12/01/2021
Por Edilson Silva em Barra de Santana, Jucurutu

Ministro Rogério Marinho reafirma que obras de Oiticica ficam prontas em 2021

O presidente da República, Jair Bolsonaro, e o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, publicaram nas redes sociais um vídeo sobre as obras na Barragem de Oiticica, o reservatório hídrico localizado entre os municípios de Jucurutu, Jardim de Piranhas e São Fernando.

Segundo o ministro potiguar, o governo federal está “empenhado para finalizar a obra em 2021, depois de quase 30 anos de espera”.

No vídeo, compartilhado nas redes sociais, Marinho explica que a obra chegou a 86% de conclusão. “Essa obra dará segurança hídrica a mais de 200 mil norte-rio-grandenses. Estaremos no Rio Grande do Norte, juntos do presidente Bolsonaro, para uma dupla comemoração: a construção e efetivação da barragem e, ao mesmo tempo, receber as águas do ‘Velho Chico’”, afirmou o ministro. Desde 2019, foram repassados R$ 231 milhões para a continuidade do empreendimento.

A previsão é de que as águas do “Velho Chico” cheguem ao Rio Grande do Norte entre junho e julho de 2021. O projeto é considerado um dos mais importantes da história do RN na área de recursos hídricos e está orçado em R$ 547,9 milhões, sendo R$ 530,9 milhões em recursos do Ministério do Desenvolvimento Regional.

A barragem foi idealizada há quase 70 anos, mas só começou a ser construída em 2013. Inicialmente, tinha previsão de conclusão para 2015. Quando pronta, Oiticica terá uma extensão de 7 quilômetros.

O paredão principal, de concreto compactado a rolo, tem cerca de 4,5 km de extensão. A obra beneficiará aproximadamente 330 mil pessoas com oferta de água nas regiões do Seridó, Vale do Açu e região Central. Com capacidade total para 560 milhões de metros cúbicos de água, ela será o terceiro maior reservatório do estado.

A barragem vai receber águas do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco. Quando pronta, a estrutura da Barragem de Oiticica terá várias funcionalidades: regularização do curso do Rio Piranhas-Açu e controle de cheias na região. Além disso, proporcionará o abastecimento de água para consumo humano e irrigação de 6,5 mil hectares.



0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Facebook


Twitter