17/06/2017
Por Edilson Silva em Apodi, Jucurutu

Nação Junina de Jucurutu vence Festival de Quadrilhas Junina Estilizadas de Apodi

Concluída as apresentações, a Secretaria Municipal de Educação e Cultura divulga o resultado do Festival de Quadrilhas Junina Estilizadas de Apodi. O concurso foi realizado durante as noites de quinta e sexta-feira, 15 e 16 respectivamente.

Ao todo, doze grupos se inscreveram, mas somente nove compareceram na Arena Neta Viana para competir. A quadrilha Sertão Junino, de Macaíba, alegou falta de transporte, o grupo Boneca de Pano, de Mossoró, disse que o figurino não ficou pronto a tempo, e a quadrilha 100% Ferroviário, de Lajes, foi desclassificada por não chegar a tempo.

A quadrilha Nação Junina de Jucurutu sagrou-se campeã com 53,5 pontos, cinco décimos a mais do que a segunda colocada, Lume da Fogueira de Mossoró, que tirou 53 pontos.

A terceira colocação do concurso ficou com a Espalha Brasa, de Grossos, com 52,8 pontos. A quadrilha Na Pisada do Sertão recebeu 49,7 pontos e ficou com o quarto lugar, e a Tradição Junina, de Pau dos Ferros, ficou com a quinta colocação, com 48 pontos.

Todos as cinco agremiações que mais pontuaram receberam troféus e premiação em dinheiro, sendo R$ 4 mil para o primeiro lugar, R$ 3 mil para o segundo e R$ 1 mil para cada uma das demais.

O Festival de Quadrilhas Junina Estilizadas foi realizado pela Prefeitura Municipal de Apodi dentro das festividades do padroeiro da cidade, São João Batista. O evento teve como objetivo manter viva a cultura nordestina. Todas as apresentações aconteceram na Arena Neta Viana, montada no Centro da cidade.

Confira as notas de cada quadrilha por ordem de apresentação:

REI DO CANGAÇO: (00:26:40 de apresentação)

– Coreografia / Evolução: 5 pontos
– Animação: 6 pontos
– Figurino / Adereço: 6 pontos
– Marcador / Animador: 8 pontos
– Criatividade: 5 pontos
– Tempo: 8 pontos
– Penalidade: 0 pontos

Total: 38 pontos

NAÇÃO JUNINA DE JUCURUTU: (00:24:31 de apresentação)

– Coreografia / Evolução: 9 pontos
– Animação: 9 pontos
– Figurino / Adereço: 10 pontos
– Marcador / Animador: 9 pontos
– Criatividade: 7,5 pontos
– Tempo: 9 pontos
– Penalidade: 0 pontos

Total: 53,5 pontos

LUME DA FOGUEIRA: (00:25:15 de apresentação)

– Coreografia / Evolução: 8 pontos
– Animação: 10 pontos
– Figurino / Adereço: 10 pontos
– Marcador / Animador: 9 pontos
– Criatividade: 9 pontos
– Tempo: 9 pontos
– Penalidade: -2 pontos

Total: 53 pontos

NA PISADA DO SERTÃO: (00:24:20 de apresentação)

– Coreografia / Evolução: 8,5 pontos
– Animação: 8,7 pontos
– Figurino / Adereço: 9 pontos
– Marcador / Animador: 8 pontos
– Criatividade: 6,5 pontos
– Tempo: 9 pontos
– Penalidade: 0 pontos

Total: 49,7 pontos

CORAÇÃO JUNINO: (00:26:29 de apresentação)

– Coreografia / Evolução: 6,5 pontos
– Animação: 8,2 pontos
– Figurino / Adereço: 7 pontos
– Marcador / Animador: 8,5 pontos
– Criatividade: 6,5 pontos
– Tempo: 7 pontos
– Penalidade: 0 pontos

Total: 43,7 pontos

ENCANTO DO NORDESTE: (00:26:19 de apresentação)

– Coreografia / Evolução: 7 pontos
– Animação: 8,2 pontos
– Figurino / Adereço: 7 pontos
– Marcador / Animador: 8,5 pontos
– Criatividade: 7 pontos
– Tempo: 7 pontos
– Penalidade: 0 pontos

Total: 44,7 pontos

ESPALHA BRASA: (00:25:19 de apresentação)

– Coreografia / Evolução: 9,5 pontos
– Animação: 10 pontos
– Figurino / Adereço: 9 pontos
– Marcador / Animador: 8,8 pontos
– Criatividade: 7,5 pontos
– Tempo: 9 pontos
– Penalidade: 0 pontos

Total: 52,8 pontos

NAÇÃO JUNINA DE MOSSORÓ: (00:24:27 de apresentação)

– Coreografia / Evolução: 6 pontos
– Animação: 8 pontos
– Figurino / Adereço: 7 pontos
– Marcador / Animador: 8,5 pontos
– Criatividade: 6,8 pontos
– Tempo: 9 pontos
– Penalidade: 0 pontos

Total: 45,3 pontos

TRADIÇÃO JUNINA: (00:21:51 de apresentação)

– Coreografia / Evolução: 9 pontos
– Animação: 10 pontos
– Figurino / Adereço: 10 pontos
– Marcador / Animador: 9 pontos
– Criatividade: 8 pontos
– Tempo: 9 pontos
– Penalidade: -7 pontos

Total: 48 pontos


11/04/2017
Por Edilson Silva em Apodi, Policial

Vigilante do IFRN de Apodi é morto

Um vigilante do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), na cidade de Apodi, no Oeste potiguar, foi morto a tiros no início da manhã desta terça-feira (11). Segundo a Polícia Militar, Cabral Neto havia saído do trabalho e estava chegando em casa quando foi baleado. O corpo ficou na calçada.

Ainda segundo a PM, testemunhas que estavam em um estabelecimento próximo no momento do crime disseram que os disparos partiram de um homem que se aproximou do vigilante em uma motocicleta.

A autoria e a motivação do assassinato estão sendo investigadas pela Polícia Civil.

Até a publicação desta matéria ninguém havia sido preso.

G1 (RN)


18/02/2017
Por Edilson Silva em Apodi, Tempo

Cidade de Apodi é banhada por chuvas de mais de 200 mm

.
Surpreendentemente a população da cidade de Apodi no início da noite de ontem sexta-feira para amanhã de hoje sábado foi agraciada com uma chuva que caiu em todos os recantos e regiões, premiando principalmente os criadores, já que a chuva alicerçará o pasto para os animais por mais um período.
.
Algumas comunidades registraram mais de 200 mm de chuva, na comunidade de Santa Rosa  I e II os pluviômetro lavaram por cima. ( Capacidade de um pluviômetro é de 140mm )
.
Outras comunidades como o Carrilho no Vale do Apodi 140 mm, Várzea da Salina 141, Bela Vista 100 mm, todas registraram boas chuvas, além da zona urbana que também registrou mais de 130 mm, ou seja, uma chuva em tempo oportuno para esfriar o calor, e regar o pasto.


28/11/2016
Por Edilson Silva em Apodi, Policial

PM fecha “rinha de galo” e resgata 63 animais em Apodi

rinha

Policiais da Companhia Independente de Proteção Ambiental (CIPAM) fecharam neste domingo (27) uma “ Rinha de Galo” localizada na zona Rural do município de Apodi. Durante a operação 19 proprietários de galos foram detidos, sendo resgatados 63 galos e apreendidos diversos instrumentos tais como bicos de aço, esporas, muitos hormônios, seringas e tesouras utilizados na rinha.

Participaram dando apoio a operação, o 12º Batalhão de Polícia Militar (12º BPM) por meio das Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (ROCAM) e o 2º Batalhão de Polícia Militar (2º BPM) por meio do Grupo Tático Operacional (GTO). A operação tem por objetivo coibir tal prática que constitui crime ambiental e acarreta na morte de vários galos.


31/08/2016
Por Edilson Silva em Apodi, Política

Justiça suspende efeitos de Ato Legislativo que cassou mandato do prefeito de Apodi

flaviano apodi

O juiz Eduardo Neri Negreiros, determinou ao presidente da Câmara Municipal de Apodi e ao presidente da Comissão Processante do Processo Administrativo 01/2015 a imediata suspensão de todos os efeitos do Decreto-Legislativo 01/2016, que cassou o mandato do prefeito Flaviano Moreira Monteiro, até o julgamento do mérito de um Mandado de Segurança movido perante a Vara Cível da Comarca de Apodi. Com a decisão, Flaviano reassumirá o cargo.

Caso haja descumprimento da decisão liminar, o magistrado estipulou uma pena de multa pecuniária no valor de R$ 10 mil para cada um dos impetrados, sem prejuízo de eventual responsabilização penal por crime de desobediência e responsabilização civil por ato de improbidade administrativa.

Por fim, determinou a notificação de José Pereira Filho, presidente da Câmara Municipal de Apodi, e Antônio Laete Oliveira de Souza, presidente da Comissão Processante do Processo Administrativo 01/2015 para dar cumprimento imediato da liminar, devendo informar o juízo sobre a sua efetivação em no máximo 72 horas; e prestarem informações nos termos do art. 7º, I da Lei nº 12.016/09, no prazo de dez dias.


18/08/2016
Por Edilson Silva em Apodi, Policial

Mototaxista foi preso quando tentava entrar no CDP de Apodi

Um mototaxista foi preso quando tentava entrar no Centro de Detenção Provisória de Apodi – Agente Ronilson Alves da Silva (CDP Apodi), com drogas escondidos dentro de um pote de manteiga.

A droga foi encontrada, durante revista realizada pelos agentes Moises Medeiros, Wantier Gois, Kaio Pinheiro. Os agentes perceberam que o pote de manteiga, tinha um fundo falso, onde a droga estava escondida.  

Na sacola, com a feira que o mototaxista, Francisco Pedro Alves de Lima, 20 anos, natural de Apodi, morador da Baixa do CAIC, zona periférica da cidade, entregou para os agentes penitenciários fazer a revista, tinha o nome do detento Francisco das Chagas Junior “Junior Chapa”.

O mototaxista, já tem o pai, e mais dois irmãos, cumprindo pena na carceragem do Centro de Detenção Provisória de Apodi, acusados de envolvimento com trafico de drogas, homicídio e violência doméstica. 

Flagranteado, o mototaxista se juntará ao pai, e mais dois irmãos, na carceragem do estabelecimento penitenciário e aguardará por decisão judicial.

O mototaxista, disse em depoimento na Delegacia de Policia Civil de Apodi, e aos Agentes Penitenciários, que foi acionado para fazer um frente, por uma proprietária de um mercadinho localizado no bairro Lagoa Seca. “A comerciante me pediu para deixar á feira no CDP Apodi, se eu soubesse que tinha droga, jamais eu teria feito esse frete”, disse o mototaxista Pedro Alves.

O do detento Francisco das Chagas Junior “Junior Chapa”, foi ouvido pelos policiais e agentes penitenciários, assumiu que a droga era para ele e que o mototaxista não tinha culpa de nada.

Quarta-feira é o dia de visita no CDP de Apodi. De acordo com o diretor da unidade, Márcio Moraes, todo o material levado pelos visitantes passam por uma rigorosa revista.  “A manteiga estava congelada. Quando os agentes passaram a faca perceberam o fundo falso do pote de manteiga, onde acharam a droga”, disse o diretor da unidade penitenciaria, Agente Márcio Morais.

Ainda de acordo com o diretor, havia 62 gramas de maconha. O flagrante foi feito pelo delegado de Apodi, Renato Oliveira. Em relação ao detento que receberia a droga, Márcio Moraes afirmou que será aberta uma sindicância na unidade prisional para apurar os fatos.

Fonte: 190rn.com


03/07/2016
Por Edilson Silva em Apodi, Policial

Dono de mercadinho é executado a tiros em Apodi

tiro-250x156

A cidade de Apodi registrou na tarde deste sábado (2) uma morte violenta provocada por disparos de arma de fogo no bairro Bacurau II, já região periférica da cidade. A vítima foi identificada apenas como Assis, e teria sido baleado no final da tarde na Calçada de residência de Familiares.

De acordo com informações de populares, dois homens em motocicleta teriam se aproximado da vítima e efetuado os disparos de arma de fogo. Até o momento ninguém sabe quem praticou ou qual foi o motivo quer chegou a praticarem esse crime de homicídio. Assis tinha uma um pequeno comércio na sua própria residência. Familiares informaram que nas horas vagas ele fazia fretes particulares na região.

190 RN


08/04/2016
Por Edilson Silva em Apodi, Policial

Pistoleiro com larga ficha criminal é alvejado e morre após reagir à prisão em Apodi

ricardo

Policiais militares do Grupo Tático de Operações (GTO), em conjunto com policiais civis da Delegacia de Polícia do Oeste (DIVIPOE), realizaram uma operação integrada na manhã desta sexta-feira (8), em Apodi, com o objetivo de prender Ricardo Holanda de Paiva, de 33 anos, suspeito de cometer vários homicídios no Oeste e Alto Oeste Potiguar e no Sertão da PB.

Durante a ação, o suspeito reagiu a prisão e ameaçou atirar contra os agentes de segurança que revidaram a injusta agressão, alvejando o infrator no tórax. Ricardo Holanda não resistiu e veio a óbito enquanto era socorrido.

Entre os crimes imputados a Ricardo Holanda está o de pistolagem que culminou com a morte de um vereador de Patu em setembro de 2015.

As polícias continuam em diligências no intuito de localizar e prender outros suspeitos. No interior da casa do procurado, a Polícia localizou uma arma de fogo, munições e certa quantidade de maconha.


09/02/2016
Por Edilson Silva em Apodi, Policial

PRF prende homem armado e dirigindo embriagado

uhCf1b481i26z88E581a

Em Apodi Polícia Rodoviária Federal prende homem armado e dirigindo embriagado.

O flagrante ocorreu pela equipe da PRF em Apodi, na BR 405, por volta da 19h15, quando abordou o veículo Toytota Hilux. O motorista, um homem de 41 anos, foi submetido ao teste com etilômetro e constatou-se o índice de 0,58 mg/l, configurando crime de trânsito, conforme o Código de Trânsito Brasileiro, artigo 306: “Conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool ou de outra substância psicoativa que determine dependência”.

Ao continuarem a verificação, agora no interior do veículo, encontraram uma pistola, calibre .380, com numeração raspada, e carregada com 6 munições, pronta para uso.

Nesse caso, acumulou o crime de porte ilegal de arma de fogo, descrito na Lei do Desarmamento (lei 10.826/2003), artigo 14. Esse crime é inafiançável. E a pena prevista é de 2 a 4 anos de reclusão. Foi dada voz de prisão ao homem, que foi conduzido à delegacia em Apodi.

Fonte: Portal BO


27/01/2016
Por Edilson Silva em Apodi, Policial, Política

Conheça os demais detidos na Operação Apóstolo em Apodi

GTO_apodi

Além do presidente da Câmara Municipal de Apodi, João Evangelista de Menezes Filho, outras oito pessoas foram detidas na Operação Apóstolo, deflagrada pelo Ministério Público nesta terça-feira (26) em Apodi. São eles: Franciele Fernanda Barbosa de Morais, Francisco Tibério Lopes Medeiros, João Paulo de Oliveira, Paulo Henrique de Oliveira, Mozaniel de Souza Vieira, Laerton Clayton Jales Targino, Alderi Rodrigues Vieira Sobrinho e Margônia de Lima Chaves. Todos os presos estão à disposição da Justiça em celas do Centro de Detenção Provisória Agente Ronilson Alves da Silva, em Apodi.

O que pesou para a prisão do presidente da Câmara Municipal de Apodi, João Evangelista de Menezes Filho, durante a Operação Apóstolo na manhã desta terça-feira (26)? Investigado há nove meses pelo Ministério Público por desvios de recursos públicos da Câmara Municipal, principalmente em compras de combustíveis, Evangelista teria aproveitando-se da condição de agente público (vereador e presidente da Câmara Municipal) e da sua liberdade, tentou frustrar o decorrer das investigações deflagradas, ao ordenar que Servidores da Contadoria da Câmara de Vereadores destruíssem diversos “cupons de abastecimento”, os quais seriam imprescindíveis à identificação dos verdadeiros beneficiários dos combustíveis pagos pela Câmara Municipal e, claro, à condução das investigações.

Como se isso não bastasse, o Ministério Público aduz, ainda, que as conversas interceptadas teriam demonstrado que o investigado João Evangelista interferiu diretamente no depoimento das testemunhas que seriam ouvidas naquele Órgão Ministerial, direcionando-as a mentir e/ou a omitir fatos que pudessem comprometê-lo, o que de fato teria vindo a acontecer posteriormente, tornando necessária, portanto, a segregação cautelar de João Evangelista, bem como de 08 frentistas do Posto de Combustíveis Gonzaga Melo que teriam praticado falso testemunho, com o intuito de garantir o bom e regular andamento da instrução criminal.


27/01/2016
Por Edilson Silva em Apodi, Policial, Política

MP diz que presidente da Câmara Municipal de Apodi tentou intimidar testemunhas durante a investigação

camara

Uma operação com apoio das Polícias Civil e Militar de Apodi cumpriu, na manhã desta terça-feira (26), nove mandados de prisão preventiva expedidos pela Juíza de Direito Ana Clarisse Arruda Pereira contra o vereador João Evangelista de Menezes Filho e outras oito pessoas, atendendo pedido do Ministério Público.

Participam das investigações oito Promotores de Justiça. João Evangelista de Menezes, que é presidente da Câmara de Vereadores de Apodi, já vinha sendo investigado criminalmente pelo GARPP (Grupo de Atuação Regional de Defesa do Patrimônio Público), GAECO (Grupo de Atuação Especial de Combate à Criminalidade Organizada) e pela Promotoria de Justiça da Comarca de Apodi há mais de nove meses, por suspeita de desvio de recursos públicos da Casa Legislativa.

No curso das investigações da operação, denominada Apóstolo, interceptações telefônicas realizadas com autorização judicial mostraram uma intensa articulação do presidente da Câmara no intuito de intimidar testemunhas e assim interferir no conteúdo dos seus depoimentos, além de ter destruído documentos que interessavam às investigações.

Diante dessas circunstâncias, não restou ao Ministério Público outra alternativa senão requerer a custódia cautelar do investigado e de outras oito pessoas, que vinham tentando inviabilizar as investigações. Os elementos de prova até agora colhidos apontam para a prática dos crimes de peculato, extravio de documentos públicos, falsidade ideológica e uso de documentos falsos, associação criminosa, denunciação caluniosa, usurpação de função pública e falso testemunho, cujo somatório das penas pode chegar a até 47 anos de prisão.


27/01/2016
Por Edilson Silva em Apodi, Policial, Política

Presidente da Câmara Municipal de Apodi é preso na Operação Apóstolo

João-Evangelista

Presidente da Câmara Municipal do município de Apodi é preso na Operação Apóstolo.

O Ministério Público prendeu nove pessoas em Apodi, durante a Operação Apóstolo. Dentre os presos está o presidente da Câmara Municipal, João Evangelista de Menezes Filho, suspeito de desvio de recursos públicos. Os mandados de prisão preventiva foram por tentativa de prejudicar as investigações conduzidas pelo MP.


20/01/2016
Por Edilson Silva em Apodi

Criança de Apodi morre ao escorregar no próprio xixi

menino_apodi-250x203

Um fato lamentável foi registrado na noite de ontem (19), em Apodi. Um menino de dois anos sofreu uma forte pancada na cabeça, após escorregar no próprio xixi.

A criança ainda foi levada para o Hospital Regional local e, em seguida, para Mossoró, mas não resistiu ao trauma sofrido. Segundo a assessoria do Hospital Regional Tarcísio Maia, a vítima ainda foi levada para o centro cirúrgico, contudo a equipe médica não chegou a realizar o procedimento.


17/10/2015
Por Edilson Silva em Apodi, Policial

Detentos trabalham na construção de Centro Cirúrgico de maternidade em Apodi

Detentos-do-CDP-de-Apodi-realizam-trabalho-de-construção-do-Centro-Cirúrgico-de-maternidade

Detentos do CDP de Apodi/RN realizam trabalho de construção do Centro Cirúrgico de maternidade.

Detentos do Centro de Detenção Provisória “Agente Ronilson Alves da Silva” (CDP/Apodi), estão trabalhando na reforma da Maternidade Claudina Pinto, principal unidade de atendimento á saúde da mulher no município.

Nessa primeira fase, os internos estão trabalhando na ampliação do Centro Cirúrgico da unidade de saúde, com trabalhos de alvenaria, instalação elétrica e hidráulica. Mas os serviços serão ampliados para outros setores da maternidade, logo que o Centro Cirúrgico seja concluído.

Segundo o diretor do CDP Apodi, agente penitenciário, Marcio Morais, a equipe de internos que estão trabalhando é formada por pedreiro, pintor, carpinteiro e auxiliar de pedreiro. “A Maternidade Claudina Pinto é uma instituição filantrópica, e tem ajudado aos apodienses, nada mais justo que os detentos do CDP Apodi ajudar e buscar fazer o melhor para nossa maternidade”, comentou Marcio Morais, destacando que praticamente toda mulher grávida do município passa pela Maternidade Claudina Pinto.

O Centro de Detenção Provisória (CDP) é conhecido pelos trabalhos de ressocialização. Os detentos fazem trabalhos comunitários em escolas, unidades de saúde, dentre outras instituições do município de Apodi. São 10 que realizam trabalho de limpeza de toda área externa de escolas e unidades de saúde, com a execução de serviços de carpiteiro, roçagem e serviços na área da construção civil.

O nosso trabalho conta com o apoio do Judiciário através da juíza a Comarca de Apodi, Kátia Guedes Dias e do promotor, Silvio Ricardo Brito, todas as ferramentas utilizadas para o trabalho foram adquiridas através de uma parceria da direção do CDP Apodi com o Judiciário, os recursos são oriundo de penas Pecuniárias”, disse o diretor Marcio Morais.

O Centro de Detenção Provisória de Apodi foi construindo através de parcerias envolvendo a direção da unidade, Poder Judiciário, Ministério Público, Petrobrás, Fabricas de Cimento, Cerâmicas e varias outras instituições. A unidade esta com 100 internos cumprindo pena em regime fechado. A cada três dias de trabalho, o preso ganha um dia de remissão em sua pena.

Via Sidney Silva


14/04/2015
Por Edilson Silva em Apodi, Policial

Programa Câmera Record de São Paulo grava no CDP de Apodi

11150203_816158388462425_8915965553306485294_n

O Centro de Detenção Provisória (CDP) de Apodi/RN é destaque mais uma vez na mídia nacional. Não só o diretor Márcio Morais e sim toda equipe está de parabéns pelo excelente trabalho no estabelecimento prisional que é referência para todo Rio Grande do Norte.

Equipe da TV Record São Paulo, Programa Câmera Record, apresentado pelo jornalista Domingos Meireles. Em Apodi, produzindo reportagem especial sobre o trabalho evangélico realizado nos presídios do Rio Grande do Norte, com destaque para o cantor evangélico, José Wantuil Carneiro, que esteve preso em Apodi.


16/11/2014
Por Edilson Silva em Apodi, Policial

Agência bancária foi atacada na madrugada de hoje em Apodi

Apodi do alto

A agência da Caixa Econômica Federal em Apodi foi atacada na madrugada de hoje (16), mas segundo a Polícia Militar os invasores não levou nenhum valor. Os suspeitos tiveram acesso aos terminais eletrônicos, mas não conseguiram violar os equipamentos.

A PM foi acionada por volta das 04h30, porém chegando à agência os policiais não encontraram ninguém. A princípio, os homens teriam utilizado um Ford Ka preto e Hyundai HB20 branco.


15/11/2014
Por Edilson Silva em Apodi, Policial

Terror da Baixa do CAIC em Apodi tenta matar a própria mãe com facão e termina preso

WELIABIO_MORAIS_GAGUINHO

A casa caiu para o terror da Baixa do CAIC, WELIÁBIO MORAIS COSTA, conhecido por “Gaguinho”, que tentou matar sua própria mãe, armado com um facão, terminou sendo preso pelo Grupo Tático Operacional (GTO) da 2ª Companhia de Policia Militar de Apodi.

Gaguinho fora preso pelo GTO e flagranteado pelo delegado de Apodi, Renato da Silva Oliveira, por crime previsto no Artigo 147 do Código Penal Brasileiro (CPB), na forma da Lei 11.340/2006 (ameaça/Violência Domestica contra a mulher). Gaguinho esta preso em uma das celas do Centro de Detenção Provisória de Apodi (CDP/APODI), mas devera ser transferido para a Cadeia Publica de Caraúbas no Médio Oeste, haja vista o apenado ser bastante violento.

Recentemente o Gaguinho tentou matar á pedradas á pessoa de Carlos Alberto e outro cidadão conhecido por Marminho Mendengo, que também fora espancado cruelmente pelo Gaguinho.

O delegado Renato da Silva Oliveira, na próxima semana, vai ouvir as pessoas que foram vitimas da violência do Gaguinho, como Carlos Alberto e o Marminho Memdengo.

O Disque Denuncia da Policia Militar que atende pelo 190 tem recebido constantes denuncias de que o Gaguinho vem andado armado de facão na Baixa do CAIC e amedrontando os moradores.

O Gaguinho é bastante conhecido no meio policial, pois quando ainda menor de idade, tirou a vida de Renê de Oliveira Lima, solteiro, natural de Apodi, aproximadamente 25 anos de idade, que residia no Bairro Bacural II, zona urbana. Gaguinho assassinou Rene com mais de 6 facadas na Rua José Barra Neto, as facadas atingiram a coluna, tórax e pescoço, o matando instantaneamente.




Facebook


Twitter