: 693 casos (18 mortes)
Pernambuco: 684 casos (65 mortes)
Paraná: 643 casos (25 mortes)
Rio Grande do Sul: 636 casos (14 mortes)
Bahia: 604 casos (19 mortes)
Distrito Federal: 555 casos (15 mortes)
Espírito Santo: 300 casos (7 mortes)
Maranhão: 293 casos (16 mortes)
Rio Grande do Norte: 263 casos (11 mortes)
Goiás: 191 casos (8 mortes)
Pará: 170 casos (9 mortes)
Amapá: 166 casos (2 mortes)
Mato Grosso: 112 casos (2 mortes)
Mato Grosso do Sul: 97 casos (2 mortes)
Paraíba: 79 casos (11 mortes)
Acre: 70 casos (2 mortes)
Roraima: 63 casos (3 morte)
Alagoas: 45 casos (4 mortes)
Sergipe: 42 casos (4 mortes)
Piauí: 40 casos (7 mortes)
Rondônia: 32 casos (2 mortes)
Tocantins: 23 casos


10/04/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Saúde

Em 43 dias, Covid-19 matou mais que H1N1, sarampo e dengue em um ano

O Ministério da Saúde informou que, até a tarde da quarta-feira (9), o país havia registrado 800 mortes em decorrência da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Em 43 dias, o vírus fez mais vítimas fatais do que dengue, H1N1 e sarampo mataram ao longo de todo o ano de 2019.

De acordo com dados do próprio Ministério da Saúde, a dengue matou 782 mortes em 2019, enquanto que o H1N1 provocou a morte de 796 pessoas e o sarampo de mais 15.

Ainda segundo o Ministério da Saúde, 148 pessoas morreram em decorrência da dengue até o dia 28 de março deste ano, no país. Há um aumento na incidência da doença, que ao longo de 2019 teve 1.544.987 casos registrados no país, um aumento de 488% em relação ao ano anterior.


09/04/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Saúde

Professor morre mesmo após tratamento com cloroquina

O professor Valdemar Gomes vivia a expectativa de receber o diploma de doutorado em Ciências Humanas e Sociais pela UFABC. Era o assunto que ele passou a se empenhar nos últimos anos, tendo sido, inclusive, um dos fundadores do cursinho popular da PUC-SP para vestibulandos de baixa renda.

No entanto, Valdemar morreu no último domingo (5), vítima do novo coronavírus. Não teve tempo de receber seu diploma nem de se despedir da mulher, Lidia Fabiana, e dos filhos Guilherme Jorge, de 13 anos, e Letícia Aparecida, de 17.

Aos 47 anos, completados no dia 11 de março, Valdemar Gomes não tinha comorbidades que o deixariam no grupo de risco para o coronavírus. Também não fumava e mantinha uma vida movimentada com as aulas diurnas e noturnas. Por isso, a morte pegou todos de surpresa. Foram 19 dias desde a primeira consulta por causa dos sintomas até o óbito.

Logo após a morte, as redes sociais do professor foram “invadidas” por estudantes e colegas de profissão. Ele dava aula na EMEF Dona Jenny Gomes e em cursos de extensão. Negro e nascido em Miracema do Tocantins, Valdemar abordava bastante as questões raciais e lutava por igualdade.

“O que ele mais queria era entrar em uma universidade pública como professor. Por isso terminou o doutorado recentemente, o diploma até já estava pronto, mas por causa dessa pandemia não entregaram ainda”, conta a esposa, que tem 43 anos e é assistente social. Eles ficaram juntos durante 25 anos, sendo 21 casados.

Jovem Pan


09/04/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Saúde

Brasil registra 941 mortes e 17.857 infectados por coronavírus

O número de pessoas diagnosticadas com o novo coronavírus no Brasil subiu para 17.857 e o total de mortes chega a 941. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Saúde na tarde desta quinta-feira. No último balanço do governo, na quarta-feira, o total de infectados chegava a 15.927, com 800 mortes confirmadas.

A taxa de letalidade, relação entre o número de casos e o número de mortes, cresceu mais uma vez no balanço de hoje, passando para 5,3%. Ontem, esse índice era 5%.

O Globo


09/04/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Saúde

Brasil tem 141 mortes por COVID-19 em 24 horas, nº recorde; total chega a 941 óbitos

O Ministério da Saúde divulgou nesta quinta-feira (9) nova atualização do panorama da pandemia do novo coronavírus no Brasil. De acordo com o boletim, há 941 óbitos e 17.857 casos confirmados da COVID-19 no país.

No relatório de quarta-feira (8), o ministério havia reportado 800 mortes e 15.927 casos confirmados de coronavírus no país. Portanto, foram confirmadas 141 novas mortes e 1.930 novos diagnósticos da doença.

Os estados com maior número de casos são São Paulo (7.480), Rio de Janeiro (2.216) e Ceará (1.425). Na sequência, aparecem Amazonas (899), Minas Gerais (655), Rio Grande do Sul (618) e Paraná (609).

CNN Brasil


09/04/2020
Por Edilson Silva em Brasil, Saúde

SBT afasta Marcão do Povo após apresentador sugerir ‘campo de concentração’

O SBT anunciou nesta quarta-feira (8/4) o afastamento do apresentador Marcão do Povo, que comandava o Primeiro Impacto. Na edição de terça-feira do programa, Marcão sugeriu que fosse criado um “campo de concentração” para abrigar pacientes diagnosticados com o novo coronavírus.

Em nota (leia a íntegra no fim desta reportagem), a emissora disse que o apresentador expressou “uma opinião de cunho pessoal”. “Sinceramente lamentamos que o apresentador tenha usado nossa plataforma de modo que contraria tão profundamente os nossos princípios.”

Marcão chegou ao SBT em 2017, após ser demitido da Record, onde comandava a edição local do Balanço Geral no Distrito Federal, por proferir uma ofensa racista contra a cantora Ludmilla, chamando-a de “macaca”. Na emissora de Silvio Santos, o apresentador passou a comandar uma atração nacional.

A declaração sobre a criação de campos de concentração repercutiu na internet. O nome de Marcão chegou a figurar na lista dos assuntos mais comentados do país no Twitter.

Leia íntegra da nota do SBT:

“Durante a exibição do programa jornalístico Primeiro Impacto, nesta terça-feira (7), o apresentador Marcos Paulo Ribeiro de Morais, popularmente conhecido como Marcão do Povo, se utilizou do espaço em nosso jornal para expressar uma opinião de cunho pessoal que dizia respeito ao tema tão delicado que o mundo e nosso país atravessam: a Covid-19.Gostaríamos de esclarecer ao público, às autoridades, àqueles que estão na linha de frente ao combate incessante da pandemia e, em especial, às pessoas vitimadas, que de forma alguma a opinião expressada pelo apresentador reflete o pensamento, a atitude e o respeito que a emissora tem pelo momento atual. Temos total consciência da relevância do assunto e temos, a todo momento, nos preocupado em informar e esclarecer de forma isenta e imparcial os acontecimentos e as providências que as autoridades e todos brasileiros estão adotando para vencermos essa enorme crise de saúde já presente, e a econômica que se avizinha.Desta forma, sinceramente lamentamos que o apresentador tenha usado nossa plataforma de modo que contraria tão profundamente os nossos princípios. A todos que de alguma forma possam ter se ofendido ou mesmo se indignado com as opiniões pessoais do apresentador, nossas mais sinceras desculpas.Nossos profissionais de Jornalismo seguirão na dura missão de bem informar, sempre preocupados com o bem estar de todos os brasileiros.O apresentador foi suspenso de suas funções.” 




Facebook


Twitter