Silvio Costa: impeachment é “seguro cadeia” para Cunha

deputado-Sílvio-Costa
Deputado Federal Silvio Costa do (PTdoB-PE): impeachment é “seguro cadeia” para Cunha.

Sem papas na língua, o deputado federal Silvio Costa (PTdoB-PE) proferiu um dos seus mais duro discursos contra o presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que conduz o processo de impeachment na Casa. Na avaliação do parlamentar que atua por Pernambuco, a renúncia da presidente Dilma seria um “seguro cadeia” para o peemedebista. Costa sugeriu que o impeachment é uma de blindar políticos contra as investigações da Operação Lava Jato, da Polícia Federal.

“Depois que descobriram contas dele [Eduardo Cunha] na Suíça, eu parei de bater no deputado Eduardo Cunha. Parei porque ninguém chuta cachorro morto, mas hoje vou ter que bater porque o cachorro continua latindo”, disparou Sílvio Costa.

Segundo o parlamentar, o processo de impeachment da presidente é resultado de “ódio” e “vingança” de Cunha. “Eduardo Cunha que devia estar preso, […] está presidindo uma sessão pra cassar o mandato de uma mulher eleita por 54 milhões de brasileiros e que não cometeu crime”, disse.

O congressista afirmou ter “nojo” do vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), e o acusou de estar “querendo arrancar” mandato da presidente Dilma ”sem que ela tenha cometido um crime”.

“Outro cara que estou com nojo – essa é a palavra – […] é Michel Temer. Eu não tenho outra palavra que não nojo. Faz dois anos que ele vem conspirando contra a presidente”, disse. De acordo com o deputado, Temer prometeu a Petrobras para Cunha e Furnas para o senador Aécio Neves (PSDB-MG).

O deputado disse políticos defensores do impeachment “não têm moral, ética, respeito” para pedir o impeachment da presidente Dilma. “Não vão conseguir derrubar uma mulher de bem. A falsidade não ganhará da verdade”.

Compartilhe aqui:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*