18/01/2018
Por Edilson Silva em Policial, Política

Juiz nega prisão domiciliar ao deputado Paulo Maluf (PP-SP)

O juiz Bruno Aielo Macacari, da Vara de Execuções Penais (VEP) do Distrito Federal, negou nesta quarta-feira (17) pedido de prisão domiciliar feito pela defesa do deputado Paulo Maluf (PP-SP), preso para cumprir pena definitiva de sete anos e nove meses por lavagem de dinheiro, definida pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Na decisão, o juiz argumento que o parlamentar pode cumprir a pena na Penitenciária da Papuda, em Brasília, mesmo diante de seu quadro de saúde. No entendimento do magistrado, a penitenciária tem condições de oferecer tratamento emergencial a Maluf, caso seja solicitado, segundo a Agência Brasil.

“Em suma, repisando que a prisão domiciliar humanitária só tem lugar nas estritas hipóteses em que o apenado não possa receber tratamento no interior do presídio, bem como que há prova mais que suficiente que esta não é o caso destes autos, consoante se extrai do contexto fático que atualmente se apresenta, tenho que a rejeição do pedido defensivo é medida que se impõe”, diz a decisão.

Após o ministro do STF Edson Fachin determinar a execução da condenação, em dezembro do ano passado, os advogados de Maluf alegaram que ele deve cumprir prisão domiciliar porque sofre de câncer de próstata, problemas cardíacos e na coluna, além de hérnia de disco, e, segundo eles, não há atendimento médico adequado na Papuda.

Maluf foi condenado por receber propina em contratos públicos com as empreiteiras Mendes Júnior e OAS quando era prefeito de São Paulo (1993-1996). Os recursos teriam sido desviados da construção da Avenida Água Espraiada, hoje chamada Avenida Roberto Marinho. O custo total da obra foi cerca de R$ 800 milhões.

As investigações se arrastaram por mais de dez anos, desde a instauração do primeiro inquérito contra o ex-prefeito, ainda na primeira instância da Justiça. Os procuradores do Ministério Público estimaram em US$ 170 milhões a movimentação total de recursos ilícitos. O Supremo assumiu o caso após a eleição de Maluf como deputado federal.


17/01/2018
Por Edilson Silva em Policial, Santa Cruz

Grave acidente mata advogado perto de Santa Cruz

O advogado Fábio José Silva de Araújo, 34 anos, morreu no início da manhã desta quarta-feira, 17, em acidente automobilístico na rodovia BR-226, nas proximidades da cidade de Santa Cruz, na região agreste do Rio Grande do Norte.

Segundo informações obtidas pelo Agora RN, o advogado capotou o carro, um veículo Ford Ecosport, numa das vias de acesso do complexo religioso da estátua de Santa Rita de Cássia. O advogado foi levado ainda com vida pra o Hospital Regional de Santa Cruz, mas não resistiu aos ferimentos.

O advogado era acompanhado por uma mulher, Lunara Wanessa, 25 anos, que em razão dos graves ferimentos, foi encaminhada para o Hospital Walfredo Gurgel, em Natal.

O corpo de Fábio Araújo está no Hospital Regional e aguarda a chegada de uma equipe do Instituto Técnico de Polícia Científica (ITEP). Ainda não há informações sobre o velório e sepultamento do advogado.


17/01/2018
Por Edilson Silva em Policial

Catolé do Rocha: multidão recebe corpos de paraibanos mortos em MG

Os corpos dos dez paraibanos mortos no acidente da BR-251 em Minas Gerais chegaram por volta das 20h desta terça-feira(16) na cidade de Catolé do Rocha,no sertão da Paraíba. A viagem iniciou nessa segunda-feira (15) com o total de cinco carros que saíram de Montes Claros (MG).

Inicialmente, a previsão de chegada estava marcada para às 10h da manhã (horário local) de hoje. No entanto, o carro da funerária quebrou e atrasou o percurso. Equipes da Polícia Militar estiveram nas ruas da cidade para auxiliar na chegada das vítimas onde uma multidão chegou a cidade para acompanhar a chegada de seus conterrâneos.


16/01/2018
Por Edilson Silva em Policial, Política

Procuradoria pede 386 anos de prisão para Cunha e 78 anos para Henrique Alves (MDB)

Em alegações finais no âmbito da ação penal derivada da operação Sépsis, que investiga desvios no fundo de investimentos do FI-FGTS, o Ministério Público Federal (MPF) pediu à Justiça que os ex-presidentes da Câmara Eduardo Cunha (MDB) e Henrique Eduardo Alves (MDB) sejam condenados, respectivamente, a penas de 386 anos e de 78 anos de prisão.

De acordo com a acusação, Cunha cometeu os crimes de corrupção passiva e ativa, lavagem de dinheiro e prevaricação. Henrique Alves, por sua vez, responde por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Além dos dois ex-parlamentares, que já estão presos, são réus no processo o ex-vice-presidente da Caixa, Fabio Cleto, o corretor Lúcio Bolonha Funaro e seu funcionário Alexandre Margotto. Os três assinaram acordos de delação premiada e, portanto, os procuradores sugerem o cumprimento das penas estipuladas nas negociações. As informações são de Fabio Serapião –  O Estado de São Paulo.

As alegações finais são a última etapa do processo antes das sentença. Esse caso tramita na 10.ª Vara Federal em Brasília sob titularidade do juiz Vallisney de Souza Oliveira.

Ainda por conta dos supostos prejuízos causados pela corrupção, os procuradores pedem uma multa de R$ 13,7 milhões para Cunha e R$ 3,2 milhões para Alves.

Na peça, o MPF explica que os crimes imputados a eles são referentes apenas ao caso envolvendo a empresa Carioca Engenharia. O caso representa apenas 4% da propina recebido por Cleto enquanto vice-presidente de Fundos de Governo e Loteria da Caixa.

“Ficou comprovado nestes autos, pelos elementos probatórios, assim como atualmente vem sendo descortinado em diversas operações realizadas, como é o caso das denominadas operações Sépsis, Cui Bono, Patmos e Lava Jato, entre outras, um esquema criminoso que utiliza ardilosamente a Administração Pública como forma de obter vantagens indevidas. Participavam desse conluio políticos, agentes públicos, operadores financeiros, empresários e outros agentes privados”, diz o MPF

A operação Sépsis, origem do processo no qual o MPF pede a condenação dos emedebistas, foi deflagrada pela Polícia Federal e pela Procuradoria-geral da República em julho de 2015. A ação teve como base a delação premiada de Cleto e dos executivos da Carioca Engenharia que detalharam como o grupo político de Cunha e Alves se valiam da nomeação de diretores na Caixa para cobrar propina de empresas interessadas em aportes do FI-FGTS.

No tópico em que define a dosimetria de pena e aponta a sugestão de 386 anos para Cunha e 78 para Alves, os procuradores Anselmo Lopes e Sarah Moreira, afirmam que os dois são “criminosos em série (criminal serial) ,fazendo da política e da vida pública um caminho para a vida delituosa.”

“De fato, restou demonstrado no curso da ação penal que Cunha e Alves possuem personalidades voltadas para o crime, para a corrupção em seu sentido mais amplo. São pessoas que não demonstraram ou comunicaram, ao menos até o presente momento, qualquer
arrependimento por seus crimes”, afirmam os procuradores.

COM A PALAVRA, O CRIMINALISTA DÉLIO LINS E SILVA JÚNIOR, DEFENSOR DE EDUARDO CUNHA

“A defesa demonstrará em suas alegações finais que a acusação é frágil e tem certeza da absolvição.”

COM A PALAVRA, A DEFESA DE HENRIQUE EDUARDO ALVES

A reportagem está tentando contato com a defesa do ex-deputado Henrique Eduardo Alves. O espaço está aberto para manifestação.

Blog VT


16/01/2018
Por Edilson Silva em Concursos, Policial

Governo do RN publica edital para concurso da Polícia Militar

Após anunciar adiamento, o governo do Rio Grande do Norte publicou no Diário Oficial desta terça-feira (16) o edital do concurso público para praças da Polícia Militar. Estão sendo disponibilizadas 938 vagas de nível médio para homens e 62 para mulheres. Como a prova objetiva está marcada para o dia 4 de março e o curso de formação (que é a última etapa) tem duração média de 10 meses, os aprovados só deverão atuar efetivamente no reforço da segurança pública em 2019.

Como a prova objetiva está marcada para o dia 4 de março e o curso de formação (que é a última etapa) tem duração média de 10 meses, os aprovados só deverão atuar efetivamente no reforço da segurança pública em 2019.

O concurso será realizado pelo Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (IBADE). As inscrições serão realizada através do site www.idabe.org.br a partir desta quarta (17) e vão até o dia 8 de fevereiro. A taxa de inscrição custa R$ 100.

Os salários serão de R$ 954 durante a formação e R$ 2.904 após o ingresso. O concurso será composto pelas seguintes etapas:

Prova objetiva, que está agendada para o dia 4 de março;

Exames de saúde;

Investigação social;

Exame de avaliação do condicionamento físico;

Curso de formação (dura em média 10 meses).


16/01/2018
Por Edilson Silva em Policial

Corpo de potiguar morto em acidente que envolveu sete veículos em MG chega ao RN nesta terça

O potiguar que morreu no acidente que envolveu sete veículos no Norte de Minas Gerais no sábado (13) chega ao Rio Grande do Norte nesta terça (16). A informação foi confirmada pela Funerária Avelar, que realiza o transporte dos corpos das pessoas mortas no acidente. Ao todo, foram confirmados 39 óbitos.

Segundo a funerária, José Edcarlos Horácio tinha 16 anos de idade e era natural da cidade de Marcelino Vieira, na região Oeste potiguar. O corpo do jovem segue para o Rio Grande do Norte em um comboio que também passará pela Paraíba, com os 10 paraibanos que também morreram na colisão. A previsão é de que o comboio chegue ao RN entre as 9h e as 10h desta terça (16).

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o acidente ocorreu assim: um caminhão fazia o transporte de outro caminhão no sentido Montes Claros e invadiu a contramão. Esse caminhão colidiu com um micro-ônibus que seguia no sentido contrário, em direção a Salinas. Depois disso, uma van tentou desviar da colisão e acabou atingida por uma carreta, essa van saiu da pista e tombou.

O caminhão que começou o acidente continuou desgovernado e bateu ainda contra outra carreta, que transportava papel. Essa carreta saiu da pista e pegou fogo. Ainda desgovernado, o caminhão colidiu contra outro micro-ônibus. O caminhão que era transportado caiu em cima desse micro-ônibus.

Segundo o Samu e os Bombeiros, além dos mortos, onze pessoas estão em estado grave, uma em estado gravíssimo e 27 sofreram ferimentos leves.


15/01/2018
Por Edilson Silva em Mossoró, Policial

Rádio Difusora na mira do Ministério Público

O juiz Flávio César Barbalho de Mello, da 3ª Vara Cível de Mossoró, determinou, liminarmente, a imediata suspensão de qualquer execução/transmissão e/ou radiodifusão por rádio e portal da internet de obras musicais, lítero-musicais e fonogramas pela Rádio Difusora de Mossoró SA, enquanto não providenciar a prévia e expressa autorização do Escritório Central de Distribuição e Arrecadação (ECAD).

Em caso de descumprimento da decisão judicial, o magistrado fixou multa unitária no valor de R$ 50 mil, sem prejuízo do crime de desobediência e da adoção de medidas outras destinadas à obtenção do resultado prático equivalente.


15/01/2018
Por Edilson Silva em Policial, Política

A mala se arrasta

O poeta T.S. Eliot (1888-1965) escreveu, em versos célebres, que o fim da civilização aconteceria “não em estrondo, mas num sussurro”. Caso não menos célebre, para os brasileiros, parece que vai terminando de modo semelhante.

A mala com R$ 500 mil, flagrada nas mãos do ex-assessor do Planalto Rodrigo Rocha Loures, uma semana depois de o presidente Michel Temer (MDB) ter indicado seu nome ao empresário Joesley Batista (JBS), ameaçou explodir toda a ordem política pós-impeachment.


15/01/2018
Por Edilson Silva em Policial

Morre enfermeira vítima de acidente com uma viatura do Samu na BR-101, no RN

O acidente aconteceu na noite desse domingo, na BR-101, nas proximidades do município de Goianinha. A viatura do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que presta atendimento em Nova Cruz, colidiu violentamente contra a traseira de um caminhão que trafegava pela rodovia.

Na ocasião, a técnica de enfermagem, Evanielle Lima, foi arremessada contra o para-brisa do veículo. Com o impacto, a socorrista sofreu ferimentos graves e uma parada cardíaca. A vítima ainda foi levada ao Hospital Walfredo Gurgel, mas não resistiu.

Já o condutor da unidade móvel sofreu apenas uma fratura na clavícula e não corre risco de morte.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) investiga a causa do acidente.


14/01/2018
Por Edilson Silva em Lagoa Nova, Policial

Homem morre eletrocutado em cima de muro de casa em Lagoa Nova

Um homem morreu eletrocutado na manhã de hoje, 14, em cima do muro de uma casa no bairro Lagoa Nova. De acordo com a PM, o homem teria tentado furar uma câmera de vigilância quando acabou sofrendo a descarga elétrica.

A vítima ainda não foi identificada.

Veja:


12/01/2018
Por Edilson Silva em Policial, Política

PF investiga médicos e servidores do INSS envolvidos em esquema de fraudes

A Polícia Federal deflagrou a segunda etapa da Operação Cardiopatas nesta sexta-feira, 12. A investigação mira um esquema especializado em fraudes previdenciárias. Em nota, a PF informou que médicos e servidores do INSS estão envolvidos.

A Cardiopatas cumpre dois mandados de prisão preventiva e cinco mandados de busca e apreensão no município de Campos dos Goytacazes, no interior do Rio.

Segundo a Federal, a operação é coordenada pela Delegacia da PF em Campos. Os investigados responderão pelos crimes de pertencimento à organização criminosa, estelionato previdenciário e corrupção ativa, segundo a Agência Estado.

A primeira fase da Cardiopatas foi deflagrada pela PF em 8 de dezembro do ano passado. Na ocasião, a Federal cumpriu 12 mandados de prisão preventiva, três de prisão temporária, 15 de busca e apreensão e 20 de condução coercitiva em Campos dos Goytacazes, São João da Barra, Italva e Casimiro de Abreu.

A ação mirou suspeitas de corrupção de servidores do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). Entre os investigados estavam técnicos do seguro social, médicos peritos, médicos particulares, agenciadores de benefícios e de pessoas.

No curso da investigação foram identificadas fraudes em 34 benefícios por incapacidade, entre auxílios-doença e aposentadoria por invalidez, gerando um prejuízo superior a R$ 4 milhões à Previdência Social.


12/01/2018
Por Edilson Silva em Caicó, Policial

Polícia Rodoviária Estadual registra acidente com vítima fatal em Caicó

Policiais do 3º DPRE (Distrito de Polícia Rodoviária Estadual) de Caicó registram um gravíssimo acidente na RN-118, entre a área urbana de Caicó e o Distrito da Palma, envolvendo uma caminhonete Hylux com placas do Ceará com vítima fatal.

A vítima fatal foi identificada como Nair Zanin Arai, de 60 anos de idade, nascida aos 10/10/58, natural de Cedral, estado de São Paulo. Informações extra-oficiais dão conta que a mulher seguia viagem com o esposo na hora do acidente.

O sinistro se deu logo nas primeiras horas do dia. Outros motoristas que passavam pelo local presenciaram o motorista da Hylux pedindo socorro. O esposo da vítima fatal foi socorrido para o Hospital Regional do Seridó, na zona oeste de Caicó-RN.

O casal seguia para o Ceará e passaria em Caicó por volta das 5.00 hs da manhã. O Sargento Maércio, comandante da TANGO-02 do 3º DPRE, foi com sua equipe até o local do acidente e prestou todo o apoio necessário, além de produzir o BOAT.

Enquanto a equipe do 3º DPRE atendia a ocorrência em questão, mais um acidente de trânsito foi registrado, desta feita no bairro Salviano Santos, em frente ao antigo posto de Saúde. Neste sinistro, segundo a polícia, dois veículos colidiram entre si, era uma moto e um carro, e duas vítimas foram conduzidas para o HRS na vtr do 3º DPRE.


12/01/2018
Por Edilson Silva em Mossoró, Policial

Com tiros na cabeça, mulher é morta dentro de casa na região Oeste potiguar

Uma mulher foi morta a tiros na noite desta quinta-feira (11) no Conjunto Parque das Rosas, em Mossoró, cidade da região Oeste do estado. Segundo a Polícia Militar, Amanda Luana do Santos, de 21 anos, estava em um quarto da residência onde morava quando foi atingida por disparos na cabeça. Ninguém foi preso.

Ainda de acordo com a PM, por volta de 23h30, pelo menos dois homens encapuzados invadiram a casa de Amanda e se identificaram como policiais. Eles foram até o quarto e atiraram contra a vítima.

Segundo os policiais que foram ao local do crime, os atiradores entraram na casa pulando o muro da residência vizinha; uma cerca elétrica foi danificada pelos criminosos.

O caso será investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

G1 RN


11/01/2018
Por Edilson Silva em Policial, Política, Vídeo Blog

Servidores tentam impedir entrada de parlamentares na Assembleia; veja vídeo

Aos poucos, servidores estaduais começam a chegar em frente à Assembleia Legislativa para acompanhar a sessão extraordinária convocada pelo Governo do Estado, onde será discutido o pacote de ajuste fiscal.

Ao todo, cerca de 150 servidores já se concentram em frente ao prédio, que está com todas as suas entradas bloqueadas com barreiras. Carros do Batalhão de Choque da Polícia Militar também já se encontram no local.

Os manifestantes se dividiram entre todas as entradas da assembleia para tentar impedir que parlamentares entrem no local. O deputado Ricardo Motta foi abordado e, ao tentarem impedir a entrada do deputado Hermano Moraes, um jovem chegou a ser empurrado pela polícia e teve ferimentos leves nos braços.
.
A sessão estava marcada para começar às 10h. Os deputados vão se reunir para aprovar a convocação feita pelo Executivo. Se aprovada, os trâmites constitucionais e a redação das matérias – que precisam passar pelas comissões de Justiça e Finanças – têm início.


10/01/2018
Por Edilson Silva em Paraíba, Policial

Quase 1,5 mil animais foram recolhidos pela PRF nas rodovias da Paraíba

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), durante o ano de 2017, recolheu 1.433 animais que foram encontrados soltos, perambulando sobre a pista e nas margens das rodovias federais no estado da Paraíba.

Todos os animais apreendidos pela PRF são remanejados para um curral municipal conveniado, onde eles ficam sob guarda até o proprietário reavê-los e, se no momento da apreensão o dono do animal for identificado, este é encaminhado para Delegacia de Polícia e será responsabilizado pelo crime de “omissão de cautela na guarda ou condução de animais”.


10/01/2018
Por Edilson Silva em Caicó, Policial

Caicó: Juiz faz fiscalização no Pereirão e ouve presas

O juiz Luiz Cândido de Andrade Villaça, que está também, respondendo pela Execução Penal na comarca de Caicó, realizou fiscalização de rotina no pavilhão feminino da Penitenciária Estadual do Seridó. O magistrado disse que a fiscalização foi rotina, mas aproveitou, juntamente com o representante do Ministério Público, para fazer entrevistas com as presas.

“Nós temos sempre que fazer esse tipo de trabalho. Lá, nós encontramos algumas melhorias sendo implementadas, como os equipamentos novos que chegaram, o Raio-X e o detector de metais, o sistema de câmeras, entre outros. Eu tenho esperança que tenhamos essa unidade funcionando bem, como antes“.

Luiz Cândido esteve acompanhado do promotor de Justiça, Geraldo Rufino de Araújo Júnior, do diretor da unidade prisional, Ubirajara Araújo, do delegado de Polícia Civil, dr. Rafael e do comandante do 6º BPM, o tenente-coronel Walmary Costa.

Blog Sidney Silva


08/01/2018
Por Edilson Silva em Policial, Religião

Igreja de Serra Negra do Norte é invadida por criminosos

Igreja de Nossa Senhora do Ó, em Serra Negra do Norte, teve objetos furtados durante o fim de semana, após ser invadida por criminosos.

É a falência total da Segurança Pública do RN.


07/01/2018
Por Edilson Silva em Caicó, Policial

Caicoense envolve-se em acidente com vítima fatal neste sábado em Santa Cruz

Um acidente envolvendo um veículo de passeio da caicoense Estela da HS Móveis e uma motociclista acabou vitimando fatalmente uma pessoa na BR-226, próximo ao Parque de Vaquejada de Santa Cruz.

Segundo informações preliminares, o choque foi frontal e o condutor da moto morreu no local. Os passageiros do veículo, que são todos do Seridó, sofreram escoriações leves e não correm riscos.

Ainda segundo informações extraoficiais, o motociclista é natural de Santa Cruz, mas sua identificação ainda não foi confirmada.


06/01/2018
Por Edilson Silva em Policial, Política, RN

Rádio Comunitária na mira do Ministério Público Federal (MPF)

O Ministério Público Federal (MPF) ingressou com uma ação de improbidade administrativa contra a ex-prefeita de Monte das Gameleiras, Edna Regia Sales Pinheiro Franklin de Albuquerque, a “Edinha”, seu irmão Edson Ricardo Sales Pinheiro e a União. A acusação é de fraude na obtenção da outorga que permitiu o funcionamento da Rádio Comunitária FM Gameleiras.

Logo no início de seu mandato, em 2009, Edinha e o irmão constituíram, de forma fraudulenta, a Associação Comunitária Rádio FM Gameleiras, em nome de “laranjas”. Através dessa associação, eles solicitaram e obtiveram, em 2012, autorização do Congresso Nacional para explorar uma rádio comunitária, a FM Gameleiras, pelo prazo de dez anos.

Os supostos presidente, tesoureira e secretária da associação confirmaram, em depoimento, que apenas cederam seus nomes para a criação da entidade e que quem a administrava de fato era a então prefeita. A tesoureira e a secretária acrescentaram que Edson Ricardo foi quem lhes pediu os “nomes emprestados”, para figurarem como fundadoras da associação.

A solicitação para que a associação pudesse efetivamente prestar o serviço de radiodifusão contou com assinatura de apoio da própria prefeita, bem como dos então secretários municipais de Educação; Administração; Saúde; Finanças; e de Assistência Social; além do chefe do Gabinete Civil. O MPF ressalta que a lista de signatários é bem “ilustrativa do vínculo político da iniciativa”.

Em 2011, o Ministério das Comunicações concedeu licença provisória e, no ano seguinte, o Congresso Nacional aprovou a outorga. “Ao ser interrogada sobre os fatos, Edna (…) admitiu que ‘manteve ingerência em Brasília’ para que a rádio comunitária iniciasse suas atividades. Isso demonstra seu interesse pessoal na situação e indica a existência de aspectos marcadamente políticos no caso”, reforça o MPF.

A ação do MPF destaca que a interferência política da ex-prefeita ocorreu não apenas no momento da instalação da rádio comunitária, mas também no desempenho de suas atividades. Ela chegou a contratar uma de suas adversárias, como forma de tentar garantir o apoio e enfraquecer a oposição. Posteriormente, a funcionária contratada foi demitida por contrariar os interesses da ex-prefeita.

Legislação

De acordo com a Lei n. 9.612/1998, que regula o serviço de radiodifusão comunitária, a essas emissoras é “vedado o proselitismo de qualquer natureza”, bem como sua entidade detentora “não poderá estabelecer ou manter vínculos que a subordinem ou a sujeitem à gerência, à administração, ao domínio, ao comando ou à orientação de qualquer outra entidade, mediante compromissos ou relações financeiras, religiosas, familiares, político-partidárias ou comerciais”.

Somado à condenação dos réus por improbidade, o MPF requer a anulação da outorga para funcionamento da rádio, “em face dos vícios, fraudes, ilegalidades e desvirtuamentos ocorridos no caso”. Um pedido de liminar inclui a suspensão da autorização de funcionamento.

A ex-prefeita e seu irmão poderão ser condenados à perda da função pública que eventualmente exerçam; suspensão dos direitos políticos de três a cinco anos; pagamento de multa civil de até cem vezes o valor da remuneração percebida na época da prática dos atos; e proibição de contratar com o Poder Público pelo prazo de três anos.

A ação tramitará na Justiça Federal sob o número 0812831-95.2017.4.05.8400.


05/01/2018
Por Edilson Silva em Policial, Vídeo Blog

Vídeo: PM invade governadoria em Natal e diz que só sai de lá com salários pagos

Imagem com reprodução via TV Ponta Negra mostra cabo da Polícia Militar, em ato de desespero na manhã desta sexta-feira(05), na governadoria, em Natal. Policial diz que iniciará greve de fome.




Facebook


Twitter