Vereador desiste de conceder a Aécio Neves título de cidadão de Maceió

aecio-serra-psdb
Decisão foi tomada porque nome de Aécio foi citado na Lava Jato. Projeto de Lei de Dudu Ronalsa foi aprovado por unanimidade na Câmara.

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) não vai mais receber o título de cidadão honorário de Maceió, segundo informou, nesta sexta-feira (25), o vereador e autor do Projeto de Lei, Dudu Ronalsa (PSDB).

O decreto legislativo foi publicado no dia 16 deste mês no Diário Oficial do Município (DOM), sendo assinado um dia antes pelo presidente da Câmara de Vereadores de Maceió, Kelmann Vieira.

Na publicação no DOM sobre o título de cidadão honorário, consta apenas a concessão do título e a informação de que a medida passa a vigorar na data da sua publicação.

O vereador disse que mudou de ideia depois que viu o nome de Aécio Neves ser citado no processo da Lava Jato.

“Não vou mais entregar. Estamos vivendo em um momento intenso na política, nos bastidores. O nome do senador foi incluído na Lava Jato. Em outubro do ano passado, quando fiz o projeto de lei, ele não tinha sido citado em nada. Vale ressaltar que ainda não foi condenado, mas vivemos em um momento muito ruim do nosso país, estado e município. Então, não é momento para homengear ninguém”, afirmou Ronalsa.

De acordo com o vereador, mesmo que a Câmara tenha aprovado o projeto, a situação ainda precisaria ser formalizada, o que não vai mais acontecer.

“Não tem nada a ver com a história que está acontecendo em relação à Dilma [Rousseff]. Em conversas particulares que tive com o senador, ele sempre pergunta como está Maceió, sempre se preocupa e isso é uma homenagem”, disse Ronalsa em entrevista ao G1 no dia último dia 16.

Via G1

Compartilhe aqui:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*