03/08/2019
Por Edilson Silva em Política, RN

No senado, Zenaide defende que não dar aumento real para o salário mínimo é retrocesso

A senadora Zenaide Maia (Pros-RN) criticou, na quarta-feira (24), a proposta do governo Bolsonaro de não dar aumento real (acima da inflação) para o salário mínimo. O projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) encaminhado ao Legislativo define que o valor do piso nacional em 2020 será corrigido apenas com a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

Em discurso na tribuna, a senadora considerou um “retrocesso” a nova regra.

Este governo traz mais este retrocesso para o nosso povo brasileiro, e isso é dinheiro tirado da economia, porque deixa de circular esse dinheiro na economia, no comércio principalmente”, enfatizou a senadora.

Salário mínimo não é caridade. Já está comprovado que o salário mínimo é instrumento de redução de desigualdades e de incentivo à economia. E é o mínimo que uma família pode receber para sobreviver, dando em troca o seu trabalho. Os trabalhadores brasileiros que ainda estão empregados com um salário mínimo veem uma única coisa que os beneficiaria sendo retirada”, observou.

A parlamentar ressaltou que o salário mínimo que o trabalhador recebe atualmente já está muito aquém do necessário para suprir suas necessidades básicas, como determina a Constituição. “Não podemos compactuar com mais esse ataque aos direitos dos cidadãos. Temos que reformular a proposta da LDO, corrigindo mais essa injustiça: mais recursos tirados da economia”, frisou.

Ela destacou ainda que se essa proposta do governo for aprovada pelo Congresso, mais da metade da população brasileira será prejudicada.

Segundo informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2017 seis em cada dez famílias brasileiras contavam com até um salário mínimo para viver, sendo que mais da metade dessas famílias, representando 35,3 % da população, vivia com até meio salário mínimo”, disse.


03/08/2019
Por Edilson Silva em Política, RN

Prefeitos participarão de fórum para debater desenvolvimento econômico do RN

Os prefeitos do Rio Grande do Norte e os secretários da área de Desenvolvimento Econômico estarão no auditório da Casa da Indústria, sede da FIERN, na próxima quarta-feira, 07, para o encontro que deve marcar uma nova fase do Mais RN.

Trata-se do Fórum “O Mais RN e o Desenvolvimento Municipal”, que será aberto, a partir das 9 horas, pelos presidentes da FIERN, Amaro Sales de Araújo, e da Federação dos Municípios do RN (Femurn), José Leonardo Cassimiro, e terá palestra do consultor José Bezerra Marinho.

“O Mais RN, para 2019 a 2022, tem a Agenda Potiguar, uma atualização deste extraordinário plano de desenvolvimento social e econômico do Rio Grande do Norte. Mas há necessidade de assegurar um contato mais próximo do Mais RN com aos governantes e gestores em nível municipal e estadual”, destaca José Bezerra Marinho.

Ele lembra que o Mais RN aponta caminhos, mas é fundamental a adesão dos governos e, por isso, é preciso uma ferramenta de comunicação dos agentes de desenvolvimento do estado e dos municípios com os investidores. Essa ferramenta vai ser assegurada, a partir de quarta-feira, com o lançamento de uma plataforma, integrada ao Portal da FIERN, por intermédio da qual os municípios vão informar suas características econômicas, oportunidades para investidores, diferenciais, atrativos, disponibilidade de recursos e potenciais.

“Nesta plataforma estarão não apenas informações sobre os recursos tradicionais, a vocação natural, a quantidade de mão de obra, a oferta de matéria prima, mas também a evolução do capital humano, a política de incentivo dos municípios, as ações de educação profissionalizante. Tudo isso, com a possibilidade da Prefeitura atualizar os dados sempre que tiver alguma informação nova ou adicional”, disse o consultor.

Assessor técnico do Departamento Econômico da FIERN, Pedro Albuquerque, explica que o fórum será um marco para uma nova fase do Mais RN, que passa a ter uma ênfase também no crescimento econômico dos municípios. “É uma iniciativa que abre a possibilidade de estimular o desenvolvimento municipal”, afirma.

O Mais RN terá, assim, mais uma ênfase. Neste ano, o plano de desenvolvimento econômico do Rio Grande do Norte por meio de ações que priorizam restaurar o equilíbrio fiscal, investimentos em infraestrutura, geração de emprego, além de melhoria do ambiente de negócios, completou cinco anos.

O estudo, lançado em 2014, foi atualizado no ano passado e mantém o direcionamento dos rumos do crescimento econômico, com o lançamento, na próxima quarta, da nova plataforma que busca integrar os potenciais dos municípios do estado.

Elaborado pela Macroplan Consultoria, a pedido da Federação das Indústrias do RN (FIERN), o MAIS RN é apresenta uma ampla agenda para o avanço econômico e promoção de investimentos que podem elevar a competitividade do RN. O estudo identificou, há cinco anos, quando foi lançado, 403 oportunidades de negócios em 15 segmentos, que representariam, segundo estimativa, em crescimento de 5% do PIB do Estado, em cinco anos.


03/08/2019
Por Edilson Silva em RN

Festival de Inverno deve levar 50 mil pessoas para Serra de São Bento neste fim de semana

O IX Festival de Inverno de Serra de São Bento deve levar 50 mil pessoas à região serrana potiguar entre sexta-feira (2) e domingo (4). O evento conta com uma programação recheada de atividades artísticas, culturais e esportivas, exposições, shows e experiências gastronômicas. A realização é da prefeitura de Serra de São Bento com apoio do Governo do RN e Secretaria de Turismo (Setur), através de recursos do acordo de empréstimo com o Banco Mundial.

Além de turistas, o festival movimenta a população local, gerando emprego e renda para agricultores familiares, artistas, artesãos e cozinheiros. Nascido em 2006, hoje se consagra como o mais importante evento turístico das serras.

Serra de São Bento é um dos três municípios das Serras do Agreste Potiguar que foi contemplado com um projeto de dinamização e sustentabilidade turística, fruto de uma campanha do Governo do Estado para promover a interiorização do turismo. Capacitações de agentes e guias turísticos, visitas de campo e ações de promoção com instituições locais serviram para fomentar a cadeira produtiva da região.

Confira a programação completa AQUI.


02/08/2019
Por Edilson Silva em RN

Bebê morre por falta de ambulância no RN; motorista é preso pela Polícia Civil

A equipe de policiais civis da 6° Delegacia Regional de Polícia de Nova Cruz deflagrou a Operação Respeito à Vida, que resultou na prisão de Mewerton Avelino de Moura, 33 anos. A ação aconteceu na cidade de Nova Cruz, em cumprimento a um mandado de prisão temporária expedido pela 1° Vara da Comarca de Nova Cruz.

A prisão se deu em decorrência da morte de um bebê, ocorrida no dia 29 de julho, no Hospital Municipal de Nova Cruz, após o motorista de ambulância Mewerton Avelino se negar a realizar a transferência de emergência de uma gestante para um hospital de outra cidade.

De acordo com as investigações, a equipe médica havia alertado o motorista da necessidade imediata de transferência da gestante, por ela precisar de um atendimento especializado em outra unidade, caso contrário, poderiam morrer a paciente e o bebê.

No entanto, Mewerton teria alegado que não poderia realizar a viagem, pois extrapolaria o horário do seu turno de trabalho, apesar de ainda faltar aproximadamente duas horas para o término do seu expediente.

Em decorrência da negativa do motorista, o procedimento foi realizado na unidade de Nova Cruz, porém o quadro clínico se agravou e o bebê não resistiu, indo à óbito.

O nome da operação faz alusão ao direto fundamental à vida. Mewerton Avelino está sendo investigado por crime homicídio, decorrente de conduta omissiva, já que teria o dever de agir, em razão de sua função.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Grande Ponto


02/08/2019
Por Edilson Silva em Saúde

Projeto garante escolha entre parto normal ou cesárea no SUS

As mulheres grávidas poderão optar pelo parto cesariano a partir da 39ª semana de gestação na rede pública de saúde. É o que determina o projeto de lei (PLS 3.947/2019) que aguarda designação de relator na Comissão de Assuntos Sociais (CAS). Conforme a proposta, às parturientes que optarem pelo parto normal, será garantido o direito à analgesia não farmacológica e farmacológica.

O projeto, do senador Sérgio Petecão (PSD-AC), determina que a grávida seja conscientizada acerca do parto normal e da cesárea, devendo a decisão ser registrada em termo de consentimento. Além disso, se o médico responsável discordar da opção da paciente, deverá registrar as razões em prontuário.

Em sua justificativa, o parlamentar argumenta que, de acordo com estudos, a crescente taxa de cesarianas, nos últimos 30 anos, acompanhou a diminuição nas taxas de mortalidade materna.

“As ocorrências concretas que chegam aos Conselhos de Medicina e aos Tribunais, mostram que, na rede pública, quando se recorre à cesárea, a parturiente já foi submetida a longas horas de sofrimento, buscando o parto normal”, ressalta Sérgio Petecão.

A matéria estabelece também que as maternidades ou instituições, que funcionam com mesma finalidade, deverão possuir placa fixada informando que a mulher pode escolher a modalidade de parto, podendo o médico divergir da escolha e encaminhá-la a outro profissional.

Resolução

Em 2016, o Conselho Federal de Medicina, através da resolução 2.144, passou a prever que o médico pode atender o desejo da paciente e realizar parto cesárea a partir da 39ª semana de gestação. De acordo com a resolução, a gestante tem o direito de optar pela realização de cesariana, desde que tenha recebido todas as informações necessárias.

Entretanto, conforme a justificativa do senador Sérgio Petecão, não há observância dessa medida na rede pública de saúde. “As mulheres são submetidas à verdadeira tortura, uma vez que não querem passar pelas dores e pelos riscos de um parto normal, mas não lhes é dada opção. Ademais, como já dito, surpreende saber que até mesmo analgesia lhes é negada”, ressaltou Petecão.

O projeto do senador é semelhante ao texto apresentado pela deputada estadual Janaína Paschoal (PSL-SP) à Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), mas, diferentemente desse, tem abrangência nacional.

Fernando Alves com supervisão de Paola Oliveira


01/08/2019
Por Edilson Silva em Jucurutu

Ouça aqui o Direto do Gabinete – Programa de Rádio da Prefeitura de Jucurutu

Buscando levar informações de forma clara à população e apresentar ações e projetos, o Governo Municipal de Jucurutu sob administração de Valdir Medeiros criou o programa de rádio “Direto do Gabinete”.

Todas as sextas, a partir das 16he30min., na 104,9 FM, o espaço é dedicado às ações do poder público, com matérias, notícias e reportagens.

O programa conta com a participação de secretários, coordenadores, servidores e tem apresentação do comunicador e blogueiro Edilson Silva.

Entre os assuntos debatidos estão: Saúde, Educação, Esporte, Serviços Urbanos, Social, Agricultura e Meio Ambiente, entre outros.

Ouça edição que foi ao ar na última sexta, 26 de julho/2019:

Programa Direto do Gabinete – Edição de numero 16, 26 de Julho de 2019

Publicado por Município de Jucurutu em Domingo, 28 de julho de 2019

 

 


01/08/2019
Por Edilson Silva em Classificados, Jucurutu

SUPERMERCADO FLORACI – Rede Seridó e suas ofertas imperdíveis

Ainda não aproveitou nossas ofertas?

Vem no SUPERMERCADO FLORACI – Rede Seridó, aqui você compra barato de verdade!

#redeserido #encartenovo #supermercados #ofertas #imperdiveis #vempraca


01/08/2019
Por Edilson Silva em Concursos, Santa Cruz

IFRN abre mais um Processo Seletivo para o Campus Santa Cruz

Destinado à contratação de Professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico – Substituto, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte – IFRN anunciou que realizará novo Processo Seletivo.

O profissional atuará em regime de 40 horas semanais da Classe D I, Nível 01 da Carreira de Magistério no Campus Santa Cruz, referente à remuneração de R$ 3.130,85.

As inscrições podem ser realizadas até às 20h do dia 7 de agosto de 2019 por meio do site professorsubstituto.ifrn.edu.br. Lembrando que as mesmas só serão confirmadas mediante ao pagamento de taxa no valor de R$ 78,00.


01/08/2019
Por Edilson Silva em Concursos

Concurso Público é aberto por meio da Prefeitura de Natal – RN

A Secretaria Municipal da Educação do Natal, no Estado do Rio Grande do Norte anunciou recentemente a realização de mais um Concurso Público que visa à seleção de Professores-Alfabetizadores e Coordenadores de turmas para atuarem no Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos – Aprendendo Mais.

Os profissionais exercerão as funções em regime de 20 horas semanais de segunda à sexta-feira, referente ao salário que varia de R$ 1.200,00 a R$ 1.500,00.

As inscrições ao Concurso Público podem ser realizadas até o dia 2 de agosto de 2019, no horário das 8h às 14h, na sede da Secretaria Municipal de Educação – 5º piso – sala 509, localizada na Rua Fabrício Pedrosa, nº 915, Areia Preta, Natal – RN.

Será método de avaliação do candidato Análise de Currículo e Carta de Intenção, de caráter eliminatório e classificatório, tendo a data e local a serem divulgados oportunamente.


01/08/2019
Por Edilson Silva em Concursos

Processo Seletivo é aberto por meio do IFRN com salário acima de 5 mil reais

Visando à contratação temporária de Professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico – Substituto, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte – IFRN anunciou que realizará mais um Processo Seletivo.

O profissional atuará em regime de 40 horas semanais da Classe D I, Nível 01 da Carreira de Magistério no Campus Parnamirim, referente à remuneração que varia de acordo com a titulação entre R$ 3.130,85 a R$ 5.831,21.

As inscrições podem ser realizadas até às 20h do dia 9 de agosto de 2019, por meio do site professorsubstituto.ifrn.edu.br. Vale ressaltar que as inscrições só serão confirmadas mediante ao pagamento de taxa no valor de R$ 77,93.

Será método de classificação Prova de Desempenho e Prova de Títulos, tendo a data prevista para ser realizada no dia 20 de agosto de 2019.


01/08/2019
Por Edilson Silva em RN

Sertão da PB só terá água da transposição pelo eixo norte em 2021

O Sertão paraibano só vai receber água da transposição do São Francisco pelo eixo norte da obra a partir de 2021. A informação foi dada ao Portal Correio nesta quarta-feira (31) pelo presidente da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), Porfírio Catão, após o Governo Federal publicar uma portaria sobre o assunto.

O documento define as diretrizes básicas para elaboração do Plano de Gestão Anual (PGA) do exercício 2020 do Projeto de Integração do Rio São Francisco com Bacias Hidrográficas do Nordeste Setentrional (PISF). Nele, o governo definiu que todo o eixo leste da transposição irá funcionar normalmente, mas que o eixo norte terá estrutura apenas até o reservatório de Jati, no Ceará.

Com isso, fica impossibilitado o seguimento da água para o reservatório de Morros, também no Ceará, e Engenheiro Ávidos, em Cajazeiras (PB). Além dos municípios do Sertão da Paraíba, cidades do Rio Grande do Norte que serão abastecidas pelo eixo norte também ficarão sem a água da transposição até 2021.

“A infraestrutura já existe em parte do eixo norte, mas o caminho para a água chegar à Paraíba não foi terminado. Então, só veremos água da transposição pelo eixo norte em 2021, que é quando deverão ser concluídas todas as obras de infraestutura”, afirmou Porfírio.

O presidente da Aesa também falou sobre a vazão do eixo leste da transposição, que segue sem funcionar para a Paraíba desde fevereiro. Segundo Porfírio, o problema deve ser solucionado pelo Governo Federal nos próximos dias.

“Estamos sem receber água pelo eixo leste desde fevereiro. Depois que o governo solucionar esse problema, voltaremos a receber os 3,65 metros cúbicos de água por segundo. Estamos também concluindo um estudo para solicitarmos a vazão desse eixo para 2020”, conclui Porfírio.




Facebook


Twitter