13/04/2018
Por Edilson Silva em Educação, Jucurutu

Estudantes participam do Projeto Cine Sertão em Jucurutu

Teve início na manhã dessa quinta-feira (12), na cidade de Jucurutu o projeto Cine Sertão, que tem o objetivo de levar cinema com tecnologia 3D para cidades do sertão potiguar.

Diversos estudantes compareceram ao ginásio de esportes do bairro Abraão Lopes para assistir o filme Rexy 3D, e receber orientações sobre o mundo do cinema. As exibições estão acontecendo das 07h às 11h e das 13h às 17 horas. A equipe organizadora lembra que é aberto somente para estudantes do município com faixa etária de 06 a 17 anos.

O projeto se estenderá até o próximo sábado (14), onde encerrará suas atividades com oficinas de Meio ambiente de Bioma Caatinga a partir das 08 horas no auditório da Escola Wagner Lopes de Medeiros.

A prefeitura de Jucururu junto com as secretarias de educação e cultura, Esporte e Turismo são parceiros diretos do projeto.


11/04/2018
Por Edilson Silva em Educação

UFRN assina contrato com o Ministério Público do RN para oferta de cursos

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) firmou convênio na tarde desta terça-feira, 10, com o Ministério Público do Estado do RN e com a Fundação Norte-Rio-Grandense de Pesquisa e Cultura (Funpec), para a oferta de oito cursos de extensão através de um ambiente virtual, nos próximos três anos.

As capacitações serão voltadas para os servidores do MPRN, momentos nos quais serão abordados temas afins à área jurídica. Marcus Aurélio de Freitas Barros, promotor do Ministério Público e professor da UFRN, afirmou que a iniciativa é um salto histórico para o setor de gestão de pessoas. “As capacitações com conteúdos à luz da vivência das situações do Ministério, com carga horária de 60 horas, serão mais amplas e profundas, com uma solidez maior, que atravessa até um projeto interno que temos aqui chamado Formar MP”, colocou.

Na mesma perspectiva, a reitora da UFRN, Ângela Maria Paiva Cruz, destacou que a ação coincide com a missão da Universidade de promover o desenvolvimento humano e socioeconômico, não apenas no âmbito da Instituição. “A UFRN tem um conjunto de competências disponíveis para as instituições. E, para nós, essa ação que agora estamos viabilizando é muito importante, pois é um canal freqüente para que o conhecimento produzido aqui possa chegar a cada cidadão do Estado em forma de benefício”.

A assinatura do contrato aconteceu na sede do Ministério Público e contou também com a presença do procurador geral de justiça, Eudo Leite, da secretária de Educação à Distância da UFRN, Carmen Rego, e do vice-diretor da FUNPEC, Gumercindo Fernandes.


08/04/2018
Por Edilson Silva em Educação

Prazo para pedir isenção no Enem é ampliado para 15 de abril

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) prorrogou o prazo para solicitação de isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A data final, inicialmente marcada para 11 de abril, foi adiada para o dia 15 de abril.

Também foi prorrogado o prazo para os candidatos que tiveram isenção no ano passado e faltaram aos dois dias de prova justificarem sua ausência, para continuar tendo o benefício.

Segundo o Inep, o objetivo da mudança é dar mais tempo para que os participantes possam se adequar às novidades desta edição, “garantindo, assim, a isonomia a todas as pessoas com direito à gratuidade da taxa de inscrição do Exame”, diz o instituto.


06/04/2018
Por Edilson Silva em Educação

Secretaria de Educação alerta estudantes sobre o prazo para realizar cadastro do transporte escolar

A secretaria de Educação e Cultura de Jucurutu comunica a todos os estudantes das redes municipal e estadual de ensino, que o cadastramento estudantil para ter acesso ao transporte escolar estará sendo realizado até o dia 30/04/2018.

Os estudantes ou responsáveis que ainda não realizaram o cadastro podem comparecer na SEMEC de segunda a sexta-faira das 07h as 11h e das 14h as17h portando os seguintes documentos:

.Foto 3×4
.Cópia (RG, CPF e comprovante de residência)
.Nome da Escola onde o aluno estuda.
.Horário que estuda.
.Rota (local onde mora e o trajeto para chegar na escola)


04/04/2018
Por Edilson Silva em Educação

MEC entrega base curricular do ensino médio para análise de conselho

A Base Nacional Comum Curricular do ensino médio (BNCC) foi entregue ontem (3) pelo ministro da Educação, Mendonça Filho, ao Conselho Nacional de Educação (CNE). O documento vai orientar os currículos dessa etapa e estabelecer as habilidades e competências que devem ser desenvolvidas pelos alunos ao longo do ensino médio em cada uma das áreas.

O texto entregue pelo MEC organiza a BNCC do ensino médio por áreas do conhecimento: linguagens, matemática, ciências da natureza e ciências humanas. Apenas as disciplinas de língua portuguesa e matemática aparecem como componentes curriculares, ou seja, disciplinas obrigatórias para os três anos do ensino médio.


03/04/2018
Por Edilson Silva em Cursos, Educação

Cursinho Pré-IFRN inicia suas aulas em Jucurutu

Com quatro anos de experiência e uma equipe capacitada, o Cursinho SuperIntensivo oferece aulas de Língua Portuguesa e Redação com a professora Fafá e Matemática com a professora Mônica Cristina nas segundas e quartas, no horário das 18h30 às 20h30.

Funcionando em parceria com o Centro Educacional São Miguel, o Cursinho SuperIntensivo iniciou, na noite desta segunda-feira, 02/04, suas aulas preparatórias para o Exame de Seleção do Instituto Federal do Rio Grande do Norte.

Em breve ofereceremos Isolado de Língua Portuguesa e Redação para o ENEM e Concursos.

Mais informações: (84) 99960-0592 / 99955-8189


02/04/2018
Por Edilson Silva em Educação

Prazo para isenção da taxa de inscrição do Enem começa na segunda

Os estudantes que irão participar do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2018 e quiserem pedir isenção da taxa de inscrição devem ficar atentos.

Neste ano, a solicitação de isenção será feita entre os dias 2 e 11 de abril, ou seja, antes do período de inscrição, que começa em maio. O pedido deve ser feito, exclusivamente, pelo endereço site do Enem.

Serão isentos os estudantes que estejam cursando a última série do ensino médio neste ano em escola da rede pública, ou que tenha cursado todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada e tenha renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio.


24/03/2018
Por Edilson Silva em Educação

UERN abre vagas para contratação temporária de professor em diversas áreas

Fundação Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (FUERN), por meio da Pró-Reitoria de Recursos Humanos e Assuntos Estudantis (PRORHAE), fundamentada na Lei Ordinária Estadual Nº 9.939, de 09 de abril de 2015, torna pública a abertura de inscrições para o Edital Nº 03/2018 – Processo Seletivo Simplificado para contratação temporária de professor – PRORHAE-UERN considerando a demanda de sala de aula do semestre letivo 2017.2.

Estão sendo ofertadas vagas para os campi de Assú (Geografia, Economia e História); Caicó (Odontologia e Enfermagem); Pau dos Ferros (Enfermagem, Administração, Educação Física, Letras Estrangeiras e Letras Vernáculas); Patu (Letras e Ciências Contábeis) e Mossoró (Letras Vernáculas, Ciências Contábeis, Ciências Biológicas, Letras Estrangeiras, Filosofia, Física, Serviço Social, Direito, Economia e Ciências Biomédicas).


22/03/2018
Por Edilson Silva em Caicó, Educação

Dia Mundial da Água: Caicó realiza exposição na Ilha de Sant’Ana

O Dia Mundial da Água é comemorado nesta quinta-feira (22). Em Caicó, acontece uma exposição sobre conscientização e sensibilização do uso responsável da água, na Ilha de Sant’Ana, hoje e amanhã (23), das 7 às 17 horas.

A exposição está sendo organizada pelo Município de Caicó, através das secretarias municipais do Meio Ambiente, de Educação, Trabalho, Habitação e Assistência Social e Defesa Civil Municipal com o apoio da CAERN, UFRN, IFRN e outras instituições parceiras.

Apesar de o nosso planeta ser repleto de água, estima-se que apenas 0,77% esteja disponível para o consumo humano em lagos, rios e reservatórios subterrâneos. Vale destacar, no entanto, que essa quantidade não está distribuída igualmente por todo o território, consequentemente, existem locais onde esse recurso é considerado bastante valioso. Em virtude dessa desigualdade de distribuição, em várias regiões ocorrem verdadeiros conflitos por água.

Além da escassez de água em algumas regiões, a população enfrenta ainda o problema da baixa qualidade. A poluição causada pelas atividades humanas faz com que a água esteja disponível, porém não esteja própria para o consumo. Estima-se que 20% da população mundial não tenha acesso à água limpa e, segundo a UNICEF, cerca de 1400 crianças menores que cinco anos de idade morrem todos os dias em decorrência da falta de água potável, saneamento básico e higiene.


21/03/2018
Por Edilson Silva em Educação

Enem deste ano terá 30 minutos a mais para provas de exatas

Neste ano, os candidatos que participarão do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) terão 30 minutos a mais para fazer a prova do segundo dia, que reúne conteúdos de ciências da natureza e matemática. Segundo o edital da prova, publicado hoje (21) no Diário Oficial da União, os estudantes terão cinco horas para fazer a prova no segundo dia e cinco horas e meia no primeiro dia.

Assim como em 2017, neste ano as provas do Enem serão realizadas em dois domingos seguidos: nos dias 4 e 11 de novembro. A estrutura da prova também não mudou: no primeiro dia serão aplicadas as provas de Redação, Linguagens e ciências humanas, com duração de cinco horas e meia, e no segundo dia, as provas de ciências da natureza e matemática, com cinco horas de duração.

As inscrições deverão ser feitas das 10h do dia 7 de maio às 23h59 de 18 de maio deste ano.

A taxa de inscrição foi mantida em R$ 82. O pagamento deve ser feito entre os dias 7 e 23 de maio.

Isenções

A solicitação de isenção da taxa de inscrição deve ser feita entre os dias 2 e 11 de abril. Serão isentos os estudantes que estejam cursando a última série do ensino médio neste ano em escola da rede pública, ou que tenha cursado todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada e tenha renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio.

Também tem isenção o participante que declarar estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica, por ser membro de família de baixa renda e que esteja inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal . Neste ano, também são isentos os participantes do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) do ano passado.

Os participantes isentos da taxa de inscrição que não compareceram nos dias de prova no Enem do ano passado terão que justificar a ausência por meio de atestado médico, documento judicial ou boletim de ocorrência para fazer o Enem 2018 sem pagar a taxa. O prazo para justificar a ausência no Enem do ano passado vai de 2 a 11 de abril.

O participante que não apresentar justificativa de ausência no Enem 2017 ou tiver a justificativa reprovada após o recurso e desejar se inscrever no Enem 2018 deverá pagar o valor da taxa de inscrição.

Segurança

O edital do Enem continua prevendo a realização de revista eletrônica nos locais de prova, por meio do uso de detectores de metais. A novidade deste ano é que os alunos também deverão permitir que os artigos religiosos, como burca e quipá, sejam revistados pelo aplicador das provas. Quem não permitir a revista poderá ser eliminado.

Imprevistos

Segundo o edital deste ano, o participante afetado por problemas logísticos durante a aplicação poderá solicitar reaplicação do exame em até cinco dias úteis após o último dia de aplicação. Os casos serão julgados individualmente pela Comissão de Demandas.

No ano passado, cerca de 3,5 mil estudantes tiveram que refazer as provas em outra data por problemas como falta de energia nos locais do exame.

Direitos Humanos

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) retirou do edital o item que determinava que a redação que desrespeitasse os direitos humanos teria nota zero. No ano passado, o Tribunal Regional Federal da 1ª Região determinou a suspensão da regra que previa a anulação da redação que violasse os direitos humanos.

Os resultados do Enem poderão ser usados em processos seletivos para vagas no ensino superior público, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para bolsas de estudo em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Por Sabrina Craide/Agência Brasil


20/03/2018
Por Edilson Silva em Educação

Espelhos de redação do Enem e notas de treineiros são disponibilizados

Os estudantes que participaram da última edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), realizada em novembro do ano passado, já podem conferir, pelo portal, a correção de sua redação. A correção é feita por dois professores, que conferem ao texto do candidato uma nota entre 0 e 1.000 pontos, observando cinco critérios, cada um valendo 200 pontos, que, somados, dão a nota total.

Os critérios são: comprovar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa; demonstrar compreensão da proposta da redação, aplicando conceitos de áreas distintas no desenvolvimento do tema; selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos na defesa de um ponto de vista; demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários à argumentação; e sugerir uma intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela organização do Enem, informou, em nota, que, “acatando decisão do Supremo Tribunal Federa”, a banca de correção acabou por não punir com nota 0 candidatos que compuseram, em seus textos, enunciados favoráveis a violações de direitos humanos, sanção que estava prevista no edital da prova.

De acordo com uma cartilha divulgada pelo Inep, também seriam passíveis de anulação as redações que contivessem “impropérios e desenhos ou aquelas que fugissem ao assunto ou  (sete) linhas. Foi exigido que o candidato escrevesse, no mínimo, oito linhas, limite que, quando desrespeitado, também justificaria a nota zero.

No Enem 2017, os candidatos foram desafiados a escrever sobre os obstáculos que os surdos enfrentam em seu processo educacional. Cerca de 6,7 milhões de candidatos tiveram a inscrição confirmada, dos quais 30,2% faltaram no primeiro dia. No segundo dia de prova, o índice de abstenção subiu para 32%.

Também foi divulgada nesta segunda-feira a nota dos estudantes que fizeram o teste na condição de treineiros, ou seja, participantes que, no ano passado, ainda não tinham concluído o ensino médio e eram menores de 18 anos. No caso dos treineiros, que representaram 8,9% do total de participantes na última edição do Enem, os resultados atingidos não podem ser usados para acesso às instituições de ensino superior.


16/03/2018
Por Edilson Silva em Educação

Professores da rede estadual deflagram greve no RN

Os trabalhadores em educação da Rede Estadual de ensino aprovaram o indicativo de greve da categoria.

O movimento grevista está marcado para começar na quinta-feira (22).

A assembleia da Rede Estadual de ensino fez um minuto de silêncio em homenagem a vereadora Marielle Franco (PSOL/RJ), assassinada na última quarta-feira (14).

A reivindicação é pelo cumprimento do pagamento do Piso Nacional e a melhoria na estrutura das escolas.


16/03/2018
Por Edilson Silva em Educação

Novo prazo para complementação de inscrição no Fies termina hoje

O Ministério da Educação (MEC) prorrogou novamente o prazo para os estudantes pré-selecionados na chamada única do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) complementarem sua inscrição no Fies Seleção. Os candidatos têm até esta sexta-feira (16) para fechar a contratação.

Até o momento, a pasta não divulgou balanço parcial dos candidatos que conseguiram concluir a inscrição. Essa é a terceira vez que o MEC adia o prazo, que terminaria na quinta-feira passada (8).

Segundo o MEC, a nova prorrogação do prazo busca foi necessária para garantir os interesses dos candidatos pré-selecionados em chamada única e que estiverem classificados em lista de espera.

A lista de pré-selecionados na chamada regular do Fies foi divulgada na noite de segunda-feira (5), e, desde então, candidatos relataram problemas para concluir a inscrição.

A prorrogação abrange as 80 mil vagas a juro zero, destinadas, neste primeiro semestre, aos estudantes que comprovarem renda per capital mensal familiar de até três salários mínimos. O período de divulgação dos resultados da pré-seleção da modalidade P-Fies começa no dia 16 de março.

Cursos abrangidos

O Fies abrange cursos de graduação com conceito maior ou igual a três no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), ofertados pelas instituições de ensino superior participantes do financiamento. Também estão aptos a fazer parte do programa os cursos que, ainda não avaliados pelo Sinaes, estejam autorizados para funcionamento pelo cadastro do MEC.

Por Heloisa Cristaldo/Agência Brasil


09/03/2018
Por Edilson Silva em Educação

MEC prorroga prazo para complementação de inscrição no Fies

Foi prorrogado para sexta-feira, 9, o prazo para os estudantes pré-selecionados na chamada única do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) complementarem sua inscrição no Fies Seleção e, posteriormente, fecharem a contratação. Inicialmente, o prazo terminaria nesta quinta-feira, 8. A lista de pré-selecionados na chamada regular foi divulgada na noite de segunda-feira, 5, mas candidatos relataram problemas para concluir a inscrição.

A prorrogação abrange as 80 mil vagas isentas de juros, destinadas neste semestre aos estudantes que comprovarem renda per capita mensal familiar de até três salários mínimos. Também foi prorrogado para o dia 16 deste mês o período de divulgação dos resultados da pré-seleção da modalidades P-Fies, que estava previsto para o dia 12.

Segundo o MEC, as mudanças buscam preservar os interesses dos candidatos pré-selecionados em chamada única e que estiverem classificados em lista de espera.

Calendário do processo

  • De 6 a 9 de março: Complementação da inscrição no Fies Seleção pelos candidatos pré-selecionados na chamada única na modalidade do Fies.
  • 16 de março: Resultado da pré-seleção na modalidade do P-Fies, para renda familiar de até cinco salários mínimos.
  • Até 30 de março: Candidatos participantes da Lista de Espera na modalidade do Fies que forem pré-selecionados deverão complementar sua inscrição no Fies Seleção. O prazo é de três dias úteis a contar da divulgação de sua pré-seleção.


02/03/2018
Por Edilson Silva em Educação

Ministério da Educação divulga nesta sexta-feira a segunda chamada do ProUni

O Ministério da Educação divulga nesta sexta-feira, 2, a segunda chamada do Programa Universidade para Todos (Prouni). O resultado será publicado no site do ProUni.

A lista pode também ser acessada pelo aplicativo do ProUni para o celular.

Os candidatos convocados têm desta sexta até o dia 9 para comprovar os dados informados na inscrição na universidade que escolheram para estudar.

Em caso de não aprovação, o prazo para manifestar interesse na lista de espera é de 16 a 19 de março.

O ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação de instituições privadas de educação superior. Nesta edição, foram ofertadas aproximadamente 243 mil bolsas, sendo 113.863 integrais e 129.124 parciais.

De acordo com o MEC, as bolsas integrais foram destinadas a estudantes com renda per capita de até 1,5 salário mínimo. As  bolsas parciais são para os candidatos cuja renda familiar per capita vai até três salários mínimos.

Podem concorrer às bolsas do ProUni brasileiros sem diploma de curso superior e que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017, com nota superior a 450 pontos e que não tenham zerado a prova.

O estudante também deve ter cursado o ensino médio completo em escola pública, ou em instituição privada como bolsista integral, ter alguma deficiência, ser professor da rede pública ou estar enquadrado no perfil de renda exigido pelo programa.


01/03/2018
Por Edilson Silva em Educação

Novos conteúdos do Projeto #QueroAprender estão disponíveis a partir de hoje (1)

Hoje (1º), os estudantes da rede estadual de educação passarão a ter acesso aos novos contéudos online do Projeto #QueroAprender para o ano de 2018. A publicação dos materiais acontecerá por meio do ambiente virtual de aprendizagem do Sistema Integrado de Gestão da Educação (www.sigeduc.rn.gov.br) e na página oficial do programa no Facebook.

Em seu segundo ano, o projeto ajuda aos estudantes na preparação para a realização de provas avaliativas, como o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Os conteúdos são de responsabilidade de professores que atuam nas redes pública e privada de ensino.  Presente em múltiplas plataformas, o projeto #QueroAprender também estão presente Google Play por meio do seu aplicativo oficial.


28/02/2018
Por Edilson Silva em Educação

Prazo de inscrições para o FIES se encerram nesta quarta

Terminam nesta quarta-feira (28) as inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Coordenado pelo Ministério da Educação (MEC), o programa oferece linhas de crédito para custear a mensalidade de estudantes interessados em cursar o ensino superior em instituições privadas. No total, serão ofertadas 310 mil vagas, sendo 155 mil para o primeiro semestre de 2018.

Podem se inscrever quem teve média de pelo menos 450 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e não tirou zero na redação. Outra exigência é se encaixar dentro dos limites de faixa de renda estabelecidos para o programa.

As inscrições devem ser feitas pelo site do MEC. O candidato deve fornecer o número do CPF, a data de nascimento e um e-mail válido. Além disso, deve informar a renda familiar para comprovar que se encaixa nas exigências do programa.

Os recursos do financiamento são destinados a financiar alunos em cursos superiores privados, desde que tenham avaliação positiva junto ao MEC. O montante a ser pago depende de uma fórmula que leva em consideração o preço da mensalidade e a renda familiar do candidato. No início do mês, o Comitê Gestor do Fies definiu os limites do financiamento: máximo de R$ 30 mil e mínimo de R$ 300 por semestre.

As condições do financiamento são estipuladas entre o banco que irá conceder o empréstimo, a instituição de ensino e o aluno. O estudante começará a pagar a dívida após a formatura e o valor da parcela dependerá de sua renda.

Modalidades

O governo oferta duas modalidades de financiamento (Fies e P-Fies), estruturadas em três faixas. O Fies abrange a primeira, que contempla alunos com renda familiar bruta de atê três salários mínimos por pessoa. Neste caso, as parcelas terão apenas a reposição inflacionária, com juro real zero.

O P-Fies contempla as segunda e terceira faixas. A segunda é destinada a alunos com renda de até cinco salários mínimos por pessoa nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Já a terceira é voltada a estudantes com o mesmo teto de renda familiar nas demais regiões. Nesses dois casos, os juros serão um pouco acima da inflação.


20/02/2018
Por Edilson Silva em Educação

UFRN convoca aprovados na segunda chamada do Sisu para cadastramento

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) publicou no último dia 19 a segunda chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que inclui aprovados e suplentes para preenchimento das vagas remanescentes da instituição.

Os candidatos devem consultar a lista de convocação no endereço www.sisu.ufrn.br, no qual também está disponível o edital com a documentação necessária para cadastramento e matrícula, que acontecem a partir desta quarta-feira, 21.

Em Natal, o cadastramento dos aprovados na segunda chamada acontece de 21 a 24 de fevereiro na Escola de Ciência e Tecnologia (ECT) da UFRN, localizada no campus central, onde serão atendidos os aprovados em Natal e Macaíba. Os demais devem comparecer aos respectivos campi onde foram aprovados, nas seguintes datas: de 21 a 23 em Caicó e de 22 a 23 em Currais Novos e Santa Cruz.

O horário de cadastramento é o mesmo em todos os locais, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h, sendo as datas e os períodos de atendimento divididos por curso, conforme o quadro disponibilizado no edital.


20/02/2018
Por Edilson Silva em Educação

ProUni: selecionados em primeira chamada têm até dia 23 para comprovar dados

Termina nesta sexta-feira (23) o prazo para comprovação dos dados dos candidatos pré-aprovados na primeira chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni). A confirmação das informações é requisito para garantir a vaga e deve ser feita na universidade onde o candidato vai estudar.

Os dados que devem ser comprovadas dizem respeito ao cadastro e à renda, tanto do candidato quanto de seu grupo familiar e prova de residência, entre outros. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), os candidatos devem ficar atentos e se informar nas instituições de ensino sobre os documentos, pois informações complementares poderão ser solicitadas.

O ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação de instituições privadas de educação superior. Nesta edição, foram ofertadas aproximadamente 243 mil bolsas, sendo 113.863 integrais e 129.124 parciais.

De acordo com o MEC, as bolsas integrais foram destinadas a estudantes com renda per capita de até 1,5 salário mínimo. As bolsas parciais são para os candidatos cuja renda familiar per capita vai até três salários mínimos. Podem concorrer às bolsas do ProUni brasileiros sem diploma de curso superior e que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017, com nota superior a 450 pontos e que não tenham zerado a prova.

O estudante também deve ter cursado o ensino médio completo em escola pública, ou em instituição privada como bolsista integral, ter alguma deficiência, ser professor da rede pública ou estar enquadrado no perfil de renda exigido pelo programa.

O processo seletivo do ProUni é composto por duas chamadas sucessivas. A segunda chamada está prevista para 2 de março. No mesmo dia tem início o prazo para comprovação de informações da segunda chamada, que vai até 9 de março. Em caso de não aprovação, o prazo para manifestar interesse na lista de espera é de 16 a 19 de março.


17/02/2018
Por Edilson Silva em Educação

Filho de pedreiro e costureira se torna o doutor mais jovem do Brasil

Histórias como a do professor universitário Guilherme Lopes merecem uma atenção. Filho de um pedreiro e uma costureira, se tornou o mais jovem doutor do Brasil, aos 26 anos, dois meses e 26 dias. Guilherme, que passou o último ano na Espanha aperfeiçoando a pesquisa, sempre estudou em escola pública e teve sua tese de doutorado em biotecnologia e farmacologia aprovada na última sexta-feira (9), na Universidade Federal do Piauí (UFPI).

O jovem usou a nota do ENEM no PROUNI, foi bolsista do curso de graduação em Biomedicina de uma faculdade particular, em Teresina. “Hoje, pude olhar pelo retrovisor da vida e vi que cheguei até aqui porque nunca vim sozinho. Me lancei ao novo, vivenciei o inesperado, saboreei o doce e o amargo, mas em todo o tempo o Todo Poderoso cuidou de mim”, disse Guilherme ao Portal Meio Norte.

No ano passado, uma cearense foi reconhecida socialmente como a mais jovem doutora do país, com 26 anos, nove meses e cinco dias.

Portal Meio Norte / UOL


Página 1 de 1812345...10...Última »


Facebook


Twitter