05/10/2014
Por Edilson Silva em Eleições, Jucurutu

Apoiados por Nelter, Henrique e Wilma ganham em Jucurutu com ampla maioria

O deputado estadual Nelter Queiroz (PMDB), que obteve 6.814 votos em Jucurutu, cidade administrada pelo seu filho, George Queiroz (PMDB), deu uma ampla maioria aos seus candidatos ao Governo e Senado, respectivamente, Henrique Alves (PMDB) e Wilma de Faria (PSB).

Governo:

Henrique – 6.843 votos

Robinson – 2.424 votos

Senado:

Wilma de Faria – 6.177 votos

Fátima Bezerra – 3.720 votos


05/10/2014
Por Edilson Silva em Eleições

Tiririca é reeleito em SP com quase 1 milhão de votos

Tiririca-3-600x272

Apesar das críticas, Tiririca do PR consegue sua reeleição para Deputado Federal. Ele ainda não alcançou a marca do 1 milhão, mas já passou de 940 mil votos (4,8%). Em São Paulo, 93% das urnas  já foram apurados.

Em primeiro lugar em SP está Celso Russomanno do PRB, com mais de 1,4 milhão de votos (7,19%). O Pastos Marco Feliciano do PSC segue em terceiro colocado, somando bem menos que os dois primeiros, com 370 mil votos (1,88%).

Para governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin do PSDB está com 57,5% dos votos (mais de 10,7 milhões de votos), vencendo já no primeiro turno. Skaf está em segundo com 4 milhões de votos (21,56%).


05/10/2014
Por Edilson Silva em Eleições

Candidato ao Senado agride eleitora e TRE manda prendê-lo

O candidato à vaga de Alagoas ao Senado pelo PEN, Coronel Brito, foi flagrado em vídeo dando um tapa no rosto de uma eleitora que estava na fila para votação seção eleitoral na Escola de Ensino Fundamental Padre Pinho, no bairro da Cruz das Almas, em Maceió.

O vídeo que mostra o momento da agressão (clique aqui para assistir) circulou em aplicativos para smartphone e o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AL) determinou a prisão de Brito.


05/10/2014
Por Edilson Silva em Eleições

22 candidatos já foram presos em todo o Brasil neste domingo

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que 1869 urnas foram substituídas em todo o país. Segundo o boletim mais recente, divulgado no início da tarde deste domingo, o número representa apenas 0,38% das urnas utilizadas. O Rio de Janeiro é o estado com mais problemas: 383 equipamentos precisaram ser trocados. Além disso, há relatos de eleitores e mesários em relação à biometria, que provocou atrasos em alguns locais do país, como Niterói, no Rio, e Teresina, no Piauí. O presidente do TSE, Dias Tóffoli, admitiu que há problemas de formação de filas, mas que isso não é generalizado no país.

Foram contabilizadas 990 ocorrências no total, mas nenhuma é considerada grave. De acordo com o TSE, 248 pessoas foram presas, sendo 22 candidatos. Dez delas no Rio de Janeiro. Os dados foram atualizados com números da votação até 11h28. Segundo o Tribunal Regional Eleitoral do estado (TRE), 162 pessoas foram presas no estado, sendo 15 candidatos e 32 no interior do estado. Entre eles estão: Marcelo Borges (PDT), que disputa uma vaga de deputado federal; Dr. João Batista (PT), que tenta o cargo de deputado estadual; Bombeiro Nascimento (PROS), que também quer uma vaga na Assembleia Legislativa do Rio e Everton Gomes (PDT), candidato a deputado federal.


05/10/2014
Por Edilson Silva em Eleições

Média de comparecimento nas seções eleitorais em cidades do Seridó é de 50%

Manhã de pouca movimentação nas urnas em muitas cidades do Seridó. Em Jardim do Seridó, por exemplo, até às 13 horas o comparecimento era de apenas 50%. Em muitos dos locais de votação não estão sendo registradas filas.

Em Florânia o pouco comparecimento do eleitor ainda é mais intenso. Informações dão conta que até agora apenas 40% do eleitorado votou. Em Santa Cruz, principal cidade do Trairi também chega a 40% o índice de comparecimento as seções eleitorais até o presente momento.


05/10/2014
Por Edilson Silva em Eleições

Nelter Queiroz vota em Jucurutu no início da tarde

S

Candidato à reeleição pelo PMDB, o deputado estadual Nelter Queiroz no início da tarde de hoje (05), em Jucurutu, na Escola Municipal Wagner Lopes de Medeiros. Ele busca o sétimo mandato na Assembleia Legislativa.


05/10/2014
Por Edilson Silva em Eleições, Jucurutu

Promotor de Justiça e Juíza Eleitoral de Jucurutu/RN fazem recomendações aos eleitores

10710588_719481794754981_8338075680668460893_n

Na foto: Dr. Fausto França – Promotor

A Drª. Marina Melo Martins de Almeida, Juíza da 27ª Zona Eleitoral e o Dr. Fausto França, Promotor local comunica aos eleitores de Jucurutu/RN que no dia da votação:

  1. Será proibida a distribuição de panfletos de candidatos e santinhos,
  2. Será proibida a aglomeração de pessoas/boca de urnas,
  3. Será proibida a venda e o consumo de bebidas alcoólicas em bares, restaurantes, supermercados e outros estabelecimentos no período compreendido entre 6:00h e 18:00h do dia 05/10/2014.
  4. Nos veículos particulares o motorista poderá trazer apenas os familiares, não podendo trazer amigos nem vizinhos,
  5. Caso o eleitor não possua veículo próprio, este só poderá utilizar os veículos cadastrados para cada rota.

Por Edilson Silva – Contatos (84) 9629 7591 – e – mail – edilson104@hotmail.com

 


05/10/2014
Por Edilson Silva em Eleições, Jucurutu

Jucurutu: Saiba quais são os transportes a serviço do poder judiciário

Índice

Na foto: Juíza Eleitoral da 27.ª Zona, Drª. Marina Melo Martins de Almeida

Justiça Eleitoral de Jucurutu/RN através da Juíza Eleitoral da 27.ª ZonaDrª. Marina Melo Martins de Almeida comunica aos eleitores que estão requisitados e a serviço do Poder Judiciário 30 (trinta) veículos fazendo as diversas rotas necessárias para atender ao eleitor que precise se deslocar da zona rural para a sede do Município e que não tenha veículo próprio para tanto.

Clique no link em azul para ver a íntegra da portaria, com rotas e horários de saída e retorno dos veículos. Portaria n 007 02.10.2014

Lembra que constitui crime eleitoral punido com até 06 (seis) anos de reclusão fazer transporte de eleitores em veículo não autorizado, na forma da Lei 6.091/74.

Por Edilson Silva – Contatos (84) 9629 7591 – e – mail – edilson104@hotmail.com


05/10/2014
Por Edilson Silva em Eleições

25 mil candidatos disputam votos de 142 milhões de eleitores pelo Brasil

Uma quantidade recorde de brasileiros deve ir às urnas nas eleições gerais deste domingo (5). O número de brasileiros aptos a votar é de 142.822.046, um crescimento de 5,2% em relação aos 135.804.234 eleitores inscritos na Justiça Eleitoral em 2010.

Além da Presidência, estão em jogo nas eleições deste ano os cargos de 27 governadores das unidades federativas, 27 cadeiras do Senado, 513 vagas de deputado federal e mais de mil cadeiras de deputado estadual. São quase 25 mil candidatos no país, incluindo os postulantes aos cargos de vice-presidente, vice-governador e à suplência de senador. A maior parte – quase 17 mil – disputa uma vaga de deputado estadual.


05/10/2014
Por Edilson Silva em Eleições

RN conhecerá resultado das eleições às 23h

Segundo o exemplo do restante do país, neste domingo (05), os eleitores potiguares irão às urnas votar escolher presidente, governador, senador, deputados federais e deputados estaduais, das 8h às 17h. A expectativa é de que a apuração seja concluída até 23h pelo TRE/RN.


05/10/2014
Por Edilson Silva em Eleições

Venda de bebidas alcoólicas no RN será suspensa por 12h devido à eleição

Segundo portaria da secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Norte, a venda de bebidas alcoólicas está suspensa das 6h às 18h no domingo (5), dia das eleições. A proibição de venda e consumo de bebidas alcoólicas, mais conhecida como Lei Seca, já chegou a ser aplicada de forma obrigatória em todo o Brasil nos dias de eleições.

Atualmente, a aplicação da medida, que visa garantir a segurança durante o período de votação tem ficado a cargo de cada estado, que publica uma portaria com os critérios de vigência da restrição. Até o momento treze estados já confirmaram a adoção da Lei da Seca no primeiro turno das eleições gerais.


05/10/2014
Por Edilson Silva em Eleições

Mais de 300 candidatos disputam o voto dos potiguares

Segundo dados do TRE, são 2.302.448 de eleitores aptos a votar no Rio Grande do Norte, sendo 500.705 somente em Natal. Cincocandidatos disputam o cargo de governadorquatro a única vaga para o Senado em 2014, 82 pessoas uma das oito cadeiras dedeputado federal e 244 candidatos para deputado estadual. A Assembleia Legislativa potiguar possui 24 cadeiras.


05/10/2014
Por Edilson Silva em Eleições

Eleições 2014: Ministério Público Federal funciona em sistema de plantão

Durante todo o fim de semana das eleições os servidores da Procuradoria Regional Eleitoral no RN estão em regime de plantão, das 8h às 19h para atender denúncias de irregularidades nas Eleições 2014. As denúncias podem ser enviadas pela página da Procuradoria da República, no endereço www.prrn.mpf.mp.br, clicando no banner “Para o Cidadão”, ou ainda pelo telefone 3232-3900.

A Procuradoria Regional Eleitoral lembra que no dia da eleição, 5 de outubro, não é permitida qualquer atividade que busque atrapalhar, impedir ou fraudar o exercício do voto, além de fazer uso de alto-falante, fazer comícios e carreatas, realizar a distribuição de materiais de propaganda do candidato e fazer boca de urna. Todas as denúncias recebidas serão analisadas pelo procurador regional eleitoral ou pelos procuradores eleitorais auxiliares, cada um em sua área de atuação, com o encaminhamento necessário para cessar a irregularidade ou ainda punir os envolvidos.

Outros crimes eleitorais:

– Corrupção eleitoral ativa: é o ato de oferecer dinheiro ou alguma vantagem para o eleitor em troca de voto;
– Corrupção eleitoral passiva: pedir ou receber dinheiro, em troca de voto;
– Coagir uma pessoa utilizando violência e ameaças para que ela vote ou não em algum candidato ou partido, mesmo que o objetivo não seja conquistado;
– Dar aos eleitores meios de transporte e alimentação no dia anterior ou posterior à eleição. Somente a Justiça Eleitoral pode fornecer transporte aos eleitores para os locais de votação;
– Tentar votar no lugar de uma outra pessoa;
– Fraudar ou tentar violar uma urna eletrônica;
– Fazer uso de prédios e automóveis públicos para promover a campanha de determinados candidatos;
– Reter o título eleitoral de qualquer pessoa de forma indevida.


05/10/2014
Por Edilson Silva em Eleições

Às 21 horas o RN saberá quem foi eleita senadora e se tem 2º turno

Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte divulgará o primeiro boletim de totalização dos votos às 18h desse domingo. A expectativa é que às 21h do mesmo dia o pleito já esteja com quase 100% das urnas totalizadas no Estado.

Diretor de Informática do Tribunal Regional Eleitoral, Marco Maiadestacou que a Corte estará com 90 pontos de transmissão dos votos para o TRE.

Panorama Político


05/10/2014
Por Edilson Silva em Eleições

TSE prevê que pelo menos 60% das urnas serão apuradas até 19h

A estimativa do Tribunal Superior Eleitoral é de que, até as 19h do próximo domingo, já estejam apuradas entre 60% e 70% das urnas eleitorais.

Este é o horário em que começam a ser divulgados os primeiros balanços da apuração presidencial, cujo resultado deve ser conhecido até 21h30. Algumas urnas de difícil acesso em regiões da Amazônia, entretanto, costumam ter seus resultados divulgados um pouco mais tarde.


04/10/2014
Por Edilson Silva em Eleições

Candidatos às Eleições 2014 podem fazer propaganda até às 22h de hoje (4)

Os 22.923 candidatos aptos a concorrer aos cargos de deputado estadual ou distrital, federal, senador, governador e presidente da Republica podem fazer propaganda até as 22h deste sábado (4). A propaganda, no entanto, restringe-se à distribuição de material gráfico e à promoção de caminhada, carreata, passeata ou carro de som divulgando jingles ou mensagens dos candidatos, assim como o uso de alto-falantes ou amplificadores de som.

Já no dia 5 de outubro, dia do pleito, não será permitido nenhum tipo de propaganda, com exceção da manifestação silenciosa do eleitor, por meio de bandeiras, broches e adesivos. A propaganda paga na imprensa escrita só pôde ser divulgada até essa sexta-feira (3). A propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão encerrou-se na quinta-feira (2).


04/10/2014
Por Edilson Silva em Eleições

Leve a colinha com o número dos candidatos para agilizar a votação

CEDULA ELEITORAL-LEMBRETE-ELEICOES-2010

Para facilitar o procedimento no dia da votação, a Justiça Eleitoral incentiva os eleitores a levarem o número de seus candidatos anotados em um papel, a chamada cola eleitoral. A utilização da cola no dia da eleição também tornará mais ágil a digitação dos números na urna eletrônica. No pleito, o eleitor deve votar em cinco candidatos para o preenchimento dos cargos em disputa. O votante terá de digitar 16 teclas para concluir a sua votação, número que pode ser ainda maior caso haja a necessidade de corrigir algum dígito.

Assim que entrar na cabine de votação, o primeiro candidato que o eleitor terá que escolher é o deputado estadual/distrital, identificado por cinco algarismos. O segundo voto é para deputado federal, composto de quatro dígitos, e, em seguida deve ser escolhido o candidato a senador, com três dígitos. O quarto voto é para governador e o último para presidente da República. Os candidatos a esses dois cargos são representados por dois dígitos que correspondem ao número do partido pelo qual concorrem.

Após digitar o número de cada um dos escolhidos e conferir a foto de seu candidato na tela, o eleitor terá de confirmar o seu voto. Caso digite algum número errado e a foto não corresponder ao seu escolhido, o eleitor terá de apertar a tecla corrige, digitar corretamente o número, conferir a foto e confirmar o voto. Depois de confirmar o voto em algum candidato, não existe possibilidade de voltar atrás: aquele voto já terá sido computado pela urna.


04/10/2014
Por Edilson Silva em Eleições

Quem não votar nem justificar a ausência fica impedido de exercer vários direitos

O eleitor que não puder votar neste domingo (5) e não justificar sua ausência em um dos postos de justificativa, no mesmo dia do pleito, tem até 4 de dezembro para apresentar justificativa ao juiz do cartório eleitoral. Sem o comprovante de votação, ou de quitação de suas obrigações eleitorais, o eleitor fica impedido de exercer alguns direitos, tais como: inscrever-se em concurso público; ser empossado em cargo público; obter carteira de identidade ou passaporte; renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial; obter empréstimos em bancos oficiais; e participar de concorrência pública ou administrativa.

Caso não votem nem justifiquem a ausência, os servidores públicos ficam sem receber seus vencimentos até regularizarem a situação junto à Justiça Eleitoral. Quem não votar em três eleições consecutivas – considerando cada turno uma eleição – e não justificar sua ausência terá sua inscrição eleitoral cancelada. Essa regra não se aplica aos eleitores para quem o voto é facultativo -analfabetos, os que têm 16 e 17 anos, e os maiores de 70 anos – e aos portadores de deficiência física ou mental que torne impossível ou demasiadamente oneroso o cumprimento das obrigações eleitorais.


04/10/2014
Por Edilson Silva em Eleições

Condutas proibidas neste domingo, que podem resultar em prisão e multa

Os eleitores devem ficar atentos neste domingo (5) a práticas que são especialmente vedadas pela Justiça Eleitoral, por causa das eleições. Os chamados crimes eleitorais podem resultar em prisão e multa. O mais conhecido deles é a prática de boca de urna. É proibida, na hora da votação, a reunião de pessoas com a finalidade de tentar convencer o eleitor a votar em determinado candidato. Por isso, os cidadãos até podem se dirigir para as seções eleitorais com botons, adesivos e camisetas de seus candidatos, mas não devem fazer isso em grupo.

Comícios, caminhadas, carreatas e distribuição de material de divulgação também estão proibidos neste domingo. Elas só poderão ser retomadas na segunda-feira (6), a partir das 17h, quando volta a ser permitido todo tipo de propaganda eleitoral para o segundo turno. Outros tipos de crimes eleitorais são a compra de votos, o transporte de eleitores, o pagamento de benefícios para os eleitores – como lanches e almoço – e a doação de brindes para os eleitores, como bonés e camisetas, entre outros. O eleitor também é proibido de tirar fotos dentro da cabine de votação, onde deverá entrar sozinho, a não ser que comprove a necessidade de acompanhante.

As autoridades policiais e seus agentes deverão prender quem for encontrado em flagrante delito pela prática de infração eleitoral, salvo quando se tratar de crime de menor potencial ofensivo, comunicando imediatamente o fato ao juiz eleitoral, ao Ministério Público Eleitoral e à família do preso ou à pessoa por ele indicada. A partir daí, caberá ao juiz eleitoral decidir se irá relaxar a prisão por considerá-la ilegal, conceder liberdade provisória com ou sem fiança, ou ainda converter a prisão em flagrante para preventiva, se considerar que há riscos relacionados à soltura do preso.




Facebook


Twitter