10/05/2020
Por Edilson Silva em Economia

Vendas on-line crescem 47% no país em abril

A disseminação do novo coronavírus mudou drasticamente a rotina de consumo dos brasileiros e intensificou as compras on-line por causa da imposição do isolamento social para conter o avanço da doença.

Passado o susto inicial com a situação, depois de queda de 20% no início da pandemia, o e-commerce brasileiro registrou crescimento de 47% no faturamento no mês de abril. O levantamento – feito pela Associação Brasileira de E-Commerce (ABComm) e pela Konduto – teve como base 25 milhões de pedidos de produtos físicos feitos em quatro mil lojas virtuais entre 1º de março e 25 de abril.

Os dados mostram que, no início da quarentena – entre 15 e 28 de março –, três setores se destacaram positivamente. Com as escolas fechadas e as crianças dentro de casa, o segmento de brinquedos teve alta de 434,7% nos pedidos. Supermercados também registraram aumento de 270,16%, tendo em vista que os vendas virtuais se tornaram excelente opção para quem não quer sair de casa.



0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Facebook


Twitter