Suspeito de estuprar adolescentes no Piauí pode ser condenado a mais de 150 anos de prisão

suspeito-de-matar-meninas
Cavalcante denunciou o suspeito por cinco crimes e pediu a pena máxima em todos eles. Somadas, as punições totalizam 151 anos e dez meses.

O promotor Cesario Cavalcante Neto entregou ao Ministério Público, nesta segunda-feira (15), a denúncia contra Adão José de Sousa, de 40 anos, suspeito de ser o mentor do estupro coletivo ocorrido em Castelo do Piauí (PI). Cavalcante denunciou o suspeito por cinco crimes e pediu a pena máxima em todos eles. Somadas, as punições totalizam 151 anos e dez meses.

Com a denúncia, o suspeito se torna denunciado e terá até dez dias para apresentar sua defesa. Sousa está detido na Penitenciária de Major César Oliveira, no município de Altos (PI).

Segundo o promotor, será marcada uma audiência de instrução antes do julgamento, onde serão ouvidas as vítimas e as testemunhas de defesa e acusação. Os quatro adolescentes suspeitos também falarão na audiência.

Compartilhe aqui:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*