12/01/2018
Por Edilson Silva em Mossoró, Policial

Com tiros na cabeça, mulher é morta dentro de casa na região Oeste potiguar

Uma mulher foi morta a tiros na noite desta quinta-feira (11) no Conjunto Parque das Rosas, em Mossoró, cidade da região Oeste do estado. Segundo a Polícia Militar, Amanda Luana do Santos, de 21 anos, estava em um quarto da residência onde morava quando foi atingida por disparos na cabeça. Ninguém foi preso.

Ainda de acordo com a PM, por volta de 23h30, pelo menos dois homens encapuzados invadiram a casa de Amanda e se identificaram como policiais. Eles foram até o quarto e atiraram contra a vítima.

Segundo os policiais que foram ao local do crime, os atiradores entraram na casa pulando o muro da residência vizinha; uma cerca elétrica foi danificada pelos criminosos.

O caso será investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

G1 RN


11/01/2018
Por Edilson Silva em Policial, Política, Vídeo Blog

Servidores tentam impedir entrada de parlamentares na Assembleia; veja vídeo

Aos poucos, servidores estaduais começam a chegar em frente à Assembleia Legislativa para acompanhar a sessão extraordinária convocada pelo Governo do Estado, onde será discutido o pacote de ajuste fiscal.

Ao todo, cerca de 150 servidores já se concentram em frente ao prédio, que está com todas as suas entradas bloqueadas com barreiras. Carros do Batalhão de Choque da Polícia Militar também já se encontram no local.

Os manifestantes se dividiram entre todas as entradas da assembleia para tentar impedir que parlamentares entrem no local. O deputado Ricardo Motta foi abordado e, ao tentarem impedir a entrada do deputado Hermano Moraes, um jovem chegou a ser empurrado pela polícia e teve ferimentos leves nos braços.
.
A sessão estava marcada para começar às 10h. Os deputados vão se reunir para aprovar a convocação feita pelo Executivo. Se aprovada, os trâmites constitucionais e a redação das matérias – que precisam passar pelas comissões de Justiça e Finanças – têm início.


10/01/2018
Por Edilson Silva em Paraíba, Policial

Quase 1,5 mil animais foram recolhidos pela PRF nas rodovias da Paraíba

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), durante o ano de 2017, recolheu 1.433 animais que foram encontrados soltos, perambulando sobre a pista e nas margens das rodovias federais no estado da Paraíba.

Todos os animais apreendidos pela PRF são remanejados para um curral municipal conveniado, onde eles ficam sob guarda até o proprietário reavê-los e, se no momento da apreensão o dono do animal for identificado, este é encaminhado para Delegacia de Polícia e será responsabilizado pelo crime de “omissão de cautela na guarda ou condução de animais”.


10/01/2018
Por Edilson Silva em Caicó, Policial

Caicó: Juiz faz fiscalização no Pereirão e ouve presas

O juiz Luiz Cândido de Andrade Villaça, que está também, respondendo pela Execução Penal na comarca de Caicó, realizou fiscalização de rotina no pavilhão feminino da Penitenciária Estadual do Seridó. O magistrado disse que a fiscalização foi rotina, mas aproveitou, juntamente com o representante do Ministério Público, para fazer entrevistas com as presas.

“Nós temos sempre que fazer esse tipo de trabalho. Lá, nós encontramos algumas melhorias sendo implementadas, como os equipamentos novos que chegaram, o Raio-X e o detector de metais, o sistema de câmeras, entre outros. Eu tenho esperança que tenhamos essa unidade funcionando bem, como antes“.

Luiz Cândido esteve acompanhado do promotor de Justiça, Geraldo Rufino de Araújo Júnior, do diretor da unidade prisional, Ubirajara Araújo, do delegado de Polícia Civil, dr. Rafael e do comandante do 6º BPM, o tenente-coronel Walmary Costa.

Blog Sidney Silva


08/01/2018
Por Edilson Silva em Policial, Religião

Igreja de Serra Negra do Norte é invadida por criminosos

Igreja de Nossa Senhora do Ó, em Serra Negra do Norte, teve objetos furtados durante o fim de semana, após ser invadida por criminosos.

É a falência total da Segurança Pública do RN.


07/01/2018
Por Edilson Silva em Caicó, Policial

Caicoense envolve-se em acidente com vítima fatal neste sábado em Santa Cruz

Um acidente envolvendo um veículo de passeio da caicoense Estela da HS Móveis e uma motociclista acabou vitimando fatalmente uma pessoa na BR-226, próximo ao Parque de Vaquejada de Santa Cruz.

Segundo informações preliminares, o choque foi frontal e o condutor da moto morreu no local. Os passageiros do veículo, que são todos do Seridó, sofreram escoriações leves e não correm riscos.

Ainda segundo informações extraoficiais, o motociclista é natural de Santa Cruz, mas sua identificação ainda não foi confirmada.


06/01/2018
Por Edilson Silva em Policial, Política, RN

Rádio Comunitária na mira do Ministério Público Federal (MPF)

O Ministério Público Federal (MPF) ingressou com uma ação de improbidade administrativa contra a ex-prefeita de Monte das Gameleiras, Edna Regia Sales Pinheiro Franklin de Albuquerque, a “Edinha”, seu irmão Edson Ricardo Sales Pinheiro e a União. A acusação é de fraude na obtenção da outorga que permitiu o funcionamento da Rádio Comunitária FM Gameleiras.

Logo no início de seu mandato, em 2009, Edinha e o irmão constituíram, de forma fraudulenta, a Associação Comunitária Rádio FM Gameleiras, em nome de “laranjas”. Através dessa associação, eles solicitaram e obtiveram, em 2012, autorização do Congresso Nacional para explorar uma rádio comunitária, a FM Gameleiras, pelo prazo de dez anos.

Os supostos presidente, tesoureira e secretária da associação confirmaram, em depoimento, que apenas cederam seus nomes para a criação da entidade e que quem a administrava de fato era a então prefeita. A tesoureira e a secretária acrescentaram que Edson Ricardo foi quem lhes pediu os “nomes emprestados”, para figurarem como fundadoras da associação.

A solicitação para que a associação pudesse efetivamente prestar o serviço de radiodifusão contou com assinatura de apoio da própria prefeita, bem como dos então secretários municipais de Educação; Administração; Saúde; Finanças; e de Assistência Social; além do chefe do Gabinete Civil. O MPF ressalta que a lista de signatários é bem “ilustrativa do vínculo político da iniciativa”.

Em 2011, o Ministério das Comunicações concedeu licença provisória e, no ano seguinte, o Congresso Nacional aprovou a outorga. “Ao ser interrogada sobre os fatos, Edna (…) admitiu que ‘manteve ingerência em Brasília’ para que a rádio comunitária iniciasse suas atividades. Isso demonstra seu interesse pessoal na situação e indica a existência de aspectos marcadamente políticos no caso”, reforça o MPF.

A ação do MPF destaca que a interferência política da ex-prefeita ocorreu não apenas no momento da instalação da rádio comunitária, mas também no desempenho de suas atividades. Ela chegou a contratar uma de suas adversárias, como forma de tentar garantir o apoio e enfraquecer a oposição. Posteriormente, a funcionária contratada foi demitida por contrariar os interesses da ex-prefeita.

Legislação

De acordo com a Lei n. 9.612/1998, que regula o serviço de radiodifusão comunitária, a essas emissoras é “vedado o proselitismo de qualquer natureza”, bem como sua entidade detentora “não poderá estabelecer ou manter vínculos que a subordinem ou a sujeitem à gerência, à administração, ao domínio, ao comando ou à orientação de qualquer outra entidade, mediante compromissos ou relações financeiras, religiosas, familiares, político-partidárias ou comerciais”.

Somado à condenação dos réus por improbidade, o MPF requer a anulação da outorga para funcionamento da rádio, “em face dos vícios, fraudes, ilegalidades e desvirtuamentos ocorridos no caso”. Um pedido de liminar inclui a suspensão da autorização de funcionamento.

A ex-prefeita e seu irmão poderão ser condenados à perda da função pública que eventualmente exerçam; suspensão dos direitos políticos de três a cinco anos; pagamento de multa civil de até cem vezes o valor da remuneração percebida na época da prática dos atos; e proibição de contratar com o Poder Público pelo prazo de três anos.

A ação tramitará na Justiça Federal sob o número 0812831-95.2017.4.05.8400.


05/01/2018
Por Edilson Silva em Policial, Vídeo Blog

Vídeo: PM invade governadoria em Natal e diz que só sai de lá com salários pagos

Imagem com reprodução via TV Ponta Negra mostra cabo da Polícia Militar, em ato de desespero na manhã desta sexta-feira(05), na governadoria, em Natal. Policial diz que iniciará greve de fome.


05/01/2018
Por Edilson Silva em Policial

Policial tem surto psicótico na Governadoria e prédio é evacuado

Agora há pouco um Policial Militar armado teve um surto psicótico na Governadoria. Vários áudios do policial circulou as redes sociais dando conta que ele iria fazer greve de fome até que o seu pagamento e o dos demais companheiros fosse creditado.

O prédio foi evacuado e servidores que chegavam para trabalhar eram impedidos de entrar.

A situação já está sob controle.


05/01/2018
Por Edilson Silva em Caicó, Policial

Corpo é encontrado parcialmente submerso em ‘poço’ na Ilha de Santana

A Polícia Militar foi acionada nessa manhã, 05, por volta das 8:30 horas, para isolar local de crime. Um corpo foi encontrado submerso em um poço do rio Seridó na Ilha de Santana. O Corpo de Bombeiros também foi acionado.

Para o Sargento PM Paulo Sérgio, a vítima, Francisco Gomes da Silva, 46 anos, residente no bairro Boa Passagem, pode ter morrido por consequência natural, contudo, a Polícia Civil também será acionada para abrir inquérito.

O corpo está parcialmente submerso. Um irmão da vítima, que está no local acompanhando o resgate do corpo, disse à polícia que Francisco Gomes saiu de casa ontem, às 10hs da manhã, e informou à família que ia pescar, e não voltou.

Por Jair Sampaio


04/01/2018
Por Edilson Silva em Policial, RN

Policiais Federais se solidarizam com Policiais Civis do RN: “Governo do Estado é ingrato com os policiais”

SINPEF – Nota de apoio aos policias do Rio Grande do Norte

O SINPEF-RN -Sindicato dos Policiais Federais do Rio Grande do Norte*, acompanha com preocupação e, sobretudo com indignação, a lamentável situação dos policiais civis e militares em nosso Estado. É preocupante perceber que o Governo do Estado negue aos cidadãos e as cidadãs o direto à segurança. Causa indignação que o governador, Senhor Robinson Faria, não se mostre capaz de viabilizar o pagamento do salário dos policiais que precisam alimentar suas famílias. Não dar para aceitar calado, o desprezo do atual governante com profissionais que se dedicam, de corpo a alma, arriscando suas próprias vidas, em defesa da sociedade. Como se não bastasse, além de não pagar os salários, ameaça os policiais de prisão. Robinson quer nos colocar na idade média. Isto é um absurdo!

O governo se mostra mais que incompetente, se mostra ingrato com os policiais.  Pois são estes mesmos que o governador deixa sem dinheiro e quer colocar atrás das grades, que saem de suas casas todos os dias para defender, não apenas os cidadãos comuns, mas o próprio governador. Neste quesito, o senhor Robinson Faria poderia acrescentar ingratidão ao seu sobrenome.

O SINPEF é solidário aos policiais do Estado do Rio Grande do Norte, porque sabe da falta de condições de trabalho destes dedicados profissionais. Sabemos que as viaturas estão em grande parte quebradas e sem a devida manutenção. Que faltam coletes, que o armamento é inadequado. Robinson, o ingrato, bem que poderia olhar o exemplo de Estado vizinho. Enquanto o Ceará investe 11 milhões de reais em equipamentos de segurança, ele (O ingrato) promete prisão aos policiais.

O trabalho do policial é por natureza estressante. Sem salário e sem condições de trabalho, torna-se impossível obter o melhor resultado em favor da sociedade. Bem como, a favor da própria saúde psicológica dos profissionais.  Pois, a excelência do serviço prestado está diretamente relacionada à qualidade do equipamento e a saúde do profissional.

É ensurdecedor o silencio da nossa Bancada Federal em relação à insegurança pública no Rio Grande do Norte. No mínimo, nossos senadores e deputados estão sendo omissos com a população, sobretudo com as pessoas que não podem pagar segurança privada. A omissão da Bancada Federal é um tiro na dignidade dos policiais potiguares.

De público, o SINPEF faz um apelo ao governador Robinson Faria, que pague urgentemente os salários atrasados e o décimo terceiro de todos os policiais e bombeiros. Que se lembre, que prometeu ser o “governador da segurança”, e não o governador perseguidor de policiais. Toda nossa solidariedade aos bravos homens e bravas mulheres que fazem as polícias do Rio Grande do Norte.

A Diretoria do SINPEF


04/01/2018
Por Edilson Silva em Policial, Política

MPF processa ex-prefeita por fraude na obtenção da concessão de rádio no interior do RN

O Ministério Público Federal (MPF) ingressou com uma ação de improbidade administrativa contra a ex-prefeita de Monte das Gameleiras, Edna Regia Sales Pinheiro Franklin de Albuquerque, a “Edinha”, seu irmão Edson Ricardo Sales Pinheiro e a União. A acusação é de fraude na obtenção da outorga que permitiu o funcionamento da Rádio Comunitária FM Gameleiras.

Logo no início de seu mandato, em 2009, Edinha e o irmão constituíram, de forma fraudulenta, a Associação Comunitária Rádio FM Gameleiras, em nome de “laranjas”. Através dessa associação, eles solicitaram e obtiveram, em 2012, autorização do Congresso Nacional para explorar uma rádio comunitária, a FM Gameleiras, pelo prazo de dez anos.

Os supostos presidente, tesoureira e secretária da associação confirmaram, em depoimento, que apenas cederam seus nomes para a criação da entidade e que quem a administrava de fato era a então prefeita. A tesoureira e a secretária acrescentaram que Edson Ricardo foi quem lhes pediu os “nomes emprestados”, para figurarem como fundadoras da associação.

A solicitação para que a associação pudesse efetivamente prestar o serviço de radiodifusão contou com assinatura de apoio da própria prefeita, bem como dos então secretários municipais de Educação; Administração; Saúde; Finanças; e de Assistência Social; além do chefe do Gabinete Civil. O MPF ressalta que a lista de signatários é bem “ilustrativa do vínculo político da iniciativa”.

Em 2011, o Ministério das Comunicações concedeu licença provisória e, no ano seguinte, o Congresso Nacional aprovou a outorga. “Ao ser interrogada sobre os fatos, Edna (…) admitiu que ‘manteve ingerência em Brasília’ para que a rádio comunitária iniciasse suas atividades. Isso demonstra seu interesse pessoal na situação e indica a existência de aspectos marcadamente políticos no caso”, reforça o MPF.

A ação do MPF destaca que a interferência política da ex-prefeita ocorreu não apenas no momento da instalação da rádio comunitária, mas também no desempenho de suas atividades. Ela chegou a contratar uma de suas adversárias, como forma de tentar garantir o apoio e enfraquecer a oposição. Posteriormente, a funcionária contratada foi demitida por contrariar os interesses da ex-prefeita.

Legislação – De acordo com a Lei n. 9.612/1998, que regula o serviço de radiodifusão comunitária, a essas emissoras é “vedado o proselitismo de qualquer natureza”, bem como sua entidade detentora “não poderá estabelecer ou manter vínculos que a subordinem ou a sujeitem à gerência, à administração, ao domínio, ao comando ou à orientação de qualquer outra entidade, mediante compromissos ou relações financeiras, religiosas, familiares, político-partidárias ou comerciais”.

Somado à condenação dos réus por improbidade, o MPF requer a anulação da outorga para funcionamento da rádio, “em face dos vícios, fraudes, ilegalidades e desvirtuamentos ocorridos no caso”. Um pedido de liminar inclui a suspensão da autorização de funcionamento.

A ex-prefeita e seu irmão poderão ser condenados à perda da função pública que eventualmente exerçam; suspensão dos direitos políticos de três a cinco anos; pagamento de multa civil de até cem vezes o valor da remuneração percebida na época da prática dos atos; e proibição de contratar com o Poder Público pelo prazo de três anos.

A ação tramitará na Justiça Federal sob o número 0812831-95.2017.4.05.8400.

http://www.mpf.mp.br/rn/sala-de-imprensa/noticias-rn/mpf-processa-ex-prefeita-por-fraude-na-obtencao-da-concessao-de-radio-no-interior-do-rn

 Assessoria de Comunicação Procuradoria da República no RN


03/01/2018
Por Edilson Silva em Mossoró, Policial

Sem salário e comida em casa, PM se trancou no alojamento e ameaçou dar cabo à própria vida

A falta de pagamento por parte do Governo do Estado aos agentes de segurança quase terminou em tragédia no 4º Batalhão de Policia Militar (BPM). Um policial militar se trancou em um dos alojamentos e ameaçou tirar a própria vida em um ato de desespero.

O policial, que terá seu nome resguardado pela reportagem do Portalnoar.com.br, se apresentou para o serviço em seu batalhão e, durante a visita do Comando do Patrulhamento Metropolitano, ele se trancou no alojamento e afirmou que iria retirar a própria vida com um tiro na cabeça.

Após ser convencido pelos companheiros e o comandante do CPM, o coronel  Zacarias Mendonça, o policial informou que “ele e sua família estavam sem ter o que comer e disse que os filhos estão em casa chorando sem alimentos, ou sequer leite”.

O caso gerou comoção dos policiais, que sem esconder a decepção choravam de desespero junto com o colega. O policial foi dispensado do serviço e esta sob cuidados da junta médica da PM.

O Governo do Estado realizou o pagamento de novembro dos servidores que recebem até quatro mil reais na última sexta-feira (29), porém até o momento os salários de quem recebem acima dos R$ 4 mil e os meses de dezembro e o 13º ainda não tem previsão de pagamento.


03/01/2018
Por Edilson Silva em Policial, RN

Com algemas nos punhos, policiais civis se apresentam para serem presos em Natal

A greve desde o último dia 20 de dezembro, policiais civis do Rio Grande do Norte se apresentaram na Delegacia Geral de Polícia, na manhã desta quarta-feira (3), em Natal, para serem presos. O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte considerou o movimento ilegal e determinou a prisão de policiais da ativa e da reserva que incentivem, promovam ou defendam a greve.

Durante a tarde desta terça-feira (2), em assembleia, os policiais decidiram que permanecem trabalhando em regime de plantão, mesmo diante da possibilidade de serem presos. Por causa da greve, apenas as delegacias de plantão e as regionais funcionam no estado. A categoria cobra o pagamento dos salários de novembro, dezembro e do 13º. Sem policiamento, houve aumento da violência no estado. O governo federal enviou 2,8 mil homens e mulheres das Forças Armadas, no último final de semana, para reforçar a segurança no estado.


02/01/2018
Por Edilson Silva em Caicó, Policial

Continua internada universitária vítima de acidente com a Van de Juninho Sanfoneiro

A universitária caicoense Maria Vitória continua internada em um hospital na capital do estado, e segundo relatos de familiares, ainda não há previsão para alta hospitalar. Médicos aguardam uma vaga em UTI no HWG para encaminhar a jovem Vitória.

Ela e o namorado Hugley Barbeiro são vítimas do acidente envolvendo a Van que transportava a equipe do cantor Juninho Sanfoneiro. O gravíssimo acidente aconteceu no dia 30/12 a caminho do primeiro show em São João do Sabugi-RN. Hugley passa bem.

Maria Vitória cursa Educação Física e trabalha com o namorado em um salão de beleza como Design de Sobrancelhas. Familiares, clientes e amigos usam as redes sociais para dar força a jovem, que foi transferida para Natal no mesmo dia do gravíssimo acidente.

Ao relatar o sofrimento vivido no acidente, Juninho Sanfoneiro disse que Matheus morreu em seus braços e que Jonathan (que morreu nesse 1º do ano em Natal) tentou salvar o colega. Juninho disse também que todos os instrumentos da banda ficaram destruídos.


02/01/2018
Por Edilson Silva em Policial

PRF divulga resultado da Operação Ano Novo 2017/2018

A Polícia Rodoviária Federal encerrou a meia-noite desta segunda-feira (01), a Operação Ano Novo. De 29/12/17 à 01/01/18 foram registrados nas rodovias federais do Rio Grande do Norte um total de 18 acidentes, 26 feridos e uma morte.

Durante esse período foram fiscalizados 651 veículos e 665 pessoas. 429 motoristas foram submetidos ao teste de bafômetro, dos quais 14 foram autuados por dirigir sob efeito de bebida alcoólica. Outros 395 condutores foram multados por cometerem infrações diversas, sendo 81 multas só por ultrapassagens indevidas.

Outros 504 veículos tiveram suas imagens captadas pelos radares portáteis, por transitarem com excesso de velocidade. Oito pessoas foram presas por crimes diversos, das quais três pela prática de assaltos. Quatro veículos foram recuperados durante o feriado. Na Operação Ano Novo do ano passado (2016/2017), foi contabilizados nas BRs do RN, um total de 25 acidentes que resultou em 23 pessoas feridas e seis pessoas mortas. Comparando-se com o mesmo período deste ano, verifica-se uma redução significativa no número de acidentes e principalmente no número de mortes.

Portanto, o feriadão de ano novo(2017/2018) foi bem menos violento nas rodovias federais do nosso Estado. Essa redução se deve, principalmente, a uma fiscalização mais intensiva e mais rigorosa por parte da PRF.

PRF segurança com cidadania

Núcleo de Comunicação Social da PRF/RN


01/01/2018
Por Edilson Silva em Policial

Fim de ano tem 18 feridos e um morto nas rodovias federais do RN

As rodovias federais do Rio Grande do Norte registraram 13 acidentes, que deixaram 18 pessoas feridas e uma morta, entre a sexta-feira (29) e o sábado (30), durante a operação da Ano Novo da Polícia Rodoviária Federal, que segue até esta segunda-feira 1º de janeiro. Ainda de acordo com a PRF, pessoas foram presas nas estradas potiguares.

O acidente com vítima fatal aconteceu na tarde deste sábado (30), no quilômetro 26 da BR 304, em Mossoró, na região Oeste potiguar. Um motociclista morreu após uma batida com um carro, ao sair de uma estrada de terra e entrar na pista principal.

Também na BR-304, na altura de Macaíba, na região metropolitana de Natal, a PRF prendeu um homem de 32 anos, condutor de um Fiesta que seguia no sentido de Parnamirim a Macaíba. O caso aconteceu por volta das 22h40. Depois da abordagem e da consulta aos sistemas de segurança, os policiais constataram que havia um mandado de prisão contra o homem. Ele responde processo no Tribunal de Justiça de São Paulo pelos crimes de receptação, formação de quadrilha, aliciamento de menores e adulteração de sinal identificador de veículo automotor.


01/01/2018
Por Edilson Silva em Caicó, Policial

Jovem que sofreu acidente em Van de banda de forró de Caicó morre nesta madrugada

Familiares confirmaram o falecimento do jovem Jonathan Araújo, de 16 anos, residente na Boa Passagem, que foi uma das vítimas do acidente envolvendo 8 pessoas que viajavam na Van da banda de Juninho Sanfoneiro.

A banda iria tocar em uma confraternização dos trabalhadores rurais da cidade de São João do Sabugi, quando teria estourado um dos pneus dianteiros, saído da rodovia estadual e capotado.

O jovem Jonathan foi chamado de última hora como produtor, já que, um outro estava em Natal e não tinha como chegar a tempo para os shows da noite do sábado onde a banda iria tocar.

O corpo do produtor Matheus Vinícius, vítima fatal do acidente, foi enterrado na tarde do domingo (31) na cidade de São Fernando sua cidade natal.

A cabeleireira de nome Vitória, residente no bairro Castelo Branco, que teria pego uma carona com a banda, segue internada na capital potiguar.


31/12/2017
Por Edilson Silva em Caicó, Policial

Familiar confirma a ‘morte do produtor’ musical da banda de Juninho Sanfoneiro

O repórter do Correio do Seridó, Paulo Júnior, confirmou a morte do seu sobrinho Matheus, que era o produtor musical da Banda Juninho Sanfoneiro, e se apresentaria nessa noite em São João do Sabugi e São Mamede, na Paraíba.


31/12/2017
Por Edilson Silva em Caicó, Policial

Banda de forró de Caicó se envolve em acidente com óbito

A Van que transporta a banda de Juninho Sanfoneiro se envolveu em um grave acidente na estrada que liga Caicó a São do Sabugi e deixou uma vítima fatal no local do acidente.




Facebook


Twitter