24/02/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu, Saúde

Prefeitura investe em treinamento para funcionários do Hospital de Jucurutu

Reconhecendo a importância de ampliar a qualidade da assistência hospitalar e de atualizar o conhecimento dos profissionais da enfermagem do Hospital Maternidade do município, a Secretaria de Saúde de Jucurutu está realizando um trabalho pioneiro na região. Através de uma equipe especializada em treinamento para profissionais da saúde, a FOX RESGATE, está acontecendo o “I Ciclo de Treinamento da Enfermagem do Hospital Maternidade Terezinha Lula de Queiroz Santos”.

O treinamento consiste em duas etapas: treinamento para qualificação de parteiros, que ocorreu nos dias 16 e 17 deste mês; e treinamento em Atendimento Pré-Hospitalar – APH e principais urgências clínicas atendidas no pronto socorro do hospital, marcado para os dias 24 e 25 de fevereiro, e 03 e 04 de março.

O treinamento contou com aulas teóricas e práticas, como assistência ao parto, situações de gravidez de alto risco e urgências obstétricas.

A segunda etapa qualificará a equipe de Enfermagem para a assistência as urgências clínicas mais predominantes e para a assistência pré- hospitalar, além treinar e desenvolver habilidades e competências dos motoristas das ambulâncias do município para o auxílio a estes tipos de atendimentos.


24/02/2018
Por Edilson Silva em Notas

Contas de luz vão continuar com bandeira verde em março

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou que as contas de luz terão bandeira verde no mês de março. Com isso, os consumidores não terão que pagar taxa adicional no próximo mês. A bandeira verde está em vigor desde janeiro.

A bandeira verde sinaliza condições de geração de energia favoráveis, com chuvas chegando aos reservatórios das hidrelétricas. “Apesar da bandeira verde, é importante que os consumidores mantenham as ações relacionadas ao uso consciente e combate ao desperdício de energia elétrica”, informou a Aneel.

O sistema de bandeiras tarifárias leva em consideração o nível dos reservatórios das hidrelétricas e o preço da energia no mercado à vista (PLD). No novo sistema, a bandeira verde continua sem taxa extra. Na bandeira amarela, a taxa extra é de R$ 1,00 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. No primeiro patamar da bandeira vermelha, o adicional é de R$ 3,00 a cada 100 kWh. E no segundo patamar da bandeira vermelha, a cobrança é de R$ 5,00 a cada 100 kWh.


24/02/2018
Por Edilson Silva em Saúde

Ministério da Saúde libera R$ 61 milhões para cirurgias eletivas

Os estados brasileiros que cumpriram a meta de produção estabelecida em portaria para que municípios pudessem organizar a produção de mutirões de cirurgias eletivas, terão a oportunidade de receber o dobro dos recursos pagos no último semestre, ou seja, poderão realizar ainda mais procedimentos, diminuindo o tempo de espera dos pacientes que aguardam por uma cirurgia eletiva.

O Ministério da Saúde liberou mais R$ 61,1 milhões para repassar aos 67 municípios de 17 estados brasileiros que atingiram a meta, conforme produção cirúrgica realizada. No total, foram feitas mais de 80,6 mil cirurgias eletivas em 2017.


24/02/2018
Por Edilson Silva em Notas

Avicultura caipira terá R$ 1,2 milhão para se expandir no RN

Ofertar mais uma alternativa de renda ao produtor rural e, ao mesmo tempo, promover a expansão da avicultura caipira em contraposição à avicultura industrial com frangos de granja. Essa é a proposta do Projeto de Avicultura Caipira, que será desenvolvido pelo Sebrae no Rio Grande do Norte em parceria com a Fundação Banco do Brasil.

O termo de cooperação financeira do convênio foi assinado nesta quinta-feira (22), durante solenidade no auditório dao Sebrae e que contou com a presença do presidente da fundação, Asclepius Soares (Pepe), que veio de Brasília (DF) para a assinatura do convênio.

Na avaliação de Pepe Soares, os projetos vão gerar inclusão produtiva capaz de mudar a realidade de famílias que vivem no campo. Ele comentou sobre a parceria e enfatizou a reputação do Sebrae no Rio Grande do Norte, cujo trabalho, na avaliação do executivo, faz a diferença. “A fundação tem a missão transformar e cuidar das vida das pessoas. Não existe nada mais transformador e inclusivo que a educação. Nesse ponto, faço uma referência ao Sebrae. A gente está fazendo esse convênio com o Sebrae porque temos a certeza de que vai dar certo, justamente devido ao envolvimento”.


23/02/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu

Sistema de dessalinização de água é instalado em comunidade da zona rural de Jucurutu

A comunidade Saquinho do Padre, localizada na zona rural de Jucurutu, foi beneficiada com um sistema simplificado de abastecimento de dessalinização de água, instalado pela SEMARH – Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos. A solenidade de inauguração do equipamento ocorreu na manhã desta sexta-feira (23).

Trinta famílias daquela comunidade serão beneficiadas diretamente com a instalação do sistema de dessalinização. De acordo com o prefeito Valdir Medeiros, o sistema irá melhorar substancialmente as condições de vida da população ao garantir o abastecimento hídrico daquela localidade.

“Os moradores da comunidade Saquinho do Padre ganham muito com esse sistema de abastecimento de dessalinização, oferecendo água potável para a população. A prefeitura de Jucurutu está empenhada em firmar parcerias com o Estado para beneficiar os moradores da zona rural”, afirmou o prefeito Valdir Medeiros.

A solenidade de entrega do equipamento contou com a presença do Prefeito Valdir Medeiros, e seu secretariado, dos Secretários de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Ivan Júnior, e Agricultura, Gean José, do Coordenador do Programa Água Doce e Água para Todos, Ranielle Linhares, do Deputado Estadual Nelter Queiroz, dos vereadores Gilson Brito, Francinildo Aquino e Fagner Bezerra, entre outras lideranças comunitárias.

Assecom – Prefeitura de Jucurutu /RN

 

 

 

 

 

 

 

 


23/02/2018
Por Edilson Silva em Saúde

Período de chuvas aumenta riscos de leptospirose

Com as últimas chuvas ocorridas no Estado, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) faz um alerta à população para redobrar os cuidados com o risco de contágio por leptospirose. Doença infecciosa causada por uma bactéria chamada Leptospira, presente na urina de ratos e outros animais, é transmitida ao homem principalmente nas águas contaminadas provenientes de alagamentos, córregos e esgotos.

Os dados mostram uma queda no número de registros da doença no Rio Grande do Norte em 2016 e 2017, quando foram confirmados apenas dois casos por cada ano, se comparados a 2015, quando foram registrados 22 casos de leptospirose.

Com sintomas semelhantes aos da gripe, febre, dor de cabeça e dores pelo corpo, principalmente nas panturrilhas, podem também ocorrer vômitos, diarreia e tosse. Nas formas graves, geralmente aparece icterícia (pele e olhos amarelados), sangramento e alterações urinárias.

Os pacientes com diagnóstico de leptospirose devem ser encaminhados pelas unidades básicas de saúde para o Hospital Giselda Trigueiro, em Natal, que é a referência no RN para o tratamento da doença.


23/02/2018
Por Edilson Silva em Notas

Carteira de habilitação pode ser solicitada diretamente nas autoescolas

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) quer descentralizar os serviços oferecidos pelo Órgão, agora os Centro de Formação de Condutores (autoescolas) estão credenciados a abrir processos referentes a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

O diretor-geral do Detran, Eduardo Machado, explicou que as 94 autoescolas habilitadas pelo Detran em todo Rio Grande do Norte já se encontram aptas a realizar os procedimentos de abertura de processos de primeira habilitação e renovação de CNH, como também os de adicionar e mudar a categoria da CNH.

“Com essa medida, o Detran avança no sentido da descentralização dando ao usuário mais opções para atender a sua demanda”, comentou.

Para abrir o processo de solicitação basta o cidadão se dirigir a um das autoescolas espalhadas pelo Estado, apresentar um documento de identificação com foto, CPF e comprovante de residência e informar o tipo de serviço que deseja realizar. Em seguida, as informações são inseridas no banco de dados e impresso uma guia de identificação gerada pelo sistema de Registro Nacional de Carteira da Habilitação (Renach).

De posse da guia do Renach e da documentação pessoal, o usuário busca uma unidade do Detran para finalizar o procedimento e receber sua CNH atualizada.

“Ao chegar no Detran o cidadão já pula a etapa de abertura de processo fazendo com que a conclusão do serviço seja mais ágil e consequentemente diminua filas e o tempo de espera”, relatou o subcoordenador de Habilitação do Órgão, Aryan Gleydson.

De acordo com o setor de Estatística do Detran, no ano de 2017 foram realizados 208.279 atendimentos referentes a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Desse total, 70% foram requisições feitas por condutores do sexo masculino e 30% do feminino. O município com maior número de procedimentos foi Natal (114.425), seguido de Mossoró (30.435) e Parnamirim (15.431).


23/02/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu

Prefeitura recupera calçamentos em Jucurutu

A Prefeitura de Jucurutu, por meio da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos, vem intensificando os trabalhos de recuperação de calçamento nos mais diversos bairros do município.

Nesta quarta-feira (21) a ação aconteceu nas proximidades da Escola Municipal Santo Alexandre, no Bairro Freitas. O serviço de reparo executado no local promove melhorias e evita problemas para os moradores que circulam na área.

De acordo com o secretário de Obras, Fylippe Mello, os trabalhos serão realizados de acordo com a demanda: “A prefeitura pretende executar esta ação a princípio em toda área urbana do município, iremos atender todas as solicitações que estão chegando e assim garantir uma melhor comodidade dos jucurutuenses”, destacou.


22/02/2018
Por Edilson Silva em Tempo

Meteorologistas anunciam que o semiárido nordestino vai ter chuvas acima do normal

O semiárido da região Nordeste, vai tem um inverno com chuvas de normal a acima do normal, nos meses de março, abril e maio. Essa foi a conclusão da II Reunião de Análise Climática para o Semiárido do Nordeste Brasileiro, que foi realizada pela Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN).

Meteorologistas dos centros de previsão climática do Nordeste e de centros nacionais como o Centro de Pesquisa Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC/INPE) e o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) se reuniram nos dias 20,21 e 22 de fevereiro, para analisar e discutir as informações geradas pelos modelos meteorológicos, assim como, as condições climáticas e qual a influência delas na geração chuvas. Esse resultado da reunião, é semelhante a conclusão do encontro realizado em janeiro, pela Funceme, no Ceará.

Mas desta vez segundo o meteorologista da Emparn, Gilmar Bristot, as condições climáticas estão ainda mais favoráveis para que ocorra chuvas no semiárido “a temperatura do Oceano Atlântico Sul que está mais quente e o resfriamento no Atlântico Norte que favorecem a permanência da Zona de Convergência Intertropical sobre a região Nordeste”. A Zona de Convergência Intertropical é o principal sistema causador de chuva no semiárido nordestino

A análise dos campos atmosféricos e oceânicos de grande escala (vento em superfície e em altitude, pressão ao nível do mar, temperatura da superfície do mar, entre outros), e dos resultados de modelos numéricos globais e regionais e de modelos estatísticos de diversas instituições de meteorologia do Brasil (FUNCEME, INMET, CPTEC/INPE) e do exterior indicou que há uma maior probabilidade de chuvas acima do normal, na faixa do Nordeste, que engloba todo o semiárido potiguar.

No Oceano Pacífico equatorial, observou-se a continuidade do Fenômeno La Niña com intensidade fraca, mas ocupando uma grande área na superfície desse oceano. A permanência dessa condição vem ocorrendo de acordo com os resultados dos modelos de previsão de anomalia de TSM, e projetam que essa condição permanecerá nos próximos meses.

No Rio Grande do Norte, 92% do seu território é semiárido, engloba as regiões Central, Oeste e quase toda região Agreste. No semiárido o período de inverno vai de fevereiro a maio, com exceção da região agreste onde o período chuvoso se estende até o mês de agosto.

Média anual de chuva por região, do semiárido:

* Central- 630.4 mm (74.9% da chuva ocorre no período de fevereiro a maio)

* Oeste- 778.4 mm (75.6% da chuva ocorre de fevereiro a maio)

* Agreste- 639.1 mm (83% da chuva ocorre no período de fevereiro a agosto)

Lembrando que a variabilidade espacial é intrínseca à distribuição de chuvas no setor norte do Nordeste do Brasil, devido a fatores diversos como efeitos topográficos, proximidade em relação ao oceano, cobertura vegetal, etc. Especialmente em localidades com menores valores de precipitação climatológica, a variabilidade temporal das chuvas pode provocar uma maior frequência de veranicos. Os modelos de previsão de TSM estão indicando uma probabilidade de 50% de permanência do fenômeno La Niña no período do prognóstico.

Este prognóstico é resultado das discussões entre os representantes da EMPARN (Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte), FUNCEME (Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos), APAC (Agência Pernambucana de Águas e Clima), SEMARH-SE (Secretaria do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos de Sergipe), AESA (Agência Executiva de Águas do Estado da Paraíba), INEMA (Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia), Labmet/NUGEO/UEMA (Laboratório de Meteorologia do Estado do Maranhão), CPTEC/INPE (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), INMET (Instituto Nacional de Meteorologia), ANA (Agência Nacional de Águas) e UFERSA (Universidade Federal Rural do Semiárido).

Em março de 2018, a reunião Climática será realizada pela APAC, em Pernambuco, quando será divulgado o prognóstico climático para o trimestre abril, maio e junho no Litoral Leste da região Nordeste.

Encerrando a II Reunião Climática para o Semiárido do Nordeste, o pesquisador da Emparn, Josemir Araújo Neves, fez uma palestra sobre a “Ampliação e Modernização do Monitoramento Hidrometeorológico, Climático e Agrometeorológico do Rio Grande do Norte”. Esse é um dos mais importantes investimentos que a Emparn vem executando por meio do Governo Cidadão, com recursos do Banco Mundial. O projeto vai informatizar o setor de meteorologia, que a partir da execução desse projeto vai disponibilizar informações em tempo real, de clima, volume de chuva, umidade, entre outras informações que vão auxiliar de forma direta o homem do campo e a população em geral. Esse projeto também contempla a aquisição de melhores modelos de previsão de tempo e clima o que vais dar mais precisão e credibilidade ao trabalho realizado pela meteorologia da Emparn.


22/02/2018
Por Edilson Silva em Barra de Santana, Jucurutu

Vídeo: Moradores registram chegada das águas em Barra de Santana

Em vídeo, moradores do Distrito de Barra de Santana fazem registro da chegada das águas no Rio Piranhas, após chuvas que caíram nos últimos dias na região.

A presença do líquido precioso é motivo de festejos e comemorações entre os residentes na localidade.

Veja:


22/02/2018
Por Edilson Silva em Barra de Santana, Jucurutu

Rio Piranhas em Barra de Santana recebe águas das últimas chuvas

As águas das chuvas que caíram nos últimos dias no Rio Grande do Norte e no estado vizinho da Paraíba, já estão abastecendo o Rio Piranhas no Distrito de Barra de Santana no município de Jucurutu.

As precipitações provocaram consideravelmente o aumento do volume de água no local, motivo de alegria para população residente na localidade que convivia com o leito do Rio muito seco em virtude da forte estiagem.

Veja nas imagens registradas por Fábio, morador da comunidade.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


22/02/2018
Por Edilson Silva em Currais Novos

Celular conectado ao carregador explode e causa susto em Currais Novos

Um aparelho celular simplesmente explodiu nesta quarta-feira (21) na cidade de Currais Novos, no seridó Potiguar, no momento do incidente o aparelho era carregado e por pouco não causou um incêndio na residência.

Segundo informações, o aparelho estava sendo carregado na cabeceira da cama quando começou a provocar chamas e explodiu. havia moradores na casa que conseguiram apagar o fogo que por pouco não atingiu a cama do casal.

Apesar de não ser muito comum, esse tipo de incidente acaba ocorrendo principalmente em dias de chuva e serve de alerta para que as pessoas evitem dormir com o celular ao lado da cama, conectado ao carregador, ou embaixo do travesseiro.

Por Adailson Carlos


21/02/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu, Saúde

Prefeitura de Jucurutu intensifica ações de combate à Dengue, Zika Vírus e Chikungunya

Em reunião realizada nesta segunda-feira, dia 19 de fevereiro, a Secretaria de Saúde de Jucurutu definiu estratégias de enfretamento das endemias: Dengue, Zika Vírus e Chikungunya.

O encontro de alinhamento contou com presença de médicos, enfermeiros, agentes comunitários de saúde, agentes de endemias, equipes da Estratégia Saúde da Família, profissionais do hospital e do laboratório.

Ficou definida a realização de mutirões toda sexta-feira em cada bairro da cidade e nas comunidades Barra de Santana e Boi Selado, intensificação das visitas de vistorias dos agentes comunitários e de endemias e aquisição de larvicidas para serem utilizados no controle dos vetores.

“A força tarefa se faz necessária tendo em vista que o mosquito transmissor é caseiro e por isso a importância de todos na colaboração com ações de combate e prevenção”, destacou a secretária de Saúde, Marjorie Ovídio.

Assecom – Prefeitura de Jucurutu/RN


21/02/2018
Por Edilson Silva em RN

Detran prorroga pagamento do licenciamento de veículos de placas finais 1 e 2

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) prorrogou para os dias 26 e 27 de março os vencimentos da taxa de licenciamento dos veículos com placas de finais 1 e 2, respectivamente. A decisão foi determinada pela portaria 105/2018 publicada ontem (20) no Diário Oficial do Estado (DOE). O motivo da mudança foi à dificuldade do envio dos carnês para as residências dos proprietários em tempo hábil.

Até o dia 31 de março o valor do licenciamento é de R$ 60,00 independente do ano ou categoria do enquadramento do transporte. Já a partir do dia 1º de abril a taxa sofrerá reajuste ficando em R$ 90,00. Mesmo assim, o  valor do licenciamento de veículos do RN continua sendo o menor do país, ficando abaixo da média entre os estados nordestinos, que é cerca de R$ 110,00, e bem menor de que estados vizinhos como a Paraíba (R$ 140,22) e o Ceará (R$ 118,33).

Além do carnê, para efetuar o pagamento o cliente também dispõe da opção de emitir a segunda via do boleto de pagamento diretamente na página eletrônica do Detran (www.detran.rn.gov.br). O processo de emissão do boleto é simples, basta clicar no ícone “Consulta de Veículos” na página principal, e logo após, digitar a placa e o Renavam do automóvel que deseja efetivar a verificação. Feito isso, o condutor alcança a listagem dos débitos referentes ao licenciamento e IPVA do veículo. Em seguida, é só clicar na taxa que deseja efetuar o pagamento, e imediatamente é aberta uma nova tela com as opções de emissão de boleto bancário direcionado ao Banco do Brasil ou as demais instituições bancárias.

No caso do proprietário do veículo ser correntista do Banco do Brasil, o pagamento poderá ser realizado diretamente no caixa eletrônico, sem necessidade do boleto bancário. A taxa de licenciamento é o único tributo referente aos veículos cuja arrecadação é de responsabilidade do Detran, e os valores angariados são utilizados na manutenção física das instalações do Órgão e nas ações empreendidas pela Instituição em todo o estado.

De acordo com o setor de Estatística do Detran, o RN conta atualmente com quase 246 mil veículos cadastrados com placas finais 1 e 2. O número é referente a 19,79% de toda a frota relacionada no Estado. A validade do Certificado de Registro de Licenciamento de Veículos (CRLV) 2017 desses automóveis tem validade até o último dia do mês de setembro deste ano.

Somente após a comprovação da quitação da taxa de licenciamento, IPVA e Seguro Obrigatório é que o proprietário recebe o CRLV em sua residência, desde que não exista ainda nenhum outro débito referente a infração de trânsito ou outros.


21/02/2018
Por Edilson Silva em Policial, Política

STJ nega mais uma tentativa de soltura de Henrique Eduardo Alves (PMDB)

Com um placar de 4 a 1, a 6ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou, na tarde desta terça-feira, o pedido de liberdade impetrado pela defesa do ex-ministro Henrique Eduardo Alves. O único voto pela liberdade do peemedebista potiguar foi do ministro Sebastião Reis Júnior.

A decisão frustra mais uma tentativa de soltura, através do advogado do ex-ministro investigado na Operação Lava Jato, que deverá continuar preso na Academia de Polícia Militar, Coronel Milton Freire, em Barro Vermelho. Enquanto isso, a defesa pretende recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF).

O ex-ministro foi preso preventivamente na Operação Sepsis, que apura o pagamento de propina para suposta liberação de dinheiro do FIFGTS beneficiando a empresa Carioca Engenharia. O dinheiro seria usado nas obras do Porto Maravilha, no Rio de Janeiro.

O Ministério Público apontou que Alves teria feito várias movimentações em contas na Suíça durante as investigações do caso, o que traria um risco para o resultado das apurações. A maioria da turma acatou os argumentos, vencendo o ministro Sebastião Reis Júnior.


20/02/2018
Por Edilson Silva em Serra Negra do Norte

Barragem da Dinamarca começa a sangrar

Com capacidade de 5 milhões de metros cúbicos, a Barragem da Dinamarca começou a transbordar na tarde desta terça-feira (20).

Localizada em Serra Negra do Norte, a cheia da Dinamarca é para os Seridoenses um sinal de bom inverno. A perspetiva é que mais reservatórios encham com a intensificação das chuvas.


20/02/2018
Por Edilson Silva em Cerro Corá

Acumulado de chuvas em Cerro Corá chega a 144mm

A pluviometria até que está favorável neste inicio deste ano no município de Cerro Corá, levando em conta, o mesmo período ano de 2017, que somando-se janeiro e fevereiro tivemos 101,9 mm.

Embora ainda não seja satisfatório para o acumulo de água nos reservatórios, este ano de 2018, no mês de janeiro choveu 20 mm e em fevereiro até o momento 121 mm, total acumulado dos dois meses 141 mm.

Nosso principal reservatório responsável pelo abastecimento da zona urbana o açude Pinga conseguiu armazenar apenas 2,22 metros.


20/02/2018
Por Edilson Silva em Jucurutu, Política

Prefeito Valdir destaca prioridades da gestão de Jucurutu para 2018

Ampliação da rede de abastecimento do Município; promoção e ampliação de programas que contemplem os jovens, os idosos e pessoas que são portadoras de necessidades especiais; empenho em buscar os recursos necessários para continuar executando as obras públicas do município; e acompanhamento das obras da construção do complexo Barragem de Oiticica.

Essas foram algumas das metas apresentadas pelo prefeito Valdir Medeiros, nesta terça-feira (20), durante a leitura da sua mensagem anual na Câmara Municipal de Vereadores, por ocasião da abertura dos trabalhos do ano legislativo para 2018. O prefeito enfatizou a prestação de contas do seu primeiro ano à frente do executivo, fez um breve relato das ações durante o ano de 2017 e uma reflexão sobre ética na política brasileira.

Devo reafirmar que vim, com simplicidade, para servir, sendo atento aos anseios do povo e tendo a responsabilidade de entender que a Prefeitura é para todos os Jucurutuenses”, destacou o prefeito Valdir. A sessão teve início às 16h, no Plenário Vereador Augusto Queiroz, e contou com presença de vereadores, secretários municipais, autoridades e populares.


20/02/2018
Por Edilson Silva em Classificados, Jucurutu

Supermercado Floraci – Encarte, ofertas e promoções

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


20/02/2018
Por Edilson Silva em Tecnologia

8 razões que mostram que o Facebook atingiu seu auge e pode começar a perder influência

Na superfície, o Facebook é uma das propostas comerciais mais bem-sucedidas na história dos negócios. Sua capitalização de mercado está hoje em mais de meio trilhão de dólares. As ações são seis vezes mais rentáveis atualmente do que há cinco anos.

O retrato geral é de crescimento e prosperidade, como o editor de mercado de capitais do Financial Times, Miles Johnson, escreveu esta semana: “A rede social… está aumentando seus lucros em mais de 50% por trimestre e os ganhos por ação em mais de 70%, fazendo com que sua rentabilidade e crescimento estejam a anos-luz da média de uma empresa nos Estados Unidos”.

Mas a imagem que se tem a médio e longo prazo da companhia é muito diferente.

O Facebook está acumulando inimigos e desafios a tal velocidade que seus horizontes ficaram, de repente, nublados.

A empresa tem enfrentado turbulências na relação com anunciantes poderosos, como a Unilever, e com a mídia. Neste último caso, decorrentes de sua decisão de diminuir a visibilidade do jornalismo profissional nas páginas dos usuários para privilegiar outros tipos de interação – a medida levou, por exemplo, o jornal brasileiro Folha de S.Paulo a anunciar que iria parar de atualizar suas páginas na rede.

“As desvantagens em utilizar o Facebook como um caminho para essa distribuição (de conteúdo) ficaram mais evidentes após a decisão da rede social de diminuir a visibilidade do jornalismo profissional nas páginas de seus usuários. O algoritmo da rede passou a privilegiar conteúdos de interação pessoal, em detrimento dos distribuídos por empresas, como as que produzem jornalismo profissional”, escreveu a Folha em texto em que anuncia a decisão.

Pode parecer loucura, ou contradição, argumentar que o poder do Facebook está diminuindo. Mas aqui há oito razões para pensar que, em termos de influência, se não riqueza, a rede social certamente já alcançou seu ponto máximo.

1. Usuários em queda

Em seu último relatório de lucros, o Facebook revelou que, pela primeira vez, o número de usuários diários ativos caiu nos Estados Unidos e no Canadá, seu maior mercado.

A redução foi pequena, de 185 milhões para 184 milhões, mas trata-se de um fato importante. Primeiro porque foi a primeira queda e, além disso, porque ela precede as mudanças que Mark Zuckerberg anunciou no feed (página inicial) dos usuários para priorizar “interações significativas” em vez de notícias.

2. Menos engajamento

Mas talvez a queda no número absoluto de usuários não seja o fator mais preocupante para o gigante das redes sociais. Também houve um recuo no tempo que eles passam na plataforma ou, em outras palavras, no engajamento.

O Facebook informou que a quantidade de tempo gasta pelos usuários na rede social caiu em 50 milhões de horas por dia. Isso representa uma queda enorme, e sugere que a experiência do seu feed de notícias se tornou menos viciante – o que também o torna menos atrativo para os anunciantes.

3. Turbulências com anunciantes

Falando neles, a maior vulnerabilidade do Facebook poderia ser uma retirada massiva de anunciantes.

Há alguns dias, o diretor de marketing da Unilever, Keith Weed, disse que a confiança dos consumidores nas redes sociais despencou. Ele ameaçou tirar dinheiro não só do Facebook, mas também do Google. E o que aconteceria se outros grandes anunciantes o seguissem?

Já existe uma inimizade notável entre alguns anunciantes e grandes empresas de tecnologia por causa do alegado sigilo sobre os usuários que são alvo dos anúncios. Importantes agentes do mundo publicitário reclamam do que veem como uma falta de transparência de companhias como o Facebook nesse sentido.

Para além de tudo isso, a empresa foi obrigada a admitir no passado que superestimou extremamente a quantidade de tempo que os espectadores passavam assistindo vídeos na plataforma. Tudo isso colabora para uma potencial fuga de anunciantes, que pode eventualmente ser terrível para seu modelo de negócios.

4. Desinformação e notícias falsas

Justificando sua posição, Keith Weed, da Unilever, disse que “as pessoas estão cada vez mais preocupadas preocupadas com o impacto do digital no mundo bem-estar, na democracia e na verdade propriamente dita”.

Está muito claro que a investigação em curso sobre a suposta participação da Rússia na eleição de Donald Trump como presidente dos EUA analisará o uso que aqueles que cercam o Kremlin fizeram da plataforma. Além disso, Hillary Clinton afirmou no ano passado que o Facebook havia sido a causa fundamental da derrota apertada que sofreu.

E se o Facebook, que se define como uma empresa cuja missão social é tornar o mundo mais aberto e conectado, passa a ser conhecido como aquele cara mau cuja desinformação minou a vontade do povo americano, isso certamente afetará sua reputação.

5. Ataques de seus ex-executivos

Outra coisa terrível para a reputação da companhia são os ataques que chegam de ex-alto executivos.

Chamath Palihapitaya, ex-vice-presidente de crescimento de usuários, disse alguns meses atrás que as ferramentas de interação criadas pela rede social “estão destruindo como a sociedade funciona”. E acrescentou: “Não há discurso civil nem cooperação, há desinformação, mentira”.

Outros ex-executivos fizeram o mesmo, incluindo Sean Parker, cofundador do Facebook.

A razão pela qual isso importa não é apenas o fato de gerar manchetes negativas. É que se a reputação do Facebook no Vale do Silício cair, isso pode ser uma barreira às suas aquisições (Instagram, WhatsApp, etc.), que podem promover o crescimento futuro da companhia.

6. Regulações mais duras

Tanto na Europa como nos Estados Unidos, entidades reguladoras estão travando uma espécie de guerra de desgaste mútuo contra o Facebook, que poderia se tornar rapidamente muito mais explosiva.

Em Bruxelas, a comissária responsável pela concorrência, Margrethe Vestager, está com as empresas de tecnologia na mira. Na Alemanha, leis que penalizam a incitação ao ódio estão sendo usadas para impor multas pesadas ao Facebook.

O clima está ficando pesado em todos os lados, e isso nos leva a entrar no assunto dos dados…

7. Regulação de proteção de dados

As novas superpotências no mundo dos negócios são um tipo recente de gigante da tecnologia: o que lucra com o uso de dados pessoais.

Mas com a evolução da economia de dados vem a evolução da regulação de dados.

O Regulamento Geral de Proteção de Dados da União Europeia (GDPR, na sigla em inglês) entrará em vigor no dia 25 de maio e terá um enorme impacto sobre empresas como o Facebook, que poderiam enfrentar grandes multas por infrações.

A diretora de operações do Facebook, Sheryl Sandberg, disse que a empresa ajustou suas configurações de privacidade com antecedência.

No sua teleconferência mais recente para divulgação de resultados financeiros, o Facebook alertou especificamente que o GDPR poderia ser um obstáculo ao seu crescimento futuro.

8. Antagonismo com a indústria de notícias

A indústria de notícias tem se voltado contra a rede social há algum tempo, em parte devido à velocidade com que o Facebook e o Google engolem os recursos publicitários.

O domínio dessas duas empresas limita a capacidade das empresas de notícias tradicionais de ganhar dinheiro na internet e, como tal, poderia ser fatal para suas perspectivas.

Mas, para muitas figuras importantes no mundo das notícias, as mudanças recentes do Facebook poderiam reduzir drasticamente o tráfego de usuários para suas páginas na internet. O Buzzfeed, que depende fortemente das notícias compartilhadas nas redes sociais, anunciou recentemente cortes de empregos, por exemplo.

Este duplo golpe para o setor de notícias – o fato de o Facebook engolir o dinheiro de publicidade por um lado e, em seguida, apertar as torneiras do tráfego para os sites restringindo os conteúdos que chegam ao feed de notícias dos usuários – garante um relacionamento antagônico com o segmento em todo o mundo.

As ameaças não param por aí

Além de tudo isso, existem outras preocupações para o Facebook: a possibilidade de estar atingindo o limite de sua capacidade de crescimento no mundo de língua inglesa; se a sua plataforma móvel está equipada bem o bastante para aproveitar a próxima duplicação da população da internet; se os gigantes tecnológicos chineses vão vencê-lo nos mercados em crescimento da África; e se a cultura da empresa é saudável o suficiente para suportar todas essas pressões.

Mas essas são ameaças futuras ou emergentes – as citadas anteriormente já estão tendo um impacto muito sério na empresa agora.

Sem querer fazer deste texto um passeio pela cidade das ressalvas, convém lembrar que o Facebook é uma das empresas mais inovadoras de toda a história, que acumulou uma riqueza impressionante por meio de um imenso trabalho duro e que oferece um serviço agradável e gratuito (se você descontar que paga com seus dados pessoais).

No entanto, ganham força as suspeitas de que Mark Zuckerberg e sua equipe desencadearam algo que não podem controlar. E que, depois de um crescimento vertiginoso de 14 anos, sua influência em nosso domínio público global pode ter atingido o auge.




Facebook


Twitter