30/04/2016
Por Edilson Silva em Política

Autores de impeachment não comprovam supostos crimes de Dilma

16-04-28-Autores-Impeachment-600x350

Janaína Paschoal e Miguel Reale Jr não conseguiram provar existência de crime de responsabilidade. Senadores contra o golpe desmontaram teses golpistas.

Uma das autoras do pedido de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff, a advogada Janaína Paschoal afirmou, nesta quinta-feira (28), que os senadores não estão submetidos ao Supremo Tribunal Federal (STF), nem à Câmara, ao analisar a peça aprovada pelos deputados. Junto com Miguel Reale Jr., ela não conseguiu demonstrar a existência de crime de responsabilidade que justificasse a saída de Dilma do cargo.

A advogada disse que o Senado não deve se ater aos créditos suplementares e ao repasse ao Plano Safra ao julgar o processo, contrariando a decisão do STF de que o processo de impeachment deveria se debruçar apenas a esses dois elementos da acusação.

“O que a doutora está falando é que temos que desconhecer tudo o que o Supremo decidiu, podemos fazer o que quiser”, sintetizou a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR). “Então, temos que desconhecer a Câmara, que votou a denúncia, embora com a barbaridade de falar de tudo o que é assunto para justificar, mas o Supremo fez a delimitação do objeto. Temos que seguir o Supremo”, completa.

Mesmo considerando os dois elementos delimitados pelo STF, os autores do pedido de impeachment não foram capazes de demonstrar a ocorrência de crime de responsabilidade por parte de Dilma. “Temos que discutir aqui a denúncia da presidenta da República. Crime, tipicidade, se teve conduta, se teve dolo”, afirmou o senador Lindbergh Farias (PT-RJ). “Com todo respeito, mas o senhor falou de política, falou de crise econômica, mas não se ateve aos fatos.”

Lindbergh criticou a mistura de conceitos essenciais do Direito por parte de Reale Jr. Isso porque os decretos de créditos suplementares respeitaram a legislação brasileira e se destinaram à realização de benefícios à população. “São erros conceituais que tem a denúncia”, afirmou o senador.

“O senhor fala sobre superávit e excesso de arrecadação. Professor, esse excesso de arrecadação não é do governo federal, é um rubrica específica. Por exemplo: Justiça Eleitoral teve um concurso e muitos inscritos, então, ganhou um recurso e queria utilizar esse recurso adicional. Ela pediu um decreto de suplementar. Sabe outro exemplo? Hospital universitário.”

Além disso, Lindbergh reforçou que o governo Dilma sempre seguiu o entendimendo do Tribunal de Contas da União (TCU). “A mudança do entendimento do TCU aconteceu em outubro de 2015, depois da emissão dos decretos”, lembrou. “E a legislação diz que a lei penal não retroagirará, salvo para beneficiar o réu. Quer dizer que a mudança da lei pode retroagir? O senhor confunde tudo.”

Às 19h, Reale Jr. decidiu deixar a Comissão Especial que analisa o impeachment no Senado sem ser questionado, alegando que já tinha vôo agendado. A decisão provocou reações dos senadores, que criticaram a falta de compromisso com a gravidade da crise política. “O senhor tem disposição para sugerir o impeachment, mas não para acompanhar o andamento do processo?”, chegou a questionar o senador Cristovam Buarque (PPS-DF).

“A exposição dos que vieram apresentar a denúncia é extremamente desqualificadora do processo”, avalia Gleisi Hoffmann. “Porque nem o professor Reale falou juridicamente, nem essa moça [Janaína Paschoal] está falando, está perdida, sem foco. E temos que ouvir isso, achar que é um processo de denúncia e não há qualificação por parte de quem está apresentando a denúncia.”

A senadora questionou diretamente a advogada: “Qual o crime de uma presidenta assinar um decreto e fazer um crédito suplementar, me diga, por favor? Sabendo que esse crédito suplementar não tem impacto no resultado primário, porque ele é orçamentário, e orçamento é regime de competência”.

O senador Telmário Mota (PDT-RR) perguntou se a advogada assinaria pedidos de impeachment contra os nomes de políticos que circulam em um governo golpista de Michel Temer. “Até o momento, não há que falar em pedido de impeachment para Temer”, respondeu Janaína Paschoal.

Para a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), a falta de isenção e respeito às regras de um julgamento justo ficam claras com o fato de o relator do processo ser o senador Antonio Anastasia (PSDB-MG). “Não pode um relator ser do partido que fez a denúncia, e o senhor é do PSDB, o partido que fez a denúncia”, sintetizou.

Por Camilo Toscano


30/04/2016
Por Edilson Silva em Policial

Policia Militar prende quatro Jovens tentando fazer compras com dinheiro falso na cidade de Upanema

6870c5ca2746deb215b0a0efaa7a4910

Policia Militar prende quatro Jovens tentando fazer compras com dinheiro falso na cidade de Upanema.

Quatro jovens foram presos em flagrante na noite de sexta-feira, 29 de abril, com cerca de “Dois mil reais’ em notas falsificadas na cidade de Upanema, região Oeste do Rio Grande do Norte.

Segundo o Sgt Juscelino, comandante do Destacamento de Polícia da cidade de Upanema, o grupo tentou comprar algumas cervejas no centro da cidade e logo o dono do bar desconfiou que o dinheiro era falso e acionou a Polícia.

Os quatro rapazes foram localizados e detidos quando tentavam aplicar o golpe em outro comerciante.

A polícia apreendeu com os rapazes uma quantia de aproximadamente “Dois mil reais”, além de várias folhas de papel que já estavam impressas com notas de 10, 20 e 50 reais.

Igor Gabriel Gondim Peixoto, de 18 anos de idade;
Mateus Henrique Gondim Peixoto, de 20 anos;
Sennyne Fernandes Pimenta, de 23 anos;
Tobiassy Fernando Pimenta, de 18 anos.

Eles foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Federal na cidade de Mossoró onde serão autuados conforme manda a lei.

Blog O Câmera


30/04/2016
Por Edilson Silva em Policial

Irmãs tramam pelo WhatsApp assalto ao próprio pai no interior de SP

alx_irmas-tramam-assalto-do-pai-20160430-001_original

Barbaridade: Irmãs tramam pelo WhatsApp assalto ao próprio pai no interior de São Paulo.

Dois homens armados invadiram a casa de um comerciante, em Guararapes, interior de São Paulo, fizeram ele e as três filhas reféns, agrediram o homem com coronhadas e fugiram levando R$ 18,5 mil em dinheiro, três armas e R$ 40 mil em joias da família. Pai e filhas foram deixados amarrados. O esclarecimento do assalto, realizado no dia 27 de março, chocou os moradores da cidade. A polícia descobriu que o crime foi planejado pelas duas filhas mais velhas do próprio comerciante. Elas combinaram o crime em detalhes com os executores usando o aplicativo WhatsApp de seus celulares.

A filha de 21 anos, planejou o crime durante 40 dias e acabou envolvendo a irmã, de 17 anos. Apenas a filha caçula, de 14 anos, de nada sabia. A mentora alegou que o pai havia retirado R$ 200 mil de sua conta poupança.

A polícia descobriu a trama após ter acesso às mensagens gravadas no celular da jovem. Ela criou e administrava o grupo pelo qual, com a ajuda de um amigo estudante de Direito, fez contato com os criminosos. A filha chegou a mandar a planta da casa para os assaltantes e fotos do cofre onde estavam o dinheiro e as joias. Também se incumbiu de dopar os cães para facilitar a entrada do trio.

As mensagens trocadas pela filha com os criminosos estarreceram o delegado Alessander Dias Lopes, que investigou o caso. Numa delas, a jovem avisa os bandidos que o pai tem uma arma.

“O lance é surpreender ele”, recomenda. “Se ele atira você atira também”, escreveu. Em outra mensagem, a filha afirma que o pai está “com rolo com a justiça”, por isso deixaria o dinheiro em casa, e não numa conta bancária.

A filha também pede aos criminosos que sejam duros com ela e as irmãs e agridam o pai para dar veracidade à ação. “A gente tem que considerar vocês entrarem com eles aqui”, avisou.

O esclarecimento do caso foi anunciado numa entrevista coletiva, na sexta-feira, 29, com a participação do delegado seccional de Araçatuba, Mauro Gabriel. A polícia desconfiou do envolvimento de alguém da casa porque, além do pai, só as filhas sabiam da existência de um fundo falso num armário, onde eram guardadas as armas e as joias. Além dos dois executores e da jovem, a polícia prendeu dois suspeitos da receptação do material roubado.

Parte das joias e as armas foram recuperadas. O dinheiro deveria ser dividido com as duas irmãs, mas os assaltantes ficaram com todo o valor. O comerciante negou que tivesse ficado com o dinheiro da filha, mas admitiu que tinha um relacionamento “tumultuado” com ela. Os nomes não foram divulgados para preservar as menores – vítima e coautora.

Agência Estado


30/04/2016
Por Edilson Silva em Política

24 horas após ser premiado nos EUA, Moro é alvo de denúncia no RS

Moro-foto-lula-marques-ag--ncia-pt-600x391

Mais de 100 juristas denunciam desmandos de juiz curitibano à frente da Operação Lava Jato.

Menos de 24 horas depois de ter sido homenageado pela revista “Time”, nos Estados Unidos, como “uma das 100 personalidades mais influentes do mundo”, o juiz Sérgio Moro foi alvo de uma denúncia, em Porto Alegre, assinada por mais de 100 advogados e advogadas, professores, pesquisadores, bacharéis e estudantes de Direito, de 16 estados do País.

Protocolada na Corregedoria do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, a representação aponta uma série de inconstitucionalidades e ilegalidades que teriam sido cometidas pelo juiz denunciado e que se constituiriam em infrações disciplinares e em “comportamento impróprio ao exercício da magistratura, desviando o Poder Judiciário dos fins propostos pelo ordenamento jurídico”.

Os signatários da denúncia foram articulados pela Rede Nacional de Advogados e Advogadas Populares (Renap) e pelo Grupo de Assessoria Jurídica Popular, vinculado ao Serviço de Assessoria Jurídica Universitária (Saju) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

A representação defende que o juiz Moro, “a partir da ação denominada Operação Lava Jato comete desvios de finalidade, prejudicando a segurança jurídica e institucional, que o ordenamento jurídico determina”.

“Visando seus próprios anseios e não o que determina o ordenamento jurídico, termina por desviar o Poder Judiciário de sua função”, afirma ainda.

Os autores da denúncia citam a afirmação do ministro Teori Zavascki, a propósito da divulgação de sigilos telefônicos envolvendo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidenta Dilma Rousseff.

Para Zavascki, “é descabida a invocação do interesse público da divulgação ou a condição de pessoas públicas dos interlocutores atingidos, como se essas autoridades, ou seus interlocutores, estivessem plenamente desprotegidas em sua intimidade e privacidade”.

A quebra de sigilo, sustentam ainda os autores da denúncia, configura também uma violação de prerrogativas da advocacia, uma vez que não atingiram apenas o ex-presidente Lula, mas também o advogado deste, Roberto Teixeira.

O telefone central da sede do escritório Teixeira, Martins e Advogados, localizada em São Paulo, também foi objeto de escuta telefônica e conversas de todos os 25 advogados da banca com pelo menos 300 clientes foram grampeadas, além de telefonemas de empregados e estagiários do escritório.

“Tal conduta do juiz representado viola o Estatuto da Advocacia, Lei nº 8. 906/1994. É direito do advogado a inviolabilidade da correspondência escrita, eletrônica, telefônica e telemática, como dispõem o art. 7º, II, do Estatuto da Advocacia” afirma a denúncia. Essa conduta, sustentam os autores da representação, atenta contra a independência e harmonia entre poderes.

“O juiz procura, conforme suas próprias palavras, incidir na política brasileira, extrapolando seu mister de magistrado, atingindo a independência e harmonia entre os poderes (art. 2º, da CF). Neste sentido, fomenta a população e instituições contra a Presidência da República, que exerce o Poder Executivo”.

O documento cita as palavras do próprio Moro em um artigo sobre a Operação Mãos Limpas realizada na Itália, onde ele elogia a incidência que ela teve na política daquele país: “A operação mani pulite redesenhou o quadro político na Itália.

Partidos que haviam dominado a vida política italiana no pós-guerra, como o Socialista (PSI) e o da Democracia Cristã (DC), foram levados ao colapso, obtendo, na eleição de 1994, somente 2,2% e 11,1% dos votos, respectivamente”, escreveu Moro.

Os mais de 100 denunciantes apontam ainda outras medidas de Moro, que consideram infundadas, como a relação obscura com empresas de comunicação, a decretação de prisão com base em notícias de jornal ou fundamentadas no “clamor público”.

Eles denunciam, também, a utilização da prisão provisória para conseguir delações premiadas, prática típica de “estados totalitários, ditaduras, que prendem para conseguir confissões e provas”.

Da Redação


30/04/2016
Por Edilson Silva em Eventos, Jucurutu

Jucurutu: Alex Pereira e Kiko Almeida são atrações da Fazenda Barreiras próximo sábado, 07/05

13082573_995996303770194_4575274286713619381_n

Alex Pereira, Kiko Almeida & Forrozão de Mala e Cuia são atrações da Fazenda Barreiras próximo sábado, 07/05.


30/04/2016
Por Edilson Silva em Policial

Polícia Militar prende dupla acusada de assaltar Correios de Sítio Novo

assaltantes-correios-sitio-novo-300x265

Em ação bem sucedida da Polícia Militar do Trairi, foram presos dois acusados de assaltar a agência do Correios de Sítio Novo. A ocorrência foi na manhã de ontem.

Segundo Major Moura, comandante da 4° Companhia Independente de Polícia Militar, após assaltar a agência, os dois homens fugiram pela zona rural de Sítio Novo em uma moto. Em uma localidade, o pneu estourou e ambos continuaram fugindo com a PM em perseguição. Um deles, identificado por Marcos César França de Araújo, iniciou uma troca de tiros com a Polícia e foi atingido por alguns disparos de arma de fogo. Ele foi socorrido em estado grave para Natal e não se sabe seu estado de saúde.

Já na manhã deste sábado, uma denúncia levou a prisão do segundo envolvido no assalto. Trata-se de Alisson Gonçalves Buriti, 19 anos. Ele estava em uma estrada pedindo carona para fugir. O jovem está detido a disposição da Justiça.

Com a dupla foram recuperadas armas de fogo envolvidas na ação. Populares informaram que um outro veículo, um carro tipo Ford KA ou Fiat Palio, com outros acusados, estaria envolvido na ação, mas ainda não foi confirmado. O caso será investigado pela Polícia Federal, já que o assalto ocorreu a uma agência de um órgão federal.


30/04/2016
Por Edilson Silva em Policial

Fogo destrói viatura da policia militar de Areia Branca

IMG_6178

O fato que pode ser criminoso ou acidental está sendo investigado pela polícia de Areia Branca.

Um incêndio que pode ter sido criminoso está sendo investigado pela polícia local, na madrugada desta sexta-feira 29 de Abril o Renault Dauster da polícia militar de Areia Branca foi incendiado, o veículo ano 2015 estava estacionado em frente a uma oficina mecânica ao lado da escola Geralda Cruz, as chamas destruíram mais de 70% da viatura que passará por uma perícia técnica. O fato que pode ser criminoso ou acidental está sendo investigado pela polícia de Areia Branca.


30/04/2016
Por Edilson Silva em Eventos, Jucurutu

Jucurutu: João Neto Pegadão, Deninho Souza, Kassinho Diferente e Gustavo dos Teclados na Tradicional Festa do Trabalhador

13043229_992553147447843_2015125181871011841_n-768x770-1

João Neto Pegadão, Deninho Souza, Kassinho Diferente e Gustavo dos Teclados são atrações da Tradicional Festa do Trabalhador em Jucurutu.


30/04/2016
Por Edilson Silva em Política

Drauzio varella e a votação do golpe: senti vergonha de ser brasileiro

images-cms-image-000494730

Segundo ele, acreditar na democracia brasileira neste momento passa a ser um ato de fé.

O dia 17 de abril de 2016, em que a Câmara dos Deputados, liderada pelo deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), votou o impeachment da presidente Dilma Rousseff fez com o médico e escritor Drauzio Varella sentisse vergonha de ser brasileiro.

“Pela primeira vez em 70 anos senti vergonha de ser brasileiro. Culpa da TV, que me manteve hipnotizado na frente da tela, enquanto transmitia a votação do impeachment na Câmara, duas semanas atrás”, diz ele, em artigo publicado neste sábado (leia aqui).

“Não posso alegar desconhecimento, ingenuidade ou espanto, vivo no Brasil e acompanho a política desde criança. Todos sabem que é lamentável o nível da maioria de nossos deputados, mas vê-los em conjunto despejando cretinices no microfone foi assistir a um espetáculo deprimente protagonizado por exibicionistas espertalhões, travestidos em patriotas tementes a Deus”, afirma. “Votavam o impeachment de uma presidente da República como se estivessem num programa de auditório, preocupados somente em impressionar suas paróquias e vender a imagem de mães e pais amantíssimos.”

Segundo ele, acreditar na democracia brasileira agora passa a ser um ato de fé. “E pensar que aqueles homens brancos enfatuados, com gravatas de mau gosto, os cabelos pintados de acaju e asa de graúna, com a prosperidade a transbordar-lhes por cima do cinto, passaram pelo crivo de 90 milhões de eleitores que os escolheram para representá-los. Para aqueles que não viveram como nós as trevas da ditadura, manter a crença na democracia brasileira chega a ser um ato de fé”, afirma.


30/04/2016
Por Edilson Silva em Educação, Mossoró

Vídeo: Estudante carrega enxada em formatura para homenagear trabalho dos pais no campo; assista

kaunany

Na festa realizada em Mossoró, no Rio Grande do Norte, Kauany Sousa levou o instrumento de trabalho que representa a luta de sua família na roça.

A homenagem feita pela estudante Kauany Sousa aos seus pais durante sua formatura no curso de Serviço Social na UnP (Universidade Potiguar) emocionou não só os convidados presentes na cerimônia, mas também milhares de internautas. Na festa, ocorrida no dia 9 de abril na cidade de Mossoró, no Rio Grande do Norte, Kaunany levantou uma enxada para representar o trabalho de seus pais que garantiu o sustento da família durante sua infância difícil no campo.

“Eu lembro do meu pai saindo todos os dias para trabalhar, como ele faz até hoje. Trabalhar na roça, para dar sustento para mim e mais três irmãos. Desde o início, foi sempre assim. A lembrança que eu tenho é de ver ele sair de casa para trabalhar”, contou a jovem de 24 anos em entrevista ao canal UERN TV, da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

A renda de seu pai, Nilson Pereira, não passava de R$ 20 por semana. Por conta das dificuldades financeiras, a família tinha problemas até mesmo para conseguir comer todos os dias.

“[Lembro] de ver minha mãe preocupada todos os dias para dar um prato de comida para a gente. Muitas vezes não tinha e ela agradecia a Deus quando um vizinho chegava e dava uma alimentação. Eu lembro que na época meu pai ganhava R$ 20 por semana, para trabalhar no sol quente, todos os dias”, relata.

No sítio Caraúba Torta, no município potiguar de Almino Afonso, Kauany começou a aprender a ler e escrever debaixo de uma árvore, no espaço cedido por uma vizinha.   Além disso, assim como seus outros três irmãos, ela também ajudava no trabalho de agricultura.

“Nós, não só eu, mas todos os meus irmãos e minha mãe, plantávamos junto. A gente plantava milho, feijão, algodão, arroz. Minha mãe muitas vezes dizia ‘não vá não, quem vai é o seu irmão’. Mas eu sempre acompanhava meu pai para trabalhar. Eu gostava, me sentia feliz de estar ao lado dele trabalhando”, conta a estudante.

Agora, Kauany está cursando sua segunda graduação, no curso de Jornalismo da UERN. Em entrevista ao jornal local O Mossoroense, ela contou que pretende fazer mestrado e doutorado na área  da Comunicação e revelou o sonho de conhecer o apresentador Silvio Santos.

Assista o vídeo abaixo:


30/04/2016
Por Edilson Silva em Laginhas

Distrito de Laginhas comemora 79 anos neste final de semana

laginhas

Distrito de Laginhas comemora neste domingo, 01/05 seus 79 anos de exitência.

O distrito de Laginhas realiza neste domingo (1) a festa em comemoração aos 79 anos de fundação da referida comunidade. A programação começa 07h com hasteamento da bandeira e missa em ação de graças com a presença do prefeito de Caicó, Roberto Germano.

A partir das 08h30 tem torneio de futebol com times do distrito, sítios adjacentes e convidados. O Campeão receberá um terno completo e troféu, já o segundo colocado ganhará um terno de camisas e troféu. A festa continua com gincana cultural às 09h, apresentação de grupos de capoeira e corrida de rua.

Ainda haverá venda de bebidas e comidas, distribuição de feijoada, paredões de som e a novidade desse ano é que a programação de aniversário conta com uma cavalgada, que vai substituir a corrida de jegue às 15h. O evento comemorativo vai até a noite contando com festa em praça pública a partir das 17h, com animação de Zé Sanfoneiro e, logo em seguida, Forró do Amasso.


29/04/2016
Por Edilson Silva em Policial

Tenente da PM da Paraíba é preso em Natal, suspeito de assassinar um morador de rua

650x400_s4342OXNm6t0q0898OH9

Tenente da PM da Paraíba é preso em Natal, suspeito de assassinar um morador de rua.

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prendeu o tenente da Polícia Militar da Paraíba, Rizzardo Roderico Pessoa Queiroz de Rodrigues Gois, de 32 anos, na manhã desta sexta-feira (29).

O tenente, que mora em Natal, foi detido em cumprimento a um mandado de prisão temporária por ser apontado como o autor do homicídio de um morador de rua, conhecido como “Bob Marley”.

Segundo as investigações, o crime aconteceu no dia 26 de março de 2016, por volta das 20hs, no bairro Cidade Alta, em Natal.

“A vítima estava nas proximidades da casa do suspeito e neste dia, o tenente não queria que o morador de rua ficasse no local. O tenente pediu que Bob Marley saísse, mas ele não obedeceu. Logo depois, o suspeito foi até a residência e voltou com um objeto perfurante, que foi usado para matar a vítima. Também apuramos que ele deu uma surra no morador de rua”, detalhou o delegado Ben-Hur de Medeiros, diretor da DHPP. O tenente foi preso, no momento em que foi prestar depoimento na DHPP.

Fonte: Assessoria / Degepol


29/04/2016
Por Edilson Silva em Policial

Polícia Civil prende homem que responde a dez processos

Tyago

Nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira, 29/04, a equipe de Polícia Civil de Angicos cumpriu um mandado de prisão preventiva em desfavor de Tyago Rhoamm Pereira Costa, de 28 anos. A prisão se deu após um cerco policial, com apoio da Polícia Militar, que se iniciou ainda na noite anterior.

A prisão foi decretada pelo Poder Judiciário de Angicos, após representação do Delegado de Polícia Civil à época dos fatos, e deu-se no curso de um processo judicial em que o réu responde por furto, em período noturno, à Igreja Católica da cidade. Na ação criminosa, Tyago Rhoamm arrombou a porta da Igreja e subtraiu a caixa de som utilizada nas celebrações das missas.

Tyago Rhoamm responde a pelo menos dez processos criminais por furto somente em Angicos, em que ele é apontado como autor de diversos arrombamentos a residências. Além desses processos, ele é investigado em inquérito policial que apura o furto da arma de um policial ocorrido na última terça-feira, 26/04.


29/04/2016
Por Edilson Silva em Notas

Conselho de Comunicação Social discute liberdade de imprensa na segunda

JUNHO_Anuncio_265x170mm_Folha_do_Estado_Liberdade-de-Imprensa_060611-01

Conselho de Comunicação Social discute liberdade de imprensa na próxima segunda – feira, 02/05.

Em comemoração ao Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, o Conselho de Comunicação Social do Congresso (CCS) se reúne nesta segunda-feira (2/5) com o representante da UNESCO no Brasil, Lucien André Muñoz, para debater o assunto.

O conselho também vai apreciar quatro relatórios: sobre os efeitos da crise econômica sobre o setor da Comunicação Social; sobre os processos de concessão de serviços de radiodifusão no Brasil; sobre RTV (repetidoras de televisão); e sobre o PLS 730/15, que dispõe sobre a investigação criminal e a obtenção de meios de prova nos crimes praticados por intermédio de conexão ou uso de internet.


29/04/2016
Por Edilson Silva em Jucurutu

Prefeitura realiza estudo para prospecção e recuperação de poços tubulares na zona rural de Jucurutu

13095868_1161451403886390_1645175220432637024_n

Com informações da ASSECOM – Assessoria de Comunicação da PMJ/Prefeitura Municipal de Jucurutu/RN.

O prefeito George Queiroz recebeu hoje (29) representantes de empresa especializada em análises e prognósticos relativos à adução de água em poços tubulares, com o intuito de promover um estudo capaz de mapear e servir de base para a realização de prospecção e recuperação de poços tubulares de boa vazão d’água existentes na zona rural de Jucurutu.

O prefeito George, que esteve acompanhado do secretário de Agricultura, Pablo Cassiano, e do presidente do Sindicato Rural, Rui Lopes, explicou o objetivo da reunião: “Recebemos o pessoal da Royal (empresa especializada) junto com nosso secretário e com o presidente do Sindicato para, de forma conjunta, iniciarmos um processo de mapeamento dos poços existentes e que podem ser revitalizados para servirem como suporte e alternativa na zona rural quanto à água disponível para os agricultores locais”, detalhou o prefeito.

Nas próximas semanas serão definidas diversas questões e em pouco tempo a prefeitura municipal realizará esse estudo para que brevemente hajam dados necessários à tomada de decisões que a prefeitura vai implementar com vistas a oferecer mais possibilidades ao homem do campo neste período de estiagem.


29/04/2016
Por Edilson Silva em Política

Vergonha: Janaina recebeu R$ 45 mil do PSDB para dar o Golpe!

6364059d-62d8-4d30-8fd7-06a76b8a7f9a

Explicação de Janaína sobre impeachment tem alongamento, choro e defesa pessoal.

Convidada ao Senado para explicar o processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff, a jurista Janaína Paschoal, co-autora do pedido, usou a maior parte do tempo para se defender.

Aos senadores, a professora de Direito iniciou dizendo que precisava se defender das acusações que vinha sofrendo. A professora admitiu que trabalhou no governo Fernando Henrique Cardoso, mas disse que nunca viu o ex-presidente. Afirmou também que trabalhou no governo de Geraldo Alckmin, em São Paulo, e que recebeu R$ 45 mil do PSDB para elaborar um parecer, mas enfatizou que o impeachment é apartidário.

(…)

Paulo Henrique


29/04/2016
Por Edilson Silva em Política

Cunha recebeu propina, diz ex-vice da Caixa

Presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), concede entrevista. Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O ex-vice-presidente da Caixa Econômica Federal Fábio Cleto, indicado ao cargo pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse que seu padrinho político recebeu propina em troca da liberação de verbas do fundo de investimentos do FGTS. A declaração faz parte do procedimento preliminar feito para firmar o acordo de delação premiada. Cleto foi alvo de busca e apreensão da Operação Lava Jato cinco dias após ser exonerado do cargo, em dezembro.

A informação é da Folha de S.Paulo. Caso o acordo se concretize, o ex-vice da Caixa será o sétimo investigado da Lava Jato a acusar o presidente da Câmara de envolvimento no esquema de corrupção.

Segundo os repórteres Aguirre Talento e Márcio Falcão, nos relatos preliminares da colaboração, Cleto confirmou que houve os pagamentos de propina a Cunha relatados pelos delatores da Carioca Engenharia, Ricardo Pernambuco e Ricardo Pernambuco Júnior. Os dois contaram que o peemedebista cobrou R$ 52 milhões em propina em troca da liberação de recursos do fundo de investimento do FGS para o projeto do Porto Maravilha, do qual a Carioca obteve a concessão em consórcio com a OAS e a Odebrecht.

“O congressista [Cunha] tinha comprovada conexão com Fábio Cleto, então vice-presidente da instituição financeira federal e membro do conselho curador do FGTS”, escreveu o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, em fevereiro, ao abrir um inquérito contra Eduardo Cunha sobre o caso.

O presidente da Câmara foi denunciado duas vezes pela PGR e responde a outros três inquéritos da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo a Folha, Cunha informou, por meio de sua assessoria, que não conhece a delação de Cleto.

Congresso Em Foco


29/04/2016
Por Edilson Silva em Policial

Jovem suspeito de tentar roubar motocicleta é baleado e morto

650x400_2kv679ki302L628YqP67

Homem não identificado teria testemunhado ação na zona norte de Natal e atirou contra suspeito.

Um jovem ainda não identificado foi morto a tiros, na noite desta quinta-feira (28), quando supostamente teria tentado roubar uma motocicleta. Um homem não identificado teria testemunhado a ação e atirou contra o suspeito.

A ocorrência foi registrada na rua Nova Russas, no Santa Catarina, na zona Norte de Natal. Populares informaram que o jovem teria tentado roubar uma motocicelta de um homem que estava em uma cigarreira.

Foi então que um desconhecido ia passando próximo ao local e teria testemunhado o caso. Armado, o homem então atirou contra o suspeito, que caiu morto. O jovem baleado não estava com nenhum documento e, por isso, não foi identificado.


29/04/2016
Por Edilson Silva em Concursos

INSS divulga locais de provas de concurso no dia 04 de maio

concurso-inss

O candidato somente poderá realizar as provas no local designado na consulta individual disponível no endereço eletrônico citado.

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) divulgou os horários das provas do concurso para 950 vagas em cargos de níveis médio e superior. As provas serão aplicadas em 15 de maio às 8h para os cargos de nível superior e às 14h para os cargos de nível médio. Os exames terão duração de 3h30. O Cebraspe, antigo Cespe/UnB, é a organizadora responsável pela seleção.

Os locais de provas serão divulgados a partir do dia 4 de maio pelo site www.cespe.unb.br/concursos/inss_2015. O candidato poderá verificar o seu local de realização das provas, por meio de consulta individual, devendo, para tanto, informar os dados solicitados. O candidato somente poderá realizar as provas no local designado na consulta individual disponível no endereço eletrônico citado acima.


28/04/2016
Por Edilson Silva em Jucurutu, Saúde

Jucurutu terá ‘Dia D’ contra H1N1 no próximo sábado (30)

13119007_1160644790633718_8355614224477844364_n

Com informações da ASSECOM – Assessoria de Comunicação da PMJ/Prefeitura Municipal de Jucurutu/RN.

Iniciada na última terça-feira (26) em Jucurutu, a campanha de vacinação contra a gripe H1N1, terá seu “Dia D” sábado (30) e estará disponível das 07h às 16h, nas Unidades Básicas de Saúde dos bairros Novo Rumo, Novo Horizonte, Santa Isabel, Centro e Freitas, e na zona rural, nos distritos de Boi Selado e Barra de Santana.

O prefeito George Queiroz destaca que o público alvo da campanha são pessoas idosas acima de 60 anos, gestantes, puérperas, trabalhadores da saúde, crianças maiores de seis meses e menores de cinco anos e pessoas com doenças crônicas (como por exemplo, doenças respiratórias, cardíacas, renais, obesidade e diabetes).


Página 1 de 1812345...10...Última »


Facebook


Twitter