25/11/2019
Por Edilson Silva em Caicó, Religião

Missa Solene celebra hoje os 80 anos de fundação da Diocese de Caicó

A diocese de Caicó foi criada canonicamente em 25 de novembro de 1939, pelo Papa Pio XII, por meio da Bula Pontifícia “E dioecesibus” e desmembrado totalmente da diocese de Natal, hoje sede arquiepiscopal. Sete bispos já ocuparam o sólio episcopal caicoense, a saber:

Dom José de Medeiros Delgado, de 1941-1951; Dom José Adelino Dantas.de 1952-1958; Dom Manuel Tavares de Araújo, de 1959-1978; Dom Heitor de Araújo Sales, 1978-1993; Dom Jaime Vieira Rocha, de 1995-2005; Dom Frei Manoel Delson Pedreira da Cruz, OFMCap; de 2006-2012 e Dom Antônio Carlos Cruz Santos, MSC, a partir de 2014.

Os dois últimos pertencem a congregações religiosas (um frade capuchinho e o outro missionário do Sagrado Coração de Jesus), sendo os cinco primeiros sacerdotes seculares. Com exceção de Dom José de Medeiros Delgado, oriundo da arquidiocese da Paraíba, quatro provieram do clero natalense.

Dom Antônio Carlos Cruz Santos foi ordenado sacerdote, aos 12 de dezembro de 1992 e nomeado bispo de Caicó pelo Papa Francisco, em 12 de fevereiro de 2014. Recebeu a ordenação episcopal, no dia 10 de maio do mesmo ano, na cidade de São Gonçalo, no estado do Rio de Janeiro, tendo tomado posse como sétimo bispo diocesano de Caicó, catorze dias depois (24/05/2014).

A diocese de Sant´Ana, cuja sede episcopal é Caicó, foi instalada oficialmente, no dia 28 de julho de 1940.

Nesta segunda-feira, 25 de novembro 2019, às 19 horas na Catedral de Sant’Ana, acontecerá a Missa Solene dos 80 anos de criação da Diocese de Caicó, celebrada pelo atual bispo Dom Antônio Carlos, e co-celebrada por todo o clero seridoense e contará com a representação de todas as paróquias da região. Delegados que fazem parte do primeiro sínodo diocesano também foram convidados a participar desta solenidade que finalizará a noite com um jantar festivo.

Missão: Levar a Boa Nova do Evangelho de Jesus Cristo a todas as pessoas de sua área de atuação, contribuindo para que todos vivam com dignidade e harmonia na sociedade. Visão: Ser sinal de salvação para a comunidade, através de sua paróquia de forma organizada e atuante. Valores: Propagar o evangelho. Promover o bem comum. Defender a justiça e a equidade. Promover a paz e a fraternidade.



0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Facebook


Twitter