18/09/2019
Por Edilson Silva em Nordeste, Tempo

Meteorologia não descarta La Niña em 2020; chuvas chegam em novembro no Piauí

Um boletim meteorológico divulgado pela Somar Meteorologia não descarta a possibilidade de uma “La Niña” influenciar o clima no Brasil logo no início de 2020. Na prática, uma La Niña beneficiaria o Nordeste brasileiro, sobretudo, o norte e centro-norte da região com destaque para o Maranhão, o Piauí e o Ceará.

O último registro de La Ninã no Brasil aconteceu no ano de 2008 quando grandes volumes de chuva atingiram todo a porção Norte do Piauí com acumulados expressivos, em especial na região de Campo Maior. Em abril daquele ano, as águas do Rio Longá chegaram a passar por cima da BR-343, deixando desalojadas inúmeras famílias numa das maiores cheias de que se tem notícia na história da cidade.

No entanto, é bom destacar que é apenas uma possibilidade e que a tendência, pelo menos até o fim do ano, é que a próxima estação seja influenciada por um cenário de normalidade, portanto temperaturas e chuvas dentro da média. A primavera inicia no próximo dia 23 de setembro e é conhecida por ser o ápice do br-o-bró, com temperaturas na casa dos 40° e a novidade para este ano é que teremos ainda a continuidade de tempo seco, mesmo a baixa umidade relativa do ar sendo característica do inverno, que está terminando.

A previsão é a de retorno da chuva de forma mais generalizada para o fim do mês de novembro. No entanto, essa chuva começa pela porção Sul do Piauí, na região produtora (Matopiba). Para a porção Norte (Teresina, Campo Maior, Piripiri) essa chuva deve chegar apenas em dezembro. Porém, é importante destacar também que entre outubro e novembro não estão descartadas pancadas de chuva no Piauí, apesar de isoladas e extremamente pontuais.

Mesmo com El Niño de fraca intensidade, a região de Campo Maior foi beneficiada com grandes volumes de chuva em 2019. Até agora, desde o início do ano, já choveu cerca de 1365 mm, ou seja, mais que a média de chuva esperada para todo o ano. Esse volume poderá se aproximar dos 1500 mm, caso as previsões se confirmem.

portaldeolho



0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Facebook


Twitter