Receita aponta aumento injustificado em bens da família de Eduardo Cunha (PMDB/RJ)

f2806d178e7afd5ee7659e1bb5a43b45
O salário bruto do deputado federal é de R$ 33,7 mil, sendo que Cunha e Cláudia Cruz também são sócios em empresas de comunicação.

A Receita Federal aponta indícios de aumento patrimonial incompatível do presidente da Câmara, Eduardo Cunha, da mulher dele, Cláudia Cruz, e da filha Daniele Cunha. Juntos, os valores considerados “injustificados” somam R$ 1,8 milhão entre 2011 e 2014, segundo o relatório do Fisco.

O salário bruto do deputado federal é de R$ 33,7 mil, sendo que Cunha e Cláudia Cruz também são sócios em empresas de comunicação. A apuração da Receita Federal está sendo feita a pedido da Procuradoria-Geral da República. O político do PMDB nega qualquer irregularidade e diz que os recursos têm origem em negócios no exterior.

Compartilhe aqui:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*