Lei garante conscientização sobre hepatites virais no RN

Nelter-bacana
O Sistema Único de Saúde (SUS) disponibiliza gratuitamente o tratamento contra estas enfermidades e a chance de cura varia de acordo com o vírus.

De autoria do deputado estadual Nelter Queiroz (PMDB) e sancionada pelo governador Robinson Faria (PSD), a Lei 9.969 de 28 de julho de 2015 incluiu o “Julho Amarelo” no calendário oficial do estado. O projeto visa a conscientização da população potiguar sobre os riscos de contaminação das Hepatites Virais B e C que, anualmente, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), leva a óbito cerca de 1 milhão de pessoas no mundo.

De acordo com o doutor em Ciências pela Universidade de São Paulo (USP) Igor Thiago Queiroz que também é infectologista do Hospital Giselda Trigueiro e professor de medicina da Universidade Potiguar (UnP), o Sistema Único de Saúde (SUS) disponibiliza gratuitamente o tratamento contra estas enfermidades e a chance de cura varia de acordo com o vírus, genótipo ou subtipo, carga viral, grau de fibrose hepática e o medicamento escolhido para o tratamento.

“Escolhemos o mês de julho para alertar a sociedade, porque a OMS comemora no dia 28 do referido mês, o dia mundial de Luta Contra as Hepatites Virais. Esperamos que a partir de 2016 o governo do estado através da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) desenvolva campanhas visando a conscientização dos potiguares, como é feito durante o Setembro Dourado, o Outubro Rosa e o Novembro Azul”, frisou o deputado Nelter.

Compartilhe aqui:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*