A mala se arrasta

O poeta T.S. Eliot (1888-1965) escreveu, em versos célebres, que o fim da civilização aconteceria “não em estrondo, mas num sussurro”. Caso não menos célebre, para os brasileiros, parece que vai terminando de modo semelhante.

A mala com R$ 500 mil, flagrada nas mãos do ex-assessor do Planalto Rodrigo Rocha Loures, uma semana depois de o presidente Michel Temer (MDB) ter indicado seu nome ao empresário Joesley Batista (JBS), ameaçou explodir toda a ordem política pós-impeachment.

Compartilhe aqui:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*