17/08/2019
Por Edilson Silva em Economia

Sine oferece vagas de emprego em Natal e interior

O Sistema Nacional de Emprego (Sine) está oferecendo 19 oportunidades de trabalho para diversos cargos nas cidades de Natal e região metropolitana, Mossoró e Currais Novos.

Para concorrer às vagas, o candidato deve se cadastrar no Portal Emprega Brasil, do Ministério do Trabalho e Emprego, atravé do site empregabrasil.mte.gov.br. O cadastro também pode ser feito em qualquer agência do Sine em Centrais do Cidadão de Natal e do interior, das 8h às 14h.

Os documentos necessários para o cadastro são a Carteira de Trabalho, número do PIS, carteira de identidade (RG), CPF e comprovante de residÊncia.

Confira as vagas disponibilizadas pelo Sine:

Natal e Grande Natal 
Auxiliar de contabilidade – 1
Frentista – 2
Gerente comercial – 2
Instalador de sistemas eletroeletrônicos de segurança – 1
Mecânico de afinação de motores diesel – 2
Oficial de manutenção predial – 1
Recepcionista de hotel – 1
Técnico em manutenção elétrica – 1
Técnico em segurança do trabalho – 1
Torneiro mecânico – 1

Mossoró e região
Auxiliar de operação – 1
Costureira – 1
Mecânico de manutenção hidráulica – 1
Vendedor pracista – 2

Currais Novos
Consultor de vendas – 1


16/08/2019
Por Edilson Silva em Economia, RN

RN lidera no Nordeste o ranking de empreendedorismo formal

Apesar de o Nordeste ter a segunda maior taxa de informalidade no Brasil de acordo com o ‘Estudo do Empreendedorismo Informal no Brasil, elaborado em maio pelo Sebrae Nacional, o Rio Grande do Norte dá sinais de ir na contramão desse quadro, que indica uma fragilidade da economia.

O estado tem um índice de formalidade dos negócios de 19,5%, juntamente com Alagoas, de acordo com a pesquisa do Sebrae. Um dos grandes responsáveis pela saída desse contingente de negócios da informalidade tem sido a figura jurídica do MEI, que completou, no mês passado, dez anos em vigor no Brasil.

Nos últimos sete meses, o Rio Grande do Norte obteve a quinta melhor posição no índice de formalização de Microempreendedores Individuais (MEI), com um acréscimo de quase 11 mil empreendedores registrados no período, o que representa uma taxa de 10,8%, com base nos  dados da Receita Federal.   As primeiras posições estão entre estados geograficamente maiores e mais populosos: Ceará (11,9%) e Bahia (11,8%).

O aumento de negócios enquadrados nessa categoria jurídica minimiza o fosso de competitividade entre nossas empresas e as de outras regiões com indicadores mais formais, como as regiões Sul e Sudeste. Com isso, o Rio Grande do Norte chega a um total de 112.222 MEIs formalizados. No Brasil, já são mais de 8,7 milhões de empreendedores registrados.

Do Sebrae


16/08/2019
Por Edilson Silva em Economia

Carrefour e Walmart abrem 1.520 novas vagas de emprego para diversos cargos

Ótimas oportunidades abertas. A Walmart e o Grupo Carrefour abriram nada menos que 1.541 vagas de emprego para candidatos de ensino fundamental, médio e superior. As chances são destinadas para todo o país.

Com mais de 360 mil colaboradores, o Grupo Carrefour está presente na vida de mais de 100 milhões de consumidores da Europa, Ásia e América Latina. Há mais de 40 anos no Brasil, o Carrefour possui lojas nos formatos Carrefour Hipermercado, Carrefour Bairro, Carrefour Express, Carrefour Drogaria, Carrefour Posto, Atacadão e Supeco.

A Walmart chegou no Brasil em 1995 e, de lá para cá, não para de expandir suas unidades. A primeira loja no país foi uma unidade do Sam’s Club, em São Caetano do Sul, na grande São Paulo. Hoje, a empresa está presente em 18 estados, no Distrito Federal, e também no e-commerce, o Walmart.com. “Temos lojas nos formatos hipermercado, supermercado, atacado, lojas de vizinhança e clube de compras. O faturamento anual da rede foi de R$ 29,4 bilhões em 2016,” disse a empresa. São 471 lojas físicas, com nove bandeiras diferentes, com lojas nas regiões Centro-Oeste, Nordeste, Sudeste e Sul. Respeitando a diversidade cultural, climática e de costumes de nosso país, cada uma de nossas bandeiras trabalha de acordo com a realidade das localidades em que se encontram.

Cargos abertos – Walmart – 860 vagas

Auxiliar De Hortifruti/FLV – Metrô São Judas

Auxiliar De Peixaria – Metrô São Judas

Açougueiro – Metrô São Judas

Vendedor De Eletro/Linha Branca – Metrô São Judas

Operador De Caixa – Santo André

Assistente Administrativo De Logística – Jaboatão Dos Guararapes

Jovem Aprendiz – Barra Funda

Separador De Mercadorias – Nova Santa Rita/RS

Jovem Aprendiz – Nova Santa Rita

Vendedor De Cartão e Serviços – Fortaleza-CE

Vendedor De Cartão e Serviços – Curitiba-PR

Repositor De Mercadorias – Vera Cruz / BA

Encarregado De Mercearia – Diadema

Operador De Loja Intermitente – Aricanduva

Operador De Caixa – Ribeirão Preto

Vendedor De Cartões – Linha Amarela – Rio De Janeiro

Vendedor De Cartões E Serviços – São José Dos Campos

Repositor – Novo Hamburgo

Operador De Caixa – Novo Hamburgo

Técnico De Manutenção – (Gravataí)

Auxiliar Administrativo – Maxxi Santa Maria – RS

Auxiliar De Perecíveis – Montenegro

Auxiliar De Limpeza – Nacional Super-Santo Antonio Da Patrulha

Fiscal De Prevenção De Perdas – Santa Rosa

Operador De Loja – Taquara

Fiscal De Prevenção E Perdas – (Caxias Do Sul)

Vendedor De Eletro – Rio De Janeiro

Agente De Cartões Santa Maria/RS

Operador De Caixa – Ijui Bonifácio

VENDEDOR ELETRO/LINHA BRANCA SANTA MARIA

Vendedor De Cartões – Ribeirão Preto

OPERADOR DE CAIXA – PARA PESSOA COM DEFICIÊNCIA

Auxiliar De Padaria – Aricanduva

GERENCIADOR AÇOUGUE – CAMBORIÚ/SC

Repositor – PCD – Rio De Janeiro – Linha Amarela

Auxiliar Administrativo – Itapevi

Vendedor Externo – Osasco

Auxiliar De Operações – Itapevi; entre muitas outras;

Além dos salários oferecidos pela empresa, os funcionários contarão com assistência médica, assistência odontológica, auxílio-farmácia, cesta básica, participação nos lucros, previdência privada, refeição no local ou auxílio-alimentação, seguro de vida, vale-transporte, entre outros.

Os interessados em concorrer a uma das vagas podem manifestar o interesse acessando o site de recrutamento, selecionar a vaga desejada e cadastrar o currículo. Para aumentar as chances de conquista da vaga, recomenda-se realizar a inscrição o quanto antes, uma vez que as vagas são rotativas e podem ser preenchidas a qualquer momento, sem aviso prévio.

Grupo Carrefour – 660 vagas

De acordo com o site de recrutamento InfoJobs, a empresa oferece nada menos que 838 vagas de emprego. “Queremos nos desenvolver junto dos brasileiros, por isso, acreditamos que valorizar nossos colaboradores é fundamental. Temos de acreditar em novos talentos e investir no desenvolvimento daqueles que já estão conosco, a fim de construir uma empresa sólida e apta a fazer parte da vida de milhões de pessoas”, informa a empresa.

  • Operador de Loja – Carrefour Express;
  • Operador de Loja – Carrefour Market;
  • Operador de Caixa;
  • Atendente de Ecommerce;
  • Auxiliar Administrativo Logística;
  • Operador de Atendimento – Call Center;
  • Assistente Administrativo Posto;
  • Balconista de Farmácia;
  • Farmacêutico;
  • Vendedor Frentista;
  • Atendente de Loja – Drogaria;
  • Açougueiro;
  • Assistente de RH;
  • Agente de Fiscalização;
  • Assistente de Abastecimento;
  • Vendedor de Eletrodomésticos, entre outros cargos.

Além dos salários oferecidos pela empresa, os funcionários contarão com assistência médica, assistência odontológica, auxílio-farmácia, cesta básica, participação nos lucros, previdência privada, refeição no local ou auxílio-alimentação, seguro de vida, vale-transporte, entre outros.

Os interessados em concorrer a uma das vagas podem manifestar o interesse acessando o site de recrutamento, selecionar a vaga desejada e cadastrar o currículo. Para aumentar as chances de conquista da vaga, recomenda-se realizar a inscrição o quanto antes, uma vez que as vagas são rotativas e podem ser preenchidas a qualquer momento, sem aviso prévio.


16/08/2019
Por Edilson Silva em Economia, RN

Processo seletivo do Sine emprega mais de 200 jovens do interior do RN

O Sistema Nacional de Emprego (Sine-RN), vinculado à Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas), empregou 293 jovens sem experiência profissional do interior do Estado. O processo seletivo para atendente de mesa e auxiliar de cozinha foi realizado em nove municípios polos: Mossoró, Assú, Caicó, Currais Novos, Santa Cruz, São José de Mipibu, Serra de São Bento, João Câmara e Macau.

As vagas foram ofertadas para Rede de Restaurantes Madero, especializado em sanduíches gourmet, que será inaugurado em Natal, no mês de setembro. O processo de seleção teve mais de mil inscritos que passaram por entrevista, dinâmicas em grupos, entre outras etapas. Os selecionados possuem idade entre 18 a 26 anos e ensino fundamental completo. O diferencial do processo foi a não obrigatoriedade de apresentar experiências nas funções almejadas.

Para subsecretária do Trabalho, Karla Veruska, o processo seletivo e a parceria com o Restaurante Madero foram muito importantes para retomada do trabalho executado pelo Sine Estadual. “O Governo do Estado tem se preocupado com o resgate do Sine e entende que a atuação eficiente da captação de vagas contribui no processo de seleção e contratação dos candidatos. A procura dos candidatos foi bastante positiva. A empresa contou com um grande número de inscrições.”, disse.

A secretária da Sethas, Iris Oliveira, ressalta a importância dessa ação do Sine. “Essa foi uma inciativa muito importante que confluiu com o projeto do governo de estimular o primeiro emprego. Trata-se de uma primeira ação nesse sentido que vai garantir aos jovens do interior, que não têm as mesmas oportunidades dos jovens da capital, uma inserção no mercado de trabalho com qualidade, proteção, direitos garantidos, carteira assinada e treinamento. Uma parte dos jovens selecionados já iniciaram o treinamento em Curitiba. Isso é muito importante para o Estado, pois é geração de emprego e renda”, ressalta.

Além disso, a ação do Sine contribui para as políticas públicas voltadas para os trabalhadores jovens, pois gera oportunidade de emprego para aquele jovem sem experiência que nunca teve a oportunidade de trabalhar. O subsecretário de Juventude, Gabriel Medeiros, ressalta a importância dessa ação para os jovens do interior do Estado.  “Esse processo de destinação dos esforços do Sine e do Governo do Estado para garantir capacidade de entrada no mercado de trabalho para a juventude constitui uma iniciativa fundamental e muito bem direcionada ao enfrentamento do desemprego entre os jovens. É uma iniciativa focada em uma das principais características das dificuldades da vida da juventude do Rio Grande do Norte”, disse.

Os 293 jovens selecionados já estão sendo encaminhados para treinamento remunerado, que acontecerá na cidade de Curitiba (PR), sede da rede de restaurantes e deve durar de 30 a 40 dias. As próximas seleções para o Restaurante Madero acontecerão nos meses de setembro e outubro deste ano.


16/08/2019
Por Edilson Silva em Economia, Religião

Santa Cruz será sede do encontro nacional da Pastoral do Turismo em 2020

O município de Santa Cruz será a sede do 7º Encontro Nacional da Pastoral do Turismo, entre os dias 21 e 24 de agosto de 2020. Essa escolha foi deliberada em reunião da PASTUR Brasil, nesta quinta-feira (15), em Salvador/BA, onde acontece o 2º Congresso Latino Americano da Pastoral do Turismo.

O padre Vicente Fernandes, que é pároco da Paróquia de Santa Rita de Cássia, e acumula também a função de Reitor do Santuário da maior estátua católica do mundo, comemorou o acolhimento da proposta dentro da PASTUR Nacional. Este será o primeiro evento nacional que a paróquia recebe em sua história, coroando o título de cidade santuário e o sucesso do turismo-religioso.


09/08/2019
Por Edilson Silva em Economia

Sem aumento real, Comissão aprova salário mínimo de R$ 1.040 para 2020

Comissão Mista de Orçamento (CMO) aprovou nesta quinta-feira (8) projeto de lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) que estabelece salário mínimo de R$ 1.040 em 2020. O aumento nominal será de 4,2% na comparação com o valor atual do mínimo (R$ 998). Não houve ganho acima da inflação o que significa que não há ganho real com o novo salário.

A variação é a mesma prevista para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). Para os dois anos seguintes, a proposta sugere que a correção também siga apenas a variação do INPC. O texto ainda precisa ser aprovado em sessão conjunta do Congresso Nacional antes de seguir para a sanção do presidente Jair Bolsonaro.

O relatório da proposta da LDO de 2020 (PLN5/2019) incluiu a permissão para que o Executivo autorize reajuste salarial para o funcionalismo público em 2020. A medida contraria o governo que, na proposta original enviada ao Congresso em abril, prevê a possibilidade de aumento apenas aos militares.

Constitucionalmente, deputados e senadores deveriam ter aprovado a LDO pelo Congresso antes do recesso legislativo. No entanto, o recesso, que começaria dia 18 de julho, foi antecipado após a conclusão da votação do primeiro turno da reforma da Previdência sem a análise do parecer na CMO.


29/07/2019
Por Edilson Silva em Economia

Selo Arte anima produtores de queijo

Os produtores de Queijo  têm alta expectativa de aumentar o mercado para seus produtos nos próximos anos.

Eles acreditam que o Selo Arte, recentemente criado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), resultará na ampliação da base de produtores locais e na inovação da fabricação, inclusive para atender a gastronomia que cria pratos com alimentos tipicamente brasileiros.


27/07/2019
Por Edilson Silva em Economia

Aneel anuncia bandeira tarifária vermelha para agosto e conta ficará mais cara

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou, hoje (26), que a bandeira tarifária para o mês de agosto será a vermelha, no patamar 1, onde há uma cobrança extra de R$ 4 para cada 100 quilowatts-hora consumidos. Em julho, a cobrança foi da bandeira tarifária amarela, quando há um acréscimo de para R$ 1,50 a cada 100 kWh consumidos.

De acordo com a agência, a medida foi tomada pela possibilidade de aumento no acionamento das usinas termelétricas, que têm custo de geração de energia mais alto. Também pesou na decisão, a diminuição do volume de chuvas, com a chegada da estação seca.

“Agosto é um mês típico da estação seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN). A previsão hidrológica para o mês sinaliza vazões abaixo da média histórica e tendência de redução dos níveis dos principais reservatórios”, disse a Aneel.

De acordo com a Aneel, o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o bom uso da energia elétrica. O funcionamento das bandeiras tarifárias é simples: as cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração.

O cálculo para acionamento das bandeiras tarifárias leva em conta, principalmente, dois fatores: o risco hidrológico (GSF, na sigla em inglês) e o preço da energia (PLD).

No dia 21 de maio, a Aneel aprovou um reajuste no valor das bandeiras tarifárias. A bandeira amarela passou de R$ 1 para R$ 1,50 a cada 100 kWh consumidos, a bandeira vermelha patamar 1 passou de R$ 3 para R$ 4 a cada 100 kWh e no patamar 2 passou de R$ 5 para R$ 6 por 100 kWh consumidos.

A bandeira verde não tem cobrança extra.

Os recursos pagos pelos consumidores vão para uma conta específica e depois são repassados às distribuidoras de energia para compensar o custo extra da produção de energia em períodos de seca.

Agência Brasil


02/07/2019
Por Edilson Silva em Economia

Bandeira amarela: Conta de luz fica mais cara a partir de Julho

A conta de luz está mais cara a partir desta segunda-feira (1º), por causa da bandeira tarifária utilizada como referência nas contas deste mês ser a amarela. Com a medida, as cobranças terão um acréscimo de R$ 1,50 para cada 100 quilowatts-hora consumidos, segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), em comunicado divulgado na última sexta-feira (28).

O adicional retorna às contas após a autoridade reguladora ter definido bandeira verde em junho, situação em que não é cobrado acréscimo nas contas. No comunicado, a Aneel justificou a bandeira amarela pelo fato de julho ser um mês “típico da seca nas principais bacias hidrográficas do país”.

“A previsão hidrológica para o mês sinaliza vazões abaixo da média histórica e tendência de redução dos níveis dos principais reservatórios. Esse cenário requer o aumento da geração termelétrica, o que influenciou o aumento do preço da energia (PLD) e dos custos relacionados ao risco hidrológico (GSF) em patamares condizentes com o da Bandeira Amarela”, justificou a agência.

O sistema de bandeiras tarifárias foi criado, de acordo com a Aneel, para sinalizar aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica. O funcionamento das bandeiras tarifárias tem três cores, a verde, a amarela e a vermelha (nos patamares 1 e 2), que indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração.

O cálculo para acionamento das bandeiras tarifárias leva em conta, principalmente, dois fatores: o risco hidrológico e o preço da energia. Os recursos pagos pelos consumidores vão para uma conta específica e depois são repassados às distribuidoras de energia para compensar o custo extra da produção de energia em períodos de seca.


03/06/2019
Por Edilson Silva em Economia

Sem qualificação, parte dos brasileiros não consegue ocupar vagas básicas

No início deste ano, a Atento, empresa de telemarketing e a maior empregadora privada do País, ofereceu 1,2 mil vagas no Mutirão do Emprego, promovido pelo Sindicato dos Comerciários de São Paulo. Com 600 interessados, só conseguiu contratar 7 operadores de telemarketing – menos de 1% do que precisava. No mesmo evento, o Grupo Pão de Açúcar abriu 2 mil postos, aprovou 700 candidatos, mas, até agora, apenas 32 estão trabalhando, segundo os organizadores do evento.

Diante da estagnação da economia, do desemprego em alta e do avanço da tecnologia, os casos acima são um retrato nítido da dificuldade que o trabalhador sem qualificação tem enfrentado para voltar ao mercado. Nos últimos dois anos, 60% das 11,8 mil vagas ofertadas nos mutirões do emprego, que reuniram grandes empresas, não foram preenchidas. Dificuldade de se expressar, de fazer contas, falta de conhecimentos básicos em informática e inglês e poucos anos de estudo são obstáculos às contratações.

De acordo com o presidente do Sindicato e da União Geral do Trabalhadores (UGT), Ricardo Patah, no último mutirão foram ofertadas cerca de 2 mil vagas para caixa de supermercado, com salário perto de R$ 1.100. Metade delas ficou em aberto por falta de qualificação dos candidatos. Operador de caixa e de telemarketing são geralmente a porta de entrada para o mercado de trabalho, especialmente para os mais jovens.

Segundo empresas de recrutamento, a recolocação tende a ser mais difícil para quem tem até o ensino fundamental, menos de 20 e mais de 45 anos e está há mais de um ano fora do mercado. Entre os 13,4 milhões de desempregados no primeiro trimestre deste ano, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), 635 mil são considerados de difícil recolocação pelos recrutadores, nas contas do economista Cosmo Donato, da LCA. É o dobro do registrado no mesmo período de 2014, antes da recessão.

O abismo entre a qualidade da mão de obra desempregada e o que as empresas procuram não deve se resolver nem mesmo com a retomada da economia, prevê o economista-chefe da Confederação Nacional do Comércio (CNC), Fabio Bentes. Ele estima que dois, em cada dez desocupados, devem ficar fora do mercado na próxima década por falta de qualificação. Isso significa que a massa de trabalhadores sem chances de se recolocar pode saltar dos atuais 635 mil para 1,4 milhão, em dez anos.

De acordo com as estimativas de Bentes, se a economia crescer em média 2,5% ao ano até 2030, a procura por trabalhadores não deve ser suficiente para recuperar os 8,8 milhões de empregos destruídos pela maior recessão da história. As projeções foram feitas, a pedido do Estado, levando em conta dados da Pnad e projeções do Boletim Focus do Banco Central.

“Não vai ter (crescimento do) PIB suficiente para incorporar essa massa de desempregados com baixa qualificação”, afirma. Em 2014, antes da recessão, o mercado de trabalho estava tão aquecido que até profissionais com pouca qualificação eram facilmente absorvidos. Na crise, o quadro se inverteu.

Para Hélio Zylberstajn, professor sênior da FEA/USP e coordenador do projeto Salariômetro da Fipe, os trabalhadores sem preparo podem ter destino diferente, dependendo de qual área leve adiante a retomada da economia. “Essa proporção de dois em cada dez poderá ser menor se o modelo for puxado pelo investimento em infraestrutura, que incorpora trabalhadores na construção civil de baixa qualificação”, diz.


28/05/2019
Por Edilson Silva em Economia

Mais da metade dos ‘MEIs’ do RN ainda não entregou declaração

A menos de uma semana para encerrar o prazo para a entrega da Declaração Anual do Simples Nacional (DASN-SIMEI), relativa ao exercício do ano passado, e apenas 49.813  do total de Microempreendedores Individuais (MEI) do Rio Grande do Norte aptos entregaram o documento. Mais da metade – 50,8% – ainda não prestou contas com a Receita Federal sobre o faturamento do negócio ao longo de 2018.

Mais de 51 mil empreendedores precisam fazer enviar a declaração, que é elaborada pela internet, no Portal do Empreendedor (www.portaldoempreendedor.gov.br). O prazo termina na próxima sexta-feira (31).

A obrigação é válida mesmo para empresas que tenham sido encerradas ao longo de 2018. O MEI que não declarar seus rendimentos em 2018 estará sujeito a uma multa no valor mínimo de R$ 50,00 ou de 2% (dois por cento) ao mês ou fração, incidentes sobre o montante dos tributos decorrentes das informações prestadas na DASN. Gratuita, a declaração resguarda os benefícios da formalização, como aposentadoria e salário-maternidade.

Para fazer a declaração anual, o MEI deve entrar na página do Portal do Empreendedor (www.portaldoempreendedor.gov.br) e seguir as orientações de como proceder, na aba de serviços, e em seguida “Faça sua declaração anual de faturamento”. Além disso, o empreendedor pode aproveitar as ações da Semana do MEI e procurar um ponto de atendimento do Sebrae no Rio Grande do Norte para obter mais orientações de como realizar a sua declaração. Outra opção é buscar informações pelo telefone 0800 570 0800.


27/05/2019
Por Edilson Silva em Economia

74% dos consumidores não sabem o quanto pagam de imposto embutido nas compras, diz pesquisa

Embora seja obrigatório desde 2013 que as lojas e demais estabelecimentos informem na nota fiscal o valor de tributos que está embutido em uma compra, a maioria dos consumidores afirma que desconhece essa informação. É o que aponta um levantamento da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) divulgado nesta segunda-feira (27).

Segundo a pesquisa, 74% dos consumidores brasileiros não têm o hábito de procurar saber o quanto pagam de imposto ao adquirir um bem ou contratar um serviço. Mesmo com a maior parte das pessoas afirmando não saber quanto pagam de tributos, a grande maioria (93% dos entrevistados pela pesquisa) opina que a tributação é um fator que contribui para que alguns produtos tenham um preço elevado no mercado. Já a falta de transparência é motivo de queixa para 95% dos consumidores.


22/05/2019
Por Edilson Silva em Economia

Sem impostos, Natal terá produtos e serviços mais baratos no dia 30 de maio

O próximo dia 30 será marcado em Natal pelo Dia Livre de Impostos. A ação, organizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas Jovem da capital (CDL Jovem), venderá produtos sem impostos durante o dia em diversos estabelecimentos comerciais da capital potiguar.

Os valores dos descontos variam de estabelecimento a estabelecimento. Nos itens de perfumaria a redução de valor pode chegar até 70%. Nos produtos de maquiagem, a carga é de 58%; em higiene pessoal, 46%; bebidas alcoólicas, cigarros e eletrônicos, 43%. A lista com os produtos e serviços que terão descontos pode ser conferida no final do texto.


21/05/2019
Por Edilson Silva em Economia

Conta de luz vai subir com alta de até 50% no valor das bandeiras tarifárias

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aumentou o valor das bandeiras tarifárias através de uma nova resolução. A medida vai elevar o preço dascontas de luz em todo o país. O aumento chega a 50%.  A bandeira amarela passou de R$ 1,00 para R$ 1,50 a cada 100 Kwh consumidos – um avanço de 50%. A bandeira vermelha no patamar 1 subiu de R$ 3,00 para R$ 4,00 – aumento de 33,3%. A banderia vermelha no patamar 2 teve alta de 20%: de R$ 5,00 para R$ 6,00. As mudanças começam a valer a partir do dia 1º de junho.

Neste mês de maio, as contas de luz já ficaram mais caras, já que a bandeira amarela entrou em vigor pela primeira vez no ano.

A Aneel explicou que o aumento ocorreu  porque houve uma atualização da metodologia do cálculo do chamado risco hidrológico. Com isso, o consumidor passará a pagar parte dos custos quando a energia estiver mais cara devido à falta de chuvas.  “O efeito a ser percebido pelos consumidores retratará com maior precisão a produção da energia hidrelétrica e a conjuntura energética do sistema. A alteração foi especialmente motivada pelo déficit hídrico do ano passado, que reposicionou a escala de valores das bandeiras”, disse a Aneel em nota.

A agência lembrou que o tema passou por audiência pública que recebeu 56 contribuições das quais 36% foram acatadas integralmente e 2% parcialmente.  O sistema de bandeiras tarifárias foi criado em 2015 pela Aneel como forma de recompor os gastos extras com a utilização de energia gerada por meio de usinas térmicas, que é mais cara do que a de hidrelétricas. A cor da bandeira é impressa na conta de luz (vermelha, amarela ou verde) e indica o custo da energia em função das condições de geração de eletricidade.


11/05/2019
Por Edilson Silva em Economia

Confaz altera preço dos combustíveis a partir do dia 16 de maio e na Paraíba gasolina aumenta

O Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) vai alterar os preços dos combustíveis nos estados e no Distrito Federal a partir do dia 16 de maio. Na Paraíba, o preço médio ponderado ao consumidor final (PMPF) será de R$ 4,3363. Em abril, o valor fixado foi de R$ 4,1373.

O valor do ICMS que incide sobre o preço final dos combustíveis é calculado através de uma substituição tributária, ou seja, o ICMS não é cobrado sobre a base do preço de produção dos combustíveis e sim sobre o preço final de comercialização a pessoa física. Isso proporciona aos estados uma arrecadação maior de tributos sobre os combustíveis, bem como o acompanhamento da volatilidade das eventuais mudanças comerciais que existam no mercado de competição entre os postos revendedores.

Quinzenalmente é realizado o levantamento do PMPF e assim atualizado a base de cálculo do ICMS sobre os combustíveis. O Ato foi publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira (10).


03/04/2019
Por Edilson Silva em Economia

Microempreendedores individuais ultrapassa 8 milhões no país

O número de profissionais autônomos, cadastrados como microempreendedores individuais (MEI), ultrapassa 8 milhões. De acordo com dados do Portal do Empreendedor, no final de março, número de profissionais chegou a 8.154.678.

Para se cadastrar como MEI, é preciso ter faturamento de até R$ 81 mil por ano, não ser sócio, administrador ou titular de outra empresa e ter no máximo um empregado.

Como MEI, o microempreendedor tem um CNPJ e pode abrir conta bancária, fazer empréstimos e emitir notas fiscais. Em julho, a Lei Complementar nº 128/2008, que criou o MEI, completa 10 anos de entrada em vigor.

De acordo com o Portal do Empreendedor, em março, a maioria dos microempreendedores eram cabeleireiros, manicures e pedicures (66.937), profissionais da área de vestuário (641.346), de obras de alvenaria (358.053), de promoção de vendas (210.669) e de alimentação (218.946).

A maioria dos empreendedores tem entre 31 e 40 anos (mais de 2,5 milhões), seguidos por aqueles com idade entre 41 e 50 anos (1,9 milhão), entre 21 e 30 anos (1,7 milhão). Entre 51 e 60 anos, são 1,3 milhão. Os mais velhos (61 a 70 anos) são 446,1 mil. Entre 16 e 17 anos, há 575 jovens microempreendedores. E entre, 18 e 20 anos, 69,9 mil.

Fonte: Agencia Brasil


31/03/2019
Por Edilson Silva em Economia, Jucurutu

Jucurutu é destaque na 5ª Feira dos Municípios e Produtos Turísticos do RN

O Município de Jucurutu se fez presente através da Secretaria Municipal de Esporte e Turismo, nos dias 29 e 30 de março, no Centro de Convenções em Natal, no maior evento de turismo potiguar, com o 10º Fórum de Turismo do RN e a 5ª Feira dos Municípios e Produtos Turísticos do RN (Femptur).

Com grande público presente o Stand contou com produtos artesanais confeccionados pelas artesãs, Maria Da Paz e Rosicleide Mendes; Massas Jucurutu fundada em 1997 e hoje distribuindo para os estados do Rio Grande do Norte e boa parte do Ceará, Paraíba e Pernambuco; Laticínio Sertão Jucurutu, empresa que está no mercado a cerca de 6 anos e hoje emprega mais de 400 famílias no geral e Missis Modas – Moda Íntima, fábrica fundada no ano de 2016 e que tem a frente a empresária, Maria de Fátima.

As massas, queijo e laticínios ficaram expostos para degustação gratuita dos visitantes que vieram de vários estados conferir o que Jucurutu tem de melhor. Já os produtos artesanais e as peças de moda íntima atraíram o olhar do público que movimentou o Stand durante os dois dias.

A exposição contou com presença de Nilsinho Batista, Secretário de Esporte e Turismo; Edilson P. Silva, AD – Agente de Desenvolvimento e membro da equipe de Comunicação da Prefeitura de Jucurutu; Anderson e Ednilson (Apoio).


31/03/2019
Por Edilson Silva em Economia

Sebrae prorroga prazo de inscrição nos editais do programa Impacta RN

Os empreendedores interessados na seleção para o programa Impacta RN terão um prazo extra para se inscrever. O Sebrae no Rio Grande do Norte prorrogou o período de inscrições para os dois editais, que vão oferecer pré aceleração, aceleração e investimentos para empresas e startups que atuam com negócios de impacto social – aqueles rentáveis e que trazem benefícios para a comunidade – e ambientais.

A data final terminaria nesta quinta-feira (28), mas foi estendida para o dia 12 de abril. As inscrições estão sendo feitas eletronicamente pelo link https://goo.gl/forms/NtMtmDleUY5Ze6B42

O programa Impacta RN tem duas frentes, uma voltada para negócios tradicionais e outra para empresas de base tecnológicas, as chamadas startups. Por isso, foram lançados dois editais distintos, cujos prazos para inscrição foram ampliados. O regulamento completo pode ser conferido no portal do Sebrae-RN (www.rn.sebrae.com.br), na seção ‘Editais e Licitações’.


28/03/2019
Por Edilson Silva em Economia

Sine-RN oferece 43 vagas de emprego nesta quinta-feira

O Sine-RN oferece 43 vagas de emprego nesta quinta-feira (28). As vagas são permanentes e temporárias para Natal e Grande Natal, além de Parnamirim e Mossoró.

Para concorrer, o candidato deve se cadastrar via Internet no Portal Emprega Brasil do Ministério do Trabalho e Emprego, através do endereço empregabrasil.mte.gov.br ou na unidade do Sine Matriz em Natal, na Cidade da Esperança, na Rua Adolfo Gordo, s/n, prédio da Central do Trabalhador.

O atendimento é realizado de 8h às 14h. O candidato também se dirigir a qualquer agência do Sine nas centrais do cidadão de Natal e no interior.

O interessado que não tem cadastro e acesso ao Portal Emprega Brasil, pode comparecer as Agências do SINE, com Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), Número do PIS, cédula de identidade (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF) e comprovante de residência. O atendimento é de acordo com o horário de funcionamento das centrais do cidadão e do SINE Matriz Cidade da Esperança no prédio da Central do Trabalhador, das 8h às 14h, de segunda a sexta.

VAGAS PERMANENTES – NATAL e GRANDE NATAL

OCUPAÇÃO QUANT. DE VAGAS
PASTELEIRO 1
RECEPCIONISTA ATENDENTE 1
VISTORIADOR DE RISCO DE AUTO 3
Total 5

VAGAS TEMPORÁRIAS – NATAL e GRANDE NATAL

OCUPAÇÃO QUANT. DE VAGAS
AJUDANTE DE OBRAS 6
ELETRICISTA DE INSTALAÇÕES INDUSTRIAIS 1
ENCANADOR INDUSTRIAL 6
MECÂNICO MONTADOR 6
MONTADOR DE ANDAIMES (CENÁRIOS) 3
MONTADOR DE ANDAIMES (EDIFICAÇÕES) 3
PINTOR INDUSTRIAL 1
SOLDADOR 3
Total 29

PARNAMIRIM E REGIÃO

OCUPAÇÃO QUANT. DE VAGAS
CONSULTOR DE VENDAS 1
MECÂNICO DE MANUTENÇÃO DE MÁQUINA INDUSTRIAL 2
OPERADOR DE EMPILHADEIRA 2
Total 5

MOSSORÓ E REGIÃO

OCUPAÇÃO QUANT. DE VAGAS
BABÁ 1
BARMAN 1
VAQUEIRO 1
VENDEDOR DE COMÉRCIO VAREJISTA 1
Total 4


24/03/2019
Por Edilson Silva em Economia

BNDES anuncia linha de crédito mais simples e ágil para micro e pequenas empresas

As micro e pequenas empresas brasileiras terão acesso a uma nova linha de financiamento, mais simples e ágil, criada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Anunciada nesta sexta-feira (22), a BNDES Crédito Pequenas Empresas atende às demandas do setor e tem como foco a geração de empregos e a ampliação da concessão de crédito para empresas de menor porte, responsáveis por mais de 50% dos postos de trabalho formais no País.

O lançamento foi feito em evento que contou com a participação do presidente do BNDES, Joaquim Levy e de representantes da Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE), da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ) e de bancos parceiros.




Facebook


Twitter