Edilson Silva

Pilotos cobram as autoridades potiguares por vias de acesso ao ponto turístico de Jucurutu

 

Para quem gosta de esporte fora de estrada, está chegando a hora de participar de uma das provas mais belas do RN, que é a 16ª edição do Desafio da Serra de João do Vale “Trilha do Pacífico”, um destino admirado por todos os participantes. Na atual temporada, a prova que possui alguns desafios para deixar o trajeto mais divertido para pilotos e navegadores, tem como meta alertar as autoridades da necessidade da pavimentação do caminho da serra, um compromisso assumido há dez anos e que ainda não foi concluído. A prova vai ocorrer no período de 3 a 5 de maio, na cidade de Jucurutu.

 

A assinatura da ordem do serviço de asfaltamento do acesso à Serra ocorreu na abertura da VI edição do desafio e, até hoje, não apenas os participantes da prova como também a população da localidade e dos municípios vizinhos, esperam o cumprimento da promessa. O serviço de pavimentação é apontado como um importante instrumento para o desenvolvimento da João do Vale, que tem um potencial inestimável para a prática do turismo rural, ecológico e de aventura, de acordo com o coordenador do evento, Aldemar de Almeida e Silva.

 

Este ano, a outra bandeira que será empunhada pelos participantes do evento, será focada no tema Agricultura Familiar. Segundo o IBGE, o setor é responsável por mais de 60% dos alimentos consumidos pela população do Rio Grande do Norte.

 

“Vamos ter oportunidade de, na subida e na descida da Serra, pelo trecho normal, passarmos por dentro da propriedade de Lourival Pereira (seu Louro) que já foi tema do programa Globo Rural, da Rede Globo de Televisão. Ali são produzidos mamão, banana, goiaba, caju, amendoim, tomate, pinha, feijão, coentro, pimenta e cebolinha, entre outros que abastecem o comércio de Jucurutu”, enfatizou Aldemar.

 

Durante todo o trajeto e nas paradas previstas, serão realizadas algumas ações no sentido de reforçar as reivindicações e cobrar das autoridades do município, do Estado e também dos representantes locais no Congresso Nacional, para que abracem com mais afinco a conclusão da estrada, como forma de possibilitar o escoamento de produção de castanha de caju daquela localidade, impulsionar o desenvolvimento sustentável e melhorar a qualidade de vida dos seus moradores.

 

“Todos nós acompanhamos, mesmo à distância, o sofrimento que está sendo para a população de João do Vale, descer e subir a Serra por causa dos estragos provocados pelas chuvas, principalmente na única ligação que existe daquela comunidade com a cidade de Jucurutu”, frisou Aldemar de Almeida.

 

O desafio é aberto a qualquer proprietário de veículos 4 x 4. Como a época de chuvas está muito intensa no RN, os organizadores acreditam que os pilotos vão encontrar dificuldade para cumprir todo o trajeto pela Trilha do Pacífico, aberta numa fazenda que pertenceu a um antigo prefeito de Jucurutu, Pacífico de Medeiros. Existe também um segundo acesso, cujo trajeto é considerado mais ameno para “pilotos de primeira viagem”.

 

“Estamos prevendo uma prova de muito trabalho para superar as adversidades provocadas pelo terreno. Como a Trilha do Pacífico é basicamente realizada sobre pedras, o terreno, devido às chuvas, se torna muito escorregadio e exige muita experiência e habilidade de quem está pilotando. Teve um ano que um grupo de jipeiros entrou na trilha no sábado às 10 horas da manhã e chegou no cume na madrugada de domingo. esse desafio é para poucos”, afirmou Aldemar de Almeida.

 

História

 

A Serra de João do Vale possui muitas histórias, uma das quais, relatada por Luís da Câmara Cascudo em publicação no Jornal do Comércio, do Rio de Janeiro, em 9 de fevereiro de 1941. O folclorista falou sobre o registro da tentativa de implantação, em João do Vale, do maior projeto de fanatismo religioso que se teve notícia no RN. O movimento ficou conhecido como “Os Fanáticos da Serra de João do Vale”.

 

No material, Cascudo descreveu os acontecimentos protagonizados por Joaquim Ramalho do Nascimento, um dos chefes dos fanáticos. Joaquim, nasceu no sítio Cajueiro, em 1862, era filho de Manuel Ramalho do Nascimento e de dona Isabel Maria da Conceição. Em 1898, ele teve um ataque de epilepsia, caiu e,durante a crise começou a cantar. Quando recobrou os sentidos não se lembrava de nada. O fato se repetiu nas tardes seguintes e a notícia se espalhou rapidamente, aumentando o número de pessoas que queriam assistir à cena.

 

Joaquim Ramalho, que tinha lido Allan Kardec, passou a dizer que estava sendo possuído pelo espírito do velho vigário Manuel Fernandes e foi ganhando seguidores. O coronel Luiz Pereira Tito Jácome denunciou o movimento ao governador do Estado, desembargador Joaquim Ferreira Chaves que, mandou prender Joaquim Ramalho.

 

Tribuna do Norte

 

Compartilhe aqui:

Em Brasília, Lulu de Chico Ivo participa da Marcha dos Legislativos

 

Ao participar da XXIII Marcha dos Legislativos Municipais, mobilização nacional, que aconteceu durante esta última semana de abril em Brasília-DF, o vereador Lulu de Chico Ivo disse que o evento fortalece o trabalho dos vereadores, que voltam para seus municípios prontos para exercerem a função de forma mais aperfeiçoada.

 

“É com imenso orgulho que compartilho minha participação na XXIII Marcha dos Gestores e Legislativos Municipais, onde representei Jucurutu com afinco e comprometimento. Juntos, estamos construindo um futuro melhor para nossa cidade, pautado na transparência, responsabilidade e trabalho árduo. Agradeço a todos que confiam em mim para ser sua voz na câmara municipal. Vamos seguir em frente, sempre em busca do melhor para nossa comunidade”, destacou o vereador.

 

MARCHA DOS LEGISLATIVOS MUNICIPAIS, O QUE É?

 

A XXIII Marcha dos Legislativos Municipais foi aberta na terça-feira (23) e terminou na sexta (26), no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. Trata-se de uma mobilização nacional de agentes públicos municipais, que debate temas nacionais de interesse dos municípios e dos parlamentos municipais, oportuniza a troca de experiências e informações entre os participantes de todas as regiões do país, criando ações positivas pelo fortalecimento do Poder Legislativo Municipal brasileiro, chamando atenção de Brasília para a importância da democracia representativa através das câmaras municipais e sobretudo, da importância dos legislativos municipais na transformação da vida das pessoas.

 

Durante a semana, o evento contou com palestra e cursos sobre comunicação efetiva para o mandato; sobre a nova lei de licitações e o exercício da fiscalização pelo vereador; planejamento de campanha; responsabilidades dos vereadores perante aos Tribunais de Contas; o legislativo na era da inteligência artificial, e o lançamento do livro “Fragmento de um Mandato Popular”, do escritor Michael Martins.

 

Evento teve como foco ensinar aos gestores a fazerem um mandato mais comunicativo e proativo.

 

Compartilhe aqui:

Serviços privados de educação e saúde terão imposto reduzido em 60% com a Reforma Tributária

 

Com o objetivo de evitar aumento de preços após a reforma tributária, serviços privados de educação e de saúde terão o Imposto sobre Valor Adicionado (IVA) reduzido em 60%. Atividades com cadeia produtiva curta, como serviços culturais, audiovisuais, jornalísticos e de eventos, também terão imposto reduzido na mesma intensidade, para não serem punidos com um aumento excessivo da carga tributária com o fim da cumulatividade (cobrança em cascata).

 

As reduções constam do projeto de lei complementar que regulamenta a reforma tributária sobre o consumo, enviado ao Congresso na última quarta-feira (24). Embora a emenda constitucional promulgada no fim do ano passado estabelecesse os serviços gerais que teriam alíquota reduzida, a proposta do governo detalhou as atividades.

 

Durante as discussões da reforma tributária, o governo e o Congresso concordaram que, por prestarem diretamente serviços aos consumidores e serem intensivos em mão de obra, o setor seria punido com a cobrança da alíquota cheia, que ficará em média em 26,5%. Isso resultaria em repasse elevado de preços aos consumidores.

 

Um dos pilares da reforma tributária é o fim da cumulatividade, por meio da qual a empresa terá o abatimento dos tributos pagos sobre os insumos, o que evita a tributação múltipla de um mesmo bem ao longo da cadeia produtiva. Esse sistema, criado na França na década de 1960 e parcialmente em vigor no Brasil desde o fim da mesma década, beneficia a indústria, com cadeia produtiva longa, mas prejudica os serviços, com cadeia produtiva curta.

 

No caso da prestação direta de serviços ao consumidor, que estão na ponta final da cadeia, o problema se agrava porque o abatimento de créditos tributários quase não ocorre. Dessa forma, a alíquota cheia de 26,5% será reduzida para 10,6%, reduzindo o impacto sobre o consumidor.

 

A proposta do governo agora será discutida no Congresso nos próximos meses, com previsão de votação na Câmara até julho e até o fim do ano no Senado. Durante a tramitação, os parlamentares poderão incluir ou retirar serviços com redução de alíquotas.

 

Confira os serviços de saúde e educação com alíquota reduzida:

 

•     ensino infantil, inclusive creche e pré-escola;

•     ensino fundamental;

•     ensino médio;

•     ensino técnico de nível médio;

•     ensino para jovens e adultos destinado àqueles que não tiveram acesso ou continuidade de estudos no ensino fundamental e médio na idade própria;

•     ensino superior, compreendendo os cursos e programas de graduação, pós-graduação, de extensão e cursos sequenciais;

•     ensino de sistemas linguísticos de natureza visual-motora e de escrita tátil;

•     ensino de línguas nativas de povos originários;

•     educação especial destinada a portadores de deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação, de modo isolado ou agregado a qualquer das etapas de educação;

•     serviços cirúrgicos;

•     serviços ginecológicos e obstétricos;

•     serviços psiquiátricos;

•     serviços prestados em unidades de terapia intensiva;

•     serviços de atendimento de urgência;

•     serviços hospitalares não classificados em subposições anteriores;

•     serviços de clínica médica;

•     serviços médicos especializados;

•     serviços odontológicos;

•     serviços de enfermagem;

•     serviços de fisioterapia;

•     serviços laboratoriais;

•     serviços de diagnóstico por imagem;

•     serviços de bancos de material biológico humano;

•     serviços de ambulância;

•     serviços de assistência ao parto e pós-parto;

•     serviços de psicologia;

•     serviços de vigilância sanitária;

•     serviços de epidemiologia;

•     serviços de vacinação;

•     serviços de fonoaudiologia;

•     serviços de nutrição;

•     serviços de optometria;

•     serviços de instrumentação cirúrgica;

•     serviços de biomedicina;

•     serviços farmacêuticos;

•     serviços de cuidado e assistência a idosos e pessoas com deficiência em unidades de acolhimento.

 

Confira os serviços de produções nacionais, artísticas, culturais, de eventos, jornalísticas a audiovisuais com alíquota reduzida:

 

•     serviços de produção de programas de televisão, videoteipes e filmes;

•     serviços de produção de programas de rádio;

•     serviços de agências de notícias para jornais e periódicos;

•     serviços de agências de notícias para mídia audiovisual;

•     serviços de produção audiovisual, de apoio e relacionados não classificados em subposições anteriores;

•     serviços de organização e promoção de atuações artísticas ao vivo;

•     serviços de produção e apresentação de atuações artísticas ao vivo;

•     serviços de atuação artística;

•     serviços de autores, compositores, escultores, pintores e outros artistas, exceto os de atuação artística;

•     serviços de museus;

•     serviços de assistência e organização de convenções, feiras de negócios, exposições e outros eventos;

•     licenciamento de direitos de obras literárias;

•     licenciamento de direitos de autor de obras cinematográficas;

•     licenciamento de direitos de autor de obras jornalísticas;

•     licenciamento de direitos conexos de artistas intérpretes ou executantes em obras audiovisuais;

•     licenciamento de direitos conexos de produtores de obras audiovisuais;

•     licenciamento de direitos de obras audiovisuais destinadas à televisão;

•     licenciamento de direitos de obras musicais e fonogramas;

•     cessão temporária de direitos de obras literárias;

•     cessão temporária de direitos de autor de obras cinematográficas;

•     cessão temporária de direitos de autor de obras jornalísticas;

•     cessão temporária de direitos conexos de artistas intérpretes ou executantes em obras audiovisuais;

•     cessão temporária de direitos conexos de produtores de obras audiovisuais;

•     cessão temporária de direitos de obras audiovisuais destinadas à televisão;

•     cessão temporária de direitos de obras musicais e fonogramas.

 

 

Compartilhe aqui:

Previsão para próximo trimestre é de chuvas acima da média no RN

 

A previsão para o próximo trimestre (maio, junho e julho) é de chuvas acima da média no Rio Grande do Norte (RN) devido, principalmente, às temperaturas estarem mais elevadas nas águas superficiais do oceano Atlântico. O Litoral Potiguar deverá ser o mais chuvoso no período.

 

Este foi um dos resultados da reunião de análise climática e prognóstico para o Rio Grande do Norte, coordenada pela Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), e realizada, na última quinta-feira (25) em conjunto com especialistas de todos os centros de meteorologia do Nordeste.

 

Contrariando as previsões anunciadas em outubro de 2023, as chuvas no RN estão com volumes acima da média esperada nos meses de março e abril, meses integrantes da quadra chuvosa do estado. A expectativa dos especialistas foi criada devido à presença mundial do fenômeno El Ñino, que entre seus efeitos na região Nordeste está a seca.

 

“O fenômeno El Ñino vem apresentando sinais de enfraquecimento. Este cenário começou a ser observado de forma gradual e apresenta, no momento, uma tendência para condição de La Ñina, que em oposição ao El Ñino apresenta entre seus efeitos, tendência de ocorrência de chuvas”, disse o chefe da unidade de Meteorologia da Emparn, Gilmar Bristot.

 

O meteorologista destacou que a temperatura média atual observada nas águas superficiais do oceano Atlântico está variando entre 29°C e 30°C. “Nunca na história da climatologia se registrou temperaturas tão altas no oceano Atlântico Norte como nos últimos meses. Os termômetros têm marcado médias em torno de 29°C/30°C, quando o esperado é entre 27°C e 28°C”, comentou.

 

Os especialistas observam que desde novembro de 2023, o RN tem mantido regularidade no volume das chuvas, com acumulados acima da média desde então. A ⁠Região do Seridó Oriental, não é uma região tão chuvosa, mas neste período tem apresentado volumes acima da média.

 

“Diante das atuais circunstâncias apresentadas pelos modelos meteorológicos a previsão é de um próximo trimestre mais chuvoso no Rio Grande do Norte. Estamos acompanhando semana a semana os dados coletados para uma elaboração cada vez mais precisa e assim orientar os órgãos de governo nas ações”, disse.

 

O Sistema de Monitoramento da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte registrou a ocorrência de chuvas em todas as regiões do estado, nesta sexta-feira (26).

 

Os maiores acumulados estão concentrados na região do Leste Potiguar, onde fica localizada a região metropolitana da capital. Os maiores volumes nas últimas 6h (das 5h às 11h) são em Natal- 36,2 mm, São Gonçalo do Amarante- 26,8mm, Ceará Mirim- 22,2mm e Parnamirim- 14,4mm.

 

A previsão para o final de semana é de continuidade da ocorrência de chuvas em todas as regiões devido à atuação da Zona de Convergência Intertropical, sistema meteorológico responsável pelas chuvas nesta época do ano no estado associado a outro sistema, o ondulatório de leste, que representa maior circulação de ventos vindo do oceano em direção ao território.

 

Chuva mínima esperada- maio, junho e julho 2024

 

Estado: 283,6mm
Leste: 559,7mm
Agreste 266,4mm
Oeste 175,2mm
Central 133,1mm

 

Compartilhe aqui:

Bandeira verde: Aneel mantém conta de luz sem cobrança adicional em maio

 

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou nesta sexta-feira (26) que no mês de maio a bandeira tarifária permanecerá verde. Dessa forma, os consumidores não terão custo extra nas contas de luz.

 

De acordo com a agência, devido às condições favoráveis de geração de energia, a bandeira tarifária deve permanecer verde até o final do ano. Há 25 meses o país tem adotado a bandeira verde, após o fim da escassez hídrica, que durou de setembro de 2021 até meados de abril de 2022.

 

Bandeiras tarifárias

 

Criadas em 2015 pela Aneel, as bandeiras tarifárias refletem os custos variáveis da geração de energia elétrica. Divididas em níveis, as bandeiras indicam quanto está custando para o Sistema Interligado Nacional gerar a energia usada nas casas, em estabelecimentos comerciais e nas indústrias.

 

Quando a conta de luz é calculada pela bandeira verde, não há nenhum acréscimo. Quando são aplicadas as bandeiras vermelha ou amarela, a conta sofre acréscimos a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.

 

Em março, a Aneel aprovou uma redução nos valores das bandeiras. Segundo a agência reguladora, a medida foi aprovada devido ao cenário hidrológico favorável, à grande oferta de energia renovável no país e “aos alívios verificados no preço dos combustíveis fósseis no mercado internacional”.

 

A decisão determinou a redução para a bandeira amarela de quase 37%, saindo de R$ 2,989/kWh para R$ 1,885/kWh. Já para a bandeira vermelha, patamar 1, reduziu de R$ 6,50/kWh para R$ 4,463/kWh (queda de 31,3%) e, o patamar 2, de R$ 9,795/kWh para R$ 7,877/kWh (redução de quase 20%).

 

CNN Brasil

 

Compartilhe aqui:

Jucurutu de luto: morre Apolônio, o ‘homem da boca de ferro’, aos 98 anos

 

Historiador jucurutuense @saulo_medeiros1 compartilha registro em vídeo com imagens de seu Apolônio da Difusora.

 

Uma emocionante recordação daquele que foi pioneiro na historia da comunicação em nossa comunidade.

 

Descanse em paz, amigo!

 

 

Compartilhe aqui:

Morre em Jucurutu o comunicador Apolônio da Difusora

 

Morreu na madrugada deste domingo (28), o comunicador Apolônio, aos 98 anos. O locutor comunitário teve carreira de destaque no antigo sistema de som instalado na sede da Prefeitura Municipal de Jucurutu, a extinta Difusora (boca de ferro).

 

A informação sobre a morte do locutor foi confirmado ao Blog do Edilson Silva pelo seu filho, Jonny Tavares.

 

É com profundo pesar que a família de seu Apolônio, informa seu falecimento na data de hoje, 28 de Abril de 2024! O velório ocorre no Centro Uniplan de onde seguirá às 16h para Matriz de São Sebastião e São Miguel e o sepultamento será em seguida no Cemitério Municipal de Jucurutu! Gratidão a todos os colegas de profissão e amigos nesta vida!“, comunicou.

 

Não foi divulgada a causa da morte.

 

Compartilhe aqui:

Presidente da Câmara de Jucurutu Alan Amaral é premiado com troféu destaque da UVB em Brasília com o projeto Brasão da Câmara

 

Com uma gestão diferenciada à frente do Legislativo Municipal de Jucurutu, o Presidente Alan Amaral, também conhecido como “Alan de Juarez” é premiado com o troféu destaque da UVB na marcha dos vereadores em Brasília.

 

A conquista veio por meio do Projeto “BRASÃO DA CÂMARA DE JUCURUTU”, realizado através de concurso de desenho, que contou com a participação das escolas do ensino fundamental dois da cidade.

 

O projeto teve dois objetivos: Criar a identidade visual própria da casa de leis e apróximar a comunidade escolar vivências práticas do legislativo.

 

Estima-se que mais de mil pessoas participaram do projeto de forma direta e indireta, sendo em sua maioria pais, professores, diretores, coordenadores pedagógicos, agentes do legislativo e claro, estudantes do nosso município. Ao final, o projeto consagrou Luís Filipe Medeiros de Souza, aluno do Centro Educacional São Miguel, como o grande vencedor.

 

Em 2023, Alan Amaral já havia sido agraciado com o troféu “PRESIDENTE DESTAQUE”, que reconheceu o desemepnho e a avanços obtidos no legislativo.

 

 

Compartilhe aqui:

Vara Única de Jucurutu abre prazo para inscrições de projetos

 

A Vara Única da Comarca de Jucurutu abriu as inscrições para cadastramento de entidades públicas e privadas sem fins lucrativos, que poderão postular recursos do fundo de penas pecuniárias para o desenvolvimento de projetos e atividades de caráter essencial à segurança pública, educação, cultura e saúde. A unidade judiciária destinará o montante de R$ 187.641,17, a ser distribuído para execução no valor máximo de R$ 15 mil, por projeto, podendo o juiz, excepcionalmente, conceder valor superior desde que apresentada a devida justificativa por parte da entidade.

 

Os projetos poderão ser inscritos no período de 22 de abril a 21 de maio, a partir do e-mail institucional jucurutu@tjrn.jus.br No ato da inscrição, as entidades interessadas devem apresentar as documentações exigidas e os projetos seguindo o Roteiro do Projeto Técnico, disponibilizado no anexo II do edital.

 

De acordo com a publicação, a distribuição dos valores entre os inscritos aptos será da forma mais equânime possível, observando o número de entidades interessadas, bem como a abrangência e relevância social de cada projeto.

 

Compartilhe aqui:

Enem 2024: Isentos devem se inscrever para participar do exame

 

Os interessados em pedir isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2024 e justificar ausência na edição de 2023 podem realizar as solicitações pela Página do Participante, até as 23h59 (horário de Brasília) desta sexta-feira, 26 de abril.

 

Após essa etapa, os participantes devem ficar atentos ao cronograma do exame. A aprovação dos procedimentos não garante a participação no Enem 2024. Os interessados deverão realizar a inscrição, posteriormente, na Página do Participante.

 

Isenção

 

Têm direito à gratuidade o estudante matriculado na 3ª série do ensino médio em escola pública; quem fez todo o ensino médio em escola pública ou como bolsista integral em escola privada; e pessoas em situação de vulnerabilidade socioeconômica, com registro no Cadastro Único para programas sociais do governo federal (CadÚnico).

 

Justificativa de ausência

 

Deve realizar o procedimento o participante que conseguiu a isenção da taxa de inscrição no Enem 2023, mas faltou aos dois dias de aplicação e deseja pedir isenção na edição de 2024. O resultado da solicitação de isenção da taxa de inscrição no Enem será divulgado no dia 13 de maio. O período de recursos para quem teve o pedido negado será de 13 a 17 de maio.

 

Pé-de-Meia

 

O estudante da 3ª série do ensino médio (de escola pública) que comparecer aos dois dias de Enem 2024 (incluindo eventual reaplicação) terá direito ao incentivo de R$ 200. O valor será depositado, após a conclusão dessa etapa educacional, na conta-poupança em que o aluno recebe os demais incentivos do programa.

 

Enem

 

O Exame Nacional do Ensino Médio avalia o desempenho escolar dos estudantes ao término da educação básica. Ao longo de mais de duas décadas de existência, o Enem se tornou a principal porta de entrada para a educação superior no Brasil, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e de iniciativas como o Programa Universidade para Todos (Prouni).

 

Instituições de ensino públicas e privadas utilizam o Enem para selecionar estudantes. Os resultados são utilizados como critério único ou complementar dos processos seletivos, além de servirem de parâmetro para acesso a auxílios governamentais, como o proporcionado pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

 

Os resultados individuais do Enem também podem ser aproveitados nos processos seletivos de instituições portuguesas que possuem convênio com o Inep para aceitarem as notas do exame. Os acordos garantem acesso facilitado às notas dos estudantes brasileiros interessados em cursar a educação superior em Portugal.

 

Acesse a Página do Participante

 

Acesse o edital que trata da isenção e da justificativa de ausência no Enem

 

Acesse a plataforma Gov.br

 

Saiba mais sobre o Enem

 

Compartilhe aqui:

DeMolays realizaram doação de livros infantis aos jucurutuenses

 

O Dia do Livro Infantil foi comemorado na última quinta-feira (18), assim, com o objetivo de celebrar essa data e de incentivar a leitura da população de nossa cidade, os DeMolays realizaram uma doação de livros infantis.

 

A doação aconteceu na manhã do último sábado (20), na praça Janúncio Afonso, durante a feira livre, no centro de Jucurutu.

 

Na ocasião, os DeMolays realizaram a doação de diversões livros, ressaltando a importância da leitura para nossas crianças, desde os seus primeiros anos de vida.

 

 

Compartilhe aqui:

De 63 reservatórios monitorados pelo Igarn, 21 chegam a 100% da capacidade total

 

Dos 63 reservatórios monitorados pelo Instituto de Gestão das Águas do Estado do Rio Grande do Norte (Igarn), 21 apresentam 100% de capacidade, e outros 9 com 80% do volume atingido. O marco foi alcançado após a grande quantidade de chuvas que o RN recebeu no últimos meses.

 

De acordo com o Igarn, em janeiro deste ano a média geral do acúmulo de água nos reservatórios já era a melhor que em 12 anos no RN. Segundo o presidente da Instituto, Paulo Sidney, espera-se que este ano seja alcançado o recorde histórico de volume de água acumulada nos reservatórios, que ocorreu pela última vez em 2011.

 

No começo do mês, o açude Marechal Dutra, conhecido como Gargalheiras, finalmente atingiu sua cota máxima e “sangrou” após 13 anos. Localizado em Acari, o açude comporta 44.421.480,38 m³ de capacidade.

 

O maior reservatório hídrico do Rio Grande do Norte, a barragem Armando Armando Ribeiro Gonçalves, está com 77,51% de sua capacidade total de volume de água, segundo dados da última segunda-feira 22.

De acordo com Departamento Nacional de obras contra as secas (DNOCS), o Açude Engenheiro Armando Ribeiro Gonçalves contribui para o abastecimento de cerca 500 mil pessoas. A barragem está localizada na bacia hidrográfica do rio Piranhas-Açu e abrange os municípios de Itajá, São Rafael e Jucurutu.

 

Os reservatórios que chegaram ao marco de 100% até agora são: Mendubi (Assu), Campo Grande (São Paulo do Potengi), Pataxó (Ipanguaçu), Dourado (Currais Novos), Apanha Peixe (Caraúbas), Apanha Peixes (Caraúbas), Riacho da Cruz II (Riacho da Cruz), Santo Antônio de Carúbas (Caraúbas), Passagem (Rodolfo Fernandes), Beldroega (Paraú), Malhada Vermelha (Severiano Melo), Encanto (Encanto), Marechal Dutra “Gargalheiras” (Acarí), Trairi (Tangará), Dinamarca (Serra Negra do Norte), Novo Angicos (Angicos), Riachão (Rodolfo Fernandes), Curraes (Itaú), Pinga (Cerro Corá), Tesoura (Francisco Dantas), Sossego (Rodolfo Fernandes), Francisco Cardoso (Currais Novos).

 

Os que chegaram a mais de 80% de seu volume são: Cruzeta (Cruzeta), Rodeador (Umarizal), Boqueirão de Angicos (Afonso Bezerra), Gangorra (Rafael Fernandes), Flechas (José da Penhas), Morcego (Campo Grande), Santa Cruz do Trairi (Santa Cruz), Corredor (Antônio Martins), Currais Novos (Currais Novos).

 

Outros reservatórios que estão com um bom volume são o de Pau dos Ferros, com um percentual de 71,82%, e Poço Branco, com 74,87%.

 

Compartilhe aqui:

Nota de agradecimento ao Bispo Dom Antônio Carlos Cruz Santos – Paróquia de São Sebastião e São Miguel de Jucurutu

 

“Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura”. (Marcos 16,15)

 

Prezado Dom Antônio Carlos Cruz Santos, MSC,

 

Em nome da PARÓQUIA DE SÃO SEBASTIÃO E SÃO MIGUEL do município de Jucurutu/RN, em nome do Conselho Pastoral Paroquial, do Conselho Administrativo, de todos os grupos, pastorais, movimentos, setores missionários, capelas e comunidades de nossa paróquia, agradecemos de coração a sua estadia aqui entre nós.

 

Obrigado, Dom Antônio, por esta presença tão forte e significativa que nos confirmou na fé, nos orientou no caminho do bem e infundiu em nós pensamentos e gestos de esperança, amor e solidariedade ao próximo nos convidando ao seguimento fiel de Jesus na sua Igreja.

 

Ao longo destes dez anos, fomos muito felizes em caminhar com alguém que nos ensinou a construir uma igreja sinodal.

 

Gratidão pela sua ida às comunidades e o envolvimento direto com o povo simples da nossa Barra de Santana, no momento em que nossos irmãos buscaram sua intervenção nas questões hídricas e sociais, seu gesto ficará na memória do nosso povo.

 

Saiba que a sua proximidade física e a maneira como se fez presente no nosso meio gerou também uma proximidade afetiva muito grande entre o bispo e os jucurutuenses.

 

A sua presença neste tempo na Diocese de Caicó atualizou esta presença confortante e consoladora de Jesus Bom Pastor no meio do seu povo.

 

Somos profundamente agradecidos pelo modo sereno e tranquilo como o senhor conduziu esta Diocese.

 

Dom Antônio leve o povo jucurutuense em seu coração, em suas orações. Aqui ficamos em comunhão espiritual com o senhor rezando pela nova missão apostólica na diocese de Petrolina e buscando viver a unidade; seguindo os passos de Jesus, “para que todos tenham vida” (Jo. 10,10), na certeza de que “Ele está no meio de nós” e, portanto, não há temor, podemos confiar no amanhã.

 

Obrigado!

 

Compartilhe aqui:

Mensagem do Clero de Caicó à Dom Antônio Carlos

.
MENSAGEM DO CLERO DE CAICÓ À DOM ANTONIO CARLOS.
.
Prezado Dom Antônio Carlos Cruz Santos, MSC,
.
Em nome do clero da Diocese de Caicó, gostaríamos de expressar nossa mais profunda gratidão pelos mais de 10 anos dedicados ao pastoreio do nosso rebanho. Sua liderança, sabedoria e carinho deixaram uma marca indelével em nossas vidas e em toda a comunidade diocesana.
.
Ao mesmo tempo em que lamentamos sua partida, compreendemos que este é um novo chamado, uma nova missão que Deus lhe confia na centenária Diocese de Petrolina. Neste novo campo de trabalho às margens do Rio São Francisco, temos plena confiança de que sua presença será um farol de esperança e amor para aquele povo.
.
Saiba que nossas orações o acompanham em sua jornada, e que a fraternidade que nos une como clero permanecerá sempre forte e presente, apesar da distância física. Que o Espírito Santo o ilumine e fortaleça em sua nova missão, e que sua vida seja fecunda em frutos de paz, justiça e amor. Que a Virgem Maria, Senhora dos Anjos, vele pele seu ministério e o Sagrado Coração de Jesus o santifique para que o seu coração transpassado cure outros corações feridos.
.
Com estima e admiração,
.
O clero da Diocese de Caicó
.
Compartilhe aqui:

Papa Francisco nomeia Dom Antônio Carlos, atual bispo de Caicó, como bispo de Petrolina

 

O Papa Francisco atendeu o pedido de renúncia de dom Francisco Canindé Palhano e nomeou nesta quarta-feira, 24 de abril, dom Antônio Carlos Cruz Santos, MSC, atual bispo de Caicó (RN), como bispo de Petrolina (PE). A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) enviou agradecimento ao dom Francisco Canindé Palhano e saudação a dom Antônio Carlos Cruz Santos.

 

Currículo e Trajetória Eclesial

 

Dom Antônio Carlos Cruz Santos, (Missionário do Sagrado Coração – MSC) nasceu em São Gonçalo (RJ) em 25 de novembro de 1961. Ordenou-se padre em 12 de dezembro de 1992. Fez sua profissão religiosa em 2 de fevereiro de 1998. Foi nomeado bispo de Caicó (RN) em 12 de fevereiro de 2014, sendo ordenado em Niterói (RJ) em 10 de maio de 2014.

 

Antônio exerceu suas atividades no Rio de Janeiro, em Minas Gerais e em São Paulo. Esteve em vários países da América Latina e da Europa no decorrer de um ano letivo, exercendo a função de mestre de noviços.

 

Foi vigário nas paróquias Pai Eterno e São José, enquanto trabalhava na Cidade de Deus, na paróquia Nossa Senhora do Sagrado Coração, quando em Contagem trabalhava com estudantes de Teologia, por três anos; Na paróquia de São Judas Tadeu, em Belford Roxo, atuando por quatro anos; Na paróquia Senhor Bom Jesus, de Pirassununga; Na paróquia de Nossa Senhora da Soledade, Itajubá (MG).

 

Também foi provincial dos Missionários do Sagrado Coração de Jesus da Província do Rio de Janeiro, em 2012. Provincial em Juiz de Fora, até a data de sua nomeação como bispo. Entre 1995 e 1997, foi formador dos juniores. De 1998 a 2001, promotor vocacional e formador dos postulantes. Mestre de noviços de 2003 até 2011.

 

Compartilhe aqui:

Queijos e manteiga do RN são premiados em evento mundial em SP

 

Queijos e manteigas fabricados nos municípios de Caicó, São João do Sabugi, Jucurutu, Tenente Laurentino e de Monte Alegre foram premiados em evento internacional em São Paulo. Ao todo, o RN conquistou nove medalhas no concurso Mundial do Queijo do Brasil 2024, realizado em São Paulo entre os dias 11 e 14 de abril. Os produtos do RN concorreram com os produzidos em 14 países diferentes representados no evento que é um importante palco para a valorização da cultura queijeira nacional e internacional. A premiação potiguar comprovou a excelência dos queijos produzidos no estado com o apoio do Sebrae-RN.

 

Um júri de 300 especialistas nacionais e internacionais foi responsável por avaliar criteriosamente a aparência, o aroma, a textura e o sabor dos produtos inscritos na competição. Entre os produtos potiguares apresentados, destacaram-se e foram premiados queijos de coalho, queijos de manteiga e manteigas da terra.

 

A produção da Queijeira do Zaca, localizada em São João do Sabugi, foi duplamente premiada, conquistando tanto a medalha de Super Ouro pela Manteiga da Terra quanto a medalha de Ouro pelo Queijo Ancestral. Da mesma forma, a Laticínio Sertão Jucurutu, em Jucurutu, foi reconhecida com a medalha de Ouro pelo Queijo de Manteiga e pela Manteiga de Garrafa. Também se destacou a Queijeira Capril Buxada, em Monte Alegre, com a medalha de Super Ouro pela produção da manteiga derivada de leite caprino. Já a Queijeira Galego da Serra, sediada em Tenente Laurentino Cruz, recebeu a medalha de Ouro pela Manteiga do Sertão.

 

O evento é promovido pela SerTãoBras, associação de produtores de queijos artesanais. O Mundial do Queijo é realizado a cada dois anos em parceria com a Guilde Internationale des Fromagers, uma das maiores associações de queijeiros do mundo, presente em mais de 40 países.

 

Compartilhe aqui:

Pedidos de isenção da taxa do Enem podem ser feitos até sexta-feira

 

Termina na próxima sexta-feira (26) o prazo para pedir a isenção de pagamento da taxa de inscrição para a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os pedidos devem ser feitos pela Página do Participante, com o login único do Gov.br.

 

Têm direito a fazer o Enem de graça os alunos matriculados no 3º ano do ensino médio em 2024, em escola pública, e quem fez todo o ensino médio em escola pública ou como bolsista integral em escola privada. Também podem ser beneficiados participantes do programa Pé-de-Meia, do Ministério da Educação, e alunos de famílias de baixa renda – com registro no Cadastro Único para programas sociais do governo federal (CadÚnico).

 

O estudante que teve isenção no Enem 2023, mas não compareceu aos dois dias do exame, e quer participar da edição de 2024 gratuitamente precisa justificar a ausência. O prazo para a justificativa também encerra em 26 de abril.

 

O Enem é a principal porta de entrada para a educação superior no Brasil, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e do Programa Universidade para Todos (Prouni). Os resultados do Exame são utilizados como critério único ou complementar dos processos seletivos, além de servirem de parâmetro para acesso a auxílios governamentais, como o proporcionado pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

 

Compartilhe aqui:

Globo: Programa de Ana Maria Braga destaca trabalho realizado pelas bordadeiras de Timbaúba dos Batistas nos uniformes da delegação olímpica

 

O programa “Mais Você” da TV Globo, apresentado por Ana Maria Braga, trouxe na edição desta segunda-feira (22) o trabalho realizado pelas bordadeiras de Timbaúba dos Batistas nos uniformes da delegação olímpica dos jogos de Paris.

 

Na oportunidade, a famosa apresentadora recebeu de presente a jaqueta oficial da delegação, e um bastidor exclusivamente bordado com a logo e o mascote do programa televisivo, presente da bordadeira Jailma.

 

A gestão de Timbaúba dos Batistas segue empenhada em fortalecer a arte, fazendo-a reconhecida em todos os lugares do mundo.

 

Compartilhe aqui:

Beneficiários do INSS começam a receber o 13º a partir de quarta-feira; confira o calendário

 

Os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começam a receber a primeira metade da parcela do 13º salário, a partir desta quarta-feira (24). Em geral, a primeira parcela do abono anual, também conhecido como 13º dos beneficiários da Previdência Social, ocorre em agosto de cada ano.

 

No mês passado, o governo federal determinou a antecipação do pagamento das duas parcelas do 13º salário a 33,6 milhões de beneficiários. De acordo com dados da folha de pagamentos, o volume de recursos só com a primeira parcela do benefício injetará R$ 33,68 bilhões na economia brasileira.

 

O valor antecipado corresponde a 50% do total do abono anual e sobre a primeira parcela não incide desconto de Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF). Nos casos em que é possível a cobrança, o imposto será descontado somente na segunda parcela do 13º.

 

Calendário

 

O calendário de pagamentos leva em conta o número final do cartão de benefício, sem considerar o último dígito verificador, que aparece depois do traço, também chamado de Número de Identificação Social (NIS).

 

O dinheiro será depositado junto com o benefício referente ao mês de abril, pago entre 24 de abril e 8 de maio. Os segurados com benefício com dígito final 1 e que ganham até um salário mínimo vigente (R$1.412) serão os primeiros a receber e, assim, por dia diante. A segunda parcela do 13º salário do INSS de 2024 será paga com os benefícios regulares de maio, creditado entre o fim de maio e o início de junho.

 

O calendário de pagamentos completo do INSS pode ser acompanhado no link calendário 2024.

 

Quem tem direito

 

Recebem o abono os segurados e pensionistas da Previdência Social que durante o ano de 2024 tenham recebido aposentadoria, auxílio por incapacidade temporária, auxílio-acidente, pensão por morte ou auxílio-reclusão.

 

O 13º é devido a aposentados, pensionistas, além de pessoas que receberem, ao longo de 2024, benefícios temporários, como auxílio por incapacidade temporária e auxílio-reclusão. Nesses casos temporários, o valor é proporcional ao tempo de recebimento do benefício.

 

Quem recebe salário-maternidade também tem direito ao 13º proporcional. Porém, ele é pago junto com a última parcela do salário-maternidade e, por isso, a pessoa não recebe o valor extra junto com os demais beneficiários, agora.

 

O décimo terceiro não é pago a quem recebe o Benefício de Prestação Continuada (BPC). Os idosos e as pessoa com deficiência com BPC não têm direito a essa parcela adicional.

 

Como consultar

 

Os segurados podem consultar o número do cartão do benefício no site e pelo aplicativo Meu INSS, disponível para smartphones com sistemas Android e iOS. Nos dois casos, é necessário fazer login e senha no portal Gov.br.

 

Para acessar todos os detalhes sobre o pagamento do benefício, basta clicar no serviço “Extrato de pagamento”. Outra forma é pela central telefônica 135, que funciona de segunda à sábado, das 7h às 22h.

 

Confira o calendário completo

 

Quem ganha até um salário mínimo:

 

Final do benefício – Dia do crédito

 

1………………………………………..24/abr

2………………………………………..25/abr

3 ……………………………………….26/abr

4 ……………………………………….29/abr

5 ………………………………………..30/abr

6 ……………………………………….2/mai

7 ……………………………………….3/mai

8 ……………………………………….6/mai

9 ……………………………………….7/mai

0 ……………………………………….8/mai

 

Quem ganha acima do piso nacional:

Final do benefício – Dia do crédito

 

1 e 6 …………………………………..2/mai

2 e 7 …………………………………..3/mai

3 e 8 …………………………………..6/mai

4 e 9 …………………………………..7/mai

5 e 0 …………………………………..8/mai

 

Com informações da Agência Brasil

 

Compartilhe aqui:

Forania Vale do Piranhas (Diocese de Caicó) realiza formação da PASCOM em Jucurutu

 

Agentes da Pastoral da Comunicação (PASCOM) que pertencem a Forania Vale do Piranhas, da Diocese de Caicó/RN, participaram de um Encontro de Formação, no sábado (20), na Paróquia São Sebastião e São Miguel, em Jucurutu.

 

O encontro de formação das equipes ocorreu no horário das 9h às 11h e reuniu membros da Pastoral da Comunicação das cidades de São João do Sabugi, Jardim de Piranhas, Ipueira, Cerro Corá e Jucurutu que sediou o evento.

 

A palestra foi assessorada pelo Coordenador Diocesano da Pascom o Pe. José Marcos de Medeiros Dantas que explanou o estudo do documento RUMO À PRESENÇA PLENA: sete lições para a comunicação católica à luz da reflexão pastoral sobre a participação nas redes sociais, do Dicastério para a Comunicação. Oportunidade também de conhecer e interagir com os novos agentes, avaliação, sugestões e de troca de experiências; além de ser uma preparação para o 9º Muticom Regional NE2 que acontecerá em novembro em Caicó.

 

Representaram a nossa paróquia de São Sebastião e São Miguel, os jovens Adab Moraes, Juninho, Felipe, Roberto e Edilson Silva.

 

Com informações da PASCOM/JUCURUTU, fotografia de Edna Araújo, Felipe e redação de Edilson Silva

 

Compartilhe aqui: