CDP de Jucurutu tem duas viaturas reformadas com mão de obra apenada

Fonte: Blog PM Jucurutu – A direção do CDP de Jucurutu fez trabalho de recuperação em carros sucateados do Estado. Na atual crise que passa o sistema penitenciário, Reginaldo Gomes vai de encontro a toda essa situação, utilizando mão de obra dos detentos, conseguindo transformar o CDP de Jucurutu em um estabelecimento prisional que serve de modelo para todo RN.

Somado a isso, presos que se voluntariam a contribuir com mão de obra, botam a “mão na massa” e, além fazer com que o Estado não gaste, ainda recebem a redução de pena, que funciona da seguinte forma: a cada três dias trabalhados, o detento terá um a menos para cumprir. “Temos que dar oportunidades a esses profissionais, que erram, mas que precisam voltar à sociedade recuperados. Trancados numa cela sem fazer nada, com certeza vão ficar ociosos, e a tendência é ser muito mais difícil uma recuperação”, argumenta Reginaldo Gomes.

Segundo o Diretor, o CDP de Jucurutu é o único no Estado que tem duas viaturas próprias e sem ter custado nada aos cofres públicos. Nos demais estabelecimentos prisionais, os veículos são alugados pelo governo.

Ainda, de acordo com Reginaldo Gomes, O CDP de Jucurutu, desde a sua inauguração, em 2010, já passou por diversas reformas, e todas elas teve uma mão de obra totalmente apenada.

Compartilhe aqui:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*