23/03/2020
Por Edilson Silva em Cursos

Mais de 500 cursos gratuitos para profissionais na quarentena

O home office e a rotina sem sair de casa virou realidade para muitos brasileiros devido a transmissão do coronavírus no no país. Com o objetivo de fazer com que estas pessoas tenham dias mais produtivos, instituições de ensino liberaram mais de 500 cursos gratuitos para os profissionais, tanto os funcionários de empresas como os empreendedores.

Na maior parte dos sites, é preciso realizar um cadastro, com senha, para acessar os cursos.

Para o diretor-superintendente do Sebrae-SP, Wilson Poit, estamos em um momento de exceção e o isolamento social pode abrir oportunidades.

“É a chance de transformar um tempo que poderia estar perdido em algo útil. Além de adquirir novos conhecimentos, que mais tarde poderão ser usados na sua empresa, na sua profissão, é uma forma de manter-se ocupado e fugir um pouco das preocupações com a pandemia de coronavírus. Esses cursos servem não só para a capacitação, mas por que não dizer, para manter a saúde mental, uma vez que todos estão sob uma forte carga de estresse”, afirma.

Veja a lista de cursos gratuitos disponíveis:

Harvard

A Universidade de Harvard oferece mais de 100 cursos gratuitos online sobre diversos temas, como literatura, educação, negócios, estatística, biologia, entre outros assuntos. Todas as opções são em inglês.

FGV

A FGV (Fundação Getulio Vargas) oferece 56 cursos gratuitos online nas áreas de finanças, administração pública, direito, gestão, marketing, entre outros temas. Os mais curtos têm duração de cinco horas e o mais longo, de 30 horas – que fala a respeito dos Fundamentos das Relações Internacionais.

Senai

No site do Senai, são 12 cursos online gratuitos com os temas consumo consciente de energia, desenho arquitetônico, educação ambiental, empreendedorismo, finanças pessoais, fundamentos de logística, lógica de programação, propriedade intelectual, segurança do trabalho, metrologia, noções básicas de mecânica automotiva e tecnologia da informação e comunicação.

VTX Lab

Os profissionais da área de beleza podem melhorar suas habilidades profissionais por meio de cursos sobre corte, escova e visagismo. A plataforma oferece sete cursos gratuitos.

Udemy

A plataforma oferece 193 cursos gratuitos, com temas como conserto de celulares, criação de jogos e investimentos.

Coursera

Foram disponibilizados cursos em diversos idiomas, como português, inglês, alemão e espanhol. Dentre os temas estão negociação, marketing e projetos.

Sebrae

Focados em empreendedores, o Sebrae também está oferecendo 117 cursos gratuitos. Dentre as opções estão acesso ao mercado, startups, como planejar seu negócio e como vender pela internet.

O Sebrae afirma que reforçou o atendimento remoto e que os empresários podem entrar em contato pelo telefone 0800 5700800 ou buscar informações no portal sebraesp.com.br.

“Fluxo de caixa”, “Planejamento de marketing – Ferramentas práticas” e “Gestão financeira” são algumas das opções disponíveis. Também haverá cursos ao vivo, com duração de duas horas.

Segundo Poit, em torno de 15 mil pessoas fizeram EAD do Sebrae em março. “Esse número é 58% maior do que comparado com o mesmo período de 2019.  Quem puder, deve aproveitar para fazer esses cursos e se qualificar ainda mais”, afirmou.

Really Education

Também é possível aprender inglês durante os dias em casa. A Really Experience é uma escola sediada na Flórida, Estados Unidos, que dá aulas com professores americanos para brasileiros. As inscrições para o curso intensivo começam na segunda-feira (23) e os participantes vão receber exercícios diários de audição, conversação, vão ter interação com o professor e material didático.

“Criamos um curso intensivo para ser estudado em até 30 dias, para ajudar esse momento que o país vive de isolamento social, tornando-o mais produtivo. É preciso sempre lembrar que a quarentena não são férias e por isso temos que aproveitá-la de maneira consciente. Estudar e aperfeiçoar o conhecimento é a maneira mais inteligente de se resguardar em casa”, afirma Édney Quaresma, CEO da Really Experience.



0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Facebook


Twitter