Paraíba

João Pessoa (RN) registra 189,4 milímetros de chuva nas últimas 24 horas

 

João Pessoa (PB), capital paraibana, já registrou 189,4 milímetros de chuva nas últimas 24 horas. A informação foi dada nesta manhã de sexta-feira (14), pela Defesa Civil, que o ClickPB teve acesso.

 

O volume de chuva registrado equivale a mais do que esperado para todo o mês de maio, que é de 150 milímetros. Nas últimas seis horas choveu mais de 90 milímetros na capital paraibana.

 

Vários pontos de alagamento foram registrados na manhã desta sexta-feira (14), em diversos bairros da capital paraibana. A Defesa Civil monitora pontos de alagamentos e de possíveis deslizamentos, como a ladeira do Castelo Branco que dá acesso a BR-230.

 

Ainda de acordo com a Defesa Civil, é esperado chuvas nas próximas horas na capital paraibana, podendo se estender para os próximos dias.

 

A Polícia Rodoviária Federal também registrou problemas nas rodovias e pede atenção aos motoristas.

 

Compartilhe aqui:

Prefeito de cidade no litoral da PB morre vítima de Covid-19

 

O prefeito Jorge Luiz (PDT), de Pitimbu, morreu nesta quarta-feira (31) após passar três dias internado com Covid-19 no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa.

 

Ele estava isolado em casa, desde que recebeu o diagnóstico da doença, mas procurou a unidade quando começou a sentir falta de ar. Jorge do Povão, como era conhecido o gestor, tinha 43 anos.

 

O prefeito era casado e deixa dois filhos. Ele foi eleito em 15 de novembro de 2020 com 54,59% dos votos válidos para o seu primeiro mandato como prefeito.

 

Com a morte de Jorge, a vice-prefeita, professora Adelma (PDT) deve assumir a prefeitura nos próximos dias.

 

G1PB

 

Compartilhe aqui:

COREMAS DE LUTO: Prefeita Francisca Chagas morre vítima de covid-19

 

A prefeita de Coremas, Francisca das Chagas (PDT), conhecida como Chaguinha de Edilson, morreu de Covid-19, na manhã desta terça-feira (23). A prefeita tinha 62 anos e estava internada desde o dia 9 de março, em um hospital particular, em João Pessoa.

 

A morte foi confirmada pela família no perfil de uma rede social da gestora. Na nota, a família lamenta a morte da prefeita e agradece as mensagens enviadas durante o período de internação.

 

“Informamos a todos os amigos da família que nossa mainha nos deixou hoje pela manhã. Agradecemos as orações e as mensagens de carinho de todos. Ainda hoje retornaremos para Coremas”, diz trecho da nota.

 

Chaguinha de Edilson era prefeita reeleita no pleito de 2020 ao lado do vice, Irani Alexandrino, que vinha respondendo pela gestão interinamente. Em 24 de fevereiro, a prefeita publicou um decreto com restrições no município, com o objetivo de conter o avanço da Covid-19.

 

Francisca era natural de Pombal. Nas Eleições 2020, ela foi reeleita prefeita de Coremas pelo PDT, com 54,64% dos votos.

 

Do G1

 

Compartilhe aqui:

Cref da 10ª região anuncia Concurso Público para nível médio e superior

 

Conselho Regional de Educação Física da 10ª Região (Cref 10), estado da Paraíba, anuncia a realização de novo Concurso Público destinado ao provimento de 10 vagas.

 

As oportunidades são destinadas a candidatos que tenham ensino médio ou técnico e nível superior completo, além de disponibilidade para cumprir jornadas de 40 horas semanais.

 

Neste certame há vagas para os cargos de: Agente Operacional (1), Auxiliar Administrativo (2), Auxiliar Administrativo – Cajazeiras (1), Auxiliar Financeiro (1), Secretário (1), Agente de Orientação e Fiscalização (1), Assistente Administrativo Financeiro (1) e Técnico de Nível Superior (2).

 

Os contratos dos servidores vão ser regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), e as remunerações variam de R$ 1.500,00 a R$ 3.310,00.

 

Em alguns cargos além de comprovar a escolaridade exigida, o profissional deve ter CNH Categoria “B”.

 

Inscrições

 

A participação deve ser solicitada pela internet, no site da empresa organizadora CPCON UEPB, entre às 10h do dia 15 de março de 2021, até às 23h59 do dia 15 de abril de 2021.

 

Nesta etapa é preciso efetuar o pagamento da taxa nos valores de R$ 85,00, referente a cargos de nível médio/técnico e R$ 105,00 para funções de nível superior.

 

Os interessados em participar do processo de isenção do pagamento da taxa deverão solicitar no site acima mencionado, a partir das 10h do dia 15 de março de 2021 até às 23h59min do dia 19 de março de 2021 (horário local), seguindo as orientações contidas no formulário eletrônico de solicitação.

 

O benefício é concedido todos os candidatos que, comprovadamente, se enquadrarem no que determina a Lei nº 13.656, de 30 de abril de 2018.

 

Classificação

 

De acordo com o edital, os profissionais serão submetidos a provas escritas objetivas/subjetivas com questões de: português, informática, raciocínio lógico e conhecimentos específicos, de acordo com o cargo pretendido e prova de produção textual.

 

As provas devem ocorrer provavelmente no período da manhã do dia 23 de maio de 2021.

 

Vale ressaltar que a aplicação na data prevista dependerá da disponibilidade de locais adequados à realização das mesmas, levando-se em consideração o Estado de Emergência em Saúde Pública em virtude da pandemia da Covid-19.

 

As informações sobre o horário, local, sala, carteira, onde o candidato realizará sua prova e concorrência de cada função, serão disponibilizadas no site da organizadora, a partir do dia 17 de maio de 2021.

 

Validade

 

Este concurso público é válido por dois anos, a contar da data da publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, por igual período, a critério do Conselho Regional de Educação Física da 10ª Região.

 

Compartilhe aqui:

Acometida pela segunda vez com a Covid-19, médica de 33 anos que atua em Patos-PB tem estado de saúde delicado

 

A médica Marcília Lopes, de 33 anos, acometida pela segunda vez com a Covid-19 deu entrada na maternidade Doutor Peregrino Filho, em Patos, na tarde da última segunda-feira (8) com 37 semanas e quatro dias de gestação.

 

A profissional ficou internada na unidade devido os sintomas da doença e no dia seguinte, dia 09, foi feito o parto para não colocar em risco a vida da mãe e do bebê. A criança está bem e sob os cuidados da família.

 

Mas o estado de saúde da médica continua delicado. Ela foi transferida para o hospital da Unimed, em João Pessoa, e, segundo informações, está intubada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da unidade particular.

 

Nas redes sociais, amigos e colegas de profissão estão pedindo oração para que ela se recupere logo.  A ginecologista-obstetra Dra.Iak Sodora reforçou no perfil do instagram a corrente de oração pela saúde de Marcília.

 

Nesta segunda-feira, dia 15 de março, é o aniversário de 34 anos da médica.

 

Portal TV Sol Patos

 

Compartilhe aqui:

“Grande preocupação”, diz secretário sobre risco de colapso no sistema de Saúde da Paraíba

 

O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, afirmou ter grande preocupação com o risco de colapso no sistema de saúde do estado em razão da alta no número de casos de Covid-19. Segundo ele, há dois pacientes a espera de leitos de UTI no Sertão do estado, cuja rede de atendimento será ampliada.

 

Nesta terça-feira (9), a previsão é de que o hospital Humberto Lucena deve receber 25 leitos de UTI, e mais 20 leitos no Prontovida.

 

O gestor defende as medidas como lavagem de mãos, uso de máscaras e álcool em gel fora do ambiente doméstico para redução da disseminação do novo coronavírus.

 

“Isso é fundamental neste momento porque há um risco de colapso na nossa rede hospitalar”, disse.

 

Ainda segundo Geraldo, a previsão é de que novas doses de vacina cheguem ao estado na próxima semana. “Este mês há uma previsão do aumento do volume e frequência dessas doses. Estaremos prontos para vacinar a população paraibana assim que essas doses chegarem ao estado”, completou.

 

As declarações foram dadas em entrevista à TV Cabo Branco.

 

Compartilhe aqui:

Enfermeira atravessa rio andando para vacinar idosa na Paraíba

 

A enfermeira paraibana Mayane Brito viralizou nas redes sociais após o registro dela atravessando um rio andando para vacinar uma idosa contra a Covid-19 em uma casa na zona rural do município de São José de Espinhadas, no Sertão da Paraíba.

 

O registro aconteceu na última quinta-feira (4) quando a equipe de imunização do município vacinou em domicílio todos os idosos de 80 a 89 anos, com comorbidades, da zona rural.

 

Porém, ainda faltava uma idosa que morava em local de difícil acesso. Mesmo em razão dessa condição, a enfermeira não criou obstáculos resolveu atravessar o rio caminando e conseguiu imunizar a idosa.

 

A enfermeira relatou que foi uma grande satisfação poder fazer isso por uma pessoa que precisava, mas que não tinha condições de atravessar o rio para ser vacinada.

 

Dados da vacinação no Estado

 

Segundo o ‘vacinometro’, painel criado pela Secretaria de Saúde para controle de imunização no Estado, ao todo, a Paraíba já recebeu 343.380 doses por parte do governo federal, com 298.932 distribuídas e 190.635 mil doses aplicadas.

 

Por G1

 

Compartilhe aqui:

Coronavírus: Paraíba vai ter toque de recolher e fechamento da orla a partir desta terça

 

A Paraíba vai ter um toque de recolher e fechamento da orla a partir desta terça-feira (23), conforme foi anunciado pelo governador João Azevêdo e pelo prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena, após uma reunião realizada pela manhã. Os detalhes da operacionalização não foram explicados, mas o objetivo é reduzir a mobilidade urbana e humana para evitar um colapso nos serviços de saúde devido ao aumento dos casos de Covid-19 e ocupação de leitos de UTI.

 

Essa e outras medidas restritivas foram discutidas pelos gestores, e as novas regras vão fazer parte de um decreto, que vai ser publicado no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (23). O decreto vai ser válido para toda a Paraíba, por 15 dias, e a fiscalização vai ser feita pelas forças de segurança do estado.

 

De acordo com o governo, a edição do decreto pretende dar clareza ao consumidor sobre o motivo da variação do preço final dos combustíveis. “Como a oscilação nos preços dos combustíveis está atrelada aos preços das commodities no mercado internacional, e suas cotações variam diariamente, o consumidor muitas vezes não compreende o motivo da variação no preço final”.

 

Compartilhe aqui:

Passou dos 100 mm: Chove forte em em Patos (PB) e vários municípios da região

O Inmet – Instituto Nacional de Meteorologia, acertou no alerta que emitiu nesta segunda-feira, 02 de novembro, avisando da possibilidade de chuva forte para vários municípios do Sertão. Não deu outra, caiu muita chuva de ontem (segunda-feira, 02 de novembro) para hoje (terça-feira – 03).

Como costuma dizer o sertanejo: “Parecia pegada de inverno”, chuva forte e trovoada que ecoavam sobre o Sertão.

Segundo as primeiras informações colhidas pela equipe Patosonline.com, o índice pluviométrico passou dos 100 mm em alguns municípios, foi o caso de Malta e Cacimba de Areia.

Em Patos, segundo informações do engenheiro florestal Rildo Alencar, no bairro Jardim de Espanha, zona oeste da cidade, já choveu 80. Na Praça Edvaldo Motta, no centro de Patos, o pluviômetro instalado pelo empresário Renê Fontes registrou 75 mm.

No Núcleo de Piscicultura do Governo do Estado no açude Jatobá (Bairro Jardim Alto da Tubiba), segundo o agrônomo João Batista, choveu 110mm e em Piancó, 140mm.

Em Santa Terezinha, no Sítio São José, choveu 81mm. Na cidade choveu 57,5mm, de acordo com o pluviômetro da EMPAER, que fica na sede da CAGEPA local.

Compartilhe aqui:

Justiça Eleitoral defere pedido e proíbe comícios, carreatas, passeatas em cidades da Paraíba

A pedido do Ministério Público, a Justiça Eleitoral da Paraíba, através, da 027ª Zona Eleitoral de Taperoá, deferiu o pedido para proibir a realização, por parte dos partidos e coligações, de comícios, carreatas, passeatas e caminhadas nos municípios de Assunção, Taperoá e Livramento. A decisão foi publicada nesta terça-feira (06).

A decisão assinada pelo juiz eleitoral, Diego Garcia Oliveira, seguiu um pedido de antecipação de tutela formulado pelo Ministério Público solicitando restrições, “bem como qualquer outro evento eleitoral que possa causar aglomeração, aqui entendida como a concentração de mais de vinte pessoas, nos municípios integrantes da 27ª Zona Eleitoral que estejam enquadrados nas bandeiras vermelha, laranja e amarela, de acordo com as classificações periódicas publicadas pelo Estado da Paraíba, fundamentadas nos critérios instituídos no Decreto Estadual 40.304/2020”.

Caso ocorra descumprimento, os responsáveis serão penalizados com uma multa de R$ 50 mil para cada ato de descumprimento. O valor será revertido para o Fundo Partidário, “dado o caráter não patrimonial desta Justiça Eleitoral”. “Esclareço que a multa, também, será aplicada caso o beneficiário por ato que desrespeite esta decisão, notificado da existência do evento por qualquer meio por esta Zona Eleitoral, não demonstrar que diligenciou para tentar fazer cessá-lo”, destacou o juiz na decisão acessada pelo ClickPB.

Ficam permitidos os atos de campanha como “adesivagem”, abrangendo no máximo vinte pessoas, “desde que sejam adotadas as medidas sanitárias para a prevenção da COVID-19, tais como uso de máscara, distanciamento social de um metro e meio, higienização pessoal e de ambientes, tudo nos termos do parecer técnico anteriormente mencionado, emitido pela autoridade sanitária estadual”.

Compartilhe aqui:

Prefeito paraibano é detido por promover aglomeração em convenção

O prefeito de Sertãozinho, Antônio de Elói, foi detido na noite desta quarta-feira (16), após promover uma aglomeração durante a convenção partidária no município. De acordo com Tenente-Coronel Gilberto, uma determinação da Justiça Eleitoral autorizou a realização da convenção no município, porém sem aglomeração.

No entanto, ao sair da Câmara onde ocorreu a convenção, o prefeito saiu em arrastão pelas ruas da cidade ao lado de apoiadores que o aguardavam do lado de fora.

Ainda de acordo com o Cel. Gilberto, Antônio foi alertado pelos policiais que estavam de plantão para que não fosse realizado arrastão devido as determinações judiciais e protocolos sanitários.

Antônio Elói foi preso e encaminhado para Delegacia de Guarabira, onde foi lavrado um TCO e liberado em seguida.

Jair Sampaio

Compartilhe aqui:

Chove mais de 70 milímetros em João Pessoa nas últimas 24 horas

Choveu em João pessoa 72,2 milímetros de chuva nas últimas 24 horas, de acordo com a Defesa Civil Municipal. Apesar do volume, segundo o coordenador do órgão, a quantidade de chuvas não é muito significativa para João Pessoa. O maior volume de chuvas foi, realmente, nesta terça-feira (16).

Conforme os pluviômetos da Defesa Civil, nas últimas 24 horas choveu com maior volume no bairro de Tambauzinho, seguido de Manaíra, com 50 milímetros de precipitação e no Centro de João Pessoa, com 48,8 milímetros.

Compartilhe aqui:

Barragem em Imaculada, no Sertão, apresenta risco de rompimento, diz MPPB

A barragem Pedra Lisa, localizada em Imaculada, no Sertão da Paraíba, apresenta problemas estruturais e corre o risco iminente de rompimento total, comprometendo a segurança e a vida de ribeirinhos dos municípios de Imaculada e Olho D´ Água, de acordo o Ministério Público da Paraíba (MPPB). Por conta disto, o MPPB ajuizou uma ação civil pública contra o Estado da Paraíba e a empresa Viga Engenharia Ltda, responsável pela obra, para que sejam adotadas providências urgentes.

Segundo o MPPB informou nesta quarta-feira (20), inspeções realizadas por órgãos técnicos identificaram estes problemas. De acordo com as promotoras de Justiça Artemise Leal e Ana Raquel Beltrão, os problemas estruturais na barragem e o risco de rompimento foram agravados com o grande volume de chuvas recentes, em que se verificou o transbordamento do reservatório.

A barragem Pedra Lisa, localizada no distrito Palmeira, no município de Imaculada, faz parte de um conjunto de cinco barragens executadas pelo Governo do Estado com recursos próprios, dentro do programa “Mais Trabalho”. Ela foi inaugurada em junho de 2018 para beneficiar cerca de 13 mil habitantes, que há anos sofriam com a falta d’água causada pela estiagem.

A ação judicial requer a concessão da tutela de urgência para que o Estado e a empresa apresentem, no prazo máximo de 24 horas, um relatório elaborado por perito técnico independente, com reconhecida expertise, sobre a estabilidade da barragem, e que elaborem e submetam imediatamente à aprovação dos órgãos competentes (Aesa, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e Ministério Público) um plano de ação que garanta a total estabilidade e segurança do reservatório.

Compartilhe aqui:

Barragem tem risco de rompimento no Sertão da Paraíba, diz Aesa

Uma inspeção realizada na barragem Pedra Lisa, em Imaculada, no Sertão da Paraíba, constatou que o reservatório pode romper após ter ultrapassado a capacidade hídrica, segundo a Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa). De acordo com o presidente do órgão, Porfírio Loureiro, um plano emergencial está em andamento para garantir a segurança de moradores de possíveis áreas de alagamento.

Conforme dados disponíveis no site da Aesa, fortes chuvas que caíram na região desde o início do ano fizeram com que a barragem alcançasse a marca de 6.068.069 m³ de água, que correspondem a 123% da capacidade total do reservatório, que é de 4.929.420 m³.

Aesa, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil estão monitorando o manancial para evitar que ele rompa e alague pontos do município de Olho D’água, também no Sertão do estado.

O tenente-coronel Saulo, comandante do Corpo de Bombeiros da região, informou que uma equipe com cerca de 15 militares trabalhará na contenção da barragem na noite desta segunda-feira (27).

O comandante informou ainda que bombeiros de Patos, Itaporanga, Sousa e Pombal foi remanejados para trabalhar no local. A equipe aguarda ainda por drones, que serão responsáveis pela captura de imagens aéreas, que possibilitarão uma melhor avaliação da situação do local.

Conforme Porfírio, a recomendação é que os moradores de possíveis áreas de alagamento, localizadas no município de Olho D’água, também no Sertão do estado, deixem as suas casas.

Ao G1, a prefeitura de Imaculada informou que está colaborando com as ações emergenciais. Até as 22h20 desta segunda, o G1 não conseguiu entrar em contato com a prefeitura de Olho D’água.

Compartilhe aqui:

Paraíba registra 50ª morte por covid-19 desde o início da pandemia

A Paraíba tem 543 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus, segundo informações da Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgadas neste domingo (26). O número de mortes confirmadas por Covid-19 subiu para 50 no estado desde o início da pandemia. A cidade de Esperança registrou seu primeiro caso.

Foram registrados 36 novos casos em João Pessoa, 3 em Santa Rita, 3 em Cabedelo, 1 em São Bento e 1 em Esperança.

Uma nova morte foi confirmada nas últimas 24 horas, a de um homem de 37 anos, residente em Santa Rita. O paciente era cardiopata e diabético e deu entrada no serviço público com quadro grave, febre alta e dispnéia. A morte aconteceu na sexta-feira e o exame que confirmou o Covid-19 foi feito após o óbito.

Boletim do coronavírus na Paraíba

  • 543 casos confirmados
  • 50 mortes
  • 1421 casos descartados
  • 119 recuperados
Compartilhe aqui:

Fenômeno raro é visto no céu da Paraíba; veja o vídeo

Um fenômeno raro foi visto no céu paraibano no começo da madrugada de sábado (18). O chamado ‘gigantic jet’ (‘jato gigante’) se formou a partir de uma nuvem de tempestade que estava próxima a Caicó, no Rio Grande do Norte, a cerca de 250 km de onde foi registrado, em João Pessoa.

As imagens foram capturadas pela Rede Brasileira de Detecção de Meteoros (Bramon), que é uma rede de astrônomos profissionais e amadores do Brasil. Apesar do registro ter sido feito no sábado, as informações só foram divulgadas nesta segunda-feira (20) pela Associação Paraibana de Astronomia (APA).

Compartilhe aqui:

Paraíba confirma terceira morte por Coronavírus e registra 34 casos no total: a nova vítima é um gerente de compras de supermercado

A covid-19 fez sua terceira vítima fatal na Paraíba. A vítima um homem de 43 anos, hipertenso, com início dos sintomas que deu entrada no dia 01 de abril em Hospital Privado em João Pessoa, no dia 02 em UTI e veio a óbito neste sábado (4). A vítima era gerente de compras de uma rede de supermercados da Capital.

Segundo informações preliminares, o homem estava internado em um hospital particular de João Pessoa desde semana passada. Segundo um dos amigos da vítima, ele teria contraído uma gripe durante o atendimento ao público, quando teve que ser hospitalizado com urgência devido os sintomas que pioraram com o passar dos dias.

Até agora, os casos confirmados estão distribuídos por 8 municípios (João Pessoa, Campina Grande, Cabedelo, Patos, Sousa, Igaracy, Junco do Seridó e Serra Branca).

Click PB

Compartilhe aqui:

COVID-19: Empresário Danilo da Farmácia não resiste e morre aos 36 anos

O empresário Danilo Andrade, conhecido com Danilo da Farmácia, de 36 anos, morreu de coronavírus nesta terça-feira, 31, no Hospital Clementino Fraga, em João Pessoa.

Ele era proprietário da Farmácia São Sebastião, no Bairro da Maternidade, em Patos.

A morte de Danilo é a primeira confirmada por coronavírus em Patos e também na Paraíba, além de ser primeiro caso registrado da doença no município

Ele esteve internado no Hospital São Francisco, em Patos, apresentando muita tosse e um quadro de forte pneumonia, e na última quinta-feira, 26, foi transferido para a unidade hospitalar da capital devido ao agravamento do seu estado de saúde. A morte precoce do empresário está gerando bastante comoção nas redes sociais.

Folha Patoense

Compartilhe aqui:

Paraíba tem 17 casos confirmados do coronavírus; um deles é de Patos

A Paraíba está com 17 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus, segundo informações da Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgadas nesta segunda-feira (30). Três casos foram confirmados nesta segunda, 30.

Um deles em um idoso de 69 anos, residente de João Pessoa. Ele segue em isolamento domiciliar acompanhado pela vigilância municipal.

Outro paciente é um homem, de 36 anos, que mora em Patos e está internado em um leito de UTI do Hospital Clementino Fraga, em João Pessoa. O terceiro caso é de um homem, de 40 anos, que mora em João Pessoa e está em isolamento domiciliar.

Com este resultado, a Paraíba passa a contabilizar 12 casos em João Pessoa, 2 em Campina Grande, 1 em Igaracy, 1 em Patos e 1 em Sousa. Dos casos confirmados, dois estão internados.

Nesta segunda-feira, os exames haviam descartado 19 casos com suspeita de infecção pelo coronavírus. Com isso, a Paraíba tem os seguintes números:

17 casos confirmados

367 casos descartados

Patos Online

Compartilhe aqui: