CORRUPÇÃO: TRF-4 vota por condenar mulher de Cunha em 2ª instância

A maioria da oitava turma do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) votou por condenar a jornalista Cláudia Cruz, mulher do ex-deputado Eduardo Cunha (MDB-RJ), no julgamento de um processo da Operação Lava Jato nessa quarta-feira (9) em Porto Alegre.

Dois dos três desembargadores foram contra a posição tomada pelo juiz Sergio Moro, de absolver a esposa de Cunha em primeira instância.

No entanto, segundo destaca o UOL, a análise do caso foi interrompida por um pedido de vista do terceiro desembargador, Victor Laus.

O julgamento ainda não chegou ao fim e os magistrados ainda podem mudar seus votos. Não há prazo para o julgamento ser retomado.

Compartilhe aqui:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*