Empresário alvo de operação se suicidou, diz polícia

morato

O empresário Paulo César Morato, alvo da Operação Turbulência, teria se suicidado, segundo concluiu a Polícia Civil de Pernambuco. Morato foi encontrado morto em um motel em Olinda, no Grande Recife, em 22 de junho.

O fato correu um dia após a deflagração da operação que apura o esquema que teria movimentado mais de R$ 600 milhões na campanha de Eduardo Campos (PSB) ao governo de Pernambuco e na aquisição do jatinho usado por ele na campanha presidencial de 2014.

Compartilhe aqui:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*