23/01/2018
Por Edilson Silva em Policial, Tempo

Globocop cai na praia do Pina, em Recife, deixando dois mortos

Um helicóptero da TV Globo caiu na praia do Pina, em Recife, por volta das 6h desta terça-feira, deixando dois mortos. O socorro foi realizado pelo Serviço Móvel de Urgência (Samu). Uma terceira pessoa a bordo ficou ferida, segundo informações do portal G1.

O incidente ocorreu na altura do bairro de Vila Teimosa, na Zona Sul da capital de Pernambuco, durante a estreia do novo programa jornalístico “Bom dia Pernambuco”.


23/01/2018
Por Edilson Silva em RN, Tempo

Meteorologistas indicam chuvas acima da média no RN

A previsão de permanência do Fenômeno La Niña no Oceano Pacífico, associado com a melhora nas condições da temperatura superficial das águas do Oceano Atlântico sul, indicam uma tendência de chuvas de normal a acima do normal para o período chuvoso no semiárido potiguar, que vai de fevereiro a abril de 2018. Nesta época chove em média de 500mm a 600mm, principalmente nas regiões Oeste e Central.

A conclusão foi divulgada durante a realização em Fortaleza/ CE do XX Workshop Internacional de Avaliação Climática para o Semiárido Nordestino, pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme).

Essa informação é de extrema importância não só para o seguimento agropecuário, mas para toda economia do Rio Grande do Norte, já que 93% do território potiguar está no semiárido. Os potiguares têm enfrentado uma seca severa que resultou nos esvaziamento de reservatórios importantes para o abastecimento da população.


19/01/2018
Por Edilson Silva em Paraíba, Tempo

Rio Piranhas em Pombal aumenta volume, após precipitações desta sexta (19)

Informações repassadas através de um leitor da nossa página dão conta que o Rio Piranhas no município de Pombal/PB aumentou consideravelmente seu volume, após precipitações desta sexta (19).

Veja na imagem enviada ao Blog.


19/01/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu, Tempo

Internautas fazem registro das precipitações desta sexta (19)

Das mais variadas cidades e lugares da zona rural, internautas fizeram o registro das precipitações que banharam o interior do estado do RN no fim de tarde desta sexta-feira (19).

O Blog Edilson Silva recebeu via WhatsApp algumas imagens enviadas através dos nossos leitores. Assú, São Rafael, Boqueirão, Florânia, Santana do Matos, Caicó, Jardim de Piranhas, Jucurutu, Barra de Santana e outras localidades foram agraciadas com fortes chuvas.

Veja:

 


19/01/2018
Por Edilson Silva em Tempo

Chuva causa alagamentos e complica trânsito no Grande Recife

NA madrugada e a manhã desta sexta-feira (19) foram marcadas por chuvas intensas na Região Metropolitana do Recife (RMR), que geraram transtornos devido a pontos de alagamento.

A Agência de Águas e Climas de Pernambuco (Apac) registrou, até as 9h, 51,28 milímetros de chuva no bairro da Várzea, no Recife. O esperado para todo o mês, para o Grande Recife, é de aproximadamente 100 milímetros.

Na tarde da quinta-feira (18), a Apac havia emitido um alerta indicando probabilidade de chuvas com intensidade moderada a forte em três regiões do estado: a Região Metropolitana do Recife, a Zona da Mata e o Agreste Setentrional e Central. A previsão é válida até sábado (20).


18/01/2018
Por Edilson Silva em Tempo

Rio Grande do Norte tem previsão para chuvas em todo o território a partir desta sexta-feira (18)

A partir desta sexta-feira (19), as chuvas deverão se distribuir por todo o território do Rio Grande do Norte, se concentrando especialmente no interior, previu a Emparn à Tribuna do Norte. No litoral, as chuvas deverão acontecer de forma mais espaçada durante a madrugada e manhã.

A previsão é válida para até quarta-feira (24). A expectativa é que, na região Oeste, as chuvas aliviem a situação das barragens. Na semana passada, a Armando Ribeiro Gonçalves, em Assu, chegou ao seu menor nível, de pouco mais de 11% de armazenamento.


18/01/2018
Por Edilson Silva em Fortaleza, Tempo

Maior chuva do ano em Fortaleza causa alagamentos e transtornos

Fortaleza registrou, entre o período das 7 horas de quarta-feira (17) às 7 horas desta quinta-feira (18), a maior chuva do ano, com 20,6 milímetros (Posto Messejana), segundo boletim da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). A precipitação causou alagamentos em diversas ruas e avenidas da capital. Conforme a A Funceme, choveu 23,8 milímetros somente nesta quinta-feira.

A Defesa Civil de Fortaleza recebeu vários chamados desde a madrugada. Segundo o órgão, não houve nenhum chamado para desabamento ou ocorrência grave. A maioria, de acordo com Defesa Civil, é de vias alagadas por causa de bueiros entupidos.

O órgão informou que foram constatados alagamentos na Avenida Perimetral, próximo a Rua Coronel Carvalho (Campo do Ferroviário) e Rua Cônsul Gouveia, no Bairro Carlito Pamplona.

Várias equipes estão nas ruas e a Defesa Civil deve divulgar um boletim com as ocorrências ao meio dia de quinta. Por volta das 7h, uma equipe do órgão se deslocou para o Rio Maranguapinho, no Bairro Siqueira, para fazer um monitoramento e saber se há risco de inundação.


17/01/2018
Por Edilson Silva em Mundo, Tempo

Aulas são suspensas após temperaturas chegarem a – 67º C em região da Rússia

Nem os termômetros aguentaram a queda nas temperaturas na remota região russa de Yakutia, que atingiu – 67º C em algumas áreas nesta terça (16).

Nessa região, a cerca de 5.300 km de Moscou e onde vivem 1 milhão de pessoas, os estudantes costumam ir à escola mesmo quando a temperatura chega a – 40º C. Mas nesta terça as aulas foram canceladas e a polícia mandou os pais deixarem seus filhos em casa.

Na vila de Oymyakon, um dos lugares habitados mais frios do planeta, a TV estatal russa mostrou mercúrio vazando de um termômetro que só consegue medir temperaturas até os 50 graus negativos. Em 2013, Oymyakon registrou um recorde histórico de – 71º C.

No final de semana, dois homens morreram congelados quando tentaram caminhar até uma fazenda depois que o carro deles quebrou. Outros três homens que estavam com eles sobreviveram porque estavam usando roupas mais quentes, segundo policiais.

Mas a assessoria de imprensa do governo de Yakutia disse nesta terça que todas as casas e estabelecimentos da região tem aquecimento central em funcionamento e acesso a geradores de energia para casos de emergência.

Os moradores do local estão acostumados com o frio e a onda desta semana sequer dominou as manchetes desta terça.

Na vila de Oymyakon, um dos lugares habitados mais frios do planeta, a TV estatal russa mostrou mercúrio vazando de um termômetro que só consegue medir temperaturas até os 50 graus negativos. Em 2013, Oymyakon registrou um recorde histórico de – 71º C.

No final de semana, dois homens morreram congelados quando tentaram caminhar até uma fazenda depois que o carro deles quebrou. Outros três homens que estavam com eles sobreviveram porque estavam usando roupas mais quentes, segundo policiais.

Mas a assessoria de imprensa do governo de Yakutia disse nesta terça que todas as casas e estabelecimentos da região tem aquecimento central em funcionamento e acesso a geradores de energia para casos de emergência.

Os moradores do local estão acostumados com o frio e a onda desta semana sequer dominou as manchetes desta terça.


15/01/2018
Por Edilson Silva em RN, Tempo

Emparn registra chuvas em Natal e mais 29 cidades do interior potiguar

Foto: Edilson Silva

O fim de semana foi de chuva em pelo menos 30 municípios do Rio Grande do Norte, a maior parte deles na região Oeste – uma das que mais sofre com a seca. A estiagem, que já dura seis anos consecutivos, é considerada a mais severa de todos os tempos no estado.

De acordo com a Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn), que registrou as chuvas entre as 7h da sexta-feira (12) e as 7h desta segunda (15), a maior precipitação foi em Umarizal, com 25 milímetros.

Também choveu em outras regiões do estado.

Confira a lista:

Umarizal: 25mm
Assu: 17mm
Baraúna: 16,9mm
Viçosa: 15mm
Itaú: 13,9mm
Ipanguaçu: 9,4mm
Portalegre: 4,8mm
Frutuoso Gomes: 3mm
Janduís: 3mm
Carnaubais: 2,5mm
Alto do Rodrigues: 2,3mm
São Rafael: 1,7mm
São Francisco do Oeste 0,8mm
Região Central
São José do Seridó: 12mm
Caicó: 3,1mm
Cruzeta: 2,9mm
São Fernando: 1,2mm
Região Agreste
João Câmara: 11mm
Bento Fernandes: 4mm
Monte Alegre: 4mm
Bom Jesus: 3,4mm
Vera Cruz: 3,2mm
Nova Cruz: 2mm
Região Leste
Maxaranguape: 7,5mm
Extremoz: 6,6mm
Natal: 6,5mm
Ceará-Mirim: 6,4mm
Senador Georgino Avelino: 5,2mm
Goianinha: 3,5mm
Montanhas: 1,3mm


13/01/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu, Tempo

Região Oeste do RN acumula maior volume de chuvas durante a semana

A semana foi de chuva em diversos municípios do Estado. A maior concentração, de acordo com dados da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn), ficou na região Oeste Potiguar.

Segundo o meteorologista Gilmar Bistrot, da Emparn, a região foi beneficiada com mais chuvas por causa do Vórtice Ciclônico de Ar Superior (VCAS). Esse sistema meteorológico é formado por um conjunto de nuvens que, a partir de imagens de satélite, parecem um círculo girando no sentido horário.

“Esse sistema é comum nessa época do ano. Ele atua por até 10 dias e depois se dissipa. Então, ele atuou durante essa semana, com chuvas preferencialmente no interior do estado e algumas partes do litoral”, explicou.

Ainda de acordo com Bistrot, a intensidade das chuvas devem diminuir nos próximos dias, mas ainda serão registradas precipitações pelo RN.

“Neste final de semana, as chuvas deverão diminuir. É uma diminuição que não significa que não teremos chuvas.A tendência é que agora a gente tenha alguns dias com poucas chuvas, sem a homogeneidade dos últimos dias”, explanou.

Entre às 7 horas de quinta-feira (11) e às 7 horas desta sexta-feira (12), a Emparn registrou chuva em 33 postos de medições espalhados pelo Estado. A maior precipitação foi anotada em Umarizal com 55 milímetros.

Confira o boletim pluviométrico das últimas 24 horas

MESORREGIÃO OESTE POTIGUAR
Umarizal(Fazenda Camponesa (particular) 55,0
Olho D’Água Dos Borges (Particular) 52,0
Rodolfo Fernandes (Prefeitura) 52,0
Messias Targino (Prefeitura) 31,7
Rafael Godeiro (Emater) 31,2
Patu (Particular) 25,0
Sao Francisco Do Oeste (Prefeitura) 21,7
Tenente Ananias (Emater-st Mororo) 16,5
Portalegre (Particular) 16,1
Riacho Da Cruz (Emater) 15,7
Rafael Fernandes (Emater) 15,5
Jucurutu (Emater) 13,0
Janduis (Emater) 12,2
Frutuoso Gomes (Emater) 10,0
Água Nova (Prefeitura) 8,3
Lucrécia (Emater) 5,9
Pau Dos Ferros (Particular) 5,0
Riacho De Santana (Emater) 5,0
Alexandria (Emater) 2,5
Campo Grande (Particular 2) 2,1
Campo Grande (Particular) 1,7
Dr. Severiano (Emater) 1,5

MESORREGIÃO CENTRAL POTIGUAR
Parelhas (Emater) 23,5
Jardim Do Seridó (Emater/passagem) 16,0
Florânia (Sitio Jucuri) 15,6
Cruzeta (Base Fisica Da Emparn) 5,7
Santana Do Seridó (Emater) 1,6
São Fernando (Emater) 0,4

MESORREGIÃO AGRESTE POTIGUAR
Bom Jesus (Particular) 2,0

MESORREGIÃO LESTE POTIGUAR
Parnamirim (Base Fisica Da Emparn) 4,3
Canguaretama (Emater/barra De Cunhau) 4,1
Maxaranguape (Particular) 1,5
Baia Formosa (Destilaria Vale Verde) 0,7


12/01/2018
Por Edilson Silva em Tempo

‘Profeta da chuva’ prevê período chuvoso longo e acima da média

O período chuvoso de 2018 no Ceará deve ser longo e com precipitações acima da média, segundo prognóstico feito pelo “profeta da chuva” Josué Viana. Ele faz parte de um grupo de pessoas que fazem previsões com base em elementos da natureza. “Vai ser uma surpresa pra todo mundo, pois vamos ter um inverno inesperado e sair da seca depois de seis anos”, comentou.

A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) ainda não divulgou o prognóstico de chuva oficial de 2018. Para o profeta, o período chuvoso deste ano será como o de 2005, ano em que o estado registrou boas chuvas. Além disso, conforme Josué Viana, o Ceará terá as chuvas prolongadas, indo até o início de agosto.

“Vamos ter um inverno com muita chuva, como há anos não vemos. Teremos um inverno indo até agosto, com chuvas fortes e até raios. Vai ser parecido com as experiências que aconteceram em 2005 e também em 2008. Nesses anos eu previ muita chuva e aconteceu”, afirmou.

Josué Viana diz que fez a previsão com base nos astros na cidade de Quixadá, interior do Ceará. Ele olha as nuvens e, com base nos formatos, estima se o ano será com chuvas regulares ou não. Neste ano, o profeta observou um fenômeno chamado “Ramo de São José”.

“Estou com fé que teremos um bom inverno. Quando aparece um desenho de um ‘Raminho de São José’ é sinal de que terá muita chuva. Em outubro, eu avistei seis raminhos. Isso é ainda melhor”, afirmou.

O profeta afirma ainda que as chuvas ocorrerão principalmente no horário da noite. “De manhã o céu estava limpo, mas nuvens se concentraram mais a noite. É o que vai acontecer também no inverno. Vai ter chuva de dia, mas será mais a noite”, acrescentou.

Encontro dos profetas

O XXII Encontro dos Profetas da Chuva será realizado no sábado (13), em Quixadá. Os profetas se encontram em um evento que reúne ainda agricultores, técnicos e curiosos em busca de previsões de como será o período chuvoso no ano.

Os profetas populares divulgam as chuvas com base em elementos da natureza, como movimento de animais e leitura flores de mandacaru.


12/01/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu, Tempo, Vídeo Blog

Imagens das chuvas desta quinta-feira (11) em Jucurutu

O fim de tarde da última quinta-feira (11) foi de muita chuva no município de Jucurutu e região. De acordo com moradores da zona rural o Sítio Jangada foi um dos locais onde as precipitações vieram com mais intensidade.

Marjorie Ovídeo, Secretária de Saúde informou que na propriedade de seus avós choveu mais de uma hora e quarenta minutos.

Confira registro na zona urbana:


12/01/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu, Tempo

Chuva de 100 milímetros é registrada em comunidade no município de Jucurutu

O sertanejo seridoense aguarda com ansiedade a consolidação do inverno. Em algumas cidades e comunidades do Seridó, o início do ano já registrou algumas precipitações pluviométricas.

E uma boa notícia de chuva vem do município de Jucurutu. Nesta quinta-feira (11), na Fazenda Jangada do Sr. Chico Ovídio e a Sr.ª Iraci, foi registrada uma chuva de 100 milímetros.

As chuvas que foram registradas durante os primeiros dias de janeiro em algumas localidades do Seridó fazem com que os agricultores se animem e acreditem que este ano será farto para a agricultura da região.

Por Paulo Júnior – Jornal Correio do Seridó


11/01/2018
Por Edilson Silva em Barra de Santana, Jucurutu, Tempo

Internauta registra chuva no Distrito de Barra de Santana

O tempo quente a abafado dos últimos dias, no interior do estado do Rio Grande do Norte, trouxe chuva para a localidade de Barra de Santana nesta tarde de quinta-feira (11).

As precipitações tão aguardadas fizeram a alegria dos residentes na comunidade.

Alguns aproveitaram a água que caia do céu para darem aquela geral nas casas, calçadas e até nos automóveis.

Veja no vídeo enviado por moradores ao Blog Edilson Silva.

 


10/01/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu, Tempo

Choveu nesta quarta (10) em Jucurutu

Chove em Jucurutu na tarde desta quarta-feira (10).

De acordo com a previsão do tempo o jucurutuense terá o período vespertino com presença de chuvas e trovoada.

Veja imagens do Centro da cidade neste momento 14h e 47min.


09/01/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu, Tempo

Chuva, raios e trovoadas em Fortaleza (CE)

Chove com forte intensidade na capital cearense desde às 11 da manhã desta terça, 9 de janeiro de 2018. A chuva está vindo acompanhada de raios e trovoadas, sendo a primeira precipitação desse tipo, por aqui, em 2018. Na madrugada de hoje, tivemos um pancadão às 3 da manhã, que também registrei aqui. É uma ótima notícia para o fortalezense, pois o calorão estava de rachar nos últimos.


09/01/2018
Por Edilson Silva em Acari, Tempo

Fotógrafo registra espetáculo das nuvens se preparando para as chuvas em Acari

O fotógrafo Flávio Medeiros registrou um espetáculo da natureza na Serra das Cruzes, município de Acari. A imagem foi feita ontem, 08 de janeiro, quando a cidade se preparava para ser banhada pela chuva.

“De hoje… Um lindo espetáculo da natureza pra renovar a nossa Fé.

#serradascruzes #gargalheiras“, registra o fotógrafo em sua página no facebook.


08/01/2018
Por Edilson Silva em Tempo

Voltou a chover no fim de semana na região do Seridó potiguar

A chuva voltou a cair neste fim de semana na região do Seridó potiguar. No sábado, dia 6, no Sítio Umburana, município de São José do Seridó, o pluviômetro marcou 6 milímetros. Já no domingo choveu em Tenente Laurentino (6 mm), São Vicente (30 mm).

Nas redes sociais uma informação de chuva de mais de 60 mm no Sítio Vaca Brava.

Precipitações confirmadas oficialmente:

São Vicente (Entrada da Cidade) 30 mm

Sítio Vaca Brava (Acari) 65 mm

Sítio Torrão (São Vicente) 60 mm

Sítio Cachoeirinha (São Vicente) 55 mm

Sítio Vaca Brava (São Vicente) 53 mm

Quinquê (São Vicente) 45 mm

Sítio Jucurutu (São Vicente) 25 mm

Tenente Laurentino: 6 mm

Comunidade Trangola (C. Novos) 5 mm


28/12/2017
Por Edilson Silva em Jucurutu, Tempo

Será que vai chover!?

Foto: Arquivo Edilson Silva

O pesquisador em Climatologia da cidade de Santa Cruz, Sertão da Paraíba, Ricardo César Alves de Andrade, disse esta semana que os seis anos com invernos irregulares e chuvas abaixo da média no semiárido nordestino chegará ao fim. Ele prevê chuvas fortes já no mês de janeiro de 2018.

Segundo as previsões do estudioso, depois de uma longa e dramática sequência de anos com precipitações escassas e irregulares, finalmente vai chover o suficiente para pôr fim à crise hídrica que assola o semiárido do Nordeste há seis anos.

A expectativa é que as chuvas cheguem fortes e abrangentes em todos os estados do Nordeste já no mês de janeiro em decorrência da atuação de sistemas meteorológicos de grande escala com o Vórtice Ciclone e a Zona de Convergência Intertropical.


19/12/2017
Por Edilson Silva em RN, Tempo

Emparn registra chuva em três áreas do RN

A Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) registrou precipitação de chuvas em três áreas do Estado entre a sexta-feira (15) e a manhã de segunda-feira (18).

Em Natal, que está inserida na mesorregião Leste Potiguar, foram registrados 8 milímetros de chuva. Já no Agreste Potiguar, o órgão catalogou precipitação de 3,8 mm em Vera Cruz.

O maior volume de chuva foi registrado em Major Sales, localizado na mesorregião Oeste Potiguar, com 18 milímetros.




Facebook


Twitter