A Globo descobriu que vai ter eleição

54424531-65da-41cf-a6a2-cb980a1521da
No histórico comício do 1º de maio, no “domingo vermelho”, como diz a TV Afiada, os movimentos sociais, os partidos políticos que apoiam a Presidenta e as centrais sindicais estiveram todos unidos sob a bandeira “vai ter luta”!

Com a participação de três repórteres – bastava ler o Conversa Afiada… – o Globo, o líder do que o Massimo d’Alema chamou de PPV, Partido da Propaganda Vulgar, o Globo descobriu que vai ter eleição.

Com plebiscito, sem plebiscito, porque o pau vai comer, se não tiver.

Diz o conglomerado (só faltou o Ataulpho) de repórteres do Globo:

Dilma Rousseff deve enviar nos próximos dias ao Congresso uma proposta de emenda constitucional que estabelece novas eleições em 2 outubro.

Dilma e ministros palacianos, como Jaques Wagner (Casa Civil) e Ricardo Berzoini (Secretaria de Governo), concordaram com a ideia da eleição, mas a presidente ainda gostaria de conquistar o consenso dos movimentos sociais.

Em tempo: no próprio Globo, o líder o PPV:

“Vaiada ao ser anunciada e durante seu breve discurso, a senadora Marta Suplicy, provável candidata do PMDB à prefeitura de São Paulo”…

Antes e durante…

É a sina dos traidores.

Como dizia o Brizola: a política gosta da traição e repudia os traidores. Pergunta ao Cristovam Buarque como é duro levar a traição nas costas…

Paulo Henrique

Compartilhe aqui:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*