O que pode funcionar no horário do “toque de recolher”

 

As determinações do Decreto, não se aplicam para algumas atividades, como:

 

Serviços públicos essenciais, Farmácias, Indústrias, Postos de combustíveis, Hospitais e demais unidades de saúde e de serviços odontológicos e veterinários de emergência, Laboratórios de análises clínicas, Segurança privada, Imprensa, meios de comunicação e telecomunicação em geral, Funerárias, Exercício da advocacia na defesa da liberdade individual, Serviços de alimentação, exclusivamente para delivery e Serviços de transporte coletivo urbano.

 

E um último detalhe, é que é permitido o deslocamento de trabalhadores entre seu local de trabalho e sua residência ou domicílio.

 

*Veja AQUI, o Decreto na íntegra.

 

Compartilhe aqui:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*