05/09/2019
Por Edilson Silva em Saúde

Setembro Amarelo: Pró-Vida revende camisetas para ajudar AFDM/RN

Como meio de apoiar a causa do Setembro Amarelo, mês de visibilidade a prevenção ao suicídio, o Pró-vida vai revender camisas da campanha Hospital Psiquiátrico Severino Lopes, os valores são revertidos para a Associação de amigos e familiares de doentes mentais do RN (AFDM/RN).

Quem tiver interesse deve procurar o Pró-Vida no Fórum Miguel Seabra Fagundes, localizado no 7° Andar, no ramal (84) 3616-9649. As camisas estão disponíveis nos tamanhos P, M e G.


05/09/2019
Por Edilson Silva em Saúde

Casos de sarampo no Brasil chegam a 2.753 desde junho, com 4 mortes, diz Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde anunciou nesta quarta-feira (4) que os casos de sarampo no país totalizam 2.753 desde junho, quando um novo surto da doença teve início. Os estados de São Paulo e Pernambuco, juntos, registraram 4 mortes.

Foram três mortes no estado de São Paulo, sendo duas crianças e um adulto, e uma criança no estado de Pernambuco. Além disso, 98,37% dos casos (2.708) ocorreram no estado de São Paulo.

As informações foram divulgadas pelo secretário de Vigilância em Saúde da pasta, Wanderson Kleber de Oliveira, em Brasília. Segundo ele, é importante separar os dados do surto atual daquele que ocorreu no início do ano na região Norte do país, que durou até maio.

“Esses dados são colocados separadamente, pois estamos trabalhando com surtos ativos, com cadeias ativas”, explica o secretário. Um dado consolidado, unificando os dois momentos da doença no Brasil ao longo do ano, deve ser divulgado na semana que vem.

G1


30/08/2019
Por Edilson Silva em Saúde

Ministério aproveitará Setembro Amarelo para abordar casos de suicídio

O Ministério da Saúde vai aproveitar setembro, mês de conscientização sobre a importância da prevenção do suicídio, para enfatizar a necessidade de atenção especial com o bem-estar e a saúde mental de crianças e adolescentes.

Segundo o ministro Luiz Henrique Mandetta, o foco das ações desenvolvidas pela pasta durante o Setembro Amarelo será o público jovem, no qual vem aumentando o número de casos e de tentativas de suicídio.

“Vamos focar nesta questão dos jovens, tanto na questão do suicídio quanto das tentativas, procurando alternativas de políticas públicas indutórias”, disse o ministro durante a 7ª Reunião Ordinária da Comissão Intergestores Tripartite, realizada na manhã desta quinta-feira, 29, em Brasília. Mandetta ressaltou que o aumento do suicídio entre os jovens é um fenômeno mundial que, nos últimos anos, vem causando crescente preocupação também no Brasil. Para o ministro, o problema é complexo e não pode ser compreendido ou explicado por um só fator.

“A barra está muito pesada, e isso está fazendo com que percamos muitos jovens”, afirmou o ministro, arriscando uma explicação. Segundo o ministro, os jovens brasileiros, que estão entre os que passam mais tempo conectados à internet, têm dificuldade para lidar com a confusão entre o mundo online e as exigências e frustrações cotidianas do mundo fora da rede mundial de computadores. Para Mandetta, isso gera ansiedade e enfraquece vínculos sociais. “O mundo virtual é maravilhoso, mas não condiz com a realidade. Ali, todo mundo está feliz, bem. Estamos tendo dificuldades de conviver com isto”, acrescentou Mandetta.

Agência Brasil


30/08/2019
Por Edilson Silva em Caicó, Saúde

Caicó: Profissionais do CER participam de capacitação com a Coordenação Estadual da Rede da Pessoa com Deficiência

Nos dias 29 e 30 de agosto, os profissionais que irão atuar no CER (Centro Especializado em Reabilitação) participam de uma capacitação no auditório da IV URSAP. De acordo com Marilene Soares – Coordenadora Estadual da Rede da Pessoa com Deficiência, o objetivo da capacitação é atualizar os profissionais em relação a todos os processos que são trabalhados dentro do Centro Especializado em Reabilitação, mostrar para todos eles como os outros serviços já funcionam no Estado, o que é a Rede da Pessoa com Deficiência, quais as suas finalidades, o papel desse Centro para a região de saúde e sua importância. Com isso, cada profissional vai poder ofertar um serviço de qualidade a todos os pacientes da IV Região de Saúde.

“É de grande importância, a implantação do CER em Caicó, pois a IV Região estava com um vazio assistencial muito grande para as pessoas com deficiência e tinha município que estava deslocando seus pacientes para Natal e Pau dos Ferros numa distância considerável e eles chegavam mais fragilizados do que quando saiam dos seus municípios”, disse Marilene Soares.

Ela ainda destacou que a região precisa de outros Centros de Reabilitação e está sendo feita uma reestruturação no plano e será solicitada a habilitação do CER para os municípios de Currais Novos e Parelhas.


29/08/2019
Por Edilson Silva em Saúde

Brasil registra 2,3 mil casos de sarampo

Segundo boletim epidemiológico do Ministério da Saúde divulgado hoje (28/08), há 2.331 casos confirmados de sarampo no país nos últimos três meses. O número representa um aumento de 38,75% em relação ao último levantamento. Ainda conforme esse balanço, foram descartados 1.294 casos suspeitos, enquanto 10.855 seguem em investigação por secretarias de saúde.

Esta semana, a primeira morte provocada pela doença foi confirmada em São Paulo. Diante da evolução do surto no país, a pasta anunciou, em Brasília, a aquisição de mais 18,7 milhões de doses de vacina contra o sarampo e reiterou a intensificação da imunização com foco em crianças e adultos jovens, além de informar ações adotadas diante da disseminação do vírus.

São Paulo é o epicentro do surto, onde foram confirmados uma morte e 2.299 casos – 98% do total. Em seguida, vêm Rio de Janeiro (12), Pernambuco (5), Santa Catarina (4) e Distrito Federal (3), além de oito estados com um caso cada: Bahia, Paraná, Maranhão, Rio Grande do Norte, Espírito Santo, Sergipe, Goiás e Piauí. Os registros se distribuem em 87 municípios dessas unidades federativas.

*com informações da Agência Brasil


22/08/2019
Por Edilson Silva em Saúde

Vacinação contra Sarampo começa em todo país

A partir desta quinta-feira dia (22), as crianças de seis meses a menores de 1 ano devem ser vacinadas contra o sarampo em todo o país. Segundo o Ministério da Saúde, a vacinação é preventiva e deve alcançar 1 milhão e 400 mil crianças, que não receberam a dose extra, chamada de dose zero, além das previstas no Calendário Nacional de Vacinação, aos 12 e 15 meses.

A pasta enviará 1,6 milhão de doses a mais para os estados. O objetivo é intensificar a vacinação desse público-alvo, que é mais suscetível a casos graves e óbitos. A medida é uma resposta imediata do ministério devido ao aumento de casos da doença.


18/08/2019
Por Edilson Silva em Paraíba, Saúde

HU confirma mais dois casos de malária na Paraíba; agora são 16

O Hospital Universitário Lauro Wanderley, em João Pessoa, confirmou no final da tarde desta sexta-feira (16) mais dois casos de malária. De acordo com a unidade de saúde, duas mulheres residentes do mesmo bairro, Nova Canaã, localizado no município do Conde, foram hospitalizadas juntas há cinco dias.

Ainda segundo o HU, uma das pacientes, de 81 anos, teve o quadro agravado um dia após a internação e precisou ser encaminhada para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ela obteve melhora nesta sexta (16) e retornou para a Unidade de Doenças Infecciosas e Parasitárias (DIP).

Já a segunda paciente, de 27 anos, tem o estado de saúde considerado estável. As vítimas estão recebendo o tratamento contra a malária.

Esses são os 15º e 16º casos de malária registrados na Paraíba, sendo todas as vítimas residentes do Conde. Além deles, uma venezuelana, de 51 anos, também precisou receber tratamento no HULW. Esse caso, especificamente, é notificado como importado, uma vez em vista que ela não contraiu a doença no Estado.


16/08/2019
Por Edilson Silva em Jucurutu, Saúde

Jucurutu: Prefeito Valdir realiza entrega de tablets aos Agentes Comunitários de Saúde

O prefeito Valdir Medeiros e a Secretária de Saúde, Elma Gabriela, entregaram na manhã desta sexta, 16 tablets aos Agentes Comunitários da Saúde (ACS), para utilização no dia a dia de trabalho. Na ocasião estiveram presentes a diretora de Atenção Básica Ilany Kelle, e o técnico Matheus, juntamente com o diretor do CONACS.

Com a implantação dos Tablets, que contêm o aplicativo com o sistema de Atenção Básica, será alimentando pelos próprios agentes durante as visitas, facilitando o trabalho que antes era feito manualmente. Esse recurso aumentará a produtividade das equipes e a qualidade do atendimento à população”, concluiu o prefeito Valdir.


14/08/2019
Por Edilson Silva em RN, Saúde

Exame confirma primeiro caso de criança com sarampo no RN em 2019

Uma criança de 1 ano e seis meses foi diagnosticada com sarampo no hospital Maria Alice Fernandes, na Zona Norte de Natal, nesta terça-feira. Trata-se de uma menina que, segundo informações preliminares, mora em um sítio no município de Tibau do Sul, a 79 quilômetros da capital.

Quando ela chegou ao Maria Alice, no domingo (11), já tinha febre há quatro dias. Na segunda-feira (12) foram colhidas as amostras para exame. Nesta terça-feira (13), o resultado confirmou que se trata de um caso de sarampo. A vacinação da criança estaria atrasada.

Ela apresentava febre, tosse seca, erupções vermelhas na pele, mais conjuntivite com secreção e lacrimejamento. Uma equipe da Secretaria de Saúde do RN (Sesap) foi acionada e se dirigiu ao hospital na terça-feira à noite.

A ideia inicial é promover um bloqueio vacinal em todos que tiveram contato com a paciente e não têm as duas doses contra o sarampo. Isso inclui todos os funcionários da unidade. Esse é o primeiro caso da doença registrado em criança moradora do RN, em 2019.

Dia 26 de julho foi registrado um caso de adulto que foi infectado após viagem ao Sudeste. Fazia 19 anos que o Rio Grande do Norte não registrava casos de sarampo. A criança agora será submetida a tratamento.

O aparecimento de casos do tipo não é algo isolado no Rio Grande do Norte. Em Pernambuco e Alagoas já foram registrados casos este ano. Em 39 cidades dos estados de São Paulo, Pará e Rio de Janeiro atualmente há surto ativo da doença.

A Secretaria de Saúde do RN deve emitir posicionamento sobre o caso na manhã desta quarta-feira (14). Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que o número de casos de sarampo no mundo aumentou cerca de 300% no primeiro trimestre deste ano.

Entenda mais sobre o sarampo

O sarampo é uma doença infecciosa de origem viral capaz de provocar diversos sintomas, tais como manchas avermelhadas pelo corpo, febre, tosse, faringite, conjuntivite, entre outros.

A doença é potencialmente fatal e extremamente contagiosa. A taxa de transmissão para pessoas não vacinadas chega a ser de até 90%. Não ser vacinado e ter contato com alguém infectado pelo vírus é praticamente certeza de ser contaminado.

Antes da vacina, o sarampo chegava a acometer até 90% das crianças até os 5 anos. Atualmente, porém, o sarampo é uma infecção pouco comum, tendo sido praticamente erradicado do Brasil desde o ano 2000.

Segundo o Ministério da Saúde, a volta da doença tem ligação com “campanhas obscurantistas anti-vacinação”. “A partir de 2017, vários estados do Brasil apresentaram queda na cobertura vacinal, e novos surtos de sarampo e casos de morte voltaram a ser identificados no país”.

Saiba quais são os sintomas da doença

  • O primeiro sinal geralmente é a febre alta, acima de 38,5°C, que dura cerca de 7 dias;
  • Do 2º ao 4º dia desse período, surge o exantema, quando se acentuam os sintomas iniciais. O paciente apresenta prostração e lesões características de sarampo – o exantema, erupção na pele que dura aproximadamente três dias, e se espalham, atingindo eventualmente as mãos e os pés.
  • O período de incubação pode variar entre 7 e 21 dias, desde a data da exposição até o aparecimento do exantema.
  • O período de transmissibilidade inicia-se 6 dias antes do exantema e dura até 4 dias após seu aparecimento, com maior transmissibilidade 2 dias antes e 2 dias após o início do exantema.
  • Diante de quadro suspeito deve procurar imediatamente a Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua residência para atendimento e encaminhamentos necessários.


14/08/2019
Por Edilson Silva em Saúde

1.226 casos de sarampo confirmados no Brasil

O Ministério da Saúde contabilizou até o momento 1.226 casos de sarampo entre 12 de maio e 3 de agosto.

Do total, 1.220 estão concentrados em São Paulo, 4 no Rio de Janeiro, 1 na Bahia e outro, no Paraná. Há ainda outros 6.678 casos sob investigação.

Desde o início do ano, foram confirmados 1.322 pacientes com a infecção, 95% dos quais nos quatro Estados que atualmente estão em situação de surto, informa a agência UOL.

Por causa do avanço de casos, o Ministério da Saúde montou na semana passada um comitê encarregado de acompanhar diariamente a situação em todo o Brasil, o primeiro estágio para que a decretação de estado de emergência seja realizada.

A estratégia atual do governo Jair Bolsonaro é realizar vacinações de bloqueio, em que pessoas que tiveram contato com suspeitos de ter a infecção são imunizadas.


09/08/2019
Por Edilson Silva em Caicó, Saúde

Programação da Semana de Aleitamento Materno é encerrada com blitz da amamentação no centro de Caicó

Os residentes do programa em saúde materno infantil da UFRN (Escola Multicampi de Ciências Médicas) promoveram uma programação especial dentro da Semana Mundial de Amamentação e o evento contou com a parceria do Hospital do Seridó. A programação foi realizada de 06 a 09 de agosto.

No Hospital do Seridó, na terça-feira (06), houve uma tarde de palestras e a programação seguiu com o I Encontro de mães doadoras do Banco de Leite do Hospital do Seridó, na quarta-feira (07). Na quinta-feira (08), a programação constou de oficinas de primeiros socorros em Neonatologia e nesta sexta-feira (09) foi realizada uma blitz da amamentação na Av. Seridó.

De acordo com a Nutricionista Larissa Souza, que é residente da Escola de Ciências Médicas da UFRN, no programa em saúde materno infantil, a Semana de Aleitamento Materno foi bastante positiva, tendo uma boa receptividade dos profissionais da saúde engajados nas ações e da sociedade civil, além da parceria importante do Hospital do Seridó. Larissa ainda destacou que na campanha de coleta de frascos (potes de vidros com tampas plásticas) para o Banco de Leite Hospital do Seridó, as pessoas podem fazer suas doações nos seguintes locais: Drogaria Central, UBS Silvino Dantas (Centro) e na recepção do Hospital do Seridó.


02/08/2019
Por Edilson Silva em Saúde

Projeto garante escolha entre parto normal ou cesárea no SUS

As mulheres grávidas poderão optar pelo parto cesariano a partir da 39ª semana de gestação na rede pública de saúde. É o que determina o projeto de lei (PLS 3.947/2019) que aguarda designação de relator na Comissão de Assuntos Sociais (CAS). Conforme a proposta, às parturientes que optarem pelo parto normal, será garantido o direito à analgesia não farmacológica e farmacológica.

O projeto, do senador Sérgio Petecão (PSD-AC), determina que a grávida seja conscientizada acerca do parto normal e da cesárea, devendo a decisão ser registrada em termo de consentimento. Além disso, se o médico responsável discordar da opção da paciente, deverá registrar as razões em prontuário.

Em sua justificativa, o parlamentar argumenta que, de acordo com estudos, a crescente taxa de cesarianas, nos últimos 30 anos, acompanhou a diminuição nas taxas de mortalidade materna.

“As ocorrências concretas que chegam aos Conselhos de Medicina e aos Tribunais, mostram que, na rede pública, quando se recorre à cesárea, a parturiente já foi submetida a longas horas de sofrimento, buscando o parto normal”, ressalta Sérgio Petecão.

A matéria estabelece também que as maternidades ou instituições, que funcionam com mesma finalidade, deverão possuir placa fixada informando que a mulher pode escolher a modalidade de parto, podendo o médico divergir da escolha e encaminhá-la a outro profissional.

Resolução

Em 2016, o Conselho Federal de Medicina, através da resolução 2.144, passou a prever que o médico pode atender o desejo da paciente e realizar parto cesárea a partir da 39ª semana de gestação. De acordo com a resolução, a gestante tem o direito de optar pela realização de cesariana, desde que tenha recebido todas as informações necessárias.

Entretanto, conforme a justificativa do senador Sérgio Petecão, não há observância dessa medida na rede pública de saúde. “As mulheres são submetidas à verdadeira tortura, uma vez que não querem passar pelas dores e pelos riscos de um parto normal, mas não lhes é dada opção. Ademais, como já dito, surpreende saber que até mesmo analgesia lhes é negada”, ressaltou Petecão.

O projeto do senador é semelhante ao texto apresentado pela deputada estadual Janaína Paschoal (PSL-SP) à Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), mas, diferentemente desse, tem abrangência nacional.

Fernando Alves com supervisão de Paola Oliveira


29/07/2019
Por Edilson Silva em Política, Saúde, Tangará

Em Tangará Zenaide Maia entrega UBS equipada com emenda de sua autoria

A senadora Zenaide Maia participou, na tarde deste sábado (27), da entrega da Unidade Básica de Saúde (UBS), do bairro Nova Geração em Tangará. A parlamentar estava ao lado do prefeito Jorginho, do vice-prefeito, Everton Tiago, do secretário do Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado, além de vereadores, secretários e população presente. Todo os equipamentos da UBS foram comprados através de emenda da senadora Zenaide, que beneficiou o hospital municipal.

A unidade era um sonho antigo da população e vai beneficiar não só o bairro, mas toda a região próxima. “Somos defensoras da saúde e do fortalecimento da atenção básica, por isso fiz questão de vim para agradecer os moradores pelo carinho e me colocar à disposição para novas conquistas”, disse a senadora.

A unidade vai dispor de médico, enfermeiro e técnica de enfermagem, além dos atendimentos básicos.


20/07/2019
Por Edilson Silva em Caicó, Saúde

Sesap e UERN se unem para viabilizar cirurgia de alta complexidade em Caicó

“São poucos os centros hospitalares que possibilitam a realização dessas cirurgias. Com o apoio da direção do Hospital Regional do Seridó, Secretaria Estadual de Saúde e Governo do Estado iniciamos um processo de interiorização da alta complexidade da Cirurgia e Traumatologia Buco Maxilo Facial. O paciente poderá ser tratado perto de casa, com mais conforto e apoio da família”, destacou o coordenador da disciplina de Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial da UERN, Hécio Morais.

O procedimento realizado nesta sexta-feira foi uma correção de alteração esquelética em maxilar numa paciente em idade adulta. A equipe que realizou a cirurgia foi composta por cirurgiões bucomaxilofaciais do curso de odontologia da UERN, além de anestesista, enfermeiros e técnicos de enfermagem do hospital regional, que disponibilizou ainda a sala cirúrgica e equipamentos.

Com a parceria, os pacientes passam por avaliação no ambulatório de cirurgia Bucomaxilofacial da UERN em Caicó, e são encaminhados para o hospital regional, caso haja indicação para cirurgia. As consultas são realizadas nas quintas-feiras a partir das 14h.


17/07/2019
Por Edilson Silva em Política, Saúde

Projeto obriga político a usar serviço público de saúde enquanto durar o mandato

O Projeto de Lei 2142/19 obriga os agentes políticos eleitos para os poderes Executivo e Legislativo federais e seus parentes consanguíneos ou afins em 1º grau a utilizarem o Sistema Único de Saúde (SUS) enquanto durar o mandato eletivo. A proposta também proíbe o ressarcimento de gastos hospitalares bem como o auxílio-saúde.

Dos R$ 47,3 bilhões gastos com investimentos pelo governo federal em 2013, apenas 8,2% dessa quantia foi relativa ao Ministério da Saúde. Ele também afirma que o SUS perdeu 23 mil leitos nos últimos cinco anos.


16/07/2019
Por Edilson Silva em Política, Saúde

Governo suspende fabricação de 19 remédios gratuitos

Do Estadão – O Ministério da Saúde suspendeu, nas últimas 3 semanas, contratos com 7 laboratórios públicos nacionais para a produção de 19 medicamentos distribuídos gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Documentos obtidos pelo Estado apontam suspensão de projetos de Parcerias para o Desenvolvimento Produtivo (PDPs) destinados à fabricação de remédios para pacientes que sofrem de câncer e diabete e transplantados. Os laboratórios que fabricam por PDPs fornecem a preços 30% menores do que os de mercado. E já estudam ações na Justiça. Veja aqui a lista.

Associações que representam os laboratórios públicos falam em perda anual de ao menos R$ 1 bilhão para o setor e risco de desabastecimento – mais de 30 milhões de pacientes dependem dos 19 remédios. (…)

Além disso, devem ser encerrados contratos com oito laboratórios internacionais detentores de tecnologia, além de laboratórios particulares nacionais. Isso porque cada laboratório público, para desenvolver um produto, conta com dois ou três parceiros. Depois, esses laboratórios públicos têm o compromisso de transferir a tecnologia de produção do medicamento ao governo brasileiro. (…)

(…) representante de um laboratório de São Paulo, que falou com o Estado sob a condição de não ter o nome divulgado, disse que a suspensão das parcerias vai criar um problema de saúde e afetar uma cadeia econômica “imensa”, expondo o Brasil à insegurança jurídica.

Ele cita como exemplo uma planta industrial no valor de R$ 500 milhões, construída em uma parceria de um laboratório privado com o Instituto Butantã e financiada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). “Essa planta toda fica obsoleta. Toda cadeia econômica está severamente afetada”, disse.

(…)


11/07/2019
Por Edilson Silva em Saúde

Natal monta “armadilhas” contra Aedes aegypti na zona Norte

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Natal está realizando diversas estratégias para combater o mosquito Aedes aegypti – transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya na zona Norte de capital potiguar. Na zona Norte, região mais populosa da cidade, iniciativas são para evitar a proliferação dos vetores. Uma delas são as chamas ‘Estações Disseminadoras de Larvicidas’, que fazem parte de uma parceria entre CCZ e Fundação Osvaldo Cruz.

No total, são 1.327 armadilhas montadas em residências de moradores do bairro de Nossa Senhora da Apresentação. Elas são vasilhas de plástico, revestidas com um tecido impregnado com larvicidas. Ao pousar, o mosquito leva o larvicida para outro depósito, que muitas vezes é de difícil acesso para os agentes de endemias.

A zona Norte também conta com 141 ovitrampas espalhadas a cada 300 metros. Elas são as responsáveis por armazenar os ovos dos vetores, que são utilizados para mapear os locais com maiores índices vetoriais para servir de base para que a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) possa desencadear as ações de combate.

“Hoje temos 101 pontos estratégicos na zona Norte, que são locais em que as equipes focam mais os trabalhos por serem regiões que normalmente têm índices maiores. Mas de acordo com os mapas, vamos adaptando as equipes”, destacou Márcia Cristina, chefe do núcleo de Vigilância Entomológica do CCZ Natal.


10/07/2019
Por Edilson Silva em Saúde

Campanha foca no combate ao câncer de cabeça e pescoço

“O câncer tá na cara, mas às vezes você não vê”. A frase tem uma pitada de humor, mas alerta para um problema bem sério. O slogan para a campanha de 2019 sobre o combate ao câncer de cabeça e pescoço, dentro da 4ª edição do Julho Verde, chama atenção para a necessidade de se conhecer mais os sintomas da doença para evitar o diagnóstico tardio e menores chances de cura. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCa), é esperado a cada ano 43 mil novos casos de câncer de cabeça e pescoço no Brasil. São 10 mil mortes por ano.

Os tumores do câncer de cabeça e pescoço são aqueles localizados em lugares como boca, amígdalas, bochecha, faringe, gengivas, laringe, língua, glândulas salivares, tireóide, e seios paranasais. Segundo o cirurgião Luiz Eduardo Barbalho, presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço (SBCCP), os estágios iniciais da doença costumam ser confundidos com doenças inflamatórias benignas e por causa disso causar dificuldade no diagnóstico.


10/07/2019
Por Edilson Silva em Saúde

Pesquisa comprova que trabalhar demais aumenta o risco de AVC

Aviso aos “workaholics” de plantão: trabalhar mais de dez horas por dia, pelo menos 50 dias por ano, aumenta em 29% a possibilidade de ter um AVC (acidente vascular cerebral). O perigo cresce com o tempo. Se a situação persiste por mais de dez anos, o risco cresce 45%. É o que mostra uma pesquisa realizada por um grupo de cientistas europeus e americanos, entre eles o pesquisador francês Alexis Descatha, especialista de doenças profissionais do hospital Raymond-Poincaré, situado em Garches, na região parisiense.

O estudo pôde ser realizado graças a grupo de 200 mil pacientes que frequentam hospitais e centros públicos e integram um banco de dados colocado à disposição dos cientistas. Muitos deles tinham histórico de AVC, o que permitiu aos cientistas fazerem as comparações necessárias para chegar às conclusões estabelecidas na pesquisa.


06/07/2019
Por Edilson Silva em Saúde

Médicos retomam atendimentos pelo SUS em hospitais do RN após acordo

Cooperativas médicas decidiram retomar os atendimentos à população nos procedimentos de alta e média complexidade realizados em hospitais privados e filantrópicos do estado, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), após firmarem um acordo de pagamento. A maior queixa feita pelos profissionais é com relação aos atrasos de pagamentos do Governo do Rio Grande do Norte acumulados desde o início deste ano.

Em reunião nesta sexta-feira, 5, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) transferiu uma parte da dívida, no valor de R$ 1,2 milhão para a conta da Secretaria Municipal de Saúde de Natal, responsável por repassar o valor às cooperativas. A Sesap também firmou o compromisso de realizar os pagamentos atrasados de forma escalonada e quitar a dívida referente a fevereiro até o final deste mês.

Além da discussão a respeito da retomada das atividades nos hospitais, durante a reunião, os gestores da pasta e diretores da CoopMed e Coopanest definiram um grupo de trabalho que atuará na ampliação do convênio.




Facebook


Twitter