21/03/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu, Tempo

Chuva voltou ao município de Jucurutu no fim de tarde desta terça (20)

Após alguns dias de estiagem e forte calor, o município de Jucurutu voltou a registrar boas precipitações no fim de tarde e início de noite desta terça (20). O fato pegou os jucurutuenses de surpresa e foi bastante comemorado pelos internautas em suas redes sociais.

Veja:

 


21/03/2018
Por Edilson Silva em Educação

Enem deste ano terá 30 minutos a mais para provas de exatas

Neste ano, os candidatos que participarão do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) terão 30 minutos a mais para fazer a prova do segundo dia, que reúne conteúdos de ciências da natureza e matemática. Segundo o edital da prova, publicado hoje (21) no Diário Oficial da União, os estudantes terão cinco horas para fazer a prova no segundo dia e cinco horas e meia no primeiro dia.

Assim como em 2017, neste ano as provas do Enem serão realizadas em dois domingos seguidos: nos dias 4 e 11 de novembro. A estrutura da prova também não mudou: no primeiro dia serão aplicadas as provas de Redação, Linguagens e ciências humanas, com duração de cinco horas e meia, e no segundo dia, as provas de ciências da natureza e matemática, com cinco horas de duração.

As inscrições deverão ser feitas das 10h do dia 7 de maio às 23h59 de 18 de maio deste ano.

A taxa de inscrição foi mantida em R$ 82. O pagamento deve ser feito entre os dias 7 e 23 de maio.

Isenções

A solicitação de isenção da taxa de inscrição deve ser feita entre os dias 2 e 11 de abril. Serão isentos os estudantes que estejam cursando a última série do ensino médio neste ano em escola da rede pública, ou que tenha cursado todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada e tenha renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio.

Também tem isenção o participante que declarar estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica, por ser membro de família de baixa renda e que esteja inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal . Neste ano, também são isentos os participantes do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) do ano passado.

Os participantes isentos da taxa de inscrição que não compareceram nos dias de prova no Enem do ano passado terão que justificar a ausência por meio de atestado médico, documento judicial ou boletim de ocorrência para fazer o Enem 2018 sem pagar a taxa. O prazo para justificar a ausência no Enem do ano passado vai de 2 a 11 de abril.

O participante que não apresentar justificativa de ausência no Enem 2017 ou tiver a justificativa reprovada após o recurso e desejar se inscrever no Enem 2018 deverá pagar o valor da taxa de inscrição.

Segurança

O edital do Enem continua prevendo a realização de revista eletrônica nos locais de prova, por meio do uso de detectores de metais. A novidade deste ano é que os alunos também deverão permitir que os artigos religiosos, como burca e quipá, sejam revistados pelo aplicador das provas. Quem não permitir a revista poderá ser eliminado.

Imprevistos

Segundo o edital deste ano, o participante afetado por problemas logísticos durante a aplicação poderá solicitar reaplicação do exame em até cinco dias úteis após o último dia de aplicação. Os casos serão julgados individualmente pela Comissão de Demandas.

No ano passado, cerca de 3,5 mil estudantes tiveram que refazer as provas em outra data por problemas como falta de energia nos locais do exame.

Direitos Humanos

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) retirou do edital o item que determinava que a redação que desrespeitasse os direitos humanos teria nota zero. No ano passado, o Tribunal Regional Federal da 1ª Região determinou a suspensão da regra que previa a anulação da redação que violasse os direitos humanos.

Os resultados do Enem poderão ser usados em processos seletivos para vagas no ensino superior público, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para bolsas de estudo em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Por Sabrina Craide/Agência Brasil


21/03/2018
Por Edilson Silva em RN

RN tem 153 municípios em crise hídrica

O Brasil tem 917 municípios em crise hídrica, informou o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, ao participar do 8° Fórum Mundial da Água. Esse número corresponde aos municípios que estão em situação de emergência por seca ou estiagem até o dia 13 de março.

O ministro destacou que a crise hídrica não é mais um problema somente do Nordeste, onde estão a maioria das cidades. Do total de municípios, 211 estão na Bahia, 196 na Paraíba, 153 no Rio Grande do Norte, 123 em Pernambuco, 94 no Ceará, 40 em Minas Gerais, 38 em Alagoas, 18 no Rio de Janeiro, 17 do Rio Grande do Sul, além de registros em outros estados.


21/03/2018
Por Edilson Silva em Upanema

Umari: Barragem perto do volume morto

O terceiro maior reservatório do Rio Grande do Norte continua secando e atingiu o seu menor volume em 2018. Medição feita nesta terça-feira (20) pelo Instituto de Gestão de Águas do Estado (Igarn) mostra que o nível de água da barragem Senador Jessé Pinto Freire, em Upanema, baixou de 13,7% para 12,72%.

A barragem de Umari, como é popularmente conhecida, iniciou o ano de 2018 com pouco mais de 14% de sua capacidade total de armazenamento d’água, que é de 292.813.650,00 m³. A situação mais crítica registrada pelo reservatório foi no começo de 2017, quando alcançou o volume morto, com pouco mais de 26,000 milhões de metros cúbicos, ou seja, 8% de sua capacidade total.

Upanema Net


20/03/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu

Jucurutu participará da Feira dos Municípios Turísticos do RN

Natal sediará nos próximos dias 23 e 24 de março, no Centro de Convenções, a 4ª edição da FEMPTUR – Feira dos Municípios e Produtos Turísticos do Rio Grande do Norte. Jucurutu é um dos municípios confirmados para o evento e participará com um stand que destacará, entre outros atrativos turísticos, o artesanato da Serra de João do Vale, especialmente os bordados renascença, as massas e o tradicional queijo.

Segundo o organizador da FEMPTUR, Gustavo Porpino, diretor da Argus Eventos, os cerca de 40 municípios participantes prometem caprichar em seus estandes, mostrando muitas peculiaridades. Não vão expor apenas os atrativos turístico-culturais, mas também darão relevância à produção associada ao turismo. O acesso e o estacionamento são gratuitos no Centro de Convenções de Natal.

Paralelo à Feira acontece o 9º Fórum de Turismo do RN que, entre as discussões, tratará de temas como marketing digital, festas populares como indutores da economia e o desenvolvimento de produto turístico.


20/03/2018
Por Edilson Silva em RN, Tempo

Outono começa com promessa de retomada de chuvas no interior

O Dia de São José, comemorado segunda-feira, 19, foi de decepção para boa parte do Rio Grande do Norte. Afinal, não choveu como o esperado em quase a totalidade do Estado, o que, tradicionalmente, significaria que o “inverno” não será chuvas – e mantendo a situação de seca pelo 7º ano consecutivo. Porém, para a Empresa de Pesquisa Agropecuária do RN (Emparn), as notícias não são negativas. Afinal, nesta terça-feira, 20 de março, começa oficialmente o outono, período que tradicionalmente concentra as principais chuvas no interior do Estado. E a expectativa é que as chuvas recomecem e sejam regulares até o final de abril, sobretudo, nas regiões Oeste e Central.

Quem reafirma essa previsão é o meteorologista da Emparn, Gilmar Bistrot. Segundo ele, nos últimos dias houve um bloqueio na formação de chuvas, o que acabou prejudicando a regularidade das chuvas no interior. Contudo, as condições oceânicas que ensejaram as previsões otimistas do início do ano continuam, com chuvas reiniciando já nesta semana.

“A gente não viu mudança nenhuma nas condições oceânicas/atmosféricas a não ser a formação desse bloqueio, que atrapalhou as chuvas, claro, mas que já está se dissipando. Por isso, o que vale é a previsão que foi feita em fevereiro (de chuvas regulares). Por isso que domingo já foi possível observar a formação de chuvas no interior do Estado, chuvas isoladas”, afirma o meteorologista.

Segundo Gilmar Bistrot, hoje já devem ser retomadas as chuvas em algumas áreas do interior do Estado. Litoral e Agreste, porém, só retomam no final da semana. “Lá para quinta ou sexta-feira”, antecipa.

PLANTIO E RESERVAS

Com relação ao interior do Estado, a dica do meteorologista é que sejam escolhidas para quem ainda planeja plantar, culturas mais rápidas. “Para a plantação de novas lavouras, como já estamos bem adiantados, meados para o final de março, é preciso utilizar culturas com ciclo mais curtos. Culturas precoces, como feijão, milho, as qualidades mais precoces possíveis, para que as chuvas possam atender essas culturas. Produzam nesse intervalo”, acrescenta.

Já sobre a recuperação dos reservatórios, no entanto, as previsões são menos garantidas. Isso porque como as chuvas ainda não começaram, não se é possível prever a intensidade delas. “Por enquanto não dá para falar em recuperação dos reservatórios porque o mês de março, praticamente, não choveu por conta desse bloqueio”, lamenta.

Período chuvoso pode atrasar entrega de obras na região metropolitana

Quando se fala em chuva no interior do Estado, grande parte da população comemora. Contudo, um período chuvoso intenso não é positivo para todos, afetando, por exemplo, o andamento de obras. “O serviço de engenharia rodoviária é incompatível com a chuva. O material tem que ter um grau de umidade ótima, controlada, e quando cai agua acima da conta, para tudo”, afirma o diretor geral do Departamento de Estradas de Rodagens (DER), general Jorge Fraxe.

Segundo ele, com a previsão de chuvas, as obras que mais preocupam são “Moema Tinoco, porque estamos em muita terraplanagem, e a restauração de Pipa. Tem o distrito industrial de Macaíba também. Nós vamos dar a ordem também ao acesso industrial de Goianinha, para algumas restaurações no Agreste, então se cair água ali, vai dar uma atrasada”.

A boa notícia, nesse caso, é que, segundo o meteorologista da Emparn, Gilmar Bistrot, as chuvas não devem ser retomadas de maneira tão rápida no Litoral e na região Agreste. “Por enquanto, o bloqueio ainda está influenciando no litoral e no agreste. Ainda não teremos chuvas aqui por isso, mas no final de semana já será possível registrar a formação de chuvas. Por enquanto, não há previsão de muitas chuvas não. Só chuvas normais”, antecipa.

Contudo, para não parecer “do contra”, Jorge Fraxe torce para que chova, mas de forma menos intensa, para que as obras importantes não sejam atrasadas. “Esperamos que a chuva caia aos poucos e dê tempo de fazer o serviço, porque se for muito forte, é complicado. Tem que esperar secar. E quando para dois, três dias para secar, quando pensa que vai poder recomeçar, aí chove de novo e para novamente. Não começa. Aí tem que esperar passar todo o período chuvoso e só recomeçar quando passar todo o período”, afirma.


20/03/2018
Por Edilson Silva em Classificados, Jucurutu

SUPERMERCADO FLORACI – Aproveite nossas super ofertas de Páscoa

O encarte novo da Rede seridó – SUPERMERCADO FLORACI – tá cheio de super Ofertas de Páscoa.

Aproveita para encher o carrinho e fazer economia.

#redeserido #supermercadofloraci #encartenovo #precobaixo


20/03/2018
Por Edilson Silva em Educação

Espelhos de redação do Enem e notas de treineiros são disponibilizados

Os estudantes que participaram da última edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), realizada em novembro do ano passado, já podem conferir, pelo portal, a correção de sua redação. A correção é feita por dois professores, que conferem ao texto do candidato uma nota entre 0 e 1.000 pontos, observando cinco critérios, cada um valendo 200 pontos, que, somados, dão a nota total.

Os critérios são: comprovar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa; demonstrar compreensão da proposta da redação, aplicando conceitos de áreas distintas no desenvolvimento do tema; selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos na defesa de um ponto de vista; demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários à argumentação; e sugerir uma intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela organização do Enem, informou, em nota, que, “acatando decisão do Supremo Tribunal Federa”, a banca de correção acabou por não punir com nota 0 candidatos que compuseram, em seus textos, enunciados favoráveis a violações de direitos humanos, sanção que estava prevista no edital da prova.

De acordo com uma cartilha divulgada pelo Inep, também seriam passíveis de anulação as redações que contivessem “impropérios e desenhos ou aquelas que fugissem ao assunto ou  (sete) linhas. Foi exigido que o candidato escrevesse, no mínimo, oito linhas, limite que, quando desrespeitado, também justificaria a nota zero.

No Enem 2017, os candidatos foram desafiados a escrever sobre os obstáculos que os surdos enfrentam em seu processo educacional. Cerca de 6,7 milhões de candidatos tiveram a inscrição confirmada, dos quais 30,2% faltaram no primeiro dia. No segundo dia de prova, o índice de abstenção subiu para 32%.

Também foi divulgada nesta segunda-feira a nota dos estudantes que fizeram o teste na condição de treineiros, ou seja, participantes que, no ano passado, ainda não tinham concluído o ensino médio e eram menores de 18 anos. No caso dos treineiros, que representaram 8,9% do total de participantes na última edição do Enem, os resultados atingidos não podem ser usados para acesso às instituições de ensino superior.


20/03/2018
Por Edilson Silva em Brasília

Presidente e 2º secretário CBH-PPA integram rodas de conversas e exposições no 8º Fórum Mundial da Água

De 18 a 23 de março acontece em Brasília (DF) o 8º Fórum Mundial da Água, com o objetivo de conhecer ideias e debater ações que possam ser aplicadas na proteção dos recursos hídricos do País. É a primeira vez que um país do Hemisfério Sul recebe o evento.

No evento, o Comitê da Bacia Hidrográfica do Piancó-Piranhas-Açu está representado pelo seu presidente, Paulo Varella e o 2º secretário, José Procópio de Lucena. Ambos terão atuação de destaque no evento. Paulo já integrou neste domingo (18), a mesa principal de uma roda de conversa, sobre a crise hídrica na Bacia Hidrográfica do Piancó-Piranhas-Açu.

Na roda de conversa, abordei a natureza das crises e como o sistema de recursos hídricos respondeu aos desafios da maior seca da história recente. Em especial qual foi o papel dos Comitês de Bacia. Comentei sobre a experiência vivida na Bacia do Piancó, Piranhas, Açú e o papel do Comitê, na liderança desse processo, e as lições aprendidas no período de 2011/2017”, explicou Paulo.


19/03/2018
Por Edilson Silva em Nordeste, Tempo

Chove no dia de São José? Data é importante para os sertanejos nordestinos

Hoje, dia 19 de março, é dia de São José. Segundo a crença popular se chover neste dia a estação chuvosa terá regularidade nos volumes acumulados, o que proporciona o bom andamento das lavouras da região. Dessa forma, os sertanejos nordestinos reservam este dia importante para fazer suas preces ao Santo para que traga a chuva para a região neste dia que antecede o início do outono. O que será que os meteorologistas têm a dizer sobre a previsão de chuva na região?

Previsão para o Nordeste?

A meteorologia não traz boas notíciais ao sertanejo que espera chuva para o dia de hoje. A previsão indica pancadas de chuva de forma mal distribuída pelas áreas do interior do Nordeste. Os volumes acumulados também não são tão elevados, isso deve ao afastamento da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) que já começa a sua “viagem” gradativa de retorno ao Hemisfério Norte.

Pelo mapa é possível ver a má distribuição da chuva, que tende a ocorrer em forma de pancadas pontuais, em diversas áreas da Região Nordeste, não há previsão de chuva.

Veja:


19/03/2018
Por Edilson Silva em RN, Tempo

Frequência de chuvas no estado deve aumentar no final de março, informa Emparn

Foto: Edilson Silva

A previsão climática é realizada pelos núcleos de meteorologia do Nordeste. Para 2018, observou-se a presença do Fenômeno La Niña no Oceano Pacífico, situação que é favorável a ocorrência de chuva na região Nordeste. Essa situação causada por essa onda planetária deverá permanecer por mais alguns dias (dias 19 a 20 de março de 2018), quando, então as condições para ocorrência de chuvas deverão voltar a acontecer sobre a região.

Para o caso do oceano Atlântico Norte foi observado uma evolução favorável entre os meses de dezembro de 2017 a fevereiro de 2018 no que diz respeito as temperaturas do Atlântico Norte e Atlântico Sul.

As condições favoráveis continuam presentes e o fato de março de 2018 ainda não ter chovido de forma normal, com um veranico na primeira quinzena do mês, está relacionado com a variação intrasazonal, que pode ser traduzida como a presença de subsidência (alta pressão), causada por uma onda planetária na sua fase positiva sobre o Nordeste Brasileiro. Essa onda planetária é uma oscilação que circula o planeta, apresentado fases positivas e negativas, quando positiva o ar desce sobre uma determinada região dificultando a formação de chuvas, quando a fase é negativa o ar é forçado a subir e facilita a formação de chuvas.

Existe boa correlação estatística com o que ocorre na região da Oceania, de que 30 a 60 dias viria a ocorrer sobre a região Nordeste do Brasil.

Estamos ainda sob a influência da fase positiva e nos próximos dias essa fase deverá mudar, entrando numa fase mais favorável para a ocorrência de chuvas sobre a região Nordeste. Esse mesmo sistema causou boas chuvas durante o mês de fevereiro de 2018, quando estava na fase negativa.

Fonte: Agora RN


19/03/2018
Por Edilson Silva em Acari

Gargalheiras é palco de gravações de filmes, novelas e longas-metragens

O município de Acari está sendo palco de filmagens do longa Bacurau, novo projeto de Kléber Mendonça Filho.

Atores como Letícia Sabatella, Sônia Braga e a cantora Elba Ramalho, estrelam o filme que mostra um cineasta em viagem para um vilarejo do interior do Nordeste em busca de realizar documentário, e passa a descobrir perigosos mistérios. Percebe que os moradores não são exatamente o que parecem ser e escondem segredos perigosos.

Neste sábado (17) foi visto às margens do Gargalheiras a equipe de produção do filme. Além de Acari, Parelhas também foi palco das filmagens.

O Seridó bem que já poderia ser chamado de “Hollywood Sertaneja”. Outros filmes, e até novela, já foram gravados na região. Filmes como “O Homem que Desafiou o Diabo” (gravado em Carnaúba dos Dantas e Currais Novos); “Maria Mãe de Jesus” (gravado em Acari), bem como cenas da novela “Flor do Caribe” (gravada em Currais Novos), além de documentários que destacam a região e elevam o Seridó em nível nacional.


19/03/2018
Por Edilson Silva em Notas

Conta de luz pode subir mais de 20% e ter peso extra no bolso do consumidor

Em um ano de inflação baixa, a conta de luz deve ter um peso extra no bolso dos consumidores. Segundo estimativas da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o reajuste médio nas contas ficará acima de 10% este ano. Em alguns casos, a alta deve superar a casa dos 20%. As razões para esse aumento, muito acima do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) previsto para o ano, são a falta de chuvas, que levou ao acionamento de usinas térmicas, muito mais caras que as hidrelétricas, mas também os subsídios embutidos na conta de luz, que não param de crescer, e segundo executivos do setor, erros de planejamento.

De acordo com Romeu Rufino, presidente da agência, os aumentos da conta de energia devem ter comportamento semelhante aos autorizados para os clientes fluminenses da Light e Enel Rio. Nesta semana, a Aneel autorizou um aumento tarifário médio de 10,36% nas tarifas da Light, que atende a cidade do Rio e outros 30 municípios do Estado. Na Enel Rio, que fornece energia para Niterói e outras 66 cidades fluminenses, a alta, em média, foi de 21,04%.

A diferença entre os índices autorizados para cidades tão próximas tem explicação. Na Light, houve reajuste ordinário, que é feito todos os anos. Já para a Enel Rio foi realizada a revisão tarifária, processo que é realizado de quatro em quatro anos para manter o equilíbrio econômico-financeiro dos contratos Nas revisões, as empresas são reembolsadas por investimentos feitos na expansão da rede e na melhoria dos serviços.

Segundo Rufino, os consumidores, de forma geral, devem esperar comportamento semelhante ao verificado nos casos da Light e da Enel Rio. Os reajustes anuais devem ser da ordem de 10%. É o caso de empresas como Eletropaulo (São Paulo) e Copel (Paraná), por exemplo. Mas, para aqueles atendidos pelo grupo de empresas que vão passar por revisão tarifária, a alta deve ser de cerca de 20% – caso da Cemig (Minas), RGE Sul (Rio Grande do Sul) e Energisa (em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul), entre outras.

Gestão

Diversos fatores explicam o aumento, mas há uma avaliação de que falhas cometidas na gestão do setor elétrico no passado têm causado impacto nas tarifas até hoje. O presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Luiz Barroso, lembra que principalmente nos últimos anos da gestão Dilma Rousseff foram realizados leilões para contratação de novas usinas e linhas em nível bem acima do necessário, por conta da recessão. Segundo ele, somente no ano passado o consumo de energia voltou aos patamares registrados em 2014.

“Perdemos três anos de crescimento por causa da recessão. Parte desses custos da tarifa hoje serve para pagar reforços nos sistemas de geração e transmissão que vieram para atender a um mercado que não se concretizou”, afirmou Barroso.

O secretário executivo do Ministério de Minas e Energia (MME), Paulo Pedrosa, reconhece que o aumento tarifário desagrada à população, mas reafirma que o governo não adotará nenhuma medida intervencionista para maquiar os preços. “Já se enganou muito o consumidor a respeito do custo da energia. Infelizmente, só agora a verdade apareceu”, afirmou.

Regional

Rufino, da Aneel, faz fortes críticas aos subsídios, cobrados por meio de encargos setoriais. Os subsídios vão custar R$ 18 bilhões neste ano, 30% mais que no ano passado, e serão integralmente pagos pelos clientes. Isso significa que o consumidor residencial paga uma conta mais cara para que seja possível oferecer descontos para agricultores, irrigantes, produtores de carvão, geradores de energias renováveis, além de distribuidoras no Norte, que utilizam termoelétricas a diesel e óleo combustível.

“Todas as empresas já estão condenadas a um aumento de 2,5 pontos porcentuais por conta dos encargos setoriais. Os subsídios não param de crescer e já têm peso de 20% nas tarifas”, disse Rufino.

O presidente da Aneel destacou ainda que, além da seca, que reduziu o uso de hidrelétricas e levou ao acionamento das termoelétricas, mais caras, a decisão do governo Temer de cobrar bônus de outorga das usinas que foram licitadas também elevou os custos de geração, pois as empresas que compram os empreendimentos em leilão repassam essa cobrança à tarifa final. “Só o leilão das usinas da Cemig teve impacto de 1 ponto porcentual nas tarifas.”

Pedrosa, do MME, admite que isso encarece as tarifas, mas disse que parte do ganho vai gerar abatimentos futuros na conta de luz Ele destacou que a pasta enviou à Casa Civil um projeto de lei com o novo modelo do setor elétrico, que busca resolver passivos do passado, reduzir o peso dos subsídios e promover a competição e a eficiência no setor. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


19/03/2018
Por Edilson Silva em Cursos

Inscrições do curso de Inclusão Digital para Idosos se abrem nesta segunda

Nesta segunda-feira, 19, serão abertas as inscrições para mais uma turma do curso de Inclusão Digital para Idosos – IMD, que tem como foco, pessoas a partir dos 60 anos, que querem aprender a mexer no computador e celular.

Estão sendo abertas 48 vagas, que serão dividas em quatro turmas. Todas com início no dia 7 de Abril e acontecerão todos os sábados, até o dia 16 de junho. As inscrições vão até o dia 23 (sexta-feira).

As inscrições são gratuitas e serão realizadas presencialmente no prédio do Instituto Metrópole Digital (CIVT) na Universidade Federal do Rio Grande do Norte, no horário da manhã (das 8 às 12 horas) e na parte da tarde (das 14 às 18 horas).

Mais informações pelo site: https://inclusaodigital.imd.ufrn.br/


19/03/2018
Por Edilson Silva em Nordeste

Suspensão da transposição do Rio São Francisco na PB é confirmada pelo Ministério da Integração

Ministério da Integração confirmou a necessidade de suspensão temporária da transposição do Eixo Leste do Rio São Francisco para a Paraíba, até que obras programadas nos açudes de Poções e Camalaú sejam concluídas – prazo máximo de quatro meses, segundo nota do governo.

A decisão informada atende a pedido do Ministério Público Federal (MPF). Ainda de acordo com nota do Ministério, o açude Boqueirão, responsável pelo abastecimento de mais de 1 milhão de pessoas, “já atingiu tranquilidade hídrica, ou seja, o volume de água armazenada é suficiente e não prejudicará ao abastecimento de água da população”.


17/03/2018
Por Edilson Silva em Tempo

Meteorologia da EMPARN explica as poucas chuvas na primeira quinzena do mês de março

previsão climática é realizada pelos núcleos de meteorologia do Nordeste com o apoio de Instituições Federais como o INMET e o CPTEC/INPE, que utilizam ferramentas como modelos de previsão climática e conhecimentos específicos. Para essas análises são utilizadas informações referentes aos oceanos Pacífico e Atlântico.

Para 2018, observou-se a presença do Fenômeno La Niña no Oceano Pacífico, situação que é favorável a ocorrência de chuva na região Nordeste. Para o caso do oceano Atlântico Norte foi observado uma evolução favorável entre os meses de dezembro/17 a fevereiro/18 no que diz respeito as temperaturas do Atlântico Norte e Atlântico Sul.

As condições favoráveis continuam presentes e o fato de março de 2018 ainda não ter chovido de forma normal, com um veranico na primeira quinzena do mês, está relacionado com a variação intrasazonal, que pode ser traduzida como a presença de subsidência (alta pressão), causada por uma onda planetária na sua fase positiva sobre o Nordeste Brasileiro. Essa onda planetária, figura abaixo- é uma oscilação que circula o planeta, apresentado fases positivas e negativas, quando positiva (cor amarelada na figura), o ar desce sobre uma determinada região dificultando a formação de chuvas, quando a fase é negativa (cor azul na figura), o ar é forçado a subir e facilita a formação de chuvas. Existe boa correlação estatística com o que ocorre na região da Oceania, de que 30 a 60 dias viria a ocorrer sobre a região Nordeste do Brasil. Como a figura mostra, estamos ainda sob a influência da fase positiva e nos próximos dias essa fase deverá mudar, entrando numa fase mais favorável para a ocorrência de chuvas sobre a região Nordeste.

Esse mesmo sistema causou boas chuvas durante o mês de fevereiro/18, quando estava na fase negativa.  Essa situação causada por essa onda planetária deverá permanecer por mais alguns dias (dias 19 a 20 de março de 2018), quando, então as condições para ocorrência de chuvas deverão voltar a acontecer sobre a região.


17/03/2018
Por Edilson Silva em RN

Governo decreta emergência pela seca no Estado

O Diário do Estado publica no Diário Oficial deste sábado (17) decreto que declara por mais 180 dias a Situação de Emergência pela Seca em 153 municípios do Rio Grande do Norte. O documento, assinado pelo Governador Robinson Faria, leva em consideração análises técnicas das áreas do Governo que monitoram a questão da Segurança Hídrica no RN.

Esta é a 10ª vez consecutiva que o governo toma a medida. O objetivo é facilitar o trâmite dos processos que envolvem obras e serviços para minimizar os efeitos da seca, vivenciada pelos potiguares há 6 anos consecutivos, em razão das baixas precipitações pluviométricas.

Segundo os dados da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (SAPE), os prejuízos monetários decorrentes da escassez hídrica resultam em perda de receitas da ordem de mais de R$ 4 bilhões ao ano, o que representa uma redução superior a 50% na contribuição do setor rural para a formação do Produto Interno Bruto (PIB) do Estado.


17/03/2018
Por Edilson Silva em Comportamento, Religião, Tecnologia

Como lidar com o bombardeio de informações nas mídias sociais

Tenho escutado, com frequência, amigos e parentes dizerem que “estão dando um tempo para as redes sociais”. Cansaram de administrar a vida real mais a virtual. Cansaram de consumir conteúdos de maneira frenética e não saber o que fazer com eles.

Não percebemos o quanto estamos rodeados por informações a todo minuto. As atualizações não param no celular com e-mails, mensagem de voz, imagens, ao mesmo tempo em que desempenhamos as tarefas cotidianas como trabalhar, dirigir, estudar. Como o nosso cérebro aguenta? Estamos cegos com tanto conteúdo! Em vez de nos ajudar, ficamos perdidos, atônitos.

Perdemos a concentração, a memória e o foco. Estamos numa camada superficial com pouca interpretação. Vivemos ansiosos, com hábitos imediatistas, sem paciência para esperar por um segundo. Dados recentes mostram que 88% dos brasileiros assistem a TV e navegam na internet ao mesmo tempo, segundo o Ibope. O smartphone é o dispositivo mais usado (65%), seguido pelo computador (28%) e pelo tablet (8%).

Quantas vezes nos sentimos ignorados durante uma conversa, porque perdemos a disputa para o celular? Quem é mais importante: a pessoa a sua frente ou alguém que lhe chama a quilômetros de distância? Consequências da vida moderna. Até voltar ao assunto que estava sendo falado, já se perdeu muita coisa.

E pensar que nossos pais e avós sobreviveram sem essa enxurrada de palavras e nós nos sentimos culpados de não conseguirmos nos adequar a essa vida! Novos tempos… Dores de cabeça, estresse, mau humor que aparecem, de forma repentina, podem estar associados a essa realidade informacional. O mais contraditório é que deveríamos nos alegrar, comemorar pela disseminação da informação, pelo fato de a tecnologia nos permitir romper barreiras físicas e temporais; mas ao contrário, caímos num buraco escuro e com terras sendo jogadas em nossas cabeças.

O que guardar e o que descartar?

Há quem se aproveita disso, tentando nos cegar ainda mais. Como estratégia, essas informações excessivas são usadas para desviar a atenção do que realmente importa, de assuntos que poderiam estar sendo discutidos de modo democrático em nossa sociedade. Banalizam para esconder o que de fato faz a diferença.

Diante das variadas opções, o que guardar e o que descartar? A quantidade de notícias falsas, que são divulgadas diariamente na Internet, obriga o cidadão a ter de saber diferenciar a mentira da verdade. O estilo jornalístico é copiado, porém, sem a mínima responsabilidade e compromisso, gerando uma confusão na cabeça de quem lê, já que os envolvidos são personalidades políticas, cantores entre outros.

Cabe a nós tentar estabelecer uma escala de prioridades para não perder tempo com bobagens, deixando-nos afetar de forma negativa. Analisar, respirar e seguir pode ser uma alternativa. Rumo à prática!

Por Ioná Piva – Atualmente é professora da Faculdade Canção Nova (Jornalismo e Rádio e Televisão). Mestre  em Comunicação Social pela  linha de pesquisa Inovações Tecnológicas na Comunicação Contemporânea.


16/03/2018
Por Edilson Silva em Cursos

Inscrições para cursos gratuitos de abril do Sesc começam nesta segunda-feira

Começam nesta segunda-feira, 19 de março, as inscrições para os cursos gratuitos de abril em Natal, Caicó, Mossoró, Macaíba, São Paulo do Potengi e Nova Cruz. As 90 vagas são oferecidas pelo Serviço Social do Comércio do Rio Grande do Norte (Sesc RN), instituição do Sistema Fecomércio. Para se inscrever, é preciso ir à central de relacionamento da unidade Sesc onde o curso será ministrado até dia 27 de março.

Em Natal, serão realizados no Sesc Cidade Alta os cursos de “confecção de roupas juninas estilizadas” e “corte e costura básico”. No Sesc Mossoró, será ofertado o curso de “bolos e doces para casamento”. As unidades Zona Norte, Nova Cruz e Caicó disponibilizarão cursos nas áreas de corte e costura, aperfeiçoamento profissional em festas infantis, mídias digitais e trabalhos manuais.

Os cursos integram o Programa de Comprometimento e Gratuidade (PCG) do Sesc. O resultado da seleção será divulgado no site da instituição, o www.sescrn.com.br,  no dia 29/03, e as aulas começam a partir do dia 3 de abril. Até junho, serão oferecidas 360 vagas em 23 áreas. Mais informações estão disponíveis no site do Sesc RN, o www.sescrn.com.br.

Critérios de seleção

Comerciários e seus dependentes, além de estudantes de escolas públicas cuja renda familiar mensal não ultrapasse três salários mínimos nacionais, podem se inscrever nos cursos gratuitos. No ato da inscrição, é preciso levar os documentos originais (com cópias): RG ou certidão de nascimento, CPF do candidato e do responsável legal, comprovante de residência (com emissão inferior a 60 dias) e de escolaridade, e ainda, caso necessário, documento que comprove deficiência física ou mental.

Também deverá ser entregue a autodeclaração de renda familiar e o questionário socioeconômico. Caso o interessado em fazer o curso seja menor de idade, deverá estar acompanhado do responsável.

Serviço:

O quê? Inscrições para cursos gratuitos de abril do Sesc começam nesta segunda-feira
Quando? De 19 a 27 de março

Onde se inscrever?

Sesc Cidade Alta | Rua Cel. Bezerra, 33, Cidade Alta, Natal, RN | (84) 3133-0360
Sesc Zona Norte | Rua Paranduva, nº 2.873 Conjunto Santa Catarina, Natal, RN | (84) 3214-7350
Sesc Mossoró | Rua Doutor João Marcelino, S/N, Nova Betânia | (84) 3316-3665
Sesc Caicó | Rua Washington Luiz, 55, Boa Passagem | (84) 3421-2337
Sesc Macaíba | Rua Professor Caetano, 310 | (84) 3271-1433
Sesc Ler São Paulo do Potengi | Rua Ouro Branco, 297, Novo Juremal | (84) 3251-2798
Sesc Ler Nova Cruz | Rua Severino Nunes, nº 55, Frei Damião, Nova Cruz, RN | (84) 3281-4078

Edital com mais informações: www.sescrn.com.br/cursos


16/03/2018
Por Edilson Silva em Esporte

Real Madrid e Juventus vão se enfrentar nas quartas da Liga dos Campeões

A Uefa sorteou na manhã desta sexta-feira os confrontos das quartas de final da Liga dos Campeões da Europa e determinou a realização de um grande confronto: Juventus x Real Madrid. Foi o que ficou definido no evento realizado na sede da entidade em Nyon, na Suíça. Além disso, o Barcelona também terá pela frente um time italiano, a Roma.

O duelo entre Juventus e Real Madrid será a reedição da final da Liga dos Campeões na temporada passada, quando o time espanhol conquistou mais um título europeu, dando o troco da semifinal de 2015 – naquela oportunidade, foi a equipe italiana que triunfou, avançando para a decisão.

Esse duelo envolverá dois times que passaram para as oitavas de final em segundo lugar no seus grupos na Liga dos Campeões. No primeiro mata-mata, porém, o Real Madrid deixou para trás o badalado Paris Saint-Germain, enquanto a Juventus eliminou o Tottenham. Agora, então, as equipes voltarão a se encontrar no torneio em um duelo que envolverá dois laterais-esquerdos constantemente convocados por Tite para a seleção brasileira, casos de Marcelo e Alex Sandro.

As quartas de final da Liga dos Campeões também terão um duelo entre dois times da Inglaterra, os únicos do país que sobraram no torneio, com o Manchester City, líder disparado do torneio nacional, se encontrando com o Liverpool. No Campeonato Inglês, porém, a única derrota do time de Manchester nos 30 jogos que disputou foi exatamente para o Liverpool. Na Liga dos Campeões, esses times passaram por Basel e Porto, respectivamente, na fase anterior.

Após eliminar o Chelsea, o Barcelona, do craque Lionel Messi, vai se encontrar com a Roma, que bateu o Shakhtar Donetsk, nas oitavas de final da Liga dos Campeões e conta com o goleiro brasileiro Alisson. Já o Bayern de Munique, que atropelou o Besiktas, terá que pela frente o Sevilla, que passou pelo Manchester United na etapa anterior do torneio.

As quartas de final da Liga dos Campeões vão ser disputadas em abril. Os jogos de ida estão previstas para os dias 3 e 4, enquanto os compromissos de volta ocorrerão nos dias 10 e 11.


Página 30 de 584« Primeira...1020...2829303132...405060...Última »


Facebook


Twitter