Greve Geral: Aeroviários do principal aeroporto da América Latina paralisarão dia 28 de abril

Aeroviários (trabalhadores em solo das companhias aéreas) em assembleia hoje de manhã (24) no Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP), votaram paralisação no próximo dia 28 de abril, próxima sexta-feira, contra a Reforma Trabalhista, Reforma da Previdência e a terceirização irrestrita. Os demais trabalhadores, aeronautas (tripulantes) e aeroportuários (funcionários da Infraero e concessionárias dos aeroportos), realizarão assembleias esta semana.

Somados com a possível aprovação da paralisação nos setores de transportes em todo país (como rodoviários e metroviários), junto a educação e saúde, a paralisação dos trabalhadores dos principais Aeroportos do país dará um peso distinto à paralisação esta semana, atingindo voos internacionais e outros aeroportos, e significar uma das maiores ações de paralisação da classe trabalhadora brasileira nas últimas décadas.

A força da unidade dos trabalhadores na luta contra as reformas do governo golpista é capaz, apesar das direções da burocracia sindical (CUT e CTB), de fazer uma das mais contundentes ações organizadas parando a produção e os transportes das últimas décadas. É preciso derrotar todo o plano de ajustes contra os trabalhadores e juventude e o governo golpista de Temer, sem nenhuma trégua, protagonizando uma greve geral até derrubar Temer e as reformas. Tomemos a luta em nossas mãos, exigindo um plano de lutas e um encontro nacional com delegados eleitos na base em cada fábrica e local de trabalho em todo o país, e vamos impor uma Nova Constituinte pra que sejam os capitalistas que paguem pela crise pela qual criaram.

Compartilhe aqui:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*