Zenaide chama de extorsão os juros cobrados no Brasil

As altas taxas de juros estabelecidas pelos bancos e pelas instituições financeiras, além de serem desproporcionais, afetam diretamente a renda das famílias brasileiras, garante a senadora Zenaide Maia (Pros-RN), em duro pronunciamento em Plenário, nesta terça-feira (6).

A parlamentar potiguar pediu a seus pares apoio para a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC 79/2019), de sua autoria, que está tramitando na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). A proposta limita os juros estabelecidos por bancos e instituições financeiras a, no máximo, três vezes a taxa Selic, que hoje seria de 18%. Os cartões de crédito fixam juros de até 500% ao ano, enquanto em seus países de origem a taxa é de 1%, fato que ela classifica como “inaceitável”.

— Nós podemos, sim, dar esse alívio, tirar esse peso das costas, dos ombros das famílias brasileiras. Se você entrar no cartão de crédito ou no cheque especial e não conseguir pagar integral, nunca mais você consegue sair. E por que a gente permite que os bancos façam essa extorsão? — pergunta a senadora.

Compartilhe aqui:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*