Corrupção: Rogério Marinho (PSDB-RN), relator da “Reforma Trabalhista” é acusado de fraude e trapaças

O relator da “reforma” que destrói os direitos trabalhista, deputado Rogério Marinho (PSDB-RN), é investigado pelo STF por relação com empresa terceirizada fraudulenta, acusado de participar de prestadora de serviços que coagia empregados demitidos a renunciar às verbas rescisórias e a devolver a multa do FGTS. Através das fraudes, segundo o Ministério Público do Trabalho (MPT), a companhia se apropriou ilegalmente de R$ 338 mil devidos a mais de 150 trabalhadores.

É essa gente “de bem” que está revogando os direitos do povo brasileiro. Jamais esqueceremos e lutaremos para reverter este retrocesso.

Compartilhe aqui:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*