Novo ministro da CGU defende punição “sem trégua” contra corrupção

942275-cgu_dsc3639

O novo ministro-chefe da Controladoria-Geral da União, Valdir Simão, abraça o antecessor, Jorge Hage

Ao assumir o cargo de ministro-chefe da Controladoria-Geral da União (CGU), o novo ministro Valdir Moysés Simão destacou trecho do discurso da presidenta reeleita, Dilma Rousseff, ressaltando que a corrupção “deve ser extirpada” da sociedade brasileira: “Temos que punir, sem trégua, a corrupção que rouba o poder legítimo do povo; a corrupção que ofende e humilha os trabalhadores, os empresários e os brasileiros honestos e de bem”, repetiu.

De perfil técnico, o novo ministro é auditor fiscal da Receita Federal há 27 anos e já ocupou a presidência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), de 2005 a 2007, e novamente de 2008 a 2010. Valdir Moysés Simão exerceu a função de secretário-executivo da Casa Civil de fevereiro a dezembro de 2014 e, nos sete meses anteriores, coordenou o Gabinete Digital da Presidência da República. De 2011 a 2013, Valdir Simão foi secretário-executivo do Ministério do Turismo.

Compartilhe aqui:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*