08/05/2019
Por Edilson Silva em Educação

Equipe do IFRN co​nquista troféu em competição de robótica em Portugal

No último de 29 de abril, o professor João Moreno Vilas Boas, juntamente com os alunos André Anderson Queiroz e João Rafael Costa, do Campus Natal-Central, regressaram do Festival Nacional de Robótica, que ocorreu na cidade de Gondomar, em Portugal, com o troféu de terceiro lugar na competição.

A equipe LAICA foi enviada para o torneio depois de terminar em 1º lugar na Olimpíada de Robótica do IFRN, realizada em 2018, na Semana de Ciência, Tecnologia e Extensão do Instituto (Secitex). Na bagagem, trouxeram o troféu pela modalidade “Rescue Line”, uma menção honrosa pela melhor arquitetura robótica do Festival.

O Festival Nacional de Robótica é um evento promovido pela Sociedade Portuguesa de Robótica que tem como objetivo a promoção da Ciência e Tecnologia junto aos jovens, professores e pesquisadores, através de competições de robôs autônomos. Servindo também como classificatória das equipes portuguesas para o “RoboCup”, competição de robótica de âmbito mundial. A participação na competição veio de parceria do IFRN, através das Pró-Reitoria de Ensino e de Pesquisa e Inovação, a fim de promover a internacionalização das ações desenvolvidas por estudantes e servidores.

Além da participação na FNR, a equipe fez uma visita à Universidade de Coimbra, sendo recepcionada pelos professores Edmundo Monteiro, Marília Curado e Marco Vieira. Na oportunidade, foi apresentada a estrutura do departamento de engenharia, alguns laboratórios de pesquisa, bem como a dinâmica de funcionamento da instituição.

O aluno André resumiu sua experiência com entusiasmo: “a viagem para Portugal significou muito, tanto na área pessoal quanto na profissional, pois tive a oportunidade de participar das competições em um país diferente, com outra cultura e de conhecer os professores da Universidade de Coimbra, onde aprendemos bastante. Foi uma experiência incrível para nós.”

O professor João Moreno espera que ações como esta possam continuar no futuro, enfatizando a importância desta para a pesquisa na área de robótica do IFRN: “esta ação organizada pelas Pró-Reitorias de Ensino e Pesquisa é fantástica. Foi muito gratificante poder participar de um torneio de robótica de alto nível em Portugal e perceber que o IFRN está em pé de igualdade com outras instituições de ensino na Europa”, finalizou.


07/05/2019
Por Edilson Silva em Educação, RN

Parceria entre IFRN e Governo do Estado capacita produtores de queijo do Seridó

O estudante William Guedes tem só 17 anos, mas já está buscando aprender como melhorar o processo de fabricação de queijo artesanal da família. A avó começou o negócio, que passou para sua mãe, que inseriu seu pai e agora chegou até ele. No último final de semana, William foi um dos 50 participantes do primeiro curso de fabricação de queijo minas padrão e doce de leite ministrado pelo Centro de Tecnologia do Queijo do IFRN em parceria com o Governo do Estado em Currais Novos, durante a 22ª Exponovos.

“Nossa família tem essa tradição no queijo artesanal, produzido em casa mesmo. Vim participar para aprender mais sobre boas práticas, a questão da higiene. Quando nossa queijeira estiver pronta, o cliente vai ter confiança de comprar da gente porque sabe que trabalhamos de maneira correta e seguindo todas as normas legais”, diz. A queijeira da família, na zona rural de Currais Novos, é uma das beneficiadas pelo Governo do Estado no Edital de Leite e Derivados e será construída com recursos do acordo de empréstimo com o Banco Mundial.

A iniciativa é uma parceria do Governo Cidadão, IFRN e Secretaria de Agricultura de Currais Novos e deverá se estender às 39 queijeiras beneficiadas com os investimentos. “Essa integração é importante, porque unimos a expertise do IFRN com a necessidade dos beneficiários. Em breve eles estarão com as queijeiras prontas para produzir e precisam de iniciativas como essa para aperfeiçoar as boas práticas”, destaca o secretário de Gestão de Projetos, Fernando Mineiro.

A química Katiane Batista, de Jucurutu, também participou do curso e aprendeu um bocado. A queijeira da família foi uma das selecionadas para receber investimentos e ela optou por fazer o curso para aprender as técnicas de produção. Atualmente desempregada, o objetivo é trabalhar no lugar quando a pequena fábrica estiver pronta. “Meu avô fazia queijo, mas ele morreu e meu primo quer resgatar a tradição da família e envolver todo mundo. É uma oportunidade de emprego e segurança para mim”, diz.

Terezinha Galvão também se inscreveu no curso para aprender como produzir não só o queijo, mas também o doce. Ela costuma fazer este último para os familiares e amigos e há um tempo alimenta o desejo e voltar a produzir queijo. “Meu esposo produz leite de vaca e de cabra e pediu que eu viesse aprender. Quem sabe a gente não volta a produzir?”, disse.

A coordenadora de extensão do IFRN, Isandra de França, explica que durante as três horas de curso os participantes puderam aprender normas de higiene, fluxograma de produção e boas práticas de manejo, tanto para o queijo minas padrão quanto para o doce de leite.


07/05/2019
Por Edilson Silva em Educação, Jucurutu

Alunos da Escola Municipal St°. Alexandre e CESM visitam instalações do IF – Campus Caicó

Estudantes do 9º Ano da Escola Municipal Santo Alexandre, situada no Bairro Freitas e do Centro Educacional São Miguel estiveram visitando as dependências do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – Campus Caicó.

A visita é algo de grande importância para os alunos das duas instituições educacionais, pois proporciona conhecer de perto o universo acadêmico e estímulo a esses futuros profissionais.


07/05/2019
Por Edilson Silva em Apodi, Educação

IFRN inicia campanha de divulgação das ações dos campi

A campanha começa hoje (6), com a divulgação do filme do Campus Apodi do IFRN. Será lançado um filme por semana, nas versões de um minuto (com foco nos números relacionados aos campi), e estendida (com depoimentos dos visitantes, estudantes, servidores e ex-alunos).

Com 21 campi em funcionamento no estado do Rio Grande do Norte e mais um a ser construído na cidade de Jucurutu, o IFRN possui hoje 40.200 estudantes matriculados (quando a produção do filme foi finalizada, em dezembro, eram 38 mil estudantes). São 272 cursos ofertados, com 9 incubadoras tecnológicas e 5 unidades industriais produtivas.

Orientados por 2.600 servidores, os estudantes, só em 2018, produziram 560 projetos de pesquisa e inovação e 328 de extensão, favorecendo diretamente as cidades das regiões onde os campi estão localizados. São projetos como o Fibrocimento, pesquisa que propõe o tratamento adequado da fibra da casca do coco verde para aplicação em materiais de alvenaria. Criado no Campus Natal-Zona Norte, o projeto foi premiado em 2018 na Genius Olympiad, nos EUA, levando o Brasil para o pódio das ações tecnológicas e ambientais no mundo.


06/05/2019
Por Edilson Silva em Educação, Política

Protesto: Alunos do Pedro II cercam Bolsonaro no Rio

Alunos, pais e professores de colégios federais do Rio realizam, na manhã desta segunda-feira (6), um protesto em frente ao Colégio Militar do Rio de Janeiro, na Tijuca, Zona Norte. Lá, o presidente Jair Bolsonaro participou de solenidade de comemoração pelos 130 anos da instituição.

Na semana passada, o Ministério da Educação (MEC) anunciou o corte de verba de 30% das universidades e institutos federais. Entre eles, o Colégio Pedro II (CPII), um dos mais tradicionais da cidade, com 13 mil alunos. O acesso a um dos 14 câmpus é por concurso, sempre disputado.

Além do CPII, participam do ato estudantes do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia (IFRJ), do Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (Cefet-RJ), da Fundação Osório e do Colégio de Aplicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (CAp-UFRJ).

(…) Para Davi Marques da Costa, pai de uma aluna do 8º ano do Colégio de Aplicação da UFRJ (CAP-UFRJ), o corte representa o descumprimento das promessas do presidente durante a campanha eleitoral.

“Ele falou em campanha que ia dar ênfase para a educação de base e ensino médio, e isso ele não fez. Cortar verba da UFRJ é cortar verba em outros setores. A UFRJ tem hospital, ele também corta verba do hospital, tem centro de pesquisa de ponta do RJ”, criticou Davi.

(…) Ex-aluno do Colégio Pedro II e pai de estudante da unidade, o advogado Carlos Henrique de Carvalho ressalta que é fundamental a participação estudantil contra o corte de verba.

“Esse problema não afeta somente estudantes do Pedro II, afeta toda a população. Outros cortes em outros setores estratégicos podem vir, e é importante que haja uma resposta popular”, declarou Carlos Henrique.

Em um comunicado divulgado na quinta-feira (2), diretores do CPII disseram que o corte de 36,37% é tão grande que terá “implicações devastadoras” e “consequências para a manutenção” da instituição. (…)

Via – Conversa Afiada


06/05/2019
Por Edilson Silva em Educação, Política

Alunos, pais e professores protestam contra os desmandos do governo Bolsonaro

Aos poucos, a população vai se organizando contra os desmandos do governo. Primeiramente, por pautas específicas, que afetam diretamente as famílias. Esta é sempre a primeira etapa. Em breve, terá início a segunda etapa, das lutas organizadas por pautas maiores. E aí começará, de fato, a derrocada do governo de Jair Bolsonaro.

No Rio manifestantes protestam contra o corte de verbas de instituições federais durante a visita do presidente Jair Bolsonaro ao Colégio Militar na Tijuca, na Zona Norte do Rio, na manhã desta segunda-feira. O ato conta com alunos, pais e professores dos colégios Pedro II (CPII), Instituto Federal de Ciência e Tecnologia (IFRJ), Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (Cefet-RJ), Fundação Osório e o Colégio de Aplicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Cap-UFRJ).

Mesmo com o som alto do evento no colégio, é possível ouvir os manifestantes que protestavam contra Bolsonaro em frente ao Colégio Pedro II, na calçada oposta ao da unidade escolar militar. O protesto critica o corte de 30% da verba das universidades e institutos federais, anunciado na semana passada pelo Ministério da Educação (MEC).

Via: O Cafézinho


30/04/2019
Por Edilson Silva em Educação

Bolsonaro bloqueia 30% do orçamento de 6 universidades federais

Entidades que monitoram o investimento no ensino superior detectaram novo bloqueio de verbas de instituições federais no fim de abril, após Abraham Weintraub assumir o Ministério da Educação. Cerca de R$ 230 milhões foram contingenciados.

Várias unidades do país sofreram com o congelamento de valores previstos no orçamento de investimentos e outras despesas correntes, mas o volume da tesourada em três universidades chamou a atenção: a Federal da Bahia, a de Brasília e a Federal Fluminense.

De acordo com números preliminares, o valor bloqueado nas três entidades corresponde a mais da metade do contingenciamento imposto a todas as universidades. Procurado, o MEC informou que UFBA, UnB e UFF tiveram 30% das dotações orçamentárias bloqueadas.

Em nota, a pasta disse que “estuda os bloqueios de forma que nenhum programa seja prejudicado e que os recursos sejam utilizados da forma mais eficaz. O Programa de Assistência Estudantil não sofreu impacto em seu orçamento.”

Em 2018, a UFF foi palco de um rumoroso “ato contra o fascismo”, na reta final da eleição presidencial. Já a UnB foi palco recentemente de debates com Fernando Haddad (PT) e Guilherme Boulos (PSOL).

PAINEL FOLHA


26/04/2019
Por Edilson Silva em Educação, Jucurutu

Secretaria de Educação e Ministério Público discutiram indisciplina escolar em Jucurutu

Em um momento muito importante, a Secretária de Educação Luciclelia Tomaz, gestores das escolas municipais e estaduais, membros do conselho tutelar e Carolina Camilo representante do Ministério Público se reuniram nesta tarde para tratar sobre a INDISCIPLINA ESCOLAR que permeia as nossas escolas, objetivando formar uma REDE que visa tornar o ambiente escolar em lugar cada dia mais educativo, prazeroso e produtor de conhecimento, que por conseguinte contribua de forma eficaz para formação de cidadãos conscientes dos seus direitos e cumpridores dos seus deveres.


23/04/2019
Por Edilson Silva em Caicó, Educação

Caicó vai sediar Jornada de Leitura e Educação do Seridó

A Casa das Palavras – projeto cultural que há cinco anos desenvolve ações de estímulo à leitura e a produção literária no Rio Grande do Norte, irá promover, no dia 11 de maio, em Caicó, a Jornada de Leitura e Educação do Seridó.

O evento é gratuito e voltado exclusivamente para professores, mediadores de leitura e coordenadores de escolas públicas e privadas.  As inscrições estão abertas e serão feitas eletronicamente através do link: http://bit.ly/2ZsVcap

Durante a Jornada, cerca de 10 autores e autoras, com livros literários produzidos no Rio Grande do Norte, se revezam no palco com a oportunidade de apresentar suas obras, interagindo diretamente com o público e permitindo que os educadores se tornem conhecedores e agentes multiplicadores da nossa literatura.

O evento será realizado no auditório do CERES – Campus Caicó, com abertura marcada para às 7:30h e encerramento às 12h.  A Jornada é promovida pela Casas das Palavras e tem o patrocínio do Governo do Estado, através da Lei Câmara Cascudo, Cosern e Instituto Neoenergia.  Apoio da Prefeitura de Caicó – Secretaria de Educação, e Centro de Ensino Superior do Seridó – Campus Caicó.

PROGRAMAÇÃO DA JORNADA DE LEITURA E EDUCAÇÃO DO SERIDÓ

Sábado, 11 de maio de 2019

Local: CERES- Campus Caicó

7h30 – Credenciamento

8h – Abertura Oficial – Organização e Patrocinadores

8h:30 – 1ª Mesa – Encontro com Autores

Ana Cláudia Trigueiro – Editora CJA (Livros: O Mistério do Verde Nasce/Francisca)

Araceli Sobreira – Editora CJA (Livros: O espelho de Eloísa e outras histórias de mulheres sábias)

Manoel Cavalcante – Editora M3 e Comunique Editora (Livros: O Menino Livro/Se fala assim no sertão)

9h:30 – Coffee Break

10h – 2ª Mesa – Encontro com Autores

José de Castro – Editora CJA (Livros: Poemas Brincantes / Brincadeiras Poemantes)

Drika Duarte – Editora CJA (Livro: Bonito é se gostar)

Gabriela Barbalho – Editora M3 (Livro: Duna)

11h – Atração cultural

Antônio Francisco – Editora M3 e Comunique Editora (Livro: Um Caroço de Manga)

Edcarlos – Cordelista de Caicó

12h – Encerramento e entrega dos certificados.


18/04/2019
Por Edilson Silva em Educação, Jucurutu

Eleição de nova diretoria do Conselho de Alimentação Escolar – CAE 2019/2023 aconteceu nesta quarta (17)

A Prefeitura Municipal de Jucurutu, através da Secretaria de Educação e Cultura realizou reunião extraordinária nesta quarta-feira 17/04, para composição e eleição de nova diretoria do Conselho de Alimentação Escolar – CAE 2019/2023.

O CAE é composto por 14 membros, sendo eles 7 titulares e 7 suplentes de diferentes segmentos, que são: Poder Executivo, Trabalhadores em Educação, Pais de Alunos e Sociedade Civil. Com o processo eletivo, a nova diretoria ficou composta por:

Raimundo Nonato de Souza Filho reeleito (Presidente);

Risoneide Félix da Silva Mateus (Vice-Presidente);

Francisca Alves de Moura (Secretária).

A secretária de educação Luciclélia Tomaz destacou a função do Conselho de fiscalizar o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).


17/04/2019
Por Edilson Silva em Educação

Resultado do pedido de isenção da taxa do Enem será divulgado hoje

Participantes que solicitaram a isenção da taxa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) podem conferir hoje (17) se os pedidos foram ou não aceitos. O resultado estará disponível na Página do Participante.

Para consultar o resultado, será necessário informar o CPF e a senha criada na hora de fazer a solicitação. Os estudantes que não tiverem a solicitação aceita poderão entrar com recurso no período de 22 a 26 de abril, também na Página do Participante. O resultado do recurso será divulgado no mesmo endereço, a partir de 2 de maio.

Para participar do exame, os estudantes – com ou sem isenção da taxa – devem fazer a inscrição no período de 6 a 17 de maio.

Ao todo, 3.687.527 estudantes solicitaram a isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).


12/04/2019
Por Edilson Silva em Educação

Seminário de Ensino, Pesquisa e Extensão do Ceres abre inscrições

O Centro de Ensino Superior do Seridó (Ceres), Campus Caicó da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), realiza o 10º Seminário de Ensino Pesquisa e Extensão (Sepe) de 27 a 30 de maio. O evento conta com feira científica, consultoria jurídica e contábil, além de mesas-redondas, oficinas, minicursos e aulas de campo. As inscrições estão abertas até o dia 15 de maio, e o período para inscrição de comunicações orais vai de 10 a 30 de abril.


02/04/2019
Por Edilson Silva em Educação

ProITEC 2019 recebe inscrições até o dia 8 de abril

Desde o dia 11 de março, estão abertas as inscrições para o Programa de Iniciação Tecnológica e Cidadania, o ProITEC, curso de formação inicial e continuada, a distância, que objetiva o aprofundamento de aprendizagem de alunos das escolas da rede pública de ensino do Rio Grande do Norte, contemplando as disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática e Ética e Cidadania.

As inscrições seguem abertas até o dia 8 de abril e devem ser efetuadas exclusivamente via internet, através do Portal do Candidato. Para realizar a inscrição, é necessário efetuar o pagamento de uma taxa de R$ 30,00 (trinta reais). O aluno que não tenha acesso à internet poderá fazer a sua inscrição em qualquer um dos campi do IFRN, em dias úteis, nos horários de funcionamento de acordo com o Anexo I do Edital.

Para participar do ProITEC, é necessário que o estudante atenda a um dos requisitos:

a) estejam regularmente matriculados no 9º ano do Ensino Fundamental em escola da rede pública de ensino e que tenham cursado todas as “séries”, ou “anos” anteriores do Ensino Fundamental, EXCLUSIVAMENTE em escola da rede pública de ensino.
b) tenham cursado TODO o Ensino Fundamental, EXCLUSIVAMENTE, em escola da rede pública de ensino.


11/03/2019
Por Edilson Silva em Educação

MEC divulga lista de espera do ProUni para faculdades

O Ministério da Educação (MEC) divulga nesta segunda-feira (11) a relação dos candidatos participantes da lista de espera do Programa Universidade para Todos (ProUni). A lista será disponibilizada para consulta pelas instituições de ensino superior.

Todos os candidatos participantes da lista terão de comparecer às instituições nas quais estão pleiteando uma vaga, para apresentar a documentação que comprove as informações prestadas na inscrição. O prazo para que isso seja feito é 12 a 13 de março.


07/03/2019
Por Edilson Silva em Educação, Jucurutu

Aulas na Escola Wagner Lopes iniciam no dia 18 de Março – 2019

A direção da Escola Municipal Wagner Lopes de Medeiros, informa aos alunos, pais/responsáveis e servidores que o início do ano letivo foi adiado para o dia 18 de Março. Aulas estavam marcadas para começar no dia 11, mas devido reforma nas dependências da instituição não será possível.


07/03/2019
Por Edilson Silva em Educação

Começa prazo para participar da lista de espera do ProUni

Começa nesta quinta-feira (7) o prazo para participar da lista de espera do Programa Universidade para Todos (ProUni). Aqueles que se inscreveram no programa, mas ainda não garantiram uma bolsa de estudos nas instituições particulares de ensino, podem manifestar interesse, na página do programa, até amanhã (8).

A lista de espera vale apenas para os cursos indicados na hora da inscrição. Cada participante pôde escolher até duas opções.

Podem participar da lista de espera, apenas para a primeira opção de curso, aqueles estudantes que não foram selecionados nem na primeira, nem na segunda chamada regular do programa. Aqueles que foram selecionados na segunda opção, mas cuja turma não foi formada, podem também se inscrever apenas para a primeira opção de curso.

Podem participar da lista de espera para a segunda opção de curso apenas aqueles cuja turma da primeira opção não foi formada, independentemente de terem sido selecionados nas chamadas regulares.

A relação dos candidatos participantes da lista de espera estará disponível para consulta pelas instituições no dia 11 de março.

Todos os candidatos da lista de espera terão que comparecer às respectivas instituições de ensino nas quais estão pleiteando uma vaga, para apresentar a documentação que comprove as informações prestadas na inscrição. O prazo para que isso seja feito é de 12 a 13 de março.

ProUni

Ao todo, 946.979 candidatos se inscreveram na primeira edição do ProUni deste ano, de acordo com o Ministério da Educação. Como cada candidato podia escolher até duas opções de curso, o número de inscrições chegou a 1.820.446.

Nesta edição são ofertadas 243.888 bolsas de estudo em 1.239 instituições particulares de ensino. Do total de bolsas, 116.813 são integrais e 127.075, parciais, de 50% do valor das mensalidades.

O ProUni concede bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições privadas de educação superior. Em contrapartida, o programa oferece isenção de tributos às instituições que aderem ao programa.

Os estudantes selecionados podem pleitear ainda Bolsa Permanência, para ajudar nos custos dos estudos, e usar o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para garantir parte da mensalidade não coberta pela bolsa do programa.


28/02/2019
Por Edilson Silva em Educação

Provas do Enem serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro

As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro, segundo cronograma divulgado na tarde de hoje (27) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Pelo calendário, as inscrições estarão abertas de 6 a 17 de maio.

Entre 1º e 10 de abril os estudantes poderão pedir isenção da taxa de inscrição. Nesse mesmo período, o Inep vai receber as justificativas dos que faltaram às provas em 2018. O edital do Enem, conforme o instituto, será publicado no próximo mês.

No ano passado, 5,5 milhões de pessoas se inscreveram para fazer o Enem, mas 4,1 milhões compareceram aos dois dias de provas. Nos dois domingos de exame, os estudantes precisam desenvolver conhecimentos de linguagens, incluindo redação, ciências humanas, ciências da natureza e matemática.

Os resultados do Enem podem ser usados em processos seletivos para vagas no ensino superior público, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para bolsas de estudo em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), e para obter financiamento do curso pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Em 2019 o Sisu ofereceu 235,4 mil vagas, distribuídas em 129 universidades públicas de todo o país. Além de universidades brasileiras, os estudantes podem se inscrever em 37 instituições portuguesas que têm convênio com o Inep. As informações são da Agência Brasil.


27/02/2019
Por Edilson Silva em Educação

RN: Secretaria de Educação e Cultura divulga nota

Confira a nota da Seec-RN na íntegra:

A Secretaria Estadual de Educação e Cultura do RN (SEEC/RN) foi surpreendida com mensagem eletrônica do MEC, que solicita gravação e envio de vídeos dos estudantes, entoando o Hino Nacional e fazendo leitura de texto com referências e slogan da campanha presidencial.

Diante desse fato, a SEEC vem publicamente reafirmar sua defesa intransigente da autonomia e da liberdade didático-pedagógica das escolas e do sistema estadual de ensino. Essa defesa tem como base o Art. 227 da Constituição Federal e os artigos 17 e 100 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que protegem a criança e o adolescente de exposição indevida de imagens públicas, privacidade e individualidade infanto-juvenil.

De acordo, ainda, com o artigo 206 da Constituição Federal e artigo 3° da Lei de Diretrizes e Base da Educação Nacional – LDB 9394/96, as escolas têm liberdade de organização e desenvolvimento de suas atividades e práticas pedagógicas, sendo orientadas a não veicularem propaganda político-partidária com os estudantes e profissionais da educação.

Nesse sentido, a SEEC/RN informa aos Gestores da Rede Estadual que não adotará a presente medida, respeitando a legislação nacional e o direito de aprendizagens das crianças e adolescentes.

Secretaria de Estado da Educação e da Cultura do RN


25/02/2019
Por Edilson Silva em Educação, Jucurutu

Jucurutu foi o primeiro município do RN, que realizou adesão a Olimpíada de Língua Portuguesa – Edição 2019

Adesão se deu por meio da Secretaria Municipal de Educação, que tem como gestora de educação a pessoa de Luciclélia Tomaz de Aquino e a Técnica Pedagógica Maria Aparecida Moura de Souza como representante da Olimpíada no município.

O lançamento da 6ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa aconteceu neste 20/02/2019. A Olimpíada de Língua Portuguesa é um concurso de produção de textos para alunos de escolas públicas de todo o país e esse ano está na sua 6ª edição. O concurso é iniciativa do Ministério da Educação e do Itaú Social, com coordenação técnica do CENPEC, a Olimpíada integra as ações desenvolvidas pelo Programa Escrevendo o Futuro.

O tema das produções é “O lugar onde vivo”, que propicia aos alunos estreitar vínculos com a comunidade e aprofundar o conhecimento sobre a realidade local, contribuindo para o desenvolvimento de sua cidadania.

Quem pode participar

Professores que estejam lecionando, em 2019, para alunos de escolas da rede pública matriculados nos seguintes anos escolares: 5º, 6º, 7º, 8º e 9º anos do Ensino Fundamental (inclusive classes de aceleração que atendem alunos com defasagem entre idade e série), e 1º, 2º e 3º anos do Ensino Médio.

IMPORTANTE

Para que um professor possa participar desta 6ª edição da Olimpíada, é necessário que a respectiva Secretaria de Educação à qual sua escola está vinculada, seja ela municipal, estadual ou do Distrito Federal, faça a adesão aos termos desta edição da Olimpíada, por meio de seus secretários, preenchendo a ficha e aceitando o termo de adesão disponibilizado em <www.escrevendoofuturo.org.br>, do dia 20/02/2019 até as 23h59 (horário de Brasília) do dia 30/04/2019.

Se a Secretaria de Educação não aderir ao concurso, a inscrição do professor a ela vinculada não será efetivada.

Categorias

Poema 5º ano do Ensino Fundamental
Memórias literárias 6º e 7º anos do Ensino Fundamental
Crônica 8º e 9º anos do Ensino Fundamental
Documentário* 1º e 2º anos do Ensino Médio
Artigo de opinião 3º ano do Ensino Médio


21/02/2019
Por Edilson Silva em Educação, Jucurutu

Prossegue Jornada Pedagógica – 2019 em Jucurutu

Tem prosseguimento a ‘Jornada Pedagógica 2019’ que vem sendo realizada pela Secretaria de Educação e Cultura do município de Jucurutu. Nesta quarta-feira, 20 de Fevereiro as oficinas estiveram voltadas para os profissionais da educação, equipe de apoio escolar e gestores das escolas.

A Educação Infantil explorou o tema: Ler e escrever do próprio jeito – O que cabe à creche e à pré-escola quando o assunto é alfabetização?

Os professores do Ensino Fundamental I do 1° ao 3° ano estiveram trabalhando o tema: Alfabetizar em 2 anos é possível?

Educadores do 4° ao 5° do Ensino Fundamental I estiveram reunidos discutindo o tema: Planejando à luz de habilidades e de competências gerais da BNCC.

O Ensino Fundamental II reuniu professores do 6° ao 9° ano e EJA debateram o tema: Planejando a luz de habilidades e de competências gerais da BNCC.

Já nesta quinta-feira (21), os profissionais da educação estiveram reunidos em planejamento para o 1° bimestre.

A programação se encerrará nesta sexta (22), com reunião administrativa e encontro com pais e mestres em cada escola.




Facebook


Twitter