16/11/2018
Por Edilson Silva em Política

Corrupção no RN: Justiça aceita denúncia contra Henrique Alves (MDB) na Operação Cui Bono

O ex-ministro e ex-deputado federal potiguar Henrique Eduardo Alves (MDB-RN) tornou-se réu na Operação Cui Bono, deflagrada pela Polícia Federal no ano passado para investigar fraudes na Caixa Econômica Federal. O juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara da Justiça Federal em Brasília aceitou nesta quarta-feira (14) as denúncias apresentadas no mês de outubro pelo Ministério Público Federal contra Henrique Alves, o ex-ministro Geddel Vieira Lima (MDB-BA), o ex-deputado federal Eduardo Cunha (MDB-RJ)  e mais 15 pessoas. Na condição de réus, eles passarão a responder a ação penal.

Com a decisão do juiz, na condição de réus, eles passarão a responder a ação penal. Os réus ainda serão julgados. De acordo com a investigação do MPF, a Operação Cui Bono envolve cinco empresas e 18 pessoas, todas implicadas em fraudes na liberação de empréstimos da Caixa Econômica Federal que somam mais de R$ 3 bilhões. Também foram denunciados desvios em aportes do Fundo de Investimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), que é gerido pelo banco público.

O advogado do ex-deputado Henrique Alves, Marcelo Leal, afirmou que a defesa provará a inocência dele no curso do processo.

Como funcionava o esquema, segundo MPF

Segundo os procuradores responsáveis, empresários que buscavam recursos junto à Caixa e o FGTS agiram em conluio com agentes públicos, empregados da Caixa, e agentes políticos, que ocupavam cargos de direção no banco. O esquema garantia vantagens indevidas às empresas mediante pagamento de propina, usadas tanto para enriquecimento ilícito como para caixa dois de campanha.

“O grupo dos empregados públicos era responsável por fornecer informações privilegiadas aos agentes políticos e operadores financeiros sobre o projeto apresentado pela empresa à Caixa. Cabia a eles também agir internamente para beneficiar as empresas e/ou influenciar as decisões dos comitês da Caixa ou do FGTS, para aprovar ou desaprovar a concessão de empréstimos (ou os investimentos) às empresas requerentes”, destacou o MPF em nota.

Os crimes teriam ocorrido entre 2011 e 2015, período no qual Geddel Vieira Lima foi vice-presidente de pessoa jurídica da Caixa. Outro vice-presidente do banco acusado de participar do esquema, Cleto teria sido indicado ao cargo por Cunha.

As investigações tiveram origem em mensagens encontradas no celular Blackberry do ex-deputado Eduardo Cunha. O aparelho foi apreendido ainda em 2015, no âmbito da Operação Lava Jato. Os dados deram origem às operações Sépsis e Cui Bono, ambas tocadas pela força-tarefa denominada Greenfield, pelo MPF.

Ex-operador financeiro de Cunha, o analista Lucio Funaro delatou o esquema em acordo de colaboração premiada. Segundo ele, “o valor da propina tinha como base um percentual sobre o valor liberado, em geral 3%, e a distribuição desse percentual girava em torno de 50% para Geddel, 30% para Cunha e 20% para ele”, diz a nota do MPF.

“Até o momento, foi identificado o repasse de valores ilícitos, por Lúcio Funaro, de R$ 89,5 milhões, no período de 2011 a 2015, a Eduardo Cunha; R$ 17,9 milhões, no período de 2012 a 2015, a Geddel Vieira Lima; e R$ 6,7 milhões, no período de 2012 a 2014, a Henrique Alves”, acrescenta o texto.

Via Sistema Opinião


15/11/2018
Por Edilson Silva em Política, RN

Fátima Bezerra reafirma a total disposição em dialogar com Bolsonaro; governador do Piauí representará estados do nordeste em encontro com presidente eleito

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Os governadores eleitos e reeleitos do Nordeste decidiram, em fórum próprio, que o governador do Piauí, Wellington Dias, representará os estados da região durante a reunião que ocorrerá nesta quarta-feira (13) com o presidente eleito, Jair Bolsonaro, e o futuro ministro da Fazenda, Paulo Guedes. O chefe do executivo piauiense solicitará, na ocasião, uma nova audiência para que os representantes dos estados nordestinos possam tratar e apresentar as demandas e defender os interesses da região.

A governadora eleita do Rio Grande do Norte, senadora Fátima Bezerra, participará na próxima semana do Fórum dos Governadores eleitos e reeleitos do Nordeste, ocasião em que se desenhará uma pauta em comum a ser apresentada ao presidente da República eleito e equipe.

Fátima Bezerra reafirma a total disposição em dialogar com o futuro Governo da República e defender, como sempre fez, os interesses do povo potiguar.

Veja nota dos governadores do NE:

Governadores do Nordeste Unidos e prontos para trabalhar pelo Brasil.

“Quando os governadores eleitos pelo DF, SP e RJ tiveram a importante iniciativa deste encontro, nós do Norseste, conforme fazemos desde 2004, tínhamos agendado para 21/11 agenda preparatória da região e pedido agenda ao Presidente Eleito para pauta comum. Até 20/11 os governadores organizaram suas agendas de transição e missões internacionais. Por isto é que coube a mim apresentar neste encontro e ao Presidente eleito Jair Bolsonaro a memória da pauta do Fórum dos Governadores e pedido de agenda sobre Pauta, priorizando no primeiro encontro Fomento ao Crescimento Econômico para Geração de Emprego e também a prioridade para Plano Nacional de Segurança”.


14/11/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu, Política

Jucurutu presente na 1ª Semana Técnica de Serviços de Inspeção em Natal

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), através da Superintendência Federal de Agricultura do Rio Grande do Norte – SFA/RN  em parceria com o Sebrae/RN realizam nos dias 13 e 14 de novembro de 2018, a 1ª Reunião Técnica sobre o tema “Serviços de Inspeção: Dinamismo para as economias locais e segurança alimentar”. O evento tem como objetivo fomentar o desenvolvimento das diferentes cadeias produtivas do estado e principalmente mostrar a viabilidade de se criar o Serviço de Inspeção – SISBI , bem como, os benefícios gerados na área de saúde pública e desenvolvimento regional.

A 1ª Reunião Técnica será realizada no auditório do Sebrae e terá sua programação dividida em duas partes: Evento 1 que trata sobre “Serviços de Inspeção”, cujo público alvo, serão gestores municipais, representantes do poder legislativo, Ministério Público, Agroindústrias, produtores, além de técnicos das vigilâncias municipal e estadual, entre outros. Já o 2º evento tem como tema “Orientações para criação do SIM, Consórcios intermunicipais e Construção de Programas de Trabalho para adesão ao SISBI/POA”, e está direcionado à técnicos das áreas afins, preferencialmente, os que estão trabalhando em serviços de inspeção, ou na criação e estruturação desses serviços de forma individual ou por meio de consórcio.

Durante os dois dias, os participantes vão assistir palestras e debater questões  inerentes ao Sistema Brasileiros de Inspeção de Produtos Animal SISBI/POA. As palestras serão ministradas por Daniele Cabriotti, diretora executiva e coordenadora SISBI/SUASA do Consórcio Público de Desenvolvimento do Vale do Ivinhema MG- (CODEVALE). Outro que abordará as vantagens da criação de serviços de Inspeção Municipal- SIM, é o Prefeito Cacildo Dagno Pereira, do município de Santa Rita do Pardo/MS. O Encontro conta ainda com as palestras da Auditora Fiscal Federal Agropecuária (SFA/MG) Adriana Cássia de Oliveira, e Inês Castro da Costa e Almeida, também Auditora Fiscal Agropecuária da SFA/MS.


14/11/2018
Por Edilson Silva em Política, RN

Prefeitos potiguares se reúnem e debatem pautas municipalistas

Dezenas de prefeitos municipais do RN se reuniram na manhã desta terça-feira, 13 de novembro, em Natal, para participar do evento Conexões Municipalistas, promovido pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) e pela Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (FEMURN). O encontro aconteceu na sede da Federação, e orientou os gestores potiguares sobre as principais pautas municipalistas da atualidade, abordando temas nacionais como a representação da CNM; Marcha dos Municípios a Brasília; Gestão Técnica; e conquistas federais. Já na pauta estadual, foram discutidos temas como a retirada dos programas federais da Lei de Responsabilidade Fiscal, com apresentação da conquista obtida pelos municípios do estado da Bahia; reconhecimento de multas aplicadas aos gestores; e ação judicial do pagamento das dívidas do programa Farmácia Básica pelo Governo do Estado às cidades potiguares.

O Presidente da FEMURN e Prefeito de São Paulo do Potengi, José Leonardo (Naldinho) falou sobre a atuação da Federação: “Precisamos intensificar nossas lutas. A FEMURN está atenta às reivindicações dos gestores municipais do RN, realizando audiências e reuniões com órgãos das mais diversas esferas, no sentido de garantir avanços as gestões municipais”, afirma Naldinho.

Ainda segundo o Presidente da Federação, a união dos gestores é importante para as conquistas das Prefeituras: “As pautas que discutimos hoje são de extrema importância para as cidades potiguares e brasileiras. A construção e discussão dos projetos que debatemos formulam a atuação do movimento municipalista, que só serão conquistadas com união dos gestores. A CNM e a FEMURN promovem o Conexões Municipalista para ouvirmos os prefeitos, e construirmos conjuntamente as ações, resultando em avanços para os municípios e contribuindo com a atuação dos gestores municipais do RN”, afirmou.

O evento contou com presença de prefeitos e representantes de todas as regiões do Estado, e teve as discussões lideradas pelo 2º Secretário da CNM, Eduardo Tabosa, ao lado do 1º secretário da CNM e Prefeito de Santana do Seridó, Hudson Brito, e do Presidente da FEMURN, Naldinho.


12/11/2018
Por Edilson Silva em Política, RN

Corrupção no RN – O Fantasma da Dama de Espadas já assombra Robinson Faria

A partir do dia primeiro de janeiro sem foro privilegiado, o governador Robinson Faria (PSD), principal réu da operação Dama de Espadas, que investiga o desvio de milhões da Assembleia, começa a se ver assombrado. Ele corre o risco de prisão, assim como o deputado estadual Ricardo Motta(PSB), que perdeu a eleição.


12/11/2018
Por Edilson Silva em Política

Assinaturas: 2 milhões contra aumento de ministros

Uma campanha online contra o reajuste de 16,38% no salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) já conta com mais de 2 milhões de assinaturas. A iniciativa foi feita pelo Partido Novo, que também peticionou o presidente Michel Temer contra o aumento. aumento de salário do STF

Segundo a legenda, o aumento de salário do STF “causa enorme impacto fiscal em todos os Estados brasileiros, devido a alteração do teto de salários do funcionalismo público”. Se sancionado o projeto de lei que prevê o aumento, a remuneração dos ministros passará de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil mensais.


10/11/2018
Por Edilson Silva em Brasil, Policial, Política

Política: Preso na Operação Capitu tentou jogar dinheiro na privada quando a PF chegou

O advogado Mateus de Moura Lima Gomes, que foi diretor vice-presidente da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) e é um dos presos na Operação Capitu, deflagrada pela Polícia Federal (PF) nesta sexta-feira (9), jogou cerca de R$ 3 mil na privada quando os agentes chegaram em sua casa no condomínio Vale do Sereno, em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

A Polícia Federal prendeu na manhã desta sexta, o vice-governador de Minas Gerais, Antonio Andrade (MDB), e os executivos da JBS Joesley Batista e Demilton de Castro em uma operação que investiga suposto esquema de corrupção no Ministério da Agricultura. As informações são da Folha de S.Paulo e portal Globo.

A PF também faz buscas no gabinete de Andrade. No total, são 62 mandados de busca e apreensão em Minas, São Paulo, Rio de Janeiro, Paraíba e Mato Grosso do Sul.

A operação, um desdobramento da Lava Jato, foi batizada de Capitu e é baseada na delação do doleiro Lúcio Funaro, apontado como operador do MDB, sobre supostos pagamentos de propina a servidores públicos e políticos no Ministério da Agricultura nos anos de 2014 e 2015. À época, Andrade era ministro da Agricultura.

Segundo as investigações, havia um esquema de arrecadação de propina dentro do Ministério da Agricultura para beneficiar políticos do MDB, que recebiam dinheiro da JBS, que pertencem aos irmãos Joesley e Wesley Batista, em troca de medidas para beneficiar as empresas do grupo.

Com informações do G1


10/11/2018
Por Edilson Silva em Política

Garibaldi e Agripino votaram a favor do aumento dos salários de ministros do STF

Aprovado no início da noite da última quarta-feira, 7, no Senado Federal, o aumento dos salários dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil contou com a aprovação dos senadores potiguares Garibaldi Alves Filho (MDB) e José Agripino Maia (DEM).

Os parlamentares, que fracassaram nas eleições de 2018 e não conseguiram renovar o mandato em Brasília, foram dois dos mais de 40 senadores que concordaram com o reajuste de 16,38% no teto dos salários do funcionalismo público. Ao todo, o impacto no orçamento da União será de R$ 4 bilhões.

A outra representante do RN no Senado, governadora eleita Fátima Bezerra (PT), votou contra o reajuste, que terá um efeito em cascata para a União e sobretudo para os Estados, uma vez que já enfrentam grave crise financeira e correm risco de insolvência devido ao elevado comprometimento de suas receitas com a folha de pessoal.


09/11/2018
Por Edilson Silva em Política

Senado aprova corte em fundo para Educação

O Senado cortou pela metade uma das fontes de recursos do Fundo Social do Pré-Sal, destinado a investimentos em saúde e educação. Por meio de um projeto de lei, os senadores destinaram 50% dos recursos vindos da comercialização do petróleo do pré-sal, que iriam integralmente para o Fundo Social, para outro fundo, voltado para expansão de gasodutos e para o fundo de participação de Estados e municípios. A proposta ainda precisa passar pela Câmara.

O Brasduto contará com 20% dos recursos da comercialização do petróleo do pré-sal. Outros 30% serão destinados aos fundos de participação de Estados e Municípios. O fundo dos gasodutos ainda poderá contar com recursos do Orçamento.


05/11/2018
Por Edilson Silva em Política

General Mourão: “O presidente deveria ganhar R$ 100 mil por mês”

Em palestra no Clube Militar, entidade que presidiu até ser lançado candidato a vice-presidente, nesta quarta-feira (31) no Rio de Janeiro, o general Hamilton Mourão (PRTB), vice do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), disse que o que se paga a um presidente no Brasil é uma “palhaçada” e defendeu um novo patamar de salário para o cargo.

“O salário do presidente, para mim, é uma palhaçada. Quanto ganha o melhor executivo por aí? Ganha R$ 100 mil por mês? O presidente deveria ganhar R$ 100 mil por mês. Agora, banca tudo. O que acontece hoje é que ele não paga nada. Você vai ter que ir no mercado, fazer as compras da sua casa”, afirmou na palestra, segundo reportagem de Talita Fernandes, na Folha de S.Paulo.

O militar, que foi censurado por Bolsonaro durante a campanha por “dizer o que penso”, diz ser contra a indicação do senador Magno Malta (PR/ES) para um cargo no governo, se referindo ao aliado como um “elefante no meio da sala”.

“Olha, eu não vi nada para o Magno Malta. Eu acho que ainda estão discutindo. Tem que resolver esse caso. É aquela história, ele desistiu de ser vice do Bolsonaro para dizer que ia ganhar a eleição para senador lá no Espírito Santo. Agora ele é um elefante que está colocado no meio da sala e tem que arrumar, né? É um camelo, e tem que arrumar um deserto para esse camelo.”

Em um agrado aos amigos de Clube, na maioria militares da reserva, Mourão disse que eles não devem ser atingidos na Reforma da Previdência, uma das principais bandeiras de Bolsonaro, que está sendo tratada com urgência pelo futuro ministro da Fazenda, Paulo Guedes.

“Os militares não estão abrangidos nesta reforma. Eles não estão neste pacote. Esse pacote mantém como está. Não vai mexer nele. A posteriori, é isso que é, vamos ajustar o motor do avião com ele voando.”


05/11/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu, Política

Prefeito de Jucurutu reduz o próprio salário, o salário do vice-prefeito e dos secretários municipais

O prefeito de Jucurutu, no Estado do Rio Grande do Norte, suspendeu, a partir de 05 de novembro de 2018, com efeitos retroativos ao início do mês, a aplicação da Lei Municipal n.º 867, de 29 de junho de 2016, que fixou o subsídio do prefeito, vice-prefeito e dos secretários municipais do Município de Jucurutu/RN para o mandato de 2017 a 2020.

De acordo com o prefeito Valdir Medeiros a medida se faz necessária devido à crise econômica que atravessam os municípios, estados e união, e considerando que o município deve se adequar aos limites previstos na Lei de Responsabilidade Fiscal para despesas com pessoal.

Com a nova medida a decisão já passa a valer para o prefeito, vice e seus onze (11) secretários a partir do pagamento referente a novembro de 2018.

Confira quanto recebe e quanto vão receber cada um dos abrangidos pela medida:

Prefeito: de R$ 15.600,00 para R$ 12,000,00;

Vice: de R$ 7.800,00 para R$ 6.000,00; e

Secretários: de R$ 3.250,00 para R$ 2.500,00.

O fato está registrado no Diário Oficial através do DECRETO MUNICIPAL Nº 1.196, de 05 de novembro de 2018.


01/11/2018
Por Edilson Silva em Política, RN

Fátima defende continuação do financiamento do Banco Mundial ao estado

A governadora eleita do Rio Grande do Norte, senadora Fátima Bezerra, e seu suplente Jean-Paul Prates participaram, nesta terça-feira e quarta-feira, de duas reuniões na sede do Banco Mundial em Brasília, para tratar do Projeto Integrado de Desenvolvimento Sustentável do Rio Grande do Norte (“Governo Cidadão”).

No encontro, Fátima expressou seu interesse na continuidade e expansão da atual parceria com o Banco Mundial. “Esse projeto é muito importante para assegurar recursos complementares ao orçamento regular do Estado que viabilizam ações de cidadania e desenvolvimento sustentável. Por isso, quisemos vir, logo nestes primeiros dias após as eleições, garantir a prorrogação dos acordos e metas”, destacou.

O projeto “Governo Cidadão” prevê recursos da ordem de R$ 1,3 bilhões (em cotação do dólar de hoje) para uma série de investimentos e benfeitorias nas áreas de segurança e saúde públicas, educação, gestão do estado, inclusão social, turismo e cultura.

Os executivos do Banco Mundial asseguraram à governadora eleita que encaminharão os pedidos de extensão do prazo e realocação parcial de recursos ainda durante esta semana. Fátima irá incorporar os novos termos ao seu plano de governo e poderá posteriormente solicitar novas adequações.

Além de Fátima e Jean-Paul, participaram do encontro o diretor do Banco Mundial no Brasil, Martin Raise; o coordenador do projeto no Banco, Paul Procee, e a especialista sênior em desenvolvimento rural e gerente do projeto, Fátima Amazonas. Já na reunião desta quarta-feira, participou também, através de videoconferência, o secretário extraordinário para Gestão de Projetos, Francisco Vagner Gutemberg de Araújo, e sua equipe, devidamente autorizados pelo atual governador Robinson Faria.


30/10/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu, Política

Prefeito Valdir Medeiros é o aniversariante do dia

30 de outubro é aniversário do Prefeito Valdir Medeiros. O povo jucurutuense lhe deseja parabéns, e muito sucesso em sua vida pessoal, profissional e pública.

 #Jucurutu #PrefeituradeJucurutu


30/10/2018
Por Edilson Silva em Política, RN

Confira entrevista com Fátima Bezerra (PT) governadora eleita do RN

Diógenes Dantas entrevista a governadora eleita pelo RN, Fátima Bezerra.

Acompanhe no vídeo:


29/10/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu, Política

Como votou Jucurutu – 2º Turno – Governo do RN – 2018

Como votou Jucurutu – 2º Turno – Governo do RN

Professora Fátima Bezerra – 75,20%
Carlos Eduardo – 24,80%

 


29/10/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu, Política

Como votou Jucurutu – Presidente 2º turno – 2018

Como votou Jucurutu – Presidente 2º turno

Haddad – 77,51%
Bolsonaro – 22,49%


28/10/2018
Por Edilson Silva em Política

Haddad vence Bolsonaro no Nordeste com mais que o dobro de votos

O resultado do segundo turno da eleição presidencial, que aconteceu neste domingo (28) e transformou Jair Bolsonaro (PSL) no 38º presidente da República, apontou, que, mais uma vez, o Nordeste foi a única região em que o segundo lugar Fernando Haddad (PT) venceu o presidente eleito. O ex-prefeito de São Paulo teve mais que o dobro dos votos do capitão reformado do exército.

Com quase 100% das urnas apuradas no país, 68,27% dos eleitores nordestinos votaram no candidato petista, enquanto 31,73% apostaram em Bolsonaro. Em Pernambuco, Haddad apareceu com 66,51% dos votos válidos, contra 33,49% do candidato do PSL, uma vantagem de praticamente o dobro. O Piauí foi quem deu a maior vitória ao petista, com 76,70%. Bolsonaro marcou 23,30% no estado. Dentre os estados da região, o Rio Grande do Norte foi onde os dois candidatos tiveram a menor diferença, ainda assim com larga vantagem para Haddad: 63,41% contra 36,59%.

PT

Mesmo sem a vitória, o Partido dos Trabalhadores (PT) pode comemorar o sucesso no Nordeste. Pela primeira vez, o partido conseguiu o Governo nos nove estados da região, sendo em quatro com governadores eleitos pelo próprio PT e cinco vitoriosos onde o partido fez parte da coligação.

Fátima Bezerra, eleita no Rio Grande do Norte neste domingo, se junta a Camilo Santana, no Ceará, Wellington Dias, no Piauí, e a Rui Costa, na Bahia, como os governadores eleitos do partido.

Os outro cinco estados, que serão governados por coligações que o PT fez parte, são: Pernambuco, após a reeleição de Paulo Câmara (PSB); Piauí, com Belivaldo Chagas (PSD), reeleito neste domingo; Alagoas, com Renan Filho (MDB); Flávio Dino (PCdoB) no Maranhão e João Azevedo (PSB), na Paraíba.


28/10/2018
Por Edilson Silva em Política

RN: Fátima Bezerra (PT) é eleita governadora com 57% dos votos

VEJA – A senadora Fátima Bezerra, do PT, foi eleita neste domingo (28) a nova governadora do Rio Grande do Norte. Com sua vitória, o partido elege pela primeira vez o governo do estado. Com 90,77% das urnas apuradas, ela teve 57,46% dos votos válidos. Os votos válidos excluem brancos e nulos.

Seu adversário, Carlos Eduardo, do PDT, teve 42,54%.

No primeiro turno, a petista recebeu 46,17% dos votos válidos, enquanto o pedetista teve 32,45%.

Fátima se beneficiou do enfraquecimento das oligarquias locais para se eleger. O descontentamento com a gestão de Robinson Faria (PSD) foi impulsionado pela crise econômica no estado: o governo do Rio Grande do Norte atrasou o salário de seus servidores e o pagamento do décimo terceiro.

Faria tentou se reeleger, mas não foi nem para o segundo turno.


27/10/2018
Por Edilson Silva em Política

Janot, procurador-geral durante o ápice da Lava Jato, declara voto em Haddad

O ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, resolveu tomar uma atitude inédita neste sábado (27) e declarar seu voto nas eleições, que será em Fernando Haddad (PT). A um dia da votação, Janot afirmou que não pode “deixar passar barato discurso de intolerância”, em referência ao outro candidato, Jair Bolsonaro (PSL).

“Já fui chamado de petista e antipetista. Já fui psdebista e anti também. Houve muita especulação sobre meu interesse eleitoreiro na minha atuação profissional. Nada se comprovou. Agora, não posso deixar passar barato discurso de intolerância e etc. Por exclusão, voto em Hadadd”, escreveu Janot, que comandou a procuradoria-geral da República entre 2013 e 2017, ou seja, durante o nascimento e o ápice da operação Lava Jato.


27/10/2018
Por Edilson Silva em Política

Cármen Lúcia suspende decisões que determinaram ação de policiais em universidades

A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Cármen Lúcia concedeu decisão liminar (provisória) neste sábado (27) para suspender os efeitos judiciais e administrativos que determinaram o ingresso de policiais em universidades públicas e privadas país. O caso ainda será analisado pelo plenário da Corte.

De acordo com a assessoria do STF, a ação será analisada pelo plenário da Corte na próxima quarta-feira (31).




Facebook


Twitter