16/02/2014
Por Edilson Silva em Brasil, Tempo

Temporal em São Paulo não foi suficiente para elevar níveis dos reservatórios

9fev2014-represa-jaguari-que-faz-parte-do-sistema-cantareira-em-jacarei-sao-paulo-esta-mais-de-oito-metros-abaixo-do-seu-nivel-de-vazao-devido-a-falta-de-chuvas-1391974654552_956x500

.

A forte chuva que caiu sobre a capital paulista na noite desta sexta-feira não foi suficiente para alterar o baixo nível do Sistema Cantareira – que abastece com água a Região Metropolitana de São Paulo.

.

Segundo a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), neste sábado o sistema atingiu o menor nível desde 1974, ano em que foi criado: 18,6%.

.

A água só ganhou volume no Rio Atibaia, que abastece a região de Campinas. Já o Jaguari, considerado o principal abastecedor de água do Cantareira, registrou 20 milímetros até o início da noite de sexta, medida considerada insuficiente.

.

.

.


14/02/2014
Por Edilson Silva em Jucurutu, RN, Tempo

Em Umarizal choveu 40mm

Chuvas3

.

A Emparn acaba de divulgar o boletim meteorológico com as precipitações pluviométricas ocorridas nas últimas horas em vários municípios potiguares.

.

Na mesorregião do Oeste potiguar a melhor precipitação foi no município de Umarizal com 40mm.

.

Confira outros registros:

.

Umarizal(Fazenda Camponesa(partic)) – 40,0 mm

Viçosa(Prefeitura) – 32,3 mm

Gov. Dix-sept Rosado(Particular)- 23,6mm

Pendências(Emater) – 22,3 mm

Serra Do Mel(Prefeitura) 18,1 mm

Itau(Particular) – 17,0 mm

Upanema(Prefeitura) – 15,7 mm

Portalegre(Particular) – 12,7 mm

Campo Grande(Particular 2) – 12,1mm

Major Sales(Prefeitura) – 10,0 mm

José da Penha(Emater) – 8,6 mm

Alto do Rodrigues(Emater) – 8,3mm

Grossos – 8,2 mm

São Miguel(Emater) – 7,5 mm

Severiano Melo(Prefeitura) – 7,5 mm

Campo Grande(Particular) – 5,8 mm

Patu(Particular) – 5,0 mm

Dr. Severiano(Emater) – 4,0 mm

Rafael Fernandes(Emater) – 3,7 mm

Lucrecia(Emater) – 3,4mm

Rodolfo Fernandes(Prefeitura) – 1,8mm

Ipanguaçu(Emater) – 1,6 mm

.

.

.


14/02/2014
Por Edilson Silva em Jucurutu, RN, Tempo

Chuvas aumentam nível do rio Barra Nova em direção ao açude Itans

.

Há informações de boas chuvas caídas nas últimas horas na região de Ouro Branco, ocasionando o aumento no nível do rio Barra Nova que, consequentemente, deságua no açude Itans, em Caicó.

.

Chuvas na região:

.

130 mm: Sítio Jurupá (Ouro Branco)

120 mm: Sítio Fechado (Ouro Branco) e sítio Timbaúba (Ouro Branco)

117 mm: Sítio Carnaubinha

95 mm: Sítio Patacoroa (Florânia)

80 mm: Sítio Cachoeirinha (Ouro Branco)

75 mm: Distrito Palma (Caicó)

70 mm: Sítio Lages (Ouro Branco)

65 mm: Sítio Buriti (Jardim do Seridó), Ouro Branco (zona urbana) e barragem Passagem das Traíras

57 mm: Sítio Cachos

50 mm: Sítio Alegre (Caicó) e São Fernando

51 mm: Sítio Saquinho e sítio Umari

43 mm: Sítio Arame

42 mm: Sítio Batente

20 mm: Sítio Jucuri e sítio Carrapateira

19 mm: Brasilgás (Caicó)

15 mm: Açude Mundo Novo

14 mm: Sítio Esguicho

12 mm: Sítio Umarizeiro (São Fernando)

8 mm: Barra da Espingarda (Caicó)

.

.

.


13/02/2014
Por Edilson Silva em Jucurutu, RN, Tempo

Chuvas banham o Seridó nesta quarta-feira (12)

untitled

.

As chuvas voltaram a banhar a região do Seridó na noite de ontem (12). Confira os registros:
.

72 mm: Sítio São Jerônimo
65 mm: Sítios Várzea Redonda e Umarizeiro
55 mm: Granja Santa Isabel (Caicó)
52 mm: Fazenda Nova Iorque (São Fernando)
40 mm: Sítios Garcia (São Fernando) e Angicos (Jardim de Piranhas)
38 mm: Sítio Ramada (São Fernando)
35 mm: Sítio cachoeira Grande (Caicó)
29 mm: Brasilgás (Caicó)
22 mm: CEJA (Caicó)

.

Foto: Robson Pires

.

.

.


13/02/2014
Por Edilson Silva em Jucurutu, RN, Tempo

Emparn prevê pancadas de chuva em todas as regiões do RN

.

A previsão para esta quinta-feira, segundo a Emparn, é de pancadas de chuva em todas as regiões do Rio Grande do Norte. O serviço de meteorologia registrou precipitações em 45 municípios entre a terça-feira e a manhã de ontem. A maioria deles localizada na mesorregião oeste potiguar.

.

Coronel João Pessoa (50mm), Rafael Fernandes (26,9mm) e Alexandria (25mm) registraram as maiores chuvas. Enquanto Vera Cruz e Sítio Novo, na região agreste, marcaram 22mm e 19mm respectivamente. Apenas um município da região Central, São Fernando (8,5mm), registrou chuva.

.

O acumulado de chuvas, mesmo nos municípios da região oeste, não foi suficiente por enquanto para recompor os níveis dos açudes e barragens. As precipitações têm ocorrido em intensidade moderada e como o solo estava muito seco — consequência de dois anos de seca — é normal que os reservatórios ainda não tenham captado água suficiente, afirmam os técnicos do governo.

.

De acordo com o monitoramento feito pela Emparn que aponta os municípios com maiores acumulados de chuva este ano, ao menos sete cidades registravam índices superiores a 100mm até ontem. Em Frutuoso Gomes e Martins, por exemplo,  choveu 190mm e 138mm respectivamente.

.

.

.


13/02/2014
Por Edilson Silva em Jucurutu, RN, Tempo

Emparn afirma que a pré-estação chuvosa está definida no Estado

untitled1

.

Tribuna do Norte – As chuvas devem continuar, especialmente na região Oeste e Alto Oeste potiguar, e segundo a Emparn há orientação ao Governo do Estado quanto à distribuição das sementes para os municípios dessa região. As precipitações também continuam nas regiões Central e Seridó. As precipitações dos últimos dias e as condições climáticas favoráveis permitem a Emparn afirmar que está definida a pré-estação chuvosa, mas é preciso aguardar a regularidade para só então definir se os agricultores podem ou não plantar. As chuvas, de acordo com o chefe do setor de meteorologia, Gilmar Bristot, devem aumentar especialmente no oeste potiguar até o final da semana.

.

A incidência dessas precipitações se deve à atuação da Zona de Convergência, que segundo Bristot, continua se deslocando do oeste potiguar rumo à região do Vale do Açu, onde as chuvas devem chegar em menor intensidade. “A velocidade do vento diminuiu, e as temperaturas nos oceanos melhoraram, o que contribui”, afirma.

.

“As condições são favoráveis para continuar chovendo, inclusive nesses municípios localizados entre as regiões Central e Seridó”, disse Bristot, “mas ainda é cedo para orientarmos distribuição de sementes porque as o solo ainda não está úmido o suficiente”.

.

A governadora Rosalba Ciarlini disse, nessa segunda-feira durante a reunião periódica do Comitê da Seca, que o Governo do Estado deve começar a distribuição das sementes em até 15 dias, tendo em vista que já estava licitado. A reportagem tentou obter informações sobre quais municípios devem receber as sementes e como os agricultores devem proceder para ater acesso, mas a Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Pesca disse através da assessoria de comunicação que ainda não há definições dessas estratégias. Alguns desses aspectos estavam sendo discutidos na tarde de ontem na secretaria.

.

O meteorologista explica que a zona de convergência já vem atuando nos estados do Piauí e Maranhão, de onde normalmente chega ao Rio Grande do Norte, a partir do oeste potiguar até chegar às regiões localizadas mais ao centro do Estado.

.

.

.


12/02/2014
Por Edilson Silva em Brasil, Jucurutu, Tempo

Ondas de calor que país enfrenta poderão ser mais frequentes, diz especialista

.

O calor excessivo registrado em 2013 e nesse início de 2014 pode acontecer com mais frequência nos próximos anos se não conseguirmos reduzir o impacto do aquecimento global no meio ambiente, explicou o secretário de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Carlos Nobre.

.

Em entrevista à Agência Brasil, o secretário explicou que episódios isolados de períodos muito secos ou de muitas chuvas já ocorreram no passado, e alguns são típicos das estações do ano, como as ondas de calor. “Um fenômeno extremo isolado não permite que alguém imediatamente aponte o dedo e diga que é culpa do aquecimento global”, disse.

.

No entanto, explicou que o aquecimento global aumenta o número de ondas de calor. “Cem anos atrás, esse calor extremo acontecia a cada dez ou 20 anos. Com o aquecimento da Terra, vamos viver isso com mais frequência, e daqui a 100 ou 200 anos, esse vai ser o clima do dia a dia”.

.

.

.


11/02/2014
Por Edilson Silva em Jucurutu, RN, Tempo

Meteorologista se mostra otimista sobre a recuperação dos reservatórios

.

Em relação à expectativa de chuvas para o Rio Grande do Norte, Gilmar Bristot ressaltou que o comportamento dos oceanos tem se mostrado em melhor condição. “O Atlântico Norte está mais frio, o Atlântico Sul mais quente e o Pacífico numa situação de neutralidade. Essas condições indicam um comportamento de chuvas próximo à normalidade no Estado. Já observamos chuvas acontecendo no interior do Estado, no sul do Ceará e na Paraíba.

.

No final de semana aqui no Rio Grande do Norte tivemos boas chuvas no Alto Oeste com acumulado entre 80 mm a 90 mm, o que já significa o início do período chuvoso para aquela região”, explica o meteorologista.

.

Questionado sobre a possibilidade de recuperação dos reservatórios do Estado, Gilmar Bristot se mostra otimista. “Tudo indica que podemos ter uma recuperação sim. Estamos esperando uma condição de normalidade, o que significa chuva de 700 mm a 800 mm em algumas regiões e, em outras, de 600 mm a 700mm. Esses volumes já podem trazer uma recuperação mínima de 30% a 40% da situação de hoje”, conclui.

.

.

.


11/02/2014
Por Edilson Silva em Jucurutu, RN, Tempo

Emparn diz que as chuvas estão chegando ao Seridó

.

Durante reunião que aconteceu na última segunda – feira (10) na Governadoria, o chefe do setor de meteorologia da EMPARN, Gilmar Bristot, apresentou as previsões para o inverno deste ano.

.

Ouviram a explanação a governadora Rosalba Ciarlini e o seu secretariado, representantes do Banco do Nordeste, autoridades estaduais e prefeitos potiguares. As expectativas, segundo Bristot, são de chuvas regulares em todo o estado, mas isso dependerá ainda do aquecimento dos oceanos que ocorre até o mês de abril. Esse fato pode melhorar as previsões climáticas.

.

No dia 20 de fevereiro acontecerá a última reunião de avaliação na Emparn, quando  será distribuída uma tabela com uma estimativa de chuva nas regiões do Oeste e Seridó. Essa tabela poderá orientar as ações dos Gestores Públicos e ter uma ideia da quantidade de água que chegará aos municípios. Segundo informações de Gilmar Bistrot, as chuvas estão caindo na Região do Alto Oeste e logo cairá no Seridó com mais frequência.

.

.

.


08/02/2014
Por Edilson Silva em Jucurutu, Tempo

Sábado de sol e chuva em Jucurutu/RN

 1601196_263364893830193_1928020273_n

.

E as chuvas voltaram a visitar o município de Jucurutu/RN neste fim de semana. A tarde deste sábado (08) de fevereiro começou com chuvas moderadas e rápidas aqui na região do seridó. Confira na imagem acima registrada pelo blog do Edilson Silva.

.

Com o aumento da temperatura nos últimos dias os termômetros chegaram a marcar até 38º C ao longo da semana. Tem sido assim temperaturas altas e supercalor aqui em Jucurutu/RN.

.

Segundo a previsão do instituto clima tempo os jucurutuenses terão um sábado marcado por sol e aumento de nuvens com pancadas de chuvas previstas para à tarde e noite de hoje.

.

.

.


06/02/2014
Por Edilson Silva em Jucurutu, Mundo, Tempo

Ano de 2013 foi o sexto mais quente desde 1850

.

O ano de 2013 foi o sexto mais quente desde 1850, igualado a 2007, segundo estatísticas da Organização Meteorológica Mundial (OMM), uma agência das Nações Unidas. A temperatura média na superfície de terras e oceanos superou em 0,50°C a média calculada no período 1961-1990 e em 0,03°C a média da última década (2001-2010), segundo a OMM.

.

“A temperatura mundial para 2013 é congruente com a tendência de aquecimento a longo prazo”, disse o secretário-geral da OMM, Michel Jarrad.

.

“O ritmo do aquecimento não é uniforme, mas é indiscutível que se trata de uma tendência predominante. Dado o volume sem precedentes de gases do efeito estufa na atmosfera, as próximas gerações viverão em um mundo no qual as temperaturas mundiais continuarão aumentando”, completou o meteorologista

.

Os fenômenos de aquecimento El Niño e de resfriamento La Niña são fatores determinantes da variabilidade natural do clima. O ano de 2013 foi um dos quatro mais quentes sem a produção de algum destes dois fenômenos. Desde 1850 são realizadas observações meteorológicas de forma sistemática.

.

.

.


04/02/2014
Por Edilson Silva em Jucurutu, RN, Tempo

Previsão do tempo prevê pancadas de chuva hoje no RN

1pozp87tr1442ynn3wvnziokx

.

A Tribuna do Norte destaca que a exemplo do que ocorreu ontem, a terça-feira será de tempo nublado com possibilidade de chuvas em todas as regiões do Rio Grande do Norte. A previsão é da Empresa de Pesquisa Agropecuária (Emparn), que faz o acompanhamento não só para a previsão do dia, mas também da evolução dos dados climáticos de grande escala que antecipam como vai ser a quadra chuvosa no sertão nordestino.

.

No final de semana, a Emparn registrou chuvas em 22 pontos de medição, a maioria no Alto Oeste. Em Tenente Ananias, na divisa do RN com a Paraíba, o acumulado de sexta-feira até a manhã de ontem foi de 47 milímetros. Em Riacho de Santana choveu 42 mm; em Marcelino Vieira 30,7. Encanto, José da Penha e Major Sales a chuva foi de 22 milímetros. Os satélites meteorológicos mostravam aglomerados de nuvens ontem à noite na região Central.

.

Ontem choveu no litoral e no agreste potiguar. O blog da Serra, postou ontem o seguinte comentário: “É com muita alegria que a população da Serra do Cuité recebe as chuvas de bençãos que estão sendo derramadas neste momento nas cidades de Coronel Ezequiel, Jaçanã e Nova Floresta”. No domingo, fiéis e políticos que acompanharam a procissão de Nossa Senhora da Piedade, padroeira de Espírito Santo, recorreram ao guarda-chuva. O mesmo ocorreu ontem em Natal. Nas Rocas, ruas ficaram alagadas na parte da tarde.

.

.

.


02/02/2014
Por Edilson Silva em Jucurutu, RN, Tempo

Caso não chova, Jardim do Seridó está prestes a enfrentar colapso d’água

1616412_355941187877011_1534699492_n
.
Os dados mais recentes da situação volumétricas dos reservatórios monitorados, pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH) apontam que os dois principais mananciais que abastecem Jardim do Seridó estão com o seus volumes mortos e impróprios para o consumo humano.
.
Atualmente, a Barragem Passagem das Traíras encontra-se com 4,72%, em quanto que o Açude Zangarelhas (Poço Doce), está atualmente com apenas 3,64% do seu volume de água. A situação hídrica destes reservatórios é preocupante e caso não chova nos próximos dias, o município poderá enfrentar um colapso d’água nos próximos dias.
.
Neste sentido, as autoridades jardinense já começam a buscar mecanismo alternativo para enfrentar o problema da falta d’água. O Prefeito Padre Jocimar Dantas se reunirá essa semana com a Defesa Civil do Município. De imediato, a solução encontrada será entrar em contato com a Defesa Civil do Estado, para comunicar o problema e solicitar a operação carro-pipa do Governo Federal, através do Exército Brasileiro para abastecer também a cidade, como já ocorre com a Zona Rural.
.
Na imagem registrada acima o Açude Poço Doce, quase seco em Jardim do Seridó – Foto: Josimário Nunes
.
.
.
.


01/02/2014
Por Edilson Silva em Jucurutu, RN, Tempo

Para a Emparn, previsões de inverno são boas, diz Gilmar Bristot

Gilmar Bristot Melhor foto (1)
.
O metereologista Gilmar Bristot, disse ontem na reunião realizada na Emparn, que as previsões de inverno são boas para o Seridó e o semi árido do RN.
.
Suas conclusões foram tiradas no encontro dos metereologistas do Nordeste, em reunião recente realizado em Fortaleza no Ceará.
.
As chuvas no Seridó, geralmente acontecem nos meses de fevereiro a maio e não chegam a atingir 600 mm, mesmo em anos de inverno considerado excelente, enquanto em outras regiões como o Agreste, elas podem atingir até 1.600 mm por ano.
.
.
.
.


01/02/2014
Por Edilson Silva em Jucurutu, Tempo

Chuva no início da noite desta quarta (29) alegra o jucurutuense

1505286_618927128143782_626205030_n

.

E na noite desta quarta – feira, 29 de Janeiro, o jucurutuense foi pego de surpresa por uma calma e tranquila chuva que caiu sobre o município por volta das 19h07min.

.

Confira na imagem registrada por um internauta nas proximidades da Praça Janúncio Afonso no centro da cidade. Informações de que na Serra de João do Vale também foram registradas precipitações. O sertanejo todos os dias tem feito sua prece ao criador pedindo chuvas sobre o nosso seridó tão castigado nos últimos tempos pelos efeitos da seca.

.

.

.




Facebook


Twitter