11/01/2018
Por Edilson Silva em Política

Deputado dá entrada em PEC que suspende pagamento de gestores em caso de atrasos salariais

O deputado estadual Kelps Lima (Solidariedade) dará entrada no retorno das atividades da Assembleia Legislativa em uma Proposta de Emenda Constitucional que proíbe governador, deputados estaduais e chefe do Poder Judiciário, Procurador Geral de Justiça (MP) e Presidente do Tribunal de Contas de receberem salários em dia quando os vencimentos dos servidores públicos estiverem atrasados.

A divulgação da PEC foi realizada por meio das redes sociais do deputado, na qual ele irá protocolar na ALRN para ser avaliada e votada pelos demais deputados, que podem aprovar ou rejeitar a proposta.

“O que ficou muito claro nesta crise atual que estamos vivendo: os órgãos de fiscalização não cumpriram seu papel. Robinson atrasou os salários dos servidores por um ano e meio e nada foi feito. Somente quando os duodécimos, que são os repasses para os Poderes, começaram a atrasar, e o câncer administrativo começou a se espalhar de forma mais contundente, esses órgãos começaram a pressionar o Executivo”, ilustrou Kelps Lima.

O deputado espera com a PEC aumentar a fiscalização e foi duro em relação a administração do executivo estadual.

“Com a aprovação dessa Emenda, e de outras que também iremos apresentar, os Poderes passarão a ter um controle fiscalizador mais presente nas administrações, evitando que gestores desorientados voltem a construir dramas administrativos, de forma paulatina e repetida, como o que estamos vivendo hoje”.

Por Geraldo Miranda



0 Comentários

Deixe o seu comentário!


Facebook


Twitter