CBF define confrontos da terceira fase da Copa do Brasil

 

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) sorteou nesta sexta-feira os confrontos da terceira fase da Copa do Brasil. O Palmeiras, atual campeão, encara o CRB. Destaque também para o clássico entre Ceará e Fortaleza e para outros dois duelos entre clubes de Série A: Fluminense x Red Bull Bragantino e Corinthians x Atlético-GO. Não há saldo qualificado. As datas dos jogos ainda não estão definidas. Os classificados para a próxima fase (oitavas de final) terão os novos confrontos definidos também por sorteio.

 

Veja quem enfrenta quem (em negrito, quem decide em casa):

Santos x Cianorte-PR

Bahia x Vila Nova

Palmeiras x CRB

São Paulo x 4 de Julho-PI

Fluminense x Red Bull Bragantino

Ceará x Fortaleza

Grêmio x Brasiliense

América-MG x Criciúma

Athletico x Avaí

Atlético-MG x Remo

Corinthians x Atlético-GO

Internacional x Vitória

Cruzeiro x Juazeirense-BA

Chapecoense x ABC-RN

Flamengo x Coritiba

Vasco x Boavista-RJ

Compartilhe aqui:

Bispos do RN autorizam missas aos domingos e feriados

 

Em consonância com o decreto do Governo do Estado n° 30.516, de 22 de abril de 2021, autorizamos a retomada das celebrações dominicais e nos dias feriados, com a participação presencial de fiéis (30%), até às 15h. A partir deste horário, pode-se celebrar, sem participação presencial de fiéis, com transmissão ao vivo, conforme disposições anteriores.

 

De segunda a sábado, as celebrações prosseguem normalmente, com público não superior a 30%, respeitando o “toque de recolher” (das 22h às 5h), observando as regras de distanciamento social e as medidas sanitárias.

 

Esta autorização entra em vigor a partir da data de sua publicação e permanece válida durante todo o período de vigência do decreto estadual ou enquanto não mandarmos o contrário.

 

Natal (RN), 23 de abril de 2021.

 

Dom Jaime Vieira Rocha
Arcebispo Metropolitano de Natal

 

Dom Mariano Manzana
Bispo de Mossoró

 

Dom Antônio Carlos Cruz Santos, MSC
Bispo de Caicó

 

Compartilhe aqui:

Governo do RN reduz horário de toque de recolher e autoriza restaurantes a abrirem aos domingos

 

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), anunciou no início da tarde desta quinta-feira (22), por meio de suas redes sociais, a prorrogação do decreto com medidas de prevenção à Covid-19 até 12 de maio. Um novo decreto deve ser publicado ainda nesta quinta-feira (22). O decreto atual, que está em vigor, tinha validade até esta sexta-feira (23). Ele já havia prorrogado as medidas que estão em vigor no estado desde o dia 5 de abril, com algumas alterações.

 

Entre as novas mudanças anunciadas, a governadora informou que o toque de recolher passará a valer das 22h às 5h. Até então, a medida valia das 20h às 6h nos dias de semana. Dentro desse horário, apenas serviços essenciais podem funcionar.

 

Compartilhe aqui:

Centrais do Cidadão reabrem exclusivamente para atendimento de serviços do Itep

 

Unidades retomam atendimentos de emissão de RGs a partir do dia 26 de abril. Usuários precisam realizar agendamento prévio obrigatoriamente no site www.centraldocidadao.rn.gov.br

 

As Centrais do Cidadão reabrirão, a partir da próxima segunda-feira (26), exclusivamente, para disponibilizar o serviço de emissão de Carteiras de Identidade/Registro Geral (RG). A medida foi acordada após uma série de reuniões realizadas pela Secretaria de Estado da Administração (Sead) com a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) e o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep).

 

A reabertura das unidades seguirá o regramento disposto na Portaria Conjunta nº 02 – SEAD/SESAP/ITEP, de 20 de abril de 2021, que estabelece a ampliação do tempo entre os agendamentos, o qual passa de 10 minutos para 15 minutos; a proibição de entrada nas Centrais do Cidadão e de atendimento de pessoas sem agendamento prévio; e o cumprimento dos protocolos de segurança sanitária, como o distanciamento social e o uso obrigatório e correto de máscara, por exemplo.

 

Os usuários deverão agendar os atendimentos na plataforma virtual das Centrais do Cidadão, disponível no endereço www.centraldocidadao.rn.gov.br

 

Neste site, seleciona a opção de Registro Geral (RG). As vagas são liberadas sempre no dia útil anterior ao dia de atendimento.

 

Compartilhe aqui:

MPF no RN é destaque no Prêmio República

 

Duas iniciativas do Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN), em parceria com outras instituições estaduais e federais, tiveram o reconhecimento do IX Prêmio República de Valorização do MPF. O RN ficou entre os três finalistas na categoria Combate à Corrupção com o Painel de Business Intelligence (BI) para fiscalização de recursos da Lei Aldir Blanc, em parceria com o governo estadual e o Tribunal de Contas do Estado(TCE/RN).

 

Também recebeu menção honrosa pelo controle de leitos durante a pandemia com a plataforma Regula/RN, desenvolvida com o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (Lais/UFRN). O anúncio dos vencedores acontece no dia 30 de abril.

 

O programa de inteligência artificial foi criado especificamente para o cruzamento e análise de dados dos beneficiários do auxílio ao setor cultural no RN, com envolvimento das equipes de tecnologia do MPF/RN e TCE/RN. Esta parceria entre MPF, Governo do Estado e TCE/RN evitou gasto de mais de R$ 4 milhões em benefícios indevidos, apenas no primeiro mês de aplicação.

 

Compartilhe aqui:

Governo entrega mais 1.650 cestas básicas em Extremoz e Natal

 

A Campanha RN Chega Junto no Combate à Fome entregou hoje  mais 1.650 cestas básicas a oito entidades em Extremoz e Natal. Também foi contemplada a comunidade de Barra de Santana, em Jucurutu, onde está sendo concluída a barragem de Oiticica.

 

Parceria do Governo do Estado com Assurn (Associação dos Supermercados do Rio Grande do Norte), a campanha RN Chega Junto no Combate à Fome deverá concluir a entrega de cestas básicas na Região Metropolitana de Natal até a próxima semana.

 

Nessa quinta-feira (22) foram feitas entregas de cestas à secretaria municipal de Turismo, à secretaria municipal de Assistência Social e ao Comitê Unificado dos Trabalhadores de Alimentos e Bebidas de Extremoz, na Região Metropolitana. Na capital, a distribuição foi no Sindicato das Empresas do Comércio, Bares e Restaurantes de Natal, Amigos do Bem, Associação dos Motoristas Profissionais Autônomos Rodoviários (Amparn) e Sindicato dos Trabalhadores em Aplicativos de Transporte (Sintat-RN).

 

Toda logística de entregas das cestas, explica a coordenadora da Gestão Estadual do SUAS/SETHAS, Muriele Medeiros, é feita para atender o mais rápido possível o público-alvo, ou seja, as famílias e pessoas que tiveram sua situação de vulnerabilidade ainda mais agravada pelos efeitos da pandemia e que, por causa das medidas sanitárias adotadas pelo Governo e Prefeituras, foram obrigadas a permanecerem em isolamento e tiveram perda de renda.

 

A secretaria estadual do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas) e a Defesa Civil do Estado, ressalta Muriele Medeiros, trabalham diariamente, inclusive feriados e finais de semana, para garantir que o planejamento de entregas faça chegar, o mais rápido possível, as cestas nas entidades para a distribuição com as famílias que constam no cadastro da campanha.

 

O Governo do Rio Grande do Norte, por meio da Sethas e a Defesa Civil, em parceria com a Assurn promove a arrecadação de alimentos para serem doados às famílias que em razão da pandemia perderam renda e/ou àquelas que tiveram sua situação de vulnerabilidade social agravada com a crise sanitária.

 

Qualquer pessoa pode fazer sua doação de alimento nos supermercados filiados à Assurn. Nos supermercados que participam da campanha também há cestas básicas no valor de R$ 50 (cinquenta reais) específicas para a campanha. Quem quiser pode adquirir esse kit e fazer sua doação na própria loja onde faz as compras.

 

O Governo do Estado já anunciou a doação de 35 mil cestas básicas com investimento de R$ 1,873 milhão e a ASSURN, duas mil. Até este próximo sábado serão entregues 5 mil cestas a secretarias municipais de assistência social e organizações não-governamentais que fazem a distribuição com famílias e pessoas carentes cadastradas pela Sethas.

 

De acordo com a logística da campanha, todo alimento doado é recebido pela Sethas e Defesa Civil do RN que fazem a entrega às secretarias municipais e ONGs cadastradas. Também participam outros órgãos do Estado como Gabinete Civil, Secretaria de Estado da Administração e Secretaria de Estado das Mulheres, da Juventude, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos (Semjidh).

 

Diversos órgãos da administração direta e indireta do Estado participam da campanha: Controladoria Geral do Estado (Control), Secretaria de Estado do Turismo (Setur) Secretaria de Estado da Administração (Sead), Fundação José Augusto (FJA), Secretaria de Estado do Desenvolvimento Agrário de Agricultura Familiar (Sedraf), Secretaria de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (Sape), Policia Militar, Corpo de Bombeiros Militar e Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-RN) e o Ministério Público do RN.

 

ENTREGA DE CESTAS BÁSICAS

 

Campanha RN Chega Junto no Combate à Fome

Quinta-feira, 22 de abril

Região Metropolitana de Natal

 

EXTREMOZ
• Secretaria Municipal de Turismo de Extremoz
• Secretaria Municipal de Assistência Social de Extremoz
• Comitê Unificado dos Trabalhadores de Alimentos e Bebidas

 

NATAL
• Associação  dos Motoristas Profissionais Autônomos Rodoviários AMPARN
• Amigos do Bem
• Sindicato das Empresas do Comércio, Bares e Restaurantes de Natal
• Sindicato dos Trabalhadores em Aplicativos de Transporte do RN SINTAT-RN
• Comunidade Barra de Santana , barragem de Oiticica, em Jucurutu

 

Total de cestas  1.650

 

Compartilhe aqui:

Dia da Terra: “Estamos no limite. É hora de agir”, afirma o Papa

 

Para o Pontífice, a adversidade que estamos vivendo com a pandemia, e que já sentimos com as mudanças climáticas, deve nos impulsionar a inovar, a inventar, a buscar novos caminhos. A videomensagem do Papa foi transmitida no Encontro organizado por ocasião do Dia Internacional da Terra.

 

Vatican News

 

Não temos mais tempo para perder, como demonstram duas catástrofes globais: o clima e a Covid. Na videomensagem em espanhol para o Dia Internacional da Terra, o Papa Francisco renova seu convite a agir para preservar o meio ambiente.

 

A mensagem tem início com um apelo para não deixar cair no esquecimento as já conhecidas recomendações para tutelar o planeta. “Há tempos estamos nos conscientizando sempre mais de que a natureza merece ser protegida, também pelo simples fato de que as interações humanas com a biodiversidade de Deus devem ocorrer com a máxima atenção e com respeito. Aspectos estes que se tornaram ainda mais evidentes com a pandemia.”

O alerta da Covid-19

 

Francisco menciona o que aconteceu quando, por causa das excepcionais restrições impostas por governos nacionais para controlar a crise, o mundo mudou de ritmo. Para o Santo Padre, tratou-se de um modo “tristemente positivo” de perceber o impacto da desaceleração na natureza e nas mudanças climáticas, mesmo que por poucos meses. Em outras palavras, a mudança exige o comprometimento de todos, de formas múltiplas, mas inequivocáveis.

 

“É o momento de agir, estamos no limite.”

 

O Papa cita um antigo ditado espanhol: “Deus perdoa sempre, os homens perdoam de vez em quando, a natureza jamais perdoa”. E quando tem início esta destruição da natureza, é muito difícil parar.

 

“Mas ainda estamos em tempo”, afirma confiante Francisco. E seremos mais resilientes se trabalharmos juntos ao invés de fazê-lo sozinhos.

 

Para o Pontífice, a adversidade que estamos vivendo com a pandemia, e que já sentimos na mudança climática, deve nos impulsionar a inovar, a inventar, a buscar novos caminhos. De uma crise não se sai iguais, repetiu. Saímos melhores ou piores. “Este é o desafio. E se não sairmos melhores, percorreremos um caminho de autodestruição”, adverte.

Mas ainda há tempo

 

A humanidade, portanto, pode mudar o decurso dos eventos para proteger a Criação. Francisco renova seu apelo a todos os líderes do mundo para que atuem com coragem, com justiça e digam sempre a verdade às pessoas, para que saibam como se proteger da destruição do planeta e como proteger o planeta da destruição.

 

Compartilhe aqui:

Fecomércio RN oferece certificação profissional gratuita para garçons, recepcionistas e camareiras

 

Em mais uma ação inserida no Projeto Verena – acordo de cooperação internacional entre o Sistema Fecomércio RN e o governo do estado alemão da Renânia-Palatinado e executado pela Câmara de Comércio de Trier (EIC Trier) – o Senac RN lança nesta quinta-feira (22), o programa de Certificação por Competência baseado no Sistema Dual de Ensino da Alemanha, com vagas gratuitas para Garçons, Camareiras e Recepcionista em Meios de Hospedagem.

 

Viabilizada por meio do Programa Senac de Gratuidade, esta primeira etapa irá ofertar 30 vagas para os profissionais autônomos e/ou com experiência de dois anos comprovada em ocupação e que desejam obter o seu certificado profissional. Os interessados deverão assistir um curso preparatório online, para atualização das técnicas profissionais, após isso, serão submetidos a uma prova teórica e uma prova prática onde serão avaliados por uma banca especializada na área de atuação do candidato.

 

A iniciativa surge como mais uma ação estratégica do Sistema Fecomércio RN para dar suporte à retomada do turismo potiguar.

 

 “O setor do turismo foi uma das atividades econômicas mais impactadas com a pandemia Covid-19 e para contribuir com a retomada da atividade, priorizamos destinar as vagas gratuitas do Programa de Certificação por Competência do Senac aos profissionais do segmento. O programa vai beneficiar tanto o trabalhador – que tem a técnica mas não tem formação -, a obter seu registro profissional; como o empregador, pois é uma forma de ele conhecer a mão de obra contratada,  avaliar o seu desempenho e contar com uma equipe certificada pelo Senac, uma instituição que é referência em educação profissional de excelência”, afirma o presidente do Sistema Fecomércio Marcelo Queiroz.

 

 As inscrições para o processo seletivo deverão ser realizadas no período de 22/04 a 12/05 de forma on-line, no site www.rn.senac.br. Podem participar trabalhadores, profissionais autônomos,  maiores de 18 anos,  com renda familiar mensal per capita até dois salários mínimos federais. O processo de avaliação poderá ser realizado de forma on-line ou presencial, no Senac Barreira Roxa, a depender do quadro de pandemia Covid-19 no estado.

 

Compartilhe aqui:

Maior rede de escola do RN contabiliza mais de 420 aprovados, 23 primeiros lugares e destaque em universidades nacionais

 

A maior rede de escola do Rio Grande do Norte, o Over Colégio e Curso, contabiliza um resultado extremamente positivo no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2021. Foram mais de 420 aprovados e com destaque em universidades nacionais. O Over contou com um estudante da terceira série aprovado em Engenharia Aeroespacial na Universidade de São Paulo (USP).

 

Outro destaque foi o estudante que conseguiu a maior nota do Brasil em Matemática.

 

No grande balanço do Sisu, com o DNA Over vieram os os primeiros lugares de Direito da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte e da Universidade Federal de Campina Grande.

 

Para o professor Carlos André, diretor da escola, o resultado do Over mostra a eficiência da equipe e a qualidade e compromisso do time de alunos da escola. “Terminamos esse Sisu fazendo uma grande comemoração. Celebrando mais de 420 alunos aprovados, estudantes com destaque nacional, o que mostra a qualidade do ensino ministrado pela nossa escola, e sobretudo consolidando a marca de resultado Over. Como em todos os anos, tivemos um excepcional resultado em Medicina e conseguimos um total de 23 primeiros lugares”, analisou, chamando atenção para o alto índice de aprovação, mesmo com toda adversidade provocada pela pandemia da Covid-19.

 

Compartilhe aqui:

EUA confirmam discurso do Papa em cúpula climática

 

papa Francisco também vai participar da Cúpula Climática de Líderes convocada pelo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, para discutir a crise ambiental no planeta.

 

O evento acontece em 22 e 23 de abril, de forma virtual, e deve ter o desmatamento na Amazônia como um dos principais temas em pauta. Jorge Bergoglio, que já dedicou uma encíclica a questões ambientais e um Sínodo à Floresta Amazônica, vai falar na segunda sessão do dia de abertura da cúpula, assim como representantes do setor privado e da sociedade civil.

 

A programação do evento foi divulgada nesta quarta-feira (21) pelo Departamento de Estado dos EUA, e a sessão de inauguração será conduzida pelo presidente Joe Biden e por sua vice, Kamala Harris. “Essa sessão vai enfatizar a necessidade urgente de as principais economias do mundo fortalecerem suas ambições climáticas até a COP26 [em novembro] para manter sob seu alcance a meta de limitar o aquecimento a 1,5ºC”, diz o governo americano.

 

Segundo a programação, essa sessão dará a oportunidade de os “líderes destacarem os desafios climáticos enfrentados por seus países” e para “anunciarem novos passos para fortalecer sua ambição” nas metas ambientais.

 

27 líderes estão escalados para falar na primeira sessão, incluindo o presidente Jair Bolsonaro, que enviou uma carta a Biden na semana passada prometendo eliminar o desmatamento ilegal até 2030.

 

Também vão participar o secretário-geral da ONU, António Guterres, os presidentes da China, Xi Jinping, da Rússia, Vladimir Putin, e da França, Emmanuel Macron, a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, e os primeiros-ministros da Itália, Mario Draghi, da Índia, Narendra Modi, e do Japão, Yoshihide Suga, entre outros líderes.

 

O Brasil ainda será representado em outra sessão da cúpula por Sineia Bezerra do Vale, integrante do Conselho Indígena de Roraima. O evento acontece em um momento de crescente pressão sobre o governo Bolsonaro para coibir a devastação da Amazônia, já que combater a crise climática é uma das principais promessas de Biden.

 

Comunidades indígenas e representantes da sociedade civil já lançaram manifestos pedindo que o presidente dos EUA não assine acordos ambientais com Bolsonaro. Além disso, o Twitter é palco nesta quarta-feira de um movimento pedindo a demissão do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, acusado de fazer vista grossa para a destruição da Amazônia.

 

Compartilhe aqui:

ABC perde, se complica no Estadual e demite o treinador

 

O ABC foi derrotado pelo Potiguar de Mossoró no estádio Frasqueirão, nessa quarta-feira (21), por 4 a 2. A partida foi atrasada da quarta rodada da Copa Cidade do Natal, primeiro turno do Campeonato Potiguar. Os gols do jogo foram marcados por Madson (duas vezes), Mayron e Alexandre para o time mossoroense. Vitinho e Marcudinho descontaram para a equipe de Natal.

 

Com a derrota, o Alvinegro viu a chance de classificação para a final reduzir. A equipe ainda tem dois jogos e precisa vencer os dois confrontos, contra o Santa Cruz de Natal e Assu, para chegar aos 13 pontos. Além disso, precisa torcer por derrota de América ou Globo – que já têm 13 pontos, com dependência ainda do saldo de gols.

 

Se a derrota não fosse suficiente, a diretoria do ABC ainda anunciou a demissão do técnico Sílvio Criciúma. “A diretoria abecedista se reuniu com o treinador Sílvio Criciúma depois da partida desta quarta-feira (21), diante do Potiguar, e decidiu pela não permanência do profissional”, afirmou em nota.

 

O clube ainda destacou que “a direção agora trabalha para contratar um novo comando técnico para os próximos jogos e competições importantes que estamos disputando. A hora é de decisão rápida e a certeza que o clube irá trabalhar muito mais para reverter o atual cenário. A união pelo Alvinegro fará toda diferença nesse momento de retomada”, finalizou.

 

Compartilhe aqui:

Campanha “Mesa Farta” do Sistema Fecomércio distribuiu cesta básica em Caicó

 

A campanha “Mesa Farta” do Sistema Fecomércio RN segue pelo interior do Estado. Foram distribuídas cestas básicas no Sesc Caicó para os trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo impactados pela pandemia e que ficaram sem renda.

 

A iniciativa conta com a parceria de sindicatos dos segmentos, que estão encaminhando os beneficiados.

 

A campanha “Mesa Farta” do Sistema Fecomércio RN, realizada por meio do Serviço Social do Comércio (Sesc RN), realiza agora sua segunda etapa, que iniciou dia 14, atendendo com cestas básicas, trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo impactados pela pandemia e que ficaram sem renda, na capital e interior.

 

O projeto mantém o mesmo modelo da primeira etapa, contando com a parceria de sindicatos de vários segmentos que encaminharão os associados ao Sesc RN para receber a doação.

 

Desta vez, a ação chega ao interior do Estado, nas cidades de Mossoró, Santa Cruz, Macaíba, Caicó, Currais Novos, Nova Cruz, São Paulo do Potengi e Assu.

 

Mesa Farta Sesc tem como parceiros os Sindicatos dos Varejista de Peças e Acessórios para veículos; Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios; Varejista de Produtos Farmacêuticos do RN; Intermunicipal do Comércio Varejista; Das Empresas de Asseio, Conservação e Limpeza; Compra, Venda, Locação Imobiliárias e representantes da área de Refrigeração.

 

Em Caicó, a distribuição aconteceu dia 15 de abril.

 

Fonte SESC

 

Compartilhe aqui:

Dia Internacional da Terra: “As pessoas devem fazer as pazes com a natureza”

 

Hoje (22/04) é celebrado o  Dia Internacional da Mãe Terra, para marcar a data, o secretário-geral da ONU, Antonio Guetteres, participa no Encontro de Cúpula de Líderes sobre o Clima, organizado pelos Estados Unidos. A iniciativa reúne, de forma virtual, cerca de 40 líderes mundiais e pretende reforçar os esforços para limitar o aumento da temperatura global em 1,5 grau Celsius até o final do século.

A humanidade continua a abusar da natureza

 

Em mensagem sobre o Dia Internacional, Guterres afirmou que o planeta “está num ponto crítico” e apela as pessoas a fazerem as pazes com a natureza. O chefe da ONU afirmou que “a Humanidade continua a abusar da natureza”, pilhando descuidadamente os recursos da Terra, esgotando sua vida selvagem e tratando o ar, a terra e os mares como depósitos de lixo. Segundo ele, “ecossistemas e cadeias alimentares cruciais estão à beira do colapso.” Para o secretário-geral, esse comportamento “é suicida.” O secretário-geral ressalta que o mundo precisa “acabar com a guerra contra a natureza e cuidá-la para que volte a ser saudável”.

Medidas necessárias

 

O chefe da ONU destacou depois os passos que precisam ser dados, como limitar o aumento da temperatura e planejar uma adaptação às mudanças que virão. Ele pediu também medidas mais firmes para proteger a biodiversidade, a redução da poluição e mais contribuições para economias circulares que reduzam os resíduos. Segundo Guterres, estes passos irão salvaguardar “a casa comum” da população mundial e “criar milhões de novos empregos”.

Pandemia, oportunidade de mundo mais sustentável

 

Para o secretário-geral a recuperação da pandemia da Covid-19 “é uma oportunidade para pôr o mundo num caminho mais limpo, mais verde e mais sustentável.” Por fim, conclui sua mensagem pedindo que, neste Dia Internacional da Terra, todos se comprometam “com o árduo trabalho de restaurar o planeta e de fazer as pazes com a natureza”. Porque mudanças climáticas, provocadas pelo homem na natureza, bem como crimes que afetam a biodiversidade e o crescente comércio ilegal de animais selvagens, podem aumentar o contato e a transmissão de doenças infecciosas de animais para humanos, como a Covid-19.

 

(Fonte: Site da ONU)

 

Compartilhe aqui:

Campanha Nacional de vacinação contra a Febre Aftosa de 2021 começa no dia 1º de maio

 

A primeira etapa da campanha nacional de vacinação contra a febre aftosa de 2021 começa no dia 1º de maio.

 

Nessa fase deverão ser vacinados bovinos e bubalinos de todas as idades, para a maioria dos estados brasileiros, conforme o calendário nacional de vacinação.

 

Ao todo, a meta é imunizar cerca de 170 milhões de animais.

 

Dos 21 estados que realizam a imunização dos animais neste período, no Amazonas e em Mato Grosso participam apenas os municípios que ainda não suspenderam a vacinação, enquanto no Espírito Santo ocorrerá para bovinos e bubalinos com até 24 meses de idade.

 

As vacinas devem ser adquiridas nas revendas autorizadas e mantidas entre 2 e 8 graus centígrados desde a aquisição até o momento da utilização – incluindo o transporte e a aplicação, já na fazenda.

 

Devem ser usadas agulhas novas para aplicação da dose de 2 mililitros na tábua do pescoço de cada animal, preferindo as horas mais frescas do dia, para fazer a contenção adequada dos animais e a aplicação da vacina.

 

O produtor deve também declarar a vacinação  de seu rebanho ao órgão de defesa sanitária animal de seu estado. A declaração de vacinação deve ser realizada de forma online ou, quando não for possível, presencialmente nos postos designados pelo serviço veterinário estadual nos prazos estipulados.

 

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento reforça que devem ser adotadas medidas de cuidado com a Covid-19 para a garantia da manutenção dos compromissos com as zonas reconhecidas como livre de febre aftosa com vacinação perante a Organização Mundial da Saúde Animal.

 

Compartilhe aqui:

CAICÓ: Forças de Segurança se unem em campanha de arrecadação de alimentos; doações serão feitas por Agentes vacinados contra a Covid

 

QUEM TEM FOME, TEM PRESSA!

 

As forças de segurança ligadas ao Pólo de vacina Caicó/6° PBM lançam campanha de arrecadação de alimentos para formação de cestas básicas.

 

O Ten. Cel. Walmary Costa, comandante do 6º BPM, sugeriu a doação de 1 a 2 quilos de alimentos para os agentes da Segurança Pública que estão sendo vacinados contra a Covid-19.

 

“No mínimo 1 (um) kg de alimento por dose de vacina, claro que se você puder e quiser doar mais e até cestas básicas já prontas, ficaremos imensamente felizes, pois estaremos ajudando mais famílias”, disse Costa.

 

As cestas arrecadadas em Currais Novos serão encaminhados ao próprio município, e assim com os demais municípios. O local para entrega desses alimentos é 6° BPM ou entrar em contato com o Tenente Victor, da CIPAM, pelo 84 99948-0658.

 

Para quem já tomou a primeira dose e quer doar antes da segunda, a campanha “QUEM TEM FOME, TEM PRESSA” recebe as doações diariamente, independente de ser dia de vacinação ou não.

 

Por Tenente Coronel Walmary Costa, comandante do 6º BPM

 

Compartilhe aqui:

Senac RN capacita pequenas e médias empresas para vendas online

 

O Senac RN abriu nesta terça-feira (20) uma nova etapa de inscrições para o Programa de Assistência Digital Empresarial. A iniciativa é direcionada a micros, pequenas e médias empresas interessadas em se capacitar para comercializar produtos e serviços nas plataformas digitais.

 

A capacitação – toda online – é gratuita e visa oferecer suporte aos empresários afetados pelos decretos que estabelecem restrições ao funcionamento das atividades comerciais de forma presencial por causa da pandemia da Covid-19.

 

As inscrições podem ser realizadas no telefone e/ou WhatsApp (84) 4005-1000.

 

Em 2020, o Senac atendeu 94 empresas, que, após participação nas capacitações, passaram a trabalhar com implementação de novas estratégias de vendas no e-commerce. Após um primeiro diagnóstico, um consultor realiza uma mentoria para expor as reais necessidades da empresa, sugerindo modelos de negócio para implantação no ambiente virtual.

 

“O Programa de Assistência Digital Empresarial oferece capacitação e orientação personalizada, focada na realidade de cada empresa atendida. O programa conta com uma equipe de consultores e profissionais com vasta experiência no e-commerce e que irão oferecer todo auxílio necessário aos participantes”, explicou o diretor regional do Senac, Raniery Pimenta.

 

Para o público em geral, o Senac vai disponibilizar o curso online gratuito “Como abrir o seu e-commerce: estratégias e modelos de negociação”. São cinco módulos com conteúdo instrucional e de aplicação de ferramentas e estratégias para implementar e gerenciar plataformas digitais. Também haverá uma série de lives com empresários convidados no canal do Senac no Youtube e no perfil do Instagram.

 

Compartilhe aqui:

Policial é condenado pela morte de George Floyd nos Estados Unidos

 

Jurados decidiram nesta terça-feira (20/4), por unanimidade, que o policial Derek Chauvin é culpado pela morte de George Floyd, morto em maio de 2020 na cidade de Minneapolis, nos Estados Unidos.

 

Filmagens mostram que Chauvin sufocou Floyd com seu joelho por mais de nove minutos, e a morte decorrente gerou protestos contra o racismo e a brutalidade policial em todo o mundo. Floyd era negro e tinha 48 anos.

 

Chauvin, 45, foi acusado e condenado por três crimes, previstos na Justiça americana e sem paralelos exatos com o ordenamento brasileiro.

 

Em uma tradução aproximada, seriam eles: homicídio doloso de segundo grau (a mais grave de todas, com pena de até 40 anos de prisão, demonstrando uma relação de causa e efeito entre conduta do acusado e morte); homicídio doloso de terceiro grau (demonstração de negligência com a vida humana, com pena máxima de 25 anos); e homícidio culposo de segundo grau (quando alguém submete outro a um “risco irracional”, colocando-o em risco de morte ou ferimentos graves, passível a pena de até 10 anos de prisão).

 

Nesta terça-feira (20/4), o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou que conversou com a família de Floyd no dia anterior por telefone. Sem se posicionar precisamente, Biden disse que está “rezando” para que “o veredito seja o veredito certo”.

 

A cidade de Minneapolis, no Estado de Minnesota, se preparou para esperados protestos, independente do veredito. O tribunal foi cercado por arames e barreiras, e também recebeu reforço na Guarda Nacional. Há dezenas de manifestantes em volta do prédio.

 

O julgamento durou três semanas, ouviu 45 testemunhas e incluiu horas de exibição de vídeos no tribunal. O júri. composto por sete mulheres e cinco homens (e seis pessoas brancas, quatro negras e duas multirraciais) levou dez horas para chegar a uma decisão final.

 

BBC

 

Compartilhe aqui:

Ambulantes recebem cestas básicas do RN Chega Junto no Combate à Fome

 

Campanha de arrecadação de alimentos do Governo do Estado em parceria com Assurn atende hoje profissionais que foram diretamente afetados pelo isolamento social causado pela pandemia O Governo do Rio Grande do Norte, por meio da Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas) e da Defesa Civil do Estado, vai entregar até o próximo sábado 5 mil cestas básicas dentro do Programa RN Chega Junto no Combate à Fome.

 

Nesta semana as entregas se concentram na Região Metropolitana de Natal atendendo, além da capital, mais cinco municípios que fazem o cinturão no entorno: Extremoz, São Gonçalo do Amarante, Macaíba, Parnamirim e Ceará-Mirim.

 

De acordo com a coordenadora estadual da Gestão SUAS (COGESUAS) da Sethas, Muriele Medeiros, hoje foram atendidas oito entidades com a doação de 1.702 cestas de alimentos. “São entidades e organizações civis que atendem ao público específico do edital do Programa RN Chega Junto no Combate à Fome”, ressaltou.

 

Foram atendidos trabalhadores(as) ambulantes que atuam nas áreas de turismo, cultura, bares e restaurantes. Segundo Muriele Medeiros, esses profissionais e suas famílias foram afetadas mais diretamente pelas medidas de isolamento social em decorrência da paralisação de suas atividades produtivas.

 

Pela manhã, a entrega foi no Conselho Comunitário da Redinha e aos Trabalhadores e Trabalhadoras do Mercado da Redinha, Associação dos Barraqueiros e Ambulantes da Praia de Ponta Negra e Associação dos Trabalhadores Informais de Ponta Negra. Na próxima semana serão entregues cestas básicas nos territórios Agreste e Litoral sul e Trairí.

 

A campanha RN Chega Junto no Combate à Fome é uma parceria do Governo do Estado com a Associação de Supermercados do RN (Assurn). E para abrir inciativa, o Governo anunciou a doação de 35 mil certas básicas e a Assurn, duas mil.

 

É fácil participar da campanha. Quem quiser pode doar alimentos não perecíveis nos supermercados associados à Assurn das redes Supershow, Nordestão, Supercoop, Rede Mais, Favorito e Bom Dia.

 

As doações de alimentos podem ser feitas pela sociedade civil e empresas. Os alimentos arrecadados vão compor as cestas que serão entregues às secretarias municipais de assistência social e organizações não-governamentais, responsáveis pela distribuição às famílias de acordo com o cadastro enviado à Sethas.

 

Participam da campanha RN Chega Junto no Combate à Fome, Sethas, Defesa Civil, Gabinete Civil do Governo do Estado (GAC), Controladoria Geral do Estado (Control), Secretaria de Estado das Mulheres, da Juventude, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos (Semjidh), Secretaria de Estado do Turismo (Setur) Secretaria de Estado da Administração (Sead), Fundação José Augusto (FJA), Secretaria de Estado do Desenvolvimento Agrário de Agricultura Familiar (Sedraf), Secretaria de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (Sape), Policia Militar, Corpo de Bombeiros Militar e Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-RN).
SERVIÇO:

 

Entregas dia 20 de abril

Total de cestas: 1.702

 

Entidades beneficiadas:

• Ambulantes das Praias de Natal e Grande Natal;
• Conselho Comunitário da Redinha – Trabalhadores e Trabalhadoras do Mercado da Redinha;
• Comunhão e Caridade Ave Luz;
• Conselho Comunitário Quiosqueiros e Barraqueiros;
• Associação dos Trabalhadores Informais de Ponta Negra;
• Secretaria Municipal de Assistência Social de Parnamirim;
• Associação dos Motoristas Autônomos por Aplicativo – AMAPP/RN;
• Associação Unidos Venceremos de Ponta Negra

 

Compartilhe aqui:

Intenção de Consumo das Famílias volta a cair em abril, aponta CNC

 

O indicador de Intenção de Consumo das Famílias (ICF) alcançou o patamar de 70,7 pontos em abril, o menor nível desde novembro de 2020, quando atingiu 69,8 pontos. Após ajuste sazonal, a série apresentou queda mensal de 2,5%, ante recuperação pontual no mês anterior.

 

O resultado foi divulgado hoje (20) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), que destacou que foi o pior mês de abril da série histórica. Em relação ao mesmo período em 2020, houve retração de 26,1%.

 

Para o presidente da CNC, José Roberto Tadros, essa redução no mês de abril é resultado do agravamento da pandemia de covid-19 no país, com medidas mais restritivas de circulação, como fechamento de comércios e cidades inteiras em lockdown.

 

“É um momento de oscilação, de grande incerteza. Isso se reflete no orçamento familiar, já que o agravamento da pandemia, somado à lentidão da vacinação, acaba gerando pessimismo e cautela no consumo. Acreditamos que, com a imunização em massa da população, o crescimento econômico será retomado e a confiança vai reagir”, disse Tadros, em nota.

 

Nos indicadores de renda e consumo, houve queda em relação ao mês anterior. A maioria das famílias considerou a renda pior do que no ano passado, com percentual de 41,3% ante 40,3% em março.

 

Segundo a CNC, a maior parte das famílias também considera que o nível de consumo em abril foi menor do que no ano passado (59,9%), o maior percentual desde novembro (60,4%), ante 58% no mês anterior e 46,9% em abril de 2020.

 

Também aumentou entre os pesquisados a proporção dos que acreditam que comprar a prazo está mais difícil: 41,7%, o maior percentual desde novembro de 2020, quando foi de 42,2%.

 

Compartilhe aqui:

Jovem que chegou a dormir na rua em 2020, ingressou em Direito na UFRN

 

Aprovado pelo Sisu no curso de direito da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (Uern), campus Natal, Vitório da Silva Ferreira, 17 anos, tem uma história de superação.

 

O jovem que acabou de concluir o ensino médio na Escola Estadual Berilo Wanderley, no bairro de Neópolis, chegou a dormir na rua por problemas familiares em casa. Foram dois meses passando noites no chão do estacionamento de uma farmácia no bairro de Capim Macio, na Zona Sul da capital potiguar, na busca pelo sonho da aprovação.

 

“Eu chegava aqui por volta das 20h e deitava no chão. Não era fácil, tinha pedras, tinha frio, e eu me enrolava com um casaco e forrava o chão com algumas roupas”, relata o estudante ao olhar para o lugar que dormiu de abril a junho de 2020, durante a pandemia do novo coronavírus.

 

Ao amanhecer do dia, Vitório ia ao campus da UFRN, local onde comia e utilizava a internet para estudar. “A UFRN tem o wi-fi aberto e isso me possibilitava estudar para o Enem. Assistia às aulas do Berilo e também aulas gratuitas no Youtube. Também aproveitava o banheiro do setor de aulas 3 para tomar banho e lavar roupa”, completa.

 

Durante esse período, o jovem estudante recebeu algumas cestas básicas da escola em que estava matriculado, o que garantiu a alimentação durante os dois meses. “Eu usava o microondas que um vigilante da UFRN tinha e garantia minhas alimentações do dia”, relembra, emocionado.

 

Fonte G1RN

 

Compartilhe aqui: