Lula lamenta que parte da imprensa trate bandidos como heróis

Lula-3331
Ex – presidente, Lula lamenta que parte da imprensa brasileira trate bandidos como heróis

Um dia depois de ter sido novamente citado pelo doleiro Alberto Youssef em mais um de seus depoimentos, agora à CPI da Petrobras, o ex-presidente Lula publicou um texto com duras críticas ao fato de o Brasil ter se tornado “refém” de um “criminoso notório e reincidente” e ainda dar “palco para atacar e caluniar, sem nenhuma prova, algumas das principais lideranças políticas do país”.

Youssef reafirmou ontem que o ex-presidente ordenou um pagamento à agência de publicidade Muranno Marketing, que prestava serviços à Petrobras. Ele também declarou acreditar que o Palácio do Planalto sabia do esquema de corrupção investigado pela Operação Lava Jato. Depois das declarações, o PSDB pediu a inclusão de Lula na CPI.

De acordo com o Jornal do Brasil, sem citar diretamente Youssef, Lula também lamenta, na nota publicada no Facebook, “que parte da imprensa brasileira venha tratando bandidos como heróis” quando se presta a “acusar, sem provas, os alvos escolhidos pela oposição”. Ele anuncia sua volta em 2018 ao concluir a frase: “quando se presta a difamar lideranças que a oposição não conseguiu derrotar nas urnas e teme enfrentar no futuro”.

Compartilhe aqui:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*