20/02/2018
Por Edilson Silva em Educação

UFRN convoca aprovados na segunda chamada do Sisu para cadastramento

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) publicou no último dia 19 a segunda chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que inclui aprovados e suplentes para preenchimento das vagas remanescentes da instituição.

Os candidatos devem consultar a lista de convocação no endereço www.sisu.ufrn.br, no qual também está disponível o edital com a documentação necessária para cadastramento e matrícula, que acontecem a partir desta quarta-feira, 21.

Em Natal, o cadastramento dos aprovados na segunda chamada acontece de 21 a 24 de fevereiro na Escola de Ciência e Tecnologia (ECT) da UFRN, localizada no campus central, onde serão atendidos os aprovados em Natal e Macaíba. Os demais devem comparecer aos respectivos campi onde foram aprovados, nas seguintes datas: de 21 a 23 em Caicó e de 22 a 23 em Currais Novos e Santa Cruz.

O horário de cadastramento é o mesmo em todos os locais, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h, sendo as datas e os períodos de atendimento divididos por curso, conforme o quadro disponibilizado no edital.


20/02/2018
Por Edilson Silva em Educação

ProUni: selecionados em primeira chamada têm até dia 23 para comprovar dados

Termina nesta sexta-feira (23) o prazo para comprovação dos dados dos candidatos pré-aprovados na primeira chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni). A confirmação das informações é requisito para garantir a vaga e deve ser feita na universidade onde o candidato vai estudar.

Os dados que devem ser comprovadas dizem respeito ao cadastro e à renda, tanto do candidato quanto de seu grupo familiar e prova de residência, entre outros. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), os candidatos devem ficar atentos e se informar nas instituições de ensino sobre os documentos, pois informações complementares poderão ser solicitadas.

O ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação de instituições privadas de educação superior. Nesta edição, foram ofertadas aproximadamente 243 mil bolsas, sendo 113.863 integrais e 129.124 parciais.

De acordo com o MEC, as bolsas integrais foram destinadas a estudantes com renda per capita de até 1,5 salário mínimo. As bolsas parciais são para os candidatos cuja renda familiar per capita vai até três salários mínimos. Podem concorrer às bolsas do ProUni brasileiros sem diploma de curso superior e que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017, com nota superior a 450 pontos e que não tenham zerado a prova.

O estudante também deve ter cursado o ensino médio completo em escola pública, ou em instituição privada como bolsista integral, ter alguma deficiência, ser professor da rede pública ou estar enquadrado no perfil de renda exigido pelo programa.

O processo seletivo do ProUni é composto por duas chamadas sucessivas. A segunda chamada está prevista para 2 de março. No mesmo dia tem início o prazo para comprovação de informações da segunda chamada, que vai até 9 de março. Em caso de não aprovação, o prazo para manifestar interesse na lista de espera é de 16 a 19 de março.


17/02/2018
Por Edilson Silva em Educação

Filho de pedreiro e costureira se torna o doutor mais jovem do Brasil

Histórias como a do professor universitário Guilherme Lopes merecem uma atenção. Filho de um pedreiro e uma costureira, se tornou o mais jovem doutor do Brasil, aos 26 anos, dois meses e 26 dias. Guilherme, que passou o último ano na Espanha aperfeiçoando a pesquisa, sempre estudou em escola pública e teve sua tese de doutorado em biotecnologia e farmacologia aprovada na última sexta-feira (9), na Universidade Federal do Piauí (UFPI).

O jovem usou a nota do ENEM no PROUNI, foi bolsista do curso de graduação em Biomedicina de uma faculdade particular, em Teresina. “Hoje, pude olhar pelo retrovisor da vida e vi que cheguei até aqui porque nunca vim sozinho. Me lancei ao novo, vivenciei o inesperado, saboreei o doce e o amargo, mas em todo o tempo o Todo Poderoso cuidou de mim”, disse Guilherme ao Portal Meio Norte.

No ano passado, uma cearense foi reconhecida socialmente como a mais jovem doutora do país, com 26 anos, nove meses e cinco dias.

Portal Meio Norte / UOL


16/02/2018
Por Edilson Silva em Educação, Jucurutu

Escola Municipal Valdemir Fernandes ganha Prêmio de Gestão Escolar

A Escola Municipal Valdemir Fernandes de Medeiros recebeu dentro da programação da Jornada Pedagógica 2018 o Certificado Escola Destaque Local, que foi conferida pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação – Consed. O prêmio Gestão Escolar é um reconhecimento do Consed a projetos inovadores e gestões competentes na educação básica do ensino público brasileiro.

O objetivo da premiação é estimular que escolas públicas mostrem o desenvolvimento de suas gestões, além de incentivar o processo de melhoria contínua na escola, pela elaboração de planos de ações, tendo como base uma auto avaliação.

Leonildes Costa (diretora da escola), Lenira Firmino (vice-diretora) e as coordenadoras pedagógicas, Socorro Soares e Florizia Neta, receberam das mãos de Lúcia Moura, secretária de Educação, e do Prefeito Valdir Medeiros o certificado que reconhece a qualidade da gestão escolar.


16/02/2018
Por Edilson Silva em Educação

Novo Ensino Médio: o que mudou em um ano nas escolas brasileiras

O texto que estabelece a segmentação de disciplinas de acordo com áreas do conhecimento e a implementação gradual do ensino integral, conhecido como Novo Ensino Médio, completa um ano nesta sexta-feira (16) ainda com desafios a serem cumpridos. O principal deles é, sem dúvida, a aprovação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que sofreu com atrasos e discussões sobre pontos polêmicos em 2017.

As mudanças práticas nas escolas brasileiras ainda dependem da homologação da BNCC, ainda sem data para acontecer. De toda forma, alguns avanços podem ser notados. Segundo o coordenador de Ensino Médio do Ministério da Educação, Wisley Pereira, ampliar o tempo de permanência do aluno nas escolas ainda é um dos objetivos da reforma do Ensino Médio.

“Estamos completando agora, dia 16 de fevereiro, um ano que o nosso presidente sancionou a Lei do Novo Ensino Médio. Neste um ano, o ministério da Educação ampliou a oferta de educação em tempo integral para o Ensino Médio, com o Programa Ensino Médio em Tempo Integral, em que nós temos aproximadamente quase mil escolas participando do programa. Nossa intenção é dobrar o número de matrículas de Ensino Médio em tempo integral. Parte do seu currículo já oferece escolha para os estudantes, que já está em consonância com o novo Ensino Médio.”

O professor e especialista em educação Célio Cunha vê as mudanças com bons olhos, mas alerta que somente a aplicação da Base Nacional Comum Curricular não resolverá todos os problemas enfrentados por professores e alunos do ensino médio.

“Há uma série de desafios na educação brasileira que precisam ser enfrentados conjuntamente. Não adianta você ter apenas um bom currículo se você não tiver professores, instalações, infraestrutura de escola, participação da sociedade, da família. Ou seja, é preciso que todos os fatores associados à categoria do ensino, associados à aprendizagem, eles caminhem juntos”.

No mês passado, o governo anunciou a liberação de R$ 406 milhões para o Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral. O recurso será destinado às 27 unidades da Federação ao longo deste ano. Com o programa, o governo pretende ampliar a jornada escolar de 800 para 1000 horas, obrigatoriamente.

Isso significa que os turnos vão passar das atuais quatro horas para cinco horas diárias. Depois, essa carga anual deve chegar a 1.400 horas, mas não há prazo estipulado para cumprimento dessa meta.

Para aderir ao programa, as secretarias de educação dos Estados e do Distrito Federal devem apresentar um plano de implementação ao MEC. Entre os itens que serão avaliados pela pasta, está o número mínimo de 60 matrículas em tempo integral por ano escolar e carga horária de nove horas diárias. Além das matérias obrigatórias, os alunos podem escolher disciplinas de acordo com o seu objetivo.

Uma pesquisa feita pelo Ministério da Educação com diretores e ex-diretores de 401 escolas que implementaram o ensino médio em tempo integral no ano passado revela que 91% deles acreditam no impacto das mudanças. Para esses 91%, houve melhora nas habilidades cognitivas dos estudantes.

Reportagem, Cintia Moreira


16/02/2018
Por Edilson Silva em Educação

IFRN abre inscrição para Programa de Iniciação Tecnológica para alunos da rede pública

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) lançou nesta quinta-feira (15) o edital para o Programa de Iniciação Tecnológica e Cidadania (ProITEC). O Programa tem o objetivo de promover o aprofundamento da aprendizagem de estudantes da rede pública de ensino, nas disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática e Ética e Cidadania. Os interessados devem se inscrever no período de 15 de fevereiro, a partir das 15h, até as 18h do dia 12 de março, no Portal do Candidato.

Segundo o IFRN, o ProITEC é um curso de formação. Os estudantes se inscrevem, recebem material de estudo e fazem uma prova para avaliar os conhecimentos. Todos os estudantes que estão no 9º ano ou que já concluíram o ensino fundamental podem se inscrever, desde que tenham feito todos os anos de ensino em escola pública.

Inscrição

De acordo com o IFRN, o estudante só está efetivamente inscrito depois de entregar os documentos solicitados no Item 16 do Edital. A entrega da documentação deve ser feita de 16 a 20 de março, no Campus para o qual o estudante se inscreveu. Neste momento, ele recebe o material de estudo.

A prova não dá acesso aos cursos do Instituto Federal. Segundo a assessoria de comunicação da Instituição, essa prova serve para avaliar os conhecimentos e preparar os estudantes para o processo seletivo que dá acesso aos cursos técnicos integrados ao ensino médio do Instituto, o chamado Exame de Seleção. Os estudantes que fazem a prova recebem o certificado de conclusão do ProITEC.

Custo

Os inscritos devem pagar R$ 30, até o dia 13 de março, em qualquer agência bancária. Ainda de acordo com o IFRN, o valor é utilizado para cobrir os custos de produção e realização da prova, que simula a mesma situação do processo seletivo oficial, com fiscais de sala e horário de fechamento dos portões. Os estudantes que forem membros de família de baixa renda e comprovem inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) podem solicitar a isenção do pagamento no período de 15 a 26 de fevereiro. Os estudantes inscritos no ProITEC são isentos do pagamento da taxa de inscrição do Exame de Seleção, a ser realizado posteriormente, mas precisam se inscrever novamente quando for lançado o edital do processo seletivo.


15/02/2018
Por Edilson Silva em Educação

Candidatos aprovados no ProUni têm até dia 23 para comprovar informações

Começou hoje (15) o prazo para a comprovação das informações dos candidatos pré-aprovados na primeira chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni). O procedimento deve ser feito na universidade onde o candidato vai estudar até a próxima sexta-feira (23).

As informações que devem ser comprovadas dizem respeito ao cadastro, residência e renda do candidato e da família. A instituição também poderá solicitar informações complementares.

O ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em cursos de graduação de instituições privadas de educação superior. Nesta edição, foram ofertadas aproximadamente 243 mil bolsas. Podem concorrer ao benefício brasileiros sem diploma de curso superior e que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017, com nota superior a 450 pontos e que não tenham zerado a prova.


07/02/2018
Por Edilson Silva em Educação, Jucurutu

Secretaria de Educação e Cultura realiza Jornada Pedagógica em Jucurutu

Nos dias 07 e 08 de fevereiro profissionais da educação estarão reunidos na Jornada Pedagógica 2018, promovida pela Secretaria de Educação e Cultura de Jucurutu. A partir do tema “A democracia é fundamental no meio social e, consequentemente, no espaço escolar”, serão definidas metas, estratégias e o calendário para o ano letivo de 2018.

O objetivo do encontro é discutir a educação, avaliando e propondo a construção de novos caminhos. A abertura será as 07h, na Quadra de Esportes da Escola Joel Lopes Galvão, no bairro Santa Izabel e contará com presença de professores, diretores, supervisores, coordenadores e auxiliares da rede municipal de ensino.


06/02/2018
Por Edilson Silva em Educação

371 vagas são ofertadas para cursos técnicos, de graduação e de especialização no IFRN

A Pró-Reitoria de Ensino do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) divulgou editais para cursos técnicos, de graduação e de especialização. No total, são ofertadas 371 vagas para estudantes que já concluíram o ensino médio e desejam uma formação técnica, de graduação, como também para pós-graduação.

Confira:

Edital 02/2018, para cursos técnicos subsequentes ao ensino médio, possui vagas para o primeiro período do semestre letivo de 2018 e utilizará exclusivamente as notas obtidas nas edições 2015, 2016 ou 2017 do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) para classificação dos candidatos. As inscrições estão abertas, no Portal do Candidato, e seguem até o próximo dia 8 (quinta-feira). Para este edital, as 54 vagas disponíveis contemplam os cursos Manutenção e Suporte em Informática – Campus Apodi –, Recursos Pesqueiros – Campus Macau – e Refrigeração e Climatização – Campus Santa Cruz –. Por tratar-se de Processo Seletivo na forma Subsequente, a seleção estará aberta aos portadores de certificado de conclusão do ensino médio (ou de curso equivalente). Os candidatos aprovados e classificados dentro das vagas disponíveis por campus/curso/turno deverão realizar sua pré-matrícula na diretoria acadêmica responsável do Campus nos dias 21 e 22 de março de 2018, nos horários estabelecidos nos documentos anexos ao Edital.

Edital 04/2018 e o Edital 05/2018 ofertam 276 vagas em Cursos Superiores de Graduação com entrada para primeiro semestre de 2018. Contemplando 11 campi do Instituto, são ofertados cursos superiores de licenciatura: Química, Física, Matemática, Biologia, Informática e Educação do Campo (com habilitação em Matemática e Ciências Humanas e Sociais); e cursos superiores de tecnologia: Design de Moda, Gestão de Turismo, Alimentos, Sistemas para Internet, Agroecologia, Gestão Desportiva e de Lazer, Processos Químicos, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Logística e Rede de Computadores. Ambos os editais preveem a classificação dos candidatos, exclusivamente, pelas as notas obtidas nas edições 2015, 2016 e 2017 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As inscrições estão abertas e seguem até o dia 19 de fevereiro de 2018, via Portal do Candidato.

Edital 03/2018 oferta 41 vagas para Cursos Superiores de Pós-Graduação Lato Sensu em nível de Especialização. São 16 vagas para o curso Tecnologias Aplicadas à Educação, no Campus Ceará-Mirim, e 25 vagas para o curso Ensino de Ciências Naturais e Matemática, no Campus Parnamirim. As inscrições, no valor de R$ 50,00 (cinquenta reais), devem ser feitas exclusivamente via internet, no Portal do Candidato.

A seleção da Pós em Tecnologias Aplicadas à Educação está aberta a portadores de Diploma de graduação que estejam atuando em sala de aula e outros profissionais de áreas afins (Informática, Computação e Educação); a especialização em Ensino de Ciências Naturais e Matemática é aberta aos de graduados em Física, Química, Biologia ou Matemática, e professores das áreas de Ciências Naturais (Física, Química ou Biologia) e Matemática, desde que sejam portadores de diploma de curso superior. Demais pré-requisitos podem ser consultados no Edital. O preenchimento das vagas, por campus e curso, será através de processo classificatório e eliminatório realizado por meio do Índice de Rendimento Acadêmico (IRA).

Editais

Edital 02/2018 – Processo seletivo para os cursos técnicos de nível médio na forma subsequente

Edital 04/2018 – Processo seletivo para cursos superiores de graduação

Edital 05/2018 – Processo seletivo para curso superior de graduação – Licenciatura em Educação do Campo

Edital 03/2018 – Processo seletivo para curso superior de pós-graduação lato sensu em nível de especialização – vagas remanescentes


06/02/2018
Por Edilson Silva em Educação

ProUni abre inscrições nesta terça-feira

Os estudantes interessados em obter uma bolsa de estudos por meio do Programa Universidade para Todos (ProUni) já podem fazer sua inscrição na página do programa na internet. O prazo para as inscrições começa hoje (6) e vai até sexta-feira (9).

O ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em instituições privadas de educação superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica. Podem concorrer brasileiros sem diploma de curso superior que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017 e não tenham zerado a prova.


05/02/2018
Por Edilson Silva em Educação

UFRN inicia matrículas de aprovados no Sisu nesta segunda-feira

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) começa nesta segunda-feira (5) o cadastramento e matrícula dos candidatos convocados na primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que devem apresentar os documentos requeridos para verificação de conformidade com as exigências para ingresso na instituição. Os aprovados nos campi de Natal e Macaíba serão cadastrados entre os dias 5 e 8, na Escola de Ciências e Tecnologia (ECT) do campus central, em Natal. Para os demais campi, o cadastramento ocorre de 6 a 8 no Centro Regional de Ensino Superior (CERES) de Caicó e entre os dias 7 e 8 nos campi de Currais Novos e Santa Cruz, que recebem os aprovados nos respectivos locais.

O atendimento aos candidatos acontece das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h, com divisão por datas e turnos específicos para cada curso da UFRN. A coordenadora geral do cadastramento, Andressa Medeiros Albuquerque, ressalta que devem comparecer tanto os aprovados para o primeiro como para o segundo semestre, mas estes últimos serão matriculados apenas de 19 a 21 de julho. “É importante ler com atenção a lista de documentos necessários para o cadastramento, que pode ser realizado por meio de procuração. Já a confirmação de vínculo deve ser efetuada pessoalmente pelos estudantes nas coordenações dos respectivos cursos, de 19 a 28 de fevereiro”, alerta.

O cadastramento deste ano também terá bancas de validação dos candidatos classificados para as vagas reservadas às pessoas com deficiência, incluídas pela primeira vez no Sisu. Na UFRN, os 367 aprovados nesse grupo deverão apresentar os termos, exames e laudos comprobatórios para análise da banca, que irá emitir um parecer final relativo à deficiência alegada. Caso o cadastramento seja realizado por meio de procurador, o candidato deverá submeter-se à avaliação da banca em data agendada pela Pró-Reitoria de Graduação (Prograd).

Os documentos necessários, horários de cadastramento e outras informações estão disponíveis em edital, que pode ser acessado no endereço www.sisu.ufrn.br.

Lista de espera

Espera-se que 60% das 6.923 vagas disponíveis na UFRN sejam preenchidas no cadastramento dos aprovados na primeira chamada do Sisu. Os candidatos que não foram convocados têm até o dia 7 de fevereiro para manifestar no site www.sisu.mec.gov.br o interesse em participar da lista de espera, que será utilizada para preenchimento das vagas remanescentes. O resultado da segunda chamada será divulgado em 19 de fevereiro, já o cadastramento e matrícula ocorrem de 21 a 24 de fevereiro em Natal, 21 a 23 em Caicó e nos dias 22 e 23 em Currais Novos e Santa Cruz.


04/02/2018
Por Edilson Silva em Educação, Jucurutu

Prefeitura de Jucurutu realiza cadastro de alunos da zona rural que utilizam transporte escolar

A Secretaria de Educação de Jucurutu fará, a partir da próxima segunda-feira (05), o cadastro dos alunos da zona rural que utilizam o transporte escolar. A medida visa atualizar os dados para demanda em 2018 e garantir a segurança dos estudantes que se deslocam das comunidades rurais.

Após esse trabalho a equipe técnica do Centro Rural de Ensino terá a relação completa dos alunos para dimensionar a oferta do serviço. Os estudantes devem comparecer no setor de cadastro na SEMEC, que fica localizado na Rua Professor João Bezerra, das 7 às 11h, portando documentos de identificação (RG, CPF), comprovante de residência, nome da escola, turno que estuda, nome dos pais ou responsáveis.


03/02/2018
Por Edilson Silva em Educação

Enem pode ser reformulado até 2020

O Brasil poderá ter um novo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em dois anos. A intenção é que, acompanhando o novo ensino médio, o Enem seja reformulado até 2020, disse a ministra interina da Educação, Maria Helena Guimarães.

“Isso vai precisar ser muito discutido. Parte da avaliação abordará aquilo que compõe a base comum do ensino médio, e parte do exame, a parte flexível, abordando o itinerário formativo”, afirmou a ministra.

Pelo novo ensino médio, sancionado no ano passado, parte do currículo da etapa de ensino, o equivalente a 1,8 mil horas deverá ser destinado ao conteúdo da Base Nacional Comum Curricular [BNCC], ainda em discussão.

Segundo Maria Helena, uma nova versão da BNCC será encaminhada para análise do Conselho Nacional de Educação (CNE) em março. O restante do tempo, que varia de acordo com a rede de ensino, será destinado à formação específica. Os estudantes poderão escolher entre o aprofundamento em linguagens, matemática, ciências da natureza, ciências humanas ou ensino técnico.


02/02/2018
Por Edilson Silva em Educação, Jucurutu

IFRN visita Jucurutu para discutir implantação de campus avançado

Técnicos do Instituto Federal do Rio Grande Do Norte – IFRN e do Ministério da Educação visitaram Jucurutu na manhã desta quinta-feira (01) para conhecer os possíveis locais para instalação de um campus da instituição de ensino no município. Jucurutu já estava apontada como uma possível área para instalação de unidade do IFRN, de acordo com o último estudo realizado pela Instituição em 2012. A pesquisa considerou os parâmetros estabelecidos pelo MEC, à época, para a expansão da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica.

O prefeito Valdir Medeiros e secretários recepcionaram uma comitiva formada por: Carlos Guedes, diretor de engenharia e infraestrutura do IFRN; Jaber Fernandes, arquiteto do MEC; Franclin Róbias, engenheiro elétrico; Haroldo Martins, engenheiro civil; Márcio Azevedo, pró-reitor de Pesquisa e Inovação; José Eurico, convidado pelo setor de engenharia do IFRN; deputado estadual Nelter Queiroz; a presidente da Câmara de Vereadores, Paula Torres e vereadores.

“O objetivo é avaliar as variadas opções que o município colocou à disposição do IFRN e do Ministério da Educação para a implantação do campus avançado de Jucurutu. Fizemos as visitas, ficamos satisfeitos com o que vimos. Explicamos às autoridades sobre as necessidades inerentes a construção e funcionamento de um campus. Esperamos agora da edilidade as providencias para prosseguirmos com o trabalho”, esclareceu Carlos Guedes, do IFRN.

O prefeito Valdir explicou que o próximo passo a ser efetivado é realizar a topografia dos locais vistoriados, “daí essa documentação irá para a reitoria do IFRN para avaliar qual o local mais adequado para a posterior construção”.

ASSECOM – PREFEITURA DE JUCURUTU/RN


31/01/2018
Por Edilson Silva em Educação, Jucurutu, Política

Prefeito Valdir Medeiros visitou Campus do IFRN em Natal

O prefeito de Jucurutu esteve visitando, na manhã desta quarta-feira (31), na capital, o Campus Central do Instituto Federal do Rio Grande do Norte – IFRN. Valdir Medeiros participou de reunião com o reitor Wyllys Abel Farkatt Tabosa e conheceu o funcionamento da instituição de educação, ciência e tecnologia.

A reunião tratou de diversos pontos, principalmente da visita que engenheiros e representante do MEC farão nesta quinta-feira (01) a Jucurutu, quando irão conhecer alguns locais para possível instalação do Campus do IFRN na cidade. O prefeito Valdir esteve acompanhado dos secretários de Educação, Lúcia Moura, de Compras, Aécio Nogueira, e de Obras e Serviços Urbanos, Fylippe Mello.


31/01/2018
Por Edilson Silva em Educação

Fies 2018 abre inscrições em fevereiro com novas regras

Aqueles que desejam ingressar no Ensino Superior neste ano devem ficar atentos às mudanças oferecidas pelo Novo Fies. A partir deste semestre, haverá a oferta de novas vagas com financiamento a juros zero para estudantes com renda familiar mensal de até três salários mínimos. Serão 100 mil vagas para essa categoria. Antes das mudanças, a taxa de juros era de 6,5% ao ano. O ministro da Educação, Mendonça Filho, ressalta que as novas regras devem facilitar o acesso ao ensino superior.

“Nas mudanças introduzidas a gente assegura 300 mil vagas nos três modelos de FIES. O FIES 1, com juros zero para 100 mil contratos. Basta lembrar que o FIES antigo tinha juros de 6,5% ao ano, com o início de pagamento só depois que o estudante tiver renda, ou seja, se ele não tiver renda ele não paga, até quando ele tem um emprego ou uma fonte de renda estável.”

O programa também vai oferecer vagas exclusivas para alunos que tenham renda familiar per capita de até cinco salários mínimos e que morem nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Os recursos, segundo o ministro da Educação, virão dos fundos constitucionais regionais.


30/01/2018
Por Edilson Silva em Educação

Prouni abre consulta para 242 mil bolsas de estudo parciais e integrais

O Ministério da Educação abriu, na tarde desta segunda-feira (2)), a consulta para vagas do Programa Universidade para Todos (Prouni) do primeiro semestre de 2018. As inscrições para estudar em instituições de ensino superior particulares com bolsa de estudo integral ou parcial começa em 6 de fevereiro.

Neste semestre, o MEC oferece 242.987 vagas em 2.976 faculdades privadas, Dessas, 113.863 são bolsas de estudo integrais (37.604 para cursos a distância) e 129.124 são bolsas de estudo parciais.

Candidatos cuja renda familiar bruta mensal per capita não exceda 1,5 salário mínimo são elegíveis às bolsas integrais. Já as parciais são voltadas aos estudantes com renda familiar bruta mensal per capita inferior a três salários mínimos. A inscrição inclui até duas opções de instituição, local de oferta, curso, turno e tipo de bolsa pretendida.

Os interessados devem ter feito o ensino médio em escola pública e devem ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017. Os candidatos também devem atender a pelo menos um dos requisitos seguintes:

1 – ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública

2 – ter cursado o ensino médio completo em escola privada, mas como bolsista integral

3 – ter cursado o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em escola privada, mas como bolsista integral

4 – ter alguma deficiência;

5 – ser professor da rede pública de ensino.


26/01/2018
Por Edilson Silva em Educação, Jucurutu

Carnaval do Infantário Doce Mel acontece em 09 de fevereiro

A equipe do Infantário Doce Mel realizará na próxima sexta-feira (09/02), o cortejo de carnaval das crianças e pais da instituição. O momento será aberto a toda população jucurutuense.

Um arrastão foi marcado com concentração prevista a partir das 17h e 30min. saindo de frente da escola que fica situada na Rua Vicente Dutra de Souza, próximo ao Ministério Público. De lá os participantes seguirão percorrendo algumas ruas e avenidas do centro da cidade em direção à Praça Janúncio Afonso.

De acordo com a equipe organizadora uma orquestra de frevo e paredão estarão animando o evento.

Venha prestigiar!


25/01/2018
Por Edilson Silva em Educação

UFRN disponibiliza edital de cadastramento do Sisu

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) lançou nesta quarta-feira, 24, o edital de cadastramento dos alunos selecionados pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu). No documento é possível obter informações sobre as datas e os locais do cadastramento, além dos documentos necessários para verificação de conformidade com as exigências para ingresso na instituição.

As datas e locais de cadastramento possuem uma variação de acordo com o campus ao qual a vaga do aluno é destinada. Nos campi Natal ou Macaíba, a primeira chamada será nos dias 5, 6, 7 e 8 de fevereiro e a segunda chamada ocorre em 21, 22, 23 e 24 do mesmo mês, na Escola de Ciências e Tecnologia (ECT) da UFRN, localizada no Campus Central.

Em 6, 7 e 8 de fevereiro, os alunos aprovados na primeira chamada para o Campus de Caicó e para o curso multicampi de Medicina devem realizar o cadastramento no Centro Regional de Ensino Superior do Seridó (CERES) da UFRN, Campus Caicó, já a segunda chamada será de 21 a 23 de fevereiro, no mesmo local.

No caso dos alunos selecionados nos campi de Currais Novos ou Santa Cruz, as matrículas da primeira chamada acontecem nos dias 7 e 8 de fevereiro e da segunda chamada nos dias 22 e 23 de fevereiro. Os aprovados no Campus Currais Novos devem efetuar o cadastro no CERES-Currais Novos e os aprovados no Campus Santa Cruz devem se dirigir à Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi (FACISA), em Santa Cruz/RN.

O horário de realização do cadastramento para todos os aprovados na primeira e na segunda chamada é o mesmo em todos os campi, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h (horário local). Os candidatos não convocados para a primeira chamada devem ficar atentos ao prazo para manifestar interesse na lista de espera no site do Sisu, de 29 de janeiro a 7 de fevereiro.

Para conferir o edital da UFRN na íntegra, basta acessar o link www.sisu.ufrn.br ou o site da Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD), no www.prograd.ufrn.br, escolhendo os menus “Acadêmico” e “Sisu”.


18/01/2018
Por Edilson Silva em Educação

Enem 2017 tem 53 redações com nota máxima, revela Inep

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou na manhã desta quinta-feira (18) as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). No que diz respeito às redações, apenas 53 candidatos conquistaram a nota máxima.

O número é inferior ao da prova anterior, quando 77 concorrentes tiraram 1000 na redação.

Em contrapartida, o número de provas com nota zero subiu de 291.806 (2016) para 309.157 (2017). Apenas 6,5% das redações receberam nota zero. Os motivos foram: fuga ao tema (5,01%), prova em branco (0,80%), texto insuficiente (0,33%), parte desconectada (0,17%), não atendimento ao tipo textual (0,11%), cópia do texto motivador (0,09%), outros motivos (0,03%).

Ao todo, 4.725.330 redações foram corrigidas pela organização. Em 2016, foram 6.034.672.

O resultados estão disponíveis em http://www.inep.gov.br/.


Página 1 de 1712345...10...Última »


Facebook


Twitter