21/04/2018
Por Edilson Silva em Caicó, Saúde

Hospital da Liga em Caicó realiza processo seletivo para nível médio

Oportunidade à vista. O Hospital de Oncologia do Seridó em Caicó está realizando processo seletivo para contratação de auxiliar de farmácia, técnico em enfermagem e recepcionista hospitalar.

Os pré-requisitos são segundo grau completo e experiência na área.

Interessados devem entregar currículo da recepção do hospital, localizado em frente à Caixa Econômica Federal.


21/04/2018
Por Edilson Silva em Saúde

Número de casos de febre amarela cresce 57%; mortes aumentam 41%

Em menos de um ano, o Brasil registrou 1.157 casos de febre amarela e 342 mortes decorrentes da doença. Os números são do Ministério da Saúde e contabilizam os registros feitos entre os dias 1º julho de 2017 e 17 de abril deste ano. No mesmo período do ano passado, foram 733 casos e 241 mortes confirmados. Os números apontam um crescimento de 41,9% no número de mortes e 57% no total de casos.

Os estados com maior número de notificações no período são: São Paulo (2.558), Minas Gerais (1.444), Rio de Janeiro (453) e Paraná (110). Quanto aos óbitos, praticamente todos estão concentrados em Minas Gerais (156), São Paulo (120) e Rio de Janeiro (64), à exceção de uma morte ocorrida no Distrito Federal e outra no Espírito Santo.

Segundo o Ministério da Saúde, a preocupação em relação à doença decorre não só do aumento do número de registros em relação ao ano passado, mas devido ao fato do vírus estar circulando em regiões metropolitanas com maior contingente populacional, o que pode gerar mais infecções, inclusive em áreas que nunca tiveram recomendação de vacina.

Sintomas e prevenção

A febre amarela é uma doença viral que causa dores no corpo, mal-estar, náuseas, vômitos e, principalmente, febre. Os sintomas duram em média três dias. Em alguns pacientes, o vírus da febre amarela ataca o fígado. São as complicações hepáticas que levam as pessoas infectadas a ficar com uma cor amarelada, daí o nome febre amarela. Segundo o Ministério da Saúde, estima-se que em torno de 30% das pessoas que contraem a doença podem morrer, se não forem diagnosticadas precocemente.

Caso tenha tais sintomas, a recomendação é a de que o paciente busque imediatamente atendimento adequado nas unidades de saúde. Já a prevenção ocorre principalmente por meio da vacinação. Desde o fim de março, o Ministério da Saúde ampliou para todo o território nacional a recomendação para a vacina contra febre amarela.

Por Helena Martins/Agência Brasil


11/04/2018
Por Edilson Silva em Saúde

Campanha de vacinação contra a gripe tem início dia 23 de abril

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza 2018 será realizada no período de 23 de abril a 1° de junho, sendo 12 de maio o “Dia D” de mobilização nacional. De acordo com a Coordenação Estadual de Imunizações (CEI), a estimativa para esta edição é vacinar mais de 54,4 milhões de pessoas em todo país e 879.430 no Rio Grande do Norte. Tendo como meta vacinar, pelo menos, 90% dos grupos prioritários.

Fazem parte dos grupos elegíveis para a vacinação as crianças na faixa etária de seis meses a menos cinco anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), indivíduos a partir dos 60 anos, trabalhadores da saúde, professores de escolas públicas e privadas, povos indígenas, grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, a população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional.

Segundo Katiucia Roseli, coordenadora de Imunizações, “em 2017, o RN vacinou 85,7% desta população, e para este ano a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) está concentrando esforços, por meio da CEI e das Unidades Regionais de Saúde, para que os municípios vacinem o máximo possível de pessoas pertencentes aos grupos prioritários. A ideia é que assim se possa reduzir as internações, complicações e óbitos causados por influenza”.


09/04/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu, Saúde

Comunicado – Secretaria Municipal de Saúde

A Secretaria de Saúde pede aos pacientes diagnosticados com Glaucoma que já fizeram o recadastramento, passar na secretária a partir dessa segunda-feira (09) para pegar a autorização para serem atendidos pelo Programa de Glaucoma nesta sexta-feira 13/04/2018.

O paciente que ainda não fez o recadastramento, deve comparecer a Secretaria Municipal de Saúde entre os dias 09 e 12 de abril, das 7:00 às 13:00 horas e deixar na recepção cópia do RG; CPF; CARTÃO DO SUS e COMPROVANTE DE RESIDÊNCIA. Também será preciso informar um telefone para contato.


05/04/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu, Saúde

“Calçada Amiga” aborda formas de prevenção às arboviroses

Em Boi Selado, a Secretaria de Saúde de Jucurutu realizou uma programação com profissionais da UBS e a comunidade.

A “Calçada Amiga” foi desenvolvida na manhã desta quinta-feira (05) como estratégia que visa desenvolver rodas de conversas com participação de moradores da localidade. Na oportunidade eles são instigados a compartilhar casos de ocorrências em suas famílias de arboviroses transmitidas pelo Aedes: dengue, zika ou chikungunya. Também fazem correlação com o ambiente onde habitam e trabalham.

Após a roda de conversa, os profissionais orientam os participantes a sair vistoriando os domicílios e quintais, eliminando criadouros e multiplicando informações de como prevenir as doenças.


05/04/2018
Por Edilson Silva em Saúde

Faltam mais de 3 mil leitos de UTI neonatal no país, diz sociedade de pediatria

Levantamento da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) mostra que o país tem um déficit de 3.305 leitos de unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) específicos para o acolhimento de crianças que nasceram antes de 37 semanas e que apresentam quadros clínicos graves ou que necessitam de observação. Segundo a entidade, no Brasil nascem quase 40 prematuros por hora, ou mais de 900 por dia.

O Departamento Científico de Neonatologia da SBP estima que a proporção ideal de leitos de UTI neonatal é de no mínimo quatro para cada grupo de mil nascidos vivos. De acordo com dados do Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (CNES), existem atualmente 8.766 leitos do tipo no país, públicos e privados, que correspondem a 2,9 leitos por mil nascidos vivos.

Se considerados apenas os leitos oferecidos pelo Sistema Único da Saúde (SUS), a taxa cai para 1,5 leitos a cada mil nascidos vivos, levando em conta as 4.677 unidades disponíveis para essa rede.

Campanha

Por causa dessa realidade, a SBP vai lançar a campanha Nascimento Seguro, na abertura do 7º Simpósio Internacional de Reanimação Neonatal, que será realizado de hoje (5) a sábado (7) em Foz do Iguaçu (PR). A entidade alerta para a necessidade de garantir a presença de um pediatra nas salas de parto, para o atendimento imediato de intercorrências, e da qualificação de médicos e demais profissionais da saúde.

Também é defendida a humanização da assistência à mulher gestante, pela oferta de leito de internação e local para a realização do parto, com presença de equipe e estrutura adequadas; apoio ao aleitamento materno e realização de campanhas de esclarecimento sobre a importância da prevenção de doenças.

Incentivo

Segundo o Ministério da Saúde, o número de leitos de UTI neonatal que atendem pelo SUS aumentou em aproximadamente 10% entre 2015 e 2018, totalizando 4.697 leitos disponíveis na rede pública em todo o Brasil. “Desde 2011, o Ministério da Saúde incentiva a abertura de novos serviços por meio da Rede Cegonha, que garante recursos adicionais para os gestores. Foram investidos mais de R$ 230 milhões na estratégia”, informa a pasta.

O ministério acrescenta que o tempo de internação pode variar de 10 a 52 dias, dependendo das características da população assistida, e que a estimativa de 3 mil leitos se refere apenas a um serviço analisado. Segundo a pasta, cabe aos gestores estaduais e municipais definirem a quantidade de leitos de UTI neonatais que devem ser oferecidos à sua população. “Todos os municípios devem ter uma referência de atendimento, ou seja, podem organizar em um conjunto de cidades e estado os serviços oferecidos à população local”, diz em nota.


28/03/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu, Saúde

Secretaria Municipal de Saúde realiza capacitação sobre câncer uterino

Com objetivo de atualizar os profissionais que atuam no serviço público, a Secretaria Municipal de Saúde de Jucurutu iniciou nesta terça (27) uma capacitação intensiva sobre câncer uterino.

O treinamento teve início com aula teórica ministrada por Dr. Rubia Kallinka de Oliveira Jácome (Ginecologista e Obstetra) e segue nesta quarta (28) com a parte prática.

Uma das novidades é o teste Schiller, ele geralmente é feito durante a colposcopia, e em algumas cidades, para investigação do câncer de colo do útero.

Essa é uma capacitação destinada a aumentar a eficácia do rastreamento no câncer de colo uterino, onde a gente vem acrescentar informações a profissionais da área que estão nesta fronte de guerra deste diagnóstico, fazendo com que ele se torne mais eficiente, no sentido de a gente diagnosticar tanto precocemente quanto mais frequentemente o câncer de colo de útero e assim tomar providências cabíveis”, destacou Dr. Rúbia.

De acordo com estudos o teste de Schiller deve ser feito quando a ginecologista suspeita de alguma doença como HPV, e em alguns casos também pode ser usado como forma de detecção precoce de Câncer do colo do útero.


26/03/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu, Saúde

Comunicado – Secretaria Municipal de Saúde de Jucurutu

A Secretaria Municipal de Saúde informa que o prefeito Valdir Medeiros decretou ponto facultativo no dia 29 de março, véspera do feriado nacional da Sexta-Feira Santa.

Por esse motivo informamos aos pacientes que estão com viagem marcada para Natal no próximo 02 de abril, que as passagens estarão disponíveis na recepção da secretaria no dia 28 de março até as 13 horas.

Atenciosamente 
Secretaria de Saúde


24/03/2018
Por Edilson Silva em Saúde

Bairro Santa Izabel recebeu Mutirão de Combate ao Dengue

Dando sequência aos mutirões de combate ao Dengue, Zika Vírus e Chikungunya, a Prefeitura Municipal de Jucurutu, através da Secretaria de Saúde, mobilizou o Setor de Endemias e Agentes Comunitários de Saúde para mais um mutirão de combate ao mosquito transmissor.

A ação aconteceu na manhã desta sexta (23) no Bairro Stª. Izabel e teve início por volta das 7h30min. Os profissionais percorreram ruas e avenidas recolhendo material que serve como criadouro de Aedes Aegypti e multiplicando informações junto aos moradores.

A equipe da Secretaria de Saúde pede a colaboração da população para que evitem de deixar em seus terrenos, muros e domicílios, objetos que possam abrigar o mosquito transmissor do vírus.


23/03/2018
Por Edilson Silva em Concursos, Saúde

Mais de 23 mil candidatos farão concurso da saúde neste domingo

Mais de 23 mil candidatos farão as provas do concurso público da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) no próximo domingo, 25. Serão convocados 404 profissionais para reforçar os quadros da secretaria, que nos últimos anos vem enfrentando um déficit de servidores.

“As vacâncias ocorridas, nos últimos três anos, representam uma baixa de mais de 3 mil servidores na secretaria. A nossa expectativa é muito grande para receber estes novos profissionais, em virtude da abertura de novos serviços e leitos hospitalares que estão surgindo”, disse Jorge Castro, coordenador de recursos humanos da Sesap.

De acordo com Jorge as convocações a curto prazo serão para a Região Metropolitana de Natal, mas a expectativa para médio e longo prazo é que hajam convocações também para Alto Oeste, Seridó e demais regiões do estado, de acordo com a necessidade do serviço.

A coordenação de recursos humanos lembra que os candidatos podem acessar as informações sobre local de prova e concorrência no site da Comperve (www.comperve.ufrn.br). O acesso ao local onde se realizarão as provas do turno matutino ocorrerá das 7h20 às 8h (horário oficial local) e as do turno vespertino, das 13h20 às 14h (horário oficial local). A previsão para divulgação do resultado final é dia 23 de maio.


21/03/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu, Saúde

Março Mulher segue com ações em Jucurutu

Dando sequência às comemorações alusivas ao Março Mulher no município de Jucurutu, a Secretaria de Saúde realizou na manhã desta terça (20) o evento “Mulheres em Movimento”, que aconteceu na Casa da Família (CRAS) e reuniu um público com faixa etária entre 25 e 50 anos.

Com o objetivo de confraternizar, homenagear, motivar e difundir boas práticas de saúde, a programação teve início com alongamento, aula de Zumba, roda de conversa sobre auto estima e antropometria com nutricionista, bate-papo sobre direitos das mulheres, lanche e sorteio de brindes.

 

 

 

 

 

 

 

 


21/03/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu, Saúde

Comunicado Importante – Secretaria de Saúde

A Secretaria de Saúde informa aos usuários do Sistema Único de Saúde – SUS, com viagem agendada para Natal no próximo dia 02 de abril, que, em virtude do feriado da Sexta-Feira Santa, as passagens estarão disponíveis na sede da Secretaria até o dia 29 de março.


16/03/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu, Saúde

UBS da Aroeira promove ações alusivas ao Março Mulher

Buscando a valorização das mulheres jucurutuenses, a Secretaria Municipal de Saúde promoveu uma importante ação alusiva ao Março Mulher na comunidade Aroeira, na Unidade de Saúde Leonor Luiza dos Santos.

Entre as atividades realizadas, destaque para: palestras sobre o Dia Internacional da Mulher – Lutas e Conquistas no Âmbito da Saúde; momento com o fisioterapeuta Rafael que abordou a osteoporose e os hábitos que ajudam a reduzir seus efeitos; verificação de pressão arterial, peso e altura.

A psicóloga Roseane interagiu com as mulheres promovendo a dinâmica da autoestima e a nutricionista Paloma abordou a percepção da imagem corporal com valorização do IMC, seguindo com orientações para hábitos alimentares saudáveis.

Um debate para tirar dúvidas, distribuição de materiais informativos, sorteio de brindes e lanches encerraram as atividades.

As ações educativas em homenagens às usuárias do SUS – Sistema Único de Saúde seguem até o final do mês.


15/03/2018
Por Edilson Silva em Saúde

No RN, mais da metade dos adolescentes precisa se vacinar contra HPV e meningite

O Ministério da Saúde está convocando adolescentes de todo país para se vacinarem contra HPV (Papiloma Vírus Humano) e meningite. A preocupação da Pasta é com as baixas coberturas vacinais em todos os estados da federação.

No Rio Grande do Norte, desde a incorporação da vacina HPV no Calendário Nacional, a cobertura com as duas doses é de 38,2% entre meninas de 9 a 14 anos e 33%entre os meninos de 12 e 13 anos, com a primeira dose. Devem se vacinar contra meningite os adolescentes de 12 e 13 anos.


13/03/2018
Por Edilson Silva em Saúde

Rio Grande do Norte terá expansão dos serviços de radioterapia

O Rio Grande do Norte é um dos estados contemplados no Plano de Expansão da Radioterapia, do Ministério da Saúde (MS), ação que promoverá melhorias no tratamento aos pacientes com câncer. A rede de atendimento oncológico receberá um acelerador linear, equipamento utilizado para radioterapia e que dará maior acesso aos pacientes oncológicos no Sistema Único de Saúde (SUS).

A aquisição irá contribuir ainda mais para a assistência aos pacientes com câncer no Rio Grande do Norte, que já é considerado, entre os estados do Norte-Nordeste, como uma das melhores coberturas aos exames de alta complexidade, devido à forma positiva com que o serviço é gerenciado pela Sesap, num modelo de funcionamento onde não há filas de espera pelos procedimentos. O RN realiza uma média de 5.300 procedimentos de quimioterapia por mês e de 63.600 procedimentos ao ano. Com o serviço ambulatorial para tratamento de câncer, o estado investiu em 2017 um total de R$ 41.116.609,25.


12/03/2018
Por Edilson Silva em Saúde

Tomar sol pode reduzir risco de esclerose múltipla em até 55%, diz estudo

Ficar mais exposto ao sol, especificamente aos raios UV-B, pode ajudar na prevenção da esclerose múltipla mais tarde, diz estudo publicado na “Neurology”, publicação da Academia Americana de Neurologia.

Segundo a pesquisa, pessoas que vivem em regiões muito ensolaradas tiveram 45% menos chance de desenvolver a doença. Se houve uma alta exposição pessoal especificamente entre os 5 e 15 anos, e maior tempo ao ar livre, o risco pode ser reduzido em até 55%.

Para chegar à conclusão, pesquisadores selecionaram 151 mulheres com esclerose múltipla e 235 sem a doença. As idades eram similares: em torno de 40 anos e as participantes viviam em diferentes regiões dos Estados Unidos. Primeiro, participantes preencheram questionários sobre o verão e sobre o inverno de onde moraram. Elas também relataram a exposição pessoal ao sol.


09/03/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu, Saúde

UBS realiza ações em alusão ao Dia Internacional da Mulher

A Unidade Básica de Saúde, Maria das Graças dos Santos em parceria com o Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica, realizou atividade coletiva intitulada ‘’Tv Vila’’ a gente se vê na praça.

O projeto é uma simulação da programação matutina da Rede Globo de Televisão e ofertou atividades no formato das atrações da emissora.

Diversos programas foram simulados como: Mais Nutri (A Nutricionista Paloma e a Técnica de Enfermagem Juliana abordaram o tema alimentação saudável ensinado a preparação do suco funcional e seus benefícios).

Plantão Vila (Agente Comunitária de Saúde Elizabeth, falou sobre os casos de Dengue, Zica Vírus e Chikungunya, bem como os cuidados a serem tomados).

Bem Ouvir (O fonoaudiólogo Rodrigo e a enfermeira Rafaela falaram sobre os cuidados com audição e deficiência auditiva).

Encontro com a Mente (A Psicóloga Roseane conduziu um momento de reflexão com a mensagem ‘‘A Bagagem’’).

Informativo Vila (Os Profissionais fizeram um breve relato das ações desenvolvidas junto à comunidade).

Exercício Espetacular (A fisioterapeuta Cynthiane realizou alongamentos com população presente no local).

O momento que aproximou os profissionais de saúde dos moradores, ainda contou com aferição de P.A e HGT pela enfermeira Rafaela e a técnica de enfermagem Juliane, para finalizar a programação a equipe organizadora distribuiu um lanche.


09/03/2018
Por Edilson Silva em Saúde

Fake news faz pessoas desistirem de vacina contra febre amarela

Exame – Com os casos de febre amarela se multiplicando no País, Aline (nome fictício), de 46 anos, tentava decidir se tomava ou não a vacina. Foi quando recebeu, pelo WhatsApp, áudio de uma suposta médica desaconselhando a imunização.

A comerciante carioca não lembra o nome da profissional nem onde ela trabalha. Também não sabe dizer quem divulgou o áudio, que chegou pelo grupo da família. Ainda assim, bastou para que decidisse: não se protegeu do vírus.

“Não me vacinei nem vou me vacinar”, diz Aline. “No áudio, a médica explica que a vacina foi feita de qualquer jeito e é muito perigosa, que daqui a dez anos as pessoas terão problemas por causa de reações. Vou tomar uma coisa dessas?”

O País enfrenta surto da doença, com letalidade que beira 50%. E lida com a epidemia de informações mentirosas, que têm afastado muita gente da vacina, a mais eficiente forma de prevenção.

“Notícias falsas sobre febre amarela se alastram numa velocidade alarmante nas redes sociais”, atesta o pesquisador da Fiocruz Igor Sacramento, que estuda fake news na saúde.

Uma notícia falsa que circulou no WhatsApp relacionava a vacina a casos de autismo – o que tampouco é verdadeiro. Há outra feita supostamente com base em um estudo da Fiocruz.

O texto diz que a vacina não seria capaz de imunizar e remetia ao link do artigo da instituição – que não afirma que a vacina não funciona. A Fiocruz desmentiu o boato.

“Estão ficando mais sofisticadas, com cara de notícia verdadeira, edição profissional, usando estudos verdadeiros como base”, diz Sacramento. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


08/03/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu, Saúde

Secretaria de Saúde promove oficina de Saúde Bucal

A Estratégia Saúde da Família (ESF) – Lindalva Sutério, juntamente com a equipe NASF, realizou no Sítio São Bento, uma importante ação de promoção da saúde através do incentivo de hábitos de higiene pessoal, domiciliar e do meio ambiente.

Durante o encontro a enfermeira da unidade apresentou um vídeo do Ministério da Saúde que orienta hábitos de higiene pessoal, da casa e da comunidade como forma de prevenir doenças. Em seguida, fez a dinâmica de lavagem das mãos, orientando o procedimento correto.

Já a nutricionista, orientou quanto à lavagem correta dos alimentos, bem como preparação e cuidados com água para consumo. O fonoaudiólogo orientou quanto aos cuidados relacionados a higiene auditiva, e o uso do cotonete e outros objetos inadequados para a limpeza do ouvido.

A ação ainda contou com presença de um fisioterapeuta que fez orientações e tirou dúvidas dos presentes, de um Agente Comunitário de Saúde ensinou aos presentes a construírem um filtro caseiro com poucos recursos.

E para finalizar a psicóloga informou quanto à importância de manter os hábitos saudáveis de higiene e limpeza.


08/03/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu, Saúde

Secretaria de Saúde realiza ações alusivas ao Março Mulher

Tendo em vista o Dia Internacional da Mulher, celebrado neste 08 de março, e com o objetivo de homenagear as mulheres jucurutuenses, a Secretaria Municipal de Saúde promoveu uma tarde de beleza com uma série de serviços ofertados as usuárias da Unidade de Saúde Cícero Alves da Costa.

Foram destaque na programação: roda temática sobre autocuidado, sessão de maquiagem com as mulheres presentes e ensaio fotográfico. As fotos serão expostas em um painel na unidade de saúde compondo a ornamentação do Março Mulher durante todo o mês. A intenção é mostrar os diversos perfis das mulheres que são atendidas pelo serviço.


Página 1 de 2612345...1020...Última »


Facebook


Twitter