Dia: 14 de junho de 2022

Reservas hídricas do RN atingem 54% da capacidade; confira

 

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio do Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn), monitora 47 reservatórios, com capacidades superiores a 5 milhões de metros cúbicos, responsáveis pelo abastecimento das cidades potiguares. O Relatório do Volume dos Principais Reservatórios Estaduais, divulgado nessa segunda-feira (13), indica que as reservas hídricas superficiais totais do RN somam 2.371.500.850 m³, correspondentes a 54,18% da sua capacidade total, que é de 4.376.444.842 m³. No mesmo período do ano passado as reservas hídricas do RN eram de 2.202.971.185 m³, equivalentes a 50,33% da sua capacidade total.

 

A barragem Armando Ribeiro Gonçalves, maior reservatório do RN, acumula 1.520.442.898 m³, percentualmente, 64,07% da sua capacidade total, que é de 2.373.066.510 m³. No mesmo período do ano passado, o manancial estava com 1.405.314.835 m³, correspondentes a 59,22% da sua capacidade.

 

A barragem Santa Cruz do Apodi, segundo maior reservatório do RN, acumula 266.835.315 m³, equivalentes a 44,49% da sua capacidade total, que é de 599.712.000 m³. No dia 13 de junho de 2021, o manancial estava com 255.030.235 m³, correspondentes a 42,53% da sua capacidade total.

 

O açude público de Pilões recebeu águas nos últimos dias e acumula 3.457.212 m³, percentualmente, 58,58% da sua capacidade total, que é de 5.901.875 m³. No mesmo período do ano passado, o reservatório estava com 2.409.725 m³, correspondentes a 40,83% da sua capacidade total.

 

A barragem de Pau dos Ferros é outro manancial que continua recebendo recarga, acumula 47.321.077 m³, equivalentes a 86,28% da sua capacidade total, que é de 54.846.000 m³. No mesmo período do ano passado, o reservatório estava com 30.116.105 m³, correspondentes a 54,91% da sua capacidade total.

 

O açude Bonito II, localizado em São Miguel, acumula 2.602.650 m³, correspondentes a 23,95% da sua capacidade total, que é de 10.865.000 m³. O reservatório está com o mesmo volume que apresentava em meados de junho de 2021.

 

A barragem Mendubim, localizada em Assu, acumula 71.158.876 m³, equivalentes a 91,99% da sua capacidade total, que é de 77.357.134 m³. No mesmo período de 2021, o reservatório estava com 50.210.613 m³, correspondentes a  64,91% da sua capacidade total.

 

O açude Santa Cruz do Trairi, localizado em Santa Cruz, acumula 3.684.158 m³, percentualmente, 71,42% da sua capacidade total, que é de 5.158.750 m³. No mesmo período de junho do ano passado, o manancial estava com 848.288 m³, correspondentes a 16,44% da sua capacidade total.

 

Os reservatórios monitorados pelo Igarn que estão com 100% da sua capacidade, são: Santana, localizado em Rafael Fernandes; Flechas, localizado em José da Penha; o açude público de Marcelino Vieira; Riacho da Cruz II, localizado em Riacho da Cruz; Apanha Peixe, localizado em Caraúbas; Morcego, localizado em Campo Grande; o açude público de Encanto; Beldroega, localizado em Paraú; e Pataxó, localizado em Ipanguaçu.

 

Para saber sobre os volumes de outras barragens do RN acesse: http://sistemas.searh.rn.gov.br/monitoramentovolumetrico.

 

Situação das lagoas

 

A lagoa de Extremoz, responsável por parte do abastecimento da zona norte da capital, está com seu volume máximo, que é de 11.019.525 m³.

 

Já a lagoa do Bonfim, responsável pelo abastecimento da adutora Monsenhor Expedito, acumula 39.675.464 m³, percentualmente, 47,08% da sua capacidade total, que é de 84.268.200 m³.

 

A lagoa do Boqueirão, localizada em Touros, permanece cheia com 11.074.800 m³, que correspondem a 100% da sua capacidade.

 

Compartilhe aqui:

R$ 0,53 centavos é o que governo federal paga de alimentação por dia por aluno da pré-escola

 

R$ 0,53 centavos é o que governo federal paga de alimentação por dia por aluno da pré-escola, justamente na fase mais importante do desenvolvimento.

 

A merenda escolar não teve reajuste significativo desde 2010, sefundo a Pnae. Além disso, houve redução de 20% em valores reais no orçamento do programa entre 2014 e 2019.

 

Neste ano, houve redução para R$ 3,96 bilhões —em 2021, foram R$ 4,06 bilhões.

 

Um pãozinho francês por dia! Lamentável!

 

Via Senador Styvenson

 

Compartilhe aqui:

Avião americano da 2ª Guerra Mundial é encontrado no litoral do Rio Grande do Norte

 

Pesquisadores do Rio Grande do Norte localizaram o avião bimotor Catalina, do Esquadrão 83 da Marinha dos Estados Unidos, no fundo do mar da Praia de Maracajaú, em Maxaranguape (RN). O hidroavião havia caído no mar, próximo a uma base militar estadunidense em Parnamirim, em 13 de junho de 1942, 80 anos atrás, durante a Segunda Guerra Mundial.

 

A estrutura foi encontrada por um mergulhador profissional, que ministrava um curso, no início deste mês. O Centro Cultural Trampolim da Vitória, órgão que reúne fatos históricos a respeito da presença dos Estados Unidos no estado durante a Segunda Guerra, foi avisado.

 

Segundo Fred Nicolau, curador do Centro, existem, ao menos, dez aviões que caíram entre Parnamirim e Maracajaú. Porém, há dificuldades em encontrar vestígios, porque quem acha os destroços, guarda como “um segredo”.

 

“Eu não sabia, à princípio, que esse estava lá ou que era esse [avião]. Um amigo meu que é mergulhador estava dando um curso ali no portal de Maracajaú na semana passada e falou que ‘achou um treco lá’, ‘um negócio ali’, mas não era um avião. E me mandou as fotos. Eu olhei as fotos e de fato aquilo é uma sucata, não parece nada. Tem um monte de treliça, tem umas chapas quebradas”, declarou, em entrevista ao G1.

 

“Eu comecei a procurar nas coisas que eu tinha e achei um pedaço daquela sucata que era uma peça muito característica de um avião chamado Catalina”, acrescentou.

 

Ainda conforme o curador, os fatos se conectaram depois que veio à mente a lembrança de um documento que apontava para um acidente acontecido com um avião desse tipo no município de Maxaranguape.

 

A gente já tinha esse relatório desse avião. Mas não sabia onde que estava. E aí coincidiu”, disse.

 

A estrutura do hidroavião ficará no fundo do mar

 

Os destroços do Catalina serão deixados no fundo do mar. As coordenadas do local onde o avião caiu foram informadas à Marinha do Brasil e às autoridades dos Estados Unidos.

 

“Pela lei americana, onde teve um acidente militar que alguém morreu lá, aquilo vira uma tumba. Então não pode ser mexido”, completou Nicolau.

 

Compartilhe aqui:

MPF abre inscrições no RN para concurso de estágio em Direito

 

O Ministério Público Federal (MPF) no Rio Grande do Norte publicou o edital para o Processo Seletivo de Estagiários de Direito, voltado à formação de cadastro de reserva para atuar nas procuradorias da República em Natal, Caicó e Mossoró, além de Assu e Pau dos Ferros (essas duas últimas vêm funcionando junto à de Mossoró).

 

A ficha de pré-inscrição (assim como o edital e demais documentos relacionados) permanecerá disponível no site da Procuradoria da República no Rio Grande do Norte (http://www.mpf.mp.br/rn/estagie-conosco/concursos-de-estagio/2022) até 16h do próximo dia 24.

 

Para a confirmação das inscrições, os interessados deverão encaminhar para os e-mails do concurso (ver lista abaixo) – em arquivo único e de forma digitalizada, legível e em formato PDF – o documento de identidade com foto; CPF; declaração de escolaridade expedida pela instituição de ensino conveniada, emitida há no máximo 30 dias e assinada digitalmente ou contendo código de autenticidade; além do Termo de Consentimento para Tratamento de Dados Pessoais – Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), disponível no edital.

 

Apenas após o envio é que a inscrição estará confirmada. A lista dos candidatos deferidos será divulgada em 30 de junho. Aqueles que desejam participar da seleção pelo sistema de cotas raciais (30% das vagas destinadas aos que se declararem negros) ou de minorias étnico-raciais (10% das vagas) devem preencher as declarações específicas para o envio. Já as pessoas com deficiência (10% das vagas) precisam incluir o laudo médico.

 

Requisitos e datas – Os interessados precisam estar matriculados em uma das instituições de ensino conveniadas (lista abaixo) e, no momento da contratação, devem ter concluído pelo menos: o 2º ano ou 4º semestre do curso superior (quando este tiver dez ou mais semestres de duração); o 3º semestre do curso superior (quando tiver menos de dez semestres de duração); o 2º semestre do curso (quando a duração for igual a seis semestres); ou o 1º semestre (no caso de o curso durar quatro ou menos semestres).

 

A prova será realizada presencialmente na data provável de 31 de julho, das 9h às 12h. O local será divulgado no dia 27 de julho pela página de estágios do site da Procuradoria da República no Rio Grande do Norte. O acesso ao espaço será permitido até 8h45, horário em que os portões serão fechados.

 

O candidato deverá se apresentar portando caneta esferográfica azul ou preta e carteira de identidade. Só poderá fazer a prova mediante a apresentação de documento oficial de identificação. Durante a realização, não será permitida consulta a qualquer tipo de texto, nem empréstimo e comunicação entre os candidatos, o que pode implicar em desclassificação.

 

Aprovação – A prova objetiva, composta por 40 questões de conhecimentos específicos em Direito, terá peso 1 na nota final; e a discursiva peso 2, consistindo na elaboração de dissertação, análise e interpretação e/ou elaboração de peça ou texto jurídico. Serão considerados aprovados os candidatos que obtiverem a nota mínima 5,0.

 

Porém, somente serão corrigidas as provas subjetivas dos candidatos que no critério objetivo de seleção obtenham até a 110ª posição, para Natal/Ceará-Mirim; até a 75ª para Mossoró/Assu/Pau dos Ferros; e até a 15ª, para Caicó. A data provável para a divulgação do resultado definitivo é 13 de setembro.

 

Cotas– Das vagas destinadas às pessoas com deficiência, o primeiro candidato proveniente desse grupo ocupará a 6ª vaga, enquanto os demais serão convocados para a 11ª, 21ª, 31ª e assim sucessivamente. Para concorrer às 30% destinadas aos candidatos que se declararem negros, além da autodeclaração, o interessado deverá comparecer, quando convocado, perante o responsável ou pela Comissão Organizadora da seleção para confirmação das condições.

 

O primeiro candidato negro classificado na seleção será convocado para ocupar a 3ª vaga, enquanto os demais serão convocados para a 5ª, 9ª, 12ª, 15ª, 19ª, 22ª vagas e assim sucessivamente. Outras 10% das vagas estão reservadas aos que se declararem participantes do sistema de cotas para minorias étnico-raciais. Os que optarem por essa cota passarão por etapas semelhantes às dos grupos anteriores e o primeiro classificado na seleção como minoria étnico-racial será convocado para ocupar a 10ª vaga, enquanto os demais para a 20ª, 30ª vagas e assim sucessivamente.

 

Condições – A aprovação no processo seletivo não gera o direito à contratação do estagiário, que poderá ser ou não realizada segundo a necessidade, a conveniência e a oportunidade, a critério da Procuradoria da República no Rio Grande do Norte, observada a disponibilidade de vagas. Os contratados terão direito a uma bolsa de estágio no valor atual de R$ 976 e mais auxílio-transporte (R$ 11 por dia estagiado), devendo cumprir uma jornada semanal de 20 horas.

 

Endereços de e-mail para envio de documentação de inscrição

 

PRRN-EstagioNatal@mpf.mp.br para os candidatos de Natal e Ceará-Mirim

PRRN-EstagioMossoro@mpf.mp.br para os candidatos de Mossoró, Assu e Pau dos Ferros

PRRN-EstagioCaico@mpf.mp.br para os candidatos de Caicó

 

Instituições de ensino conveniadas:

 

• Centro Universitário do Rio Grande do Norte – UNI-RN;

• Faculdade Católica do Rio Grande do Norte;

• UNIRB – Faculdade de Ciências e Tecnologia Mater Christi – Mossoró;

• Faculdade Estácio do Rio Grande do Norte – ESTÁCIO FATERN;

• FAL – ESTÁCIO – Faculdade Estácio de Natal;

• Faculdade Estácio de Natal – ESTÁCIO NATAL;

• Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte – IFRN;

• Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN;

• Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN;

• Universidade Federal Rural do Semi-Árido – UFERSA;

• Universidade Potiguar – UNP.

 

Compartilhe aqui: