25/03/2020
Por Edilson Silva em RN, Tempo

Previsão de chuvas no RN para abril, maio e junho

A previsão de chuvas, para o trimestre de abril, maio e junho, no Rio Grande do Norte é de chuvas de normal a acima do normal. A chuva esperada deve ser bem distribuída em todas as regiões do RN sendo de 578,7mm para o Leste, 328,1mm para o Oeste, 317,7mm para o Agreste e 256,5mm para a Central.

Esta é a análise feita por meteorologistas de diversos órgãos durante a I Reunião de Análise e Previsão Climática para o Setor Leste do Nordeste de 2020, realizada por meio de videoconferência no último dia 19.

“Importa destacar que a grande variabilidade temporal e espacial das chuvas nesse período, o que significa que podem ocorrer chuvas intensas concentradas em algumas áreas durante um período curto de tempo”, explicou o chefe da Unidade de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), Gilmar Bristot representando o RN na reunião.

Participaram da videoconferência meteorologistas de órgãos dos estados do Ceará (Fundação Cearense de Meteorologia – FUNCEME), Paraíba (Agência Executiva de Gestão de Águas – AESA), Alagoas (Secretaria do Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Alagoas – SEMARH), Sergipe (Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade SEDURBS), Bahia (Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos – INEMA) e do Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos/Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – CPTEC/INPE.


13/03/2020
Por Edilson Silva em Seridó, Tempo

São Fernando registra chuva de 110 milímetros. Veja relação de chuvas no Seridó

Veja pluviometria caída na região do Seridó nas ultimas 24 horas.

BAIRRO BARRA NOVA/CAICÓ – 45mm
BAIRRO JOÃO XXIII/CAICÓ – 38mm
BAIRRO PAULO VI (CAIC)/CAICÓ – 43mm
BAIRRO RECREIO/CAICÓ – 49mm
PRESÍDIO ESTADUAL DO SERIDÓ (PEREIRÃO) / CAICÓ – 46mm
BAIRRO SALVIANO SANTOS/CAICÓ – 50mm
AVENIDA RIO BRANCO (IV REGIONAL) / CAICÓ – 42mm
RUA FELIPE GUERRA (CENTRO)/ CAICÓ – 60mm
BAIRRO PARAÍBA/CAICÓ – 33mm / 40mm (DOIS REGISTROS)
BAIRRO PENEDO/CAICÓ – 36,6mm
BAIRRO CASTELO BRANCO/CAICÓ – 75mm
BAIRRO MAYNARD/CAICÓ – 46mm

CONTINUAÇÃO

SÍTIO BARRA DO LAGEDO/CAICÓ – 20mm
SÍTIO RIACHO DO MEIO/CAICÓ – 40mm
SÍTIO VÁRZEA ALEGRE/CAICÓ – 10mm
SÍTIO RIACHO DA SERRA/CAICÓ – 10mm
SÍTIO INÁCIO CAICÓ – 15mm
SÍTIO CAIEIRA/SÃO JOÃO DO SABUGI – 12mm
SÍTIO CAMPO GRANDE/SÃO JOÃO DO SABUGI – 25mm
SÍTIO CASA NOVA DE BREJINHO/SÃO JOÃO DO SABUGI – 10mm
SÃO JOÃO DO SABUGI/RN – 23mm
IPUEIRA/RN – 15mm
SÍTIO TOCO/TIMBAÚBA DOS BATISTAS – 17mm
TIMBAÚBA DOS BATISTAS/RN – 10mm
SÍTIO ENTRE SERRAS/SERRA NEGRA DO NORTE – 50mm
SÍTIO PITOMBEIRA/SERRA NEGRA DO NORTE – 52mm
SÍTIO PICOS/SERRA NEGRA DO NORTE – 60mm
SÍTIO FLORESTA/SERRA NEGRA DO NORTE – 38mm
SÍTIO BARRA DA MANIÇOBA/SERRA NEGRA DO NORTE – 90mm
SÍTIO BELO MONTE/SERRA NEGRA DO NORTE – 102mm
SERRA NEGRA DO NORTE/RN – 19mm
SÍTIO RAMADA/SÃO FERANDO – 70mm
SÍTIO RIACHO DA ROÇA/SÃO FERNANDO – 54mm
SÍTIO GARCIA/SÃO FERANDO – 73mm
SÍTIO CRUZ/SÃO FERNANDO – 62mm
FAZENDA NOVA YORK/SÃO FERANDO – 90mm
SÍTIO VENEZA/SÃO FERNANDO – 110mm
SÃO FERNANDO/RN – 20mm
JARDIM DO PIRANHAS – 45mm / 53mm (DOIS REGISTROS)
SÍTIO BATALHA/JARDIM DE PIRANHAS – 65mm
SÍTIO SANTA CRUZ/JARDIM DE PIRANHAS – 58mm
SÍTIO FECHADO/JARDIM DE PIRANHAS – 70mm
SÍTIO ANGICO/JARDIM DE PIRANHAS – 55mm
CHÃ DO CAJUEIRO (SERRA DO JOÃO DO VALE) /JUCURUTU – 70mm
SÍTIO ESTREITO/JUCURUTU – 35mm
SANTANA DO SERIDÓ/RN – 18mm
ALTO DA USINA/JARDIM DO SERIDÓ – 25mm
SÍTIO TRINCHEIRA/MESSIAS TARGINO – 25mm
IPANGUAÇU/RN – 82mm
SÍTIO SANTA LUZIA/B. BREJO DO CRUZ – 58mm
SÍTIO BRAZ FÉLIX/B. BREJO DO CRUZ – 52mm

INFORMAÇÕES:
OUVINTES DO SISTEMA RURAL DE COMUNICAÇÃO E CANAL DAS CHUVAS

DIVULGAÇÃO:
DJALMA MOTA


13/03/2020
Por Edilson Silva em Natal, Tempo

Natal registra 170 milímetros de chuvas em 24 horas

A capital potiguar registrou em 24 horas cerca de 170mm de chuvas, segundo dados do Centro de Monitoramento de Desastres Naturais. No acumulado em todos os pluviômetros da CEMADEN, foi registrado 107mm de chuvas.

As zonas Norte e Oeste foram as que tiveram os maiores índices de precipitação na cidade.

As lagoas de Captação do conjunto Santarém, Nossa Senhora da Apresentação e Cidade da Esperança transbordaram na madrugada.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), a previsão é de chuvas até o domingo.

Por Gustavo Negreiros


10/03/2020
Por Edilson Silva em RN, Tempo

Mais três açudes sangram no RN, diz Igarn

Mais três açudes sangraram nos últimos dias no Rio Grande do Norte após as recentes chuvas no estado, segundo o Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn). Os dois últimos a verter foram os açudes da cidade de Encanto, que sangrou no sábado (7), e o Pataxó, em Ipanguaçu, que ultrapassou a capacidade máxima no domingo (8). Antes, na quinta-feira (5), o Riacho da Cruz II, no município de Riacho da Cruz, também havia enchido por completo.

Os dados constam no Relatório do Volume dos Principais Reservatórios Estaduais, que foi divulgado nesta segunda-feira (9) pelo Igarn.

Segundo o instituto, o açude Riacho da Cruz II tem capacidade para 9.604.200 m³, o açude da cidade de Encanto suporta até 5.192.538 m³ de água e o açude Pataxó é o maior deles, com capacidade para 15.017.379 m³.

Esses reservatórios seguem o caminho de alguns outros três no início deste ano que também sangraram no Rio Grande do Norte: o Dourado, em Currais Novos; o Novo Angicos, em Angicos; e o Dinamarca, em Serra Negra do Norte.

Outros reservatórios

A barragem Armando Ribeiro Gonçalves, maior reservatório do estado, está atualmente com 24,02% da capacidade total, que é 2,37 bilhões de metros cúbicos. No relatório anterior, divulgado no dia 4 de março, o manancial estava 23,29%.

A barragem Santa Cruz do Apodi, segundo maior manancial potiguar, tem atualmente 22,14% da sua capacidade total. No relatório passado, eram 19,07% da capacidade total. O açude Umari subiu de 28,77% para 32,03%.

Uma que saiu do estágio de seco foi a barragem de Pau dos Ferros, que registrou no atual relatório 5,67% da capacidade – o número anterior, no documento do dia 4 de março, era de 0,21%. Antes das chuvas recentes, o açude estava seco.

Já o Gargalheiras, em Acari, chegou a 13,96% do volume máximo. Há uma semana, o manancial – que também estava seco antes das chuvas – estava com 8,71% da capacidade total. Houve ainda outras recargas significativas:

  • Passagem (Rodolfo Fernandes) – de 33,83% para 61,23%
  • Santo Antônio de Caraúbas – de 74,32% para 86,15%
  • Beldroega (Paraú) – de 45,60% para 77,24%
  • Rio da Pedra (Santana do Matos) – de 16,71% para 23,81%
  • Alecrim (Santana do Matos) – de 30% para 48,71%
  • Bonito II (São Miguel) – de 2,88% para 4,61%
  • Pilões (Pilões) – de 1,94% para 3,02%
  • Lucrécia (Lucrécia) – de 6,24% para 7,95%.
  • Santa Cruz do Trairi (Santa Cruz) – de 7,25% para 12,60% (saiu do estado de alerta)
  • Zangalheiras (Jardim do Seridó) – 0% para 0,49%
  • Itans (Caicó) – 0,05% para 0,08%

Alerta e secos

As reservas hídricas totais do RN atualmente estão com 24,54% da capacidade total – era de 23% no relatório passado. Dos 47 reservatórios monitorados pelo Igarn, 11 permanecem em nível de alerta com volumes inferiores a 10%. Já os reservatórios secos são 4.

Em nível de alerta estão

  • Flechas (José da Penha)
  • Jesus, Maria, José (Tenente Ananias)
  • Reservatório de Lucrécia
  • Bonito II (São Miguel)
  • Açude de Pau dos Ferros
  • Itans (Caicó)
  • Esguicho (Ouro Branco)
  • Passagem das Traíras (São José do Seridó)
  • Açude de Cruzeta
  • Zangalheiras (Jardim do Seridó)
  • Açude de Pilões

Já os mananciais secos são

  • Santana (Rafael Fernandes)
  • Inharé (Santa Cruz)
  • Trairi (Tangará)
  • Japi II (São José do Campestre)

Por G1 RN


09/03/2020
Por Edilson Silva em RN, Tempo

RN tem chuvas acima de 100 milímetros no fim de semana; veja previsão para os próximos dias

Com acúmulo de até 146 milímetros, a região Oeste do Rio Grande do Norte foi a mais banhada pelas chuvas entre as 7h da sexta-feira (6) e as 7h desta segunda-feira (9), segundo dados divulgados pela Empresa de Pesquisas Agropecuárias (Emparn). O fim de semana teve precipitações em 95 municípios potiguares. Com o volume de chuvas, barragens sangraram e causaram alegria.

O volume de 146 milímetros foi registrado em Serrinha dos Pintos. Em Portalegre, na mesma região, as chuvas somaram 130,6 mm. A água chegou à cachoeira do Pinga, no município e animou a população local. Ambos os municípios do Oeste foram seguidos por Santana dos Matos, na região Central, com 134 mm.

Outras cidades do Oeste que registraram acumulado acima dos 100 milímetros foram Viçosa (115) e João Dias (104). Em Pendências, o acumulado foi de 96,8 mm.

Previsão

A semana começa com previsão de céu parcialmente nublado e com maior possibilidade de chuvas, hoje (09), na região Oeste do Estado e amanhã (10), nas regiões Oeste e Central do Rio Grande do Norte, aponta a análise da Unidade Instrumental de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN).

“A atuação de um Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCANS), que influencia na diminuição da umidade, diminui as chances de chuvas nas regiões Leste e Agreste do RN neste início da semana”, disse o Chefe da Unidade, Gilmar Bristot.

Já a partir de quarta-feira (11), a previsão é de chuvas em todas as regiões do estado devido a volta a atuação da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) sobre o RN.

“No sábado e domingo há a previsão de pancadas de chuvas mais fortes no litoral leste”, completou Bristot.

Para o interior, nas regiões serranas, a temperatura deve variar entre 22°C e ultrapassar os 35°C e na capital potiguar a variação é entre 24°C e 32°C.

G1/RN


08/03/2020
Por Edilson Silva em Seridó, Tempo

Chuva de 190 mm é registrada no Seridó

As chuvas continuam banhando a região do Seridó. No sábado (07), várias comunidades foram beneficiadas com as chuvas.

Confiram os registros pluviométricos:

Barra do Câimba (Serra Negra do Norte) – 190 mm

Entre Serras (Serra Negra do Norte) – 90 mm

Sítio Mulunguzinho – 13 mm

Sítio Floresta – 124 mm

Sítio Picos (Serra Negra do Norte) – 130 mm

Sítio Piató (Caicó) – 25 mm

Fazenda Suécia (São José de Espinharas-PB) – 40 mm

Sítio Pau D’arco (Caicó) – 20 mm Sítio Estreito – 3 mm


28/02/2020
Por Edilson Silva em RN, Tempo

Chuvas no RN nos últimos seis dias registraram bom volume no interior

A Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte divulgou o acumulado de chuvas no estado entre a última sexta-feira(21) até o início desta quinta-feira(27). O destaque ficou para a região Oeste, com Dr. Severiano com 175 milímetros, Riacho de Santana, com 123 mm e Água Nova, com quase 100 mm. Outros municípios também registraram bom volume, assim como demais regiões.

Veja abaixo.

OESTE POTIGUAR

Dr. Severiano(Emater) 175,0
Riacho De Santana(Emater) 123,0
Água Nova(Prefeitura) 98,3
Venha Ver(Emater) 94,0
Pau Dos Ferros(Particular) 92,0
São Rafael(Emater) 87,2
Coronel João Pessoa(Emater) 86,0
São Rafael(Particular Ii) 84,5
Campo Grande(Particular 2) 83,7
Felipe Guerra(Prefeitura) 82,0
Jose Da Penha(Emater) 80,3
Rafael Fernandes(Emater) 78,8
Campo Grande(Particular) 73,6
Francisco Dantas(Emater) 68,0
João Dias(Emater) 63,3
Encanto(Prefeitura) 60,0
Tenente Ananias(Emater-st Mororo) 56,4
Pilões(Prefeitura) 55,9
Rafael Godeiro(Emater) 51,2
Paraná(Emater) 49,0
Major Sales(Prefeitura) 48,0
Martins(Particular) 46,7
Janduís(Emater) 37,6
Portalegre(Particular) 37,1
Lucrécia(Emater) 34,7
Upanema(Prefeitura) 34,6
Jucurutu(Emater-pedra do Navio) 34,0
Luis Gomes(Delegacia) 25,0
Caraúbas(Particular) 24,4
Serrinha Dos Pintos(Prefeitura) 22,9
São Francisco Do Oeste(Prefeitura) 22,7
Umarizal(Fazenda Camponesa(partic)) 22,2
Mossoró(Prefeitura) 19,2
Itau(Particular) 19,0
Viçosa(Prefeitura) 18,0
Severiano Melo(Prefeitura) 17,0
Assu(Emater/st. Casa Forte) 13,8
Parau(Prefeitura) 13,4
Rodolfo Fernandes(Prefeitura) 12,0
Itajá(Emater) 10,0
Riacho Da Cruz(Emater) 9,7
Porto Do Mangue(Prefeitura) 9,3
Baraúna(Emater) 8,3
Olho D’água Dos Borges(Particular) 6,6

CENTRAL POTIGUAR

São Fernando(Emater) 37,5
São José Do Seridó(Fz Caatinga Grande) 37,4
São Vicente(Emater(ex-particular)) 34,4
Caico(Acude Itans) 32,6
Timbaúba Dos Batistas(Prefeitura-fz. Timbauba) 30,0
São José Do Seridó(Associacao Usuarios Agua) 27,0
Florânia(Sitio Jucuri) 23,8
Carnaúba Dos Dantas(Emater) 20,6
Caico(Acude Mundo Novo-emparn) 18,0
Angicos(Prefeitura) 15,0
São João Do Sabugi(Emater) 15,0
Acari(Particular) 13,1
Parelhas(Emater) 12,7
Jardim Do Serido(Emater/passagem) 9,3
Cruzeta(Base Fisica Da Emparn) 9,2
Guamaré(Lagoa Doce) 7,0
Currais Novos(Sec Meio Amb. Ex Cersel) 6,0
Santana Do Matos(Emater) 4,5
Macau(Defesa Civil (ex-emater)) 3,7
Cerro Cora(Emater) 3,0
Macau(Posto Nosso Barco) 2,0

AGRESTE POTIGUAR

Coronel Ezequiel(Particular) 54,5
Jaçanã(Emater) 31,2
Japi(Particular) 8,0

LESTE POTIGUAR

Baía Formosa(Destilaria Vale Verde) 2,2
Parnamirim(Base Fisica Da Emparn) 1,5


21/02/2020
Por Edilson Silva em RN, Seridó, Tempo

Últimas 24 horas registraram maior volume de chuvas em São João do Sabugi

Choveu em 59 localidades do RN das 7h da manhã dessa quinta (20) até às 07h da manhã desta sexta (21). São João do Sabugi, na região Central Potiguar, foi o município com maior volume,80,0mm, seguido, na mesma região, de Florânia com 71,6mm.

O terceiro maior volume foi registrado no Oeste Potiguar, na cidade de Martins, com 52,1mm. Natal choveu, 14,2mm. Veja abaixo outros municípios:

OESTE POTIGUAR

Martins(Particular) 52,1
Rafael Godeiro(Emater) 47,7
Serrinha Dos Pintos(Prefeitura) 36,3
Rodolfo Fernandes(Prefeitura) 32,7
Olho D’agua Dos Borges(Particular) 32,3
Lucrécia(Emater) 32,0
Francisco Dantas(Emater) 29,0
Severiano Melo(Prefeitura) 27,0
Alto Do Rodrigues(Diba/baixo Assu) 21,0
Felipe Guerra(Prefeitura) 21,0
Pau Dos Ferros(Particular) 19,0
Upanema(Prefeitura) 17,5
Apodi(Prefeitura) 16,0
Serra Do Mel(Prefeitura) 15,6
Porto Do Mangue(Prefeitura) 15,3
Umarizal(Fazenda Camponesa(partic)) 15,0
Portalegre(Particular) 14,2
Janduís(Emater) 12,8
Pilões(Prefeitura) 11,0
Viçosa(Prefeitura) 8,0
São Francisco Do Oeste(Prefeitura) 4,4
Ipanguaçu(Base Fisica Da Emparn) 4,0
Sao Rafael(Particular Ii) 3,1
Encanto(Prefeitura) 3,0
São Rafael(Emater) 3,0
Campo Grande(Particular 2) 2,5
Major Sales(Prefeitura) 2,0
Grossos 1,1
Itajá(Emater) 0,7
João Dias(Emater) 0,5

CENTRAL POTIGUAR

São João Do Sabugi(Emater) 80,0
Florania(Sitio Jucuri) 71,6
Caicó(Acude Mundo Novo-emparn) 46,0
Ouro Branco(Sindicato Trab.rurais) 40,5
São Fernando(Emater) 26,6
Guamaré(Lagoa Doce) 24,0
Macau(Posto Nosso Barco) 22,2
Cruzeta(Base Fisica Da Emparn) 21,6
Timbauba Dos Batistas(Prefeitura-fz. Timbauba) 18,0
Lajes(Olho Dagua Dois Irmaos) 10,0
Caicó(Acude Itans) 9,4
São Vicente(Emater(ex-particular)) 4,5
São Bento Do Norte(Prefeitura) 2,2
Currais Novos(Sec Meio Amb. Ex Cersel) 1,6
Lajes(Prefeitura) 1,6
Jardim Do Serido(Emater/passagem) 1,3
Carnauba Dos Dantas(Emater) 0,9
Parelhas(Emater) 0,4

AGRESTE POTIGUAR

Sítio Novo(Prefeitura) 30,0
Vera Cruz(Emater) 19,7
Tangará(Emater) 11,5
Monte Alegre(Emater) 8,0
Ielmo Marinho(Prefeitura) 2,0
Rui Barbosa(Emater) 1,3

LESTE POTIGUAR

Parnamirim(Base Fisica Da Emparn) 29,5
Natal 14,2
São Gonçalo Do Amarante(Base Fisica Da Emparn) 8,5
Extremoz(Emater) 8,2
Goianinha(Emater) 1,0


21/02/2020
Por Edilson Silva em RN, Tempo

Meteorologista explica ‘nuvem rolo’ que apareceu no interior do RN; veja imagens

G1/RN – Moradores do interior do Rio Grande do Norte registraram um fenômeno natural que aconteceu nesta quinta-feira (21), nas cidades de Caraúbas e Upanema, Oeste potiguar. Trata-se de uma novem mais baixa e arredondada, que chamou a atenção das comunidades dos dois municípios. É a nuvem do tipo rolo.

De acordo com o meteorologista José Espínola, o fenômeno é mais comum nas regiões Sul e Sudeste do país. “A nuvem do tipo rolo forma uma espécie de rolo e se desloca horizontalmente. São nuvens que têm uma altura muito baixa. A base dela tem de um a dois quilômetros de altura e ela pode ter até mil quilômetros de extensão”, detalha. Ainda segundo Espínola, a nuvem rolo é provocada por rajadas de ventos de aproximadamente 60 quilômetros por hora atuando em direções contrárias. “É uma combinação de ventos em altitudes diferentes e soprando também em direções contrárias. É o vento que dá essa configuração para ela”, acrescenta.


21/02/2020
Por Edilson Silva em Jucurutu, RN, Tempo

Carnaval terá céu nublado e chuvas em todas as regiões potiguares, prevê Emparn

A previsão do tempo para o fim de semana e o carnaval é de predominância de céu parcialmente nublado com pancadas de chuvas em todas as regiões potiguares, apontam as análises da Unidade Instrumental de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn), divulgadas nesta quinta-feira (20).

No litoral e região metropolitana de Natal, a expectativa é de que as chuvas ocorram a qualquer hora do dia até sábado (22). Já no interior, as precipitações são esperadas durante o período da tarde e início da noite, e poderão ser acompanhadas de trovoadas e descargas elétricas.

A temperatura, na capital, deve variar entre 24ºC e 32ºC e no interior, nas regiões serranas, devem ficar entre 22ºC e ultrapassar os 35ºC.

“Com a umidade relativa do ar acima do normal (85% a 90%), a sensação térmica (de mais calor) aumenta”, alerta o chefe da Unidade, o meteorologista Gilmar Bristot.

Veja previsão:

  • Sexta-Feira (21/02) – Céu parcialmente nublado em todo o Estado com pancadas de chuvas em todas as regiões. No interior, chove durante a tarde e noite.
  • Sábado (22/02) –Céu parcialmente nublado a claro em todo o Estado com pancadas de chuvas.
  • Domingo (23/02) – Céu parcialmente nublado a claro em todo o Estado com pancadas de chuvas fracas.
  • Segunda-Feira (24/02) – Céu parcialmente nublado a claro em todo o Estado com pancadas de chuvas fracas.
  • Terça-Feira (25/02) – Céu parcialmente nublado a claro em todo o Estado com pancadas de chuvas em todas as regiões.

G1/RN – Fotografia: Edilson Silva/Jucurutu

 


20/02/2020
Por Edilson Silva em Jucurutu, Tempo

Chuva banha Jucurutu nesta quinta, 20 de fevereiro

Chuva volta ao município de Jucurutu nesta quinta, 20 de fevereiro de 2020. Moradores registraram as precipitações na área urbana e rural da cidade.

Mais cedo o INMET publicou um aviso iniciando em: 20/02/2020 10:25.

O alerta amarelo indicava chuva na região Nordeste entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, ventos intensos (40-60 km/h). O comunicado também relatava baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

Acompanhe na live como ficou o tempo na tarde de hoje:

Jucurutu/RN

Publicado por Blog do Edilson Silva em Quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020


19/02/2020
Por Edilson Silva em RN, Tempo

Emparn confirma chuvas de até 533 milímetros para março, abril e maio

Empresa de Pesquisa Agropecuária do RN – Emparn confirmou na manhã desta quarta-feira, 19, a previsão de chuvas acima da média histórica para o trimestre de março, abril e maio próximos. De acordo com o meteorologista Gilmar Bistrot, os padrões climáticos indicam a ocorrência de chuvas distribuídas em todas as regiões do Estado, sendo 479 milímetros na região Oeste, 376 na região Central, 342 na região Agreste e 533 milímetros na região Leste. Em todo o ano de 2019 a média de chuvas foi de 840 milímetros.

“A previsão climática, a partir das condições observadas desde janeiro deste ano indicam chuvas normais ou acima da média histórica para o Rio Grande do Norte”, afirma o meteorologista. Ele explica que explica que “as análises consideram parâmetros de temperatura na superfície dos oceanos, ventos e pressão atmosférica”. Segundo Bistrot há aquecimento no Atlântico Sul e temperatura baixa no Pacífico e isto favorece ocorrências de chuvas no Nordeste brasileiro nos próximos três meses. “Hoje há essa tendência”, reforçou.

A conclusão apresentada pela Emparn resulta das análises também de meteorologistas dos principais centros de previsão climática da região Nordeste que promoveram em Parnamirim, nesta terça-feira, 18, a III Reunião de Análise Climática para o Semiárido Nordestino – Etapa Rio Grande do Norte.

Os especialistas fizeram o balanço dos primeiros meses do ano, análises de modelos meteorológicos, condições atuais dos oceanos e elaboração de boletins para o período.

A governadora Fátima Bezerra participou da apresentação do boletim de análise e previsão climática, ocorrido no auditório da Governadoria, e avaliou o quadro como animador. Ela registrou que o Governo do RN tomou providências em apoio ao homem do campo como a distribuição de sementes no período certo para aproveitar o período das chuvas. “Inclusive”, destacou Fátima Bezerra, “este ano entregamos também sementes crioulas, que são adaptadas às condições de clima e solo de cada região do Estado, oferecendo assistência técnica pela Emater e apoio à agricultura familiar”.

O RN é o primeiro Estado no Brasil a implantar o sistema de aquisição e distribuição de sementes crioulas. Este ano foram investidos R$ 600 mil na compra de grãos produzidos pela agricultura familiar. “São produtos certificados pelo Mapa, de qualidade e com germinação garantida. E já estamos trabalhando para ampliar as compras para R$ 2 milhões em 2021, mais do que triplicando o investimento deste ano”, informou a Governadora.

A presença de técnicos da Paraíba, Bahia, Alagoas, Pernambuco e do Distrito Federal no RN para tratar do clima mostra que temos uma “integração regional dos estados que enfrentam as intempéries da seca e do semiárido. Isto é muito bom e produtivo por que estamos somando conhecimento e buscando soluções efetivas”.

O secretário de Estado do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar – SEDRAF, Alexandre Oliveira, disse que a ocorrência de chuvas regulares “beneficia o agricultor e a produção com garantia de colheita do milho e feijão principalmente, por que assegura a alimentação animal e humana, o que tem forte impacto econômico e social, mantendo as famílias produtivas. Temos no Rio Grande do Norte 60 mil cisternas e, com as chuvas, elas serão abastecidas, irão garantir o consumo humano, a segurança alimentar e a produção de forragem para as criações”.

César Oliveira, diretor geral da Emater, afirma que a chuva é insumo indispensável para as ações no campo. A ocorrência de precipitações regulares anima os agricultores e movimenta a economia principalmente para os pequenos e médios produtores”.

Também participaram da apresentação do relatório o coordenador da Defesa Civil estadual, tenente-coronel Marcos Carvalho, diretor do Instituto de Gestão das Águas do Estado do RN  – Igarn, Mário Manso, e meteorologistas dos estados que participaram da III Reunião de Análise Climática para o Semiárido Nordestino.


17/02/2020
Por Edilson Silva em Tempo

Modelo de previsão meteorológica desenvolvido por pesquisador brasileiro é adotado pela NASA

A previsão do tempo, e até a prevenção de catástrofes meteorológicas como as que atingiram São Paulo e Minas Gerais recentemente, pode ficar mais confiável em breve.

Isso porque o pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), Saulo Freitas, está voltando ao Brasil para implantar o modelo de previsão que ajudou a desenvolver em conjunto com a NASA, e que foi adotado pelos norte-americanos desde o último dia 30 de janeiro.

Isso porque o novo sistema apura ainda mais as informações referentes ao que acontece na atmosfera envolvendo interações com oceanos, florestas e até o gelo.

Parte da equipe de pesquisa do INPE desde 2013, o físico e especialistas na avaliação de nuvens e comportamento das gotas de chuvas foi designado em 2016 para liderar o corpo de pesquisadores da NASA que estuda prognósticos climáticos. “Lá conseguimos melhorar ainda mais o modelo que criamos no Brasil e que acabou sendo adotado pelos americanos.

Com isso, a previsão mundial de clima deve melhorar”, explica.O principal ganho é a maior exatidão dos dados e melhor previsibilidade. Uma vez que a NASA trabalha em todo mundo, a América do Sul também será beneficiada, segundo ele. “Isso ajudaria Minas e São Paulo a se antecipar, dando mais tempo à Defesa Civil de se preparar. Além disso, é fundamental para o setor agrícola poder traçar melhores estratégias”, afirma Freitas.Veja mais aqui.

IstoÉ


17/02/2020
Por Edilson Silva em Tempo

Parnamirim sediará reunião climática da região Nordeste

Metereologistas dos principais centros de previsão climática da região Nordeste estarão, na próxima terça-feira (18), em Parnamirim/RN para III Reunião de Análise Climática para o Semiárido Nordestino- Etapa Rio Grande do Norte. “Os Centros da Paraíba, Pernambuco, Alagoas e do Instituto Nacional de Meteorologia (DF) já confirmaram a presença. Outros poderão participar via vídeo conferência”, disse o Chefe da Unidade Instrumental de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), Gilmar Bristot.

No mês de janeiro e os primeiros dias de fevereiro foram observadas chuvas com boa distribuição, em todas as regiões do RN. A média do estado em janeiro foi de 100,7mm, enquanto que a esperada era de 60,4mm. “Dos 14 dias de fevereiro somente 1 dia não choveu no RN, que foi a última terça-feira (11), então esperemos uma boa média para este mês”, analisou Bristot.

A reunião acontecerá em duas etapas. Na primeira, a equipe de especialistas se reúne no auditório da sede da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), às 9h, para fazer um balanço dos primeiros meses do ano, análises de modelos meteorológicos, condições atuais dos oceanos e elaboração de boletins para o período. “A expectativa é que seja mantida a previsão divulgada em janeiro com chuvas dentro do normal ou acima do normal para este período de março a maio de 2020”, comentou Bristot.

No dia seguinte (19), às 10h, os meteorologistas divulgam os resultados das análises para autoridades, imprensa e sociedade em geral no auditório da Governadoria, no Centro Administrativo do RN.

O prognóstico dos meteorologistas é que a média de chuvas em 2020 no RN fique entre 800 e 1200 milímetros(mm). “Em 2019, a média de chuvas observadas foi de 840mm. Se confirmada a previsão, o ano de 2020 será o terceiro ano consecutivo que o RN registrara um bom volume de chuvas”, avaliou o meteorologista.

Para o Secretário de Agricultura, Pecuária e Pesca do RN, Guillherme Saldanha, o evento é muito importante para o setor agropecuário, ainda mais depois de um prolongado período de seca. “Temos agora uma previsão positiva de chuvas espalhadas por todo território potiguar. Aliado a isso, o Programa Bancos de Sementes do Governo do RN, por meio da Sape e Emater, iniciou a distribuição das sementes ao agricultor familiar, que por sua vez já pode retomar sua lida no campo, com a segurança da boa colheita e retomada do seu rebanho”, disse.

Grande Ponto


16/02/2020
Por Edilson Silva em RN, Tempo

Chuvas acima de 100 milímetros são registradas no Seridó

A região do Seridó voltou a ser banhada pelas chuvas, no sábado (15).

Na Serra do Cajueiro, em Florânia, a chuva atingiu 140 mm. No sítio Arroz, no município de Jucurutu, foi registrada uma chuva de 115 mm.

Na região, a chuva também reacende a esperança da consolidação do inverno no Seridó. Muitos agricultores já iniciaram o plantio e esperam um bom inverno para uma futura colheita com muita fartura.

Neste mês de fevereiro, as chuvas banharam várias localidades na região, a terra está molhada e os agricultores estão animados, acreditando que o inverno será promissor para a produção agropecuária no sertão seridoense.

Correio do Seridó


13/02/2020
Por Edilson Silva em Natal, Tempo

Chuvas causam pane em semáforos de Natal e deixam trânsito congestionado

Semáforos de algumas avenidas da Zona Sul de Natal sofreram uma pane na manhã desta quinta-feira (13). O apagão nos sinais foi causado pelas fortes chuvas que caíram na capital potiguar logo cedo. Com isso, o trânsito ficou complicado para o natalense em boa parte da cidade.

A STTU informa que agentes de mobilidade já estão atuando nos cruzamentos para dar maior celeridade ao tráfego.


11/02/2020
Por Edilson Silva em Tempo

Chuva faz rios transbordarem, causa dezenas de alagamentos e trava São Paulo

A chuva forte que atingiu São Paulo a partir do fim da tarde deste domingo (9) provocou destruição e caos. A tempestade fez rios transbordarem, causou dezenas de alagamentos, deslizamentos e travou a cidade. De acordo com a prefeitura, o temporal ganhou força a partir da 1h desta segunda-feira (10).

O volume de água registrado no intervalo de 24 horas foi o maior para um mês de fevereiro em 37 anos, informou o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Os rios Tietê e Pinheiros transbordaram, o que não ocorria desde março de 2016. Segundo a Secretaria Estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente, desde 2005 o Pinheiros não transbordava na integridade de sua extensão. A duas marginais ficaram com trechos intransitáveis.


11/02/2020
Por Edilson Silva em Seridó, Tempo

Chuvas banham as comunidades rurais no Seridó

A região do Seridó voltou a ser banhada pelas chuvas. Confiram os registros pluviométricos registrados ontem em algumas comunidades.

Sítio Garcia (São Fernando) – 24 mm
Sítio Lagoa da Serra – 9 mm
Sítio Pitombeira (Serra Negra do Norte) – 10 mm
Sítio Alecrim (Serra Negra do Norte) – 30 mm
Sítio Manhoso (Caicó) – 11 mm
Sítio Santa Cruz (Jardim de Piranhas) – 12 mm
Sítio Angicos (Jardim de Piranhas) – 29 mm
Sítio Fechado (Jardim de Piranhas) – 12,5 mm

Via Correio do Seridó


05/02/2020
Por Edilson Silva em RN, Tempo

Inmet publica alerta de “chuvas intensas” para 79 cidades do RN

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) publicou um aviso de “chuvas Intensas” com “grau de severidade perigo potencial” para 79 cidades do RN. O aviso é válido das 11h06 da manhã desta quarta-feira (05) até à quinta-feira (06) às 9h55 da manhã.

As chuvas são previstas entre 20 e 30 milímetros por hora ou até 50 mm/dia, com ventos intensos entre 40-60 km/h.

Há baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

Confira a lista de cidades potiguares:

Afonso Bezerra
Água Nova
Alexandria
Almino Afonso
Alto Do Rodrigues
Angicos
Antônio Martins
Apodi
Areia Branca
Augusto Severo
Açu
Baraúna
Caicó
Caraúbas
Carnaubais
Coronel João Pessoa
Cruzeta
Doutor Severiano
Encanto
Felipe Guerra
Florânia
Francisco Dantas
Frutuoso Gomes
Governador Dix-Sept Rosado
Grossos
Ipanguaçu
Ipueira
Itajá
Itaú
Janduís
Jardim De Piranhas
Jardim Do Seridó
José Da Penha
João Dias
Jucurutu
Lucrécia
Luís Gomes
Macau
Major Sales
Marcelino Vieira
Martins
Messias Targino
Mossoró
Olho-D’Água Do Borges
Ouro Branco
Paraná
Paraú
Patu
Pau Dos Ferros
Pendências
Pilões
Portalegre
Porto Do Mangue
Rafael Fernandes
Rafael Godeiro
Riacho Da Cruz
Riacho De Santana
Rodolfo Fernandes
Santana Do Matos
Serra Do Mel
Serra Negra Do Norte
Serrinha Dos Pintos
Severiano Melo
São Fernando
São Francisco Do Oeste
São José Do Seridó
São João Do Sabugi
São Miguel
São Rafael
Taboleiro Grande
Tenente Ananias
Tenente Laurentino Cruz
Tibau
Timbaúba Dos Batistas
Triunfo Potiguar
Umarizal
Upanema
Venha-Ver
Viçosa


01/02/2020
Por Edilson Silva em Seridó, Tempo

Chuvas acima de 170 milímetros são registradas no sertão

A região do Seridó e parte do sertão paraibano foram banhadas por chuvas na sexta-feira (31) à noite e entrando pela madrugada, já no início do mês de fevereiro.

O Correio do Seridó destaca os seguintes índices pluviométricos:

Barra Nova (Caicó) – 66 mm

Maynard (Caicó) – 11 mm

Sítio Extrema – 77 mm

Fazenda Trincheiras (Messias Targino) – 62 mm

Sítio Santa Cruz – 20 mm

Timbaúba dos Batistas – 88 mm

Sítio Garcia (São Fernando) – 27,5 mm

Sítio Picos (Serra Negra do Norte) – 70 mm

Fazenda Boa Vista (Serra Negra do Norte) – 70 mm

São João do Sabugi – 30 mm

Sítio Floresta – 63 mm

Palma – 12 mm

Sítio Batalha (Jardim de Piranhas) – 95mm

Caic (Paulo VI Caicó) – 72 mm

Sítio Santa Cruz (Caicó) – 70 mm

Bairro Paraíba (Caicó) – 65 mm

Sítio Valentim Gomes – 33 mm

Sítio Pitombeira (Serra Negra do Norte) – 60 mm

Sítio Quixabinha (São José do Seridó) – 25 mm

Sítio Ramada (São Fernando) – 28 mm

Fazenda Vida Nova (Timbaúba dos Batistas) – 122 mm)

Sítio Logradouro (Timbaúba dos Batistas) – 90 mm

Sítio Jurema (Serra Negra do Norte) – 90 mm

Sítio Palha (Belém do Brejo do Cruz) – 42 mm

Batalha (Antônio de Homero) – 100 mm

Jardim de Piranhas (escritório da Caern) – 90 mm

Na Fazenda Bonito (Taperoá-PB) – A chuva passou dos 170 mm

Sítio Vida Volta do Som (Timbaúba dos Batistas) – 110 mm

Fazenda Dinamarca (Serra Negra do Norte) – 90 mm

Serra Negra do Norte – 62 mm

Ipueira – 40 mm

Jardim de Piranhas (bairro São José) – 100 mm

Sítio Mossoró – 25 mm

Sítio Tôco (Timbaúba dos Batistas) – 100 mm

Sítio Pau-a-Pique, município de São José de Espinharas PB – 101 mm

Vila II do Sabugi (Residência de Márcio) – 97 mm

Fazenda Jerusalém em São João do Sabugi – 75 mm

Sítio Brandões – 100 mm (já tem açude sangrando)

Residência de Joel Teixeira no Sítio Sabugi (Caicó) – 120 mm

Sítio Frutuoso (Serra Negra do Norte) – 80 mm

São Bento PB – 110 mm

Ipueira – 101 mm

Barra de Santana (Jucurutu) – 77 mm

Sitio Esguicho (Ouro Branco) – 95 mm

Logradouro dos Enéas (Caicó) 90 mm

Sítio Logradouro (Timbaúba dos Batistas) – 90 mm

Jardim do Seridó (bairro Bela Vista) – 42 mm

Sítio Serrota (Alexandria) – 86 mm

Povoado Gargalheiras (Acari) – 38 mm

Por Paulo Júnior – A Máquina da Notícia




Facebook


Twitter