Lava Jato prende ex-governador do Rio

Agentes da Polícia Federal chegaram ao prédio do ex-governador por volta das 6h (Foto: Carlos Brito / G1)

G1 – A Polícia Federal realiza na manhã desta quinta-feira (17) operação para prender o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral. Ao todo, a PF cumpre 38 mandados de busca e apreensão, oito de prisão preventiva e 14 conduções coercitivas.

Os mandados foram expedidos pela 7ª Vara Federal do Estado pelo juiz Marcelo Bretas. A acusação é de cobrança de propina em contratos com o poder público. A PF chegou a casa do ex-governador, no Leblon, por volta das 06h (horário de Brasília).

Além de Sérgio Cabral, a Polícia cumpre mandados de prisãi preventivo contra o ex-secretário do governo de Cabral, Wilson Carlos, e do ex-secretário de obras, Hudson Braga. A ex-primeira-dama fluminense, Adriana Anselmo, será conduzida coercitivamente até a sede da Polícia Federal.

Cabral e os demais acusados são suspeitos de recebimento de propina em troca de concssões em obras públicas, entre elas a reforma do Maracanã e a construção do Arco Metropolitano. A ação desta quinta-feira deu-se a partir de delação de executivos da Andrade Gutierrez e da Carioca Engenharia. Esta, comprovou pagamento de mais de R$ 176 milhões em propina para o grupo.

Compartilhe aqui:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*