21/08/2018
Por Edilson Silva em Classificados, Jucurutu

Confira as melhores ofertas do SUPERMERCADO FLORACI – Rede Seridó

Tem encarte novo no SUPERMERCADO FLORACI – Rede Seridó, corre e aproveita nossas Ofertas.

#redeserido #supermercados #laranjinha #encartenovo #precobaixo#selecaodeofertas


21/08/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu

Prefeitura de Jucurutu convida para Audiência Pública que discutirá Orçamento 2019

O Governo Municipal de Jucurutu realiza nesta quarta-feira, 22 de agosto, a Audiência Pública para discutir os principais aspectos do Orçamento 2019. O encontro será às 14h horas na sala de reuniões do CRAS – Centro de Referência de Assistência Social que fica situado na rua Otávio Lamartine, no Centro da cidade.

Sobre o Orçamento:

O orçamento público é o instrumento que permite que o município estime com mais precisão as receitas que arrecadará. Esta receita pode ser proveniente dos impostos municipais, estaduais e federais, além de convênios com estas esferas, de financiamentos ou de doações aos fundos municipais.

No orçamento a Prefeitura também decide onde a receita será usada: pagamento dos salários dos funcionários, material de consumo, merenda escolar, transporte de alunos, medicamentos, limpeza de ruas e investimentos – que são as despesas com pavimentação, aquisição de veículos, construção de escolas entre outras.

Esta é a importância da LOA – Lei Orçamentária Anual e por isto precisamos da participação dos munícipes, oferecendo sugestões e fazendo perguntas.

Participe!


21/08/2018
Por Edilson Silva em Economia

Brasil tem número recorde de inadimplentes: 63,4 mi

O Brasil nunca teve tantos inadimplentes. Em julho, o total de brasileiros com dívidas em atraso chegou a 63,4 milhões, segundo o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), contingente quase equivalente à população da Itália. O número assusta, porque a série histórica mostrava uma melhora na inadimplência de março a setembro de 2017, diz Marcela Kawauti, economista-chefe do SPC Brasil. No entanto, a reversão das expectativas da economia afetou essa trajetória.

Os mais pobres ainda são os que mais devem, mas é entre as famílias de maior renda que a inadimplência tem resistido, indica a mais recente pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Enquanto o porcentual de famílias de menor renda com dívidas pendentes caiu de 29%, em julho de 2017, para 26,7%, agora, no grupo com renda superior a dez salários mínimos, o índice de inadimplentes alcançou 10,8%, ante 10,6% do mesmo mês do ano passado.


21/08/2018
Por Edilson Silva em RN

RN terá sistema para monitorar clima

O sistema que monitora o clima no Rio Grande do Norte está em processo de atualização, e a expectativa da Empresa de Pesquisa Agropecuária do RN (Emparn) é que a partir de 2019 os dados sobre a quantidade de chuvas, temperatura, ventos, umidade relativa do ar, pressão atmosférica e irradiação solar serão coletados e transmitidos diariamente de forma automática.

A tecnologia necessária para automatizar o monitoramento meteorológico foi toda desenvolvida pela própria Emparn, e a fase de testes dos equipamentos já está superada – até o mês de novembro deste ano, o órgão pretende iniciar a análise dos dados enviados por 100 telepluviômetros e 15 estações a serem instaladas em pontos estratégicos do Estado.

O investimento total do projeto bate na casa dos R$ 7 milhões, garantidos através de financiamento do Banco Mundial. Esse valor inclui o desenvolvimento do software que irá processar os dados coletados.


21/08/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu

Secretaria de Planejamento realizou pregão para aquisição de protetor solar e labial

No dia 15 de agosto de 2018, às 08:00, reuniram-se no prédio da PREFEITURA MUNICIPAL DE JUCURUTU/ RN – SALA DAS LICITAÇÕES, na Praça João Eufrásio de Medeiros, nº 14, Centro, Jucurutu/ RN, o Pregoeiro Jucimar Pereira Dantas, e os membros da equipe de apoio Geísa da Silva Feliciano de Lima, Maria Suzana de Medeiros Lourenço e Wendel Oliveira Felipe, designados pelas Portarias nº 032/2017 e 403/2017, para a Sessão Pública de Pregão.

O objeto do processo foi o registro de preços para possível aquisição gradativa de protetor solar e labial.

À vista da habilitação, foi declarada VENCEDORA e HABILITADA a empresa licitante:

PEDRO NASCIMENTO DE PAIVA FERNANDES EPP- CNPJ: 09.109.547/0001-02.


21/08/2018
Por Edilson Silva em Notas

Nasa informa que a lua tem dois depósitos de gelo

A agência espacial dos Estados Unidos, a Nasa, informou que foram identificados dois polos na lua que comprovam a existência de superfícies de gelo. São áreas mais escuras, distribuídas de forma irregular e que têm características de formações antigas e distintas.

gelo_na_lua_nasaNo polo sul, a maior parte do gelo se concentra em crateras lunares, enquanto no norte é mais distribuído, embora em menor quantidade.

O trabalho foi realizado por cientistas da Universidade do Havaí, Brown University e do Centro de Pesquisas da Nasa. A equipe é liderada pelos pesquisadores Shuai Li, da Universidade do Havaí e Brown University, e Richard Elphic, da Nasa.

Os pesquisadores utilizaram dados captados por um instrumento denominado Moon Mineralogy Mapper (M3), da Nasa, que identificou aspectos específicos sobre a existência de gelo, água e vapor.

Disposto na nave não tripulada Chandrayaan-1, lançada em 2008, o M3 foi capaz de identificar a presença de gelo sólido na lua, coletando informações que distinguem água líquida, vapor e gelo sólido.

Segundo a Nasa, a maior parte do gelo descoberto está nas crateras, do lado norte, pois ali as temperaturas são baixíssimas por causa da inclinação do eixo de rotação da lua, uma vez que a luz não chega a essa região. No caso do lado sul, a formação de gelo pode ser explicada por outros fenômenos, como o movimento do sistema solar.


21/08/2018
Por Edilson Silva em Saúde

RN atinge 55% de cobertura das vacinas de poliomielite e sarampo

O Rio Grande do Norte atingiu 55,41% de cobertura da vacina contra a poliomielite e 55,16% da vacina contra o sarampo. No sábado (18) aconteceu o Dia D de vacinação e os dados foram divulgados nesta segunda-feira (20) pelo Ministério da Saúde.

A campanha para vacinar crianças entre 12 meses e menores de cinco anos começou no dia 6 de agosto e segue até o dia 31 de agosto. A meta nacional é imunizar 95% das crianças. Até o momento, 51% do público-alvo recebeu a dose da vacina.


20/08/2018
Por Edilson Silva em Esporte, Jucurutu

Confira o placar dos jogos da 1ª Rodada da Copa Jucurutu de Futebol

Sábado (18), teve a abertura oficial da Copa Jucurutu de Futebol – Edição 2018. O evento é uma promoção da Prefeitura de Jucurutu por intermédio da Secretaria Municipal de Esporte e Turismo.

Em disputas eletrizantes a bola rolou no campo do bairro Santa Izabel. Acompanhe aqui na página todos os resultados dos jogos e confrontos.

Veja o placar:

1ª RODADA
Fluminense 0 X 0 Freitas
São Braz 2 X 1 Retiro

 


20/08/2018
Por Edilson Silva em Brasil

Brasil pode usar energia solar em motores de embarcações

Dentro de cinco a dez anos, o Brasil chegará ao patamar de países como França e Suíça, atualmente líderes no desenvolvimento e uso de embarcações com motores elétricos de propulsão, alimentados por baterias carregadas por painéis solares. Além de diminuírem a emissão de gases, esses motores são menos poluentes.

A estimativa foi feita à Agência Brasil pelo professor do Departamento de Engenharia Elétrica do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Coppe-UFRJ), Walter Issamu Suemitsu.

Ele participou da 15ª Marintec South America, principal evento do continente dedicado aos setores de construção naval, manutenção e operações, encerrado no Rio de Janeiro.

Poluição

Segundo o professor, as chamadas embarcações solares são uma alternativa de combate visando reduzir a emissão de gases de efeito estufa na atmosfera e a poluição das águas.

“Na Europa, por exemplo, tem países que proíbem barcos de propulsão a sistema de combustão porque, às vezes, tem escape de combustível e aí polui a água dos lagos e rios”, disse.

A utilização dos barcos solares ainda apresenta restrições em termos de velocidade e autonomia, destacou. “Porque são barcos alimentados por baterias de painel solar e nem sempre tem sol o tempo todo. Por isso, ainda não estão populares no exterior”, ponderou.

Como o Brasil, ao contrário das nações europeias, é um país ensolarado, ele acredita que apresenta muitas possibilidades para adoção dessa tecnologia no setor naval.

Desafio solar

No Departamento de Engenharia Elétrica da Coppe, Suemitsu tem desenvolvido pesquisas sobre motores para barcos solares, visando sua maior confiabilidade. Alguns professores estão trabalhando com conversores eletrônicos de controle para a parte elétrica.

Alguns protótipos poderão ser vistos no período de 10 a 16 de setembro próximo, quando a UFRJ vai realizar no município de Armação dos Búzios, Região dos Lagos, no Estado do Rio, o Desafio Solar Brasil. A competição vai mostrar o conceito do barco e sua capacidade, entre outros elementos.

Esse tipo de energia para movimentar embarcações no Brasil pode representar, inclusive, diminuição de custos mais à frente.

“O custo inicial pode ser mais caro, porque se trata de uma tecnologia em evolução, mas, dependendo do tempo de operação, pode ficar vantajoso”. Nesse caso, terá de ser feito um cálculo de viabilidade econômica, sugeriu.

A vantagem atual está ligada à questão ambiental. Suemitsu admitiu, entretanto, que, se tiver uma produção industrial e uso mais amplo, o custo desses motores poderá ser reduzido, tal como ocorreu em relação aos painéis fotovoltaicos, cuja instalação já começa a ser vantajosa em áreas urbanas.

Várias pesquisas estão em andamento em países da Europa. Existem barcos solares que são usados para pesquisa em áreas ambientalmente protegidas, revelou o professor.

“Realmente, o Brasil está atrasado nesse aspecto, embora tenha um grande potencial de recursos naturais na Amazônia, por exemplo”, afirmou.

Nos Estados Unidos, a Marinha quer ter navios elétricos e está fazendo pesquisas no campo de embarcações solares.

Suemitsu disse que os motores solares poderiam ser adotados no Brasil para o transporte de passageiros, inicialmente em embarcações pequenas e médias.

As barcas que fazem a ligação entre o Rio de Janeiro e Niterói poderiam ser uma opção viável. “Vai depender muito do desenvolvimento da tecnologia no futuro. Por enquanto, é melhor para embarcações pequenas e médias”, opinou.

A entrada do Brasil nesse campo exigiria a participação e o interesse da Marinha, por meio de pesquisas, finalizou o professor.

Por Alana Gandra /Agência Brasil


20/08/2018
Por Edilson Silva em Saúde

Especialistas alertam para epidemias de Zika e Chikungunya no verão

A poucos meses do início do verão, especialistas alertam que o Brasil pode voltar a sofrer com epidemias de Zika e Chikungunya. Apesar da redução da incidência de casos este ano, as doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti podem voltar a ter força a partir de dezembro ou janeiro de 2019, quando já terá passado o período da primeira onda de surto em alguns estados.

O pesquisador colaborador da Fundação Oswaldo Cruz em Pernambuco Carlos Brito, disse que o país se dedicou mais nos últimos dois anos no estudo dos impactos do Zika, devido ao surto e a perplexidade causada pelos casos de microcefalia nos bebês. Ressaltou, no entanto, que mesmo assim o país continua despreparado para atender novos casos das arboviroses, principalmente de Chikungunya.

“Na verdade, deixou-se um pouco de lado a Chikungunya que, para mim, é a mais grave das arboviroses. E as pessoas geralmente nem têm ciência da gravidade, nem estão preparadas para conduzir a Chikungunya. É uma doença que na fase aguda não só leva a casos graves, inclusive fatais, mas deixa um contingente de pacientes crônicos, que estão padecendo há quase dois anos com dores, afastamento das atividades habituais de trabalho, lazer, vida social”, explicou Brito à Agência Brasil.

O pesquisador disse que a incidência das doenças vai variar de região para região. Aqueles estados onde muitas pessoas já foram infectadas no início do surto em 2016, como no Nordeste, poderão ficar imunes por mais um tempo. No entanto, muitos municípios ainda têm a probabilidade de enfrentar novos surtos, como o Rio de Janeiro, que recentemente registrou vários casos. (link1 )

“No Brasil tudo toma uma dimensão muito grande, porque é um país de dimensão continental. Então, não estamos preparados, nem os profissionais de saúde foram treinados, nem estamos tendo a dimensão da intensidade da doença, nem as instituições estão atentas para uma epidemia de grandes proporções em um estado como São Paulo, com 40 milhões de habitantes, ou no Rio de Janeiro, com 20 milhões de habitantes”, alertou Brito.

Redução

Segundo o último boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, divulgado na sexta-feira (17), de janeiro até 28 de julho deste ano foram registrados 63.395 casos prováveis de febre Chikungunya. O resultado é menos da metade do número de casos reportados no mesmo período do ano passado, de 173.450. Em 2016, foram 278 mil casos.

Mais da metade, 61% dos casos reportados neste ano, estão concentrados na Região Sudeste. Em seguida, aparece o Centro-Oeste (21%), o Nordeste (13%), Norte (7%) e Sul (0,35%).

Nos primeiros sete meses de 2018, foram confirmadas 16 mortes por Chikungunya. No mesmo período do ano passado, 183 pessoas morreram pela arbovirose. A redução no número de óbitos foi de 91,2%. Já para o Zika, em todo o país foram registrados 6.371 casos prováveis e duas mortes até o fim de julho. No ano passado, o vírus tinha infectado mais de 15 mil pessoas no mesmo período. A maior incidência de Zika este ano também está no Sudeste (39%), seguida da Região Nordeste (26%).

Ameaça

Apesar da redução da incidência, o pesquisador Luiz Tadeu Moraes Figueiredo, professor do Centro de Pesquisa em Virologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), de Ribeirão Preto, também alerta que, depois do período de seca em que há baixa circulação dos vírus, essas arboviroses podem voltar a qualquer momento, assim como já ocorreu com a dengue e com a febre amarela.

“Não estamos tendo uma epidemia. Estamos tendo casos esporádicos. Mas ainda é um problema que pode voltar, sim. As arboviroses são assim mesmo, dengue, Zika. Todas elas têm momentos em que desaparecem, depois voltam. O vírus está aí, está no Brasil, e ainda é uma ameaça. Ele pode voltar agora, inclusive, neste verão. O risco está aí”, disse à Agência Brasil.

Figueiredo disse que permanece o desafio de diagnosticar com precisão o Zika em tempo de prevenir suas consequências. Apesar dos avanços nas pesquisas nos últimos anos, ainda não foi desenvolvida uma forma de detecção rápida do vírus Zika que possa ser disponibilizada em todo o país, disse o pesquisador.

“A dificuldade continua. A gente descobriu algumas coisas que podem ajudar o diagnóstico, mas o problema não está resolvido ainda. O mais eficaz é você encontrar o vírus, isolar é mais complicado. Ou você encontrar o genoma do vírus ou alguma proteína do vírus na fase aguda seria muito útil, aí você pode detectar na mulher, se estiver grávida inclusive”, explicou.

Os pesquisadores apontam que o ideal para prevenir o impacto de novos surtos seria desenvolver uma vacina. Contudo, eles lamentam que essa solução ainda está longe de ser concretizada. Enquanto isso, o foco ainda está no controle do mosquito transmissor dos vírus. “As pessoas devem ficar atentas e controlar o vetor nas suas casas e, assim, evitar a transmissão. É a única [solução] que nós temos nesse momento”, disse Figueiredo.

O pesquisador Carlos Brito defende que o Estado deve investir em melhorias de qualidade de vida da população e em infraestrutura de saneamento para controlar as epidemias causadas pelas arboviroses.

Controle permanente

Por meio de nota, o Ministério da Saúde informou que a destinação de recursos para controle do mosquito vetor e outras ações de vigilância são permanentes e passaram de R$ 924,1 milhões, em 2010, para R$ 1,93 bilhão em 2017. Para este ano, o orçamento previsto é de R$ 1,9 bilhão.

Além da mobilização nacional para combater o mosquito, a pasta ressaltou que, desde novembro de 2015, quando foi declarado o estado de emergência por causa do Zika, foram destinados cerca de R$ 465 milhões para pesquisas e desenvolvimento de vacinas e novas tecnologias.


20/08/2018
Por Edilson Silva em Esporte, Jucurutu

IV Corrida de Nossa Senhora da Guia movimentou Distrito de Boi Selado

Aconteceu na última sexta-feira, 17 por ocasião das festividades em honra a Padroeira do Distrito de Boi Selado, o evento esportivo titulado: IV Corrida de Nossa Senhora da Guia.

A competição que contou com 26 inscrições é promovida através da Prefeitura Municipal de Jucurutu por meio da Secretaria de Esporte e Turismo.

Confira o resultado:

1º lugar – Jonh Herbert
2º lugar – Damiao Tomaz
3º lugar – José Nunes (Juninho)

Premiação:

1º – 200,00 R$
2º – 100,00 R$
3º – 50,00 R$

Ao final foram entregues medalhas até a quinta colocação.


20/08/2018
Por Edilson Silva em Educação

Em Caicó, Campus da UERN realizará VIII Semana Universitária

A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, através do campus de Caicó estará realizando, de 28 a 30 deste mês a VIII Semana Universitária. Com o tema “Diversidade, Aceitação ou Tolerância? A oitava semana será promovida por docentes, discentes e técnicos administrativos que atual na instituição.

A programação vai constar de mesas-redondas, minicursos, oficinas, mostra de profissões e uma inovação que será a UERN Cidadã, onde serão ofertados vários serviços por parte da comunidade acadêmica da UERN e instituições parceiras.

Clique aqui e confira a programação


20/08/2018
Por Edilson Silva em Notas

Decreto proíbe cobrança por cadeira de roda em viagem rodoviária

As cadeiras de rodas e outras formas de auxílio à mobilidade, como bengalas e muletas, estão livres dos limites de peso e tamanho em viagens rodoviárias interestaduais e internacionais.

Decreto assinado pelo presidente Michel Temer e publicado ontem (17) no Diário Oficial da União impede que esse tipo de equipamento seja alvo de cobranças adicionais ou restrições para serem levados no bagageiro de ônibus de viagem e similares. A nova regulamentação altera o Decreto 2.521 de 1998.

Segundo ressaltou o secretário nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Marco Pellegri, o texto parte do pressuposto que os equipamentos de mobilidade devem ser entendidos como parte integrante do corpo das pessoas com deficiência. “O cidadão tem que viajar sempre acompanhado daquilo que garante sua mobilidade, autonomia e independência, sem nenhum ônus”, ressaltou.


18/08/2018
Por Edilson Silva em Esporte, Jucurutu

Secretaria de Esporte e Turismo abre oficialmente Copa Jucurutu de Futebol – Edição 2018

Buscando investir e valorizar cada vez mais o esporte local, a Prefeitura Municipal de Jucurutu por meio da Secretaria de Esporte e Turismo deu inicio por volta das 15h e 30min. deste sábado (18), mais uma edição da Copa Jucurutu de Futebol.

Em 2018 a disputa envolverá 13 equipes e já na abertura acontecerão os jogos:

1ª rodada

Fluminense X Freitas

Retiro X São Braz

2ª rodada

São Bento X Barra

Santa Rita X Massas SF

E para incentivar os atletas jucurutuenses, o Secretário de Esporte; Nilsinho Batista com o apoio do Prefeito Valdir Medeiros definiram os valores da premiação:

1º lugar – 3,000 R$

2º lugar – 1.500 R$

3º lugar – 500,00 R$

Melhor jogador – 300,00 R$

Melhor goleiro – 200,00 R$

Melhor artilheiro – 200,00 R$

+ 01 prêmio extra para o melhor árbitro no valor de 300,00 R$

Confira os horários e dias dos jogos:


18/08/2018
Por Edilson Silva em Notas

Correios vão lançar o ‘uber da entrega’

Até o fim deste ano, os Correios querem anunciar uma nova empresa de logística para concorrer no mercado de entrega de encomendas. O serviços funcionará praticamente do mesmo jeito que o Uber. Por meio de um aplicativo no celular, o usuário poderá chamar um prestador de serviço – carro, moto ou até mesmo bicicleta – para que entregue sua encomenda em determinado endereço.

O Estado apurou que os Correios negociam parceria com uma empresa de tecnologia para lançar o aplicativo e que a expectativa é bater o martelo nas próximas semanas. O objetivo é oferecer um serviço de “entrega a jato”, em poucas horas.


18/08/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu, Saúde

Em Jucurutu Unidades de Saúde abrem neste sábado para vacinar contra pólio e sarampo

A Secretaria Municipal de Saúde do município de Jucurutu informa aos pais que neste sábado, 18 acontece o dia “D” de vacinação contra sarampo e poliomielite.

Por isso, todas as crianças de um a menores de cinco anos devem buscar os postos de vacinação para receber a vacina contra a poliomielite e o sarampo. As unidades de saúde estarão abertas durante todo o dia para atender todos os moradores de Jucurutu.

Pais e responsáveis devem levar as crianças independente da situação vacinal anterior, já que neste ano a campanha é indiscriminada. A expectativa do Ministério da Saúde é vacinar mais de 11 milhões de crianças até 31 de agosto.

A campanha vai até 31 de agosto, mas o Dia D é neste sábado, 18 de agosto.


18/08/2018
Por Edilson Silva em Notas

Projeto exige adequação ambiental para casas populares

Os novos programas habitacionais do governo podem ser obrigados a manter planos de adequação ambiental. As regras estão previstas no Projeto de Lei da Câmara (PLC) 34/2018, que está pronto para ser votado na Comissão de Meio Ambiente (CMA) do Senado. O texto também impõe a destinação de espaços para o funcionamento de empreendimentos individuais ou coletivos voltados à geração de trabalho e renda.

A regra vale para iniciativas do Programa Nacional de Habitação Urbana (PNHU), ligado ao Minha Casa Minha Vida. O projeto da ex-deputada Moema Gramacho (PT-BA) é relatado na CMA pelo senador José Medeiros (Pode-MT).


17/08/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu

Prefeito Valdir Medeiros fala sobre determinação judicial de suspensão da Gratificação de Titulação

O Prefeito de Jucurutu, Valdir Medeiros, foi o entrevistado do Programa Direto do Gabinete que foi ao ar nesta sexta (17), pela Rádio Rural AM de Caicó.

A decisão do Poder Judiciário do Estado do Rio Grande do Norte em anular atos administrativos e negar a aplicabilidade à lei municipal nº 020/2016 que trata de implementação em folha de pagamento da Gratificação de Titulação prevista foi o principal tema abordado na edição do programa.

Valdir teve a oportunidade de explicar como se deu esse processo, quem entrou com a Ação Civil Pública, quando foi aprovada essa lei, multa em descumprimento da ordem judicial, impacto do plano nas finanças do município, entre outros assuntos.

O Direto do Gabinete vai ao ar todas as sextas, sempre a partir das 13h pela Rádio Rural AM de Caicó.

Ouça em www.jucurutu.rn.gov.br

6ª Edição do programa direto do Gabinete com o prefeito municipal Valdir Medeiros

Publicado por Município de Jucurutu em Sexta, 17 de agosto de 2018


17/08/2018
Por Edilson Silva em Caicó, Jucurutu

Sexta é dia do #DiretoDoGabinete na Rádio Rural AM de Caicó

#ProgramaDiretoDoGabinete
#RádioRuralAM de Caicó/RN

Ouça todas as sextas pela Rural AM de Caicó, o Programa Direto do Gabinete. Aqui você fica por dentro das ações que estão sendo desenvolvidas pela Prefeitura Municipal de Jucurutu. A produção radiofônica que vai ao ar todas as sextas, a partir das 13h tem como objetivo principal prestar contas à população e informar sobre o que acontece nas secretarias que fazem a Gestão Valdir Medeiros.


16/08/2018
Por Edilson Silva em Cursos

Sesc oferece curso gratuito para gestantes e acompanhantes em agosto

Primeiro banho do bebê, amamentação, primeiros dentes e outros temas podem parecer complexos, especialmente para papais e mamães de primeira viagem. Por isso, para preparar gestantes e acompanhantes, o Serviço Social do Comércio do Rio Grande do Norte (Sesc RN), instituição do Sistema Fecomércio, oferecerá novamente cursos em Natal e Caicó. Para participar, basta doar uma lata ou pacote de leite em pó.

As inscrições podem ser feitas até as datas de início (20/8 em Natal e 21/8 em Caicó) ou enquanto houver vaga nas centrais de relacionamento das unidades Sesc Cidade Alta, em Natal, e Sesc Seridó.

Os leites arrecadados serão destinados a instituições filantrópicas cadastradas no Mesa Brasil, programa do Sesc de combate à fome e ao desperdício de alimentos. A programação do curso inclui temas como aspectos emocionais da gestação, pré-natal, tipos de parto e anestesias obstétricas, cuidados com o recém-nascido, odontologia na gestação e do bebê, aspectos nutricionais, aleitamento materno e práticas fisioterápicas para gestante e bebê.




Facebook


Twitter